Free Hosting

Free Web Hosting with PHP, MySQL, Apache, FTP and more.
Get your Free SubDOMAIN you.6te.net or you.eu5.org or...
Create your account NOW at http://www.freewebhostingarea.com.

Cheap Domains

Cheap Domains
starting at $2.99/year

check

Monte Frio
Genealogia

Página inicial

Novidades
Geografia
Antropologia
Genealogia
História
Cultura
Termos Vernáculos de Monte Frio
Festividades
Turismo
Galeria de Fotos
Referências na Imprensa
Referências Regionais
Agradecimentos

Genealogia

Compro o que é nosso
Compra sempre produtos e marcas Portuguesas.
Festa é só com Espumante Português.
Em Portugal fala-se Português.
Compro o que é nosso

Em construção - Última actualização na Quarta-feira, 20 de Abril de 2011

Em análise - Benfeita - Livro Misto de 1605 a 1668.
Em análise - Benfeita - Livro Misto de 1713 a 1813.
Em análise - Benfeita - Livro Misto de 1789 a 1830.
Em análise - Benfeita - Livro Misto de 1830 a 1859.
Já analisado - Benfeita - Livro dos baptizados de 1860 a 1869.
Já analisado - Benfeita - Livro dos baptizados de 1864.
Já analisado - Benfeita - Livro dos baptizados de 1870 a 1877.
Já analisado - Benfeita - Livro dos baptizados de 1878 a 1889.
Já analisado - Benfeita - Livro dos baptizados de 1890 a 1892.
Já analisado - Benfeita - Livro dos baptizados de 1893.
Já analisado - Benfeita - Livro dos baptizados de 1894.
Já analisado - Benfeita - Livro dos baptizados de 1895.
Já analisado - Benfeita - Livro dos casamentos de 1813 a 1869.
Já analisado - Benfeita - Livro dos casamentos de 1864.
Já analisado - Benfeita - Livro dos casamentos de 1870 a 1880.
Já analisado - Benfeita - Livro dos casamentos de 1881 a 1889.
Já analisado - Benfeita - Livro dos casamentos de 1889.
Já analisado - Benfeita - Livro dos casamentos de 1890 a 1892.
Já analisado - Benfeita - Livro dos casamentos de 1893.
Já analisado - Benfeita - Livro dos casamentos de 1894.
Já analisado - Benfeita - Livro dos casamentos de 1895.
Já analisado - Benfeita - Livro dos óbitos de 1891.
Já analisado - Benfeita - Livro dos óbitos de 1892 e 1893.
Já analisado - Benfeita - Livro dos óbitos de 1894.
Já analisado - Benfeita - Livro dos óbitos de 1895.
Pendentes de análise - Benfeita - Todos os outros livros.
Piódão - Livro dos baptizados de 1773 a 1855.
Piódão - Livro dos casamentos de 1805 a 1883.
Teixeira - Livro dos baptizados de 1830 a 1859.
Pomares - Livro dos baptizados de 1798 a 1818.
Pomares - Livro dos baptizados de 1818 a 1840.
Pomares - Livro dos baptizados de 1840 a 1856.
Pomares - Livro dos baptizados de 1856 a 1859.
Pomares - Livro dos baptizados de 1877 a 1878.
Pomares - Livro dos baptizados de 1879 a 1880.
Pomares - Livro dos baptizados de 1881.
Pomares - Livro dos baptizados de 1882.
Pomares - Livro dos baptizados de 1884.
Pomares - Livro dos baptizados de 1887.
Pomares - Livro dos baptizados de 1888.
Avô - Livro dos baptizados de 1862 a 1879.

Novembro 2010 - Depois de uma breve análise aos baptizados no início do séc. XVII, existe uma tendência curiosa de pelo menos um dos padrinhos ser de outra aldeia da freguesia da Benfeita.

Novembro 2010 - Segundo o Arquivo da Universidade de Coimbra da Paróquia da Benfeita, já digitalizado desde o ano de 1605 e disponível na internet, o registo mais antigo referente ao Monte Frio e que se consegue perceber até agora, aparece logo na 1ª página a qual se encontra rota e manchada. Por isso não se percebe tudo, mas a transcrição da linha é a seguinte:
"enxudro [...] monte frio"
Seguem-se outras referências ao Monte Frio. A seguir vão-se transcrever os relatos desses registos, o mais parecidos possível com os originais escritos.

Novembro 2010 - Livro misto de 1605 a 1668 do Arquivo da Universidade de Coimbra da Paróquia da Benfeita:
Página 1:
"Livro dos Bautizados deste Anno
freguesia de Santa Cecilia da
[???] cura da [???]
Na nomeação de 6 annos [???]
veiga visitados [???] cura nesta
[???] dos referidos [???]
gação [???] das [???] os quais são
formação que se disse [???] por verdade
e [???] neste livro [???]
de 24 de Maio de 1606 [???]
[???]
[???]
#na deflores hu [???] onde [???]
foi de fernão Pires he de [???]
#na [???] estão [???] forão de
enxudro [???] francisco Lopes do monte frio
#no cural do concelho está hã [???]
Antonio filho do fundo morador mesma freguesia
#afonso de [???] esta [???] hã [???]
[???]
#[???]
[???]"

Página 8:
"Aos 29 dias do mês de Outubro da era de 1606 annos
su padre Simão Carvalho cura nesta igreja da Bemfeita
bautizei a Dominguos filho de Dominguos Francisco e de sua mulher
Isabel Antunes nascidos no Monte Frio desta mesma freguesia
da Bemfeita, forão padrinhos Dominguos fº da Venda do
Valle freguesia de Mouronho e Catheriana [???] mulher de
Simão Lopes do mesmo casal do Monte Frio
mesmo dia era supra Simão Carvalho"

Página 9:
"Aos vinte e cinquo dias do mês de Dezembro da era de
1606 su padre Simão Carvalho cura nesta igreja da
Bemfeita bautizei a Maria filha de Simão alz e de
Maria Francisca sua mulher moradores no casal da Relva Velha desta freguesia
da Bemfeita forão padrinhos Salvador do Cardal (=Sardal)
e Catherina Lopes do Monte Frio ambo desta
mesma freguesia da Bemfeita Cª (=Catherina) Lopes e mulher de Francisco Pir
mesmo casal de Monte Frio era supra Simão Carvalho"

Página 10:
"Aos quinze dias do mês de Fevereiro da era de 1607 annos
su padre Simão Carvalho cura nesta igreja da Bemfeita
bautizei a Maria filha de Gaspar Duarte e de sua mulher
Domingos Pir moradores no mesmo luguar da Bemfeita
forão padrinhos Francisco João deste luguar da
Bemfeita e Aldonea filha de [???] Simão Lopes e de
Isabel Duarte sua mulher moradores no Monte Frio desta freguesia da
Bemfeita mesmo dia era ut supra Simão Carvalho"

Página 10:
"Aos quinze dias do mês de Março da era de 1607 annos
su padre Simão Carvalho cura nesta igreja de Santa Cezilia da
Bemfeita bautizei a Ana filha de Domingos Antunes e de mulher
Ana Ferancisca moradores no casal do Monte Frio desta freguesia da Bemfeita
forão padrinhos Salvador Pires do Cardal e
Isabel Antunes mulher de Domingos Francisco moradores no mesmo
casal do Monte Frio todos da mesma freguesia da Bemfeita
mesmo dia era ut supra Simão Carvalho"

Página 11:
"Aos 8 dias do mês dabril da era de 1607 annos su padre Simão Carvalho
cura nesta igreja de Santa Cezilia da Bemfeita, bautizei a I. filha de Isabel moca (=moça) solteira dize ser do lugar da Póvoa de Midões a
qual estava nesta freguesia s disse a dita Isabel solteira ser seu
pai do dito J.º António solteiro do luguar digno da villa de mio
e foram padrinhos Domingos Marques da Cerdeira e Aldonea
moca solteira filha de Cristóvão Lopes do Monte Frio da freguesia da Bemfeita
mesmo dia era ut supra Simão Carvalho"

Página 16:
"Ao primeiro dia do mês de Janeiro da era de 1608
annos su padre Simão Carvalho cura nesta igreja
de Santa Cezilia do luguar da Bemfeita bautizei
a Maria filha de Gaspar e de sua mulher Domingas Francisco moradores neste mesmo luguar da Benfeita
forão padrinhos [...] do mesmo luguar
da Benfeita e Catherina diz do Monte Frio mulher de Simão Lopes todos da mesma freguesia
da Benfeita mesmo dia era ut supra
Simão Carvalho"

Página 24:
"Aos 22 dias do mês de Fevereiro da era de 1610 annos
su padre Simão Carvalho cura nesta igreja de Santa Cezilia
do luguar da Bemfeita bautizei a Mel filha de
Gaspar [???] e de sua mulher [???] moradores na Benfeita
forão padrinhos Simão Cruz da Cerdeira e [???]
diz ser morador no Monte Frio desta freguesia mesmo dia era
ut supra Simão Carvalho"

Página 26:
"Aos 29 dias do mês de Junho da era de 1610 annos
su padre Simão Carvalho cura na igreja da Benfeita bautizei
a Mel filha de J. Francisco e de sua mulher Cezilia moradores no
luguar da Benfeita forão padrinhos [???] Simão Lopes
do Monte Frio e Maria moça solteira filha [???] de Simão [???] e de
sua mulher Ilena [???] todos da Benfeita mesmo dia era ut supra"

Página 28:
"Aos 16 do mês de Janeiro da era de 1611 annos su padre
Simão cura na igreja de Santa Cezilia do luguar da Benfeita
bautizei a Ana filha de António [???] e de sua mulher [???] moradores no Monte Frio desta freguesia forão padrinhos
[???] e de
sua mulher Isabel Antunes do mesmo casal do Monte
Frio e foi madrinha Cristina [???] mulher de António
[???] do Valado [???] Ao mês
dia era ut supra Simão Carvalho"

Página 36:
"Aos cinquo dias do mês de Agosto da era de 1612
annos su padre Simão Carvalho cura nesta igreja
da Benfeita bautizei Simão filho de [???]
[???] e de sua mulher Isabel Antunes moradores nas Luadas
forão padrinhos Gaspar [???] da Benfeita e Ana
Guomes m [???] da Cerdeira mesmo dia era ut
supra Simão Carvalho"

Página 37:
"Aos onze dias do mês de Setembro da era de
1612 annos su padre Simão Carvalho cura
na Benfeita digno [???] igreja da Benfeita
bautizei a Isabel filha de Francisco Lopes e
e sua mulher Isabel [???] moradores no Monte Frio desta freguesia
forão padrinhos [???] e sua mulher [???] moradores em [???]
[???] mesmo dia era ut
supra Simão Carvalho"

Página 39:
"Aos vinte oito dias do mês de Fevereiro de 1613 annos su
padre Simão Carvalho cura nesta igreja da Benfeita bautizei Maria filha de Domingos Antunes e de sua mulher Ana Francisca moradores no Monte
Frio forão padrinhos Francisco I. da Benfeita e Isabel Antunes
mulher de Domingos Francisco do mesmo casal do Monte Frio todos
desta freguesia da Benfeita mesmo dia era ut supra
Simão Carvalho"

Página 40:
"Aos 21 de Julho de 1613 annos bautizei eu padre
PºFs cura nesta igreja de S. Cesilia da Bemfeita a
Maria filha de Joam (=João) Fs e de sua mulher Cesilia
[???] moradores no Monte Frio desta freguesia e Maria
Pires mulher de André Agostinho, moradores na Cerdeira
e por verdade feci et signani et [???] PºFs"

Página 43:
"Aos 16 de Fevereiro de 1614 annos bautizei eu padre PºFs cura
cura nesta igreja de S. Cesilia da Bemfeita o António filho de
António Francisco e de sua mulher Chaterina Fs moradores no Monte Frio desta freguesia forão padrinhos Manuel [???] morador na Cerdeira e Cristina [???] mulher de António Fs moradores no casal do Valado da frigisia de Avso et por
verdade feci et signani PºFs"

Página 46 e 47:
"Era de 1615
Aos 4 de Janeiro de 1615 annos bautizei eu
padre PºFs cura na igreja de Sta. Cesilia da Benfeita
A. Dominguos filho [???] e de sua mulher
Isabel Fernandes moradores no Monte Frio desta
frigesia foram padrinhos Fs morador em Vinhó frigesia
de Villa Cova e Caterina Fs mulher de António Francisco moradores no Monte Frio e por verdade feci PºFs"

Página 55:
"Aos 24 de Junho de 1617 annos bautizei eu padre
PºFs cura na igreja da Benfeita o Joam filho de
Francisco Lopes e de sua mulher Isabel Fs moradores no
Monte Frio desta frigesia foram padrinhos Aguostino
[???] moradores em Coia e Maria mulher solteira
moradora no dito Monte Frio e por verdade feci es
PºFs"

Página 67:
"Aos 9 dias do mês de Janeiro da era de 1611 annos
su padre Simão Carvalho cura na igreja de Santa Cezilia
do luguar da Benfeita recebi a Domingos Francisco
filho que foi de André I e ia defunto e de Domingos
Francisco moradores que foram no Cerdal co Maria Simões filha que
foi de Simão Lopes ia defunto e de [???] Domingos moradores
que forão no Monte Frio todos desta freguesia da Benfeita
mesmo dia era ut supra Simão Carvalho"

Página 72:
"Ano 1615
Aos 30 de Setembro recebi eu padre PºFs cura
nesta igreja da Benfeita o Joam Antunes filho que foi de
António Pires e Isabel Pires moradores foram no luguar das Cecarias frigisia de Arguanil, e de ora moradores no Alqueve
frigisia de Folques viuvo, com Maria Simões
filha foi de Simão Lopes, e de Domingos [???] ia defuntos
moradores forão no Monte Frio desta frigisia e de
ora moradores na Deflores outro si desta frigisia [???]
[???] bancos e mais diligencias conforme ao [???]
[???] foram testemunas
o Manoel [???] deste luguar e [???] Gil, e sua
mulher e Domingos António, moradores na Deflores e
outros moradores e por verdade feci et signani de
ut mesma era de 1615 PºFs"

Página 79:
"Aos vinte dias de Setembro de 1608 annos su padre PºFs
cura nesta igreja da Benfeita recebi [???]
]o Joam [???] morador no casal do Valado frigisia de Avo
[???] ia defunto
com >Maria Francisco moradora no casal do Monte Frio da
frigisia filha de Antónia Francisca ia defunta e de
[???] Isabel Dias he ora casada com
Domingos [???] moradores na [???] frigisia de Villa Cova [???]
[???]
[???] deste luguar da Benfeita e Diogo [???]
do Cerdal, Francisco Lopes do Monte Frio, Domingos Francisco
da Deflores [???] por ser verdade feci
[???]
[???] mais diligencias conforme ao [???]
[???] ut [???] feci PºFs"

Página 80:
"Aos onze de Outubro de 1608 annos su padre
PºFs cura nesta igreja de Santa Cecilia da Benfeita
recebi a António [???] filho de Simão Lopes ia defunto
e de Isabel Lopes sua mulher moradores no casal do Monte
Frio com Isabel Lopes filha de Simão Lopes ia defunto
e de [???] Domingos sua mulher moradores no dito casal do Monte
Frio desta frigisia [???]
[???]
[???]
[???] foram [???] deste luguar Pº Simões dos
Pardieiros, António Francisco do Monte Frio e [???]
[???] por verdade feci et signani PºFs"

Página 91:
"Simão filho de Simão Francisco e de sua mulher moradores no Monte Frio
da mesma freguesia foi bautizado aos dezassete dias
de Dezembro de seiscentos e vinte anos foram
padrinhos António Francisco e sua mulher moradores no Valado
freguesia de Avo e por verdade [???]
dia, mês era ut Manuel Simões"

Página 93:
"António, filho de António Lopes do Monte Frio e de sua mulher foi bautizado
aos dez dias de Outubro de seiscentos e vinte e hu annos
foram padrinhos G[???] Dis e sua mulher Domingas Francisca moradores neste
luguar da Bemfeita
Manuel Simões"

Página 94:
"Isabel filha de Joam Francisco e de sua mulher moradores no Monte Frio
foi bautizada aos dez dias de Outubro de seiscentos
e vinte e hu annos foram padrinhos [??? G[???]
deste luguar da Bemfeita e [???] do dito
Monte Frio freguesia desta igreja
Manuel Simões"

Página 96:
"Maria filha de Francisco Lopes e de sua mulher moradores no Monte Frio foi
bautizada aos vinte e hu dias de Outubro de seiscentos
e vinte e dois annos foram padrinhos Manuel [???]
[???] e Maria Nunes mulher de Domingos Dis [???] todos
moradores neste luguar
Manuel Simões"

Página 99:
"Francisco filho de António Francisco e de sua mulher Anna Nunes moradores no Monte
Frio foi bautizado [???] Manuel Simões cura desta
aos vinte e sete dias de Julho de seiscentos e vinte e tres
annos foram padrinhos António Manuel Paula Dis mulher de
Manuel Gaspar moradores nesta Bemfeita [???]
Manuel Simões"

Página 101:
"Manuel filho de António Lopes e de sua mulher moradores no Monte
Frio fregueses desta igreja de Santa Cecilia da Benfeita
foi bautizado [???] Manuel Simões cura
aos treze dias do mes de Dezembro de seiscentos
e vinte e tres annos forão padrinhos Manuel Dis
da [???] e Domingas Francisca mulher de Gaspar Dis todos
moradores neste lugar da Bemfeita Manuel Simões"

Página 102:
"Maria filha de João Francisco e de sua mulher moradores no Monte
Frio foi bautizada aos quatorze dias de Março
de seiscentos e vinte e quatro forão padrinhos
Manuel Gaspar e sua mulher Paula Dis moradores nesta
Bemfeita Manuel Simões"

Página 108:
"Francisco filho de Francisco Lopes e de sua mulher moradores no Monte Frio foi bautizado
aos dois dias de Dezembro digo de Novembro de seiscentos e vinte
e quatro annos foram padrinhos Manuel Dis [???] mulher
[???] todos moradores nesta Bemfeita Manuel Simões"

Página 110:
"Domingos filho de António Francisco e de sua mulher moradores no
Monte Frio foi bautizado aos dez dias de Agosto
de mil seiscentos e vinte e cinquo forão padrinhos
Migel Nunez morador na Moura & Paula Dis mulher de
Manuel Gaspar desta Bemfeita"

Março 2011 - Livro misto de 1713 a 1813 do Arquivo da Universidade de Coimbra da Paróquia da Benfeita:
Página 178 e 179:
"Drea
Montefrio.
Francisco Jose
com Maria
Gomes.
Recebidos
justa [???]=
[???]
Romanum"
"Em os vinte e oito dias do Mes de Abril de mil, e Sete
Centos e Setenta e Coatro annos Se receberam em
esta Igreja de Santa Cecilia, em minha presença e
das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas Francisco
Jose filho Legitimo de Jose Francisco e de An=
Anna Nunes do lugar da Drea Neto paterno de Antonio
Francisco e Isabel Dias do mesmo lugar da Drea
e Materno de Joam Nunes e de Maria Francisca natural
digo natural do lugar do sardal = Com Maria Gomes
filho legitimo de Jose Gaspar e de Agueda Gomes
do lugar do Monte Frio Neta paterna de Manoel Gaspar
natural do lugar da Surgaçosa freguesia de Santa
Lusia de Pomares termo de Villa de Avô e de Maria Fernandes
natural do lugar dos Pardieiros e Materna de Domingos
Lopes natural do lugar do Monte Frio e de Cecilia
Gomes natural do lugar de Relva Velha. Forão
testemunhas Antonio Francisco Alfaihate e João
Quaresma ambos deste lugar da Bemfeita e para constar
fis este asento que asignei. Bemfeita. dia mes e era ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
João Quaresma Antonio Francisco"

Página 181 e 182:
"Monte
Redondo e
Drea.
Jose
Nunes
com Maria
Nunes"
"Em os vinte e Sinco dias do mes de Agosto de mil
e Sete Centos e Setenta e Coatro annos Se receberão
em esta Igreja de Santa Cecilia em minha presença
e das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
na forma do Ritual Romano Jose Nunes filho
de Bartholomeu Lopes e de Luisa Nunes do
lugar do Monte Redondo freguesia de S. Pedro de
Folques termo de Arganil Neto paterno de Manoel
Dias e de Anna Marques naturais do lugar do Monte
Redondo Freguesia de Folques e termo de Arganil
E materno de Caitano Gomes natural do mesmo lugar
do Monte Redondo e de Ursula Nunes natural do
Lugar de ManSelavisa Freguesia de Folques termo
de Arganil= Com Maria Nunes filha de Jose
Francisco e de Anna Nunes moradores e asistentes no lugar
da Drea desta freguesia Neta paterna de Antonio Francisco
e de Isabel Dias naturais do lugar da Drea
E materna de Joam Nunes e de Maria Francisca
naturais do lugar do Sardal desta mesma freguesia
Foram testemunhas presentes Manoel Jose e Manoel
Correia de Drea e para constar fis este asento
que asignei. Bemfeita. dia mes era ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Jose Manoel Correia"

Página 182 e 183:
"Sardal e
Pardieiros.
Antonio Nunes
com Maria
Nunes."
"Em os desanove dias do mes de Novembro
de mil e SeteCentos e Setenta e Coatro annos
Se receberam em esta Igreja de Santa Cecilia em
minha presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas na forma do Ritual Romano Antonio
Nunes filho de Manoel Nunes e de Maria
Nunes do Lugar do Sardal = Neto paterno de
Lourenço Nunes natural do Lugar de Pardieiros e de Anna
Nunes natural do Lugar do Sardal desta freguesia da
Bemfeita. Com Maria Nunes filha de An=
de Antonio Antunes e de Brisida Nunes do Lugar dos
Pardieiros freguesia de Santa Cecilia Neta paterna
de Pedro Antunes natural dos Pardieiros e de Maria Nunes
natural da Teixeira freguesia de Santa Isabel
e Materna de Jose Quaresma natural de
Pardieiros e de Aggueda Nunes natural das Luadas
desta mesma freguesia da Bemfeita = elle contrahente
Antonio Nunes he neto materno de Manoel Nunes
e de Anna Fernandes naturais do lugar do Sardal =
Forão testemunhas presentes Antonio Luis
do lugar do Sardal e Joam Antunes dos Pardieiros
e para Constar fis este asento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, era, ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Antonio Luis Joam Antunes"

Página 183 e 184:
"Luadas.
Luis Pereira
com Anna
Maria."
"Em os vinte e oito dias do mes de
Fevereiro de mil e Sete Centos e Setenta e Sinco
annos Se receberão em esta Igreja de
Santa Cecilia em minha presença e das
testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
na forma do Ritual Romano Luis Pereira
Com Anna Maria do lugar das Luadas desta
freguesia=elle filho de Manoel Pereira das
Luadas e de Esperança Nunes da Esculca neto
paterno de Joam Pereira e de Domingas Francisco
naturais das Luadas neto Materno de Manoel
Nunes natural de Pinheiro de Coja e de Maria
Nunes natural da Esculca = e ella
filha de Jose Simois e de Maria Cordeiro do
lugar das Luadas Neta paterna de Pascoal Simois
natural das Luadas e de Anna Nunes natural de
Manselavisa freguesia de Folques concelho de
de Arganil Neta Materna de João Martins
e de Maria Simois naturais das luadas desta mesma freguesia
Foram testemunhas presentes Marcos Correa
e Alexandre Simois deste lugar da Bemfeita e
para constar fis este asento que asignei. Bemfeita
dia, mes, era, ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Alexandre Simois Marcos Correa"

Página 184 e 185:
"Luadas e
Sardal
Francisco Pereira
com Maria
Nunes."
"Em os coatro dias do mes de Mayo da era
de mil, e Sete Centos e Setenta e Sinco annos Se
receberão em esta Igreja de Santa Cecilia em
minha presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas na forma do Ritual Romano e constituição
do bispado Francisco Pereira filho de João
Pereira e de Maria Simois do lugar das Luadas desta
freguesia Neto paterno de João Pereira da Torre
e de Domingas Fernandes naturais das Luadas e
Materno de Manoel Jorge natural do lugar da
Manselavisa freguesia de S. Pedro de Folques termo
de Arganil e de Maria Simois natural do lugar das
Luadas = Com Maria Nunes filha de Manoel Nunes
e de Maria Nunes do lugar do Sardal Neta paterna
de Lourenço Nunes natural do lugar dos Pardieiros
e de Anna Nunes natural do lugar do Sardal e
Materna de Manoel Nunes e de Anna Fernandes
naturais do lugar do Sardal desta freguesia
Foram Testemunhas presentes Luis Pereira das
Luadas e Manoel das Neves do mesmo lugar e
para constar fis este asento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, era, ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel das Neves Luis Pereira"

Página 185:
"Castinheira
e Sardal
Joseph Antonio
com Rita
Francisca"
"Em os tres dias do mes de Julho de mil e Sete centos
e Setenta e Sinco annos Se receberam e minha
presença e das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
Joseph Antonio filho Legitimo de Antonio Joseph
e de Maria Nunes naturais e moradores do lugar da Castinheira
freguesia de Fajão=Neto paterno de Domingos
João natural do lugar de Covanca freguesia e termo de
Fajão e de Lusia Nunes natural do lugar do Monte
Frio desta freguesia da Bemfeita e Materno de Manoel
João natural do lugar da Castinheira da mesma
freguesia de Fajão e de Maria Nunes natural do lugar
da Mourisia freguesia de Pomares e termo da Villa de Avô
=Com Rita Francisca filha Legitima de Joseph
Francisco morador e natural do lugar do Sardal e de
Vitoria Luis moradora no mesmo lugar do Sardal e
natural do lugar de Agua de Alte freguesia
da Teixeira deste mesmo termo de Coja = Neta
paterna de Antonio Luis de Agua dalte natural e
morador, freguesia da Teixeira e de Maria Nunes natural
do mesmo lugar de Agua Dalte e da mesma freguesia
e Materna de Manoel Francisco natural do Sardal desta
freguesia da Bemfeita e de Anastasia Nunes natural
do lugar e freguesia da Teixeira = Forão testemunhas
presentes o Reverendo padre Pedro Dias Quaresma e Gregorio
Soares ambos deste lugar da Bemfeita e para
constar fis este asento que asignei dia, mes, era
ut Supra. Bemfeita.
Gregorio Soares O Vigario Luis Bernardo Soares.
O Padre Pedro Dias Quaresma"

Página 192:
"Sardal
Antonio Francisco
com Anna
Nunes.
recebidos na
forma do Ritual
Romano
de Paulo 5."
"Em os vinte e Seis dias do mes de
outubro de mil e Sete centos e Setenta
e Sinco annos receberam o Sacramento
do matrimonio em esta Igreja de Santa Cecilia
do lugar da Bemfeita na minha presença e das
testemunhas abaixo nomiadas e asignadas e mais
parte do povo Antonio Fernandes viuvo filho
Legitimo de Manoel Fernandes QUaresma natural do
lugar dos Pardieiros e morador neste da Bemfeita
e de Anna Nunes natural e morador desta
Bemfeita digo do mesmo lugar da Bemfeita Neto
paterno de Antonio Fernandes e de Maria Quaresma
naturais e moradores do lugar dos Pardieiros e
materno de Pedro Nunes e de Maria Nunes naturais
e moradores do lugar da Bemfeita = com
Anna Nunes filha Legitima de Manoel Nunes
e de Maria Nunes naturais e moradores do lugar
do Sardal Neta paterna de Lourenço Nunes
natural do lugar dos Pardieiros e de Anna Nunes
natural do lugar do Sardal e Materna de
Manoel Nunes e de Anna Fernandes naturais do
Lugar do Sardal todos desta freguesia. forão
testemunhas presentes Manoel Luis e Jose Nunes
do Lugar do Sardal e para constar fis este asento
que asignei. Bemfeita. dia mes era ut
Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Luis Jose Nunes."

Página 192 e 193:
"Pardieiros
Manoel Rodrigues
com Domingas Nunes"
"Em os nove dias do mes de Mayo de mil
e Sete Centos e Setenta e Seis annos
Se receberam em esta Igreja de Santa
Cecilia na minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas Manoel Rodrigues
filho de Manoel Rodrigues e de Theresa
Nunes naturais e moradores no lugar dos
Pardieiros Neto paterno de Manoel Rodrigues
natural do lugar de Pinheiro de Coja e de Anna
Quaresma natural dos Pardieiros a onde
forão moradores E materno de Manoel Affonso
natural do lugar de Surgaçosa freguesia de
Pomares termo de villa de Avo e de Maria Nunes
natural do lugar dos Pardieiros a onde foram
moradores Com Domingas Nunes
filha de Antonio Antunes e de Brigida
Nunes do mesmo lugar dos Pardieiros Neta
paterna de Pedro Antunes natural do mesmo lugar
dos Pardieiros e da Maria Nunes natural
lugar de Teixeira do mesmo termo de Coja e moradores
nos Pardieiros E materna de Jose Quaresma
e de Agueda Nunes este natural do lugar das Luadas
e aquelle natural dos Pardieiros a onde foram
moradores Forão Testemunhas presentes Jose Affonso
dos Pardieiros e Luis Gaspar do Monte
Frio e por verdade fis este asento que asignei
Bemfeita. dia mes era ut Supra
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Affonso Luis Gaspar"

Página 193 e 194:
"Deflores
e Pardieiros.
Manoel Francisco
com Ana
Nunes."
"Em os vinte e tres dias do mes de
Maiyo de mil e Sete Centos e Setenta
e Seis annos Se receberam em esta Igreja
de Santa Cecilia na minha presença
presença e das testemunhas abaixo
nomiadas e asignadas Manoel
Francisco filho Legitimo de Manoel
Francisco e Isabel Francisco esta natural
do lugar do Sardal e aquele natural
do lugar da Bemfeita e moradores no
Casal da Deflores Neto paterno
de Manoel Francisco [???] e de Isabel
Francisca naturais do lugar da Bemfeita e Materno
de Braz Nunes e de Maria Fernandes
naturais do lugar do Sardal. Com Ana Nunes filha
legitima de Antonio Antunes e de Brigida Nunes
do lugar dos Pardieiros Neta paterna de Pedro
Antunes natural do mesmo lugar dos Pardieiros
e de Maria Nunes natural do lugar do
Lugar da Teixeira do mesmo concelho de coja
e Materna de jose Quaresma e de Agueda
Nunes esta natural das Luadas e aquele natural
dos Pardieiros a onde forão moradores. Forão
Testemunhas presentes Luis Gaspar do Monte
Frio e Manoel Rodrigues dos Pardieiros
e por verdade fis este asento que asignei.
Bemfeita. dia mes era ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Luis Gaspar Manoel Rodrigues"

Página 200:
"Monte Frio
e Pardieiros
Jose Lopes
com Lourença
Quaresma"
"Em os Seis dias do Mes de Março de
mil Sete Centos e Setenta e Sete
annos Se receberão em esta Igreja
de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita
na minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas
= Jose Lopes filho Legitimo de Manoel
Nunes e de Ana Lopes esta natural da Bemfeita
e aquelle natural do Monte Frio
aonde são moradores = Neto paterno de João
Nunes e de Maria Nunes naturais e moradores
do Monte Frio E materno de Antonio
Lopes natural da Bemfeita e de Francisca
Nunes Natural de Coja Com Lourença
Quaresma filha de Xavier Antunes
e de Maria quaresma esta natural do Inxudro
e aquelle natural dos Pardieiros a
onde forão moradores = Neta paterna
de Domingos Antunes e de Maria da Costa esta
natural de Coja e aquelle dos Pardieiros
E materna de Bento Quaresma do Inxudro
e de Ana Nunes natural do Sardal
e moradores no Inxudro donde Bento quaresma
he natural Forão testemunhas presentes
Manoel Antunes Caitano e Jose
Nunes Curto desta Bemfeita e para constar
fis este asento que asignei.
Bemfeita. dia mes anno ut supra
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Nunes Manoel Antonio da Gracia
A Rogo de Anna Lopes Jose Correa Lopes"

Página 201:
"Pardieiros.
Joaquim
Lopes com
Genoveva
Maria."
"Em os Seis de Julho de mil Sete centos e Setenta
e oito annos, Se receberão em minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas, e asignadas nesta Igreja de
Santa Cecilia na forma ma do Ritual de Paullo quinto
o Benedito de cimo couto, Joaquim Lopes com Genoveva
Maria aquelle natural de Pomares termo de Avô
Neto digo filho de Manoel Lopes Rodrigues e
de Anna Gaspar esta natural de Villa Cova de
Sub Avô e aquelle natural de Pomares termo de Avô
Neto paterno de Antonio Rodrigues e de Maria
Lopes aquelle natural do Vidual de Sima freguesia
de Unhais, termo da Covilhã e esta natural
de Pomares do mesmo termo de Avô. E materno de Manoel
Nunes e de Isabel Gaspar naturais e moradores de
Villa Cova de Sub Avô. = Esta filha de Xavier
Antunes, e de Maria Quaresma esta natural do
Inxudro e aquelle natural dos Pardieiros aonde morarão.
Neta paterna de Domingos Antunes e de
Maria da Costa esta natural da Villa de Coja e aquele
natural dos Pardieiros aonde morarão. E
materno de Bento quaresma e de Anna Nunes
esta natural do Sardal e aquelle natural do Inxudro
aonde morarão. Forão Testemunhas Francisco
Gonçalves, e Jose Dias do lugar dos Pardieiros,
desta freguesia e para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia mes e anno
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Dias Francisco Gonçalves"

Página 201, 202 e 203:
"Bemfeita Jose Correa
com Maria
Francisca Antunes"
"Em os vinte e Sete dias do mes de Agosto de
mil e Sete centos e Setenta e oito annos,
Se receberão em minha presença e das testemunhas
Testemunhas abaixo nomiadas, e asignadas
Jose Correa Lopes filho de Antonio Lopes
de Monica Correa naturais e moradores deste lugar
da Bemfeita Neto paterno de Andre Lopes
e de Anna Nunes aquele natural de Coja e
esta natural de Bemfeita aonde moraram
e materno de Manoel Antunes e de Anna Nunes
naturais e moradores do lugar da Bemfeita
Com Maria Francisca Antunes
filha de Manoel Antunes Caitano e de Maria
Francisca esta natural do Inxudro e aquele
natural da Bemfeita aonde morarão.
Neta paterna de Avô incognito e Esperança
Nunes da Bemfeita e materna de
Manoel Francisco e de Cecilia Nunes
esta natural do Sardal e aquele natural
do Inxudro aonde moraram. Foram Testemunhas
presentes Manoel Quaresma e Amaro Nunes
deste lugar da Bemfeita, e para constar fis
este asento que asignei. Bemfeita. dia
mas e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Francisco Amaro Nunes
Manoel quaresma
Antonio Nunes Lopes"

Página 203 e 204:
"Drea e
MonteFrio.
Jose Francisco Com
Anna gomes"
"Em os vinte e Seis dias do mes de
outubro de mil e Sete Centos e Setenta
e Setenta e oito Se receberam
em esta Igreja de Santa Cecilia
na minha presença e das testemunhas
abaixo nomia e asignadas
Jose Francisco Com Anna Gomes
aquelle natural e morador
da Drea filho de Jose Francisco e de Anna
Nunes esta natural do Sardal e aquelle
natural de Drea aonde morão. Neto
paterno de Antonio Jorge, e de Anna
Francisca esta natural do Casal da Deflores
e aquele de Drea aonde forão moradores
E materno de João Nunes e de
Maria Francisca esta natural do Sardal
aonde morarão e aquele natural das Luadas;
Esta Ana Gomes filha de Jose gaspar
e de Agueda Gomes esta natural do Monte
Frio aonde morão e aquelle natural do
Pisam. Neta paterna de Manoel Gaspar
e de Maria Fernandes esta natural dos
Pardieiros e aquele da Surgasosa e Materna
de Josilia Gomes e de Domingos Lopes
Lopes aquela natural de Relva Velha e
este natural do Monte Frio aonde morarão.
Forão testemunhas Manoel Lopes
o velho do Monte Frio e Antonio João
viuvo da Bemfeita e para constar fis
este asento que asignei. Bemfeita. dia
mes e anno ut Supra.
A Rogo de Anna Nunes Jose Correa Lopes
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Lopes
Antonio Francisco
Jose Gaspar
A rogo de Ageda gomes Jose Correa Lopes"

Página 205:
"Luadas.
Francisco Nunes
com Maria
Marques."
"Em os trese dias do mes de Abril da era de mil e
Sete Centos e Setenta e nove annos Se receberão
em esta Igreja de Santa Cecilia na minha
presença e das testemunhas abaixo nomiadas Francisco
Nunes com Maria Marques aquele filho
Legitimo de João Martins natural e morador
do lugar das Luadas e de Catherina Nunes natural
do lugar de Esculca porem moradora
no das Luadas Neto paterno de Joam Martins
e de Maria Simois naturais e moradores do
lugar das Luadas E materno de Antonio Alvares
e de Lusia Nunes naturais do lugar de Esculca
freguesia de S. Miguel de Côja. Esta
filha Legitima de Manoel Marques e
de Maria Antunes naturais e moradores do
lugar das Luadas Neta paterna de Manoel
Marques e de Maria Simois esta natural
da MãoSelavisa Freguesia de S. Pedro
de Folques termo de Arganil e aquele
natural do lugar da Bemfeita e moradores
nas Luadas e Materna de Manoel Simois e
de Anna Antunes naturais moradores das Luadas.
Forão testemunhas Manoel Simois Andre
e Victor Jose das Luadas e para constar fis
este asento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Victor Jose
Manoel Simois Andre
Manoel Marques
A Rogo de Maria Antunes Jose Correa Lopes"

Página 206:
"Fornia e
Relva Velha
Manoel
gonçalves com
Francisca Maria"
"Em os desoito dias do mes de Abril de mil
e Sete Centos e Setenta e nove annos, Se receberão
na minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas nesta Igreja de Santa Cecilia,
Manoel Gonçalves filho legitimo de
Thimoteo Gonçalves, e Maria Lopes quelle natural
da Camba freguesia de Fajão e esta natural
da Fornia aonde moram termo de Avô freguesia
do Piodão. Neto paterno de Manoel gonçalves e de
Isabel gonçalves esta natural de Fajão e aquele
da Camba da mesma freguesia e aqui moradores E materno
de Manoel gonçalves digo de Manoel Gaspar e de
Maria Lopes naturais e moradores do lugar da fornia
Com Francisca Maria filha de
Manoel Martins, e de Bernarda Quaresma aquele natural
do Souto da Ruyva freguesia de Pomares termo
de Avô e esta natural da Relva Velha desta
freguesia; Neta paterna de Manoel Nunes [???]
natural do Souto da Ruyva e de Anna João natural do
mesmo lugar, e ahi moradores freguesia de Pomares
e termo de Avô. E materna de Domingos Martins
e de Anna Quaresma esta natural do Monte
Frio e aquele natural da Relva Velha aonde
morarão. Forão testemunhas presentes Manoel
Fernandes Moura e Manoel Gomes
da Bemfeita e para constar fis este asento
que asignei. Bemfeita. dia mes e anno ut
Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares
Manoel Fernandes Moura
Manoel Gomes
A Rogo de Bernardo quaresma Jose Correa Lopes"

Página 206 e 207:
"Pai das
Donas.
Francisco João.
Com Josefa
Francisca"
"Em os vinte dias do mes de Abril da era de mil
de mil e Sete Centos
"

Página 207 e 208:
"Bemfeita
Jose Gomes
com Maria
digo com
Anna Quaresma"
"Em os vinte dias do mes de Abril de mil
e Sete Centos e Setenta e nove annos Se receberão
em esta Igreja de Santa Cecilia do lugar
da Bemfeita na minha presença e das Testemunhas
testemunhas abaixo nomiadas e comigo asignadas
Jose Gomes Quaresma filho Legitimo
de Manoel Gomes e de Pascoa Quaresma
aquelle natural do lugar do Monte
Frio e esta natural da Bemfeita aonde
sam moradores = Neto paterno de Manoel
Gomes e de Theresa Nunes naturais e moradores
do lugar do Monte Frio e materno de
Manoel Dias e de Maria Quaresma naturais
e moradores do lugar da Bemfeita = Com
Anna Quaresma filha legitima de Manoel
Quaresma e de Maria da Rosa naturais e
moradores deste lugar da Bemfeita = Neta
paterna de Maria de Jesus natural e moradora
na Villa de Coja e de Avô incognito E materno
de Manoel Rodrigues e de Theresa Dias
esta natural de Janeiro Bispado da Guarda aquelle
natural deste lugar da Bemfeita aonde morão Forão
testemunhas presentes João Nunes moleiro
e Marcos Correa deste lugar da Bemfeita e para
constar fis este assento que asignei. Bemfeita
dia mes e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares
João Nunes
A Rogo de Pascoa quaresma Jose Correa Lopes
Marcos Correa
Manoel gomes"

Página 208 e 209:
"Meda de
Mouros e
Bemfeita
Jose Caetano
Com
Maria dos Santos"
"Em os vinte dias do mes de Mayo de mil e Sete
Centos e Setenta e nove annos, Se receberam em
esta Igreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita
na minha presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas, Jose Caitano filho Legitimo de
Caitano Jorge e de Conceição da Encarnação. do Lugar
de Meda de Mouros freguesia da hi e termo de Coja
Neto paterno de Antonio Jorge e de Catharina Martins
E materno de Antonio Gonçalves e de Francisca carvalho
todos huns e outros naturais e moradores do
mesmo lugar de Meda de Mouros Com Ma
Com Maria dos Santos filha Legitima de Sebastião
Nunes e de Maria dos Santos quele natural
de Meda de Mouros termo de Coja esta natural
da Bemfeita aonde morão. Neta paterna de Simam
Nunes e de Isabel Antunes aquele natural das Pereiras
freguesia de Mouronho e esta natural de Meda
de Mouros aonde morarão do mesmo termo de Coja
E materna de Manoel Antunes Dias e de Josefa
Correa aquele natural do Sardal e esta da
Bemfeita aonde morarão. Forão testemunhas
presentes Amaro Nunes e Manoel quaresma deste
lugar. E para constar fis este asento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Amaro Nunes
Manoel Quaresma
Sebastião Nunes
A Rogo de Maria dos Santos Jose Correa Lopes"

Página 211 e 212:
"Inxudro, e
Pai das Donas
Antonio
gonçalves com
digo Luadas.
Antonio
Gonçalves com
Maria da Costa"
"Em os des dias do mes de Julho da era de
mil e Sete Centos e oitenta annos Se receberam
na minha presença e das testemunhas abaixo
nomiadas asignadas nesta Igreja de Santa Ceciia
do lugar e freguesia da Bemfeita Antonio
Gonçalves do lugar digo filho de Antonio Gonçalves
e de Luisa Antunes esta natural da Esculca
freguesia de S. Miguel de Coja e aquelle natural
das Luadas freguesia da Bemfeita aonde
moram Neto paterno de Antonio Gonçalves,
e de Isabel Francisca esta natural do Sardal
desta freguesia e aquelle do Monte
Redondo freguesia de S. Pedro de Folques
termo de Arganil E materno de
Manoel Dias e de Maria Antunes naturais
naturais da Esculca freguesia de S. Miguel
de Coja. Com Maria da Costa
filha legitima de Jose da Costa e de
Bernarda Francisca naturais moradores
das Luadas freguesia de Santa
Cecilia da Bemfeita Neta paterna
de João da Costa e de Mariana
da Fonseca este natural de Manselavisa
E aquella de Folques termo de
Arganil E materna de Antonio Gonçalves
e de Maria Francisca esta natural
das Luadas e aquelle do Sardal. Forão
testemunhas presentes Manoel Simois
Andre e Manoel Marques ambos das Luadas
desta freguesia da Bemfeita e para
constar fis este asento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno ut Suppra
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Simois Andre
Manoel Marques
A Rogo de Luisa Antunes E de Bernarda Francisca [???] Correa Lopes"

Página 212 e 213:
"Bemfeita.
Jose
Lopes com
Isidora
Maria."
"Em os trinta e hum dias do mes de
Agosto a era de mil e Sete Centos e Oitenta
annos Se receberão na presença do Reverendo
Padre Antonio Dias Lopes Quaresma
Cura de Coja com minha Licença nesta
Igreja de Santa Cecilia Jose Lopes Dias
Quaresma filho Legitimo de Manoel Lopes
e de Engracia Quaresma deste lugar da Bemfeita
da Bemfeita Neto paterno de Lourenço Lopes
e de Maria Francisca deste mesmo lugar E materno
de Antonio Dias Quaresma e de Maria Gaspar
aquelle natural do lugar de Cerdeira
termo de Coja e esta natural do lugar da Bemfeita
do mesmo termo Com Isidora
Maria filha Legitima do Cappitam Xavier
Marques da Fonseca e de Maria Ribeiro aquelle
natural do lugar do Salgueiral freguesia
de Sam Miguel e esta natural do lugar
da Bemfeita aonde morão. Neta paterna de
de Manoel Marques da Fonseca, e de Isabel
da Fonseca aquelle natural de Folques termo
de Arganil e esta natural do Salgueiral
aonde morão. Neta Materna de João Nunes
e de Maria Ribeiro aquelle natural do lugar
do Sarzedo termo de Arganil e esta natural do lugar
da Bemfeita aonde morão E tambem lhe deu as
Bençois o Reverendo Christogono Marques da Fonseca
com minha Lecença. Foram testemunhas presentes
o Reverendo Padre Pedro Dias Quaresma
desta Bemfeita e eu o Vigario Luis Bernardo
Soares tambem desta Bemfeita e para constar
fis este asento que asignei. Bemfeita. dia mes
e anno ut Supra. o Padre Pedro dias Quaresma
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Lopes Xavier Marques da Fonseca"

Página 214 e 215:
"Bemfeita.
Meda de Mouros.
Manoel da Encarnação.
com
Maria Theresa de
Jesus."
"Em os vinte Sinco dias do mes
de Setembro da era de mil e Sete Centos
e oitenta annos Se receberam na minha
presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas Manoel da Encarnação
filho de Caitano Jorge e
de Conceição da Encarnação do lugar de Meda
de Mouros termo de Coja Neto paterno de
Antonio Martins e de Catrina Martins de
E materno de Antonio Gonçalves e de Francisca
Carvalho todos do lugar da Meda de
Mouros Com Maria Theresa de Jesus
filha de Maria Nunes e de Pay incognito
deste lugar da Bemfeita Neta paterna
de Avos incognitos E materno de João
Gonçalves e de Maria Nunes esta da Bemfeita
e aquele do mesmo lugar da Bemfeita
Forão testemunhas presentes Francisco
Martins Lopes e Gregorio Soares desta Bemfeita
e para constar fis este asento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Francisco Martins Lopes
Gregorio Soares
Caitano Jorge."

Página 218 e 219:
"Pardieiros.
Francisco Jose
da Mossa
com Maria
Nunes"
"Em os vinte e oito dias do mes de Maio
da era de mil e Sete Centos e oitenta
e hum annos Se receberão na minha
presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas em esta Igreja de
Santa Cecilia Francisco Jose da Mossa do lugar
dos Pardieiros filho Legitimo de Jose Francisco
e de Maria Nunes aquelle natural da Moura
termo de Avô e esta natural do Monte
Frio aonde morarão. Neto paterno de Manoel
Francisco e de Rosa Nunes aquelle natural
de Folques termo de Arganil e esta
da Moura aonde morarão. E materno de
[???] Nunes e de Anna Fernandes naturais
do Monte Frio. Com Maria Nunes
do lugar dos Pardieiros Filha Legitima de
Antonio Antunes e de Brigida Nunes
do mesmo lugar. # E paterna de Pedro Antunes e de Maria Nunes esta natural da Teixeira e aquelle dos Pardieiros aonde morarão. # Neta materna de Jose quaresma e de Agueda Nunes esta natural
das Luadas e aquelle natural dos
Pardieiros aonde morarão estes contrahentes
não [???] de consentimento de Pais, e
tutores, e curadores por que ja estao e mancipados
e os Pais ja não existem. Forão
testemunhas Manoel Dias e Manoel Rodrigues
dos Pardieiros e para constar fis este asento
que asignei. Bemfeita dia mes e anno
ut Supra. O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Rodrigues Manoel Dias"

Página 219 e 220:
"Relva Velha.
Francisco João
com Rosa
Nunes."
"Em os desanove dias do mes de Julho
da era de mil SeteCentos e oitenta e hum
annos Se receberam na minha presença e
das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
em esta Igreja de Santa Cecilia Francisco
João filho legitimo de João Fernandes
e de Maria quaresma esta natural
do Valado termo de Avô e aquelle
natural da RelvaVelha desta Freguesia
aonde morarão. E materno digo
Neto paterno de Manoel Martins e de
Anna Gaspar naturais e moradores da
Relva Velha desta Freguesia da Bemfeita.
E materno de Domingos Fernandes
natural da Castinheira termo da Villa
Cova e de Domingas Quaresma natural
do Vallado aonde morarão termo de
Avô Com Rosa Nunes filha de João
Francisco e de Lusia Nunes naturais da Castinheira
termo de Villa Cova porem moradores
no Pay das Donas desta Freguesia
Neta Paterna de Manoel Gonsalves e de
Susana Manoel naturais da Castinheira
termo de Villa Cova E materna de Manoel
João e de Maria Nunes naturais e
moradores do mesmo lugar da Castinheira
termo de Villa Cova o Contrahente não
tem seo [???] Pay nam [???] e curadores
por [???] a mais [???] a estes
tambem ja não existiram a contrahente
ja não tem Pais mas sim Mãis e
esta deu Licença e prestou o Seu consentimento
Forão testemunhas Manoel Marques
e Jose Dias Lopes Quaresma desta Bemfeita.
E para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia mes e
anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Lopes Quaresma
MAnoel Joaquim Ribeiro
A Rogo de Lusia Nunes Manoel Simois"

Página 220 e 221:
"Sardal
e Monte Redondo
Antonio Nunes
Com
Maria Nunes."
"Em os hoze dias do mes de Agosto
da era de mil SeteCentos e oitenta e hum
annos Se receberam na minha presença
e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas em esta Igreja de Santa
Cecilia do lugar da Bemfeita Antonio
Nunes filho legitimo de Bartolomeu
Lopes e de Luisa Nunes naturais do
Monte Redondo Freguesia de S.Pedro
de Folques termo de Arganil. Neto
paterno de Manoel Dias e de Anna
Marques naturais e moradores do mesmo
Lugar E materno de Caitano Gomes
e Ursula Nunes esta natural das luadas
termo de Coja e aquelle do Monte
Redondo aonde morarão. Com
Maria Nunes filha legitima de Antonio
Fernandes e de Maria Gomes
aquele natural da Bemfeita e esta do
Sardal aonde moraão. Neta paterna
de Manoel Fernandes Quaresma
e de Anna Nunes, aquele natural dos
dos Pardieiros e esta da Bemfeita aonde
morarão. E materna de Manoel Nunes
e Anna Gomes esta natural do Inxudro
e aquele do Sardal aonde morarão. O
Pai da Contrahente e Mai do contrahente
prestarão. o Seu consentimento os outros
pais ja não existem. E para constar
fis este assento que asignei. Bemfeita.
dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares
[???] forão testemunhas Francisco Marques Jose Nunes do Sardal,
Francisco Marques. Jose Nunes
Antonio Francisco
A rogo de Luis [???] nunes joão [???]"

Página 222 e 223:
"Esculca
E Luadas
Antonio Fernandes
Com Luisa
Manoel"
"Em os coatro dias do mes de outubro da era de mil
e SeteCentos e oitenta e hum annos Se receberam
na minha presença e das testemunhas abaixo nomiadas,
e asignadas; em esta Igreja de Santa Cecilia, Antonio
Fernandes filho de Antonio Fernandes, e de Maria
Luis, esta natural do Alqueve freguesia de Sam Pedro de
Folques termo de Arganil, e aquelle da Esculca freguesia
de Sam Miguel de Coja aonde morarão. Neto paterno de
Fernandes e de Isabel das Neves naturais e moradores da
Esculca. E materno de Antonio Fernandes, e de Anna
Luis, naturais, e moradores do Alqueve freguesia de Folques
termo de Arganil. Com Luisa Maria filha de Jose
filha de Jose da Costa, e de Bernarda Francisca das Luadas;
Neta paterna de João da Costa, e de Marianna da Fonseca,
esta natural de Folques, e aquelle da Mancelavisa
da mesma Freguesia de Folques termo de Arganil
porem moradores nas Luadas. E materna de
Antonio Gonçalves e de Maria Francisca esta do Sardal e
aquelle das Luadas aonde moraram a Mai da Contrahente
prestou o Seu consentimento para efeito desta casa por não
tr pais nem [???] ou Curador. O Contrahente tambem ja
nam tem pais nem Mais, nem tutor, e Curador a que
esteja subjeito. E para constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares
Declaro que forão testemunhas Manoel das Neves
e Manoel Simois das Luadas.
Manoel Simois [???]
A Rogo de Bernarda Francisca
Manoel das Neves"

Página 224 e 225:
"Pardieiros.
Jose quaresma
Com Anna
Dias."
"Em os onse dias do mes de Abril da era de mil
e SeteCentos e oitenta e dois annos, Se receberam na
minha presença e das testemunhas abaixo nomiadas,
asignadas, em esta Igreja de Santa Cecilia de Bemfeita
Jose quaresma filho de Antonio quaresma e de catrina
Francisca esta natural dos Cepos termo de Arganil, e
aquelle dos Pardieiros aonde morão. Neto paterno de Bento
quaresma, e de Anna Nunes dos Pardieiros naturais,
e moradores: E materno de Domingos Affonso e
Cathrina Francisca naturais, e moradores do lugar
dos Cepos termo de Arganil: Com Anna Dias
filha de Manoel Dias e de Maria Jorge aquelle
natural do Inxudro e esta dos Pardieiros aonde
aonde moram: Neta paterna de Manoel Dias e de
Domingas Francisca aquelle natural do Porto Castanheiro
freguesia de Santa Isabel de Teixeira,
e esta do Inxudro aonde moraram: E materna
de Manoel Jorge, e Anna Nunes, aquelle
natural de Oliveira de Fazemam termo de Fajam,
e esta dos Pardieiros aonde moram. Os Pais
do Contrahente prestaram o Seu consentimento para
casarem os ditos digo os Sobreditos contrahentes hum
com o outro o Pai da contrahente tambem o conceder,
e esta não tem mai nem esta subjeita
a outro [???] algum. Foram testemunhas [???]
Jose da crus, e Manoel João do lugar dos
Pardieiros. E para constar fis este assento que
asignei. Bemfeita. dia, mes, e anno,
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel João Antonio quaresma
Manoel João
A rogo de catrina Francisca Jose da
crus
Jose da crus"

Página 226 e 227:
"Pardieiros.
Francisco Antunes
com Maria
Nunes."
"Em os onse dias do Mes de Junho da era de mil
e Sete Centos e oitenta e dois annos, Se receberão
na minha presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas, em esta Igreja de Santa
Cecilia Francisco Antunes filho legitimo de Antonio
Antunes e de Brigida Nunes naturais e moradores
do lugar dos Pardieiros Neto paterno de Pedro Antunes, e
de Maria Nunes esta natural da Teixeira deste termo de coja
e aquelle dos Pardieiros aonde morarão. E materno de Jose
Quaresma e de Aggueda Nunes esta natural das Luadas
e aquelle dos Pardieiros aonde morarão. Com Maria
Nunes do lugar dos Pardieiros filha legitima de Manoel
Rodrigues e de Theresa Nunes naturais e moradores do
mesmo lugar dos pardieiros. Neta paterna de Manoel
Rodrigues, e de Anna Quaresma aquelle natural de
Pinheiro de Coja, e esta dos Pardieiros aonde morarão.
E materna de Manoel Affonso, e de Maria Nunes
aquelle natural da Surgassosa freguesia de Pomares
termo de Avô, e esta dos Pardieiros aonde morarão.
O Contrahente ja não tem Pais nem Mais, nem
está sojeito a tutor ou curador. Os Pais da contrahente
prestaram o seo consentimento para que ella casasse
com o dito contrahente. Forão testemunhas presentes
Bento Nunes do Pai das Donas e Francisco
João do mesmo lugar e para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia, mes, e anno
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Bento Nunes Francisco João
A Rogo de Teresa Nunes Jose da Crus
Manoel Rodrigues"

Página 229 e 230:
"Monte Frio.
E casas Velhas.
Antonio Simois com
Cecilia Nunes"
"Em os seis dias do Mes de Maio da era de
mil e Sete Centos, e oitenta e tres annos Se receberam
em minha presença e das testemunhas abaixo
nomiadas e asignadas em esta Igreja de Santa
Cecilia Antonio Simois filho de Domingos Simois
e de Domingas Pereira naturais e moradores das
Casas Velhas Freguesia de Campello Termo de Miranda
do Corvo deste Bispado: Neto paterno de João Fernandes
e de Maria Francisca, aquele natural da Povoa da
da mesma freguesia, e esta das Casas Velhas aonde
moraram; E materno de Joam Fernandes e de
Maria Francisca naturais e moradores das
Casas Velhas do mesmo Termo e freguesia:
Com Cecilia Nunes filha de
Manoel Lopes e de Maria Nunes naturais e moradores
do Monte Frio. Neta paterna de Domingos Lopes e
de Cecilia Gomes esta natural da Relva Velha e aquelle
do Monte Frio aonde moraram. E materna de João
Nunes e de Maria Nunes naturais e moradores do Monte
Frio. O Contrahente ja não tem Pai nem Mai aquem
esteja subjeito, [???] tem algum Tutor ou curador [???]
Parocho [???], que no livro dos Asentos dos casados
ficava termo de Licença para elle [???]. a contrahente
ja não tem Pai; e Mai deu o seu consentimento
para ella casar com o contrahente e não esta subjeita
a tutor, ou curador. E para constar fis este assento
que asignei. E foram testemunhas presentes Jose
Gaspar do Monte Frio e Manoel Caitano das Luadas.
Bemfeita. dia mes, e anno ut Supra
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Gaspar
Manoel Caitano
A rogo de Maria Nunes Manoel Simois
Visto em vivita de sua Igreja em 3 de
Agosto de 1783.
[???]"

Página 231 e 232:
"Pay das
Donas.
Manoel
Gracia com
Maria Francisca"
"Em os vinte e tres dias do Mes de
outubro da era de mil e Sete Centos e oitenta e tres
annos Se receberam em esta Igreja de Santa
Cecilia na minha presença e das testemunhas abaixo
nomiadas e asignadas Manoel Gracia filho de
Jose Gracia e de Theresa Nunes aquele natural da
Bemfeita e esta do Pai das Donas aonde moram
Neto paterno de Manoel Gracia e de Esperança Nunes
esta natural de Bemfeita e aquele do Pay das
Donas aonde moraram E materno de Joam Francisco
e de Lusia Nunes naturais do lugar da Castinheira
termo de Villa Cova de Sub Avô porem freguesia
de Fajam Com Maria Francisca filha de Manoel
Francisco Fidaldo e de Josefa Francisca esta natural
das Luadas e aquele do Pay das Donas aonde moram
Neta paterna de João Pereira e de Anna
Francisca esta natural do Sardal e aquele do Pay das
Donas E materna de Manoel Fernandes e de Isabel
Francisca esta natural do Inxudro e aquele das Luadas
desta freguesia. Foram testemunhas presentes o
Reverendo Padre Pedro Dias Quaresma desta Bemfeita
e Luis Francisco do Pay das Donas. O contrahente
ja não tem pais por ter morrido nem estao
sugeitos a tutores nem curadores as Mais destes prestaram
o Seu consentimento e para constar fis este assento que
asignei. Bemfeita. dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Luis Francisco
a rogo de [???] Francisco Joam Correa
A Rogo [???] jose gomes quaresma
Luis Francisco Padre Pedro Dias quaresma"

Página 232:
"Bemfeita
e Monte Redondo.
Manoel do Rosario.
Luis
Antonio"
"Em os vinte e nove dias do mes de Novembro
da era de mil e Sete Centos e oitenta e tres annos
Se receberam na minha presença e das
testemunhas abaixo nomiadas e asignadas em esta
capela de Nossa Senhora da Assumpsão Luis
Antonio filho legitimo de Manoel Marques da Costa e de Isabel
Simois naturais e moradores do Monte Redondo, freguesia
de Folques termo de Arganil Neto paterno de
Antonio Marques e de Anna da Costa naturais e moradores
do Monte Redondo termo de Arganil e freguesia de
de Sam Pedro de Folques E materno de Manoel Simois
e de Maria Simois naturais e moradores do mesmo lugar
da mesma freguesia e do mesmo termo: Com Maria
do Rosario filha legitima de Alexandre Simois, e de catherina
Correa aquele das Luadas e esta da Bemfeita aonde
morão: Neta paterna de Alexandre Simois e de Engracia
da Costa esta natural da Manselavisa freguesia de Folques
termo de Arganil e aquele das Luadas aonde morarão.
E materna de Manoel Antunes e de Anna Nunes naturais e
moradores da Bemfeita. Forão testemunhas presentes Jose
Nunes quaresma da Surgasosa e Marcos Correa da
Bemfeita. Os pais dos contrahentes prestarão: o seu consentimento
para esta casarem e para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia mes, e anno ut supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Marques da Costa
Alexandre Nunes A roguo Isabel Simois
do monte redondo de catherina Correa
Manoel joam Marcos Correa
Jose Nunes quaresma."

Página 233 e 234:
"Bemfeita
Antonio
dos Santos
com Maria
do Rosario"
"Em os vinte e Sete dias do mes de Novembro
da era de mil e Sete Centos e oitenta e tres annos
Se receberam em a capella de Nossa Senhora
da Assumpsão deste lugar da Bemfeita na minha
presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas Antonio dos Santos filho legitimo
de Sebastião Nunes e de Maria dos Santos aquele
natural de Meda de Mouros deste termo e
esta da Bemfeita aonde moram Neto paterno
de Simão Nunes e de Isabel Antunes aquele
natural das Pereiras freguesia do Mouronho
e esta de Meda de Mouros aonde moraram
E materno de Manoel Antunes Dias e de Josefa
Correa aquele natural do Sardal e esta
da Bemfeita aonde moraram; Com Maria
do Rosario filha legitima de Manoel Francisco
e de Maria Josefa aquele natural do Monte
frio desta freguesia e esta da Mourisia freguesia
de Pomares termo de Avô porem moradores
na Bemfeita Neta paterna de Jose
Francisco e de Maria Nunes aquele natural
de Moura Freguesia de Avô e esta do Monte
Frio desta freguesia aonde moraram E materna
de Felipe Dias Nunes e de Maria Francisca
aquele natural do Sardal desta freguesia da Bemfeita
e esta da Mourisia freguesia de Pomares
termo de Avô aonde moram: Foram testemunhas
presente o capitão Xavier Marques da Fonseca e o
Reverendo Padre Pedro Dias quaresma desta Bemfeita.
Os pais dos contrahente prestaram os seus consentimentos
para este casarem e para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia, mes, e anno ut
Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Sebastião Nunes
A rogo [???] Maria Josefa Manoel Simois
A Roguo de maria dos Santos Joam das Neves
Manoel Francisco
O Padre Pedro Dias quaresma
Marques da Correa"

Página 234 e 235:
"Bemfeita
Jose Nunes
com Theodora
Gomes"
"Em os oito dias do mes de Janeiro de mil e Sete Centos
e oitenta e quatro annos, Se receberam por marido e
mulher com palavras de presente, em esta Igreja de
Santa Cecilia da Bemfeita na presença de mim
O Padre Luis Antonio de Abranches do lugar e freguesia
de santo Antonio da Cerdeira Com Licença expreca
que para este efeito [???] o Reverendo
Vigario da mesma freguesia da Bemfeita
Luis Bernardo Soares, tambem na presensa das
testemunhas abaixo nomeadas e asignadas Jose
Nunes natural do Sardal desta freguesia filho Legitimo
de Joam Nunes do dito Lugar do Sardal e de Isabel Dias
natural da Teixeira, e moradores que foram na [???]
lugar da Bemfeita; neto paterno de Manoel Nunes
e de Joana Dias do mesmo lugar do Sardal, e materno
neto de Joam Dias do Porto Castinheiro freguesia
da Teixeira e de Felicia Dias da Teixeira
onde foram moradores; Com Theodora Gomes natural
deste lugar da Bemfeita filha Legitima de
Andre Simois Trabalho deste dito lugar da Bemfeita
e de Monica Gomes natural do Monte frio
desta freguesia, neta paterna de Antonio Alves
e de Anna Casala desta Bemfeita, e materna
de Domingos Lopes e de Cecilia Gomes do Monte
frio desta mesma freguesia. Foram testemunhas
presentes Manoel Simois e Manoel
Dinis desta freguesia da Bemfeita, estes
Contrahentes ja nam tinham Supriores que
que havessem de prestar o Seu Consentimento
E para constar fis este asento que asignei
Com o Reverendo Vigario, hoje dia mes era
ut Supra. O Vigario Luis Bernardo Soares.
[???] Luis Antonio de Abranches
[???]"

Página 235 e 236:
"Bemfeita
Manoel Gomes
Coresma
Com Maria=
Francisca"
"Em os oito dias do Mes de Janeiro de mil Sete Centos e oitenta e quatro annos Se receberam por Marido e mulher Com palavras de presente em esta Igreja de Santa Cecilia da Bemfeita na presença de mim O Padre Luis Antonio de Abranches do lugar e freguesia de Santo Antonio da Cerdeira Com Licença expressa que para este efeito [???] o Reverendo Vigario da mesma freguesia da Bemfeita Luis Bernardo Soares, tambem na presensa das testemunhas abaixo nomeadas e asignadas; Manoel Gomes Coresma deste lugar da Bemfeita, filho Legitimo de Manoel Gomes natural do Monte frio desta freguesia, e de Paschoa Coresma da Bemfeita onde moram; neto paterno de Manoel Gomes Mendes do dito lugar do Monte frio digo de Manoel Gomes Mendes natural de Villa Cova de Sub-Avô, e de Teresa Nunes do dito lugar do Monte frio onde moraram; e materno neto de Manoel Dias da Bemfeita, e de Maria Coresma do Pay das Donas desta freguesia; Com Maria Francisca deste lugar da Bemfeita, filha Legitima de Manoel Fernandes e de Maria Francisca desta Bemfeita, neta paterna de Manoel Fernandes da Esculca, e de Teresa Nunes da Bemfeita onde foram moradores, e materna neta de Andre Simois Trabalho natural desta Bemfeita, e de Maria Francisca dos Pardieiros desta freguesia; foram testemunhas presentes Manoel Dinis Manoel Simois deste lugar da Bemfeita Os Pais dos Contrahentes prestaram os Seos Consentimentos a asignaram e por verdade fis este assento que asignei com o Reverendo
Vigario hoje dia mes era ut
Supra
O Padre Luis Antonio de Abranches
Manoel Gomes
A rogo das Mais dos contrahentes Luis Marques [???]
O Vigario Luis Bernardo Soares
Manoel Simois Manoel Dinis"

Página 237 e 238:
"Pardieiros
Luis Jose
com Isabel
quaresma"
"Em o primeiro de Abril da era de mil e Sete Centos e oitenta e quatro annos Se receberam em esta Igreja de Santa Cecilia na presença do Padre Luis Antonio de Abranches do lugar da Cerdeira deste termo Com Licença minha e das testemunhas abaixo nomiadas, e asignadas Luis Jose filho de Jose Affonso e de Ellena Nunes do Lugar dos Pardieiros = Neto paterno de Manoel Affonso e de Maria Nunes varela aquele natural da Surgasosa freguesia de Pomares termo de Avo e esta natural do Lugar dos Pardieiros a onde morarão. E materno de Manoel Joam e de Maria Nunes esta natural do Sardal e aquele dos Pardieiros digo do Pai das Donas, e moradores nos Pardieiros=Com Isabel quaresma filha de Joam Dias e de Antonia quaresma aquele natural do Sardal, e esta dos Pardieiros a onde moraram=Neta paterna de Manoel Fernandes, e de Maria Dias naturais do Sardal E materno de Maria quaresma, e de Antonio Fernandes naturais dos Pardieiros. Os pais do Contrahente prestaram o Seu COnsentimento para casarem os Sobreditos contrahentes a Contrahente ja não tem pais nem May nem tabem tutores nem curadores a que esteja subjeita. Forão testemunhas presentes Antonio quaresma dos Pardieiros digo da Bemfeita a Manoel Rodrigues dos Pardieiros e para constar
fis este asento que asignei. Bemfeita. dia, mes, e anno
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Antonio Coresma Manoel Luis
Jose Affonço
A rogo da may do contrahente o Padre Jose
da crus Quaresma
O Padre Luis Antonio de Abranches"

Página 239 e 240:
"Monte
Frio.
Luis Jose
Com Maria
Nunes."
"Em os Sete dias do Mes de Abril da era de
mil e Sete Centos e oitenta e coatro annos
Se receberão em esta Igreja de Santa Cecilia
na presença do Reverendo Pedro Luis Antonio
de Abranches do lugar da Cerdeira deste, e
das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
Luis Jose filho de João Nunes e de
Maria Fernandes esta natural da Deflores e
aquele do Monte Frio aonde morao.=Neto
paterno de Joam Nunes e de Maria Nunes do
Monte Frio aonde moraram E materno de Manoel
Francisco Barreto, e de Isabel Fernandes
aquele da Bemfeita e esta do Sardal e moradores
na Deflores Com Maria Nunes
filha de Antonio Dias capado e de
Anna Nunes aquele da Bemfeita, e esta
do Monte Frio aonde morao.=Neta paterna
paterna de Antonio Dias capado e de Anna
Nunes naturais e moradores da Bemfeita
E materna de Antonio Affonso e de Esperança
Nunes aquele natural dos Pardieiros e
esta do Monte Frio aonde morarao. os pais do
contrahente derao o Seu consentimento o tutor
e curador da contrahente tambem prestarão
o Seu consentimento, que não os unicos
Superiores que tinha, para casarem hum com
o outro. Foram testemunhas presentes Jose
Gonçalves do Monte Frio, e Manoel Joam dos
Pardieiros e para constar fis este assento que
asignei. Bemfeita. dia, mes, e anno
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Gonçalves
Manoel João
João Nunes
A rogo da May do contrahente o Padre
Jose da Crus Quaresma
O Padre Luis Antonio de Neves
Do tutor Jose Affonso dos Pardieiros
O curador Pedro Jose Francisco"

Página 241 e 242:
"Pardieiros
Luis Antonio
Com Maria
Antunes"
"Em os Sete dias do Mes de Fevereiro de mil Sete
Centos e oitenta e Sinco annos em esta capella
de Nossa Senhora da Assumpsam desta freguesia
da Bemfeita na minha presença e das testemunhas
abaixo asignadas Se receberam por Marido
e mulher com palavras do presente na forma
do Sagrado Concilio Tridentino Luis Antonio
do lugar dos Pardieiros desta freguesia filho legitimo
de Antonio quaresma do Santo e de Maria Luis
aquelle natural do dito lugar dos Pardieiros e esta da
Relva Velha desta freguesia e moradores nos Pardieiros
neto Paterno de Manoel quaresma, e de Cecilia
Francisco, esta natural do Sardal, desta freguesia, e aquelle
dos Pardieiros onde moraram; Materno de
Bento Tavares, e de Maria Tavares, aquele natural
de Anceris do termo de Avô, e esta da Relva Velha onde
moraram; Com Maria Antunes do lugar do Monte
frio desta freguesia, filha legitima de Manoel Dias
e de Maria Antunes, esta natural do Inxudro
desta freguesia, e aquelle do monte frio onde
moraram; neta Paterna de Antonio Fernandes e
de Maria Dias esta natural do Sardal desta freguesia
e aquele do dito lugar do monte frio
onde moraram; Materna de Manoel Antunes
e de Maria Antunes ambos do dito lugar do
Do Inxudro onde moraram [???]
[???] mas superiores de que seu Pay
Manoel Dias quaresma o seu consentimento
e asignou [???]
e may que prestaram os seus consentimentos
asignaram [???] may asignou
Afonso [???] do dito lugar dos Pardieiros
de que foram testemunhas presentes Joam Correa
da Bemfeita Antonio quaresma do Monte frio
e para constar fis este termo que asignei Bemfeita
hoje dia mes e era ut Supra.
O Vigario Encomendado Luis Antonio de Abranches
Manoel Manoel Dias
Manoel quaresma Antonio quaresmaJoao Correa"

Página 242 e 243:
"Relva Velha
Francisco Martins
com Maria
Gomes."
"Em os dezoito dias do mes de Abril de mil Sete
Centos e oitenta e Sinco annos em a capella de Nossa
Senhora da Assumpçam desta freguesia da Bemfeita
na presença de mim o Vigario Encomendado desta
dita freguesia e das testemunhas abaixo asignadas
Se receberam por marido e mulher com palavras
do presente na forma do Sagrado Concilio
Tridentino [???] deste bispado, Francisco
Martins do lugar da Relva Velha desta freguesia
filho legitimo de Estevam Martins, e de Anna
Nunes esta natural do Monte Frio desta freguesia,
e aquele do dito lugar da Relva Velha onde
moraram; Neto paterno de Manoel Martins
e de Anna Gaspar, esta natural do Pay das Donas
desta freguesia, e aquele do mesmo lugar da Relva
Velha onde moraram, e Materno de Manoel
Dias, e de Maria Nunes naturais e moradores
do dito lugar de Monte Frio; Com
Maria Gomes natural e moradores do mesmo
lugar do Monte Frio filha legitima de
Joam Dias e de Rosa Gomes, aquele natural do lugar
da Castanheira freguesia de Fajam, e esta
natural do dito lugar do Monte Frio onde moram
Neto Paterno de Antonio Gonçalves e de Maria
Dias, aquele natural das Means freguesia de
Unhais o Velho do luguar esta natural
do mesmo lugar da Castanheira onde moraram;
E materno neta de Bento Nunes, e de Teresa
Gomes, esta natural da dita Relva Velha,
e aquele do dito lugar do Monte Frio onde
[???] contrahentes Francisco Martins
nam tem outro algum Superior mais, do que
Seu Pay Estevam Martins, e a Contrahente
Maria Gomes tem Seos Pais que todos [???]
outros prestaram os Seos Consentimentos tudo
na forma da Leonor [???] e asignaram
e a Rogo do May da contrhente, Rosa Gomes
asignou Manoel Martins do mesmo lugar
do Monte frio, de que foram testemunhas
[???] Nunes deste lugar
da Bemfeita, E Rosa Gonsalves, do dito
lugar do Monte frio e para constar fis este
termo que asignei Bemfeita hoje dia, mes,
era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio de Abranches
Jose Gonsalves.
[???] Nunes
Estevam Martins
Joam Dias
Manoel Martins"

Página 248 e 249:
"Monte frio
Jose Alves
da Silva da=
Villa de Avô=
Com Felicia=
Maria Lopes do=
Monte frio."
"Em os Vinte Seis dias do mes de Abril de mil Sete Centos
e oitenta e Seis annos, em a capella de Nossa Senhora
da Assumpçam deste lugar e freguesia de Santa Cecilia da
Bemfeita, na presença de mim o Padre Luis Antonio
de Abranches Vigario Encomendado da mesma freguesia
e das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas, Se receberam
por marido e mulher; com palavras do presente na forma
do Sagrado Concilio Tridentino, Constituisam e
Pastorais deste Bispado; Jose Alves da Silva natural e morador
da Villa de Avô filho legitimo de Joam Alves e de
Rosa Nunes da Silva naturais e moradores da dita Villa de
Avô. Neto Paterno de Manoel Fernandes Gil, e de Isabel
Alves moradores na mesma Villa de Avô, e Materno de
Paulo da Silva, e de Maria Francisco, e de [???] no lugar
de Vilela freguesia da Nogueira: Com Felicia Maria Lopes,
natural e moradora do lugar do Monte frio desta freguesia
da Bemfeita filha legitima de Manoel Nunes, e
de Anna Lopes, esta natural deste lugar da Bemfeita, e aquele
do lugar do monte frio, onde moraram, Neta Paterna
de Joam Nunes, e de Maria Nunes naturaes e moradores
do dito lugar do Monte Frio; e Materna neta de Antonio
Lopes, e de Francisca Nunes, e natural da Vila
de Coja; e aquele deste lugar da Bemfeita
onde moraram; os ditos contrahentes ja nam
tem Superiores alguns que [???], os
Os Seos consentimentos, e ambos Sem maiores de
vinte e sinco annos de que foram testemunhas [???]
presentes, Jose Lopes quaresma deste lugar da Bemfeita,
Manoel Martins do dito lugar do Monte frio
e para constar fis este termo que asignei Bemfeita
hoje dia, mes, era, ut Supra
o Encomendado Luis Antonio de Abranches
Manoel Martins"

Página 249 e 250:
"Sardal e
Luadas
Antonio Fernandes
com Cecilia
da Costa."
"Em os desasete dias do mes de Junho de mil Sete Centos
e oitenta e Seis annos, em a Igreja de Santa Cecilia
da Bemfeita e na presença de mim o Padre Luis
Antonio de Abranches Vigario Encomendado da dita
Igreja Se receberam por Marido, e mulher com palavras
do presente, na forma do Sagrado Concilio Tridentino,
Constituisam, e Pastorais deste Bispado Antonio
Fernandes viuvo, morador no lugar do Sardal desta freguesia,
filho Legitimo de Manoel Fernandes quaresma
e de Anna Nunes, aquella natural do lugar dos Pardieiros
desta freguesia, e esta deste lugar da Bemfeita onde moraram;
neto Paterno de Antonio Fernandes, e de Maria
quaresma naturais e moradores do dito Lugar dos Pardieiros,
e Materno de Pedro Nunes, e de Maria Nunes naturais
e moradores deste lugar da Bemfeita=Com Cecilia
da Costa viuva, natural e moradora do lugar das Luadas
desta dita freguesia filha Legitima de Alexandre Simois
e de Engracia da Costa, esta natural do lugar da Mancelavisa
freguesia de Folques, e aquele do dito lugar das
Luadas, onde moraram; Neta Paterna de Manoel Simois
C[???], e de Anna Nunes, esta natural do Bocado freguesia
de Folques, e aquele do dito lugar das Luadas onde
moraram, e Materna de Joam da Costa, e de Anna
Fernandes, naturais e moradores do dito lugar da
Mancelavisa, freguesia de Folques; os ditos contrahentes
nam tem Superior algum que haja de presta o seo
consentimento; de que foram testemunhas abaixo presentes,
Manoel Marques das Luadas, e Marcos Correa,
da Bemfeita, e para constar fis este termo que asignei
Bemfeita hoje dia, mes; era ut Supra. O Encomendado
O Encomendado Luis Antonio de Abranches
Manoel Marque Marcos Correa"

Página 250:
"Pardieiros
Sardal
Jose quaresma
com Maria
das Neves."
"Em os vinte e Sete dias do mes de Junho
de mil Sete Centos e oitenta e Seis annos em esta
Capella de Nossa Senhora da Assunpçam deste lugar
freguesia de Santa Cecilia da Bemfeita, e na presença de
mim o Padre Luis Antonio de Abranches Vigario Encomendado
da mesma freguesia, e das testemunhas abaixo
nomiadas, Se receberam por marido, e mulher Com
palavras do presente na forma do Sagrado Concilio Tridentino,
Constituisão, e Pastorais deste Bispado de
Coimbra, Jose quaresma viuvo natural e morador
do lugar dos Pardieiros desta freguesia filho
Legitimo de Antonio quaresma da fonte e de Catrina
Francisca do mesmo lugar dos Pardieiros; Neto Paterno de
Bento quaresma e de Anna Nunes, aquelle natural
da Bemfeita, esta da Relva Velha tambem da mesma
freguesia; e Materno de Domingos Afonso e de Catrina
Francisca naturais e moradores do lugar, e freguesia
dos Cepos termo de Arganil: Com Maria das
Neves filha legitima natural e moradora do lugar
do Sardal, desta freguesia, filha legitima de Joam
Dias, e de Isabel Luis naturais e moradores do mesmo
lugar do Sardal; Neto Paterna de Joam Dias, e de
Maria Simoins esta natural dos Pardieiros, e aquele
do mesmo lugar do Sardal; E materna de Antonio
Luis natural do Monte Redondo freguesia de Folques
e de Isabel Francisca natural do dito lugar do
Sardal. Os ditos contrahentes nam tem suprior algum
que haja de prestar o seo consentimento
de que foram testemunhas atudo presentes Jose da Crus
Antonio quaresma França do dito lugar dos
Pardieiros, e para constar fis este termo que
asignei. Bemfeita hoje Dia, mes, era, ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio de Abranches
Antonio quaresma França Jose da Crus"

Página 251:
"Bemfeita
Manoel Dias=
Com Engracia=
Maria=
dos Pardieiros."
"Em os desoito dias do mes de Julho de mil Sete
Centos e oitenta e Seis annos em esta Capella de Nossa
Senhora da Assunpçam deste luguar e freguesia da Bemfeita,
e na presença de mim o Padre Luis Antonio
de Abranches Vigario Encomendado desta mesma
freguesia, e das testemunhas abaixo nomiadas Se receberam
por marido, e mulher Com palavras do presente,
na forma do Sagrado Concilio Tridentino,
Constituisam, e Pastorais deste Bispado, Manoel
Dias natural, e morador deste dito lugar da Bemfeita
filho legitimo de outro Manoel Dias, e de Thomasia
Nunes tambem naturais e moradores do mesmo
lugar; Neto Paterno de Antonio Dias, e de Anna
Nunes naturais e moradores deste dito lugar, Materno
Neto de Josefa Nunes, tambem deste lugar
e Avô incognito: Com Engracia Maria natural
e moradora do lugar dos Pardieiros desta freguesia
filha legitima de Jose Affonso e de Elena
Nunes naturais e moradores no mesmo lugar
dos Pardieiros; Neta Paterna de Manoel Afonso,
e de Maria Nunes, aquele natural da Sorgasosa
freguesia de Pomares, e esta do mesmo lugar
dos Pardieiros onde moraram; Materna Neta
de Manoel Joam, e de Maria Nunes aquele natural
do Pay das Donas desta freguesia; e esta do Sardal
tambem desta freguesia, e moradores que foram
nos Pardieiros. O Contra hente nam tem mais Superiores
do que Sua May que prestou o Seu consentimento;
e a Contra hente tem Seos Pays que prestaram
os seos Consentimentos, e asignaram, e a
rogo das Mays [???] Contre hentes asignou Francisco
Jose ja Mora dos Pardieiros de que foram testemunhas
a tudo presentes Luis Jose dos Pardieiros, e
Jose Dias do dito lugar da Bemfeita e para Constar
fis este termo que asignei Bemfeita hoje dia
mes, era, ut Supra.
Jose Affonso O Encomendado Luis Antonio de Abranches
Luis Jose
Jose Dias
Francisco Jose da Mota=que
asignou a rogo das Mays"

Página 252 e 253:
"Bocado, e=
Pardieiros=
Manoel Nunes=
Com Cecilia=
Maria="
"Em os Cinco dias do mes de Julho de mil
Sete Centos e oitenta e Seis annos em a
Capella de Nossa Senhora da Assunpçam
deste lugar e freguesia de Santa Cecilia da
Bemfeita na presença de mim o Padre
Luis Antonio de Abranches Vigario Encomendado
da dita freguesia Se receberam por Marido, e mulher
Com palavras do presente na forma do Sagrado
Concilio Tridentino, Constituisam, e Pastorais
deste Bispado de Coimbra, Manoel Nunes filho
digo natural e morador no lugar do Bocado freguesia
de Folques, filho legitimo de Joam Nunes
e de Maria de Dias, aquele natural do lugar
dos Cavaleiros freguesia de Fajam, e esta do
dito lugar do Bocado onde moraram; Neto Paterno
de Manoel Nunes, e de Catrina Nunes, ambos
naturais e moradores no dito lugar dos Cavaleiros,
e Materno de Manoel Martins, e Gracia
da Costa naturais e moradores do dito lugar
do Bocado: Com Cecilia Maria natural, e
moradores no lugar dos Pardieiros desta freguesia
da Bemfeita, filha legitima de Antonio quaresma
do Santo, e de Maria Luis, esta natural
do lugar da Relva Velha desta freguesia, e aquele do
dito lugar dos Pardieiros, onde moraram; Neta
Paterna de Manoel quaresma, e de Cecilia Francisca,
esta natural do Sardal desta freguesia, e aquele
do mesmo lugar dos Pardieiros onde moraram;
e Materna neta de Bernardo Luis, e de Maria
Tavares, aquele natural do lugar da Moira
freguesia de Avô, e esta natural da Relva Velha
desta freguesia, onde moraram. O Contrahente
Manoel Nunes nam tem mais Suprior do que seu
Pay Joam que prestou o seo consentimento
e asignou; e a contrahente Cecilia Maria ja nam
tem mais Suprior algum do que Sua May Maria
Luis que prestou o Seu Consentimento, e asignou
o Seo rogo Antonio quaresma do dito lugar dos
Pardieiros; de que foram testemunhas a tudo presentes
Presentes Manoel quaresma, e Jose quaresma
naturais e moradores do dito lugar dos Pardieiros, e
para constar fis este termo que asignei. Bemfeita
hoje dia, mes, era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio de Abranches
Manoel quaresma
Jose quaresma
Joam Nunes
Antonio quaresma que asignou arrogo da May
da Contrahente"

Página 253 e 254:
"Pardieiros
e Luadas
Jose Antunes
com Anna
da Costa."
"Em os vinte e quatro dias do mes de Outubro
de mil Sete Centos, e oitenta e Seis annos, em a
Capella de Nossa Senhora da Assunpcam deste lugar e
freguesia de Santa Cecilia da Bemfeita, na presença
de mim o Padre Luis Antonio de Abranches Vigario
Encomendado desta dita freguesia da Bemfeita,
e das testemunhas abaixo nomiadas, Se receberam
por marido, e mulher Com palavras do presente, na
forma do Sagrado Concilio Tridentino, Constituisam,
e Pastorais deste Bispado, Jose Antunes, filho Legitimo
de Joam Antunes, e de Sua mulher Maria Nunes, esta
natural do Sardal desta freguesia, e aquele do lugar
dos pardieiros desta freguesia, onde prestaram, o
dito contrahente Jose Antunes tambem natural, e
morador do mesmo lugar dos Pardieiros Neto Paterno
de Pedro Antunes, e de Maria Nunes, esta do lugar
e freguesia da Teixeira, e aquele dos Pardieiros, onde
moraram; e Materno de Manoel Francisco, e de Anna
Nunes do Sardal, desta freguesia onde moraram; Com
Anna da Costa natural, e moradora do lugar das Luadas
desta freguesia, filha legitima de Jose da Costa, e de
Bernarda Francisca naturais e moradores do dito lugar
das Luadas. Neta Paterna de Joam da Costa, e de Mariana
da Costa, aquele do lugar da Mancelavisa
freguesia de Folques, esta do dito lugar de Folques;
e foram moradores no dito das Luadas; Materna de Antonio
Gonsalves, e de Maria Francisca, esta do Sardal, e
aquele das Luadas, onde moraram. O Contrahente
Jose Antunes tem Supriores Seos Pais que prestaram
os seos concentimentos, e asignou o Pay Joam
Antunes por si, e a rogo de sua mulher Maria Nunes
May dita contrahente por ella [???], e a
Contrahente, Anna da Costa nam tem Suprior,
mais do que Sua May Bernarda Francisca
que prestou o seo concentimento, e asignou
o seo rogo Manoel Gonçalves do Santo irmam
da mesma de que foram testemunhas
presentes Jose Simois, e Manoel Gonsalves do
Canto, ambos do dito lugar das Luadas; e para constar
fis este termo que asignei hoje dia, mes,
era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio de Abranches
Manoel Gonçalves Joam Antunes
Jose Simois. Manoel Gonçalves do Canto."

Página 254 e 255:
"Inxudro, e
Pardieiros.
Manoel João.
com Francisca
Maria."
"Em os trinta dias do mes de Outubro de mil Sete Centos
e oitenta e Seis annos, em a Capella de Nossa Senhora da Assunpçam
deste lugar e freguesia de Santa Cecilia da Bemfeita
e na presença do Reverendo Luis Bernardo Soares Vigario
proprietario desta freguesia, e das testemunhas abaixo
nomiadas, e asignadas, Sereceberam por Marido, e mulher
Com palavras do presente, na forma do Sagrado
Concilio Tridentino, Constituisam, e Pastorais deste Bispado,
Manoel Joam natural e morador do lugar do Inxudro
desta freguesia, filho de Joam Lopes, e de Anna Nunes
Pastora, esta natural dos Pardieiros, e aquele do
Inxudro, onde moraram. Neto Paterno de Manoel Joam
e de Maria Gomes, esta natural da Relva Velha, desta freguesia,
e aquele do dito lugar do Inxudro, onde moraram;
e Materno de Manoel Nunes Pastor e de
Anna Nunes, esta natural do Sardal desta freguesia,
aquele do lugar da Moura freguesia, termo de Avô
porem foram moradores no dito lugar dos Pardieiros.
Com Francisca Maria natural do dito lugar dos Pardieiros,
filha legitima de Manoel Francisco e de Maria
Josefa, esta natural do lugar da Mourisia freguesia
de Pomares, e termo de Avô, e aquele do Monte
frio, desta freguesia, porem Sam moradores no dito
lugar dos Pardieiros. Neta Paterna de Jose
Francisco, e de Maria Nunes; aquele do dito lugar
da Moira, e esta do dito do Monte frio, onde moraram
e Materna de Felipe Dias, e de Maria Nunes, aquelle do
dito lugar do Sardal, e esta do dito lugar da Mourisia
onde moram. O Contrhente Manoel Joam
nam tem mais Superiores do que Sua May, Anna Nunes
que prestou o Seu consentimento; e a seo rogo
asignou Themas Nunes dos Pardieiros; e a contra hentes
Francisca Maria Tem seos Pais, Manoel Francisco
que asignou por si, e por sua Mulher Maria Josefa, de
que foram testemunhas presentes, MAnoel Soares do lugar
da Drea desta freguesia, e Antonio quaresma
da Fonte, do dito lugar dos Pardieiros, e para Constar
fis este termo que asignei. Bemfeita hoje dia
mes, era ut Supra. O Vigario encomendado, Luis
Antonio de Abranches que em fé de verdade [???]
asignei.
O Encomendado Luis Antonio de Abranches
Manoel Soares Antonio quaresma da Fonte
Manoel Francisco Pay
Thomas Nunes arrogo da contrahente
May da contrahente"

Página 255 e 256:
"Cerdeira e
Bemfeita
Manoel Gracia
Com Josefa
quaresma"
"Em os trinta, e hum dias do mes de Outubro de mil
Sete Centos, e oitenta e Seis annos, em a Capella de Nossa
Senhora da Assunpçam deste lugar, e freguesia da Bemfeita,
na presença de mim o Padre Luis Antonio de Abranches
Vigario Encomendado, desta dita freguesia, e das testemunhas
abaixo nomeadas, e asignadas, Sereceberam por Marido
e mulher Com palavras do presente na forma do Sagrado
Concilio Tridentino, Constituisam, e Pastorais, deste Bispado
Manoel Gracia natural e moradores do lugar, e freguesia de
Santo Antonio da Cerdeira, filho legitimo, de Manoel Gracia,
e de Agueda Luis; esta natural do lugar da Moura
freguesia, e termo da Villa de Avô, e aquele do dito lugar, e
freguesia da Cerdeira onde Sam moradores. Neto Paterno de
Manoel Nunes Pereira, e de Maria Gracia naturais, e moradores
do dito lugar da Cerdeira; e Materno de Manoel Nunes
e de Agueda Luis, aquele natural do lugar do Soito da
Ruiva freguesia de Pomares; e esta do lugar da Moura
asima dito, onde moraram. Com Josefa quaresma
natural e moradora deste lugar da Bemfeita, filha legitima
de Bento Jose, e de Maria Antunes, aquele dos Pardieiros
Desta freguesia, e esta deste lugar da Bemfeita onde
moraram. Neta Materna de Manoel Fernandes
Moira, e de Maria Antunes naturais, e moradores deste
lugar, e freguesia da Bemfeita; e Paterna de Jose
quaresma, e de Agueda Nunes, esta natural do lugar
das Luadas desta freguesia, e aquele do dito lugar
dos Pardieiros, onde moraram. O Contrahente Manoel
Gracia nam tem mais Supriores que os ditos seos
Pais que prestaram os seos consentimentos
e asignou o dito seo Pay Manoel Gracia por si e por
sua mulher Agueda Luis; e a contrahente Josefa
quaresma, nam tem mais Suprior do que seo
Pay Bento Jose que prestou o seo Consentimento
e o asignou de que foram testemunhas presentes
Manoel Correa e Manoel Fernandes ambos deste
lugar da Bemfeita e para constar fis este
termo que asignei. hoje dia mes era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio de Abranches
Manoel Fernandes Moira
Manoel Correa
Bento Jose Manoel Gracia"

Página 256 e 257:
"Sardal, e
Inxudro
Alexandre
Nunes com
Rita Nunes"
"Em os seis dias do mes de Novembro de mil Sete
Centos e oitenta, e Seis annos em aCapella de Nossa
Senhora da Assunpçam deste lugar e freguesia da
Bemfeita na presença de mim o Padre Luis Antonio
de Abranches Vigario Encomendado desta
dita freguesia, e das testemunhas abaixo nomeadas,
Sereceberam por Marido e mulher Com
palavras do presente na forma do Sagrado Concilio
Tridentino, Constituisam, e Pastorais
deste Bispado, Alexandre Nunes do lugar do Sardal
desta freguesia filho legitimo de Antonio
Luis e de Anna Nunes, esta natural do lugar da
Moira termo e freguesia de Avô, e aquelle do
dito lugar do Sardal onde moram: Neto Paterno;
de Antonio Luis, e de Isabel Luis, aquele do
Monte Redondo, e esta do mesmo lugar do Sardal
onde moraram; e Materno de Alexandre
Nunes e de Monica Nunes, esta da Moirisia
E aquele do dito lugar da Moira, onde moraram
Com Rita Nunes do luga do Inxudro desta freguesia,
filha legitima de Joam Lopes e de Anna Nunes
Pastora, esta do lugar dos Pardieiros desta freguesia
e aquele do dito lugar do Inxudro onde moraram
Neta Paterna de Manoel Joam, e de Maria Gomes,
esta da Relva Velha desta freguesia, e aquele do mesmo
lugar do Inxudro onde moraram; Materna
de Manoel Nunes Pastor, e de Anna Nunes, aquelle
do dito lugar da Moira, e esta do dito lugar do Sardal
porem foram moradores no dito lugar dos Pardieiros
O Contrahente Alexandre Nunes tem Supriores seos Pais
Antonio Luis e Anna Nunes, que prestaram os Seos
Consentimentos, e asignou o dito Antonio Luis por
si, e por sua mulher Anna Nunes; e a Contrahente
Rita Nunes nam tem mais Suprior, do que a dita Anna
Nunes sua May, que prestou o seu consentimento
e asignou por ella seo irmam Thomas Nunes dos
Pardieiros, de que foram testemunhas presentes Jose
Gonçalves do mesmo lugar do Sardal, e Jose Quaresma
do Inxudro ambos desta freguesia, e para constar
fis este termo que asignei. Bemfeita hoje
dia, mes, era, ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio de Abranches
Thomas Nunes
Jose Gonçalves. Jose quaresma
Antonio Luis"

Página 257, 258 e 259:
"Sardal
e Porto
Castinheiro Manoel
Nunes"
"Em os trinta, e hum dias do mes de Maio
da era de mil, Sete Centos, e oitenta
e Sete annos Se receberam na minha
presença, e das testemunhas abaixo no-
nomiadas em esta Capella de Nossa
Senhora da Assunpsam Manoel
Nunes do Porto Castinheiro filho
de Manoel Nunes, e de Anna Preira
naturais, e moradores deste mesmo
lugar [???] da Teixeira
Neto paterno de Joam Preira, e de Maria
Fernandes naturais e moradores do mesmo lugar
do Porto Castinheiro digo Neto paterno de Bento
Fernandes e de Aggueda Nunes naturais, e moradores
do lugar do Inxudro freguesia
da Bemfeita, e materno de Jacinto Pereira,
e de Maria Fernandes naturais, e moradores
do Porto Castinheiro freguesia
da Teixeira = Com Rita Fernandes filha
de Manoel Luis e de Anna Fernandes esta
natural do Porto Castinheiro freguesia
da Teixeira, e esta natural do Pai digo aquelle
natural do Sardal aonde moram
neta paterna de Antonio Luis, e de Isabel
Francisca naturais, e moradores do
lugar do Sardal. E materna de Afonso
Fernandes e Domingos Fernandes naturais
e moradores do Porto Castinheiro
freguesia de Teixeira. Forao testemunhas
presentes Manoel Antunes e [???]
Dias do Porto Castinheiro. O contrahente
tem pais e mais e deram seu consentimento
a asignaram por elles com sua
Licença Jorge Antonio do mesmo
Porto Castinheiro, e [???] pay da contrahente
asignei Jose Nunes do Monte
Redondo freguesia de Folques
e para constar fis este assento que asignei.
Bemfeita dia, mes, e anno
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Nunes Jorge Antonio
Manoel Antunes
Bento Dias"

Página 259 e 260:
"Drea
Monte
Frio
Francisco
Nunes
e Maria
das Neves."
"Em os Sete dias do mes de Julho
a era de mil e Sete Centos, e oitenta
e Sete annos Sereceberam na
capella de Senhora da Assumpsão deste
lugar da Bemfeita na minha presença
e das testemunhas abaixo nomiadas
Francisco Nunes do Monte Frio desta freguesia
filho legitimo de Bento Nunes
e de Isabel Nunes aquelle natural da Cerdeira
deste termo e esta natural do Monte
Frio aonde moram Neto paterno de Antonio
Francisco e de Domingas Nunes naturais
e moradores do lugar da Cerdeira deste concelho
e Materna de Domingos Nunes e de
Agueda Nunes aquelle natural da Moura
termo de Avô e esta natural do Monte
Frio desta freguesia da Bemfeita aonde moraram
Com Maria das Neves
filha de pay incognito e de Luisa
Duarte [???] natural e moradora da
Villa de Coja Neta paterna de Avos
incognitos e Materna de Manoel Tavares
e de Maria Duarte moradores
no lugar de Meda de Mouros termo
de Coja a Contrahente não tem Soperiores
alguns, o Contrahente tem Seu pay,
este prestou o Seu consentimento para
elles casarem Foram testemunhas
presentes o Reverendo Padre Luis Antonio de
Abranches do lugar da Cerdeira e Antonio Nunes
Neto da Drea desta freguesia da Bemfeita
os quais todos asignaram comigo a para
constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Padre Luis Antonio de Abranches
Antonio Nunes Neto
Bento Nunes."

Página 260 e 261:
"Bemfeita
E Meda de
Mouros
Joaquim
Martins
da Costa
Com Anna
das
Neves"
"Em os vinte e Sinco dias do mes de
Desembro da era de mil e Sete Centos
e oitenta e Sete annos Se receberam
na capella de Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar da Bemfeita na
minha presença e das testemunhas abaixo
nomiadas Joaquim Martins da Costa
do lugar da Meda de Mouros termo de Coja
filho legitimo de Manoel da Costa Ferreira
e de Maria Martins naturais e
moradores do lugar da Meda de Mouros
deste mesmo concelho Neto paterno
de Joam da Costa e de Cathrina
Francisca naturais e moradores de Meda
de mouros e materno de Domingos
Martins e de Maria Garcia naturais e
e moradores do mesmo lugar de Meda de
Mouros Com Anna das Neves filha legitima
de Sebastiam Nunes e de Maria dos Santos
deste lugar da Bemfeita Neta paterna
de Simam Nunes e de Isabel Antunes aquelle
natural das Pereiras freguesia de Mouronho
e esta natural de Meda de Mouros aonde
moraram termo de Coja E materna neta de
Manoel Antunes Dias e de Josefa Correa aquelle
natural do Sardal e esta de Bemfeita aonde
moraram: os pais do Contrahente prestaram o
Seu Consentimento e asignou por elles com
Sua Licença Joam das Neves do Casal da
Deflores desta freguesia: os pais de contrahente
prestaram o Seu consentimento e asignou
por si e por Sua mulher Sebastiam
Nunes pai da Contrahente. Foram testemunhas
presente Joam Correa e Seu filho Francisco
Correa deste lugar de Bemfeita
e para constar fis este assento que asignei.
Bemfeita dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
A Rogo Joao das Neves Francisco Correa
Joam Correa
Sebastiam Nunes
A Rogo da mai da contrahente
Joao das Neves."

Página 261, 262 e 263:
"Bemfeita
Jose
dos Santos
com Luisa
Maria"
"Em os dese dias do mes de Janeiro
da era de mil e Sete Centos e oitenta e oito
annos Se receberam na presença do Reverendo
padre Pedro da Silva deste lugar
de Bemfeita com minha Licença na capella
de Nossa Senhora da Assumpsam
deste mesmo lugar Jose dos Santos filho de
Jose dos Santos e de Anna Nunes aquelle natural
do Salgueiral freguesia de Sam Miguel
de Coja e esta natural da Bemfeita aonde moram,
Neto paterno de Pedro dos Santos e de
Clara Gracia aquelle natural de Coja e esta natural
do Salgueiral aonde moraram: Com
Luisa Maria filha de Bento Jose e
de Maria Antunes aquelle natural dos pardieiros
desta freguesia e esta da Bemfeita aonde moram,
Neta paterna de Jose quaresma e de
Agueda Nunes esta natural das Luadas desta
e aquelle dos Pardieiros aonde moram, E
materna de Manoel Fernandes Moura. e
de Maria Antunes naturais e moradores deste
lugar da Bemfeita aonde moram. os pais
dos contribuintes prestaram o Seu consentimento
para elles casarem e asignarão comigo e
foram testemunhas presentes Manoel Simois
e Alexandre Simois deste mesmo lugar de Bemfeita.
Declaro que o Avô materno de contrahente
he natural da Moura freguesia de Avô
e para constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, e ann ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
A Rogo Joao das Neves Francisco Correa
[???]
A rogo da May do contrahente Jose Gregorio
Bento Jose Jose dos Santos
Manoel Simois
Alexandre Simois"

Página 263 e 264:
"Deflores
e Drea.
Jose Nunes
com Francisca
Soares."
"Em os vinte hum dias do mes de Fevreiro
da era de mil e Sete Centos e oitenta,
e oito annos Se receberam em presença
do reverendo Padre Pedro da Silva
deste lugar de Bemfeita com minha
Licença in verbis, na capella de Nossa
Senhora da Assumpsam deste lugar
da Bemfeita Jose Nunes Filho
de Manoel Nunes e de Josefa Maria
esta natural dos Pardieiros e aquelle da
Deflores desta freguesia aonde moram
Neto paterno de Jose Nunes e
de Maria Nunes esta natural da Bemfeita
e aquelle da Deflores aonde
moraram E materno de Ventura
Nunes e de Anna Sorodia aquelle
natural de Pomares termo de Avo, e
esta dos pardieiros aonde moraram.
Com Francisca Soares, filha de
Manoel Soares e de Anna Nunes digo
de Anna Simoins aquelle natural da
Cerdeira termo de Coja e esta natural
da Drea do mesmo termo aonde moraram,
Neta paterna de Simam Soares
e de Domingos Nunes naturais de Cerdeira
E materna de Domingos
Francisco e de Domingas Simois
naturais e moradores da Drea
desta freguesia. Foram testemunhas
Jose quaresma filho de Jose
quaresma da Bemfeita e Bento
da Costa do lugar de Drea. A contrahente
nam tem Superiores aquem este
ia sogita a contrahente tem
porem este prestou o Seu consentimento
e por verdade fis este assento
que asignei e pay do contrahente
e testemunhas comigo asignaram.
Bemfeita dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
A Rogo Joao das Neves Francisco Correa
Jose quaresma Bento da Costa
Manoel Nunes
Padre Pedro da Silva"

Página 267 e 268:
"Monte
Frio
Jose Dias
com
Maria
Isabel"
"Em os vinte dias do mes de Agosto da
era de mil e Sete Centos e oitenta, e oito
annos, Se receberam em a capella de Nossa
Senhora da Assumpsam deste lugar na minha
presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas Jose Dias do Monte
frio filho de Joam Dias e de Rosa Gomes
aquelle natural da Castinheira freguesia
de Fajam e esta natural do Monte Frio
desta freguesia da Bemfeita aonde moram,
Neto paterno de Antonio Gonsalves
e de Maria Dias, aquelle natural das Mians
freguesia de Unhais o Velho Bispado da Guarda,
e esta natural da Castinheira freguesia
de Fajam aonde moraram; E materno de Bento
Nunes, e de Theresa Gomes, esta natural de
Relva Velha, e aquelle do Monte Frio aonde
moraram: Com Maria Isabel do mesmo
lugar do Monte Frio filha de Bento Nunes
e de Isabel Nunes aquelle natural
da Cerdeira freguesia de Santo Antonio e
esta natural do Monte Frio aonde moram
Neta paterna de Antonio Francisco, e de
Domingas Nunes, aquelle natural da Deflores
desta freguesia e esta natural da Cerdeira aonde
moraram; E materna de Domingos Nunes
e de Agueda Nunes, aquelle natural
da Moura freguesia de Avo e esta natural
do Monte Frio aonde moram. Os contra-
os contrahentes ja nam tem Mãi, mas so
pais estes prestaram o Seu consentimento
para elles casarem, Sem
embargo de serem parentes em terceiro
e quarto grao da consaguinidade em
que foram [???]. Foram testemunhas
presentes Domingos Lopes, e Manoel
Nunes do lugar do Monte Frio. E hum e
o outro asignaram comigo este assento que para
constar fis asignei. Bemfeita. dia
mes e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Domingos Lopes Manoel Nunes.
Bento Nunes Joao Dias."

Página 269, 270 e 271:
"Sardal
e Esculca.
Jose
Francisco com
Maria da
Costa"
"Em os vinte dias do mes de Novembro
da era de mil e Sete Centos e oitenta
e oito annos Se receberam em
esta Igreja de Santa Cecilia da Bemfeita
na minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas
na forma do Ritual Romano
Jose Francisco do lugar do Sardal
desta freguesia filho de Joam Francisco e de
Anna Nunes esta natural do lugar da Teixeira
deste termo e aquelle natural
do Sardal aonde moram Neto paterno
de Joam Nunes e de Maria Francisca
esta natural do Sardal e aquelle
natural das Luadas porem moradores
no Sardal. E materno de Antonio
Nunes e de Anna Nunes naturais
e moradores do lugar de Teixeira
Com Maria da Costa do lugar
da Esculca freguesia de Coja filha
de Manoel da Costa e de Theodosia
Nunes aquelle natural das Luadas e
esta da Esculca aonde moram Neta
paterna de Alexandre Simois e de
Engracia da Costa esta natural da Manselavisa
freguesia de Folques e aquelle
natural das Luadas aonde moraram
E materna de Mario Garcia e de
Esperança Nunes esta natural
das Luadas e aquelle da Esculca aonde
moraram. Os pais do contrahente prestaram
o Seu consentimento O contrahente
ia nam tem pai mas so mãe esta deu
o Seu consentimento e hum a outro deram
Licença o Reverendo padre Pedro Dias
quaresma desta Bemfeita para asignar
por elles. Foram testemunhas presentes Antonio Fernandes das
Luadas
E Francisco Pereira do Sardal e para constar
fis este assento que asignei. Bemfeita.
dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Francisco Pereira
Antonio Fernandes
padre Pedro Dias quaresma"

Página 271 e 272:
"Bemfeita.
Manoel Luis
com Maria
Bernarda
quaresma."
"Em dose dias do mes de Janeiro
da era de mil e Sete Centos e oitenta
e nove annos Se receberam
na minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas Manoel Luis filho
de Luis Jose e de Maria Nunes
das Neves aquelle natural do lugar
do Monte Frio desta freguesia e esta da
Bemfeita Neto paterno de Bento Nunes
e de Ursulla Lopes naturais e moradores
do lugar do Monte Frio E materno
de Domingos Nunes Neto e de
Cathrina das Neves esta natural
do Sardal desta freguesia, e aquelle
natural da Bemfeita aonde
moraram Com Maria Bernarda quaresma
filha de Joam Fernandes
quaresma e de Bernarda Gomes
esta natural do lugar do Sardal
desta freguesia e aquelle da
Bemfeita aonde moraram Neta
paterna de Joam Fernandes
quaresma e de Anna Domisia
aquelle natural dos Pardieiros desta
freguesia e esta da Bemfeita
aonde moram E materna
de Manoel Nunes e de Maria
Gomes naturais e moradores do
lugar do Sardal desta freguesia
aonde moraram. Foram testemunhas
presentes Antonio quaresma e Antonio
Lopes Carpinteiro deste lugar da
Bemfeita os pais e mãis dos contrahentes
deram o Seu consentimento para
elles casarem hum com o outro os
pais asignaram comigo e as mãis deram
Licença o Reverendo Padre Pedro Dias
quaresma para asignar por elles
e para constar fis este assento que asignei
Bemfeita. dia, mes, e anno
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Antonio quaresma Antonio Lopes.
Luis Jose
João Francisco Padre Pedro Dias quaresma"

Página 274, 275 e 276:
"Bemfeita
E Monte
Redondo
Antonio Gonsalves
e de Maria
da Rosa."
"Em vinte e Sete dias do mes de Janeiro
de mil e Sete Centos e oitenta e nove
annos Se receberam em minha presença
e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas Antonio Gonsalves filho de
Manoel Gomes e de Maria Gonsalves
esta natural do Sardal desta freguesia e
e aquelle do Monte Redondo freguesia de
Folques termo de Arganil aonde moram
Neto paterno de Domingos Luis e de Maria
Gomes esta natural do Salgueiro e
aquelle do Monte Redondo aonde moram freguesia
de Folques do mesmo termo Com
Maria da Rosa filho de Manoel Simois e
de Maria da Rosa naturais e moradores
do lugar da Bemfeita Neta paterna de
Joam Simois e de Assumpsam quaresma
aquelle natural do Casal da Deflores
e esta da Bemfeita aonde moraram E
materna de Manoel Dinis e de Rosa
Nunes esta natural das Luadas e aquelle
de Bemfeita aonde moram Declaro
que o contrahente Antonio Gonsalves
he Neto materno de Antonio Gonsalves
e de Isabel Francisca aquelle natural do Monte
Redondo freguesia de Folques e esta natural
do lugar da sardal freguesia de Bemfeita
aonde moraram os pais do contrahente
deram Seu consentimento para celebração.
deste matrimonio ella dito pay asignei
comigo e ella may deu Licença a Manoel
Luisa do mesmo lugar do Monte Redondo para
asignar por elle os pais da contrahente
tambem prestaram o Seu consentimento
para os Sobre ditos contrahentes casarem
hum com outro elle pai asignou
comigo e elle May mandou asignei
por elle o Reverendo padre Pedro Dias
quaresma desta Bemfeita Foram
testemunhas Jose Lopes quaresma
e Marcos Correa deste mesmo
lugar e para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita dia, mes, e anno
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Gomes Manoel Simoins
Maria [???]
Marcos Correa
O Padre Pedro Dias quaresma
Jose Lopes quaresma"

Página 276 e 277:
"Bemfeita.
Jose Gracia
Com Maria
Nunes."
"Em os seis dias do mes de Fevereiro da
era de mil e Sete Centos e oitenta e nove
annos Se receberam na minha presença e
das testemunhas abaixo nomiadas, e asignadas
Jose Gracia filho de Manoel Gracia
e de Maria Nunes naturais e moradores
deste lugar da Bemfeita Neto paterno de Pascoal
Simois e de Maria Gracia esta natural
da Pizam de Coja e aquelle da Deflores
deste freguesia aonde moraram E materno
de Antonio Dias Baltasar e de Isabel
Nunes naturais e moradores da Bemfeita
Com Maria Nunes filha de Joam
Nunes e de Isabel Dias esta natural da
Teixeira deste termo aquelle do Sardal
aonde moraram Neta paterna
de Manoel Nunes e de Irene Dias na-
naturais e moradores do Sardal desta freguesia E materna
de Joam Dias e de Felicia dias aquelle
natural do Porto Castinheiro freguesia de Teixeira
e esta natural da Teixeira aonde moraram
Os contrahentes ia nam tem Superiores aquem
estejam Sujeitos. Foram testemunhas presentes
Antonio Lopes Carpinteiro e o Reverendo
padre Pedro Dias quaresma deste
lugar da Bemfeita e para constar fis este
assento que asignei. Bemfeita dia,
mes e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Antonio Lopes
O Padre Pedro Dias quaresma"

Página 277, 278 e 279:
"Pardieiros
Pedro
Jose
Com
Luisa
Maria"
"Em os Sete dias do mes de Março
da era de mil e Sete Centos e oitenta e
nove annos Se receberam em minha
presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas. Pedro Jose do lugar das
Pardieiros desta freguesia filho de Jose
Affonso e de Ellena Nunes do mesmo
lugar Neto paterno de Jose Affonso
e de Maria Nunes aquelle natural
da Surgasosa freguesia de Pomares
e este natural dos Pardieiros freguesia
desta Bemfeita aonde moraram E materno
de Manoel Joam e de Catrina
Nunes esta natural do Sardal desta mesma
freguesia a aquelle natural do
do Pay das Donas porem moradores
nos Pardieiros desta mesma freguesia
Com Luisa Maria do
Sobredito lugar dos Pardieiros
filha de Manoel Nunes e de
Maria Antunes aquelle natural
do Sardal e esta dos Pardieiros desta
mesma freguesia da Bemfeita aonde
moraram Neta paterna de Niculao
Antunes e de Isabel Antunes digo Fernandes
esta natural de Esculca freguesia
de Sam Miguel de Coja e aquelle
natural dos Pardieiros aonde moraram
digo Neta paterna de Manoel Francisco
e de Anna Nunes Pereira naturais e moradores
do lugar do Sardal freguesia desta
Bemfeita E materna de Niculao
Antunes e de Isabel Fernandes esta natural
da Esculca freguesia de Sam Miguel
de Coja e aquelle dos Pardieiros
aonde moraram. O pay do contrahente deu
licença para a Celebraçao deste matrimonio
ia he viuvo, a may da contrahente tambem
deu o Seu consentimento para
a mesma e ja he viuva. Foram testemunhas
Manoel Rodrigues dos Pardieiros e João
Correa desta Bemfeita e todos asignaram comigo.
e para constar fiz este assento que
asignei. Bemfeita dia, mes, e anno ut
Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Joao Correa.
Manoel Rodrigues Jose Affonso
A rogo do Mai ja con [???]
Francisco Martins"

Página 281, 282 e 283:
"Bemfeita
Drea.
Jose Nunes Correa
Com Maria
Lourenca
das Neves"
"Em os trinta dias do mes de Abril
da era de mil e Sete Centos e oitenta e
nove annos Serecebeream na minha presença
e das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
em a capella de Nossa Senhora da
Assumpsão deste lugar da Bemfeita
Jose Correa Nunes digo Jose Nunes
Correa deste lugar da Bemfeita
filho de Sebastiam Nunes e de Maria
dos Santos aquelle natural de
Meda de Mouros deste concelho e esta
da Bemfeita aonde Sam moradores
Neto paterno de Simam Nunes
e de Isabel Antunes aquelle
natural das Pereiras freguesia
de Mouronho deste mesmo concelho
e esta de Meda de Mouros aonde moram=
E materno de Manoel Dias
e de Josefa Correa aquelle natural
do Sardal desta freguesia esta da
Bemfeita aonde moraram=Com Maria
Lourença das Neves do lugar da
de Drea desta mesma freguesia filha
de Manoel Soares e Isabel Nunes esta
natural dos Pardieiros, e aquelle da
Drea aonde moram=Neta paterna de Simam
Soares e de Angella Lopes aquelle
natural da Cerdeira deste mesmo concelho
e esta da Drea aonde moraram E materna
de Manoel Nunes Portos e de Anna
Nunes aquelle natural da Moura termo
de Avô e esta dos Pardieiros desta
freguesia da Bemfeita aonde moraram
os pais dos Contrahentes deram Seu consentimento
para estes casarem hum
com outro os pais asignaram comigo e
eas mãis deram Licença para asignar
por elles a Jose Correa Nunes Lopes
deste lugar da Bemfeita=Foram
testemunhas presentes Francisca Martins e
Jose Lopes quaresma deste mesmo
lugar e para constar fis este assento que
asignei. Bemfeita. dia, mes, e anno
ut Supra
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Soares
Sebastiam Nunes
Francisco Martins
Jose Lopes Quaresma
O Padre Pedro Dias quaresma
Rogo Jose Correa Lopes"

Página 284, 285 e 286:
"Bemfeita
Antonio Lopes
Com Maria
Quaresma"
"Em os desoito dias do mes de Janeiro
da era de mil e Sete Centos e noventa annos
Serecebeream na minha presença e
das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
em na forma do Ritual Romano, em
acapella de Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar da Bemfeita Antonio Lopes
filho de Manoel Nunes e de Anna
Lopes esta natural da Bemfeita e aquelle
do Monte frio aonde moraram Neto paterno de
Joam Nunes e de Maria Nunes naturais e moradores
do mesmo lugar do Monte Frio E materno
de Antonio Lopes e de Francisca Nunes esta
natural de Coja e aquelle da Bemfeita aonde
moraram Com Maria quaresma filha de
Antonio quaresma e de Maria quaresma esta
natural dos Pardieiros desta freguesia e aquelle
natural da Bemfeita aonde moram
Neta paterna de Manoel quaresma e de
Maria Gomes esta natural de Pinheiro deste
Concelho e aquelle natural da Bemfeita
aonde moraram E materna de Joam Dias e
de Antonia quaresma, aquelle natural
do Sardal desta freguesia e esta natural
dos Pardieiros desta mesma freguesia aonde
moraram. O Contrahente ja nam tem
Superiores que o possam empedir a casar, não
aquem deva pedir Licença para isto, a contrahente
tem pais, e mais os quais deram o
Seu Consentimento para ella Casar com
o contrahente. Foram testemunhas presentes
Antonio Lopes carpinteiro e o
Padre Pedro Dias quaresma deste lugar
da Bemfeita o pay da contrahente
asignou comigo e May deu Licença
a Padre Pedro Dias quaresma Sobre
dito para asignar por elle e por
verdade fis este assento que asignei
Bemfeita. dia, mes, e anno,
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Antonio Lopes
Padre Pedro Dias quaresma como [???]
A rogo da mesma contrahente.
Antonio quaresma"

Página 286 e 287:
"Bemfeita
E MonteFrio.
Antonio Nunes Com
Catrina Maria
das Neves"
"Em os coatro dias do mes de Março
da era de mil e Sete Centos e noventa annos
Se recebeream na minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas em esta
capella da Senhora da Assumpsam na forma
do Ritual Romano Antonio Nunes
do lugar do Monte Frio filho de Joam Nunes
e de Maria Fernandes esta natural do Casal
da Deflores desta freguesia e aquelle natural
do Monte Frio desta mesma freguesia
Neto paterno de Joam Nunes e de Maria
Nunes naturais e moradores do Sobredito
lugar do Monte Frio; E materno de Manoel
Francisco Barreto e de Isabel Fernandes
esta natural do Sardal desta freguesia
e aquelle natural do Casal da Deflores
desta mesma freguesia aonde
moraram: Com Catrina Maria das Ne-
das Neves natural do lugar do Porto Castinheiro
freguesia da Teixeira deste termo
de Coja filho de Matheus da Costa e
de Maria das Neves aquelle natural
do Porto Castinheiro desta Sobredita freguesia
da Teixeira e esta natural de Salgueiro
freguesia de Folques porem moradores
no Sobredito lugar do Porto Castinheiro;
Neta paterna de Manoel da Costa e
de Maria Fernandes esta natural do Porto Castinheiro
e aquelle natural de Teixeira aonde
moram; E materna de Antonio das Neves,
e de Isabel Francisca esta natural do Salgueiro
freguesia de Folques termo de Arganil e
aquelle natural de Serpins deste Bispado,
porem moradores no Salgueiro do Sobredito
termo de Arganil. Foram testemunhas
presentes Antonio Lopes Carpinteiro e Domingos
Nunes deste lugar da Bemfeita, os
pais da contrahente, e mãy da contrahente deram
o seu consentimento para este casarem hum
com o outro e por verdade fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, e anno, ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Antonio Lopes.
Domingos Nunes
João Nunes
A Rogo da mai dos Contrahentes
Jose da Crus"

Página 288 e 289:
"Sardal;
e Pardieiros
Antonio Gonsalves
Com Maria
Josefa."
"Em os vinte e tres dias do mes
de Setembro da era de mil e SeteCentos
e noventa annos Se recebeo na minha
presença e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas em esta capella
de Nossa Senhora da Assumpsam na
forma do Ritual Romano Antonio gonsalves
do lugar do Sardal desta freguesia
da Bemfeita filho de Jose gonsalves
e de Cecilia Nunes esta natural das Relvas
freguesia da Teixeira, e aquelle natural
do Sardal desta Sobredita freguesia
aonde moram Neto paterno de Antonio
gonsalves e de Isabel Francisca aquelle
natural do Monte Redondo freguesia
de Folques e esta natural do Sardal desta
Sobre dita freguesia aonde moraram
E materno Neto de Manoel Nunes e de Maria
Dias esta natural do Sardal desta freguesia
e aquelle natural das Relvas freguesia
da Teixeira aonde moraram: Com Maria
Josefa do lugar dos Pardieiros desta mesma
freguesia da Bemfeita filha de Jose da
Crus e de Josefa Maria aquelle natural
de Folques freguesia de Sam Pedro e esta
natural dos Pardieiros desta Sobredita
Bemfeita a onde moram Neta
Neta paterna de Jose da Crus e de Pascoa
Pelis da Silva aquelle natural do
lugar do Sarzedo termo de Arganil e esta
natural do lugar de Folques freguesia de
Sam Pedro aonde moraram E materna de Jose
quaresma e de Agueda Nunes esta
natural do lugar das Luadas desta mesma
freguesia da Bemfeita e aquelle
natural do lugar dos Pardieiros desta mesma
freguesia aonde moraram. Foram testemunhas
presentes Manoel Lopes da Relva
Velha a Joam Nunes do Sardal ambos
desta freguesia. Os pais dos contrahentes
deram o Seu consentimento para
elles casarem hum com outro e asignaram
comigo As mãis dos mesmos contrahentes
tambem consentiram que elles
celebrassem o mesmo Sacramento e deram
Licença para asignar por elles a O
Reverendo Padre Pedro da Silva deste lugar da
Bemfeita e para Constar fis este assento que
asignei Bemfeita. dia, mes, e anno
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Pedro da Silva
Jose da Crus
joam nunes
Jose gonsalves"

Página 291, 292 e 293:
"Sardal.
Jose Nunes, Com
Anna Nunes."
"Em os tres dias do mes de Fevereiro
da era de mil e Sete Centos e
noventa e hum annos Se recebeo na
minha presença e das testemunhas abaixo
nomiadas e asignadas em a
aquella de Nossa Senhora da Assumpsam
na deste lugar na forma do Ritual
Romano Jose Nunes viuvo
do lugar do Sardal aonde assiste porem
natural do Monte Redondo freguesia
de Sam Pedro de Folques Neto digo filho
de Bartolomeo Lopes e de Luisa
Nunes naturais e moradores do Sobredito
lugar de Monte Redondo Neto paterno
de Anna Marques natural e
moradora deste Sobredito lugar e
de Avô incognito E materno de Ca-
Caetano Gomes e de Ursulla
Nunes esta natural das Luadas
freguesia de Santa Cecilia da
Bemfeita e aquelle da Mamselavisa
freguesia de Sam Pedro
de Folques porem moradores em Monte
Rodondo desta Sobredita freguesia
de Folques Com Anna Nunes
filha de Manoel Nunes e de Maria
Nunes de Sardal naturais e moradores
Neta paterna de Manoel Nunes
e de Maria Nunes naturais
e moradores deste Sobredito lugar do
Sardal desta freguesia da Bemfeita
E materna de Gregorio Fernandes
e de Catrina quaresma esta natural
dos Pardieiros desta mesma freguesia
e aquelle natural do Sardal
Supra desta mesma freguesia
aonde moraram. Os pais da Contrahente
prestaram o Seu Consentimento
para elle casar com o contrahente.
Foram testemunhas presentes
Francisco Marques do Sardal e Joam
quaresma deste lugar de Bemfeita
e para constar fis este assento que
asignei com as testemunhas e paiy
da Contrahente e mãiy desta deu
Licença para asignar por ella o Reverendo
Padre Pedro Dias quaresma
quaresma deste lugar da Bemfeita
Bemfeita. dia mes e anno ut
Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Nunes
O Padre Pedro Dias quaresma
joão quaresma
Francisco Marques"

Página 293, 294 e 295:
"Montefrio.
Pedro Nunes
Com Luisa
Nunes"
"Em os nove dias do mes de Abril
da era de mil e Sete Centos e noventa
e hum annos Se recebeo na
minha presença e das testemunhas a
baixo nomiadas na forma do Ritual
Romano em acepella de Nossa
Senhora da Assumpsam deste
lugar Pedro Nunes do lugar do
Montefrio desta freguesia filho de
Joam Nunes e de Maria Fernandes
esta natural do Casal da Deflores desta
freguesia e aquelle do Monte
frio desta mesma freguesia aonde
moram Neto paterno de Joam
Nunes e de Maria Nunes naturais
e moradores do Sobredito lugar do
Monte frio E materno Neto de
de Manoel Francisco Barreto e de
Isabel Fernandes esta natural
do Sardal desta freguesia e aquelle
natural do Casal Sobredito
de Deflores a onde moraram
Com Luisa Nunes do Sobredito lugar
do Monte frio filha de Jose Gonsalves
e de Josefa Nunes aquelle
natural da Castinheira freguesia de
Fajam e esta natural do Montefrio
desta mesma freguesia aonde
moram Neta paterna de Manoel
Gonsalves e de Maria Dias naturais
e moradores do Sobredito lugar da
Castinheira da Mesma freguesia de
Fajam. E materna Neta da Pascoal
Nunes e de Theresa Nunes digo
de Theresa Gomes esta natural
da Relva Velha desta freguesia da
Bemfeita e aquelle do Montefrio
aonde moraram desta mesma freguesia.
A Contrahente ja nam tem pay,
os pais do Contrahente e a may da contrahente
prestaram o seu consentimento
para elles casarem sem embargo
de serem parentes hum do outro
com grão da consaguinidade em
que se acham dispensados: as mãis dos
contrahentes deram Licença para [???]
por elles ao Reverendo Padre Pedro
dias quaresma deste lugar, e o pay do contrahente
asignou comigo: Foram tes-
testemunhas presente Joam quaresma
da Bemfeita e Manoel Nunes
do Monte frio desta mesma freguesia e
para constar fis este assento que asignei
Bemfeita. dia mes e anno ut
Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel Nunes.
Padre Pedro dias quaresma
João quaresma
João Nunes"

Página 295, 296 e 297:
"Bemfeita.
Manoel dos Santos
das Neves
Com Francisca
Maria"
"Em os vinte e dois dias do
mes de Julho da era de mil e
Sete Centos e noventa e hum
annos Se recebeu na presença
do Reverendo padre Luis Antonio
de Abranches Soares da
Cerdeira deste termo com minha
Licença in [???] et urbis,
Manoel dos Santos das Neves
desta freguesia filho de Pedro
Correa e de Anna garcia naturais
e moradores deste lugar da
Bemfeita Neto paterno de
Manoel Antunes e de Josefa
Correa aquelle do Sardal
desta freguesia e esta da
Bemfeita a onde moraram:
Com Francisca Maria deste
mesmo lugar de Bemfeita
filha de Adriam Simois e de Josefa
Nunes esta natural do
Porto Castinheiro freguesia
de Teixeira e aquelle natural
da Bemfeita aonde moraram
Neta paterna de Avou
incognito e de Avó Anna gorda
digo Anna Nunes gorda do lugar
do Souto freguesia do Colmial
E materna de Jose
gonsalves e de Isabel
Nunes aquelle natural de
Sam Martinho freguesia de Gois
e esta natural de Porto Castinheiro
freguesia de Teixeira. E
Se receberam em esta capella de
Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar da Bemfeita
Sendo testemunhas Manoel
Lopes e Antonio dos Santos
deste mesmo lugar e
Contrahente nam tem Superiores
aquem esteja Subjeita no que
respeita o Consentimento, O
Consentimento dos pais do contrahente
Superior aprovado
de Comarca da Guarda. E para
constar fis este assento que asignei
Bemfeita. dia mes
e anno ut Supra
O Cura Luis Bernardo Soares
Manoel Lopes.
Antonio dos Santos"

Página 299 e 300:
"Bemfeita
e Coja.
Antonio Gomes
com Maria
Nunes"
"Em os trese dias do mes de Julho da
era de mil e Sete Centos e noventa
e dois Serecebeream na foram
do Ritual Romano Antonio Gomes natural
de Coja freguesia de Sam Miguel
filho de pais incognitos e de Maria
Gomes natural e moradora do Sobre
dito lugar e villa de Coja neto paterno
de Avós incognitos e materno
de Antonio Gomes de Matos e de
Maria Gomes naturais e moradores
da Sobredita villa de Coja: Com
Maria Nunes filha de Luis Jose
e de Maria Nunes aquelle natural
do Monte Frio desta freguesia
da Bemfeita e esta natural deste
lugar da Bemfeita aonde moram
E Se receberam em acapella de Nossa
Senhora da Assumpsam deste
mesmo lugar: foram testemunhas
presentes Joãm quaresma e Antonio
Lopes Carpinteiro a Licença dos pais
da Contrahente e [???] o Reverendo Doutor
Provisor deste Bispado [???]
esta [???] a Superiores [???] da
Licença. E para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia mes
e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares
Antonio Lopes
João quaresma"

Página 300 e 301:
"Bemfeita
e Pardieiros
Jose das Neves
Com Francisca
Maria."
"Em os trese dias do mes de
Julho da era de mil e Sete
Centos e noventa e dois anos
Se recebeream na minha
presença e das testemunhas a
baixo asignadas na capella
de Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar da Bemfeita
Jose das Neves filho de
Manoel das Neves e de Maria
Theresa aquelle natural do Salgueiro
freguesia de Folques
E esta natural do Casal do pão
desta freguesia da Bemfeita
a onde moraram Neto paterno
de Antonio das Neves e de Isabel
Marques do Salgueiro freguesia
de Folques E materno
Neto de Manoel Fernandes [???]
e de Monica Nunes esta
natural da Bemfeita aonde
moraram e aquelle natural da
Esculca freguesia de Coja:
Com Francisca Maria filha
filha de Jose Dias e de Maria
da Costa naturais e moradores do
lugar dos Pardieiros desta freguesia da
Bemfeita Neta paterna de Joam Dias
e de Antonia quaresma aquelle natural
do lugar do Sardal desta freguesia
e esta natural do lugar dos Pardieiros
desta mesma freguesia aonde moraram
E materna neta de Manoel quaresma
e de Anna da Costa naturais e
moradores do Sobre dito lugar dos
Pardieiros. Foram testemunhas Joãm
quaresma e Jose dos Santos alfaiate
deste lugar da Bemfeita. E para constar
fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno ut
Supra. O Cura Luis Bernardo Soares
Jose dos Santos
João quaresma
Jose Dias como pais do
Contrahente."

Página 302 e 303:
"Cerdeira e
Sardal.
Jose Soares
Com Maria
Gonsalves."
"Em os trinta dias do mes de Julho
da era de mil e Sete Centos e noventa
e dois anos Se receberam
na minha presença
e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas na esta Igreja
de Santa Cezilia de Bemfeita Jose
Soares filha de Manoel Jorge e
de Anna Soares naturais e moradores
do lugar da Cerdeira freguesia
de Santo Antonio neto paterno de
Antonio Jorge e de Anna Fernandes
naturais e moradores deste Sobre dito
lugar da Cerdeira e materno neto
de Manoel Simois e de Anna Soares
naturais e moradores deste mesmo
lugar: Com Maria Gonsalves
filha de Jose Gonsalves
e de Cezilia Nunes esta natural
das Relvas freguesia da Teixeira
e aquelle natural do Sardal
desta freguesia da Bemfeita
aonde moram neta paterna
de Antonio Gonsalves e de Isabel
Francisca aquelle natural do Monte
Redondo freguesia de Folques
e esta natural do Sardal
desta freguesia da Bemfeita
aonde moraram E materna neta
de Manoel Nunes e de Maria
Dias aquelle natural das Relvas
aonde moraram e esta natural
do Sardal, das Sobre ditas freguesias
Bemfeita e Teixeira. O Contrahente
obteve licença de Seu pai
e mãis ia nam tem: os pais da contrahente
prestarem o Seu consentimento.
Foram testemunhas presentes
Marcos Correa deste lugar da Bemfeita
e Manoel Soares da Drea
desta freguesia. E para constar fis
este assente que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno no Supra
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel Soares
A rogo Jose Correa Lopes
Jose Gonsalves
Marcos Correa"

Página 304 e 305:
"Monte
frio, e
Casal
das Poças.
Roque
Jose, com
Josefa Gomes."
"A contrahente
ia
não tem
mãy."
"Em os trese dias do mes de Agosto
da era de mil e Sete Centos e noventa
e dois anos Se receberam
na minha presença e das
testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
em esta igreja de Santa Cecilia
da Bemfeita Roque Jose filho
de Andre da Costa e de Maria quaresma
esta natural da Relva Velha desta freguesia
da Bemfeita e aquelle natural
da Moura freguesia de Avô aonde moraram
e de presente moram em o Casal
das Poças da mesma freguesia de Avô
Neto paterno de Manoel da Costa e de
Maria Martins aquelle natural de Cevilha
freguesia de Taboa e esta natural
da Moura aonde moraram da Sobredita
freguesia de Avô E materno
neto de Manoel Martins e de Anna
quaresma naturais e moradores da Relva
Velha desta freguesia da Bemfeita:
Com Josefa Gomes filha de
Joam Dias e de Rosa Gomes aquelle
natural da Castinheira freguesia de
fajam e esta natural do Monte frio a
onde moram neta paterna de Antonio
Gonçalves e de Maria Dias aquelle
natural das Mians freguesia de
Vinhais o Velho Bispado da Guarda
e esta natural da Castinheira aonde
aonde moraram freguesia de Fajam
E materna neta de Bento
Nunes e de Theresa Gomes esta natural
da Relva Velha deste freguesia
da Bemfeita e aquelle natural
do Monte frio desta mesma
freguesia aonde moraram os quais
dos Contrahentes prestaram o Seu Consentimento.
Foram testemunhas
presentes Jose Nunes da Relva Velha
e Jose Gaspar moso do Monte
frio. E para constar fis este
assente que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno no Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Jose Nunes.
Jose Gaspar.
João Dias pay da contrahente"

Página 305, 306 e 307:
"Montefrio
e Pardieiros
Pedro João
Com Rita
quaresma"
"Em os tres dias do mes de Janeiro da
era de mil e Sete Centos e noventa
e tres anos Se receberam na minha presença
e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas na capella de nossa Senhora
da Assumpsam deste lugar da
Bemfeita Pedro joam do lugar do
Montefrio desta freguesia da Bemfeita
filho de Joam Dias e de Rita Gomes
esta natural do Montefrio desta
freguesia e aquelle natural da
Castinheira freguesia de Fajam porem
moradores no Sobre dito lugar do Monte
frio neto paterno de Antonio Gonsalves e de
Maria Dias aquelle natural das Mians
freguesia de Unhais o Velho Bispado da
Guarda e esta natural da Castinheira freguesia
de Fajam a onde moraram; Com
Rita quaresma do lugar dos Pardieiros
desta Sobre dita freguesia da Bemfeita
filha de Jose Dias e de Maria da Costa
naturais e moradores deste mesmo lugar
dos Pardieiros neta paterna de Joam
Dias e de Antonia quaresma aquele
natural do Sardal desta freguesia
e esta natural dos Pardieiros
desta mesma freguesia a onde moraram
e materna neta de Manoel quaresma
e de Anna da Costa naturais e moradores
deste Sobre dito lugar dos Pardieiros.=
O Contrahente he neto materno de
Bento Nunes e de Theresa Gomes
esta natural da Relva Velha desta
freguesia e aquelle natural do Monte
frio desta mesma freguesia da Bemfeita
aonde moraram. Foram testemunhas
presentes Pedro quaresma e Francisca
Jose quaresma de Sobre dito lugar dos
Pardieiros. O Contrahente ia nam tem mães
nem tem pay e este deu seu consentimento
a contrahente tem pay e mãy estes prestaram
o seu consentimento, por se celebram
este matrimonio. e para constar fis
este assento que asignei: Bemfeita.
dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares
Pedro quaresma
Francisca Jose quaresma
Jose Dias
A rogo Jose Lopes Quaresma"

Página 309 e 310:
"Inxudro,
e Sardal
Manoel francisco
Quaresma com
Anna gonsalves"
"Em os tres dias do mes de Junho de
mil e Sete Centos e noventa e tres
anos Se receberam na minha presença e das
testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
em esta Igreja de Santa Cecilia da Bemfeita
Manoel Francisco quaresma do lugar do Inxudro
desta freguesia filho legitimo de Manoel
Francisco e de Maria quaresma aquelle
natural do Pay das Donas e esta do Inxudro
aonde moram ambos desta mesma freguesia
neto paterno de Manoel Francisco e de
Anna Silvestre esta natural de Agoa de Alte
freguesia da Teixeira e aquelle natural do
Sardal freguesia de Bemfeita porem moradores
no Pay das Donas desta mesma
freguesia E materno neto de Manoel
quaresma e de Anna Nunes esta natural
do Monte Frio e aquelle do Inxudro
aonde moraram desta mesma freguesia
Com Anna gonsalves do lugar
do Sardal desta freguesia filha legitima de
Jose Gonsalves e de Cecilia Nunes esta natural
das Relvas freguesia da Teixeira e
aquelle natural do Sardal desta freguesia
da Bemfeita aonde moram Neta paterna
de Antonio Gonsalves e de Isabel Francisco
aquelle natural do Monte Redondo
freguesia de folques esta natural
do Sardal desta mesma freguesia
da Bemfeita aonde moraram E
materna neta de Manoel Nunes
e de Maria Dias aquelle natural
das Relvas freguesia da Teixeira
aonde moraram e esta natural
do Sardal desta Sobredita freguesia
da Bemfeita os pais dos
contribuintes prestaram o Seu Consentimento
para elles cazarem hum com
o outro os quais asignaram comigo e as
mãis foram licença para asignei por ellas
a Jose Correa Lopes deste lugar da Bemfeita
foram testemunhas Jose quaresma do Inxudro
e Francisco Marques do Sardal desta freguesia da
Bemfeita. E para Constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia mes e anno
ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Jose quaresma
Francisco Marques.
A rogo Jose Correa Marques
Jose Gonsalves
Manoel Francisco"

Página 315 e 316:
"Luadas e Pisao
Manoel Gonsalves
e Maria de Moira"
"Em os Sete dias do Mes de Janeiro de mil e Sete Centos
e noventa e quatro em esta Igreja de Santa Cecilia
do lugar da Bemfeita em presença de mim Padre Luis
Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado
desta mesma freguesia da Bemfeita, e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas, Se receberao por marido,
e mulher Com palavras do presente, na forma do Sagrado
Concilio Tridentino, Pastorais, e Constituições
deste Bispado a Manoel Gonsalves filho legitimo
de Antonio Gonsalves, e de Anna Simois, esta natural
do lugar das Luadas desta freguesia, e aquelle
do Sardal tambem da mesma freguesia, neto
paterno de Antonio Gonsalves e de Isabel Francisca
esta natural do mesmo lugar do Sardal desta freguesia
e aquelle natural do Monte Redondo freguesia de
Folques e moradores no Sardal e materno de
João Martins, e de Maria Simoins ambos naturais
do mesmo lugar das Luadas Asima dito
Com Maria da Moira filha de Manoel Gonsalves
e de Anna Nunes ambos naturais, e moradores no lugar
de Pisao freguesia de Coja neta paterna de Manoel
Gonsalves e de Clara Quaresma esta do mesmo lugar de
Pisao, e aquelle das Luadas, moradores porem no Pisao
e materna de Jose de Moira e de Josefa Nunes
ambos naturais, e moradores no mesmo lugar do Pisao,
elle Contrahente nao tinha Superior [???] Seu
Consentimento, [???] Com Consentirao no
Matrimonio, forao testemunhas Manoel Gonsalves
e Jose Simois ambos do mesmo lugar das Luadas
desta mesma freguesia da Bemfeita, e por verdade fis
este termo que asignei Eje dia, Mes, e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Simoins Manoel Gonsalves
A roguo Joao das Nunes"

Página 316 e 317:
"Bemfeita e Manoel
Correa Com Josefa
Lopes"
"O Contrahente
nao tem Superiores
vos ditta prestarao
o Seu Consentimento"
"Em os vinte e nove dias do Mes de Janeiro de mil
e Sete Centos, e noventa e quatro em esta Igreja
de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita, em presença
de mim Padre Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro Parocho Encomendado desta mesma freguesia
da Bemfeita, e das testemunhas abaixo
nomiadas e asignadas, Se receberao por marido
e mulher Com palavras do presente na forma
do Sagrado Concilio Tridentino Pastorais e Constituições
deste Bispado Manoel Correa viuvo
filho legitimo de Clemente Gomes, e de
Monica Correa, esta natural deste lugar da
Bemfeita, e aquelle da Villa freguesia
de Sinde deste mesmo Bispado, neto paterno
de Antonio Gomes, e de Maria Antunes
ambos da mesma Villa de Sinde, e materno
e materno de Joao Correa e de Maria Quaresma
ambos tambem deste lugar da Bemfeita: Com
Josefa Lopes filha legitima de Manoel Lopes
e de Sua primeira mulher Anna Nunes, esta
do lugar de Pai das Donas desta freguesia e
aquelle do Monte frio tambem desta freguesia,
neta paterna de Manoel Lopes, e de [???]
[???] Lopes ambos do mesmo lugar do Monte
frio, e materna de Manoel Nunes, e de Maria
Nunes ambos do mesmo lugar do Pai das
Donas desta freguesia. forao testemunhas
que presentes estavao Jose Nunes, e Marcos
Correa ambos deste lugar da Bemfeita
e por verdade [???] este que asignei Eoje dia
Mes, e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Nunes
Manoel Lopes Manoel Correa
A rogue Joao das Neves"

Página 317 e 318:
"Luadas Jose
das Neves, e
Cecilia Gonsalves"
"Em o primeiro dia do Mes de Maio de Mil e Sete
Centos, e noventa e quatro em esta Igreja de
Santa Cecilia do lugar da Bemfeita na presença
de mim Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Parocho Encomendado em esta mesma freguesia
da Bemfeita, e tambem na presença das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas, Se receberao
por marido e mulher Com palavras do presente
na forma do Sagrado Concilio Tridentino Pastorais,
e Constituições, deste Bispado; Jose
das Neves filho legitimo de Manoel das
Neves, e de Mariana Antunes, esta natural
das Luadas desta freguesia e aquelle do
lugar e freguesia dos Sepos deste Bispado,
neto paterno de Antonio das Neves
e Catherina Francisca, esta natural de
Adella freguesia do Colmial, e aquelle
do mesmo lugar dos Sepos ja referido, e materno de
Manoel Antunes do lugar da Malhada freguesia
do Colmial, e de Catherina Antunes
do mesmo lugar das Luadas, Com Cecilia
Gonsalves filha legitima de Francisco Gonsalves
e de Rita Quaresma esta natural dos Pardieiros
aquelle das Luadas desta freguesia neta paterna
de Antonio Gonsalves do Sardal, e de Anna Simois
das Luadas desta freguesia e materna de
Manoel Quaresma, e de Anna da Costa ambos
do mesmo lugar dos Pardieiros desta freguesia
os Pais dos Contrahentes prestarao o Seu Consentimento,
e asignarao Comigo este termo forao testemunhas
Jose Simois e Manoel Gonsalves ambos
do mesmo lugar das Luadas, e por verdade
fis este termo que asignei Eoje dia Mes e
era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Simois Manoel Gonsalves
Francisco Gonsalves
Manoel das Neves A roguo Joao das Neves"

Página 319 e 320:
"Dreia e Inxudro
Manoel Lourenso e
Maria Quaresma"
"Em os vinte e tres dias do Mes de Julho de mil e Sete
Centos e noventa e quatro em esta Igreja de Santa
Cecilia do lugar da Bemfeita na presensa de mim
Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho
Encomendado nesta mesma freguesia e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas Se receberão
por marido e mulher Com palavras do presente
na forma do Sagrado Concilio Tridentino
Pastorais e Constituição deste Bispado
Manuel Lourenso filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Lourenço Francisco, e de Joana
Maria esta filha de pais incognitos
e moradores na Dreia desta freguesia
e aquelle natural do mesmo lugar da Dreia,
netto paterno de Domingos Francisco
do mesmo lugar e de Domingas Simoins
tambem dahi, e materno de Avós incognitos
Com Maria Quaresma filha de Manoel Francisco
e de Maria Quaresma, esta natural de Inxudro
e aquelle de Pai das Donas ambos desta freguesia,
neta paterna de Manoel Francisco
e de Maria Silvestre esta natural de Agoa
Alte freguesia de Teixeira e aquelle do Sardal
desta freguesia, e moradores no Sobredito lugar do
Pai das Donas, e materna de Manoel Quaresma do
Inxudro e de Anna Nunes do Monte frio desta
freguesia, e moradores no Inxudro, o Contradento [???]
tem pai porem a Mai, [???] da Contradente
[???] e Seu Consentimento, forao testemunhas
Francisco Martins, e Jose Correa ambos deste lugar
da Bemfeita e por verdade fis este termo que assignei
Eoje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Correa
Francisco Martins
A rogo Xavier da Fonseca"

Página 322 e 323:
"Pai das Donas
e Relva Velha
Jose Quaresma e Maria
Quaresma"
"Em os Sete dias do Mes de Desembro de mil
e Sete Centos e noventa e quatro em esta Igreja de
Santa Cecilia da Bemfeita em presensa de mim
Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho
Encomendado nesta mesma freguesia e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas Se receberão por
marido e mulher Com palavras do presente na forma
do Sagrado Concilio Tridentino Pastorais e Constituição
deste Bispado a Jose Quaresma filho legitimo
do primeiro Matrimonio de Joao Quaresma e de
Maria Francisca, aquelle natural de Teixeira
e esta do Pai das Donas desta freguesia aonde
morao neto paterno de Domingos Martins, e de
Maria Fernandes aquelle da mesma freguesia
da Teixeira e esta das Relvas freguesia da mesma
Teixeira e materno de Manoel Pinto
e de Anna Francisca, aquelle natural da Esculca
freguesia de Coja e esta do lugar
do Pai das Donas desta freguesia Com
Maria Quaresma filha legitima do primeiro
Matrimonio de Francisco Nunes
e de Maria Quaresma aquelle natural
da Relva Velha e esta dos Pardieiros ambos
desta freguesia neta paterna de Manoel
Fernandes, e de Luisa Maria aquelle do
mesmo lugar da Relva Velha e esta do Sobre
dito lugar dos pardieiros e materna de
Antonio Quaresma e de Maria Luisa ambos
naturais do mesmo lugar dos Paridieiros
os pais da Contradente, e Mai do Contradente,
por que ja nao tem pai prestarao o
Seu Consentimento e asignarao Comigo
este termo, forão testemunhas Manoel Gonsalves
e Jose Simois ambos do lugar das
Luadas desta freguesia e por verdade
fis este termo que asigno Eoje
dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Simois Manoel Gonsalves
Francisco Nunes
A rogo Xavier da Fonseca"

Página 328 e 329:
"Luadas Jose
Simoins Com Maria
Gonsalves dos
Pardieiros"
"Em os desoito dias do Mes de Junho de mil e Sete Centos e noventa
e Cinco em Esta Igreja de Santa Cecilia da Bemfeita, na minha
presensa e das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas
Se receberao Com palavras do presente na forma do Sagrado
Concilio Tridentino Pastorais e Constituição deste Bispado
Jose Simois filho legitimo do primeiro Matrimonio de
Jose Simois, e de Maria Dias, este natural da Esculca
freguesia de Coja, e aquelle das Luadas desta
freguesia aonde morao, neto paterno de Caetano
Simois, e de Maria Gaspar, ambos naturais, e moradores
no Sobre dito lugar das Luadas desta freguesia
da Bemfeita, e materno, neto de Manoel
Dias, e de Maria Antunes, ambos naturais, e moradores
no Sobredito lugar da Esculca freguesia
de Coja. Com Maria Gonsalves filha legitima
do primeiro Matrimonio de Manoel Quaresma
e de Maria Gonsalves esta natural das Luadas
desta freguesia, e aquelle dos Pardieiros tambem
desta freguesia aonde morao, neta paterna de
Manoel Quaresma, e de Anna da Costa ambos
naturais e moradores no Sobredito lugar dos Pardieiros
desta freguesia, e materna neta de Antonio
Gonsalves, e de Anna Simois, aquelle natural
do Sardal desta freguesia, e esta das Luadas aonde
morarao, os pais dos Contradentes prestarao o Seu
Consentimento e Se asignarao justamente
Com as testemunhas, as quais forao Ma
Manoel Gonsalves Viuvo, e Manoel Gonsalves do [???]
ambos moradores no Sobredito lugar das Luadas
e por verdade fis este termo que asignei Eoje
dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Simois Manoel Gonsalves
Manoel Gonsalves do [???]
Maria Gonsalves
A rogo Xavier da Fonseca"

Página 334:
"Relva Velha
Manoel Joaquim
e Maria Gomes
do Montefrio"
"Em os vinte e coatro dias do Mes de Novembro de
mil e Sete Centos e noventa e Seis, em esta Igreja
de Santa Cecilia da Bemfeita, na minha presença
e das testemunhas a baixo nomiadas, e asignadas
Se receberao Com palavras do presente
na forma do Sagrado Concilio Tridentino Pastorais
e Constituição deste Bispado Manoel Joaquim
filho Natural de Anna Maria natural
da Relvavelha desta freguesia e de pai incognito,
Com Maria Gomes filha de Domingos
Lopes, e de Elena Gomes, esta natural
da Moira freguesia de Avô, e aquelle
natural do lugar do Montefrio desta freguesia
aonde morao os quais todos prestarao
o Seu Consentimento forao padrinhos Manoel
Lopes, e Jose Nunes do Sobredito lugar da
Relvavelha, e para que conste fis este termo
que assigno Eoje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Lopes Jose Nunes"

Página 335:
"Montefrio
Manoel Francisco
e Maria Nunes"
"Em os cinco dias do Mes de Outubro de mil e Sete
Centos e noventa e Sete, em esta Igreja de Santa
Cecilia da Bemfeita, na minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas Se receberao
Com palavras do presente na forma do
Sagrado Concilio Tridentino Pastorais e Constituição
deste Bispado Manoel Francisco
filho legitimo de Antonio Francisco e de Sua
mulher Pascoa Francisca esta natural da Relva
Velha desta freguesia, e aquelle do Montefrio
aonde morao, Com Maria Nunes filha
Legitima de Manoel Lopes e de Sua mulher
Cecilia Nunes esta natural das Relvas
freguesia da Teixeira, e aquelle do Sobre dito
Montefrio aonde morao, os Superiores derao
Seu consentimento, forão testemunhas Manoel
Martins, e Jose Dias do mesmo lugar do
Montefrio e por verdade fis este termo que
asignei Eoje dia Mes, e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Martins Jose Dias"

Página 335 e 336:
"Drea e
Pardieiros
Miguel
Madeira viuvo, e
Maria Rita"
"Em os cinco dias do Mes de Outubro de mil
e Sete Centos e noventa, e Sete em esta Igreja
de Santa Cecilia da Bemfeita, na minha presença
e das testemunhas abaixo nomiadas e asignadas,
Se receberao Com palavras do presente
na forma do Sagrado Concilio Tridentino
Pastorais, e Constituição deste Bispado Miguel
Madeira filho legitimo de Gregorio Madeira e
de Sua Mulher Maria digo e Isabel Maria de M[???]
esta natural do lugar e freguesia de Cepos
e aquelle do lugar do Alqueve freguesia de Folques
aonde morao, Com Maria Rita da Costa
filha legitima de Jose Dias e de Maria da Costa
naturais, e moradores no lugar de Pardieiros desta
freguesia da Bemfeita depos Superiores prestarao
o Seu consentimento, forao testemunhas Manoel
Lourenço e Jose Nunes ambos do lugar da
Dreia desta freguesia aonde Morao tambem os
Contradentes, e para que conste faço este termo que
asigno Eoje dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Lourenso Jose Nunes"

Página 337:
"Bemfeita
Jose Luis
e Getrudes
da Costa"
"Em os dose dias do Mes de Janeiro de
mil e Sete centos e noventa e oito, em esta
Igreja de Santa Cecilia da Bemfeita na minha
presença e das testemunhas abaixo [???],
e asignadas Se receberao Com palavras
do presente na forma do Sagrado Concilio
Tridentino Pastorais, e Constituição deste
Bispado Jose Luis filho de Jose Luis e
de Maria Nunes, aquelle natural do Montefrio
desta freguesia e esta deste lugar da
Bemfeita aonde morao, e Getrudes da
Costa filha de Marcos Correa e de Lourença
da Costa, este natural das Luadas desta
freguesia, e aquelle deste lugar da Bemfeita
aonde morao, cujos Superiores prestarao
o Seu Consentimento, e forao testemunhas
Manoel Correa, e Jose Nunes
ambos deste lugar da Bemfeita, e para
que Conste faço este termo que asigno
Eoje dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Correa Jose Nunes"

Página 338 e 339:
"Pardieiros
e Luadas
Manoel Jose
e Luisa Maria"
"Em os oito dias do Mes de Fevereiro de mil e Sete
Centos e noventa e oito, em esta Igreja de Santa
Cecilia da Bemfeita, na minha presença e das
testemunhas abaixo declaradas, e asignadas Se
receberao Com palavras do presente na forma
do Sagrado Concilio Tridentino Manoel Jose
filho legitimo de Manoel Jose e de Sua
mulher Maria Gomes esta natural do Monte
frio desta freguesia a aquelle de Pardieiros
aonde morao, e Luisa Maria filha legitima
de Luis Preira e de Sua mulher
Anna Simoins naturais e moradores no
lugar das Luadas desta freguesia cujos
Superiores prestarao o Seu Consentimento
forao Testemunhas Jose Simois e Manoel
das Neves ambos do Sobre dito lugar das Luadas
e para que Conste faço este termo que asigno Eoje
dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Jose Simois Manoel das Neves"

Página 339:
"Luadas e
Pardieiros
Manoel Jose
e Rita Maria"
"Em os oito dias do Mes de Fevreiro de mil e
Sete centos e noventa e oito em esta Igreja
de Santa Cecilia da Bemfeita na minha
presensa e das testemunhas abaixo nomiadas
e asignadas Se receberao Com palavras do
presente na forma do Sagrado Concilio Tridentino
Manoel Jose filho legitimo de
Luis Preira, e de Anna Simoins moradores
no lugar das Luadas desta freguesia da
Bemfeita Com Rita Maria filha legitima
de Manoel Jose, e de Maria Gomes
moradores no lugar de Pardieiros desta mesma
freguesia, cujos Superiores todos prestarao
o Seu consentimento, forao testemunhas
Antonio Quaresma, e Jose Quaresma ambos
do Sobredito lugar de Pardieiros e por ser
verdade faço este termo que asigno Eoje
dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio da Fonseca
Antonio Quaresma Jose Quaresma"

Página 339 e 340:
"Pardieiros
e Deflores
Jose Quaresma
e Luisa
Maria"
"Em os oito dias do Mes de Maio de mil e Sete
centos e noventa e oito em esta Igreja de Santa
Cecilia da Bemfeita na minha presensa e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas Se receberao
Com palavras do presente na forma do
Sagrado Concilio Tridentino Pastorais e Constituição
deste Bispado Jose Quaresma
filho legitimo de Manoel Quaresma e de
Luisa Nunes, esta natural de Pai das
Donas, desta freguesia, e aquelle de Pardieiros
aonde morao, Com Luisa Maria filha legitima
legitima de Manoel Francisco, e de Anna
Nunes esta natural de Pardieiros aSima dito
e aquelle das Deflores desta freguesia aonde
morao os quais prestarao o Seu consentimento
forao testemunhas Joao Nunes e jose Quaresma
ambos de Pardieiros ja dito e para
que conste faço este termo que asigno Eoje
dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio da Fonseca
Joao Nunes e jose Quaresma"

Página 342 e 343:
"Pardieiros
e Inxudro
Manoel Jose
e Maria Gomes"
"Em os cinco dias do Mes de Março de mil e
Sete centos e noventa e nove em esta Igreja de
Santa cecilia na minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas Se receberao
Com palavras do presente na forma do Sagrado
Concilio Tridentino Manoel Jose
viuvo do lugar de Pardieiros desta freguesia
filho legitimo de Xavier Antunes
e de Maria Quaresma esta natural do
Inxudro desta freguesia e aquelle do Sobre
dito Pardieiros a onde morarao; Com
Com Maria Gomes filha Legitima de Joao
Dias e de Maria Gomes Sua primeira mulher,
a qual era natural do Montefrio
desta freguesia e elle do Sobredito
Lugar do Inxudro aonde morarao para
Cujo Matrimonio os Seus Superiores
derao o Seu Consentimento, forao testemunhas
que presentes estavao Luis Antonio e
Jose Quaresma ambos do Sobre dito lugar
dos Pardieiros, e para que conste faço
este termo que asignei Eoje dia Mes,
e era ut Supra
Luis Antonio da Fonseca
Luis Antonio Jose Quaresma"

Página 344:
"Piodao
e Montefrio
Jose Francisco
e Maria
Gomes"
"Em os dois dias do Mes de Abril de mil
e Sete centos, e noventa e nove em esta Igreja
de Santa cecilia da Bemfeita
na minha presença e das testemunhas
abaixo nomiadas e asignadas Se receberao
Com palavras do presente na forma
do Sagrado Concilio Tridentino,
Jose Francisco filho legitimo de Jose
Francisco, e de Maria Lopes aquelle natural
de Vinhais Bispado da Guarda
e esta da Freguesia do Piodam
deste Bispado aonde morao e Maria
Gomes filha legitima de Jose Gaspar
e de Agueda Gomes moradores no
lugar do Montefrio desta freguesia
para Cujo fim derao os Superiores
o Seu consentimento e forao testemunhas
Jose Gaspar e Jose Dias ambos do
Sobre dito lugar do Monte frio e para
que conste faço este termo que asigno
Eoje dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio da Fonseca
Jose Gaspar Jose Dias"

Página 346:
"Bemfeita
Joaquim Manoel
Com
Luisa das
Neves."
"Em vinte e sinco de Abril da era de mil e oito centos annos
se receberao em minha presenca, e das Testemunhas abaixo declaradas
Corridos os Banhos sem impedimento algum e com o consentimento
de seus superiores Joaquim Manoel, Filho legitimo
de Manoel Fernandes, e de Maria Lopes todos naturais, e moradores
no sobredito lugar de Montefrio; Com Luisa das Neves
filha legitima de Manoel João das Neves, e de Mariana Antunes,
todos naturais, e moradores no lugar das Luadas desta Freguesia asistirão
como testemunhas jose Nunes do lugar do Montefrio, e Joaquim
Ribeiro do mesmo lugar, e para constar fis este mesmo assento que asignei
dia, mes, e era ut Supra.
Joaquim Ribeiro O Cura Caetano de Figueiredo Fr. [???]
jose Nunes"

Página 347:
"Deflores, e Valado.
João das Neves
Com Maria Gomes."
"Em sinco de Dezembro da era de mil e oito centos annos se receberao
na minha presenca, e das Testemunhas abaixo declaradas, Corridos os
Banhos sem impedimento algum João das Neves do lugar da Deflores
que tinha ficado viuvo por morte de sua primeira Mulher Pascoa Nunes, Com
Maria Gomes do lugar do Vallado Freguesia da Villa de Avo, filha de Jose
Afonso e de Maria Gomes do mesmo lugar do Vallado; forão Testemunhas
o Padre Jose Gregorio da Costa, e Francisco Martins alem de outros mesmo todos
deste mesmo lugar da Bemfeita e para constar, fis este mesmo assento
que asignei, dia, mes, era, ut supra.
Jose Gregorio da Costa
Francisco Martins
O Cura Caetano de Figueiredo Fr. [???]"

Página 348:
"Sardal Bemfeita.
Antonio Nunes
Com Gertrudes
Quaresma."
"Em vinte e oito dias do Mes de Março da era de mil e oito centos
e hum annos, se receberao na minha presenca, e das Testemunhas
abaixo nomiadas, Corridos os Banhos, e sem impedimento algum
Com Consentimento de seus Superiores, Antonio Nunes filho
legitimo de Manoel Nunes, e de Maria Nunes do lugar de
Sardal desta Freguesia, Com Gertrudes Quaresma, filha de
Jose Quaresma, e de Ritta das Neves todos moradores neste lugar de
Bemfeita: forao Testemunhas Antonio Quaresma, e Jose Quaresma
ambos deste lugar da Bemfeita, e para constar, fis este mesmo assento que
asignei com as sobreditas testemunhas, no mesmo dia Supra.
Antonio Quaresma Jose Quaresma O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. [???]"

Página 348:
"Pardieiros
Jose Antonio
Com Maria Rita."
"Em os desassete dias do Mes de Setembro da era de mil e oito centos e hum
annos, se receberão na minha presenca e das Testemunhas abaixo nomeadas
Corridos os Banhos, sem impedimento algum, e Com o Consentimento de seus Superiores,
Jose Antonio filho legitimo de Antonio Jose, e de Maria Josefa naturais
e moradores no lugar dos Pardieiros desta Freguesia, Com Maria Ritta filha legitima
de Jose Antunes, e de Anna da Costa tambem do mesmo lugar dos Pardieiros, asistirão
como Testemunhas Pedro Jose, e Jose Quaresma da Fonte ambos do mesmo lugar dos Pardieiros
alem de outros muitos, e para Constar, fis este mesmo assento que asignei com as mesmas Testemunhas,
no mesmo dia Supra.
Pedro Jose Jose Quaresma O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. [???]"

Página 349:
"Oliveira de Fazemão
e Pardieiros
Pedro Jose Com
Josefa Maria"
"Em os oito dias do Mes de Outubro da era de mil e oito centos e hum
annos, se receberão na minha presença e das Testemunhas abaixo
nomeadas, Corridos os Banhos, sem impedimento algum, e Com o Consentimento
de seus Superiores, Pedro Jose filho de Francisco Ferrão e de Rosa
Maria todos naturais, e moradores no lugar de Oliveira de Fazemam
Freguesia de S. João da boa vista; Com Josefa Maria filha de Jose
Dias, e de Maria da Costa naturaes e moradores no lugar dos Pardieiros
deste Freguesia da Bemfeita, Forão testemunhas Antonio Nunes
e Jose das Neves deste lugar da Bemfeita, e para Constar fis este mesmo
assento que asignei, dia, mes, era, ut Supra.
Antonio Nunes Jose das Neves O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. [???]"

Página 350:
"Pardieiros
Jose Francisco
Com Maria
Antunes"
"Em os desanove dias do Mes de Marso da era de mil e oito
centos e dois annos, se receberão na minha presença e das Testemunhas
abaixo nomeadas, e asignadas, Corridos os Banhos sem impedimento
algum, e com o Consentimento de seus Superiores, Jose Francisco do lugar
dos Pardieiros, filho legitimo de Jose Francisco, e de Luisa Quaresma do mesmo lugar
Com Maria Antunes filha legitima de Luis Antonio, e de Maria Antunes
todos do mesmo lugar dos Pardieiros; forão testemunhas Jose Quaresma do
[???], e Jose Quaresma do Simo do sobre dito lugar dos Pardieiros, e para Constar
fis este mesmo assento que asignei com as sobreditas testemunhas no
mesmo dia Supra.
Jose Quaresma do [???] Jose Quaresma do Simo O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. [???]"

Página 350:
"Relva Velha
e Pai das Donas
Jose Martins
com Maria Francisca."
"Em os desasete dias do Mes de Maio da era de mil e oitocentos e dois annos,
se receberão na minha presença, e das testemunhas abaixo nomeadas, e asignadas,
Corridos os Banhos sem impedimento algum e com o Consentimento de seus
Superiores, Jose Martins filho de Estevão Martins e de Anna Nunes todos naturais
da Relva Velha; com Maria Francisca filha de Manoel Quaresma e de Maria
Francisca do lugar do Pay das Donas aonde são moradores: Forão testemunhas
Francisco João do lugar do Pay das Donas e Francisco Martins do lugar da Relva
Velha e para Constar fis este mesmo assento que asignei com as sobreditas testemunhas
no mesmo dia Supra.
Francisco João Francisco Martins O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. [???]"

Página 352:
"Surgaçosa
e Montefrio
Jose Nunes
com Maria Lopes."
"Em os dose dias do Mes de Setembro da era de mil e oitocentos e tres
annos, se receberão nesta Igreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita
na minha presença e das testemunhas abaixo nomeadas, e asignadas
Corridos os Banhos sem impedimento algum e com o Consentimento
de seus Superiores, Jose Nunes do lugar da Surgaçosa
Freguesia de Pomares, filho legitimo de Manoel Nunes e de Theresa
Nunes naturaes do mesmo lugar da Surgaçosa, com Maria Lopes filha legitima
de Manoel Martins e de Anna Lopes naturais, e moradores no lugar
do Montefrio desta Freguesia e da Bemfeita, forão testemunhas Manoel
Nunes Caseiro, e Manoel Nunes O Velho ambos do lugar do Montefrio,
e para Constar fis este mesmo assento que asignei com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra.
O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. [???]
Manoel Nunes O Velho
Manoel Nunes Caseiro"

Página 352:
"Montefrio
Luis Gaspar
com Anna Nunes."
"Em os catorse dias do Mes de Setembro da era de mil e oitocentos e tres annos,
se receberão nesta Igreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita na minha
presença, e das Testemunhas abaixo nomeadas, e asignadas, Corridos os Banhos
sem impedimento algum e com o Consentimento de seus Superiores, Luis Gaspar filho
legitimo de outro Luis Gaspar, e de Paschoa Nunes naturais e moradores no lugar
do Montefrio desta Freguesia, com Anna Nunes filha legitima de Manoel Lopes
e de Cecilia Nunes do mesmo lugar do Montefrio aonde são todos moradores, forão
testemunhas Manoel Lopes da Peneda, e Jose Nunes do mesmo Montefrio, e
para Constar fis este mesmo assento, que asignei com as mesmas testemunhas no mesmo
dia Supra.
Manoel Lopes da Peneda Jose Nunes O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. [???]"

Página 353:
"Pardieiros
e Montefrio
Pedro quaresma
com
Maria Fernandes"
"Em os trinta dias do Mes de Maio da era de mil e oitocentos e quatro
em esta Igreja de Santa Cecilia do luguar da Bemfeita na minha
presença e das testemunhas abaixo nomiadas e asinadas, SeReceberam
Com banhos Corridos e Sem Empedimento Algum Pedro
Quaresma Viuvo que ficou de Rita Quaresma natural e morador
no luguar dos pardieiros Filho Legitimo de Antonio
Quaresma de Agueda Francisca dos pardieiros Com Maria
Fernandes filha de Manoel Fernandes das Casas Velhas Freguesia
de Figueiro dos Vinhos e de Maria Lopes do Monte Frio desta
Freguesia e foram testemunhas presentes jose quaresma
da fonte e jose quaresma Fransa todos dos pardieiros
e para Constar fis este acento que asinei Com as testemunhas no mesmo
dia Supra O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. [???]
jose quaresma Fransa jose quaresma"

Página 354:
"Relva Velha
jose Lopes Com
josefa Maria"
"Em os oito de Novembro da era de mil e oito Centos e
e quatro SeRecebeream na minha presensa e das testemunhas a baixo
asinadas e Com banhos Corridos e Sem impedimento algum
e dispensados em quarto grau de consanguinidade de jose
Lopes Filho Legitimo de Manoel Lopes da Relva Velha e de
josefa Gonsalves das Luadas Com josefa Maria filha Legitima de
jose Nunes da ponte de feijam e de Maria josefa da Mourizia Freguesia
de Pomares mas moradores na Relva Velha e foram Testemunhas presentes
Manoel joaquim e Manoel quaresma deste Luguar da Bemfeita
e para Constar fis este acento que asinei Com as mesmas Testemunhas
O Cura Francisco de Abranches Fr. de Figueiredo
Manoel joaquim Manoel quaresma"

Página 355:
"Montefrio Manoel
Martins com
Anna Maria"
"Em os des dias do mes de janeiro da era de mil e oito Centos e Sinco
Recebeu o padre Manoel Alves Matoso do pisam Com minha licensa e em
esta igreja de Santa Cecilia do luguar da Bemfeita a Manoel Martins filho
de Manoel Martins e de Anna Lopes do luguar do Monte frio Com
Anna Maria filha legitima de Francisco jose e de Maria Gomes do mesmo
luguar do Monte frio e foram testemunhas presentes Manoel
joaquim deste luguar da Bemfeita e Luis jose do mesmo luguar
do Monte frio e para Constar fis este acento que asinei Com as
mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
Manoel joaquim O Cura Francisco de Abranches Fr. de Figueiredo
Luis jose"

Página 356:
"Relva Velha
e pardieiros
Manoel Lopes
com Maria Antunes"
"Em os desaseis de Abril da era de mil e oito Centos e Sinco
SeReceberam na minha presensa e das testemunhas abaixo asinadas
na igreja de Santa Cecilia deste luguar da Bemfeita e com banhos
Corridos e Sem impedimento algum Manoel Lopes viuvo
do luguar da Relva Velha filho de Francisco Lopes e de Teresa
Fernandes esta dos pardieiros e aquele da Relva Velha e ahi
moradores com Maria Antunes do Monte frio mas moradores nos
pardieiros Filha de Manoel Dias do Monte frio e Maria Antunes do
Inxudro desta Freguesia e foram testemunhas Manoel quaresma
e jose Nunes do luguar da Relva Velha e para Constar
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo
dia Supra
O Cura Francisco de Abranches Fr. de Figueiredo
Manoel quaresma jose Nunes"

Página 356 e 357:
"Bemfeita
jose joaquim
com imbelina
Rosa"
"Em os seis de Abril digo de julho de mil e oito Centos e Sinco
em esta igreja de Santa Cecilia do luguar da Bemfeita na minha
presensa e das testemunhas abaixo asinadas SeReceberam
Com banhos Corridos e Sem impedimento algum jose joaquim
filho de Pedro Nunes e de isabel Maria do luguar
da Teixeira mas moradores neste luguar da Bemfeita Com
imbelina Rosa filha de jose Lopes quaresma e de isidora
Maria deste luguar da Bemfeita e Com consentimento
de Seus Superiores e foram testemunhas joaquim Ribeiro
e Manoel quaresma do patio deste luguar da Bemfeita e
para Constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
dia mes e era ut Supra
Manoel quaresma
O Cura Francisco de Abranches Fr. de Figueiredo
joaquim Ribeiro"

Página 358 e 359:
"pardieiros
e Barril pedro
jose Com
Maria Teresa"
"Em os vinte de Agosto da era de mil e oito Centos e Seis
Em esta igreja de Santa Cecilia deste luguar da Bemfeita na minha
presensa e das testemunhas abaixo asinadase SeReceberam Com
banhos Corrido e Sem empedimento Algum Pedro jose viuvo
filho de jose Afonso e de Elena Nunes dos pardieiros
Com Maria Teresa Filha de joam Gonsalves e de e de
isabel Gomes esta do Barril Freguesia de Villa Cova e aquele
de pinheiro mas moradores no Barril e foram Testemunhas
jose quaresma da Fonte e jose Nunes do luguar os
pardieiros e para Constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas
Manoel quaresma
O Cura Francisco de Abranches Fr. de Figueiredo
jose Nunes jose quaresma"

Página 359 e 360:
"Relva Velha
e Luadas Jose
Nunes e Luisa
Maria"
"Em os vinte e Seis de Novembro da era de mil e oito Centos
Seis em esta Igreja de Santa Cecilia deste luguar da Bemfeita
na minha presensa e das testemunhas abaixo asinadas
Se Receberam Com banhos Corridos e Sem Em pedimento Algum
jose Nunes filho legitimo de Francisco Nunes e
de Sua Molher Maria quaresma esta dos pardieiros e aquele
da Relva Velha ahi moradores Com Luisa Maria
filha de Antonio Fernandes e de Sua segunda Molher
Anna Nunes esta do Sardal e aquele da Bemfeita
mas moradores Nas Luadas e foram testemunhas
Vitor jose e Manoel Gonsalves do Canto e para
Constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Vitor jose Manoel Gonsalves"

Página 361:
"Montefrio
e valado jose
Nunes Com
ines Maria"
"Em os tres de Fevreiro da era de mil e oito Centos e Sete
em esta Igreja de Santa Cecilia do luguar da Bemfeita na minha presensa
e das testemunhas abaixo asinadas SeReceberam Com
banhos Corridos e Sem empedimento Algum jose Nunes
do luguar do Valado filho de jose Nunes e de Anna Maria
do mesmo luguar do Valado= Com ines Maria filha
de Manoel Nunes e de Maria josefa do luguar do Monte
frio desta Freguesia e foram testemunhas pedro Nunes
e Manoel Nunes do mesmo luguar do Monte frio e para Constar
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Nunes pedro Nunes"

Página 362:
"Bemfeita e
Monte Redondo
Antonio
Gonsalves viuvo
com Maria
Ribeiro"
"Em os tres de julho da era de mil e oito Centos e Sete em
esta Igreja de Santa Cecilia do luguar da Bemfeita na minha
presensa e das testemunhas abaixo asinadas SeReceberam Com
banhos Corridos e Sem empedimento Algum Antonio Gonsalves
viuvo e natural do Monte Redondo mas morador
neste luguar da Bemfeita filho de Manoel Gonsalves e de
Maria Gonsalves esta do Sardal e aquele do Monte Redondo
e ahi moradores; Com Maria Ribeiro filha de jose
Lopes e de isidora Ribeiro deste luguar da Bemfeita
e foram testemunhas jose Pedro e Luis da Fonseca deste mesmo
luguar da Bemfeita e para Constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia
Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Pedro Luis da Fonseca"

Página 363:
"Bemfeita
Luis quaresma
Com Maria quaresma"
"Em os vinte e Seis de Agosto da era de mil e oito Centos
e Sete na minha presensa e das testemunhas abaixo asinadas
e em esta Igreja de Santa Cecilia do luguar da Bemfeita
SeReceberam Com banhos Corridos e Sem empedimento
algum Luis quaresma Ribeiro filho de Manoel quaresma
Ribeiro e de josefa Maria das Neves deste mesmo luguar
da Bemfeita=Com Maria quaresma filha de Antonio Lopes
do luguar do Montefrio e de Maria quaresma deste luguar
da Bemfeita e aqui moradores e foram testemunhas
Luis Simoins e jose Nunes deste mesmo luguar e para Constar
fis este acento que asinei no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Simoins jose Nunes"

Página 363 e 364:
"Bemfeita Dreia
Manoel Gonsalves Com
josefa Nunes"
"Em os nove de Novembro da era de mil e oito Centos
e Sete SeReceberam na minha presensa e das testemunhas
abaixo asinadas em esta Igreja de Santa Cecilia
Com banhos Corridos e Sem empedimento algum
Manoel Gonsalves filho de joam Fernandes e
e de josefa Gonsalves esta do Salgueiral e aquele
deste luguar da Bemfeita mas moradores no Casal
do Castelo Com josefa Maria Nunes do luguar da Dreia
filha de Francisco Nunes e de Maria das Neves esta
do luguar da Dreia e aquele do Sardal digo
do Montefrio e ahi moradores e foram testemunhas
jose Correia e Manoel Lourenso da Dreia e para Constar
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo
dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Correia Manoel Lourenso"

Página 365:
"Montefrio e
pardieiros
jose Nunes
Com Maria josefa"
"Em os quatorse de julho da era de mil e oito Centos e oito
na minha presensa e das testemunhas abaixo asinadas
em esta Igreja de Santa Cecilia Com banhos Corridos e Sem
empedimento Algum SeReceberam jose Nunes viuvo
do luguar do Valado filho de outro jose Nunes e de
Anna Maria do mesmo lugar do Valado mas asistente
no lugar do Montefrio = Com Maria josefa filha de
Antonio jose e de Maria josefa esta da Sorguasosa
e aquele dos pardieiros e ahi moradores e foram testemunhas
jose quaresma dos pardieiros e Manoel
Nunes do Monte Frio e para Constar fis este acento que
asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Manoel Nunes"

Página 367:
"Relvavelha
e Sardal jose
Lopes Com josefa
Maria"
"Em os desoito de Agosto da era de mil e oito
Centos e oito em esta Igreja de Santa Cecilia do lugar
da Bemfeita Com banhos Corridos e Sem impedimento
algum SeReceberam na minha presensa e das testemunhas
abaixo asinadas jose Lopes viuvo do luguar da
Relvavelha filho de Manoel Lopes do mesmo lugar
da Relvavelha e de josefa Gonsalves das Luadas mas moradores
na Relvavelha=Com josefa Maria filha de
Francisco Marques e de Luisa Maria esta do Sardal e aquele
deste lugar da Bemfeita mas moradores no Sardal e
foram testemunhas jose Antonio e joam Gonsalves
do Sardal e para Constar fis este acento que asinei Com as
mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Gonsalves jose Antonio"

Página 367:
"pardieiros
Antonio Francisco
Com Maria
Gomes"
"Em os desoito de Agosto da era de mil e oitoCentos
e oito em esta Igreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita
Com banhos Corridos na minha presensa e das
testemunhas abaixo asinadas e Sem impedimento
algum SeReceberam Antonio Francisco do luguar
dos pardieiros filho de jose Francisco e de e de Luisa
quaresma do mesmo luguar dos pardieiros
=Com Maria Gomes filha de de Manoel jose
e de Maria Gomes esta das Luadas e aquele
dos pardieiros aonde Sam moradores e foram
testemunhas jose quaresma França e pedro
quaresma e para Constar fis este acento que asinei
Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma França pedro quaresma"

Página 368:
"Sardal e Deflores
manoel
Antonio Com
josefa Nunes"
"Em os vinte e Seis de Agosto da era de mil e
oitoCentos e oito na minha presensa e das testemunhas
abaixo asinadas e na Igreja de Santa Cecilia
Com banhos Corridos e Sem empedimento Algum SeReceberam
Manoel Antonio filho de Antonio Nunes e de Maria
Gomes esta dos pardieiros e aquele da Deflores e ahi
moradores digo o pay dele [???] do Monte Redondo
e a May do luguar do Sardal e ahi moradores= Com
josefa Nunes filha de Manoel Francisco e de Anna Nunes
esta dos pardieiros e aquele da Deflores e ahi moradores
e foram testemunhas joam das Neves da deflores
e joam Gonsalves do Sardal e para Constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Gonsalves joam das Neves"

Página 368 e 369:
"Montefrio e
Sobral Magro
jose Marques
Com isidora
Maria"
"Em os honse de Outubro da era de mil e oito Centos
e oito na minha presensa e das testemunhas abaixo asinadas
e na Igreja de Santa Cecilia Com banhos Coridos e Sem empedimento
Algum SeReceberam jose Marques do lugar do Sobral Magro
Freguesia de pomares filho de jose Marques do mesmo lugar
e de Teodora Maria do lugar do Goulinho Freguesia de Aldeia
das Des mas moradores no Sobral Magro= Com isidora Maria
do lugar do Monte Frio filha de Manoel Martins e de Anna
Lopes esta do Monte Frio e aquele do Sardal mas moradores
no Monte Frio e foram testemunhas jose Gaspar e jose
Dias do mesmo lugar do Monte frio e para Constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Gaspar jose Dias"

Página 369:
"Sardal e pardieiros
jose
Nunes Com
Luisa Maria"
"Em os vinte e quatro de Novembro da era de mil e oito
Centos e oito na minha presensa e das testemunhas abaixo
asinadas em esta Igreja de Santa Cecilia Com banhos Coridos e Sem
empedimento algum SeReceberam jose Nunes do lugar
do Sardal filho de Manoel Nunes e de Maria Nunes do
logar do Sardal= Com Maria Luisa filha legitima de pedro
jose e Luisa Maria do lugar dos pardieiros e foram
testemunhas jose quaresma Ruivo e joam Nunes do
mesmo lugar dos pardieiros e para Constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
joam Nunes O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma"

Página 369 e 370:
"Luadas e
Montefrio
jose Francisco com
Rita Maria"
"Em os quinse de Mayo da era de mil e oitoCentos e nove
na minha presensa e das testemunhas abaixo asinadas
em a Igreja de Santa Cecilia deste lugar da Bemfeita Com
banhos Corridos e Sem empedimento algum SeReceberam
jose Francisco do lugar das Luadas filho de Francisco Martins
e de Maria Marques do mesmo lugar das Luadas
Com=Rita Maria filha de Manoel Martins e de
Anna Lopes esta do Montefrio e aquele do Sardal mas
moradores no monte frio e foram testemunhas
Manoel Gonsalves do Canto e jose Marques das
Luadas e para Constar fis este acento que asinei Com as
mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Gonsalves jose Marques"

Página 370:
"Bemfeita e
Montefrio Antonio
Martins
Com Maria da
Asunsam"
"Em os dose de Maio da era de mil e oitoCentos e Sete na minha
presensa e das testemunhas abaixo asinadas em a Igreja
de Santa Cecilia deste lugar da Bemfeita Com banhos Corridos
e Sem empedimento algum SeReceberam Antonio Martins
do lugar do Montefrio filho de Manoel Martins e de Anna
Lopes esta do Montefrio e aquele do Sardal mas moradores no
montefrio = Com Maria da Asunsam deste lugar da Bemfeita
filha de Antonio quaresma e de Maria quaresma esta dos pardieiros
e aquele de pinheiro mas moradores neste lugar da
Bemfeita e foram testemunhas jose Dias do Montefrio e Luis
quaresma deste lugar da bemfeita e para Constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Dias Luis quaresma"

Página 370 e 371:
"Bemfeita
jose Nunes
viuvo com
Maria Gonsalves"
"Em os trinta e hum de Mayo da era de mil e oitoCentos
e nove na minha presensa e das testemunhas abaixo asinadas
e em a Igreja de Santa Cecilia deste lugar da Bemfeita
Com banhos Corridos e Sem empedimento algum
SeReceberam jose Nunes viuvo que ficou de Tiadora
Gomes e natural do Sardal mas morador neste lugar
da Bemfeita filho de joam Nunes e de Isabel
Dias esta da Teixeira e aquele do Sardal Com Maria
Gonsalves filha de joam Fernandes e de josefa Gonsalves
esta do Salgueiral e aquele deste lugar da
Bemfeita aonde moram e foram testemunhas
joam Fernandes e Manoel dos Santos deste mesmo
lugar e para Constar fis este acento que asinei Com
as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Fernandes Manoel dos Santos"

Página 371 e 372:
"Pardieiros
e Bucado Bernardo
Nunes
Com Luisa Maria"
"Em os oito de Fevreiro da era de mil e oito
Centos e des na minha presensa e das testemunhas
abaixo asinadas e na Igreja de Santa Cecilia deste
lugar da Bemfeita Com banhos Corridos e
Sem empedimento algum SeReceberam Bernardo
Bernardo Nunes filho legitimo de Manoel Nunes
e de Luisa Nunes do lugar do Bucado Freguesia
de Folques Com Luisa Maria filha de
Antonio jose e de Sua Molher Maria josefa
esta do lugar da Sorguasosa Freguesia de pomares e aquele
de Seus Superiores e foram testemunhas pedro jose
e Luis jose do dito lugar dos pardieiros e para Constar
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis jose pedro jose"

Página 372:
"MonteFrio e
Relva Velha
pedro jose
Com Cecilia quaresma"
"Em os vinte de Fevreiro da era de mil e oito Centos
e des na minha presensa e das testemunhas abaixo
asinadas e na Igreja de Santa Cecilia deste lugar da
Bemfeita Com licensa de Seus Superiores banhos Corridos
e Sem Empedimento algum Se Receberam
pedro jose do lugar do Montefrio filho de Francisco
jose e de Maria Gomes esta do Monte frio e
aquele da Dreia Com Cecilia quaresma filha
de Francisco Nunes e de Maria quaresma do lugar
da Relvavelha e foram testemunhas Manoel
Nunes e jose Gaspar do MonteFrio e para Constar fis
este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Nunes Luis Gaspar"

Página 373:
"Castelo e Deflores
Antonio
Gonsalves com
Rita Nunes"
"Em o primeiro de julho da era de mil e oito Centos e honse na minha
presensa e das testemunhas abaixo asinadas Com banhos corridos
e Sem empedimento Algum em esta Igreja de Santa Cecilia Se
Receberam Antonio Gonsalves filho de joam Fernandes e de
josefa Gonsalves esta do Salgueiral e aquele deste lugar
da Bemfeita mas moradores no Casal do Castelo Com Rita
Nunes, filha de Manoel Francisco e de Anna Nunes, do lugar da
Deflores e foram testemunhas joam das Neves da Deflores
e Manoel dos Santos do pisam de que fis este acento que
asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam das Neves Manoel dos Santos"

Página 373 e 374:
"Montefrio e
Moira jose Luis
Com Antonia
joaquina"
"Em o des de Fevreiro da era de mil e oito Centos e dose na
minha presensa e das testemunhas abaixo asinadas Com banhos
Corridos e Sem empedimento algum e em esta Igreja
de Santa Cecilia SeReceberam jose Luis do lugar do Monte
Frio filho de Luis Gaspar e de Pascoa Nunes esta dos
pardieiros e aquele do Monte frio aonde Moram com
Antonio joaquina do lugar da Moira Freguesia de
Avo filha de Manoel Nunes e de Francisca Luisa esta do lugar
do Valado e aquele da Moira aonde asistem e foram testemunhas
Manoel Nunes Caseiro e jose Gaspar do lugar do Monte
frio de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Gaspar Manoel Nunes"

Página 374 e 375:
"pardieiros e
inxudro Antonio
jose Com
Maria Rita"
"Em o dose de Marso da era de mil e oito Centos e dose na minha presensa
e das testemunhas abaixo asinadas Com banhos Corridos e Sem empedimento
algum, e em esta Igreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita
SeReceberam Antonio jose do lugar dos pardieiros desta Freguesia
filho de outro Antonio jose de Maria josefa dos Pardieiros Com Maria
Rita filha de Alexandre Nunes e de Rita Maria das
Neves do lugar do inxudro e Com consentimento de Seus
pais e foram testemunhas Luis jose e jose quaresma do
lugar dos pardieiros e para Constar fis este acento que asinei Com
as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis jose jose quaresma"

Página 375 e 376:
"Deflores e Sobral
Manoel
Simam Com
Luisa Gomes"
"Em o des de Fevreiro da era de mil e oito Centos e trese na minha
presensa e das testemunhas abaixo asinadas e na Igreja de Santa Cecilia
e Com banhos e Comsentimento dos Seus Superiores e Sem empedimento
Algum SeReceberam Manoel Simam do lugar do Sobral Bispado
da Guarda filho de Manoel Simam e de Maria Gonsalves
do mesmo lugar do Sobral e Freguesia de S. Miguel=Com Luisa
Gomes filha de Jose Francisco e de Anna Gomes aquele do Montefrio
e ela do lugar da Deflores aonde moram e Foram testemunhas
Manoel Lourenso do lugar da Dreia e Antonio Gonsalves
da Deflores de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Lourenso Antonio Gonsalves"

Página 376:
"Deflores e Casal
do Castelo
jose Francisco Com
Bernardo Gonsalves"
"Em os des de Fevreiro da era de mil e oito Centos e trese na minha
presensa e das testemunhas abaixo asinadas e na Igreja de Santa Cecilia Com
banhos Corridos e Sem empedimento algum e Consentimento de Seus
Superiores SeReceberam jose Francisco do lugar da Deflores filho de jose
Francisco e de Anna Gomes da Deflores=Com Bernarda Gonsalves
filha de joam Fernandes e de josefa Gonsalves esta do Salgueiral
e aquele deste lugar da Bemfeita mas moradores no Casal do
Castelo e foram testemunhas Manoel Lourenso da Dreia e Antonio
Gonsalves da Deflores de que fis este termo que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Lourenso Antonio Gonsalves"

Fevereiro 2011 - Livro misto de 1789 a 1830 do Arquivo da Universidade de Coimbra da Paróquia da Benfeita:
Página 3:
"Bemfeita
Rita filha de
Manoel GOmes
e de Maria Francisca"
"Em os vinte e nove dias do mez
de outubro da era de mil e sete
centos e oitenta e nove annos eu o
Padre Luiz Bernardo Soares Vigario
da Igreja de Santa Cezilia da
Bemfeita batizei e puz os Santos oleos
a Rita filha do primeiro matrimonio,
de Manoel Gomes e de Maria
Francisca naturais e moradores deste
Lugar da Bemfeita Neta paterna
de Manoel Gomes e de Pascoa quaresma
aquelle natural do Lugar do
Monte Frio desta freguesia e esta natural
deste Lugar da Bemfeita onde
moram. E materna de Manoel Fernandes
e de Maria Francisca naturais
e moradores deste mesmo Lugar da Bemfeita.
Nasceo a vinte e sinco do mes e
era Supra Foram padrinhos Jose Lopes
e Sua mulher Izidora Ribeiro
deste mesmo Lugar. E testemunhas Manoel
[???] e Joam Corrêa tambem
deste mesmo Lugar. E para constar fis
este assento que assignei. Bemfeita dia,
mez, e anno, ut Suppra.
O Vigario Luiz Bernardo Sousa
Manoel Simões
João Corea."

Página 4:
"Inxudro
Jose filho
de Alexandre
Nunes e
de Rita Nunes"
"Em os quinze dias do mes de Novembro
da era de mil Sete Centos e oitenta
e nove annos batizou a meus mandato
oo Reverendo Padre Joze Francisco da Mata
do Lugar do Monte Frio desta freguesia a Joze
filho, do primeiro matrimonio, de Alexandre
Nunes, e de Rita Nunes aquelle
natural do lugar do Sardal e esta do Inxudro
onde moram Neto paterno de Antonio
Luis, e de Anna Nunez esta natural do lugar
da Moura freguesia de Avô e aquella
natural do Lugar do Sardal onde moram
E materno de Joam Nunes Lopes e de Anna
Nunes esta natural dos Pardieiros desta freguesia
e aquelle natural do Inxudro onde
moram. Nasceo a oito do mez e era Supra. Foram
padrinhos Jose Nunes do Inxudro e
Lourença das Neves dos Pardieiros desta mesma
freguesia. E testemunhas Joze quaresma
do Inxudro e Antonino Lopes de [???]
desta Bemfeita. E para constar fis este assento
que assignei. Bemfeita dia, mez,
e anno, ut Suppra.
O Vigario Luiz Bernardo Sousa.
Joze quaresma
Antonino Lopes"

Página 8:
"Deflores
Jose filho
de Jose
Francisco e de
Anna Gomes."
"Em os vinte e oito dias do mez de Desembro de
de mil e Sete Centos e oitenta e nove annos eu o Padre
Luiz Bernardo Sousa Vigario da Igreja de Santa
Cecilia de Bemfeita batizei e pus os Santos
olios Solenemente a Jose filho do primeiro matrimonio
de Jose Francisco e de Anna Gomes esta natural
do Sardal digo do Monte Frio desta freguesia e
aquelle da Drea desta mesma freguesia [???]
moradores no Cazal de Asflores desta mesma
freguesia. Neto paterno de Jose Francisco e de
Anna Nunes esta natural do Sardal desta freguesia
e aquelle natural da Drea desta mesma
freguesia onde moravam. E materno de Jose Gaspar
e de Aggueda Gomes do Monte Frio naturais
e moradores desta mesma freguesia: Nasceo a vinte
e hum do mes e era Supra: Foram padrinhos Luis
Antonio e Sua may Anna Luiz do Lugar da
Drea desta mesma freguesia: E testemunhas Manoel
Nunes Bras deste Lugar de Bemfeita, e Manoel
Francisco [???] do Inxudro desta mesma freguesia.
E para constar fis este assento que assignei. Bemfeita.
dia mez, e anno ut Suppra.
O Vigario Luiz Bernardo Sousa.
Manoel Nunes Bras.
Manoel Francisco"

Página 10 e 11:
"Relva
Velha.
Roque
filho de
de Francisco
Martins
e de Maria
Gomes."
"Em os vinte e Sinco dias do mez de Janeiro
da era de mil e Sete Centos e noventa
eu o Padre Luiz Bernardo da
Crus Vigario da Igreja de Santa Cecilia
de Bemfeita batizei Solenemente, e pus
os Santos olios, a Roque filho, do primeiro matrimonio,
de Francisco Martins e de Maria Gomes
esta natural do Monte Frio e aquelle da Relva
Velha aonde moram desta freguesia Neto paterno
de Estevam Martins e de Anna Nunes
esta natural do Monte Frio desta freguesia
e aquelle natural da Relva Velha aonde
moraram tambem desta freguesia E materno
de Joam Dias e de Rosa Gomes
esta natural do Monte Frio sobredito aquelle
natural de Castinheira freguesia de
Fajam termo de Villa Cova porem moradores
No Monte Frio. Nasceo a quinse do
mes e anno Supra. Foram padrinhos Roque
Jose e Sua Irmãam Maria Anna quaresma
do Casal das Posas limite da
Moura termo de Avô. E testemunhas Joaquim
Jose e Manoel Fernandes do
lugar da Bemfeita. E para constar fis
este assento que assignei. Bemfeita.
dia, mez, e anno ut Suppra.
O Vigario Luiz Bernardo Soares
Manoel Fernandes
Joaquim Jose"

Página 11 e 12:
"Bemfeita.
Maria filha de
Antonio Nunes
e de Maria
Micaela"
"Declaro
que a
avó materna
Micaela
Nunes,
he natural
deste
lugar
da Bemfeita,
a
onde Sam
pre moram."
"Em os Sete dias do mez de Fevreiro
da era de mil e Sete Centos e noventa
eu o Padre Luiz Bernardo Soares
Vigario da Igreja de Santa Cecilia de Bemfeita
batizei Solenemente e pus
os Santos olios a Maria filha, do primeiro
matrimonio, de Antonio Nunes e
de Maria Micaela aquelle natural
digo naturais e moradores deste lugar
da Bemfeita Neta paterna de Joam Nunes
e de Isabel Dias esta natural da Teixeira
deste Conselho e aquelle natural do Sardal
aonde moram. E materna de Micaela
Nunes e de pay incognito. Nasceo a trinta
e hum de Janeiro de mil Sete Centos e noventa
e foy baptisada na mesma era em asima
se dice. Foram padrinhos Manoel Correa
e Sua filha Rita Correa deste lugar de
Bemfeita. E testemunhas Domingos Nunes
Neto. Manoel Dias deste mesmo lugar
e para constar fis este assento que assignei
Bemfeita. dia mez, e anno ut Suppra.
O Vigario Luiz Bernardo Soares
Domingos Nunes Neto.
Manoel Dias."

Página 16 e 17:
"Monte Frio.
Manoel filho
de Manoel Lopes
e de Angelica
da Silva"
"Em os vinte e Sinco dias do mez de Abril da
era de mil e Sete Centos e noventa annos batisou
o Reverendo Padre Pedro da Silva deste
lugar da Bemfeita de meu mandado e pos os Santos
olios a Manoel filho do primeiro matrimonio de
Manoel Lopes e de Angelica da Silva esta natural
da Villa de Avô e aquelle do lugar do
Monte Frio aonde moram. Neto paterno de Manoel
Lopes e de Maria Nunes naturais e moradores
do lugar do Monte Frio desta freguesia Em
E materno Neto de Bernardo da Silva e de Pascoa
Nunes esta natural do lugar do Monte
Frio freguesia da Bemfeita e aquelle natural
da Villa de Avô aonde moram: Nasceo
a quinse do mes e era Supra. Foram padrinhos
Jose Gaspar e Sua mulher Maria Nunes do
lugar do Monte Frio Testemunhas Francisco
Antunes dos Pardieiros e Francisco Martins
da Relva Velha. E para constar fis este
assento que assignei. Bemfeita. dia mez,
e anno ut Suppra
O Vigario Luiz Bernardo Soares.
Francisco Martins
Francisco Antunes
Pedro da Silva"

Página 17 e 18:
"Relva
Velha.
Anna
filha de
Manoel
Luis
e de Anna
Nunes"
"Em os dois dias do mez de Maio da era
de mil e Sete Centos e noventa annos Batisou
o Reverendo Padre Pedro da Silva deste
lugar da Bemfeita de meu mandado e
pos os Santos olios a Anna filha do primeiro
matrimonio de Manoel Luis e de
Anna Nunes esta natural do Valado
freguesia de Avô, e aquelle natural
do Sardal desta freguesia da Bemfeita
porem moradores no lugar da Relva
Velha desta freguesia Neta paterna
de Manoel Luis e de Anna Fernandes
esta natural do Porto Castinheiro
freguesia de Teixeira e a
e aquelle natural do Sardal aonde
moram E materna neta de Agostinho
Nunes e de Maria Lopes aquelle
natural da Relva Velha freguesia da
Bemfeita esta natural do Valado
freguesia de Avô aonde moram: Nasceo
a vinte e Sinco de Abril da era Supra.
Foram padrinhos Manoel Agostinho
e Sua Irmam Paulla Nunes do
Valado. Testemunhas Manoel quaresma
e Antonio Lopes carpinteiro da Bemfeita.
E para constar fis este assento que
assignei. Bemfeita. dia, mez, e anno
ut Suppra.
O Vigario Luiz Bernardo Soares.
Manoel quaresma
Antonio Lopes
Pedro da Silva"

Página 20 e 21:
"Pardieiros
Luisa filha
de Luis
Antonio e de
Maria Antunes"
"Em os vinte e hum dias do mes
de Julho da era de mil e Sete Centos
e noventa annos eu o Padre Luis Bernardo
Soares Vigario da Igreja de
Santa Cezilia da Bemfeita baptisei
e pus os Santos olios a
Luisa filha do primeiro matrimonio,
de Luis Antonio e de Maria
Antunes esta natural do Monte
Frio, e aquelle natural dos
dos Pardieiros desta mesma freguesia aonde
moram Neta paterna de Antonio
quaresma fanha e de Maria Luis esta
natural da Relva Velha desta freguesia
e aquelle natural dos Pardieiros desta
mesma freguesia aonde moram E materna
de Manoel Dias e de Maria Antunes
esta natural do Inxudro desta
freguesia e aquelle natural do monte
Frio aonde moraram. Nasceo a quinse
do mes e era Supra. Foram padrinhos
Jose quaresma e Josefa Maria
de Pardieiros. E testemunhas Manoel Nunes
e Jose quaresma deste mesmo
lugar e para Constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia, mes,
e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel Nunes
Jose quaresma"

Página 22 e 23:
"Bemfeita.
Luis filho
de Antonio Jose
Nunes e de
Cathrina Maria."
"Em os vinte e hum dias do mes
de Agosto da era de mil e Sete Centos
e noventa annos eu o Padre Luis
Bernardo Soares Vigario da Igreja de
Santa Cezilia da Bemfeita baptisei
Solenemente e pus os Santos olios
em esta cappella de Nossa
Senhora da Assumpsam a Luis
filho do primeiro matrimonio, de Jose
Nunes digo de Antonio Jose Nunes
e de Cathrina Maria esta na
natural de Porto Castinheiro freguesia
de Faj difo freguesia da Teixeira
e aquelle natural do Monte Frio
porem de presente moradores em este
lugar da Bemfeita Neto paterno de
Joam Nunes e de Maria Fernandes esta
natural do Casal da Deflores desta freguesia
e aquelle do Monte Frio a onde
moram tambem desta freguesia E materno
de Matheus da Costa e de Maria
das Neves esta natural do Salgueiro
freguesia de Folques e aquelle
do Porto Castanheiro freguesia da
Teixeira aonde moraram. Nasceo a
des a Sete do mes Supra Foram padrinhos
o Padre Luis Antonio Xavier Ribeiro
e Sua Irmam Maria Marques
Ribeiro deste lugar da Bemfeita. E testemunhas
presentes Manoel Simois e Domingos
Nunes Neto deste mesmo lugar.
E para Constar fis este assento que
asignei. Bemfeita. dia, mes, e
anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Domingos Nunes
Manoel Simois"

Página 24:
"Pardieiros.
Luisa
filha de Antonio
Jose e de
Maria Josefa"
"Em os vinte e tres dias do mes de Setembro
da era de mil e Sete Centos e noventa
annos eu o Padre Luis Bernardo Soares
Vigario da Igreja de Santa Cezilia
da Bemfeita baptisei Solenemente e
pus os Santos olios a Luisa filha, do primeiro
matrimonio, de Antonio Jose e de Maria
Josefa esta natural da Surgasosa freguesia
de Pomares e aquelle natural dos Pardieiros
desta freguesia da Bemfeita aonde
moram Neta paterna de Jose Affonso e de
Ellena Nunes naturais e moradores dos Pardieiros
desta freguesia E materna neta de Manoel
Jose e de Anna Gomes esta natural de
Pomares e aquelle natural da Surgasosa
aonde moram. Nasceo a desoito do mes e
era Suppra. Foram padrinhos Pedro Jose
e Luisa Maria do mesmo lugar dos Pardieiros.
e testemunhas Luis Jose deste mesmo lugar, e
Manoel Nunes Bras deste lugar da Bemfeita.
E para Constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Manoel Nunes Bras
Luis Jose"

Página 25 e 26:
"Pardieiros
Rita filha
de Manoel
João e de
Francisca Maria"
"Declaro que
o [???]
[???] do assento
que foi
baptisada
a catorse
foy o qe
[???]
foy baptisada
a vinte do mesmo
anno vai declarar
assento
a diante."
"Em os catorse dias do mes de outubro
da era de mil e Sete Centos e noventa annos
eu o Padre Luis Bernardo Soares Vigario
da Igreja de Santa Cezilia da
Bemfeita baptisei Solenemente e pus
os Santos olios em a capella de Nossa
Senhora de Assumpsam deste lugar da
Bemfeita a Rita filha, do primeiro
matrimonio, de Manoel Jo
Joam e de Francisca Maria aquelle
natural do Inxudro esta natural
dos Pardieiros desta freguesia aonde moram
Neta paterna de Joam Lopes e de Anna
Nunes Pastora esta natural dos Pardieiros
tambem desta freguesia e aquelle do
Inxudro desta Sobre dita freguesia
aonde moram E materna de Manoel
Francisco e de Maria Josefa esta natural
da Mourisia freguesia de Pomares e aquelle
natural do Monte Frio desta mesma
freguesia da Bemfeita porem moradores
nos Pardieiros desta Sobredita
freguesia. Nasceo a catorse e foy batisada
a vinte do mes e era Supra. Foram
padrinhos o Reverendo Padre Pedro
dias quaresma deste lugar da Bemfeita
e Lourença das Neves viuva do
Sobredito lugar dos Pardieiros. E foram
testemunhas presentes o Reverendo Padre
Pedro da Sylva e Joaquim Jose deste
lugar lugar da Bemfeita a para
Constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares
Joaquim Jose
Pedro da Sylva"

Página 26 e 27:
"Bemfeita.
Maria filha de
Antonio Lopes
e de Maria quaresma"
"Em os trese dias do mes de Novembro da
era de mil e Sete Centos e noventa annos eu
o Padre Luis Bernardo Soares Vigario da Igreja
de Santa Cezilia da Bemfeita baptisei
Solenemente e pus os Santos olios em a
a capella de Nossa Senhora de Assumpsam
deste lugar da Bemfeita a Maria filha, do primeiro
matrimonio, de Antonio Lopes e de
Maria quaresma aquelle natural do Monte
Frio desta freguesia esta natural deste
lugar da Bemfeita aonde moram Neta
paterna de Manoel Nunes e de Anna
Lopes esta natural deste lugar da Bemfeita
e aquelle do Monte Frio desta freguesia
aonde moraram E materna Neta
de Antonio quaresma e de Maria quaresma
esta natural do lugar dos Pardieiros desta
mesma freguesia e aquelle deste lugar
da Bemfeita aonde moram. Nasceo a
vinte e Sete dias do mes de outubro
da era Supra. Foram padrinhos Jose
Lopes e Sua mulher Izidora Ribeiro
deste lugar da Bemfeita. E testemunhas
Joaquina Jose deste mesmo lugar e Antonio
Gomes da Villa de Coja E para
Constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, e anno ut Supra
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Joaquina Jose
Antonio Gomes."

Página 28 e 29:
"Pardieiros
Manoel filho
de Manoel Nunes
e de Cezilia
Maria"
"Em os vinte e nove dias do mes de
Novembro da era de mil e Sete Centos,
e noventa annos eu o Padre Luis
Bernardo Soares Vigario da Igreja
de Santa Cezilia da Bemfeita ba
baptisei Solenemente e pus os Santos olios
em a capella de Nossa Senhora de Assumpsam
deste lugar da Bemfeita a Manoel
filho, do primeiro matrimonio, de
Manoel Nunes e de Cezilia Maria, aquelle
natural do Bocado freguesia de Folques
e esta natural dos Pardieiros desta
freguesia da Bemfeita aonde moram
Neto paterno de Joam Nunes e de Maria
Dias aquelle natural dos Cavaleiros
freguesia de Fajam e esta natural
do Bocado freguesia de Folques aonde moraram
E materno de Antonio quaresma
do Santo e de Maria Luis esta natural da
Relva Velha a aquelle dos Pardieiros a
onde moram ambos desta freguesia: Nasceo
a vinte e tres do mes e era Supra.
Foram padrinhos Costodio Jose do [???]
e Sua Irmam Francisca digo Maria Theresa
de [???] da villha de Coja e tocou
por elle Com procuraçam Francisco Marques
do Pizam de Coja Foram testemunhas
Jose Dias dos Pardieiros e Manoel Jose
de Bemfeita. E para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia, mes,
e anno ut Supra
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Dias
Manoel Jose"

Página 30 e 31:
"Sardal
Jose filho
de Manoel
Nunes e
de Rita Francisco"
"Em os dose dias do mes de dezembro da
era de mil e Sete Centos e noventa annos
eu o Padre Luis Bernardo Soares Vigario da
Igreja de Santa Cezilia da Bemfeita baptisei
Solenemente e pus os Santos olios
em a capella de Nossa Senhora de Assumpsam
deste lugar da Bemfeita a Manoel a Jose filho,
do primeiro matrimonio, de Manoel Nunes
e de Rita Fernandes aquelle natural
do Porto Castinheiro freguesia da Teixeira
esta natural do lugar do Sardal
desta freguesia da Bemfeita aonde moraram:
Neto paterno de Manoel Nunes
e de Anna Preira naturais e moradores
do Porto Castinheiro freguesia da Teixeira
E materno de Manoel Luis
e de Anna Fernandes esta natural
do Porto castinheiro freguesia da
Teixeira e aquelle natural do Sardal
aonde moram: Nasceo a Seis do
mes e era Supra. Foram padrinhos Maniel
Luis e Sua mulher Anna Nunes
de Relva Velha desta mesma freguesia.
E testemunhas Jose Luis do Sardal
e Luis Jose de Bemfeita. E para constar
fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, e anno ut
Supra O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Luis
Luis Jose."

Página 31 e 32:
"Pardieiros
Luis filho
de Pedro
quaresma e de
Rita quaresma"
"Em os desaSeis dias do mes de Dezembro
da era de mil e Sete Centos e noventa annos
eu o Padre Luis Bernardo Soares Vigario
da Igreja de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei Solenemente e pus os Santos olios
a Luis filho do primeiro matrimonio de Pedro
quaresma e de Rita quaresma naturais e
moradores do lugar dos Pardieiros desta freguesia
freguesia neto paterno de Antonio quaresma
e de Aggueda Francisca naturais
e moradores do lugar dos Pardieiros desta
freguesia E materno Neto de Xavier
Antunes e de Maria quaresma esta natural
do Inxudro desta freguesia e aquelle
natural dos Pardieiros deste mesma
freguesia aonde moraram. Nasceo
a des do mes e era Supra. Foram padrinhos
o Reverendo Padre Pedro Dias quaresma
e Sua Irmãam Theresa quaresma
deste lugar da Bemfeita. Foram testemunhas
Antonio quaresma França e
Seu Irmão Jose quaresma de [???]
do lugar dos Pardieiros. E para constar
fis este assento que asignei. Bemfeita.
dia mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Antonio quaresma
Jose quaresma"

Página 33 e 34:
"Bemfeita
Maria filha de Antonio
dos Santos e de
Maria do Rosario."
"Em os trinta dias do mes de Janeiro da era
de mil e Sete Centos e noventa e hum
annos eu o Padre Luis Bernardo Soares
Vigario da Igreja de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei e pus os Santos olios Solenemente
em esta Capella da Senhora da Assumpsam
deste lugar da Bemfeita a Maria filha
de Antonio dos Santos e de Maria do Rosario esta natural
dos Pardieiros desta freguesia e aquelle natural
do pizam de Agoa das Mayas desta mesma
freguesia porem moradores neste lugar da Bemfeita
Neta paterna de Sebastiam Nunes e de Maria dos
Santos aquelle natural de Meda de Moiros e esta
da Bemfeita porem moradores no Pizam
de Agoa das Mayas desta freguesia da
da Bemfeita E materna de Manoel Francisco
e de Maria Josefa esta natural da Mourisia freguesia
de Pomares e aquelle natural do Monte
Frio desta freguesia da Bemfeita porem moradores
nos Pardieiros desta mesma freguesia Nasceo
a vinte e tres do mes e era Supra. foram padrinhos
o Padre Pedro Dias quaresma e Sua Sobrinha Josefa Lopes
quaresma deste lugar da Bemfeita E testemunhas
Jose Lopes quaresma e o Padre Pedro da Silva deste
mesmo lugar e para constar fis este assento que
asignei. Bemfeita. dia mes e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Pedro da Silva Jose Lopes quaresma"

Página 35 e 36:
"Sardal.
Manoel filho
de Jose
Francisco e de
Maria da Costa"
"Em os quinse dias do mes de Fevereiro da era
de mil e Sete Centos e noventa e hum annos
eu o Padre Luis Bernardo Soares
Vigario da Igreja de Santa Cezilia da
Bemfeita baptisei Solenemente e
pus os Santos olios em a Capella de Nossa
Senhora da Assumpsam deste lugar
a Manoel filho do primeiro matrimonio,
de Jose Francisco e de Maria da Costa
esta natural da Esculca freguesia
de Sam Miguel de Coja e aquelle natural
do Sardal desta freguesia da Bemfeita
aonde moram Neto paterno de
Joam Francisco e de Anna Nunes esta
natural da freguesia da Teixeira
e aquelle natural do Sardal aonde
moram E materno de Manoel da Costa
e de Theodosia Gracia aquelle natural
das Luadas freguesia de Bemfeita
e esta natural da Esculca freguesia
de Sam Miguel de Coja aonde moram
Nasceo a des do mes e era Supra. Foram
padrinhos o Reverendo Padre Pedro Dias
quaresma e Sua Irmãam Esperança
quaresma deste lugar da Bemfeita.
E testemunhas Jose Antonio, e
Jose Nunes do lugar do Sardal desta
freguesia. E para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia mes e anno
ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Nunes Jose Antonio"

Página 36 e 37:
"Pardieiros
Jose filho
de Jose quaresma
e Bernarda
Maria"
"Em os Seis dias do mes de Marco da era de mil e Sete
Centos e noventa e hum annos eu o Padre Luis
Bernardo Soares Vigario da Igreja de Santa Cezilia
da Bemfeita baptisei Solenemente e pus os
Santos olios em a Capella de Nossa Senhora da
Assumpsam deste lugar a Jose filho de Jose
quaresma e de Bernarda Maria esta natural
da Surgaçosa freguesia de Pomares e aquelle
natural do lugar dos Pardieiros freguesia da Bemfeita
aonde moram Neto paterno de Antonio quaresma
e de Maria Luis esta natural da Relva Velha
desta freguesia e aquelle natural dos Pardieiros desta
mesma freguesia aonde moram E materno de Manoel
Jose e de Anna Maria esta natural de Pomares
e aquelle da Surgasosa desta mesma freguesia de
Pomares aonde moram. Nasceo a vinte e coatro de
Fevereiro da era Suppra. Foram padrinhos Jose Correa
e Sua Mulher Rita Gonsalves do lugar da Bemfeita
e testemunhas Manoel Nunes e Francisco Jose quaresma
do lugar dos pardieiros desta mesma freguesia.
E para constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia, mes, e anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares
Manoel Nunes.
Francisco Jose quaresma"

Página 38 e 39:
"Sardal.
Anna filha
de Jose
Nunes
e de Ana
Nunes"
"Em os des anove dias do mes de Março
da era de mil e Sete Centos e noventa
e hum annos eu o Padre Luis Bernardo
Soares Vigario da Igreja de Santa
Cezilia da Bemfeita baptisei Solenemente
e pus os Santos olios
a Anna filha, Aparte virili do Segondo
matrimonio, e ex parte feminia do primeiro
matrimonio, de Jose Nunes e de Anna
Nunes aquelle natural do Monte Redondo
freguesia de Sam Pedro de Folques, esta
natural do Sardal freguesia da Bemfeita
aonde moram Neta paterna
de Bartholomeu Lopes e de Luisa Nunes
naturais e moradores do Monte Redondo
freguesia de Folques E materno de
Manoel Nunes e de Maria Nunes naturais
e moradores do Sardal freguesia
da Bemfeita. Nasceo a dose do mes
e era Supra. Foram padrinhos
Joam Gonsalves e Sua Irmãa Maria
Gonsalves do mesmo lugar do Sardal
E testemunhas Jose Nunes dos Pardieiros
a Jose quaresma do Pay das Donas,
ambos desta freguesia da Bemfeita.
E para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia, mes, e
anno ut Supra.
O Vigario Luis Bernardo Soares.
Jose Nunes
Jose quaresma"

Página 47 e 48:
"Monte frio.
Isidora
filha de Antonio
Simois e
Cezilia
Nunes."
"Em os vinte e dois dias do mes de
Mayo da era de mil e Sete Centos
e noventa e hum annos eu o
Padre Luis Bernardo Soares
Cura Colado da Igreja de Santa
Cezilia da freguesia de Bemfeita
baptisei e pus os Santos olios,
Solenemente em a capella
de Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar da Bemfeita
a Izidora filha do primeiro
matrimonio de Antonio Simois
e de Cezilia Nunes aquelle
natural das Casas Velhas freguesia
de Campello e esta natural do
Montefrio freguesia de Bemfeita
aonde moram Neta paterna de
Domingos Simois e de Domingas
Francisca aquelle natural da Povoa
freguesia de Campello e esta
natural das Casas Velhas da
mesma freguesia de Campello
aonde moraram E materna Neta
de Manoel Lopes e de Maria
Nunes naturais e moradores do
Montefrio da Sobredita freguesia
de Bemfeita. Nasceo a dose
do mes e era Supra. Foram padrinhos
Jose Lopes quaresma e Sua
mulher Izidora Ribeiro
deste lugar da Bemfeita. E testemunhas
presentes Manoel Fernandes
de Bemfeita e Jose Lopes dos Par
dos Pardieiros desta mesma freguesia
da Bemfeita e para constar fis
este assento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno. ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Jose Lopes Manoel Fernandes"

Página 50 e 51:
"Bemfeita.
Maria filha de
Manoel Correa
e de Josefa Lopes"
"Em os trinta dias do mes de Mayo da
era de mil e Sete Centos e noventa e
hum annos eu o Padre Luis Bernardo
Soares Cura Collado desta Igreja
de Santa Cezilia da Bemfeita baptisei
e em casa e em mesmo dia em que nasceo
por de temer morrer, a Maria filha
de Manoel Correa viuvo e de Josefa Lopes
esta natural do Monte Frio e aquelle
da Bemfeita aonde moram Neta paterna
de Clemente Gomes e de Monica Correa
aquelle natural da Villa de Sinde
e esta da Bemfeita aonde moraram E materna
Neta de Manoel Lopes e de
Anna Nunes esta natural do Pay
das Donas desta freguesia e aquelle
do Monte frio aonde moraram. Nasceo
a trinta de Mayo e foy batisada
no mesmo dia por Se temer perigo de
de morte. Recebeo os Santos olios a Sete de
Junho da era Supra. Foram padrinhos eu Padre
Luis Bernardo Soares Correa calado desta
freguesia e Josefa Maria Ribeiro esta
Sobredito lugar da Bemfeita. E testemunhas
Pedro Correa e Manoel Nunes das Neves
deste mesmo lugar a para constar fis este
assento que asignei. Bemfeita. dia, mes,
e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Pedro Correa Manoel Nunes das Neves."

Página 52 e 53:
"Pardieiros
Manoel filho
de Manoel João
e de Josefa
Maria"
"Em os vinte a coatro dias do mes de
Julho da era de mil e Sete Centos e noventa e
hum annos eu o Padre Luis Bernardo
Soares Cura Collado de Igreja de Santa
Cezillia da Bemfeita baptisei Solenemente
e pus os Santos olios em a
capella de Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar de Bemfeita a Manoel filho
do primeiro matrimonio de Manoel
Joam e de Josefa Maria aquelle
natural do Monte Frio desta freguesia
e esta natural dos Pardieiros aonde
moram desta mesma freguesia Neto
paterno de Joam Nunes e de Maria Fernandes
esta natural do Casal da Deflores desta freguesia
e aquelle natural do Monte Frio desta
mesma freguesia aonde moram E materno
de Manoel Nunes e de Maria Antunes
aquelle natural do Sardal desta
freguesia, esta natural dos Pardieiros
desta mesma freguesia aonde moram
Nasceo a des a Sete do mes e era
Supra. Foram padrinhos eu o Padre
Lis Bernardo Soares Cura desta freguesia
e Josefa Maria Ribeiro deste
lugar da Bemfeita, Foram testemunhas
presentes Manoel Nunes Brás
e Pedro Jose este dos Pardieiros, e aquelle
da Bemfeita. E para constar fis
este assento que asignei. Bemfeita.
dia, mes, e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel Nunes Brás.
Pedro Jose."

Página 53 e 54:
"MonteFrio.
Rosaria
filha de Manoel
Nunes e de
Maria Josefa"
"Em a Sete dias do mes de Agosto
da era de mil e Sete Centos e noventa
e hum annos eu o Padre Luis
Bernardo Soares Cura Collado desta
Igreja de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei Solenemente e pus
os Santos olios em a capella de Nossa
Senhora da Assumpsam deste lugar
de Bemfeita a Rosaria filha
do primeiro matrimonio de Manoel
Nunes e de Maria Josefa
naturais e moradores do lugar
do Monte Frio desta freguesia Neta
paterna de Manoel Nunes
e de Anna Lopes esta da Bemfeita
e aquelle do Monte Frio
naturais, porem moradores no
Monte Frio E materna de Jose
Gonsalves e de Josefa Nunes aquelle
natural da Castinheira freguesia
de Fajam e esta natural do Monte
Frio desta freguesia da Bemfeita a
onde moram: Nasceo vinte e
Seis de Julho da era Supra: Foram padrinhos
Jose Gaspar e Sua Mulher Maria
Nunes do lugar do Monte Frio e
testemunhas Antonio Gonsalves e Jose
Nunes Correa deste lugar da Bemfeita.
E para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia mes
e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Antonio Gonsalves
Jose Nunes Correa"

Página 54, 55 e 56:
"Bemfeita
Maria filha
de Antonio Gonsalves
e de
Maria da Rosa."
"Em o primeiro dia de Agosto
da era de mil e Sete Centos
e noventa e hum annos eu o
Padre Luis Bernardo Soares
Cura Collado desta Igreja de
Santa Cezilia da Bemfeita baptisei
e pus os Santos olios Solenemente
em a capella
de Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar de Bemfeita
a Maria filha do primeiro
matrimonio, de Antonio
de Antonio Gonsalves e de Maria da
Rosa aquelle natural do Monte Redondo
freguesia de Sampedro de Folques
e esta natural deste lugar da
Bemfeita aonde moram Neta
paterna de Manoel Gomes e de
Maria Gonsalves esta natural do
Sardal deste freguesia da Bemfeita e
aquelle natural do Monte Redondo
freguesia de Sam Pedro de Folques
aonde moraram E materna
Neta de Manoel Simois e de Maria
da Rosa naturais e moradores
deste lugar da Bemfeita aonde
moram: Foram padrinhos o Reverendo
Padre Pedro dias quaresma e
Maria da Rosa deste lugar da
Bemfeita: E testemunhas Mariana
quaresma e Sua filha Maria
feliciana deste mesmo lugar [???]
[???] baptisei
foy equivovo por que o
que baptisei foy o Padre Pedro
dias quaresma deste mesmo lugar
da Bemfeita eu só lhe
pus os Santos olios por que foi
baptisada em casa por nececidade.
E para constar fis
este assento que asignei.
Bemfeita. dia mes
e anno ut Supra
O Cura Luis Bernardo Soares
Declaro que asignaram [???] das
testemunhas por serem mulheres Jose
Correa Lopes e Jose Lopes quaresma
deste mesmo lugar da
Bemfeita
Jose Correa Lopes Jose Lopes quaresma"

Página 57 e 58:
"Bemfeita.
Josefa filha
de Manoel Luis
e de Maria Bernarda."
"Em os vinte e hum annos digo em
os vinte e hum dias do mes de Agosto
da era de mil e Sete Centos e noventa
e hum annos eu o Padre Luis
Bernardo Soares Cura Collado desta
Igreja de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei e pus os Santos olios
Solenemente em a capella
de Nossa Senhora da Assumpsam deste
lugar de Bemfeita a Josefa filha
do primeiro matrimonio de Manoel Luis
e de Maria Bernarda naturais e moradores
deste lugar da Bemfeita Neta paterna
de Luis Jose e de Maria Nunes
aquelle natural do lugar do Monte Frio
desta freguesia e esta natural e moradora
deste lugar da Bemfeita aonde
moram E materna de Joam Fernandes
quaresma e de Bernarda Gomes
esta natural do Sardal desta freguesia
e aquelle natural da Bemfeita
aonde moram Nasceo a catorse do mes
e era Supra. foram padrinhos o
Reverendo Padre Pedro Dias quaresma
e Sua Irmãa. Esperança quaresma deste
lugar da Bemfeita foram testemunhas
Manoel Fernandes quaresma e Joam Fernandes
quaresma deste mesmo lugar e
para constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno
ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Joam Fernandes Manoel Fernandes"

Página 66 e 67:
"Relva
Velha.
Manoel filho
de Francisco
Martins e
de Maria
Gomes."
"Em os trese dias do mes de Novembro
da era de mil e Sete Centos e noventa
e hum annos eu o Padre Luis Bernardo
Soares Cura Collado da Igreja
de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei e pus os Santos olios Solenemente
em a capella de Nossa Senhora da
Assumpsam deste lugar da Bemfeita a
Manoel filho de Francisco Martins e
de Maria Gomes esta natural do Monte
Frio desta freguesia e aquelle natural
da Relva Velha desta mesma freguesia
aonde moram Neto paterno de Estevam
Martins e de Anna Nunes este natural
do Monte Frio desta mesma freguesia
e aquelle natural da Relva Velha
desta mesma freguesia aonde
moram E materno Neto de Joam
Dias e de Rosa Gomes aquelle natural
da Castinheira freguesia de
Fajam a esta natural do Monte
do Monte Frio desta mesma freguesia a
onde moram Nasceo a Sinco dias do mes
e era Supra. Foram padrinhos Manoel
Luis e Sua mulher Anna Nunes do
mesmo lugar da Relva Velha testemunhas
Antonio Jose da Bemfeita e
Jose Francisco do Monte Frio. e para constar
fis este asento que asignei.
Bemfeita dia mes e anno ut
Supra. O Cura Luis Bernardo Soares
Jose Francisco Antonio Jose"

Página 67 e 68:
"Pardieiros
Mariana
filha
de Pedro
Jose e de
Luisa
Maria."
"Em os quinse dias do mes de Novembro
da era de mil e Sete Centos e noventa e
hum annos eu o Padre Luis Bernardo
Soares Cura Collado da Igreja de Santa
Cezilia da Bemfeita baptisei e
pus os Santos olios Solenemente
em a capella de Nossa Senhora da
Assumpsam deste lugar da Bemfeita
a Mariana filha de Pedro Jose
e de Luisa Maria naturais e moradores
do lugar dos Pardieiros Neta
paterna de Jose Affonso e de Elena
Nunes naturais e moradores do Sobre
do Sobre dito lufar dos Pardieiros desta
freguesia E materna Neta de Manoel
Nunes e de Maria Antunes quelle do
digo aquelle natural do lugar do Sardal
desta freguesia e esta natural dos
Pardieiros desta mesma freguesia aonde
moram. Nasceo a nove do mes e era
Supra. Foram padrinhos Joaquim da Fonseca
e Donna Mariana das Medas freguesia
de Sam Miguel de Coja e tocaram
por elle, com precemçam, Manoel Joam
e Sua mulher Josefa Maria dos
Pardieiros. Foram testemunhas [???]
Manoel Fernandes deste lugar da Bemfeita
e Pedro Francisco do Sobredito
lugar dos Pardieiros. E para constar fis
este asento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares
Manoel Fernandes Pedro Francisco"

Página 68 e 69:
"Pardieiros
Manoel filho
de Jose
Lopes
e de Josefa
Maria"
"Em os desoito dias do mes
de Dezembro da era de mil e
Sete Centos e noventa e hum annos
eu o Padre Luis Bernardo
Soares Cura Collado da
da Igreja de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei e pus os Santos olios Solenemente
em a capella de Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar da Bemfeita a Manoel
filho de Jose Lopes e de Josefa Maria
esta natural do Caratam freguesia da Teixeira
aquelle natural do Monte Frio freguesia
da Bemfeita e de presente mora do no lugar
dos Pardieiros desta freguesia da Bemfeita
Neto paterno de Manoel Nunes e de Anna
Lopes esta natural da Bemfeita e aquele
natural do Monte frio desta freguesia
da Bemfeita aonde morara ram E materno
Neto de Joam Affonso e de Anna
Fernandes aquelle natural do lugar da
Teixeira e esta da Caratam aonde moram: Nasceo
a dose do mes e era Supra: Foram padrinhos
o Padre Jose da Crus quaresma e Sua Irmãa Maria
da Crus do lugar dos Pardieiros desta mesma
freguesia de Bemfeita. E testemunhas foram
Francisco Jose quaresma e Antonio Jose desta
mesmo lugar dos Pardieiros. E para constar
fis este assento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Francisco Jose quaresma Antonio Jose."

Página 69 e 70:
"Bemfeita
Francisco filho de
Manoel Dias
e de Engracia
Nunes."
"Em os quinse dias do mes de Janneiro
da era de mil e Sete Centos e noventa e dois
annos eu o Padre Luis Bernardo Soares Cura
Collado da da Igreja de Sancta Cezilia
da Bemfeita baptisei e pus os Santos
olios Solenemente em a capella de
Nossa Senhora da Assumpsam deste lugar da
Bemfeita a Pedro filho de Manoel Dias
e de Ellena digo de Engracia Nunes esta
natural dos Pardieiros desta freguesia da
Bemfeita e aquelle natural deste
lugar da Bemfeita aonde moram Neto paterno
de Manoel Dias e de Thomasia Nunes
naturais e moradores deste mesmo lugar
da Bemfeita E materno Neto de Jose Affonso
e de Ellena Nunes naturais e moradores
do lugar dos Pardieiros desta mesma
freguesia aonde moram Nasceo a nove
dias do mes e era Supra. Foram padrinhos
o Padre Pedro da Silva e Sua Irmãa Anna da
da Silva deste lugar de Bemfeita e testemunhas
Francisco Martins e Manoel Simoins
deste mesmo lugar: E para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia mes e anno
ut. Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Francisco Martins Manoel Simoins"

Página 70 e 71:
"Bemfeita
Antonio filho de
Jose Lopes quaresma
e de Izidora
Maria da Fonseca."
"Em os vinte e tres do mes de Fevereiro
da era de mil e Sete Centos e
noventa e dois annos baptisei por
commisam do parocho desta freguesia
Luis Antonio Xavier da Fonseca deste
mesmo lugar em a capella de Nossa
Senhora da Assumpsam a Antonio
filho de Jose Lopes quaresma e de
Izidora Maria da Fonseca naturais
naturais e moradores deste lugar Neto paterno
de Manoel Lopes e de Engracia quaresma
naturais e moradores deste mesmo lugar
de Bemfeita E materno neto de
Xavier Marques da Fonseca e de Maria
Ribeiro aquelle natural do Salgueiral
freguesia de Sam Miguel de Coja e
esta natural deste Sobredito lugar da
Bemfeita aonde moram Nasceo
a quinse do mes e era Supra Foram padrinhos
a Pedro Luis Antonio Xavier
da Fonseca a [???] quaresma ambos
deste mesmo lugar da Bemfeita Foram
testemunhas Francisco Martins Correa e Antonio
Nunes Lopes Correa deste mesmo
lugar e para constar fis este assento
que asignei. Bemfeita. dia mes
e anno ut. Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Francisco Martins
Antonio Nunes Lopes"

Página 72 e 73:
"Drea.
Jose filho
de Jose
Nunes
Correa e de
Maria Lourença
das Neves"
"Em os nove dias do mes de Abril
da era de mil e Sete Centos e noventa
e dois annos eu Padre Luis Bernardo
Soares Cura Collado nesta Igreja de Santa
Cezilia da Bemfeita baptisei e pus os
Santos olios em a capella de Nossa Senhora
da Assumpsam deste lugar da Bemfeita
a Jose filho de Jose Nunes Correa e
e de Maria Lourença das Neves naturais
aquelle de Bemfeita e esta da
Drea aonde moram Neto paterno de
Sebastiam Nunes e de Maria dos Santos
aquelle natural da Povoa de Meda
de Mouros esta natural da Bemfeita
aonde moram E materno neto
de Manoel Soares e de Isabel Nunes
esta natural dos Pardieiros desta
freguesia e aquelle natural da Drea
desta mesma freguesia aonde
moram Nasceo a quatro do mes
e era Supra Foram padrinhos Joam
das Neves e Sua mulher Pascoa Maria
do Casal da Deflores desta mesma
freguesia testemunhas foram Francisca
Martins e Jose Correa Lopes
deste lugar de Bemfeita e para constar
fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno ut
Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares
Jose Correa Lopes
Francisca Martins"

Página 76 e 77:
"Bemfeita.
Anna filha
de Jose Gomes
e de Anna
quaresma."
"Em os quinse dias do mes de Abril
da era de mil e Sete Centos e noventa
e dois eu Padre Luis Bernardo
Soares Cura Collado da Igreja de Santa
Cezilia deste lugar da Bemfeita
da Bemfeita baptisei e pus os
Santos olios em a capella de Nossa
Senhora da Assumpsam deste lugar da
Bemfeita a Anna filha de Jose
Gomes e de Anna quaresma naturais
e moradores deste lugar da Bemfeita
Neta paterna de Manoel Gomes
e de Pascoa quaresma aquelle
natural do Monte frio desta freguesia
esta natural deste Sobredito
lugar da Bemfeita aonde moram
E materna neta de Manoel
quaresma e de Maria da Rosa
naturais aquelle de Coja e esta da
Bemfeita aonde moraram e de
presente assistem no Casal do morinho
da Dona desta freguesia: nasceo
a Sete de Abril da era Supra.
foram padrinhos o Padre Luis Antonio
Xavier da Fonseca e Sua Irmãa
Maria Marques da Fonseca deste Sobredito
lugar de Bemfeita. E testemunhas
foram Manoel quaresma
do Pay das Donas e Antonio Jose
da Bemfeita. E para constar fis
este assento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel quaresma
Antonio Jose"

Página 78:
"Sardal.
Rita filha
de Jose
Nunes
e de Ana
Nunes."
"Em os quinse dias do mes de Abril
da era de mil e Sete Centos e noventa
e dois annos eu Padre Luis Bernardo
Soares Cura Colado da Igreja de
Santa Cezilia da Bemfeita baptisei
e pus os Santos olios em a capella de
Nossa Senhora da Assumpsam deste
lugar a Rita filha de Jose Nunes
e de Anna Nunes naturais aquelle
do lugar do Monte Redondo freguesia
de Folques e esta natural do lugar do
Sardal desta freguesia de Bemfeita
aonde moram, neta paterna de Bartholomeu
Lopes e de Luisa Nunes naturais
e moradores do Sobredito lugar
do Monte Redondo E materna neta
de Manoel Nunes e de Maria Nunes naturais
e moradores do lugar do Sardal
desta freguesia de Bemfeita: Nasceo a
nove do mes e era Supra. Declaro que
exparte cirili he do Sefundo matrimonio
a exponte muliri he do primeiro. Foram
padrinhos Joam Gonsalves e Sua
Irmãa. Maria Gonsalves do Sobredito lugar
do Sardal. Foram testemunhas Manoel
quaresma do Pay das Donas a Antonio Jose
de Bemfeita. E para constar fis este assento que
asignei. Bemfeita dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel quaresma
Antonio Jose"

Página 80:
"Relva
Velha
Luis
filho de
Francisco Nunes
e de Maria
Quaresma"
"Em os Seis dias do Mes de Mayo da
era de mil e Sete Centos e noventa e dois
annos eu o Padre Luis Bernardo Soares
Cura Colado nesta Igreja de Santa Cezilia
da Bemfeita baptisei e pus os
Santos olios em a capella de Nossa Senhora
de Assumpçam deste lugar da Bemfeita
a Luis filho de Francisco Nunes
e de Maria quaresma esta natural dos
Pardieiros desta freguesia e aquelle natural
da Relva Velha desta mesma freguesia
aonde moram Neto paterno de
Manoel Fernandes e de Luisa Maria
esta natural dos Pardieiros desta freguesia
e aquelle natural da Relva
Velha desta mesma freguesia aonde
moram E materno Neto de Antonio
Quaresma do Santo e de Maria Luis esta natural
da Relva Velha desta freguesia
aquelle natural dos Pardieiros desta mesma
freguesia de Bemfeita aonde moraram
Nasceo a trinta de Abril da era Supra
Foram padrinhos Maria Nunes e Sua
mulher Cezilia Maria moradores do lugar
dos Pardieiros Foram testemunhas
Manoel Nunes Peres e Manoel
Lopes Quaresma deste lugar de Benfeita
e para constar fis este asento que
asignei. Bemfeita dia mes e anno
ut Supra. O Cura Luis Bernardo Soares
Manoel Nunes Peres
Manoel Lopes"

Página 82 e 83:
"Bemfeita
Rita filha
de Antonio dos
Santos
e Maria
Nunes."
"Em os vinte e coatro dias do Mes
de Mayo da era de mil e Sete Centos
e noventa e dois Batisei eu Padre
Luis Bernardo Soares Cura desta Igreja
de Santa Cezilia da Bemfeita
em casa por haver perigo de morte e pus
os Santos olios em a vinte e dois do
mesmo mes em a capella de Nossa Senhora
da Assumpçam, a Rita filha
do primeiro matrimonio, de Antonio
dos Santos e de Maria Nunes aquelle
natural de Coja e esta do lugar da
Bemfeita aonde moram Neta
paterna de Maria Gomes e de Avô
incognito, natural da Villa de Coja: E
materna neta de Luis Jose e de
Maria Nunes aquelle natural do
Monte frio desta freguesia de Bemfeita,
e esta natural deste lugar da
Bemfeita aonde moram: Foram padrinhos
o Padre Pedro da Silva e Sua Irmãa
Anna Maria da Silva deste mesmo
lugar da Bemfeita, Foram testemunhas
Manoel Gomes e Domingos
Nunes deste mesmo lugar
Nasceo a vinte e dois do mes e era
Supra E para constar fis este asento
que asignei. Bemfeita. dia mes e anno
ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares
Domingos Nunes
Manoel Gomes [???]"

Página 83 e 84:
"Relva Velha.
Anna filha
de Manoel Lopes,
e de
Josefa
Gonsalves"
"Em os vinte e sinco dias do mes
de Julho da era de mil e Sete Centos
e noventa e dois annos eu o Padre Luis
Bernardo Soares Cura colado
da Igreja de Santa Cezilia da Bemfeita
batisei e pus os Santos olios, em
a capella de Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar da Bemfeita a Anna
filha do primeiro matrimonio de
Manoel Lopes e de Josefa Gonsalves
esta natural das Luadas desta freguesia
e aquelle da Relva Velha aonde
moram Neta paterna de
Francisco Lopes e de Theresa Fernandes
esta natural dos Pardieiros desta mesma
freguesia e aquelle da Relva Velha
desta mesma freguesia aonde moraram
E materna neta de Antonio Gonsalves
e de Anna Simois aquelle natural
do Sardal desta freguesia e
esta das Luadas tambem desta freguesia
aonde moraram Nasceo a dose
do mes e era Supra. Foram testemunhas
presentes Manoel Simois e Antonio Gonsalves
deste lugar da Bemfeita: Foram
padrinhos Jose Nunes e Sua mulher Maria
Josefa do Sobredito lugar de Relva
Velha. E para constar fis este asento
que asignei. Bemfeita. dia mes
e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares
Manoel Simois
Antonio Gonsalves"

Página 88 e 89:
"Pardieiros
Geretrudes
filha
de Manoel
João. e de
Francisca Maria"
"Em os desanove dias do mes de
Agosto da era de mil e Sete Centos
e noventa e dois annos eu o Padre Luis
Bernardo Soares Cura colado da
Igreja de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei subcondisione por ter Sido baptisado
em casa por [???] ignorante
e pus os Santos olios em a capella
de Nossa Senhora da Assumpsam deste
lugar da Bemfeita a Gertrudes
filha do primeiro matrimonio de
Manoel Joam e de Francisca Maria aquelle
natural do Inxudro desta
freguesia da Bemfeita e esta natural
dos Pardieiros desta mesma freguesia
aonde moram Neta paterna
de Joam Lopes e de Anna Nunes
esta natural do Sobre dito lugar dos
Pardieiros e aquelle natural do Sobre
dito lugar do Inxudro aonde moram:
E materna neta de Manoel Francisco
e de Maria Josefa esta natural
da Mourisia freguesia de Pomares e
aquelle natural do Monte frio-
desta freguesia de Bemfeita [???]
moradores no lugar dos Pardieiros desta
mesma freguesia da Bemfeita: Nasceo
a trese dias do mes e era Supra. Foram
padrinhos o Padre Pedro dias quaresma da
Bemfeita e Isidora Maria dos
Pardieiros. E testemunhas Manoel Soares
e Bento da Costa da Drea
E para constar fis este asento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno
ut Supra
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel Soares
Bento da Costa"

Página 90 e 91:
"Bemfeita.
Jose filho
de Antonio Lopes
e de Maria quaresma"
"Em os vinte e Sete dias do mes de Agosto
da era de mil e Sete Centos e noventa e
dois annos eu o Padre Luis Bernardo Soares
Cura colado da Igreja de Santa Cezilia
da Bemfeita baptisei e pus os Santos olios
em a capella de Nossa Senhôra da
Assumpsam deste lugar da Bemfeita a
Jose filho do primeiro matrimonio, de
Antonio Lopes e de Maria quaresma
aquelle natural do Monte frio deste freguesia
e esta natural deste lugar da Bemfeita aonde
moram Neto paterno de Manoel Nunes e de
Anna Lopes esta natural da Bemfeita
e aquelle natural do Monte frio deste freguesia
a onde moraram. E materno Neto
de Antonio quaresma e de Maria quaresma
esta natural dos Pardieiros desta mesma
freguesia e aquelle natural deste
lugar da Bemfeita aonde moram=
Nasceo a vinte do mes e era Supra: Foram
padrinhos Jose Lopes quaresma
e Sua mulher Isidora Maria Ribeiro
deste mesmo lugar: E testemunhas Joam
Fernandes quaresma e Manoel Dias
deste mesmo lugar. E para constar fis
este asento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Joam Fernandes quaresma
Manoel Dias"

Página 91 e 92:
"Bemfeita.
Antonio filho
de Manoel Gomes
e de
Maria Francisca"
"Em os desaseis dias do mes de Setembro
da era de mil e Sete Centos e noventa e dois
annos baptisei o Padre Luis Antonio [???]
da Fonseca Ribeiro deste lugar
da Bemfeita e pus os Santos olios em a
capella de Nossa Senhôra da Assumpsam
deste mesmo lugar a Antonio filho de Manoel
Gomes e de Maria Francisca naturais
e moradores deste mesmo lugar da Bemfeita
Neto paterno de Manoel Gomes e de
e de Pascoa quaresma aquelle natural
do Monte Frio desta freguesia e esta natural
deste mesmo lugar da Bemfeita aonde
moram E materno neto de Manoel Fernandes
e de Maria Andre naturais e moradores
deste mesmo lugar da Bemfeita Nasceo
a vinte e Sete de Agosto da era Supra. Foram
padrinhos o mesmo [???manchado???]ante Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro e Anna
quaresma deste lugar E testemunhas
Manoel Jose e [???] Nunes tambem
deste lugar da Bemfeita e para
Constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
[???] Nunes
Manoel Jose"

Página 93 e 94:
"Pardieiros
Maria filha
de Antonio
Gonsalves e de
Maria Josefa."
"Em os desaseis dias do mes de outubro da era
de mil e Sete Centos e noventa e dois annos eu o
Padre Luis Bernardo Soares Cura Colado da
Igreja de Santa Cezilia de Bemfeita Baptisei
e pus os Santos olios em a capella de Nossa
Senhora de Assumpsam deste mesmo lugar
a Maria filha do primeiro matrimonio de
Antonio Gonsalves e de Maria Josefa aquelle
natural do Sardal desta freguesia e esta natural
dos Pardieiros desta mesma freguesia aonde
moram Neta paterna de Jose Gonsalves e
Cezilia Nunes esta natural das Relvas
freguesia de Teixeira e aquelle natural do
Sardal desta freguesia de Bemfeita
aonde moram E materna neta de Jose da
Cruz e de Josefa Maria aquelle natural
de Folques e esta dos Pardieiros freguesia da
Bemfeita aonde moram Nasceo a nove
do mes e era Supra. foram padrinhos o Padre
o padre Luis Antonio da Fonseca Ribeiro
e Sua irmãa Maria Marques deste lugar da
Bemfeita E testemunhas Manoel Simois e
Joaquim Gracia deste mesmo lugar e para
Constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel Simois
Joaquim Gracia"

Página 94 e 95:
"Relva
Velha.
Manoel filho
de Manoel Luis
e de Anna
Nunes."
"Em os desoito de outubro da era de mil e Sete
Centos e noventa e dois annos eu o Padre Luis
Bernardo Soares Cura Colado da Igreja de
Santa Cezilia de Bemfeita baptisei e pus os
Santos olios em a capella de Nossa Senhora da
Assumpsam deste lugar de Bemfeita a Manoel
filho do primeiro matrimonio de Manoel
Luis e de Anna Nunes esta natural do Valado,
freguesia de Avô e aquelle natural
do Sardal freguesia da Bemfeita porem moradores
na Relva Velha desta mesma freguesia
Neto paterno de Manoel Luis e de Anna Fernandes
esta natural do Porto Castanheiro freguesia
da Teixeira e aquelle do Sardal aonde moraram
E materno de Agostinho Nunes e de Maria
Lopes aquelle natural da Relva Velha freguesia
de Bemfeita esta natural do Vallado
freguesia de Avô aonde moraram: Nasceo a nove
do mes e era Supra. Foram padrinhos Manoel Agostinho
e Sua Irmãa. Paulla Nunes do Valado a
testemunhas Manoel Simois e Manoel Nunes
Bras deste lugar de Bemfeita? E para constar fis
este assento que asignei. Bemfeita. dia mes e
e anno ut Supra
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel Simois
Manoel Nunes Bras"

Página 95:
"Montefrio.
Manoel filho
de Pedro
Nunes e de
Luisa Nunes"
"Em os Sete dias do mes de outubro da era de
mil e Sete Centos e noventa e dois annos eu
o Padre Luis Bêrnardo Soares Cura Collado da
Igreja de Santa Cezilia da Bemfeita baptisei
e pus os Santos olios, em a capella de Nossa
Senhora da Assumpsam deste lugar
a Manoel filho do primeiro matrimonio de Pedro
Nunes e de Luisa Nunes naturais e moradores
do Monte frio desta freguesia neto paterno de
de Joam Nunes e de Maria Fernandes esta natural
da Deflores desta freguesia e aquelle do Monte
frio desta mesma freguesia aonde moram E materno
neto de Jose Gonsalves e de Josefa Nunes
aquelle natural da Castinheira freguesia de
fajam esta do Monte Frio desta freguesia da
Bemfeita aonde moraram: Nasceo e hum do
mes e era Supra. Foram padrinhos Manoel Agosto
e Sua Irmãa Paulla Nunes do Valado
freguesia de Avô: E testemunhas Jose Nunes e
Manoel Nunes do Montefrio. E para constar fis
este assento que asignei. Bemfeita. dia mes
e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Jose Nunes
Manoel Nunes"

Página 96, 97 e 98:
"Bemfeita.
Pedro filho de
Antonio dos Santos
e de Maria do Rozario."
"#Declaro
que moram
em o lugar dos
Pardieiros desta
freguesia"
"Em os catorze dias do mes de Novembro
da era de mil e Sete Centos e
noventa e dois annos eu o Padre
Luis Bêrnardo Soares Cura Colado
da Igreja de Santa Cezilia da
Bemfeita baptisei e pus os Santos
olios, em a capella de Nossa Senhora
da Assumpsam deste
deste lugar da Bemfeita a Pedro filho do
primeiro matrimonio de Antonio dos Santos
e de Maria do Rozario esta natural dos Pardieiros
desta freguesia e aquelle natural
do Pizam de Agoa dos Mayas desta
freguesia porem moradores neste lugar
da Bemfeita=Neto paterno
de Sebastiam Nunes e de Maria dos Santos,
aquelle natural do lugar de Meda
de Mouros esta natural deste
lugar de Bemfeita porem moradores
no Pizam de Agua das Mayas
desta mesma freguesia E materno
Neto de Manoel Francisco e de Maria
Josefa esta natural da Mourisia
freguesia de Pomares e aquelle
natural do Monte frio desta
freguesia da Bemfeita aonde moram
#Nasceo a nove do mes
e era Supra= Foram pasdrinhos
o Reverendo Padre Pedro Dias
quaresma e Sua Sobrinha Josefa
Lopes quaresma deste lugar da Bemfeita:
E testemunhas Luis Antunes
e Domingos Nunes deste
mesmo lugar. E para constar fis
este assento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno ut
ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Domingos Nunes
Luis Antunes"

Página 98 e 99:
"Pardieiros
Luis filho
de Manoel
Nunes
e de Cezilia
Maria"
"Em os Sinco dias do mes de Janneiro
da era de mil e Sete Centos e noventa
e tres annos baptisou por [???]
minha, e pos os Santos olios em a capella
de Nossa Senhora da Assumpsam
deste lugar da Bemfeita a Luis filho
do primeiro matrimonio de Manoel Nunes
e de Cezilia Maria aquelle natural
do Bucado freguesia de Folques
e esta natural dos Pardieiros freguesia
da Bemfeita aonde moram neto paterno
de Joam Nunes e de Maria Dias aquelle
natural dos Cavalheiros freguesia de
Fajam e esta natural do Bucado freguesia
de Folques aonde moraram E
materno neto de Antonio quaresma do
Santo e de Maria Luis esta natural da
Relva Velha desta freguesia da Bemfeita
e aquelle natural dos Pardieiros desta
mesma freguesia aonde moram
Foram padrinhos o Padre Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro e Sua
Irmãa. Maria Marques da Fonseca
Ribeiro deste mesmo lugar da Bemfeita
E testemunhas Luis Antonio e Jose quaresma
quaresma do Santo do mesmo lugar dos
Pardieiros. Nasceo a vinte e nove de
Dezembro de noventa e dois e para
constar fis este assento que
asignei. Bemfeita. dia mes
e anno ut Supra?
O Cura Luis Bernardo Soares.
Luis Antonio
Jose quaresma"

Página 99 e 100:
"Sardal.
Antonio filho
de Manoel
Nunes
e de Rita
Fernandes"
"Em os trese dias do Mes de Janneiro
da era de mil e Sete Centos e noventa
e tres eu o Padre Luis Bernardo
João Cura Collado da freguesia
de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei e pus os Santos olios em a
capella de Nossa Senhora da [???]
[???] deste lugar da Bemfeita
a Antonio filho do primeiro matrimonio
de Manoel Nunes e de Rita
Fernandes aquelle natural do Porto Castanheiro
freguesia da Teixeira e esta
natural do Sardal desta freguesia da
Bemfeita Neto paterno de Manoel
Nunes e de Anna Pereira natural
e moradores do Porto Castanheiro
freguesia da Teixeira e materno
neto de Manoel Luis e Anna Fernandes
Fernandes esta natural do Porto
Castanheiro freguesia de Teixeira
a aquelle natural de Sardal freguesia
da Bemfeita aonde moram
Nasceo a ceis do mez e era Supra
Foram padrinhos Manoel Nunes e Rita
das Neves do mesmo lugar do Sardal,
e testemunhas Manoel dias
e Manoel Francisco Rezo deste mesmo
lugar. [???] que fis batizado
[???] por ter sido
batisado em casa por [???]
[???]. E para constar fis este asento
que asignei. Bemfeita dia mes
e anno ut Supra:
O Cura Luis Bernardo [???]
Manoel dias
Manoel Francisco Rezo."

Página 100 e 101:
"Sardal.
Jose filho
de Jose Francisco
e de Maria da
Costa"
"Em os trese dias do Mes de Janneiro de
da era de mil e Sete Centos e noventa e tres annos
eu o Padre Luis Bernardo João Cura
Collado da igreja de Santa Cezilia da
Bemfeita baptisei e pus os Santos olios em
a Capella de Nossa Senhora da [???]
[???] deste mesmo lugar a Jose filho
do primeiro matrimonio, de Jose Francisco
e de Maria da Costa esta natural da Esculca
freguesia de Sam Miguel de Coja e
e aquelle natural do Sardal freguesia
da Bemfeita aonde moram Neto paterno
de Joam Francisco e de Anna Nunes esta
natural da Teixeira e aquelle natural
do Sardal aonde moram E materno neto de
de Manoel da Costa e de Theodozia Gracia
aquelle natural das Luadas freguesia
da Bemfeita e esta natural da Esculca
freguesia de Sam Miguel de
Coja Nasceo oito do mes e era Supra
Foram padrinhos Manoel Gonsalves
[???] de Luadas desta freguesia da Bemfeita
e Theodozia Gracia da Esculca
freguesia de Sam Miguel de Coja E
testemunhas Manoel Francisco Rezo e Manoel
Dias do Sardal e para constar fis
este assento que asignei Bemfeita
dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo [???]
Manoel Francisco
Manoel Dias"

Página 105 e 106:
"Bemfeita.
Luis filho
de Antonio Gonsalves
e de Maria da
Rosa."
"Em os vinte e oito dias do Mes de Janeiro
da era de mil e Sete Centos e noventa
e tres annos eu o Padre Luis
Bernardo João Cura Collado da igreja
de Santa Cezillea da Bemfeita
baptisei sub condisine por ter sido
baptisado em caza, por [???]
e pus os Santos olios em a Capella de
Nossa Senhora da Assump'Sam deste
lugar da Bemfeita a Luis filho
do primeiro matrimonio, de Antonio Gonsalves
e de Maria da Rosa aquelle
natural do Monte Redondo freguesia
de Sam Pedro de Folques e esta natural
do lugar da Bemfeita desta freguesia
aonde moram neto paterno de Manoel
Gomes e de Maria Gonsalves esta natural
do Sardal desta mesma freguesia da
Bemfeita e aquelle natural de
Monte Redondo freguesia de Sam Pedro
de Folques [???] moraram. E
materno neto de Manoel Simoins e de Maria
da Rosa naturais e moradores do lugar da
Bemfeita desta mesma freguesia de
Santa Cezilia Nasceo a vinte do mes
e era Supra. Foram padrinhos Manoel
Martins e Jozefa Maria Ribeiro
deste lugar da Bemfeita E testemunhas
Joaquim Jose e Jose Pereira
deste mesmo lugar. E para constar fis este
assento que asignei. Bemfeita. dia
mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo [???]
Joaquim Jose
Jose Pereira"

Página 106 e 107:
"Pardieiros
Luis filho
de Luis
Antonio e de
Maria Antunes"
"Em os trinta e hum dias do Mes de Janeiro da
era de mil e Sete Centos e noventa e tres annos
eu o Padre Luis Bernardo João Cura Collado
da igreja de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei e pus os Santos olios em a capella
de Nossa Senhora da Assump'Sam deste lugar
da Bemfeita a Luis filho, do primeiro ma
matrimonio, de Luis Antonio e de Maria Antunes
esta natural do Monte frio desta freguesia e aquelle
natural dos Pardieiros desta mesma freguesia
aonde moram neto paterno de Antonio
Quaresma Fanha e de Maria Luiz esta natural
da Relva Velha desta freguesia e aquelle natural
dos Pardieiros desta mesma freguesia aonde
moram E materno neto de Manoel Dias e de Maria
Antunes esta natural do Inxudro desta freguesia
e aquelle natural do Monte frio desta mesma
freguesia aonde moraram; nasceo a vinte e Sinco do mes
e era Supra. Foram padrinhos Jose Quaresma Nunes
e Sua irmãa Josefa Quaresma Nunes do mesmo lugar
dos Pardieiros E testemunhas Jose Quaresma do
Santo Manoel Nunes deste mesmo lugar E para
constar fis este assento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo [???]
Manoel Nunes
Jose Quaresma"

Página 107 e 108:
"Montefrio.
Josefa filha
de Manoel Martins
e de Anna Lopes"
"Em os tres dias do Mes de Fevereiro da era
de mil e Sete Centos e noventa e tres annos
eu o Padre Luis Bernardo Santos Cura Collado
da igreja de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei e pus os Santos olios em a
capella de Nossa Senhora da Assump'Sam
Josefa filha do primeiro matrimonio de Manoel
Martins e de Anna Lopes aquelle
natural da Relva Velha desta freguesia
e esta do Monte frio desta mesma
freguesia aonde moram neta paterna
de Estevam Martins e de Anna
Nunes esta natural do Monte frio
e aquelle da Relva Velha aonde moram
ambos desta freguesia E materna neta
de Manoel Nunes e de Anna Lopes
esta natural da Bemfeita e aquelle do
Monte frio aonde moraram Nasceo a
vinte e nove de Janneiro da era Supra Foram
padrinhos Jose Martins e Sua Irmãa.
Maria Nunes da Relva Velha desta mesma
freguesia Testemunhas [???]
Nunes desta Bemfeita e Manoel Nunes
do Monte frio desta mesma freguesia.
E para Constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno ut
Supra.
O Cura Luis Bernardo [???]
[???] Nunes
Manoel Nunes."

Página 109 e 110:
"Bemfeita
Jose filho de
Antonio Jose
e de Catrina
Maria"
"Em os vinte e coatro dias do
mes de Março da era de mil e Sete
Centos e noventa e tres annos
baptisei e pus os Santos olios em
a capella de Nossa Senhora da AssumpSam
deste lugar o Padre Luis
Marques da Fonseca Ribeiro deste
mesmo lugar a Jose filho do
primeiro matrimonio de Jose digo de
Antonio Jose e de Catrina Maria esta
natural do Porto Castanheiro freguesia
de Teixeira e aquelle natural do Monte
frio desta freguesia de Bemfeita
porem moradores neste lugar da Bemfeita
Neto paterno de Joam Nunes e de
Maria Fernandes esta natural da Deflores
desta freguesia da Bemfeita e aquelle
natural do Monte Frio desta mesma freguesia
aonde moram E materno neto
de Matheus da Costa e de Maria das
Neves esta natural do Salgueiro freguesia
de Folques e aquelle do Porto
Castanheiro freguesia da Teixeira
aonde moraram Nasceio a desoito
do mes e era Supra Foram
padrinhos Antonio Carpinteiro e
Sua mulher Anna Fernandes deste
lugar da Bemfeita E testemunhas
Manoel Nunes Bras e [???]
Nunes deste mesmo lugar E para Constar
fis este assento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo [???]
Manoel Nunesv [???] Nunes."

Página 111 e 112:
"Bemfeita
Theodora
filha de Antonio
Nunes e de
Maria Micaella."
"Em os trinta e hum do mes de Março
da era de mil e Sete Centos e noventa
e tres annos eu Padre Luis Bernardo
Soares Cura Colado da igreja
de Santa Cezilia da Bemfeita
baptisei e pus os Santos olios em
esta igreja a Theodora filha do
primeiro matrimonio de Antonio Nunes
e de Maria Micaella naturais e
moradores deste lugar da Bemfeita
Neta paterna de Joam Nunes e de
Isabel Dias esta natural da Teixeira
e aquelle do sardal freguesia
da Bemfeita porem moradores
no Sardal E materna neta de Avou
incognito e de Micaella Nunes
natural e moradora deste lugar da
Bemfeita Nasceo a vinte e tres
do mes e era Supra. Foram padrinhos
Jose Nunes e Sua mulher Theodora
Gomes deste mesmo lugar da
Bemfeita E testemunhas Joaquim Jose
V.º e Jose Luis deste mesmo lugar
E para Constar fis este assento que asignei.
Bemfeita. dia mes e anno ut
Supra. O Cura Luis Bernardo Soares
Joaquim Jose
Jose Luis"

Página 114 e 115:
"Pardieiros
Manoel filho
de Antonio
Jose e
de Maria Josefa."
"Em os vinte e oito dias do mes
de Abril da era de mil e Sete Centos
e noventa e tres annos eu Padre
Luis Bernardo Soares Cura Colado
da igreja de Santa Cezilia da
Bemfeita baptisei Solenemente
em esta egreja de Santa Cezilia a
Manoel filho do primeiro matrimonio
de Antonio Jose e de Maria
Josefa esta natural da Surgasosa
freguesia de Pomares e aquelle
dos Pardieiros freguesia da
Bemfeita aonde moram Neto paterno
de Jose Affonso e de Ellena
Nunes naturais dos Pardieiros freguesia
de Bemfeita aonde moram E materno
Neto de Manoel Jose e de
Anna Gomes esta natural de Pomares
e aquelle da Surgasosa aonde moraram
freguesia de Santa Lusia de
Pomares Nasceo a vinte e hum do mes
e era Supra. Foram padrinhos Alexandre
Nunes e Sua mulher Rita Maria
do Inxudro freguesia da Bemfeita.
E testemunhas Manoel Nunes e
Francisco Jose Quaresma do Sobre dito
lugar dos Pardieiros. E para Constar fis
este assento que asignei. Bemfeita.
dia mes e anno ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel Nunes
Francisco Jose Quaresma"

Página 115 e 116:
"Montefrio.
Maria filha
de Roque
Jose e
de Josefa
Gomes."
"Em vinte Seis dias do mes de Mayo de
mil e Sete Centos e noventa e tres annos o
Padre Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro do lugar da Bemfeita batisou
em esta Igreja de Santa Cezilia
por [???] minha a Maria filha
de Roque Jose e de Josefa
Gomes aquelle natural de casal das Poças
freguesia de Avou e esta natural
do Monte frio aonde moram neta
paterna de Andre da Crus e de Maria
Quaresma esta natural da Relva
Velha freguesia da Bemfeita
e aquelle natural da Moura freguesia
de Avou aonde moraram E
materna neta de Joam Dias e de Rosa
Gomes aquelle natural de Castanheira
freguesia de fajam esta natural do Monte
frio aonde moram desta freguesia da
Bemfeita foram padrinhos Jose Gaspar
e Sua mulher Maria Nunes do
Monte frio E testemunhas o Padre Jose
Gregorio e [???] Nunes deste
lugar da Bemfeita Nasceo a dezoito do
mes e era Supra. E para constar fis este
assento que asignei. Bemfeita
dia mes e era ut Supra
O Cura Luis Bernardo Soares.
Manoel Nunes
[???] Nunes."

Página 117 e 118:
"Pardieiros
Rita filha
de Jose
Quaresma e de
Bernarda
Maria."
"Em os vinte e Sete dias do mes de Junho
da era de mil e Sete Centos e noventa
e tres annos baptisei em esta Igreja
de Santa Cezilia por minha [???]
o Padre Jose Gregorio da [???] deste
lugar da Bemfeita a Rita filha
de Jose Quaresma e de Bernarda
Maria esta natural da Surgasosa
freguesia de Pomares e aquelle natural
dos Pardieiros desta freguesia da
Bemfeita aonde moram Neta paterna
de Antonio quaresma e de Maria Luis
esta natural de Relva Velha desta
mesma freguesia e aquelle natural
dos Pardieiros desta freguesia aonde
moram. E materna neta de Manoel
Jose e de Anna Maria esta natural
de Pomares e aquelle da Surgasosa
da mesma freguesia de Pomares aonde
moram. Nasceo a desanove do
mes e anno Supra. Foram padrinhos
Jose Correa e Rita Gonsalves
deste Sobredito lugar da Bemfeita.
E testemunhas Jose quaresma Solteiro
e Manoel Nunes do Sobredito
lugar dos Pardieiros. E para constar fis
este assento que asignei. Bemfeita.
dia mes e era ut Supra.
O Cura Luis Bernardo Soares.
Jose quaresma
Manoel Nunes."

Página 120 e 121:
"Montefrio Jose
filho de Luis Jose
e de Maria Nunes"
"Declaro que
forao padrinhos Manoel
Joao dos Pardieiros
e Sua mulher Josefa
Maria"
"Em os vinte e quatro dias do Mes de Julho de mil,
e Sete Centos e noventa e tres, eu o Padre Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado, em esta egreja
de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita, batisei Solenemente,
Solenemente, pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias
que manda o Ritual Romano Pastorais, e Constituição deste
Bispado a Jose, que tinha nascido aos desasete dias do mesmo
Mes filho legitimo do primeiro Matrimonio de Luis
Jose, e de Sua mulher Maria Nunes ambos do lugar do
Montefrio desta freguesia, neta paterno de Joao Nunes
e de Maria Fernandes do mesmo lugar do Montefrio, e materno
de Antonio Dias, e de Anna Nunes, esta do mesmo lugar
asimo dito e aquelle natural da Bemfeita forao padrinhos [linha riscada]
[linha riscada]; forao testemunhas
Joao Quaresma, e Jose dos Santos do mesmo lugar; e por
verdade fis este termo que asignei oje dia Mes e era
ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Joao Quaresma Jose dos Santos"

Página 121:
"Bemfeita Rita
filha de Manoel
Luis e de Maria
Bernarda."
"Em os vinte e cinco dias do Mes de Julho de mil e Sete Centos
e noventa e tres, eu o Padre Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro Paroco Encomendado em esta egreja de Santa Cecilia
do lugar da Bemfeita, batisei Solenemente, pus os Santos olios
e fis todas as mais Cerimonias que manda as Pastorais, e Constituição
deste Bispado a Rita, que tinha nascido aos vinte
do mesmo Mes, filha legitima do primeiro Matrimonio de
Manoel Luis, e de Sua mulher Maria Bernarda ambos do
lugar da Bemfeita; neta paterna de Luis Jose, e de Maria
Nunes, esta natural do mesmo lugar, e aquelle do lugar do
Montefrio da mesma freguesia e materna de Joao Quaresma,
e de Bernarda Gomes do lugar da Bemfeita; forao
Padrinhos o Padre Luis Antonio Maria Joaquina Ribeiro
de Fonseca do mesmo lugar proximo dito, forao testemunhas o
Reverendo Padre Pedro Dias Quaresma, e Manoel Fernandes
do mesmo lugar da Bemfeita e por verdade fis este termo
que asignei oje dia, Mes, e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Fernandes o Padre Pedro Quaresma"

Página 121 e 122:
"Pardieiros Isidora
filha de Maria Nunes
Solteira"
"Em os quatro dias do Mes de Agosto de mil e Sete Centos
e noventa e tres eu o Padre Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro Paroco Encomendado, em esta egreja de
Santa Cecilia do lugar da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias, que manda
o Ritual Romano Pastorais, e Constituição deste Bispado a Isidora,
que tinha nascido aos vinte e Cinco de Julho da mesma era
filha de Maria Nunes Solteira do Lugar dos Pardieiros e de
Pai incognito, neta paterna de avós incognitos, e materna de
Jose Afonço, e de Elena Nunes do lugar dos Pardieiros
forao padrinhos Luis Jose, e Usidora Maria do mesmo
lugar dos Pardieiros forao testemunhas Jose Correa das
Luadas, e Jose Luis do lugar de Bemfeita e por verdade
fis este termo que asigno oje dia, Mes, e era ut
Supra. O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Correa Jose Luis"

Página 126:
"Bemfeita Romigio
filho de Antonio
Lopes, e de Maria
Quaresma"
"Em o primeiro dia do Mes de Outubro de mil e Sete Centos, e noventa
e tres, eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado
em esta egreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita
Batisei Solenemente, pus os Santos olios, e fis todas as
mais Cerimonias que mandao as Pastorais deste Bispado
a Romigio que tinha nascido aos vinte e hum Dias do
Mes de Setembro, filho legitimo de Antonio Lopes e
de Sua primeira mulher Maria Quaresma, esta natural deste
lugar da Bemfeita, e aquelle do Montefrio desta mesma
freguesia, neto paterno de Manoel Nunes, e de Anna Lopes esta
natural deste lugar da Bemfeita, e aquelle do mesmo Monte-frio,
aonde morarao, e materna de Antonio Quaresma
e de Maria Quaresma, esta natural do lugar dos Pardieiros
deste freguesia, e aquelle deste lugar da Bemfeita, onde
morao, forao padrinhos o Padre Antonio Dias e Josefa Quaresma
deste mesmo lugar da Bemfeita; forao testemunhas
o Reverendo Padre Pedro Dias Quaresma, e Antonio Nunes deste mesmo
lugar e por verdade fis este termo que asigno oje dia,
Mes e era ut Supra O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
O Padre Pedro Dias Quaresma Antonio Nunes"

Página 127:
"Montefrio
Jose filho de Manoel
Lopes, e de Angelica
da Silva."
"Em os vinte e Seis dias do Mes de Desembro de mil e Sete
Centos e noventa e tres annos eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro Paroco Encomendado em esta egreja
de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita batisei Solenemente,
pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias
que mandao o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Jose que tinha
nascido aos desoito dias do mesmo Mes, filho legitimo do
primeiro Matrimonio de Manoel Lopes, e de Angelica
da Silva esta natural da Villa de Avô, e aquelle
do lugar do Montefrio aonde morao, neto paterno
de Manoel Lopes e de Maria Nunes do mesmo
lugar do Montefrio desta freguesia, e materno
de Bernardo da Silva e de Pascoa Nunes, esta
natural do lugar do Montefrio asima dito, e aquelle
natural da Villa de Avô aonde morarao
forao Padrinhos Jose Gaspar e Sua mulher
Maria Nunes do mesmo lugar do Montefrio
forao testemunhas Manoel Fernandes, e Antonia
Simois ambos do mesmo lugar do Montefrio
e por verdade fis este termo que asigno
oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Fernandes Antonia Simois"

Página 129 e 130:
"Bemfeita Jose
filho de Antonio dos
Santos, e de Maria
Nunes"
"Em os vinte e dois dias do Mes de Janeiro de mil
e Sete Centos e noventa, e quatro, eu Luis Antonio Xavier da
Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado em esta egreja
de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita batisei Solenemente,
pus os Santos olios, e fis todas as mais
Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Jose que tinha
nascido no primeiro dia do mesmo Mes filho legitimo
do primeiro Matrimonio de Antonio
Santos, e de Maria Nunes, aquelle natural da
Villa de Coja, e esta natural deste lugar da
Bemfeita aonde morao neto paterno de Avo
incognito e de Maria Gomes natural de Coja
e materno de Luis Jose e de Maria Nunes
esta natural deste lugar da Bemfeita aonde
morao, e aquelle do lugar do Montefrio desta
mesma freguesia forao Padrinhos Joaquim
dos Santos da Villa de Coja, e Anna Maria deste
lugar da Bemfeita, forão testemunhas Antonio
de Araujo, e Antonio Lopes ambos deste mesmo
lugar da Bemfeita e por verdade fis este termo que
asigno oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Antonio Lopes Antonio Lopes"

Página 131:
"Pardieiros
Maria filha de Pedro
Joao, e de Rita
Maria"
"Em os vinte e tres dias do Mes de Fevereiro de
mil e Sete Centos e noventa e quatro, eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado
em esta egreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita,
pus os Santos olios e fis todas as mais Cerimonias
que mandao as Pastorais, e Constituição
deste Bispado, a Maria, que tinha Sido batisada
em casa, por se achar em perigo de Vida e tinha
nascido aos dose dias do mesmo Mes, filha legitima
do primeiro Matrimonio de Pedro Joao
e de Rita Maria esta natural do lugar dos
Pardieiros, e aquelle do Montefrio desta freguesia
neta paterna de Joao Dias, e de Rosa
Gomes, aquele da Castanheira freguesia de Fajam
e esta do mesmo lugar do Montefrio, aonde morarao,
e materna de Jose Dias, e de Maria
da Costa ambos do lugar dos Pardieiros aonde
morao, forao testemunhas Manoel Quaresma
e Francisco Jose ambos do mesmo lugar
dos Pardieiros, e por verdade fis este termo
que asignei oje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Quaresma Francisco Jose"

Página 131 e 132:
"Sardal Maria filha
de Manoel Francisco e de
Anna Gonsalves"
"Em os oito dias do Mes de Março de mil e Sete
Centos, e noventa e quatro, eu Luis Antonio Xavier
da Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado em
esta egreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita
batisei Solenemente, pus os Santos olios,
e fis as mais Cerimonias que manda o Ritual
Romano Pastorais e Constituição deste Bispado
a Maria que tinha nascido no primeiro dia
do mesmo Mes, filha legitima do primeiro
Matrimonia de Manoel Francisco, e de Anna
Gonsalves esta do lugar do Sardal, e aquelle
do Inxudro, desta freguesia de Santa Cecilia,
neta paterna de Manoel Francisco
Natural do Pai das Donas desta mesma freguesia
e de Maria Quaresma natural do mesmo lugar
do Inxudro, e materna de Jose Gonsalves natural
do Sardal desta freguesia, e de Cecilia Nunes natural
das Relvas freguesia da Teixeira, forao Padrinhos
o Padre Luis Antonio, e Maria Joaquina ambos deste
lugar da Bemfeita forao testemunhas Manoel
Lopes, e Manoel Correa ambos tambem deste mesmo
lugar, e por verdade fis este termo que asignei
oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Correa Manoel Lopes"

Página 132 e 133:
"Bemfeita Jose
filho de Jose das Neves
e de Francisca Maria"
"Em os vinte e dois dias do Mes de Abril de mil e Sete
Centos e noventa e quatro, eu Luis Antonio Xavier
da Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado em esta
egreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita
batisei Solenemente, pus os Santos olios, e fis todas
as mais Cerimonias que mandao as Pastorais, e Constituição
deste Bispado, a Jose que tinha nascido
aos vinte (digo) desoito dias do mesmo Mes filho
legitimo do primeiro Matrimonnio de Jose
das Neves e de Francisca Maria esta natural
do lugar dos Pardieiros desta freguesia, e aquelle
deste lugar da Bemfeita aonde morao
neto paterno de Manoel das Neves e de Maria
Nunes aquelle do lugar do Salgueiro freguesia
de Folques e esta deste mesmo lugar da Bemfeita
aonde morarao e materno de Jose Dias
e de Maria da Costa ambos naturais, e moradores
no lugar dos Pardieiros desta freguesia, forao
Padrinhos e Joaquina Correa, e Anna Correa
ambos deste lugar da Bemfeita forão testemunhas
Marcos Correa, e Jose Nunes ambos deste
mesmo lugar da Bemfeita, e por verdade fis
este termo que asignei oje dia Mes e era
ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Marcos Correa Jose Nunes"

Página 134:
"Montefrio Maria
filha de Roque Jose
e de Josefa Nunes"
"Em os vinte e Cinco dias do Mes de Maio de mil e Sete
Centos e noventa e quatro, eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro Paroco Encomendado em esta egreja de Santa
Cecilia do lugar da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias
que mandao o Ritual Romano Pastorais, e Constituição
deste Bispado a Maria, que tinha nascido
aos desoito dias do mesmo Mes, filha legitima
do primeiro Matrimonio de Roque Jose e de Josefa
Nunes aquelle natural do Casal das Poças
freguesia de Avô e esta do Montefrio aonde morao,
netta paterna de Andre da Costa e de Maria
Quaresma, esta natural da Relvas ella desta freguesia
e aquelle do lugar da Moira freguesia de Avô, moradores
porem nas Tocas da mesma freguesia de Avô
e materna de Joao Dias, e de Rosa Gomes, esta da
Castanheira freguesia de Fajam, e aquelle do mesmo
lugar do Montefrio asima dito, desta freguesia
forao Padrinhos Manoel Quaresma e Maria Anna
ambos do mesmo Casal das Tocasforao testemunhas
Jose Dias, e Jose Gaspar ambos do Montefrio asima
dito e por verdade fis este termo que asigno oje dia
Mes e era ut Supra. O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Dias Jose Gaspar"

Página 135:
"Relva Velha
Luis filho de Francisco
Martins e de
Maria Gomes"
"Em os vinte e Cinco dias do Mes de Maio de mil
e Sete Centos e noventa e quatro, eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado
em esta egreja de Santa Cecilia do lugar da Bemfeita
batisei Solenemente, pus os Santos olios
e fis todas as mais Cerimonias que mandao o
Ritual Romano Pastorais, e Constituição deste
Bispado a Luis, que tinha nascido aos
desoito dias do mesmo Mes, filho legitimo
do primeiro Matrimonio de Francisco Martins,
e de Maria Gomes, esta natural do Monte-frio,
e aquelle da Relva Velha desta
freguesia aonde morao, neto paterno de
Estevao Martins, e de Anna Nunes esta natural
do mesmo lugar do Montefrio e aquella
do mesmo lugar da Relva Velha
asima dito, e materno de Joao Dias e de
Rosa Gomes, esta natural do mesmo Monte
frio, já dito, e aquelle da Castanheira freguesia
de Fajam, forao padrinhos Manoel
Quaresma, e Maria Anna ambos
naturais do Casal das Poças freguesia de
Avô, forao testemunhas Jose Dias, e Jose
Gaspar ambos do lugar do Montefrio
desta freguesia e por verdade fis este
termo que asignei oje dia, Mes, e era ut
Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Dias Jose Gaspar"

Página 135 e 136:
"Sardal Antonio filho
de Jose Francisco e de Maria
da Costa"
"Em os vinte e nove dias do Mes de Maio de
mil e Sete Centos e noventa e quatro, eu Luis
Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Paroco Encomendado em esta egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita Batisei Solenemente, pus os Santos
olios, e fis todas as mais Cerimonias que mandao o Ritual
Romano Pastorais e Constituição deste Bispado
a Antonio, que tinha nascido aos vinte e tres dias
do mesmo Mes filho legitimo do primeiro Matrimonio
de Jose Francisco e de Maria da Costa
esta natural da Esculca freguesia de Coja, e aquelle
do Sardal desta freguesia aonde morao
neto paterno; de Joao Francisco, e de Anna Nunes,
esta natural do lugar freguesia da Teixeira
deste Concelho, e aquelle natural do mesmo lugar
do Sardal aonde morao e materno de Manoel da
Costa e de Teodora Gracia, aquelle natural das
Luadas desta freguesia e esta da Esculca freguesia
de Sam Miguel de Coja forao padrinhos
o respectivo Xavier Marques da Fonseca do lugar
da Bemfeita, e Luisa Maria do lugar do Sardal
desta freguesia forao testemunhas Francisco
Marques, do mesmo lugar do Sardal, e Marcos
Correa deste lugar da Bemfeita e por verdade
fis este termo que asignei oje dia Mes e era ut
Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Francisco Marques Marcos Correa"

Página 138:
"Drea Luisa
filha de Jose
Francisco e de Anna
Gomes"
"Em os vinte e nove dias do Mes de Junho de mil e Sete Centos
e noventa e quatro eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Paroco Encomendado em esta egreja de Santa Cecilia da
Bemfeita batisei Solenemente pus os Santos olios e fis as
mais Cerimonias que manda o Ritual Romano a Luisa
que tinha nascido aos vinte e hum do mesmo Mes filha
legitima de Jose Francisco e de Anna Gomes, esta natural
do Montefrio desta freguesia, e aquelle da Drea
aonde morao, neta paterna de Jose Francisco e de
Anna Nunes esta do Sardal desta freguesia e aquelle
do mesmo lugar da Drea e materna de Jose
Gaspar e de Agueda Gomes ambos naturais e moradores
no lugar do montefrio asima declarado forao
padrinhos o Padre Luis Antonio deste lugar da Bemfeita
e Anna Luisa da Drea ja dita forão testemunhas
Jose das Neves, e Manoel Nunes ambos deste
lugar da Bemfeita e por verdade fis este
termo que asignei oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose das Neves Manoel Nunes"

Página 139:
"Pardieiros
Jacinta filha de
Manoel Joao e de
Francisca Maria"
"Em os desoito dias do Mes de Agosto de mil e Sete Centos
e noventa e quatro, eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro Paroco Encomendado em esta egreja de Santa
Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente, pus os
Santos olios e fis todas as mais Cerimonias, que manda
o Ritual Romano Pastorais e Constituição deste
Bispado a Jacinta que tinha nascido ao dose dias
do mesmo mes filha legitima do primeiro Matrimonio
de Manoel Joao, e de Francisca Maria aquelle
natural do Inxudro desta freguesia e esta dos
Pardieiros aonde morao, neta paterna de Joao Lopes
e de Anna Nunes esta natural do mesmo lugar dos
Pardieiros e aquelle do Sobredito lugar do Inxudro
aonde morao, e materna de Manoel Francisco, e de
Maria Josefa esta natural da Moirisia freguesia
de Pardieiros e aquelle do Montefrio destea freguesia
moradores porem no Sobredito lugar dos Pardieiros
forao padrinhos Xavier Marques da Fonseca, e Maria
Joaquina da Fonseca, os quais fiserao procuraçao para
tocarem a batisada em Seu nome a Padre Luis
Antonio e a Umbelina Rosa Joaquina Ribeiro, ambos
deste mesmo lugar da Bemfeita assim como os
Padrinhos forao testemunhas Antonio Jose dos
Pardieiros e Jose Quaresma Solteiro deste lugar
da Bemfeita e por verdade fis este termo que
asignei oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Antonio Jose Jose Quaresma"

Página 139 e 140:
"Pardieiros Maria
filha de Jose Lopes
e de Josefa Maria"
"Em os nove dias do Mes de Setembro de mil e Sete Centos
e noventa e quatro, eu Luis Antonio Xavier da
Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado em esta
egreja de Santa Cecilia da Bemfeita, batisei Solenemente
pus os Santos olios, e fis todas as mais
Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado, a Maria que tinha
nascido aos tres dias do mesmo Mes
filha legitima do Segundo Matrimonio de
Jose Lopes e de Josefa Maria esta natural do
Caratam freguesia da Teixeira e aquelle natural
do Montefrio desta freguesia neta paterna de
Manoel Nunes, e de Anna Lopes esta natural deste
lugar da Bemfeita e aquelle natural do Monte
frio desta freguesia aonde morao, e materna
de João Affonço, e de Anna Fernandes aquelle
natural do lugar da Teixeira e esta do Caratam
aonde morao forao padrinhos o Reverendo Padre
Jose da Crus, e Maria Quaresma ambos do lugar dos
Pardieiros forao testemunhas Manoel Jose, e
o Reverendo Padre Pedro da Bemfeita e por verdade
fis este termo que asignei oje dia Mes
e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Jose o Padre Pedro [???]"

Página 141:
"Sardal
Anna filha de
Jose Nunes
e de Anna Nunes"
"Em os quatorse dias do Mes de Setembro de mil e Sete
Centos e noventa e quatro Luis Bernardo Soares
Vigario proprietario desta egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita, batisou em minha ausencia de Luis
Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Vigario Encomendado
da mesma egreja batisou digo pus
os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias que manda
o Ritual Romano a Anna, que tinha nascido
aos Seis dias do mesmo Mes filha legitima
de primeiro Matrimonio de Jose Nunes e de sua
mulher Anna Nunes aquella natural do lugar
do Monte Redondo freguesia de Folques,
esta natural do lugar do Sardal aonde morao
neta paterna de Bartolomeu Lopes e de Luisa
Nunes natural e moradores no Sobredito lugar
do Monte Redondo, e materna de Manoel Luis
e de Maria Nunes naturais e moradores no Sobre
dito lugar de Sardal forao padrinhos Jose
Simois e Rita das Neves, do mesmo lugar do
Sardal desta freguesia forao testemunhas Jose
Quaresma dos Pardieiros, e Manoel Lopes do [???]
do lugar do Montefrio ambos desta freguesia
e por verdade fis este termo que asignei oje
dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Quaresma Manoel Lopes"

Página 141 e 142:
"Montefrio Manoel
filho de Josefa
Maria"
"Em os quatorse dias do Mes de Setembro de mil e Sete Centos
e noventa e quatro Luis Bernardo Soares Vigario proprietario
desta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisou em ausencia de mim Luis Antonio Xavier
da Fonseca Ribeiro Encomendado na mesma
Egreja a Manoel que tinha nascido a dois do
mesmo Mes filho de Josefa Fernandes Solteira
do lugar do Montefrio desta freguesia e de pai
incognito neto materno de Manoel Fernandes
e de Maria Lopes, aquelle natural das Casas
Velhas freguesia de Campello de nossa Senhora
da Fraça, e esta do Sobre ditto lugar do
Monte frio aonde morao, forao pa digo neto
paterno de Avós incognitos, forao padrinhos
Manoel Lopes da Peneda e Maria Fernandes
ambos do mesmo lugar do Monte frio, forao
testemunhas Xavier Quaresma do lugar da Drea
desta freguesia e Jose Quaresma de Pardieiros
tambem desta freguesia e por verdade fis este termo que
asignei oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Quaresma Xavier Quaresma"

Página 141 e 142:
"Luadas Jose filho
de Manoel Gonsalves
e de Maria Nunes"
"Em os trinta dias do Mes de Setembro de mil e Sete Centos e noventa
e quatro eu Luis Bernardo Soares Parocho Proprietario desta
egreja de Santa Cecilia em ausencia de mim Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em a mesma
Egreja batisei Solenemente a Jose, que tinha nascido aos
vinte e quatro do mesmo Mes filho legitimo do Segundo
Matrimonio de Manoel Gonsalves, e de Maria Nunes esta
do Pisao freguesia de Coja, e aquelle das Luadas aonde
morao, neta paterno de Antonio Gonsalves natural do
Sardal, e de Anna Simois natural das Luadas aonde morarao,
e Materno de Manoel Gonsalves e de Anna Nunes
naturais do Sobredito Pisao de Coja aonde morao, forao
Padrinhos Manoel Affonço Solteiro, e Maria Rita ambos
deste lugar da Bemfeita, forao testemunhas Victor Jose
e Manoel Gonsalves Moso ambos do Sobredito lugar
das Luadas, e por verdade fis este termo que asignei
oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Victor Jose Manoel Gonsalves"

Página 143:
"Pardieiros Domitila
filha de pedro
Jose e de Luisa
Maria"
"Em os oito dias do Mes de Novembro de mil e Sete
Centos e noventa e quatro eu Luis Antonio Xavier
da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em esta
Egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente pus os Santos olios, fis as mais
Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Domitila,
que tinha nascido aos trinta e hum de Outubro,
filha legitima do primeiro Matrimonio de
Pedro Jose e de Luisa Maria naturais e moradores
do lugar dos Pardieiros desta freguesia
neta paterna de Jose Affonço, e de Elena Nunes
naturais e moradores no Sobredito lugar dos
Pardieiros, e materna de Manoel Nunes e de
Maria Antunes, aquelle natural do lugar do
Sardal desta freguesia, e esta do mesmo lugar
dos Pardieiros aonde morarao, forao padrinhos
o Reverendo Padre Jose da Crus Quaresma e
Sua irmam Maria Quaresma ambos do mesmo
lugar dos Pardieiros forao testemunhas Jose
Quaresma e Pedro Quaresma ambos tambbem
do mesmo lugar e por verdade fis este termo
que asignei oje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Pedro Quaresma Jose Quaresma"

Página 145:
"Bemfeita Rosaria
filha de Manoel Correa
e de Josefa Lopes"
"forao testemunhas
Jose dos Santos
e Joaquim Correa"
"Em os vinte e nove dias do Mes de Novembro de mil
e Sete Centos e noventa e quatro eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em esta
Egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente pus
os Santos olios, fis as mais Cerimonias que manda
o Ritual Romano Pastorais, e Constituição deste
Bispado a Rosaria que tinha nascido aos vinte
e hum do mesmo Mes filho legitimo do Segundo Matrimonio
de Manoel Correa, e de Josefa Lopes, esta
natural do Montefrio desta freguesia, e aquella deste
lugar da Bemfeita aonde morão, neto paterno
de Clemente Gomes, e de Maria Correa, aquele natural
da freguesia de Sinde, deste Bispado, e esta
natural deste lugar da Bemfeita aonde moram
e materno de Manoel Lopes e de Anna Nunes, esta
natural do Pai das Donas desta freguesia a aquelle
do Sobredito lugar do Montefrio aonde moram
forao padrinhos o Padre Jose Gregorio e Maria
Rita ambos deste lugar da Bemfeita forao testemunhas
Jose dos Santos, e o Reverendo Padre
Jose da Costa ambos tambem deste lugar e
por verdade fis este termo que asignei oje
dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose dos Santos Joaquim Correa"

Página 146:
"Bemfeita Andre
filha de Manoel Dias
e de Engracia Nunes"
"Em os trinta dias do Mes de Novembro de mil e Sete Centos
e noventa e quatro eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Parocho Encomendado em esta Egreja de Santa Cecilia da
Bemfeita batisei Solenemente pus os Santos olios, fis
todas as mais Cerimonias que manda o Ritual Romano
Pastorais e Constituição deste Bispado Andre, que
tinha nascido aos vinte e quatro do mesmo Mes, filho
legitimo do primeiro Matrimonio de Manoel Dias e de
Engracia Nunes esta natural dos Pardieiros desta freguesia,
e aquelle deste lugar da Bemfeita aonde morarao,
neto paterno de Manoel Dias, e de Romaria
Nunes ambos naturais deste mesmo lugar da Bemfeita
e materno de Jose Afonso, e de Elena Nunes
ambos naturais e moradores do Sobredito lugar dos
Pardieiros forao padrinhos Antonio Gonsalves
e Maria Romaria ambos deste mesmo lugar da
Bemfeita. forão testemunhas Joao Quaresma
e Antonio Nunes ambos tambbem deste lugar
e por verdade, fis este termo que asignei
oje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Joao Quaresma Antonio Nunes"

Página 146 e 147:
"Pardieiros Antonio
filho de Manoel Joao
e de Josefa Maria"
"Em os dois dias do Mes de Desembro de mil e Sete Centos e noventa
e quatro eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho
Encomendado em esta Egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente pus os Santos olios, e fis todas
as mais Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais,
e Constituição deste Bispado, Antonio que tinha
nascido aos vinte e quatro do Mes de Novembro, filho
legitimo do primeiro Matrimonio de Manoel Joao
e de Josefa Maria aquelle natural do Montefrio desta
freguesia, e esta natural dos Pardieiros aonde morao,
neto paterno de Joao Nunes, e de Maria Fernandes
esta natural da Deflores desta freguesia e aquelle
do Sobredito lugar do Montefrio aonde Morao
e materno de Manoel Nunes e de Maria Antunes,
aquelle natural do Sardal desta freguesia e esta
do Sobredito lugar Pardieiros aonde morao, forao
padrinhos o Padre Antonio Dias Quaresma por Cuja
procuracao tocou em Seu nome o batisado Jose
Lopes Quaresma, ambos deste lugar da Bemfeita
e Josefa Quaresma tambem deste lugar, forao
testemunhas Jose Preira, e Jose Gomes ambos
deste mesmo lugar da Bemfeita e por verdade fis
este termo que asignei oje dia Mes e era ut
Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Gomes Quaresma Jose Preira"

Página 147:
"Bemfeita Angella
filha de
Antonio Gonsalves
e de Maria da
Rosa"
"Em os dois dias do Mes de Desembro de mil e Sete Centos
e noventa e quatro eu Luis Antonio Xavier da
Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em esta
Egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente pus os Santos olios, e fis todas as
mais Cerimonias que manda o Ritual Romano
Pastorais e Constituição deste Bispado a Angela
que tinha nascido aos vinte e Seis do Mes de
Novembro antecedente da mesma era filha legitima
do primeiro Matrimonio de Antonio
Gonsalves e de Maria da Rosa aquelle natural
do Monte Redondo freguesia de Folques, e esta
natural deste lugar da Bemfeita aonde morao
neta paterna de Manoel Gomes e de Maria Gonsalves
esta natural do Sardal desta freguesia
da Bemfeita e aquelle do Sobre dito Monte Redondo
freguesia de Folques, e materna de Manoel
Simoins, e de Maria da Rosa naturais e moradores
neste lugar da Bemfeita forao padrinhos
Jose Gonsalves e Angela Gonsalves ambos
naturais e moradores do Sobredito Monte Redondo
forão testemunhas Jose Preira, e Jose Gomes
ambos deste lugar da Bemfeita e por verdade
fis este termo que asignei oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Gomes Jose Preira"

Página 150:
"Pardieiros
Roma filho de
Manoel Francisco e de
Anna Fernandes"
"Em os vinte e nove dias do Mes de Desembro de
mil e Sete Centos e noventa e quatro eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em
esta Egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente pus os Santos olios, e fis todas as mais
Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Roma
que tinha nascido aos desanove do mesmo
Mes filho legitimo do primeiro e Matrimonio
de Manoel Francisco, e de Sua mulher e Anna
Fernandes este natural do Caratam freguesia
da Teixeira e aquelle dos Pardieiros desta Freguesia
aonde morao neto paterno de Jose Francisco
e de Luisa QUaresma aquelle deste lugar da
Bemfeita e esta do Sobredito lugar dos Pardieiros
aonde morao e materno de João Afonço e
de Anna Fernandes, aquelle da freguesia da
Teixeira e esta do Sobre dito Caratam freguesia
da Mesma Teixeira aonde morarao, forao padrinhos
o Padre, Antonio Dias e Josefa Quaresma
ambos deste lugar da Bemfeita, forão testemunhas
Manoel Lopes e Manoel Gomes ambos deste
lugar da Bemfeita e por verdade fis este termo
que asignei oje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Lopes Manoel Gomes [???]"

Página 151 e 152:
"Relva Velha
Rita filha de
Manoel Lopes
e de Josefa
Gonsalves"
"Em os quatro dias do Mes de Fevereiro de mil
e Sete Centos e noventa Cinco, eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado
em esta Egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente pus os Santos olios
e fis todas as mais Cerimonias que manda
o Ritual Romano Pastorais e Constituição deste
Bispado a Rita que tinha nascido aos trinta
e hum do Mes de Janeiro da mesma era filha legitima
de proximo Matrimonio de Manoel Lopes
e de Josefa Gonsalves esta natural das Luadas
desta freguesia e aquelle da Relva Velha aonde
morao, neta paterna de Francisco Lopes, e de
Marisa Fernandes este natural dos Pardieiros
desta freguesia e aquelle do Sobre dito lugar
das Relva Velha desta mesma freguesia aonde
mararao, e materna de Antonio Gonsalves
e de Anna Simois aquelle natural do Sardal
desta freguesia, e esta das Luadas, tambem
desta freguesia aonde moraro, forao padrinhos
o Padre Jose da Crus e Josefa Maria ambos
do lugar dos pardieiros desta freguesia, forao
testemunhas Joao Quaresma deste lugar da Bemfeita
e Jose Nunes do Sobredito lugar da Relva
Velha e por verdade fis este termo que asignei
oje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Nunes Joao Quaresma"

Página 156:
"Bemfeita Margarida
filha de
Antonio dos Santos
e de Maria do
Rosario"
"Em os vinte e nove dias do Mes de Março de mil
e Sete Centos e noventa Cinco eu Luis Antonio Xavier
da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em esta Egreja
de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios e fis todas as mais Cerimonias
que manda o Ritual Romano Pastorais e Constituição
deste Bispado a Margarida, que tinha
nascido aos vinte e dois, dias do mesmo Mes filha
legitima do primeiro Matrimonio de Antonio
dos Santos, e de Maria do Rosario, esta natural
dos Pardieiros deste freguesia, e aquelle deste
lugar da Bemfeita aonde morao, neta paterna
de Sebastiao Nunes, e de Maria dos Santos
aquelle natural de Meda de Moiros, e esta deste
lugar da Bemfeita aonde morao, e materna
de Manoel Francisco e de Maria Josefa, esta
do lugar da Moirisia Freguesia de Pomares
aquelle do lugar do Montefrio desta freguesia,
e moradores nos Pardieiros desta freguesia
forao padrinhos o Padre Luis Antonio
e Ubelina Rosa Joaquina Ribeiro da Fonseca
ambos deste lugar da Bemfeita, forao testemunhas
Jose Lopes Quaresma, e Antonio Nunes
ambos deste mesmo lugar da Bemfeita e por
verdade fis este termo que asignei oje dia
Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Lopes Quaresma Antonio Nunes"

Página 157 e 158:
"Bemfeita Maria
filha de Francisco Jose
e de Marisa
Maria"
"Em os nove dias do Mes de Maio de mil e Sete
Centos e noventa Cinco eu Luis Antonio Xavier
da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado
em esta Egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente pus os Santos olios e fis
todas as mais Cerimonias que manda o Ritual Romano
Pastorais e Constituição deste Bispado a Maria
que tinha nascido em o primeiro dia do mesmo Mes
filha legitima do primeiro Matrimonio de Antonio
Jose e de Catherina, e de Catherina Maria, esta natural
do Porto Castanheiro freguesia da Teixeira, e aquelle
natural do Montefrio deste freguesia da
Bemfeita, moradores porem neste lugar da Bemfeita,
neta paterna de Joao Nunes e de Maria Fernandes
esta natural da Deflores desta freguesia, e aquelle
do Monte frio tambem desta mesma freguesia da Bemfeita
aonde morao, e materna de Matias da Costa, e de
Maria das Neves, esta natural do Salgueiro freguesia
de Folques, e aquelle do Porto Castanheiro freguesia
da Teixeira aonde morarao, forao padrinhos
o Reverendo Luis Antonio, e Maria Joaquina
ambos deste lugar da Bemfeita forao testemunhas
Manoel Joaquim Alfaiate, e Joaquim
Ribeiro ambos deste mesmo lugar e por verdade
fis este termo que asignei oje dia mes e era
ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Joaquim Ribeiro Manoel Joaquim"

Página 159:
"Pardieiros Luisa
filha de Manoel Nunes
e de Cacilia Maria"
"Em os quatorse dias do Mes de Maio de mil e Sete
Centos e noventa e Cinco eu Luis Antonio Xavier da
Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado em esta egreja
de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente pus
os Santos olios e fis todas as mais Cerimonias que manda
o Ritual Romano Pastorais e Constituição deste Bispado
a Luisa que tinha nascido aos Seis do mesmo Mes
filha legitima do primeiro Matrimonio de Manoel
Nunes este Cecilia Maria aquelle natural do Bucado
freguesia de Folques e esta dos Pardieiros desta
freguesia aonde morao, neta paterna de Joam
Nunes e de Maria Dias aquelle natural dos Cavalheiros
freguesia de Fajao, e esta do Bucado freguesia
Folques aonde morarao, e materna de Antonio Quaresma
e de Maria Luisa esta natural da Relva Velha
desta freguesia e aquelle dos Pardieiros desta freguesia
aonde Morao, forao padrinhos o Padre
Luis Antonio Xavier, e Maria Joaquina [???]
deste lugar da Bemfeita forao testemunhas Jose
Quaresma e Luis Antonio ambos do Sobre dito lugar
dos Pardieiros e por verdade fis este termo que asignei
oje dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Quaresma Luis Antonio"

Página 161:
"Montefrio
Pedro filho de
Pedro Nunes e de
Luisa Nunes."
"Em os trinta e hum dias do Mes de Maio de mil e Sete
Centos e noventa e Cinco eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro Paroco Encomendado em esta egreja de Santa
Cecilia pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias
que manda o Ritual Romano, Pastorais, e Constituição
deste Bispado, a Pedro, que tinha nascido desanove
do mesmo Mes, foi batisado em Casa por
haver perigo de Vida, filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Pedro Nunes, e de Luisa Nunes
naturais e moradores no lugar do Montefrio desta
freguesia, neto paterno de Joao Nunes e de Maria
Fernandes, esta natural da Deflores desta freguesia
e aquelle do Sobredito lugar do Montefrio aonde
Morao e materno de Jose Gonsalves e de Josefa
Nunes aquelle natural da Castinheira freguesia de
Fajam, e esta do mesmo lugar do Montefrio a
onde morarao, forao padrinhos designados, Jose
Gaspar, e Sua mulher do Sobredito lugar do Montefrio
forão testemunhas presentes Luis Gaspar de
mesmo lugar Antonio Jose deste lugar
da Bemfeita, e por verdade fis este termo, que
asignei oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Luis Gaspar Antonio Jose"

Página 162:
"Bemfeita Jose
filho de Manoel Gomes
e de Maria
Francisca"
"Em o primeiro dia do Mes de Junho de mil e Sete Centos e noventa
e Cinco eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado
em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente,
pus os Santos olios e fis todas as mais Cerimonias, que
manda o Ritual Romano Pastorais e Constituição deste Bispado
a Jose, que tinha nascido aos vinte e quatro do mes de
Maio [???], filho legitimo do primeiro Matrimonio
de Manoel Gomes, e de Sua mulher Maria Francisca naturais
e moradores neste lugar da Bemfeita, neto paterno de
Manoel Gomes e de Pascoa Quaresma aquelle natural do
Montefrio desta freguesia, esta natural deste lugar da
Bemfeita aonde morao, e materno de Manoel Fernandes
e de Maria Andre naturais, e moradores neste mesmo lugar
da Bemfeita, forao padrinhos Antonio Gonsalves
e Sua mulher Maria da Rosa, moradores neste mesmo
lugar forao testemunhas Jose Preira, e Jose das Neves
ambos deste mesmo lugar, e por verdade fis este termo
que asignei oje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Preira Jose das Neves"

Página 162 e 163:
"Sardal Maria
filha de Manoel
Nunes e de Rita
Fernandes"
"Em os quatro dias do Mes de Junho de mil e Sete Centos e noventa
e Cinco eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Paroco
Encomendado em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente, pus os Santos olios, e fis todas as mais
Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais e
Constituição deste Bispado a Maria, que tinha nascido
aos vinte e oito de Maio da mesma era, filha legitima
do primeiro Matrimonio de Manoel Nunes
e de Rita Fernandes aquelle natural do Porto Castanheiro
freguesia da Teixeira e esta do lugar do
Sardal desta freguesia aonde morao, neta paterna
de Manoel Nunes e de Anna Pereira ambos
naturais e moradores no Sobredito lugar do
Porto Castanheiro e materna neta de Manoel Luis
e de Anna Fernandes esta natural do mesmo lugar
lugar do Porto Castanheiro freguesia da Teixeira, e aquelle
do Sobredito lugar do Sardal desta freguesia da
Bemfeita aonde morarao forao padrinhos Joao
Simois e Rita Nunes ambos do mesmo lugar do
Sardal, forao testemunhas Manoel Nunes do
mesmo lugar do Sardal, e Manoel Nunes Solteiro
deste lugar da Bemfeita, e por verdade fis este
termo que asignei oje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Nunes Manoel Nunes Solteiro"

Página 167 e 168:
"Pardieiros
Anna filha de
Antonio Jose
e de Maria Josefa"
"Em os vinte tres dias do Mes de Agosto
de mil e Sete Centos e noventa e Cinco, Luis
Bernardo Suares Paroco Proprietario desta
egreja da Bemfeita batisei Solenemente,
pus os Santos olios, e fis todas as
mais Cerimonias, que manda o Ritual
Romano Pastorais e Constituição deste
Bispado a Anna que tinha nascido
aos quinse dias do mesmo Mes
filho legitimo do primeiro Matrimonio
de Antonio Jose, e de Maria Josefa, esta
natural da Sorgaçosa freguesia de
Pomares e aquella dos Pardieiros desta
freguesia aonde moram, neta paterna de
Jose Affonço e de Elena Nunes neturais
e moradores nos Pardieiros e Sobre dito, e
materna de Manoel Jose e de Anna Maria
naturais e moradores no Sobredito
Lugar da Sorgaçosa freguesia de Pomares
forao padrinhos Jose Quaresma
da Fonte e Sua mulher Maria das Neves
do lugar dos Pardieiros forão testemunhas
Luisa Jose e Jose Quaresma
do mesmo lugar, e por verdade eu Luis Antonio
Luis Xavier da Fonseca Ribeiro Paroco Encomendado
nesta mesma egreja, fis este termo, que asignei
oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
O Cura Luis Bernardo Soares
Luisa Jose Jose Quaresma"

Página 169 e 170:
"Pardieiros
Manoel filho de Jose
Quaresma e de Bernarda
Maria"
"Em os vinte dias do Mes de Setembro de
mil e Sete Centos e noventa e Cinco eu Luis
Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho
Encomendado em esta egreja de Santa
Cecilia da Bemfeita batisei Solen
Solenemente para os Santos olios, fis todas as
mais Cerimonias que manda o Ritual Romano
Pastorais e Constituição deste Bispado, a
Manoel que tinha nascido aos quatorse
dias do mesmo Mes, filho legitimo do
primeiro Matrimonio de Jose Quaresma
e de Bernarda Maria, esta natural da Surguasosa
freguesia de Pomares e aquelle dos
Pardieiros aonde morao neto paterno de
Antonio Quaresma, e de Maria Luisa esta
natural da Relva Velha desta freguesia, e
aquelle natural do Sobredito Pardieiros
desta freguesia aonde Morao; e Materno
neto de Manoel Jose, e de Anna Maria
esta natural de Pomares, e aquella
da Surguasosa da mesma freguesia de Pomates
aonde morao, forao padrinhos Jose
Correa e Rita Gonsalves deste lugar da
Bemfeita, forao testemunhas Antonio
Jose e Jose Quaresma Solteiro ambos
dos Pardieiros desta freguesia e por verdade
fis este termo que asignei oje
dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Antonio Jose Jose Quaresma"

Página 173:
"Bemfeita Rosaria
filha de Antonio Lopes
e de Maria Quaresma"
"Em os Seis dias do Mes de Novembro de mil e Sete Centos e noventa e Cinco
eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em esta
egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente para os
Santos olios e fis todas as mais Cerimonias que manda o Ritual
Romano Pastorais e Constituição deste Bispado, a Rosaria que
tinha nascido aos trinta e hum de Outubro proximo pasado, filha
legitima do primeiro Matrimonio de Antonio Lopes e de Maria
Quaresma aquelle natural do Montefrio desta freguesia
e esta deste lugar da Bemfeita aonde morao, neta paterna de
Manoel Nunes, e de Anna Lopes, esta natural deste lugar da Bemfeita,
e aquelle do Sobredito Montefrio aonde morarao, e materna
neta de Antonio Quaresma e de Maria Quaresma, esta
natural dos Pardieiros desta freguesia e aquelle deste lugar
da Bemfeita aonde morao, forao padrinhos o Padre Antonio
Dias, e Josefa Quaresma deste lugar da Bemfeita
forao testemunhas Manoel Joao e Jose Gomes ambos deste
lugar da Bemfeita e por verdade fis este termo que asignei
oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Joao Jose Gomes"

Página 174:
"Pardieiros Josefa
filha de Pedro
Joao e de
Rita Quaresma"
"Em os oito dias do Mes de Novembro de mil e Sete Centos e noventa
e Cinco eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado
em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente pus os Santos olios e fis as mais Cerimonias que
manda o Ritual Romano Pastorais e Constituição deste Bispado
a Josefa que tinha nascido o primeiro do mesmo Mes, filha
legitima do primeiro Matrimonio de Pedro Joao e de Rita
Maria Quaresma, aquelle natural do Montefrio, desta freguesia,
e esta dos Pardieiros aonde morao, neta paterna de Joao
Dias e de Rosa Gomes aquelle natural da Castanheira freguesia
de Fajam, e esta do lugar do Monte frio e onde morarao
e materna neta de Jose Dias, e de Maria da Costa, naturais
e moradores no lugar dos Pardieiros desta freguesia.
forao padrinhos Jose Quaresma, e Maria das Neves ambos
do Sobredito lugar dos Pardieiros forao testemunhas Manoel
Quaresma, e Jose Quaresma ambos do mesmo lugar, e por
verdade fis este termo que asignei oje dia Mes e era ut
Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Jose Quaresma Manoel Quaresma"

Página 178:
"Luadas Jose
filho de Manoel
Gonsalves do
Soito e de
Maria Gonsalves"
"Em os trinta e hum dias do Mes de Janeiro de mil
e Sete Centos e noventa e Seis eu Luis Antonio Xavier
da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em esta
egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios e fis todas as mais Cerimonias,
que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Jose, que tinha
nascido aos vinte e Cinco do Mes de Janeiro filho
legitimo do Segundo Matrimonio de Manoel
Gonsalves e de Maria Nunes, esta natural
do Pisao freguesia de Coja, e aquelle das
Luadas desta freguesia aonde morao neto paterno
de Antonio Gonsalves natural do Sardal
desta freguesia, e de Anna Simoins natural do
sobre dito lugar das Luadas aonde morarao, e
materno neto de Manoel Gonsalves e de Anna
Nunes moradores, e naturais do Sobre dito Lugar
do Pisao, forao padrinhos Jose Gonsalves
e Engracia Gonsalves do mesmo lugar de Pisao
forao testemunhas Antonio Gonsalves e Manoel
Gonsalves ambos do Sobredito lugar das Luadas
e por verdade fis este termo que asignei oje dia
Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Antonio Gonsalves Manoel Gonsalves"

Página 178 e 179:
"Pardieiros
Maria filha de Manoel
Francisco [???], e de
Anna Francisca"
"Em os quinse dias do Mes de Fevereiro de mil e Sete Centos
e noventa e Seis eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Parocho Encomendado em esta egreja de Santa Cecilia da
Bemfeita batisei Solenemente pus os Santos olios e fis
todas as mais Cerimonias que manda o Ritual Romano
Pastorais e Constituição deste Bispado a Maria
que tinha nascido aos nove dias do mesmo Mes filha
legitima do primeiro Matrimonio de Manoel Francisco,
e de Anna Fernandes esta natural do Caratam
freguesia da Teixeira e aquelle do lugar dos Pardieiros
aonde morão neta paterna de Jose Francisco,
natural deste lugar da Bemfeita, e de Luisa
Quaresma natural do Sobre dito lugar dos Pardieiros
deste freguesia aonde morao, e materna neta
de João Affonço e de Anna Fernandes, aquelle
do lugar e freguesia da Teixeira e esta do mesmo lugar
do Caratam asima dito, forao padrinhos Antonio
Fernandes e Josefa Domingues do mesmo lugar
ao Caratam forao testemunhas Manoel Correa
deste lugar da bemfeita, e Antonio Jose lo
do lugar dos Pardieiros e por verdade fis este termo
que asignei oje dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Correa Antonio Jose"

Página 179:
"Relva Velha
Luis filho de
Manoel Luis
e de Anna Nunes"
"Em vinte e hum dias do Mes de Fevereiro de mil e Sete Centos
e noventa e Seis eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Paroco Encomendado em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente pus os Santos olios, e fis todas as
mais Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais e Constituição
deste Bispado a Luis que tinha nascido aos
desasete dias do mesmo Mes filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Manoel Luis, e de Anna Nunes, esta
natural do Valado freguesia de Avô e aquelle do
Sardal desta freguesia moradores porém na Relva Velha
desta freguesia neto paterno de Manoel Luis e de
Anna Fernandes, esta natural do Porto Castanheiro freguesia
da Teixeira, e aquelle do lugar do Sardal desta freguesia
aonde morarao, e materno neto de Agostinho Nunes
e de Maria Lopes, aquelle natural da Relva Velha
desta freguesia, e esta natural do Vallado freguesia
de Avô, aonde morarao, forao padrinhos e Tios Luis
Antonio e Ubelina Rosa Joaquina deste lugar da
Bemfeita, forao testemunhas Marcos Correa e Jose
Nunes Lopes ambos deste lugar da Bemfeita e por
verdade fis este termo que asignei oje dia Mes
e era ut Supra.
Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Marcos Correa Jose Nunes Lopes"

Página 180 e 181:
"Pardieiros
Jose filho de
Luis Antonio
e de Maria Antunes"
"Em os vinte e dois dias do Mes de Fevereiro de mil e Sete
Centos e noventa e Seis eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro Paroco Encomendado em esta egreja de Santa
Cecilia da Bemfeita pus os Santos olios, e fis as
mais Cerimonias, que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Jose, que tinha
nascido aos quinse dias do Sobredito Mes o qual
tinha Sido batisado em Casa por [???],
ahi o Sacramento por bem feito filho legitimo
de Luis Antonio, e de Maria Antunes
esta natural do Montefrio desta freguesia, e aquelle
dos Pardieiros aonde morao, neto paterno de An
Antonio Quaresma, e de Maria Luisa, esta natural da
Relva Velha desta freguesia, e aquelle dos Pardieiros tambem
desta freguesia aonde morao e materno neto de Manoel
Dias e de Maria Antunes, esta natural do Inxudro
desta freguesia e aquelle do Montefrio tambem desta
freguesia aonde morarao, forao testemunhas Manoel
Nunes e Jose Quaresma ambos do Sobre dito lugar
dos Pardieiros deste freguesia e por verdade fis este
termo que asignei oje dia Mes
e era ut Supra.
Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Marcos Correa Jose Nunes Lopes"

Página 182 e 183:
"Pardieiros
Jose filho de
Antonio Gonsalves
e de Maria da
Crus."
"Em os quatro dias do Mes de Abril de mil e Sete
Centos e noventa e Seis eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Ribeiro Parocho Encomendado nesta egreja de
Santa Cecilia pus os Santos olios Com a Solenidade
que manda o Ritual Romano, a Jose, que
tinha nascido aos vinte e cinco de Março da era
Supra, o qual tendo Sido batisado em Casa por
Se temer perigo de Vida filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Antonio Gonsalves e de
Maria da crus, aquelle natural do Sardal desta
freguesia e esta natural dos Pardieiros tambem
desta freguesia aonde morao neto paterno
de Jose Gonsalves e de Cecilia Nunes esta
natural das Relvas freguesia da Teixeira e
aquelle natural do Sobredito lugar do Sardal
desta freguesia a onde morao, e materno neto
neto de Jose da Crus e de Josefa Quaresma, aquelle
natural de Folques freguesia de Sam Pedro, termo
de Arganil, e esta dos Pardieiros desta freguesia
de morao, forao testemunhas Manoel Joao, e Pedro
Jose ambos do mesmo lugar dos Pardieiros e
para que conste fis este termo que asignei
oje dia e Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Manoel Joao Pedro Jose"

Página 185:
"Montefrio
Luis filho de
Luis Jose
e de Maria
Nunes"
"Em os desasete dias do Mes de Abril de mil e Sete Centos
e noventa e Seis eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Parocho Encomendado em esta egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita batisei Solenemente pus os Santos
olios e fis todas as mais Cerimonias que manda
o Ritual Romano Pastorais e Constituição
deste Bispado a Luis, que tinha nascido
aos Seis dias do mesmo Mes e era Supra filho
legitimo do primeiro Matrimonio de Luis
Jose e de Maria Nunes naturais e moradores
no lugar de Montefrio desta freguesia da
Bemfeita neto paterno de Joao Nunes e de
Maria Fernandes naturais e moradores no Sobre
dito lugar do Montefrio e materno neto
de Antonio Dias e de Anna Nunes aquelle
natural deste lugar da Bemfeita, e esta do
Montefrio aonde morarao, forao padrinhos
a Manoel Joao, forao testemunhas Pedro Nunes
do Montefrio a Manoel Simois Solteiro das
Luadas ambos desta freguesia e para constar
fis este termo que asignei oje dia Mes
e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Pedro Nunes Manoel Simois"

Página 187:
"Bemfeita
Josefa filha
de Manoel Luis
e de Maria Bernarda"
"Em os vinte e dois dias do Mes de Maio de
mil e Sete Centos e noventa e Seis eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em esta
egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios e fis todas
as mais Cerimonias, que manda o Ritual
Romano Pastorais e Constituição deste Bispado
a Josefa, que tinha nascido aos quinse
do mesmo Mes filha legitima do primeiro
Matrimonio de Manoel Luis, e de Maria
Bernarda, ambos naturais e moradores neste
lugar da Bemfeita, neta paterna, de Luis
Jose, e de Maria Neta, aquella natural
do Monte frio desta freguesia, e esta deste
lugar da Bemfeita e materna neta de Joao
Fernandes e de Bernarda Quaresma, esta
natural de Sardal e aquelle dos Pardieiros
ambos deste freguesia e moradores neste
lugar da Bemfeita forao padrinhos o Padre
Luis Antonio e Umbelina Rosa Joaquina
da Fonseca Ribeiro ambos deste lugar
da Bemfeita forao testemunhas Marcos
Correa e Antonio Quaresma ambos
deste lugar da Bemfeita e por verdade
fis este termo que asignei oje dia
Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Antonio Quaresma Marcos Correa"

Página 187 e 188:
"Sardal Maria
filha de Manoel Nunes
do Simo e de
Rita Nunes
Fernandes"
"Em os dose dias do Mes de Junho de mil e Sete
Centos e noventa e Seis eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado
em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente pus os Santos olios e
fis todas as mais Cerimonias que manda o
Ritual Romano Pastorais deste Bispado
a Maria que tinha nascido aos cinco
dias do mesmo Mes filha legitima do primeiro
Matrimonio de Manoel Nunes e de Rita
Nunes aquelle natural do Porto Castanheiro
freguesia da Teixeira, e esta natural do Sar
Sardal desta freguesia, a onde morao, neta paterna de
Manoel Nunes, e de Anna Preira ambos naturais e moradores
no Sobre dito lugar do Porto Castanheiro, e materna
de Manoel Luis, e de Anna Fernandes esta
natural do mesmo lugar do Porto Castanheiro, e
aquelle do Sobredito lugar do Sardal desta freguesia
aonde morarao forao padrinhos Francisco
Marques, e Sua mulher Luisa Maria do lugar do
Sardal asima dito, forao testemunhas a Marcos
Correa, e Antonio Solteiro deste lugar da
Bemfeita e por verdade fis este termo que asignei
oje dia Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Marcos Correa Antonio Solteiro"

Página 188:
"Pardieiros
Joao filho de
Manoel Joao Lopes
e de Francisca
Maria"
"Em os vinte e quatro dias do Mes de Junho de mil e Sete
Centos e noventa e Seis eu Luis Antonio Xavier
da Fonseca Ribeiro Parocho Encomendado em esta egreja
de Santa Cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente pus os Santos olios e fis todas
as mais Cerimonias que manda o Ritual Romano,
Pastorais e Constituição deste Bispado, a
Joao, que tinha nascido aos desoito dias do mesmo
Mes filho legitimo do primeiro Matrimonio
de Manoel Joao Lopes, e de Francisca
Maria aquelle natural do Inxudro desta
freguesia, e esta dos Pardieiros aonde morao,
neto paterno de Joao Lopes e de Anna
Nunes esta natural do Sobredito lugar
dos Pardieiros e aquelle do Sobredito lugar
do Inxudro aonde morao, e materno neto de
Manoel Francisco e de Maria Josefa esta
natural da Mourisia freguesia de Pomares
e aquelle do Montefio desta freguesia, e moradores
na Bemfeita asim dito forao
Padrinhos Jose Nunes Correa da Drea
e Sua Mulher Maria Nunes, forao testemunhas
Antonio dos Santos, e Maria Correa
deste lugar da Bemfeita, e por verdade fis
este termo que asignei oje dia Mes e
era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca Ribeiro
Antonio dos Santos Maria Correa"

Página 190:
"Montefrio
Lourença filha
de Joaquim
Ribeiro, e de Josefa
Lopes"
"Em os des dias do Mes de Agosto de mil e Sete Centos e noventa
e Seis eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Parocho
Encomendado nesta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
Batisei Solenemente pus os Santos olios e fis todas
as Cerimonias que manda o Ritual Romano, Pastorais
e Constituição deste Bispado, a Lourença que tinha nascido
aos trinta dias do mes de Julho proximo onde
[???], filha de Joaquim Ribeiro e de Josefa
Lopes, esta natural deste lugar da Bemfeita e
neta do Montefrio aonde morao neta paterna
de Xavier Marques da Fonseca e de Maria Ribeiro
da Fonseca ambos naturais e moradores neste lugar
da Bemfeita, e materna de Manoel Fernandes
e de Maria Lopes aquelle natural das Casas Velhas
freguesia de Campello de Nossa Senhora da Graça
e esta do Sobre dito lugar do Montefrio aonde morao,
forao padrinhos Luis Antonio e Sua mulher
Maria do Rosario deste lugar da Bemfeita forao
testemunhas Antonio Simoins e Manoel Lopes do
Sobredito lugar do Montefrio, e por verdade fis
este termo que asignei oje dia Mes e era
ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio Simoins Manoel Lopes"

Página 190 e 191:
"Bemfeita Manoel
filho de Jose das
Neves, e de Francisca
Maria da Costa"
"Em os quinse dias do Mes de Agosto de mil e Sete Centos e noventa
e Seis eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Parocho Encomendado
nesta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita Batisei Solenemente
pus os Santos olios e fis todas as Cerimonias
que manda o Ritual Romano Pastorais e Constituição deste
Bispado a Manoel, que tinha nascido, aos cinco
dias do Mesmo Mes filho legitimo do primeiro Matrimonio
de Jose das Neves e de Francisca Maria esta
natural dos Pardieiros desta freguesia e aqui
deste lugar da Bemfeita aonde moram neto pa
paterno de Manoel das Neves e de Maria Nunes aquelle
natural do Salgueiro freguesia de Folques e esta natural
deste lugar da Bemfeita aonde morarao, e materno neto de
Jose Dias e de Maria da Costa naturais e moradores
no lugar dos Pardieiros desta freguesia forao padrinhos
Jose Nunes Lopes deste lugar da bemfeita, e
Maria da Costa e Solteira do Sobredito lugar dos Pardieiros
forao testemunhas Jose Correa e Jose dos
Santos ambos deste lugar da Bemfeita e para
que conste fis este termo que asignei oje dia
Mes e era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca
Jose Correa Jose dos Santos"

Página 191:
"Montefrio
Rosaria filha
de Manoel Lopes
da Peneda e de
Angelica da
Silva"
"Em os vinte e hum dias do Mes de Setembro de mil e Sete Centos
e noventa e Seis eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Parocho
Encomendado nesta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente, pus os Santos olios e fis as mais
Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais e
Constituição deste Bispado a Rosaria que tinha nascido
aos des dias do mesmo Mes filha legitima do
primeiro Matrimonio de Manoel Lopes, e de Angelica
da Silva, esta natural da Villa de Avô, e aquelle do
Montefrio aonde morao neta paterna de Manoel Lopes
e de Maria Nunes ambos naturais e moradores no Sobre
dito lugar do Montefrio e materna neta de Bernardo
da Silva, e de Pascoa Nunes esta natural do Sobre
dito lugar do Montefrio e aquelle da Sobre dita
Villa de Avô aonde morao, forao padrinhos Jose
Gaspar e Sua mulher Maria Nunes do mesmo lugar
do Montefrio forao testemunhas Francisco
Marques e Jose Nunes do sardal desta freguesia
e por verdade fis este termo, que asignei oje
dia Mes e era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca
Francisco Marques Jose Nunes"

Página 192:
"Bemfeita
Albino filho
de Jose Lopes
Quaresma e de isidora
Maria Ribeiro
da Fonseca"
"Em os Sete dias do Mes de Outubro de mil e Sete Centos
e noventa e Seis eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Parocho Encomendado nesta egreja de Santa Cecilia da
Bemfeita batisei Solenemente, pus os Santos olios
e fis as mais Cerimonias que manda o Ritual
Romano Pastorais e Constituição deste Bispado, a Albino,
que tinha nascido a Vinte e tres dias de
Setembro proximo pasado filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Jose Lopes Quaresma, e de Isidora
Maria Ribeiro da Fonseca nturais e moradores neste
lugar da Bemfeita neto paterno de Manoel
Lopes e de Engracia Quaresma naturais e moradores
neste mesmo lugar da Bemfeita, e materno neto
de Xavier Marques da Fonseca, e de Maria Ribeiro
da Fonseca, aquelle natural do Salgueiral freguesia
de Coja e esta deste lugar da Bemfeita aonde
marao forao padrinhos Jose Luis e Sua irmam
Dona Rosa da Villa de Coja, os quais derao procurasao
ao Reverendo paroco Pedro Luis Quaresma
deste lugar da Bemfeita para que em Seu nome
[???], na pia Baptismal o que [???] na verdade
fis forao testemunhas Maria Correa e Manoel
Correa ambos deste lugar da Bemfeita, e por verdade
fis este termo, que asignei oje dia Mes e
era ut Supra. O Encomendado
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Maria Correa Manoel Correa"

Página 194 e 195:
"Relva Velha
Antonio filho de Manoel
Lopes e de Josefa
Gonsalves"
"Em os vinte e seis dias do Mes de Fevereiro de mil e Sete
Centos e noventa e Sete eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco Encomendado em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente, pus os Santos olios, e fis todas
as mais Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais, e
Constituição deste Bispado a Antonio que tinha nascido aos
Vinte e dois dias do mesmo Mes filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Manoel Lopes e de Josefa Gon
Gonsalves esta natural das Luadas desta freguesia e aquelle
da Relvavelha tambem desta freguesia aonde morao neto
paterno de Francisco Lopes e de Anna Fernandes, esta
natural dos Pardieiros desta freguesia e aquelle do Sobre
dito lugar da Relva Velha aonde morarao, e materno neto
de Antonio Gonsalves e de Anna Simois aquelle natural
do Sardal desta freguesia e esta das Luadas aonde
morao forao padrinhos o Parocho Jose da Crus, e Sua
Mulher Josefa Quaresma ambos doas Pardieiros desta
freguesia forão testemunhas Francisco Martins e Manoel
Quaresma este dos Pardieiros, e aquelle da Relvavelha
desta mesma freguesia e por verdade fis este
termo que asignei oje dia Mes era ut Supra
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca
Francisco Martins Manoel Quaresma"

Página 196:
"Sardal Manoel
filho de Manoel Francisco
e de Anna Gonsalves"
"Em os nove dias do Mes de Março de mil e Sete Centos e noventa
e Sete eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco Encomendado
nesta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias que manda
o Ritual Romano Pastorais, e Constituição deste Bispado
a Manoel que tinha nascido aos tres, dias de Março
filho legitimo do primeiro Matrimonio de Manoel Francisco
Quaresma, e de Anna Gonsalves aquelle natural do
Inxudro deste freguesia, e esta do Sardal aonde morao,
neto paterno de Manoel Francisco, e de Maria Quaresma
aquelle natural de Pai das Donas desta freguesia, e esta
do Sobre dito Lugar do Inxudro, aonde morao, e materno
neto de Jose Gonsalves, e de Cecilia Nunes
esta natural das Relvas freguesia da Teixeira, e aquelle
do Sardal desta freguesia aonde morão, forao
padrinhos Jose Lopes Quaresma e Sua filha Embelina
Rosa Joaquina deste lugar da Bemfeita forao
testemunhas Manoel Lopes e Manoel Nunes
ambos deste lugar da Bemfeita, e por verdade fis
este termo, que asignei oje dia Mes era ut Supra.
Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Lopes Manoel Nunes"

Página 198:
"Pardieiros Josefa
filha de Pedro
Jose e de Luisa
Maria"
"Em os vinte e tres dias do Mes de Abril de mil
e Sete Centos, e noventa e Sete, eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Paroco Encomendado em esta egreja
de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente,
pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias,
que manda o Ritual Romano Pastorais, e Constituição
deste Bispado, a Josefa, que tinha
nascido aos desasete do mesmo Mes, filha legitima
do primeiro Matrimonio de Pedro Jose, e de Luisa
Maria naturais e moradores no lugar dos Pardieiros
desta freguesia neta paterna de Jose Affonso,
e de Ellena Nunes naturais e moradores no
Sobre dito lugar dos Pardieiros, e materna neta
de Manoel Nunes, e de Maria Antunes, aquelle
natural do lugar do Sardal deste freguesia
e esta do mesmo lugar dos Pardieiros forao padrinhos
o Padre Jose da Crus, e Sua Mai Josefa
Maria do MEsmo lugar dos pardieiros forao
testemunhas Jose Quaresma, e Manoel Nunes
do mesmo lugar, e para que Conste fis termo
que asignei oje dia Mes era ut Supra.
O Encomendado Luis Antonio Xavier da Fonseca
Jose Quaresma Manoel Nunes"

Página 200 e 201:
"Bemfeita Jacinta
filha de Antonio
dos Santos e de Maria
do Rosario"
"Em os Seis dias do Mes de Junho de mil e Sete Centos e noventa e Sete
eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco Encomendado
nesta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias
que manda o Ritual Romano Pastorais e Constituição
deste Bispado a Jacinta, que tinha nascido aos Vinte
e nove dias de Maio proximo pasado filha legitima
do primeiro Matrimonio de Antonio dos Santos, e de
Maria do Rosario, deste lugar da Bemfeita aonde morao, neta
paterna de Sebastiam Nunes e de Maria dos Santos,
aquelle natural de Meda de Moiros, e esta deste
lugar da Bemfeita aonde morarao, e materna neta
de Manoel Francisco, e de Maria Josefa, esta natural
da Mourisia freguesia de Pomares, e aquelle do
Montefrio desta freguesia, moradores porem no lugar
dos Pardieiros acima dito, forao padrinhos Joao
das Neves e Sua mulher Pascoa Nunes moradores
no lugar da Deflores desta freguesia, forao
testemunhas Luis Antonio e Antonio Lopes deste
lugar da Bemfeita, e por verdade fis este termo que
asignei oje dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Luis Antonio Antonio Lopes"

Página 203:
"Pardieiros
Jose filho de
Manoel Quaresma
e de Maria
Gonsalves"
"Em os trinta dias do Mes de Julho de mil e Sete Centos
e noventa e Sete eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Cura
actual nesta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias,
que manda o Ritual Romano Pastorais, e
Constituição deste Bispado a Jose que tinha nascido aos
vinte e tres do mesmo Mes filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Manoel Quaresma e de Maria Gonsalves
esta natural das Luadas desta freguesia e aquelle dos
Pardieiros tambem desta freguesia aonde morao neto paterno
de Manoel Quaresma, e de Anna da Costa naturais e moradores
no mesmo lugar dos Pardieiros, e materno neto de
Antonio Gonsalves do lugar do Sardal e de Anna Simõis
das Luadas desta freguesia aonde morarao, forao padrinhos
o Padre Jose Gregorio e Maria Rita Sua irmam, forao testemunhas
Antonio Gonsalves e Luis Antunes ambos deste lugar
da Bemfeita e por verdade fis este termo, que asignei oje dia
Mes e era ut Supra.
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio Gonsalves Luis Antunes"

Página 203 e 204:
"Montefrio
Maria filha de
Manoel Joaquim
e de Maria Gomes"
"Em os trese dias do Mes de Agosto de mil e Sete Centos, e noventa
e Sete eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual
em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias
que manda o Ritual Romano Pastorais, e Constituição
deste Bispado a Maria, que tinha nascido aos Sete do
mesmo Mes filha legitima do primeiro Matrimonio
de Manoel Joaquim, e de Maria Gomes aquelle da
Relva Velha desta freguesia e esta do Montefrio, aonde
morao neta paterna de Anna Maria da Relva Velha e
de Avô incognito, e materna de Domingos Lopes e de Ellena
Maria esta natural da Moira freguesia de Avô, e aquelle
do Montefrio desta freguesia aonde morao, forao padrinhos
Antonio Simoins e sua Cunhada e Josefa do lugar Sobre
dito do Montefrio, forão testemunhas Antonio Gonsalves
deste lugar da Bemfeita, e Jose Quaresma do lugar dos
Pardieiros desta freguesia, e para que conste fis este termo
que asignei oje dia Mes e era ut Supra.
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Jose Quaresma Antonio Gonsalves"

Página 204 e 205:
"Bemfeita
Sabina filha
de Manoel Correa
e de Josefa
Lopes"
"Em os vinte e nove dias do Mes de Agosto de mil e Sete
Centos, e noventa e Sete eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco actual em esta egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita batisei Solenemente pus os Santos
olios e fis todas as mais Cerimonias, que manda o
Ritual Romano Pastorais, e Constituição deste Bispado
a Sabina, filha legitima do Segundo Matrimonio
de Manoel Correa e de Josefa Lopes esta do
lugar do Montefrio deste freguesia, e aquelle deste
lugar da Bemfeita a onde morao neto paterno
de Clemente Gomes e de Maria Correa aquelle natural
da freguesia de Sinde deste Bispado, e esta natural
deste lugar da Bemfeita aonde morarao, e materna
neta de Manoel Lopes e de Anna Nunes esta
natural do Pai das Donas desta freguesia, e aquelle do
lugar do Montefrio aonde morao forao padrinhos
o Padre Antonio Dias e Sua irmam Josefa deste
lugar da Bemfeita forao testemunhas Manoel
Lopes e Manoel Nunes ambos deste lugar
da Bemfeita e por verdade fis este termo que asignei
oje dia Mes e era ut Supra
O Cura Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Lopes Manoel Nunes"

Página 205:
"Sardal
Joao filho
de jose
Nunes
e de Anna
Nunes"
"Em os tres dias do Mes de Setembro de mil e Sete Centos
e noventa e Sete eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco actual em esta egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita batisei Solenemente pus os Santos
olios e fis todas as mais Cerimonias, que manda
o Ritual Romano Pastorais, e Constituição deste
Bispado a Joao, que tinha nascido aos vinte
e sete de Agosto proximo pasado filho legitimo
do Segundo Matrimonio de Jose Nunes
e de Anna Nunes aquelle natural de Monte
Redondo freguesia de Folques, e esta do Sardal desta
freguesia aonde morao neto paterno de Bartolomeu
Lopes, e de Luisa Nunes naturais moradores
no Sobredito lugar do Monte redondo e
materno de Manoel Nunes, e de Maria Nunes
naturais moradores no lugar do Sardal forao
padrinhos Manoel Nunes Solteiro, filho de
Manoel Nunes, e Maria Quaresma filha de
Jose Affonso ambos do Sobredito lugar do Sardal
forao testemunhas Antonio Lopes, e Manoel
Gonsalves ambos deste lugar da Bemfeita
e po verdade fis este termo que asignei oje
dia Mes e era ut Supra.
O Cura Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio Lopes Manoel Gonsalves"

Página 206:
"Castello
Joao filho
de Manoel dos
Santos e de
Maria Gracia"
"Em os quatorse dias do Mes de Setembro de mil e Sete Centos
e noventa e Sete eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco actual em esta egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita batisei Solenemente, pus os Santos
olios e fis todas as mais Cerimonias que manda
o Ritual Romano Pastorais, e Constituição deste
Bispado a Joao, que tinha nascido aos cinco do
mesmo Mes filho legitimo do primeiro Matrimonio
de Manoel dos Santos e de Maria Gracia
esta natural da Esculca, freguesia de Coja e aquelle
deste lugar da Bemfeita, e asistente
ao Castello, [???] do mesmo lugar neto paterno
de Sebastiam Nunes e de Maria dos Santos, aquelle
natural da freguesia de Meda de Moiros
e este natural deste lugar da Bemfeita em
cujo limite morarao, e materno neto de Manoel
Gracia e de Maria Quaresma, esta natural
do Pisao freguesia de Coja e aquelle da Esculca
da mesma freguesia aonde morao, forao padrinhos
Joao das Neves e Sua mulher asistente no lugar da
Deflores desta freguesia forao testemunhas Antonio
dos Santos, e Miguel Madeira esta do lugar da
Drea desta freguesia, e aquelle deste lugar da
Bemfeita, e por verdade fis este termo que asignei
oje dia e Mes e era ut Supra
O Cura Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio dos Santos Miguel Madeira"

Página 209:
"Pardieiros
Rosina filha
de Jose
Lopes e de
Josefa Maria"
"Em os quinse dias do Mes de Outubro de mil e Sete Centos e
noventa e Sete eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual
em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente,
pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias,
que manda o Ritual Romano Pastorais, e Constituição
deste Bispado a Rosina que tinha nascido aos
des dias do mesmo Mes filha legitima do Segundo
Matrimonio de Jose Lopes, e de Sua mulher Josefa
Maria esta natural do Caratam freguesia da
Teixeira, e aquelle natural do lugar do Monte
frio desta freguesia, e moradores nos Pardieiros
tambem deste freguesia, neta paterna de Manoel
Nunes e de Anna Lopes esta natural deste lugar
da Bemfeita, e aquelle do Monte frio aonde morarao,
e materna neta de Jose Affonso e de Anna
Fernandes, esta natural do Caratam, e aquelle
natural da Teixeira, e moradores no Caratam da
mesma freguesia forao padrinhos o Padre Jose
da Crus, e Sua Mulher Josefa Quaresma do Sobre
dito lugar dos Pardieiros, forão testemunhas Joao
das Neves da Deflores e Manoel Joao dos Pardieiros
e por verdade fis este termo que asignei
oje dia e Mes e era ut Supra
O Cura Luis Antonio Xavier da Fonseca
Joao das Neves Manoel Joao"

Página 210:
"sardal Francisco
filho de Jose
Francisco e de Maria
da Costa"
"Em os trinta dias do Mes de Outubro de mil e Sete
Centos e noventa e Sete eu Luis Antonio Xavier da
Fonseca Paroco actual em esta egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita batisei Solenemente, pus os Santos
olios, e fis todas as mais Cerimonias que manda
o Ritual Romano Pastorais, e Constituição
deste Bispado a Francisco, que tinha nascido aos
vinte dias do mesmo Mes filho legitimo do
primeiro Matrimonio de Jose Francisco, e de Maria
da Costa esta natural da Esculca freguesia de
sam Miguel de Coja, e aquelle natural do
Sardal deste freguesia aonde morao, neta paterna
de Joao Francisco, e de Anna Nunes esta
natural da Teixeira deste Concelho, e aquelle do
Sobre dito lugar do Sardal aonde morarao, e
materno neto de Manoel da Costa, e de Theodora
Maria Esta natural da Esculca freguesia
de Coja aonde mora, e aquelle natural das Luadas
desta freguesia da Bemfeita, forao padrinhos
Xavier Marques da Conceição e Embilina Rosa
Joaquina Ribeiro da Fornea, ambos deste
lugar da Bemfeita, forao testemunhas Francisco
Marques, do Sobredito Sardal, e Jose Quaresma
deste lugar da Bemfeita a por verdade
fis este termo que asignei oje dia e Mes
e era ut Supra
O Cura Luis Antonio Xavier da Fonseca
Francisco Marques Jose Quaresma"

Página 211:
"Bemfeita
Antonio filho de
MAnoel Dias
e de Engracia
Nunes"
"Em os cinco dias do Mes de Novembro de mil e Sete
Centos e noventa e Sete eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco actual em esta egreja de Santa Cecilia da
Bemfeita batisei Solenemente, pus os Santos olios,
e fis todas as mais Cerimonias, que manda o Ritual
Romano Pastorais, e Constituição deste Bispado a
Antonio que tinha nascido aos vinte e oito
dias do Mes de Outubro, filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Manoel Dias e de Engracia Nunes
esta natural do lugar dos Pardieiros desta freguesia
e aquelle deste lugar da Bemfeita aonde morao,
neto paterno e de Manoel Dias, e de Rosaria
Nunes, esta natural do Sobre dito lugar
dos Pardieiros, e aquelle deste lugar da Bemfeita
aonde morarao, e materno neto de Jose Affonço
e de Elena Nunes ambos naturais e moradores no Sobre
dito lugar dos Pardieiros, forao Padrinhos
Antonio Gonsalves e Sua mulher deste mesmo
lugar da Bemfeita forao testemunhas Antonio
Quaresma e Antonio de Araujo deste mesmo lugar
e por verdade fis este termo que asignei
O Cura Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio Quaresma Antonio de Araujo"

Página 211 e 212:
"Pardieiros
Anna filha de
Manoel Francisco
e de Anna Fernandes"
"Em os vinte e dois dias do Mes de Novembro de
mil e Sete Centos e noventa e Sete eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Cura actual em esta egreja de
Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias
que manda o Ritual Romano Pastorais, e Constituição
deste Bispado a Anna, que tinha nascido
aos desaseis dias do mesmo Mes, filha legitima
do primeiro Matrimonio de Manoel
Francisco, e de Anna Fernandes, esta natural de Caratam
freguesia de Teixeira, e aquelle dos Pardieiros
desta freguesia aonde morao, neta paterna de Jose
Francisco e de Luisa Maria aquelle natural deste
lugar da Bemfeita, e este do lugar dos Pardieiros a
onde morao, e materna neta de João Affonço
e de Anna Fernandes aquelle natural do lugar e
freguesia da Teixeira e esta do Sobre dito Caratam
aonde moraram, forao padrinhos Joaquim dos Santos
e Sua mulher Maria do Rosario da Villa de Coja
os quais mandarao procuracao a Seus tios Padre Pedro
da Silva, e Anna da Silva deste lugar da Bemfeita
para faserem as Suas veses, forao testemunhas Manoel
Gracia do Pai das Donas desta freguesia e
Manoel Nunes da Deflores tambem desta freguesia
e por verdade fis este termo que asignei oje
dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Gracia Manoel Nunes"

Página 214:
"Montefrio
Margarida
filha de Joaquim
Ribeiro
e de Josefa
Lopes"
"Em os desasete dias do Mes de Desembro de
mil e Sete Centos e noventa e Sete eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Paroco actual em esta egreja
de Santa Cecilia da Bemfeita, batisei Solenemente
pus os Santos olios e fis todas as mais
Cerimonias, que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Margarida que
tinha nascido aos oito dias do mesmo Mes filha
de Joaquim Ribeiro, e de Josefa Lopes do lugar
do Montefrio aonde morao, e elle deste
lugar da Bemfeita neta paterna de Xavier
Marques da Fonseca e de Sua mulher Maria Ribeiro
aquelle natural do Salgueiral freguesia de Coja
e esta deste mesmo lugar da Bemfeita aonde
marao e materna neta de Manoel Fernandes,
e de Sua mulher Maria Lopes, aquele natural
das Casas Velhas freguesia de Bemfeita e de Nossa
Senhora do Rosario, e esta do Sobre dito Monte
frio aonde morao, forao padrinhos Luis Marques
e Sua filha do lugar do Salgueiral abaixo dito,
forao testemunhas Antonio Simoins, e Manoel
Lopes do Sobredito lugar do Monte frio e por
verdade fis este termo que asignei oje, dia Mes
e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca Antonio Simoins Manoel Lopes"

Página 217:
"Sardal Francisco
filho de Antonio
Nunes e de Maria Nunes"
"Em os vinte e hum dias do Mes de Fevereiro de mil e Sete
Centos e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco actual em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente pus os Santos olios, e fis todas as
mais Cerimonias que manda o Ritual Romano, Pastorais, e
Constituição, deste Bispado a Francisco, que tinha nascido
aos quinse dias do mesmo Mes filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Antonio Nunes e de Sua mulher
Maria Nunes aquella natural do Monte Redondo
freguesia de Folques, e esta do Sardal desta freguesia,
aonde morao, neto paterno de Bartolomeu Lopes
e de Luisa Nunes naturais, e moradores no Sobre dito
lugar do Monte Redondo e Materno neto de Antonio
Fernandes, e de Maria Gomes aquelle natural
deste lugar da Bemfeita, e esta do Sobredito Sardal
aonde morarao forão padrinhos Francisco Martins,
e Sua mulher Maria Correa deste lugar da bemfeita
forao testemunhas Antonio Gonsalves deste lugar e
Joao das Neves da Deflores desta freguesia e por
verdade fis este termo que asigno oje dia mes e era
ut Supra.
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio Gonsalves Joao das Neves"

Página 218:
"Bemfeita
Josefa filha
de Manoel Gomes
e de Maria
Francisca"
"Em os desasete dias do Mes de Março de mil e Sete Centos
e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco actual em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente pus os Santos olios e fis tudo
o mais que manda o Ritual Romano Pastorais e
Constituição deste Bispado a Josefa que tinha
nascido aos catorse dias do Mesmo Mes filha legitima
do primeiro Matrimonio de Manoel Gomes
e de Sua mulher Maria Francisca naturais, e moradores
neste lugar da Bemfeita neta paterna de Manoel
Gomes, e de Pascoa Quaresma aquelle natural
do Montefrio desta freguesia, e esta deste
lugar da Bemfeita aonde morarão e materna
neta de Manoel Fernandes, e de Maria Francisca
naturais e moradores neste mesmo lugar, forao
padrinhos Antonio Gonsalves e Sua mulher
deste lugar da Bemfeita forao testemunhas
Jose Maria, e Antonio Fernandes ambos deste
mesmo lugar, e por verdade fis este termo que
asignei oje, dia, Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Jose Maria Antonio Fernandes"

Página 219:
"Luadas
Maria filha
de Manoel
Gonsalves
do Canto e de
Maria Nunes"
"Em os sete dias do Mes de Abril de mil e setecentos e
noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco
actual em esta Egreja de Santa cecilia da Bemfeita Batizei
Solenemente pus os Santos olios, e fis todas as mais
Cerimonias, que manda o Ritual Romano [???] e
Constituição deste Bispado a Maria, que tinha nascido
o primeiro do Mes filha Legitima, do Segundo Matrimonio
de Manoel Gonsalves do Canto e de sua segunda
mulher Maria Nunes natural do Pisão, freguesia
de Coja e elle das Luadas desta freguesia
aonde moram neta paterna de Antonio Gonsalves
do Sardal desta freguesia, e de Anna Simões
das Luadas aonde morarão, e materna neta de
Manoel Gonsalves, e de Anna Nunes naturais
e moradores no Sobre dito lugar do Pisão, aonde
morarão, forão padrinhos o Padre Jose Gregorio
e sua irmam Maria Rita deste lugar da Bemfeita,
forão testemunhas a Antonio Goncalves e
Manoel Affonço deste lugar da Bemfeita e
por [???] fis este termo que asignei [???]
dia, Mes e era ut Supra.
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio Goncalves Manoel Affonço"

Página 219 e 220:
"Montefrio
Jose filho de
Pedro Nunes
e de Luisa
Nunes"
"Em os oito dias do Mes de Abril de mil e Sete centos
e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco actual em esta Egreja de Santa cecilia da
Bemfeita pus os Santos olios, e fis todas as mais
Cerimonias que manda o Ritual Romano [???]
e Constituição deste Bispado a Jose, que tinha
sido batisado em casa por que fis este termo que [???]
[???] Sem baptismo, filho Legitimo do primeiro Matrimonio
de Pedro Nunes e de Luisa Nunes naturais
e moradores no lugar do Montefrio desta freguesia
neto paterno de João Nunes e de Maria Fernandes
esta do lugar da Deflores desta freguesia, e aquelle
do Sobre dito Montefrio e moradores e materno neto
de Jose Gonsalves e de Josefa Nunes aquelle do
lugar da Castanheira freguesia de Fajam, e esta do mesmo
lugar do Montefrio acima dito forão testemunhas Antonio
Gonsalves e Antonio Lopes ambos deste lugar da Bemfeita
e por verdade fis este termo que asignei [???] dia
Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio Gonsalves Antonio Lopes"

Página 220:
"Pai das Donas
Luis filho de
Luis Nunes
e de Maria
Quaresma"
"Em os vinte e dois dias do Mes de Abril de mil e Sete centos
e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual
em esta Egreja de Santa cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente, pus os Santos olios, e fis todas as mais cerimonias,
que manda o Ritual Romano [???] e Constituição
deste Bispado a Luis, filho Legitimo do primeiro Matrimonio
de Luis Nunes e de Maria Quaresma esta natural
do Sardal desta freguesia e aquelle do Pai das Donas
tambem desta freguesia aonde morao, neto paterno de
Bento Nunes, e de Josefa Quaresma, esta natural dos
Pardieiros desta freguesia, e aquelle do Sobre dito
Pai das Donas aonde morao, e materno neto de
Jose Affonço e de Catherina Fernandes, aquelle natural
dos Pardieiros desta freguesia, e esta do Sardal ja dito
aonde morao forao padrinhos o Padre Luis Antonio e
Umbelina Rosa Joaquina deste lugar da Bemfeita forao
testemunhas Manoel Garcia e Jose QUaresma ambos do
lugar do Pai das Donas e para que conste fis este termo
que asignei oje dia Mes era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Garcia Jose QUaresma"

Página 221 e 222:
"Pardieiros
Anna filha
de Manoel João
Lopes e de
sua mulher Francisca
Maria"
"Em os tres dias do Mes de Maio de mil e Sete
Centos e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier
da Fonseca Paroco em esta egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita batisei Solenemente, pus os Santos
olios e fis todas as mais Cerimonias, que manda
o Ritual Romano Pastorais, e Constituição
deste Bispado a Anna que tinha nascido
aos vinte e quatro dias de Abril proximo
grafiado, filha Legitima do primeiro Matrimonio
de Manoel Joao Lopes, e de Sua
mulher Francisca Maria aquelle natural do
Enxudro desta freguesia, e esta de Pardieiros
tambem desta freguesia aonde morao
neta paterna de Jose Lopes e de Anna
Nunes esta natural de Pardieiros Sobre dito,
e aquelle do Enxudro ja dito, aonde morarao
e materna neta de Manoel Francisco
e de Maria Josefa esta natural da Moirisia
freguesia de Pomares, e aquelle do Monte
frio desta freguesia, e moradores em Pardieiros
forão padrinhos Jose Nuens da Drea
e Sua mulher, forao testemunhas Jose
Nunes deste lugar da Bemfeita e Antonio
Jose de Pardieiros e para que
conste fis este termo que asignei oje dia Mes
e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Jose Nunes Antonio Jose"

Página 225:
"Pardieiros
Joao filho de
Pedro Joao
e de Rita Quaresma"
"Em os vinte e quatro dias do Mes de Junho de mil
e Sete Centos e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier
da Fonseca Paroco actual em esta egreja de
Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios e fis todas as mais Cerimonias
que manda o Ritual Romano Pastorais, e Constituição
deste Bispado a Joao que tinha nascido
aos trese dias do mesmo Mes filho legitimo
do primeiro Matrimonio de Pedro Joao
e de Sua mulher Rita Quaresma, aquelle natural
do Montefrio desta freguesia, e esta dos
Pardieiros aonde Morao neto paterno de Joao
Dias e de Rosa Gomes, aquelle natural da
Castanheira freguesia de Fajam e esta do
Sobre dito Lugar do Monte frio aonde morarao,
e materno neto de Jose Dias e de Maria
da Costa naturais, e moradores no lugar de Pardieiros
desta freguesia, forao padrinhos Joaquim dos
Santos, e Sua mulher Maria do Rosario Moradores
na Villa de Coja forao testemunhas Francisco
Martins da Relva Velha desta freguesia e Antonio
Jose de sobredito lugar de Pardieiros, e por verdade
fis este termo que asignei oje dia Mes
e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Francisco Martins Antonio Jose"

Página 225 e 226:
"Bemfeita
Joao filho
de Antonio
Jose e de
Catherina
Maria"
"Em os vinte e quatro dias do Mes de Junho de mil
e Sete Centos e noventa e oito eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Paroco actual em esta egreja
de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente,
pus os Santos olios e fis todas as mais Cerimonias,
que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Joao, que tinha
aos quinse dias do mesmo Mes filho legitimo do
primeiro Matrimonio de Antonio Jose e de
Catherina Maria esta natural do Porto Castanheiro
freguesia da Teixeira e moradores neste lugar
da Bemfeita neto paterno de Joao Nunes
e de Maria Fernandes, esta natural da Deflores
desta freguesia, e aquelle do Sobredito
lugar do Montefrio aonde morao e materno
neto de Matheus da Costa e de Maria das
Neves esta natural do Salgueiro freguesia de Folques,
e aquele do Sobredito Porto Castanheiro a
onde morarao, forao padrinhos o Padre Luis Antonio
e Ubelina Joao ambos deste lugar da Bemfeita
forao testemunhas Antonio Nunes e Antonio
Gonsalves ambos deste lugar, e para que
Conste fis este termo que asignei oje dia Mes
e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio Nunes Antonio Gonsalves"

Página 226:
"Montefrio
Manoel filho
de Jose
Nunes e
de Luisa
Maria."
"Em os vinte e Sete dias do Mes de Junho de mil e Sete
centos e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco actual em esta egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita batisei Solenemente, pus os Santos
olios e fis todas as mais Cerimonias, que manda o Ritual
Romano Pastorais e Constituição deste Bispado a Manoel,
que tinha nascido aos vinte e hum dias do mesmo
Mes filho legitimo do primeiro Matrimonio de Jose Nunes,
e de Luisa Maria esta natural das Casarias freguesia
de Pomares e aquelle do lugar do Montefrio desta freguesia
neto paterno de Jose Nunes, e de Maria Fernandes
naturais, e moradores no Sobre dito lugar do Montefrio
e Materno neto de Manoel Luis, e de Paulla Maria
esta, digo aquelle natural do Sardal desta freguesia
da Bemfeita e esta do Sobre dito lugar de Casarias aonde
morao forão padrinhos Manoel Preira e Sua mulher
Maria [???] moradores no mesmo lugar de Casarias
forão testemunhas Pedro Nunes do lugar do Montefrio
e Antonio Nunes deste lugar da Bemfeita, e para que
conste faço este termo que asigno oje dia Mes e era ut
Supra.
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Pedro Nunes Antonio Nunes"

Página 226 e 227:
"Bemfeita
Pedro filho de
Antonio Gomes
e de Maria
Nunes."
"Em os Sete dias do Mes de Julho de mil e Sete centos
e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca
Paroco actual em esta egreja de Santa cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente, pus os Santos Olios e fis tudo
o mais que na forma das Pastorais e Constituição deste
Bispado manda o Ritual Romano, a Pedro, que
tinha nascido a vinte e nove de Junho [???] filho
legitimo do primeiro Matrimonio de Antonio
Gomes e de Maria Nunes aquelle natural da Villa
de Coja, e esta natural deste Lugar da Bemfeita aonde
morão neto paterno de Avo incognito e de
Maria Gomes natural da Sobre dita Villa de Coja e materno
neto de Luis Jose e de Maria Nunes, aquelle
natural do lugar do Montefrio desta freguesia, e esta deste
lugar da Bemfeita aonde morao, forao padrinhos Joaquim
dos Santos da Villa de Coja e Sua mulher Maria
do Rosario de quem foi procurador Seu tio [???]
Pedro da Silva deste lugar da Bemfeita, forao testemunhas
Francisco Martins deste lugar, e Antonio Nunes
tambem do mesmo lugar, e para que conste faço este
termo que asigno oje dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Francisco Martins Antonio Nunes"

Página 229:
"Montefrio
Manoel
filho de Manoel
Francisco e de
Maria Nunes"
"Em os vinte e seis dias do Mes de Agosto de mil e Setecentos
e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco
actual em esta egreja de Santa cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente, pus os Santos olios, e fis todas as mais cerimonias
recomendadas pelo Ritual Romano Pastorais e Constituição
deste Bispado a Manoel que tinha nascido aos dose
dias do mesmo Mes filho legitimo do primeiro matrimonio
de Manoel Francisco e de Sua mulher Maria Nunes
naturais e moradores no lugar do Montefrio desta freguesia
neto paterno de Antonio Francisco e de Pascoa Francisca
naturais e moradores no Sobredito lugar e materno
neto de Manoel Lopes e de Cecilia Nunes, esta natural
das Relvas freguesia da Teixeira, e aquelle do lugar de
Montefrio aonde morarao, forão padrinhos Jose Dias
e Sua irmam tambem do mesmo lugar, forao testemunhas
o Padre Pedro Dias Quaresma e Pedro Joao este do lugar
de Pardieiros, e aquelle da Bemfeita e para que conste
faço este termo que assigno oje dia Mes e era Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Padre Pedro Dias Quaresma Pedro Joao"

Página 229 e 230:
"Bemfeita Antonia
filha de
Antonio
Lopes e de
Maria Quaresma"
"Em o primeiro dia do Mes de Outubro de mil e Setecentos
e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco
actual em esta egreja de Santa cecilia da Bemfeita
batisei Solenemente pus os Santos olios e fis todas
as mais cerimonias, que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Antonia que tinha
nascido a vinte e quatro do Mes de Setembro filha legitima
do primeiro Matrimonio de Antonio Lopes e de Maria Quaresma
aquelle natural do lugar do Montefrio desta freguesia, e esta natural
deste lugar da Bemfeita aonde morao neta paterna
de Manoel Nunes e de Anna Lopes esta natural deste lugar
da Bemfeita e aquelle do Sobredito lugar do Montefrio aonde
morarao, e materna neta de Antonio Quaresma, e de Maria Quaresma
esta natural de Pardieiros desta freguesia e aquelle
deste lugar da Bemfeita aonde morao; forao padrinhos
o Padre Antonio Dias e Sua irmam Josefa Quaresma
deste lugar da Bemfeita forao testemunhas Luis
Antonio e Manoel Fernandes deste lugar da Bemfeita
e para que conste faço este termo que asigno oje
dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Luis Antonio Manoel Fernandes"

Página 230 e 231:
"Bemfeita
Maria filha de
Jose Luis
e de Gertrudes
da Costa"
"Em os vinte dias do Mes de Outubro de mil e Sete centos
e noventa e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual
em esta egreja de Santa cecilia da Bemfeita batisei Solenemente
pus os Santos olios e fis todas as mais cerimonias
que manda o Ritual Romano Pastorais e Constituição deste
Bispado a Maria que tinha nascido aos nove dias
do Mesmo Mes filha legitima do primeiro Matrimonio de
Jose Luis e de Gertrudes da Costa naturais e moradores neste
lugar da Bemfeita neta paterna de Luis Jose e de Maria
Nunes aquelle natural do Montefrio desta freguesia e
esta deste lugar da Bemfeita aonde morao; e materna de
Marcos Correa e de Lourenca da Costa esta natural das Luadas desta
freguesia e aquelle deste lugar da Bemfeita aonde morão forão
padrinhos o Padre Pedro Dias e Maria Lourença deste
lugar da Bemfeita forão testemunhas Jose Nunes e
João Correa ambos deste lugar da Bemfeita e para que
conste faço este termo que assigno oje dia Mes e era
ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
João Correa Jose Nunes"

Página 231:
"Sardal
Jose filho
de Manoel
Francisco Quaresma
e de Anna
Gonsalves"
"Em os onse dias do Mes de Novembro de mil e Sete centos e noventa
e oito eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual
em esta egreja de Santa cecilia da Bemfeita batisei
Solenemente, pus os Santos olios e fis tudo o mais que
manda o Ritual Romano, conforme as Pastorais e Constituição
deste Bispado a Jose que tinha nascido aos tres
dias do mesmo Mes filho legitimo de Manoel Francisco
Quaresma e de Sua mulher Anna Gonsalves aquelle
natural do Enxudro deste freguesia e esta do Sardal
aonde morao neta paterno de Manoel Francisco, e de
Maria Quaresma aquelle natural do Pai das Donas
desta freguesia e esta do Enxudro aonde morao e
materno neto de Jose Gonsalves, e de Cecilia Nunes
esta natural das Relvas freguesia da Teixeira, e aquelle
do Sardal aonde morao forao padrinhos
o Padre Luis Antonio, e Embelina Rosa e Joaquina
da Francisca deste lugar da Bemfeita forao testemunhas
Antonio Nunes e Manoel Nunes ambos do lugar
do Sardal e para que conste faço este termo que assigno
oje dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Nunes Antonio Nunes"

Página 232:
"Bemfeita Maria
filha de Jose
das neves
e de Francisca
Maria"
"Em o primeiro dia do Mes de Janeiro de mil e Sete centos e noventa e
nove eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual em esta egreja
de Santa cecilia da Bemfeita batisei Solenemente, pus os
Santos olios, e fis tudo o mais que manda o Ritual Romano
Pastorais e Constituição deste Bispado a Maria que tinha
nascido aos vinte e seis dias do Mes de Dezembro proximo
pasado de [???] filha legitima do primeiro Matrimonio de
Jose das Neves e de sua mulher Francisca Maria esta de Pardieiros
freguesia de santa cecilia, e aquelle deste lugar
da Bemfeita aonde morao neto paterno de Manoel das Neves,
e de Maria Nunes, esta natural do Salgueiro freguesia
de Folques e aquelle deste lugar da Bemfeita aonde
morarao e materna neta de Jose Dias e de Maria da
Costa naturais e moradores no lugar de Pardieiros deste
freguesia, forao padrinhos Joao Fernandes e Esperanca
Quaresma ambos deste mesmo lugar, forão testemunhas Manoel
Lopes e Antonio Quaresma tambem deste lugar da
Bemfeita e para que conste faço este termo que assigno oje
dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Lopes Antonio Quaresma"

Página 233:
"Bemfeita
Antonio filho
de Antonio Gonsalves,
e de
Maria da
Rosa"
"Em os trese dias de Janeiro de mil e Sete centos, e noventa e nove eu
Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual em esta egreja
de Santa cecilia da Bemfeita, pus os Santos olios, e fis todas
as mais Cerimonias que manda o Ritual Romano Pastorais
e Constituição deste Bispado a Antonio que tinha nascido aos
vinte e seis dias do Mes de Dezembro proximo pasado
noventa e oito, e que tinha sido Batisado em casa
por haver perigo de Vida, filho legitimo do primeiro Matrimonio
de Antonio Gonsalves, e de sua mulher Maria da
Rosa aquelle natural do Monte Redondo freguesia de
Folques, e esta deste mesmo lugar da Bemfeita aonde
morao neto paterno de Manoel Gonsalves e de Maria Gonsalves
esta natural do Sardal desta freguesia da Bemfeita,
e aquelle do Sobre dito Monte Redondo, aonde morarão
e materno neto de Manoel Simoins, e de Maria
da Rosa naturais, e moradores neste lugar da Bemfeita forao
testemunhas Joaquim Jose e Jose [???] deste
mesmo lugar e para que conste faço este termo que assigno
oje dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Joaquim Jose Jose [???]"

Página 234:
"Montefrio
Maria filha de
Luis Jose
e de Maria
Nunes"
"Em os vinte e Sete dias Mes de Janeiro de mil e Sete centos e noventa
e nove eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual em esta
egreja de Santa Cecilia da Bemfeita batisei Solenemente
e fis todas as mais Cerimonias que manda o Ritual Romano
Pastorais e Constituição deste Bispado a Maria, que tinha
nascido aos trese dias do mesmo Mes, filho legitimo do
primeiro Matrimonio de Luis Jose e de Maria Nunes
naturais, e moradores no lugar do Montefrio desta freguesia
neta paterna de João Nunes e de Maria Fernandes
naturais, e moradores no Sobre dito Lugar do Montefrio e
materna neta de Antonio Dias, e de Anna Nunes aquelle
natural deste lugar da Bemfeita e esta do Sobre
dito Montefrio aonde morarao, forao padrinhos Jose Francisco,
do sardal desta freguesia e Sua mulher, forao testemunhas
Pedro Nunes e Francisco Jose do Sobredito Montefrio
e para que conste faço este termo que assigno oje
dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Pedro Nunes Francisco Jose"

Página 235:
"Bemfeita
Anna
filha de Jose
Lopes Quaresma
e de Isidora
Maria
Ribeiro"
"Em os tres dias do Mes de Março de mil e Sete Centos e noventa
e nove eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual
em esta egreja de Santa Cecilia da Bemfeita, pus os Santos
olios, e fis todas as mais Cerimonias que manda o Ritual
Romano Pastorais, e Constituição deste Bispado
a Anna, que tinha nascido aos onse dias do Mes de
Fevereiro, e que por [???]idade tinha Sido batisado em
casa, filha legitima do primeiro Matrimonio de Jose
Lopes Quaresma, e de Isidora Maria Ribeiro da Fonseca
naturais, e moradores neste lugar da Bemfeita neta paterna
de Manoel Lopes e de Engracia Quaresma naturais,
e moradores neste mesmo lugar, e materna neta
de Xavier Marques da Fonseca, e de Maria Ribeiro
da Fonseca, aquelle natural do Salgueiral freguesia
de Coja, e esta deste lugar da Bemfeita aonde morao
forao testemunhas Jose Nunes, e Jose dos Santos
ambos deste mesmo lugar, e para que conste faço este
termo que assigno oje dia e Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Jose Nunes Jose dos Santos"

Página 235:
"Luadas
Jose filho
de Manoel
Jose, e de
Luisa Maria"
"Em os tres dias do Mes de Março de mil e Sete Centos e noventa
e nove eu Luis Antonio Xavier (da Fonseca) Paroco actual em esta
egreja de Santa Cecilia da Bemfeita, batisei Solenemente,
pus os Santos olios e fis todas as mais Cerimonias
recomendadas pelo Ritual Romano Pastorais e Constituição
deste Bispado a Jose, que tinha nascido aos vinte e
cinco dias do Mes de Fevereiro, filho legitimo do primeiro
Matrimonio de Manoel Jose, e de Luisa Maria
aquelle natural de Pardieiros desta freguesia, e esta
de Luadas desta freguesia aonde morao, neta paterna
de Manoel Jose e de Sua primeira mulher Maria Gomes,
esta natural do Montefrio desta freguesia, aquelle
do Sobre dito Pardieiros aonde morao, e materno
neto de Luis Preira, e de Anna Simoins naturais e
moradores no lugar de Luadas asima dito forao padrinhos
Joaquim dos santos da Villa de Coja, forao
testemunhas Antonio Gonsalves e Francisco Gonsalves
do Sobredito lugar das Luadas e para que conste
faço este termo que asigno oje dia Mes e anno ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Antonio Gonsalves Francisco Gonsalves"

Página 239:
"Pardieiros
Maria filha
de Antonio
Gonsalves
e de Maria
Quaresma"
"Em os trese dias do Mes de Agosto de mil e sete centos e noventa
e nove eu Luis Antonio Xavier da Fonseca Paroco actual
em esta Egreja de Santa cecilia da Bemfeita batizei Solenemente,
pus os Santos, e fis todas as mais cerimonias [???]
do Ritual Romano [???]
a Maria que tinha nascido aos oito dias do mesmo
Mes filha Legitima do primeiro Matrimonio de Antonio
Gonsalves, e de Maria Quaresma aquelle natural do sardal
desta freguesia e esta de pardieiros a onde Morao neta
paterna de Jose Gonsalves e de Cecilia Nunes esta natural
das Relvas freguesia da Teixeira e aquelle do sobre dito
Sardal a onde moram e materna neta de Jose da Crus
e de Josefa Maria aquele natural de Folques e esta
do sobre dito lugar de Pardieiros aonde morão forão
padrinhos [???] Jose Quaresma, e Josefa Maria ambos
do lugar da Cerdeira freguesia deste mesmo testemunhas
Francisco Marques e Jose Antonio ambos do Sobre
dito lugar de Sardal, e para que conste faço este termo
que asignei [???] dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Jose Antonio Francisco Marques"

Página 240:
"Castello Maria
filha de Manoel
dos Santos
de Maria Gracia"
"Em os vinte e cinco dias do Mes de Agosto de mil e Sete centos e noventa
e nove eu Luis Antonio Xavier Paroco actual em esta Egreja de
Santa cecilia da Bemfeita batizei Solenemente, pus os Santos
olios, e fis todas as mais Cerimonias, que manda o Ritual Romano
[???], a Maria que tinha nascido
aos desoito dias do mesmo Mes, filha Legitima do primeiro
Matrimonio de Manoel dos Santos e de Maria Gracia
esta natural da Esculca freguesia de Coja, e aquelle deste lugar
da Bemfeita, e moradores no Pisão do Castello, neta paterna
de Sebastiam Nunes, e de Maria dos Santos, aquelle
natural da freguesia da Meda de Moiros, e esta deste lugar
da Bemfeita aonde moram e materna neta de Manoel
Gracia, e de Maria Quaresma esta natural do Pisao freguesia
de Coja e aquelle do Sobre dito lugar da Esculca a
onde morao, forão padrinhos Joao das neves da Deflores
desta freguesia e Antonia Quaresm do lugar da Esculca
ja dito, e testemunhas, Manoel Lourenço e Jose Nunes
do lugar da Drea tambem desta freguesia e para que conste
faço este termo que asigno [???] dia Mes e era ut
Supra Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Lourenço Jose Nunes"

Página 241:
"Pardieiros
Jose filho
de Manoel
Francisco e de
Anna
Fernandes"
"Em os quatro dias do Mes de Setembro de mil e Sete
Centos e noventa e nove eu Luis Antonio Xavier da
Fonseca Paroco actual em esta Egreja de Santa
cecilia da Bemfeita batizei Solenemente, pus
os Santos olios, e fis todas as mais Cerimonias, que
manda o Ritual Romano [???]
[???], a Jose que tinha nascido aos
vinte e nove do Mes de Agosto, filho Legitimo
do primeiro Matrimonio de Manoel Francisco
e de Anna Fernandes, esta natural de Caratam
desta freguesia da Teixeira e aquelle de Pardieiros
desta freguesia aonde morão, neto paterno de
Jose Francisco e de Luisa Quaresma aquelle
natural deste lugar da Bemfeita, e esta de
Pardieiros aonde morão e materno neta de
João Affonso e de Anna Fernandes, aquelle
natural da Teixeira [???] e esta do Sobre
dito lugar de Caratam aonde morão, forão padrinhos
o Padre Antonio Dias e sua irmam
Josefa, forão testemunhas Jose Quaresma e Jose
Dias ambos do Sobre dito lugar de Pardieiros
e para que conste faço este termo que
asignei [???] dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Jose Quaresma Jose Dias"

Página 243:
"Relva Velha
Rita filha
de Manoel
Lopes e
de Josefa
Gonsalves."
"Em os vinte e nove dias do Mes de Setembro de
mil e Sete Centos e noventa e nove eu Luis Antonio
Xavier da Fonseca Paroco actual em esta
Egreja de Santa cecilia da Bemfeita batizei Solenemente,
pus os Santos olios, e fis todas
as mais Cerimonias, que manda o Ritual Romano
[???], e Constituição deste Bispado a Rita
que tinha nascido aos vinte e dois dias do mesmo
Mes filha Legitima do primeiro Matrimonio
de Manoel Lopes e de Josefa Gonsalves, e ela natural
das Luadas desta freguesia e aquelle da
Relva Velha aonde morão, neta paterna de Francisco
Lopes, e de Anna Fernandes esta natural de
Pardieiros desta freguesia, e aquelle do Sobre dito
lugar da Relva Velha aonde moram, e materna
Neta de Antonio Gonsalves e de Anna Simoins,
aquelle natural do Sardal desta freguesia
e esta do Sobre dito Lugar das Luadas aonde
moram forão padrinhos o Padre Jose da Crus
e sua irmam Maria Quaresma forão testemunhas
Manoel Lourenço e Jose Nunes ambos
do lugar da Drea desta freguesia, e porque
consta faço este termo que asignei [???]
dia Mes e era ut Supra
Luis Antonio Xavier da Fonseca
Manoel Lourenço Jose Nunes"

Página 244 e 245:
"Montefrio
Anna Filha
de João Dias,
e de Escolastica
Maria."
"Em os vinte de Outubro de mil e Sete Centos e noventa e nove
annos baptizei Solenemente a Anna nascida em tres do dito
Mes, e anno, Filha Legitima de João Dias natural do lugar do Montefrio
desta Freguesia, e de Escolastica Maria, natural das Ca
Casarias, Freguesia de Pomares; Nepta paterna de João Dias
natural da Casthaneira Freguesia de Feijão, e de Rosa Gomes natural
do Montefrio desta Freguesia. E materna de Bento Nunes
e de Theresa Gomes, ambos naturais do lugar do Montefrio:
forão padrinhos Manoel Martins, e sua Mulher Anna Lopes
ambos naturais e moradores no lugar do Montefrio; asistirão
como Testemunhas Jose Gaspar, e Jose Dias do lugar do
Montefrio: e para constar fis este mesmo assento que asignei no
mesmo dia Supra
O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Jose Gaspar Jose Dias"

Página 245:
"Montefrio
Josefa Filha de
Manoel Joaquim
e de Maria Gomes."
"Em vinte e sete de Outubro de mil e Sete Centos e noventa
e nove annos baptizei Solenemente a Josefa nascida em vinte
do dito Mes e anno. Filha legitima de Manoel Joaquim natural
da Relva Velha, e de Maria Gomes natural, e ambos moradores
no lugar do Montefrio: Nepta paterna de Joaquim Pinheiro
natural de Villa Cova, e de Guimar francisca da mesma Villa; e Materno de
Domingos Lopes natural do lugar do Montefrio e de Helena
Gomes natural da Moura Freguesia da Villa de Avo: Forão padrinhos
Jose Lopes do lugar do Montefrio e Josefa Maria do lugar da Mourisia
Freguesia de Pomares. Forão Testemunhas Jose dos Santos e
Francisco Martins deste lugar da Bemfeita: e para constar fis este
mesmo assento que asignei neste mesmo lugar, dia, era, ut Supra
Jose dos Santos O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Francisco Martins"

Página 250:
"sardal Jose filho
de Joam Gonsalves,
e Josefa
Maria"
"Em os vinte, e Sinco de Janeiro de mil e oito Centos annos baptizei Solenemente
fasendo as veses de Reverendo Paroco a Jose nascido em desaçeis do ditto mes e anno
filho legitimo de Joam Gonsalves natural do Sardal desta freguesia, e de Josefa Maria
natural da Teixeira moradores no ditto lugar do Sardal. Nepto paterno de Jose
Gonsalves natural do Sardal desta freguesia, e de Cecilia Nunes natural das
Relvas freguesia da Teixeira ambos moradores no ditto lugar do Sardal; e materno
de Pedro Fernandes, e isabel Domingues ambos naturaes, e moradores da Teixeira
foram Padrinhos Pedro Jose Francisco da Teixeira morador na Candosa, e Umbelina
Rosa da Bemfeita. foram testemunhas Manoel Nunes, e Manoel Francisco ambos do Sardal
desta mesma Freguesia E para Constar fis este acento que asignei dia, mes, era ut Supra
Manoel Nunes Manoel Francisco O Padre Jose Gregorio da Costa"

Página 251:
"Monte frio
Jose Filho de Jose
Nunes, e de Luisa
Maria"
"Em quatro de Marso de mil e oito Centos annos baptizei
Solenemente a Jose, nascido em vinte e seis de Fevreiro, do mesmo anno
Filho legitimo de Jose Nunes natural do Montefrio, e de Luisa Maria natural
das casarias Freguesia de Pomares; Nepto paterno de João Nunes, e de
Maria Fernandes natural do lugar da Deflores desta Freguesia; e ambos moradores
no Sobredito lugar do Montefrio; E materno de Manoel Luis
natural do Sardal desta Freguesia e de Paula maria natural do lugar
das Casarias; Forão padrinhos Pedro Nunes, e Isabel Domingos
naturais do lugar da Teixeira Forão Testemunhas Pedro Nunes
e Jose Nunes desta Freguesia, e para constar, fis este mesmo assento que
asignei dia, mes, era, ut Supra.
Pedro Nunes O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Jose Nunes"

Página 251:
"Sardal
Luis, Filho de
Jose Nunes
e de Anna Nunes"
"Em nove de Marso de mil e oito Centos annos baptizei Solenemente
a Luis, nascido em oito do dito Mes, e anno, Filho legitimo de Jose Nunes
natural do Monte Redondo Freguesia de Folques, e de Anna Nunes natural
e ambos moradores no dito lugar do Sardal; Nepto paterno de Bartolomeu
Lopes, e de Luisa Nunes naturais do Monte Redondo,
E materno de Manoel Nunes o Velho e de Maria Nunes naturais
do lugar do Serdal desta Freguesia, Forão padrinhos O Padre Jose
Antonio e sua sobrinha Umbelina Rosa, deste lugar da Bemfeita
asistirão como Testemunhas Luis Antonio e Luis Jose do lugar de
Pardieiros, e para constar fis este mesmo assento que asignei, dia mes
era ut Supra
O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Luis Antonio Luis Jose"

Página 253:
"Serdal
Manoel filho de
Manoel Nunes
e de Josefa Nunes"
"Em vinte e sete de Abril da era de mil e oito Centos annos baptizei Solenemente
a Manoel, nascido em desasete do dito Mes, e anno, filho legitimo
Manoel Nunes natural do Serdal, e de Josefa Nunes natural da
Teixeira; Nepto paterno de Manoel Nunes, e de Maria Nunes
ambos naturaes e moradores no Sobredito lugar do Sardal; E materno
Jose Afonso, e de Isabel Nunes naturaes do lugar da Teixeira
forão padrinhos Antonio Joaquim, natural do lugar de Anceris
e Umbelina Rosa ntural deste lugar da bemfeita; asistirão como
Testemunhas, Jose Pereira deste lugar, e Manoel Nunes do lugar do
e para constar fis este mesmo assento que asignei, dia, mes, era ut Supra
Jose Pereira Manoel Nunes O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 254:
"Montefrio.
Maria Filha de
Jose Lopes e de
Josefa Maria"
"Em vinte e dois de Maio da era de mil e oito Centos annos baptizei Solenemente
a Maria nascida em quinse do dito Mes e anno, Filha Legitima de Jose Lopes
natural do Montefrio, e de Josefa Maria, natural da Mourisia Freguesia de Pomares.
Nepta paterna de Domingos Lopes natural do Sobredito lugar do
Montefrio e de Helena Gomes natural da Moura Freguesia de Villa de Avo,
E materna de Manoel João natural da Moirisia, e de Maria Lopes natural
do Soito da Ruiva Freguesia de Pomares; Forão padrinhos Manoel Martins
do Montefrio e Anna Lopes do mesmo lugar forão testemunhas Manoel Joaquim
e Domingos João de que fis este assento, que asignei dia, mes, era ut
Supra
Manoel Joaquim O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Domingos João"

Página 255:
"Luadas
Maria Filha de Manoel
Jose Pereira, e de
Rita Maria"
"Em o primeiro de Junho da era de mil e oito Centos annos baptizei Solenemente
a Maria, nascida em vinte e sinco do dito Mes, e anno; filha legitima de Manoel
Pereira natural do lugar das Luadas e de Rita Maria natural dos Pardieiros, tambem
desta Freguesia; Nepta paterna de Luis Pereira natural do Sobredito lugar das Luadas
e de Anna Maria; natural, e ambos moradores no mesmo lugar das Luadas; E materno
de Manoel Jose Antunes natural do lugar dos Pardieiros, e de Maria Gomes natural
do Montefrio, desta Freguesia; forão padrinhos jose Gaspar e sua Mulher
maria Nunes do lugar do Montefrio asistirão como Testemunhas Xavier Quaresma
do lugar da Drea e Jose das Neves do lugar das Luadas; e para constar
fis este mesmo assento que asignei dia, mes era; ut Supra
Xavier Quaresma O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Jose das Neves"

Página 255:
"Bemfeita
Anna Filha de
Jose Lopes Quaresma
e de isidora Maria
Ribeiro."
"Em dois de Junho da era de mil e oito Centos annos baptizei Solenemente a Anna
nascida em vinte e sete de Maio do dito anno, Filha legitima de jose Lopes Quaresma
e de Isidora Maria Ribeiro ambos naturais, e moradores neste lugar de Bemfeita
Nepta paterna de Manoel Lopes, e de Engracia Quaresma naturais
moradores neste mesmo lugar da Bemfeita. E materna de Xavier Marques
da Fonseca, e de Maria Ribeiro aquelle natural do Salgueiral Freguesia de Coja e esta
natural deste mesmo lugar: Forão padrinhos Xavier Marques da Fonseca
da mesma baptisada, e Umbelina Rosa Irmam da mesma baptisada; asistirão
testemunhas o Reverendo Pedro Dias Quaresma e Antonio Joaquim morador
neste mesmo lugar e para constar fis este mesmo assento que asignei, dia
mes, era, ut Supra.
Antonio Joaquim O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Pedro Dias Quaresma"

Página 257:
"Bemfeita
Anna Filha de
Antonio dos Santos
e de Maria do
Rosario."
"Em seis de Julho da era de mil e oito Centos annos, baptizei Solenemente
a Anna nascida em vinte e seis de Junho do Sobredito anno, filha legitima do Antonio
dos Santos natural deste mesmo lugar da Bemfeita, e de Maria do Rosario natural do
lugar dos Pardieiros desta Freguesia Nepta paterna de Sebastião Nunes natural da
Meda de Moiros, e de Maria dos Santos natural deste lugar da Bemfeita, aonde morão
E materna de Manoel Francisco natural do Montefrio desta Freguesia e de Maria Josefa natural
da Moirisia Freguesia de Pomares, e ambos moradores no lugar dos Pardieiros.
Forão padrinhos o Padre Luis Antonio, e Embelina Rosa deste mesmo lugar; asistirão
Testemunhas Luis da Fonseca deste mesmo lugar e Francisco da Motta do lugar dos Pardieiros
e para constar fis este mesmo assento que asignei, dia mes, era ut Supra.
O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Luis da Fonseca Francisco da Motta"

Página 257:
"Montefrio
Luis Filho de Joaquim
Ribeiro e de
Josefa Lopes."
"Em os trese dias do Mes de Julho da era de mil e oito Centos annos baptizei
Solenemente a Luis que tinha nascido em do dito Mes, e anno, filho Legitimo de Joaquim
Ribeiro natural deste lugar da Bemfeita, e de Josefa Lopes natural ambos
moradores no lugar do Montefrio, desta Freguesia, Nepto paterno de Xavier Marques
da Fonseca natural do lugar do Salgueiral Freguesia de Coja, e de Maria Ribeiro natural do
mesmo lugar da Bemfeita aonde morão; E materno de Manoel Fernandes natural
Casas Velhas Freguesia de Campello de Nossa Senhora do Rosario, e de Maria Lopes natural do
lugar do Montefrio aonde morão. Forão padrinhos Luis Marques e sua Mulher
Maria Joaquina moradores no lugar do Salgueiral, asistirão como testemunhas Jose
Gaspar do lugar do Montefrio, e Manoel Joaquim deste lugar de Bemfeita e para
Constar fis este mesmo assento que asignei, dia mes, era, ut Supra.
O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Jose Gaspar Manoel Joaquim"

Página 257 e 258:
"Montefrio
Mariana Filha de
Manoel Francisco, e de
Maria Nunes"
"Em trinta e hum de Agosto da era de mil e oito Centos annos baptizei
Solenemente a Mariana, nascida em vinte e tres do dito mes, e anno; Filha legitima
de Manoel Francisco e de Maria Nunes, ambos naturaes, e moradores no lugar
do Montefrio desta Freguesia; Nepta paterna de Antonio Francisco natural do
Sobredito lugar do Montefrio e de Paschoa Francisca, natural da Relva Velha
desta Freguesia; e Materno de Manoel Lopes natural do Montefrio, e
de Cecilia nunes natural da Relvas, Freguesia da Teixeira e ambos moradores
no sobredito lugar do Montefrio, Forão padrinhos Manoel Martins, e sua Mulher
Anna Lopes do lugar do Montefrio; asistirão como Testemunhas Pedro Nunes
e Jose Dias, e para Constar fis este mesmo assento, que asignei, dia, mes, era
ut Supra.
Pedro Nunes O Cura Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Jose Dias"

Página 258 e 259:
"Pardieiros
Umbelina filha
de Manoel Joam e de
Francisca Maria"
"Em os vinte e hum de Setembro da era de mil e oito Centos annos baptizei Solenemente,
fazendo as veses do Reverendo Parocho, a Umbelina nascido a desaseis
do dito mes, e anno filha Legitima de Manoel Joam natural do Inxudro, e Francisca Maria
natural dos Pardieiros ambos desta freguesia da Bemfeita, e moradores nos Pardieiros:
Nepta paterna de Joam Lopes natural, e morador do inxudro, e de Anna
Nunes natural dos Pardieiros, e moradores no dito Inxudro. E materna de
Manoel Francisco natural do Montefrio e de Maria Josefa da Mourisia freguesia de Pomares,
a moradores no lugar dos Pardieiros desta [???]. forão Padrinhos o R
Pedro Quaresma da Bemfeita, e Izidora Solteira dos Pardieiros asistirão como
testemunhas Antonio dos Santos da Bemfeita, e Luis Jose dos Pardieiros ambos desta
freguesia e para constar fis este assento que asignei dia, mes, era ut Supra.
Antonio dos Santos Luis Jose O Reverendo Jose Gregorio"

Página 259:
"Bemfeita
Custodia filha
de Manoel Quaresma,
e de izidora
Maria."
"Em trinta de Setembro da era de mil e oito Centos annos batizei Solenemente
a Custodia nascida em vinte e tres do dito Mes, e anno filha legitima
de Manoel Quaresma natural da Relva Velha deste Freguesia, e de
Isidora Maria, natural, e ambos moradores neste lugar da Bemfeita
Nepta paterna de Francisco Nunes e de Maria Quaresma naturaes e moradores
no sobredito lugar da Relva Velha, E materna de Manoel Fernandes
e de Maria Francisca naturaes e moradores neste lugar da Bemfeita
forão padrinhos Antonio Joaquim e Umbelina Rosa deste mesmo lugar, forão
Testemunhas Jose Gomes Quaresma ao Reverendo Jose Gregorio ambos
naturais e moradores neste lugar, e para Constar fis este mesmo assento que
asignei, dia, mes, era, ut Supra
jose gomes quaresma
Jose Gregorio Costa
O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 260:
"Montefrio
Emilia filha de
Maria Lopes."
"Em vinte e dois de Novembro da era de mil e oito Centos annos batizei
Solenemente a Cecilia nascida em oito do dito mes e anno, filha natural de=
Maria Lopes Solteira natural do Montefrio desta Freguesia, e de pay incognito: Nepta=
Materna de Manoel Fernandes das Casa Velhas Termo de Miranda do Corvo
e de Maria Lopes natural ambos moradores no lugar do Montefrio; forão padrinhos=
Manoel Lopes e sua Mullher Anjelica da Silva do mesmo Lugar do=
Montefrio asitirão como Testemunhas Jose Francisco do lugar dos Pardieiros
e Manoel Correa do lugar da Bemfeita, e para Constar fis este mesmo assento
que asignei; dia, mes, era, ut Supra.
Manoel Correa O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Jose Francisco"

Página 261:
"sardal
Antonio Filho de Antonio
Nunes e de
Maria Gomes."
"Em vinte e sinco do mes de Janeiro da era de mil oito Centos e hum annos
batizei Solenemente a Antonio, nascido em desasete do dito Mes, e anno filho legitimo
de Antonio Nunes natural do Monte Redondo, Freguesia de Folques e de Maria
Gomes natural, e ambos moradores no lugar do Sardal desta Freguesia e Nepto paterno
de Berto da Nunes e de Luisa Nunes ambos naturaes e moradores no lugar
do Monte Redondo; e Materno de Antonio Fernandes natural deste luguar da Bemfeita,
e de Anna Gomes natural do lugar do Sardal desta Freguesia Forão padrinhos
João das Neves, e sua Mulher Maria Gomes naturais, e moradores no
lugar da Deflores desta Freguesia asistirão como Testemunhas Luis Jose morador
no lugar dos Pardieiros e Manoel Nunes do lugar do Sardal, e para Constar
fis este mesmo assento que asignei, dia, mes, era, ut Supra.
Manoel Nunes Luis Jose O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 262:
"Bemfeita
Anjela filha
de Manoel Gomes,
e de Maria
Francisca"
"Em os quatro dias do Mes d'Abril da era de mil oito Centos e hum annos batizei
Solenemente a Anjela, nascida em vinte e nove de Março do dito anno, filha legitima
de Manoel Gomes, e de Maria Francisca ambos naturaes e moradores
neste Lugar da Bemfeita, neta paterna de Manoel Gomes natural do lugar
do Montefrio desta Freguesia, e de Paschoa Quaresma natural deste mesmo lugar da
Bemfeita e Materna de Manoel Fernandes, e de Maria Francisca ambos naturaes
deste mesmo lugar da Bemfeita. Forão padrinhos Antonio Gonçalves
e sua Mulher assistirão como Testemunhas Antonio Nunes, e Luis Antonio
todos deste lugar da Bemfeita, e para Constar fis este mesmo assento que asignei
no mesmo dia Supra.
Luis Antonio O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Antonio Nunes"

Página 263 e 264:
"Luadas
Manoel filho de
Joaquim Manoel e de
Luisa das Neves"
"Em os desaseis dias do Mes de Junho da era de mil oito Centos e hum
annos batizei Solenemente a Manoel nascido em dose do dito Mes e anno
Filho legitimo de Joaquim Manoel natural do lugar do Montefrio, e de Luisa
das Neves natural, e ambos moradores no lugar das Luadas desta Freguesia
Nepto paterno de Manoel Fernandes natural da Ribeira do Castelo
de Alga, e de Maria Lopes natural do lugar do Montefrio, onde moram
Morão E materno de Manoel João das Neves natural dos Cepos e
de Marianna Antunes natural das Luadas onde morão; forão padrinhos
Manoel Goncalves [???], e sua Mulher Maria da Costa do lugar das Luadas desta
Freguesia, asistirão como Testemunhas, Manoel João das Neves, e Manoel
Afonso naturais do Sobredito lugar das Luadas; e para Constar fis este mesmo
assento que asignei, dia, mes, era, ut supra
Manoel João das Neves O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Manoel Afonso"

Página 264:
"Sardal
Luis filho de
Manoel francisco
Quaresma e de Anna
Goncalves."
"Em os vinte e hum dias do Mes de Junho da era de mil oito Centos e
hum annos batizou Com minha licença o Padre Luis Antonio deste lugar da
Bemfeita a Luis que tinha nascido aos desaseis do dito Mes e anno, filho legitimo
de Manoel Francisco Quaresma natural do Inxudro e de Anna Gonçalves natural
e ambos moradores no lugar do Sardal, deste Freguesia; Nepto paterno de
Manoel Francisco natural do Pay das donas e de Maria Quaresma natural do
lugar do Inxudro aonde morão; e materno de Jose Goncalves natural
do Sardal e de Cecilia Nunes natural das Relvas Freguesia da Teixeira,
e ambos moradores no lugar do Sardal; Forão padrinhos o Padre Luis
Antonio, e Umbelina Rosa naturaes e moradores neste lugar
da Bemfeita asistirão como testemunhas João Gonçalves do Lugar
do Sardal e Luis Francisco do lugar do Inxudro ambos deste Freguesia
e para Constar fis este mesmo assento que asignei, dia mes e era
ut Supra.
João Gonçalves O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Luis Francisco"

Página 266:
"Bemfeita
Anna, filha de
Antonio Goncalves
e de
Maria da Rosa"
"Em os quatro dias do Mes de Outubro da era de mil oito Centos e hum annos,
batizei Solenemente a Anna nascida em os vinte e nove dias do mes de setembro,
filha legitima de Antonio Goncalves natural do Monte Redondo Freguesia de Folques,
e de Maria da Rosa natural e ambos moradores neste lugar da Bemfeita. Nepta
paterna de Manoel Gomes natural do Monte Redondo, e de Maria Gonçalves
natural do lugar do Sardal desta Freguesia E materna de Manoel Simões,
e de Maria da Rosa ambos naturaes e moradores neste lugar da Bemfeita.
forão padrinhos eu mesmo e Anna Martins de Villa Cova de Sub Avo asistirão como
testemunhas Jose dos Santos e Antonio Nunes deste lugar da Bemfeita, e para Constar
fis este mesmo assento que asignei, dia, mes, era, ut Supra
Jose dos Santos Antonio Nunes O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 267:
"Bemfeita
Rita filha de
Antonio Jose
e de Catherina Maria"
"Em os onze dias do Mes de Dezembro da era de mil oito Centos e hum annos,
batizei Solenemente a Rita, nascida em os quatro dias do dito mes e anno filha
Legitima de Antonio Jose natural do Montefrio e de Catherina Maria natural
do Porto Castanheiro Freguesia da Teixeira e moradores neste lugar da Bemfeita
Nepta paterna de João do sobredito lugar do Montefrio e de Maria Fernandes
natural do lugar da Deflores desta Freguesia. E materna de Matheus da Costa
natural do Porto Castanheiro e de Maria das Neves natural do Salgueiro Freguesia de
Folques, forão padrinhos Pedro Nunes e sua Mulher Isabel Domingues moradores
neste lugar da Bemfeita asistirão como testemunhas Manoel Jose e Antonio
da Costa todos deste lugar da Bemfeita, e para Constar fis este mesmo assento que
asignei no mesmo dia Supra.
Manoel Jose Antonio da Costa O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 268:
"Sardal
maria filha de
João Goncalves
e de Josefa Maria"
"Em os desasete dias do mes de Janeiro da era de mil oito Centos e dois
annos batizei Solenemente a Maria nascida em os nove dias do dito mes e anno
filha legitima de João Goncalves natural do Sardal e de Josefa Maria natural da
Teixeira casados e moradores no dito lugar do Sardal. Nepta paterna de Jose Gonçalves
natural do Sardal e de Cecilia Nunes natural de Relvas Freguesia da Teixeira
e ambos moradores no dito lugar do Sardal. E materna de Pedro Fernandes e
de Isabel Domingues ambos naturaes e moradores no lugar da Teixeira;
forão padrinhos Manoel Goncalves e sua filha Cecilia naturaes do Caratão Freguesia de
Coja asistirão como Testemunhas Manoel Francisco do lugar do Sardal e Manoel
Goncalves deste lugar da Bemfeita, e para Constar fis este mesmo assento
que asignei dia mes era ut Supra
Manoel Francisco Manoel Goncalves O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 268:
"Pardieiros
Jose filho de
Antonio Goncalves
e de Maria
Josefa."
"Em os desoito dias do mes de Janeiro da era de mil oito Centos e dois annos
batizei Solenemente a Jose Nascido aos des dias do dito mes e anno filho legitimo
Antonio Gonçalves natural do lugar do Sardal este Maria Josefa natural
e ambos moradores no lugar dos Pardieiros desta Freguesia. Nepto paterno de
Jose Goncalves natural do Sardal e de Cecilia Nunes natural das Relvas Freguesia
da Teixeira e moradores no dito lugar do Sardal: E materno de Jose da Crus natural
de Folques e de Josefa Maria Quaresma natural do lugar dos Pardieiros
desta Freguesia a onde morão; Forão padrinhos o Reverendo Jose Quaresma do lugar da Cerdeira
e Josefa Maria do mesmo lugar asistirão como Testemunhas Jose Lopes
Quaresma do lugar da Bemfeita e o Reverendo Jose da Cruz Quaresma do lugar dos Pardieiros, e
para Constar fis este mesmo assento que asignei mesmo Supra.
Jose da Cruz Quaresma Jose Lopes Quaresma
O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 269:
"Deflores
Maria filha
de João das Neves,
e de Maria
Gomes."
"Em os vinte e dois dias do Mes de Fevreiro da era de mil oito Centos
e dois annos batizei Solenemente a Maria nascida em os trese
do dito Mes e anno filha legitima de João das Neves natural do lugar da Bemfeita,
e de Maria Gomes natural do lugar do Valado Freguesia da Villa de Avo
ambos moradores no lugar da Deflores, Nepta paterna de Sebastiam
Nunes natural do Meda de Mouros e de Maria dos Santos natural do
lugar da Bemfeita; e Materna de Jose Afonso natural do lugar
das Casarias Freguesia de Pomares e de Maria Gomes natural do Vallado
forão padrinhos Jose Nunes Correa, do lugar da Drea e Maria
deste lugar da Bemfeita forão testemunhas Manoel Francisco do lugar
da Deflores e Manoel Lourenço do lugar da Drea, e para Constar fis
este mesmo assento que asignei no mesmo dias Supra.
Manoel Francisco Manoel Lourenço O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 270:
"Bemfeita
Jose filho de
Maria Solteira"
"Em os desasete dias do Mes de Marso da era de mil oito Centos e dois annos
batizei Solenemente a Jose nascido em os oito dias do dito mes e anno, filho natural
de Maria Solteira natural deste lugar da Bemfeita, e de Pay incognito Nepto
materno de Manoel Jose natural do lugar do Montefrio desta Freguesia e de Maria
Nunes natural e ambos moradores neste lugar da Bemfeita e de Avo paterno
incognito,; forão padrinhos Jose Simões e sua mulher Isidora Maria deste
mesmo lugar da Bemfeita, forão testemunhas Manoel Pedro, e Manoel
Jose deste mesmo lugar, e para Constar fis este mesmo assento que asignei no
mesmo dia Supra.
Manoel Pedro O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Manoel Jose"

Página 271 e 272:
"Pardieiros
Jose filho de
Manoel João
e de Francisca
Maria"
"Em os desasete dias do Mes de Abril da era de mil oito Centos
e dois annos batizei Solenemente a Jose nascido em os seis
dias do dito Mes, e anno filho legitimo de Manoel João natural do Inxudro
desta Freguesia e de Francisca Maria natural dos Pardieiros a onde morão.
Nepto paterno de João Lopes natural do sobredito lugar do Inxudre
e de Anna Pastora natural do lugar dos Pardieiros. E materno
de Manoel Francisco natural do lugar do Montefrio e de Maria Josefa
natural do lugar da Moirisia Freguesia de Pomares
Forão padrinhos o Reverendo Luis Marques e sua sobrinha Embelina
ambos deste lugar da Bemfeita, forão testemunhas Manoel
Jose Quaresma do lugar dos Pardieiros, e para Constar fis este mesmo assento
que asignei no mesmo dia Supra.
Manoel Jose Quaresma O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 272:
"Montefrio
Joaquim filho
de Pedro Nunes
e de Luisa Nunes"
"Em os desasete dias do Mes de Maio da era de mil oito Centos e dois annos
batizei Solenemente a Joaquim, nascido em os dose dias do dito mes, e anno, filha legitima
de Pedro Nunes, e de Luisa Nunes, ambos naturaes, e moradores no lugar do Monte
frio, Nepto paterno de João Nunes natural do sobre dito lugar do Montefrio e de
Maria Fernandes natural do lugar da Deflores desta Freguesia, e Materno de Jose
Gonçalves, natural do lugar da Castanheira Freguesia de Fajão e de Josefa Nunes
natural do lugar do Montefrio, forão padrinhos Jose Gaspar, e sua Molher
Maria Nunes do mesmo Montefrio, forão testemunhas Manoel Nunes e Jose Nunes
todos do lugar do Montefrio, e para Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra
Manoel Nunes Jose Nunes O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 273:
"Montefrio
Antonia filha de
Manoel Joaquim, e
de Maria Gomes"
"Em os vinte dias do Mes de Junho da era de mil oito Centos e dois annos
batizei Solenemente a Antonia, nascida em os onse dias do dito mes e anno
filha Legitima de Manoel Joaquim natural da Relva Velha, e de Maria
Gomes natural ambos moradores no lugar do Montefrio desta Freguesia. Nepta
paterna de Joaquim Pinheiro, e de Guimar francisca de Villa Cova de Sub Avô
aonde são moradores e Materna de Domingos Lopes natural do lugar
do Montefrio, e de Helena Gomes natural da Moira Freguesia da Villa de Avo
Forão padrinhos Jose Gaspar, e sua Molher Maria Nunes do lugar do Monte
frio, asistirão como testemunhas Antonio Lopes deste lugar da Bemfeita
e Manoel Nunes o velho do lugar do Montefrio, e para Constar fis este mesmo assento
que asignei no mesmo dia Supra.
Antonio Lopes Manoel Nunes O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 273 e 274:
"Pardieiros
Jose filho de Pedro
João e de Ritta
Maria"
"Em o primeiro dia do mes de Agosto da era de mil oito Centos
e dois annos, batizei Solenemente a Jose nascido em os vinte e quatro
dias do mes de Julho do dito anno filho legitimo de Pedro João naturais do
lugar do Montefrio, e de Ritta Maria natural, e ambos moradores, no lugar
Lugar dos Pardieiros desta Freguesia. Nepto paterno de João Dias natural da
Casthanheira Freguesia de Fajão, e de Rosa Gomes natural do lugar do Monte
frio, e Materno de Jose Dias, e de Maria da Costa ambos naturaes, e moradores
no lugar dos Pardieiros; forão padrinhos Jose Quaresma da Fonte e sua
Mulher Maria das Neves naturaes do mesmo lugar dos Pardieiros, forão
Testemunhas Jose Quaresma do lugar da Bemfeita, e Jose Martins da Relva
Velha, e para Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra.
Jose Quaresma Jose Martins O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 275:
"Pay das Donas
Maria filha de Luis
Nunes, e de Maria
Quaresma"
"Em os vinte e seis dias do mes de Setembro da era de mil oito Centos
e dois annos, batizei Solenemente a Maria nascida em os vinte dias
do dito Mes, e anno, filha legitima de Luis Nunes natural do lugar do Pay das Donas
e de Maria Quaresma natural do lugar do Sardal desta Freguesia nepta paterna de
Bento Nunes natural do Pay das Donas e de Josefa Quaresma natural dos
Pardieiros e Materna de Jose Afonso natural dos Pardieiros e de Catherina
Quaresma natural e ambos moradores no lugar do Sardal desta Freguesia
Forão padrinhos Jose Francisco e sua irmam Maria do lugar do Pay dos Donas
aisitirão como testemunhas Antonio Nunes e Manoel Nunes do Pay das Donas
e para Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra.
Antonio Nunes Manoel Nunes O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 275:
"Montefrio.
Manoel filho de
Jose Lopes, e de Josefa
Maria."
"Em os vinte e tres dias do Mes de Outubro da era de mil oito Centos
e dois annos, batizei Solenemente a Manoel nascido em os quinse dias do
dito Mes e anno, filho legitimo de Jose Lopes natural do Montefrio, e de Josefa
Maria natural da Moirisia Freguesia de Pomares; Nepto paterno de Domingos
Lopes natural do Montefrio, e de Helena Gomes natural da Moira Freguesia
da Villa de Avo, e Materno de Manoel João natural da Moirisia freguesia
de Pomares e de Maria Lopes natural do Soito da Ruiva da mesma Freguesia de
Pomares; forão padrinhos Domingos João e Maria Francisca do lugar do Monte
frio asistirão como testemunhas Jose Gaspar, e Manoel Joaquim do mesmo
lugar do Montefrio, e para Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia
Supra.
Manoel Joaquim O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Jose Gaspar"

Página 276:
"Montefrio
Maria filha de
Joaquim Ribeiro
de Josefa Lopes."
"Em os vinte e seis dias do Mes de Outubro da era de mil oito Centos
e dois annos, batizei Solenemente a Maria nascida em os dezoito dias do dito
Mes e anno, filha legitima de Joaquim Ribeiro natural deste lugar da Bemfeita
e de Josefa Lopes natural do lugar do Montefrio; Nepta paterna de
Xavier Marques natural do lugar do Salgueiral Freguesia da Villa de Coja e de Maria Ribeiro
natural deste lugar da Bemfeita aonde são moradores; e Materna de
Manoel Fernandes natural das Casas Velhas Freguesia de Campello da Nossa Senhora do
Rosario e de Maria Lopes natural, e ambos moradores no lugar do Montefrio
desta Freguesia forão padrinhos Jose Lopes Quaresma e sua filha Maria deste lugar e forão
testemunhas Luis da Fonseca, e Jose Gomes deste mesmo lugar, e para Constar fis
este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra.
Luis da Fonseca O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Jose Gomes"

Página 276:
"Luadas, Manoel
filho de Manoel
Jose Pereira
e de Ritta Maria"
"Em os vinte e sinco dias do Mes de Novembro da era de mil oito Centos e dois
annos, batizei Solenemente a Manoel nascido em os desanove dias do dito mes
e anno filho legitimo de Manoel Jose Pereira natural das Luadas, e de Ritta Maria
natural do lugar dos Pardieiros deste Freguesia, Nepto paterno de Luis Pereira e de Anna
Maria ambos naturaes e moradores no mesmo lugar das Luadas e Materno de
Manoel Jose natural dos Pardieiros e de Maria Gomes natural do lugar do Montefrio
desta Freguesia, forão padrinhos Manoel Gonçalves e Maria da Costa ambos
do lugar das Luadas asistirão como testemunhas Manoel Jose e Joaquim Manoel
do mesmo lugar, e para Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra.
Manoel Jose Joaquim Manoel O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 276:
"Pisam de
água de Maias
Maria filha de Manoel
dos Santos e de
Maria Garcia."
"Em os vinte e oito dias do Mes de Novembro da era de mil oito Centos e dois annos,
batizei Solenemente a Maria nascida em os vinte e dois dias do Mes e anno
filha legitima de Manoel dos Santos natural do lugar da Bemfeita, e de Maria Garcia
natural do lugar da Esculca Freguesia de Coja Nepta paterna de Sebastiam Nunes
natural da Meda de Moiros e de Maria dos Santos natural, e ambos moradores neste
lugar da Bemfeita, e Materna de Manoel Garcia natural da Esculca e de Maria
Quaresma natural do Pisam de Coja, forão padrinhos o Reverendo Pedro Nunes do lugar
da Teixeira, e Maria da Costa de lugar do Sardal forão testemunhas Jose Correa
e Antonio dos Santos do lugar da bemfeita e para Constar fis este mesmo assento que asignei
no mesmo dia Supra.
Antonio dos Santos O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Jose Correa"

Página 276 e 277:
"Bemfeita
Maria filha de
Jose Simões e
de Isidora
Nunes"
"Em os vinte e oito dias do Mes de Novembro da era de mil oito Centos e dois
annos, batizei Solenemente a Maria nascida em os vinte e tres dias do dito mes
e anno filha legitima de Jose Simões natural das Luadas, e de Isidora Nunes
natural deste lugar da Bemfeita, aonde são moradores, Nepta paterna de
Manoel Simões natural da Bemfeita, e de Maria Marques natural, e ambos mo
Moradores no lugar das Luadas e Materna de Manoel Jose natural
do lugar do Montefrio, e de Anna Nunes natural, e ambos moradores no
lugar da Bemfeita forão padrinhos Manoel Gonçalves Moso, e sua
mulher Maria Cacilia do lugar das Luadas forão testemunhas Antonio
Jose e Manoel Jose da Bemfeita, e para Constar fis este mesmo assento
que asignei no mesmo dia Supra.
O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Antonio Jose Manoel Jose"

Página 277:
"Bemfeita
Jose filho de Jose
Luis e de Gertrudes
Correa."
"Em os sinco dias do Mes de Dezembro da era de mil oito Centos e
dois annos batizei Solenemente a Jose nascido em os vinte e nove dias do
mes de Novembro do dito anno filho legitimo de Jose Luis e de Gertrudes Correa
ambos naturais, e moradores, no lugar da Bemfeita Nepto paterno
de Luis Jose natural do Montefrio e de Maria Nunes natural da Bemfeita
a onde morão e Materno de Marcos Correa natural do mesmo
lugar e de Lourença da Costa natural do lugar das Luadas desta Freguesia
forão padrinhos Luis Antonio, e Sua Mulher Maria do Rosario
deste lugar da Bemfeita forão testemunhas Manoel Gonçalves
e Manoel Luis deste lugar da Bemfeita, e para Constar fis este mesmo
assento que asignei no mesmo dia Supra.
Manoel Luis. O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Manoel Gonçalves"

Página 277:
"Montefrio.
Jose filho de Luisa
Solteira."
"Em os dois dias do Mes de Janeiro da era de mil oito Centos e
tres annos batizei Solenemente a Jose, nascido em os vinte e quatro
do mes de Dezembro de mil oito Centos e dois filho natural de Luisa Solteira
do lugar do Montefrio, e de Pay incognito; nepto Materno de
Francisco Jose natural do lugar da Drea desta Freguesia, e de Maria Gomes
natural do mesmo lugar do Montefrio; forão padrinhos Jose Francisco e Sua
Mulher Maria Gomes do lugar do Montefrio asistirão como testemunhas
Manoel Joaquim a Jose Dias do lugar do Montefrio, e para
Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra.
Manoel Joaquim Jose Dias O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 277:
"Bemfeita
Maria filha de Manoel
Quaresma e de Isidora
Maria"
"Em os vinte, e seis dias do Mes de Janeiro da era de mil oito Centos e tres
annos, batizei Solenemente a Maria, nascida em os vinte dias do mesmo
Mes, e anno filha legitima de Manoel Quaresma natural da Relva Velha,
e de Isidora Maria natural e ambos moradores neste lugar da Bemfeita
Nepta paterna de Francisco Nunes, e de Maria Quaresma ambos naturaes, e moradores
no lugar da Relva Velha, desta Freguesia, e Materna de Manoel Fernandes
e de Maria Francisca, ambos naturaes, e moradores neste lugar da Bemfeita
forão padrinhos Jose Lopes Quaresma e sua filha Umbelina asistirão como testemunhas
Jose Gomes Quaresma e Francisco Nunes, deste lugar, e para Constar fis este
mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra
Francisco Nunes Jose Gomes Quaresma O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 277 e 278:
"Sardal, Ritta
filha de Manoel Nunes
Moso e de Josefa Nunes"
"Em os dois do Mes de Fevreiro da era de mil oito Centos e tres annos,
batizei Solenemente a Ritta, nascida em os vinte e seis dias do Mes de Janeiro
do dito anno, filha legitima de Manoel Nunes Moso natural do lugar do Sardal
e de Josefa Nunes natural do lugar da Teixeira: Nepta paterna de Manoel
Nunes Velho, e de Maria Nunes ambos naturaes e moradores no lugar do
Sardal desta Freguesia, e Materna de Jose Afonso natural da Teixeira e de
Isabel Nunes natural do Monte Redondo Freguesia de Folques; forão padrinhos
João Gonçalves e Sua Mulher Josefa Maria do lugar do Sardal, [???]
Forão testemunhas Manoel Nunes do Sardal e Antonio Lopes da Drea
e para Constar, fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra
Manoel Nunes Antonio Lopes O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 278:
"Montefrio
Domingos filho
de Luis Jose e de
Maria Nunes"
"Em os dose dias do Mes de Abril da era de mil oito Centos e tres annos batizei Solenemente a Domingos, nascido em os tres dias do dito Mes e anno filho legitimo de Luis Jose e de Maria Nunes ambos
naturaes e moradores no lugar do Montefrio deste Freguesia nepto paterno de João Nunes natural
do lugar do Montefrio e de Maria Fernandes natural do lugar da Deflores desta Freguesia e Materna
de Antonio Dias natural do lugar da Bemfeita e de Anna Nunes natural, e ambos moradores no lugar
do Montefrio forão padrinhos Jose Francisco e sua Mulher Maria da Costa naturaes do lugar
do Sardal desta Freguesia, asistirão como testemunhas Joaquim Ribeiro e Manoel
Nunes deste lugar da Bemfeita, e para Constar, fis este mesmo assento que asignei no
mesmo dia Supra
Joaquim Ribeiro O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Manoel Pedro"

Página 279:
"Sardal, Anna
filha de Antonio Nunes,
e de Maria Gomes."
"Em os desoito dias do Mes de Abril da era de mil e oito Centos e tres
annos pus os Santos Oleos, e usei das mais Cerimonias, que manda
o Ritual da [???] a Ana, que tinha cido batizei em casa
por nececidade; e tinha nascido em os tres dias do dito Mes e anno, filha legitima
de Antonio Nunes natural do Monte Redondo Freguesia de Folques, e de Maria
Gomes natural do lugar do Sardal desta Freguesia Nepta paterna de Berto da Nunes
e de Luisa Nunes ambos naturais, e moradores no lugar do Monte Redondo,
e Materna de Antonio Fernandes natural do lugar da Bemfeita
e de Anna Gomes natural do lugar do Sardal forão padrinhos João Simões,
e Ritta das Neves ambos do mesmo lugar do Sardal, asistirão como testemunhas
Manoel Nunes do Sardal, e Manoel Francisco do lugar do Pay das Donas
e para Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra
Manoel Nunes Manoel Francisco O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 279:
"Deflores Jose
filho de João das Neves
e de Maria Gomes."
"Em os desasete dias do Mes de Abril da era de mil e oito Centos e tres annos
batizei Solenemente a Jose nascido em os desasete dias do dito Mes e anno
filho legitimo de João das Neves natural do lugar da Bemfeita e de Maria
Gomes natural do lugar do Vallado Freguesia da Villa de Avo e moradores no
lugar da Deflores desta Freguesia. Nepto paterno de Sebastiam Nunes natural
de Meda de Moiros e de Maria dos Santos natural deste lugar da Bemfeita
e Materno de Jose Afonso natural natural do lugar das Casarias Freguesia de
Pomares e de Maria Gomes natural do Vallado Forão testemunhas Manoel
Soares e Luis Solteiro do lugar da Drea, e para constar fis este
assento que asignei no mesmo dia Supra.
Manoel Soares Luis Correa O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 279:
"Relva Velha
Manoel filha de Jose
Martins e de Maria
Francisca."
"Em os tres dias do Mes de Maio da era de mil e oito Centos e tres annos batizei
Solenemente a Manoel nascido em os vinte e Sinco dias do Mes de Abril do
dito anno filho legitimo de Manoel Martins natural da Relva Velha desta Freguesia
e de Maria Francisca natural do Pay das Donas, Nepto paterno de Estevão Martins
natural da Relva Velha e de Anna Nunes natural do lugar do Montefrio
e Materno de João quaresma natural da Teixeira e de Maria Francisca natural
do lugar do Pay das Donas; forão padrinhos Manoel Martins do lugar do Montefrio
e Maria Martins do lugar da Relva Velha forão testemunhas Manoel João de
Pardieiros e Sebastião Jose do lugar da Moirisia Freguesia de Pomares e para constar
fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra.
Manoel João Sebastião Jose O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 279 e 280:
"Montefrio
Manoel filho de João
Dias e de Escolastica
Maria."
"Em os quinse dias do Mes de Maio da era de mil e oito Centos e tres
annos batizei Solenemente a Manoel nascido em os seis dias do dito Mes, e anno
filho legitimo de João Dias natural do lugar do Montefrio e de Escolastica Maria
natural do lugar das Casarias Freguesia de Pomares, Nepto paterno de outro
João Dias e de Rosa Gomes ambos naturaes e moradores no lugar do Montefrio
e Materno de Antonio Garcia natural do lugar da Bemfeita e de
Maria Luis natural do lugar das Casarias Freguesia de Pomares e moradores no Montefrio
forão padrinhos Roque Jose e Josefa Maria do lugar das Rosas Freguesia da Villa de Avô
asistirão como Testemunhas Jose dos Santos deste lugar da Bemfeita e Jose Nunes
do lugar do Montefrio e para Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra.
Jose dos Santos Jose Nunes O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 281:
"Montefrio
Ritta filha de Manoel
Francisco e de
Maria Nunes"
"Em os vinte e quatro dias do Mes de Agosto da era de mil e oito Centos e tres
annos batizei Solenemente a Ritta nascida em os quinse dias do dito mes e anno
filha legitima de Manoel Francisco e de Maria Nunes ambos naturais e moradores
no lugar do Montefrio desta Freguesia. Nepta paterna de Antonio Francisco natural
do mesmo Montefrio, e de Paschoa Francisco natural da Relva Velha; e materno
Manoel Lopes natural do Montefrio e de Cecilia Nunes natural das Relvas
Francisco da Teixeira, forão padrinhos Jose Dias e Anna Lopes ambos do lugar
do Montefrio, asistirão como testemunhas Francisco Nunes da Relva Velha e de
Jose quaresma dos Pardieiros e para Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia
Supra.
Jose quaresma Francisco Nunes O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 282:
"Deflores
Felisarda filha
de Maria Solteira"
"Em os onze dias do Mes de Setembro da era de mil e oito Centos e tres annos batizei
Solenemente a Felisarda nascida em os tres dias do dito mes e anno, filha natural de
Maria Gomes Solteira natural do lugar da Deflores desta Freguesia e de pay incognito. Nepta
paterna de Avo incognito e Materna de Jose Francisco natural da Drea
desta Freguesia e de Anna Gomes natural do lugar do Montefrio desta mesma Freguesia forão
padrinhos Jose Francisco e Maria da Costa ambos do lugar do Sardal, asistirão como
testemunhas Jose Nunes do lugar de Drea; e Jose Francisco do lugar dos Pardieiros, e
para Constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra
Jose Nunes Jose Francisco O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 283:
"Montefrio
Manoel filho de Manoel
Joaquim, e de Maria
Gomes"
"Em os quatro dias do Mes de Dezembro da era de mil e oito Centos e tres annos batizei
Solenemente a Manoel nascido em os vinte e nove do dito Mes de Novembro do [???]
filho legitimo de Manoel Joaquim natural da Relva Velha e de Maria Gomes natural e
ambos moradores no lugar do Montefrio desta Freguesia Nepto paterno de Joaquim Pinheiro
natural da Villa Cova de Sub Avo e de Anna quaresma natural da Relva Velha, e Materno
de Domingos Lopes natural do Montefrio, e de Clara Gomes natural do lugar da
Moira Freguesia de Avo forão padrinhos Jose Gaspar e Sua Mulher Maria [???]
Forão Jose Rodrigues de lugar de Anceris forão testemunhas Jose Dias e Jose
Lopes do mesmo Montefrio, e para Constar, fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra
Jose Lopes Jose Dias O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 284:
"Montefrio
Manoel filho de
Jose Nunes e
Luisa Maria"
"Em os onze dias do Mes de Janeiro da era de mil e oito Centos e quatro annos batizei Solenemente
a Manoel nascido em os dois dias do dito Mes e anno, filho legitimo de Jose Nunes natural
do lugar do Montefrio desta Freguesia, e de Luisa Maria natural do lugar das Casarias Freguesia de
Pomares, Nepto paterno de João Nunes e de Maria Fernandes ambos naturais do lugar da
Deflores deste Freguesia, e moradores no sobredito do Montefrio, e Materno de Manoel Luis
natural do lugar do Sardal desta Freguesia e de Paula Maria natural do lugar das Casarias, forão
padrinhos Pedro Nunes e sua mulher Isabel Domingues deste lugar da Bemfeita, forão
testemunhas Pedro Nunes e Manoel Nunes do lugar do Montefrio, e para Constar fis este mesmo
assento que asignei no mesmo dia Supra
Pedro Nunes Manoel Nunes O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias"

Página 285:
"Bemfeita
Anna filha de Manoel
Gomes e de Maria
Francisca"
"Em os oito dias do Mes de Abril da era de mil e oito Centos e quatro annos batizei
Solenemente a Anna nascida no primeiro dia do Mes, e anno, filha legitima de Manoel
Gomes e de Maria Francisca ambos naturais, e moradores neste lugar da Bemfeita
Nepta paterna de Manoel Gomes natural do lugar do Montefrio desta Freguesia e de
Pascoa Quaresma natural e ambos moradores neste lugar de Bemfeita, e Materno
de Manoel Fernandes e de Maria Francisca ambos naturais e moradores neste
mesmo lugar forão padrinhos Manoel Pedro e Maria do Rosario deste lugar
da Bemfeita asistindo como testemunhas Francisco Nunes e Manoel Fernandes
deste lugar da Bemfeita e para Constar fis este mesmo assento que asignei no
mesmo dia Supra.
O Vigario Caetano de Figueiredo Fr. Dias
Francisco Nunes e Manoel Fernandes"

Página 285 e 286:
"Bemfeita
Francisco filho de Luis
Lopes, e de Maria
Francisca"
"Em os quinse dias do mes de Abril da era de mil e oito Centos,
e quatro annos batizei Solenemente a Francisco nascido aos
oito dias do ditto mes, e anno filho de Luis Lopes natural dos Pardieiros,
e Maria Francisca natural deste Luguar da Bemfeita moradores neste
mesmo Lugar [???] nepto paterno de Francisco Lopes natural do Montefrio,
E Lourença quaresma natural dos Pardieiros ahi moradores,
e Materno de Manoel Gomes e Maria Francisca ambos
moradores e naturais deste Lugar e freguesia da Bemfeita
forão Padrinhos Francisco Nunes e Lourança Quaresma deste mesmo
Lugar, e freguesia Asistirão como testemunhas João Quaresma
e Jose dos Santos ambos deste referido Lugar da Bemfeita
e para Constar fis este mesmo assento, como tambem batizei fazendo
as vezes do Reverendo Parocho que asignei no mesmo dia Supra.
João Quaresma O Reverendo Jose Gregorio
Jose dos Santos"

Página 286:
"Sardal
Pedro filho de
João Gonsalves,
e Josefa
Maria"
"Em os vinte, e nove dias do mes de Abril da era de mil,
e oito Centos, e quatro annos batizei Solenemente em falta
do Reverendo Parocho o Pedro nascido aos vinte e dois do ditto mes, e
anno, filho de João Gonsalves do Sardal dali natural, e Josefa
Maria natural da Teixeira, e moradores no ditto Lugar do Sardal
desta freguesia da Bemfeita, nepto paterno de Jose Gonsalves natural
do ditto Lugar do sardal, e Cecilia Nunes natural das Relvas freguesia
da Teixeira, e moradores no mesmo Lugar do Sardal, e Materno de Pedro
Nunes e Isabel Domingas naturais, e moradores no Lugar e freguesia
da Teixeira, forão Padrinhos o Padre Pedro Jose dos Santos da
Candosa, e Isabel Nunes do sardal, assistirão como testemunhas
João Simoes, e Manoel Nunes ambos do Sardal deste freguesia
e para constar fis este mesmo assento que asignei no mesmo dia Supra
João Simoes O Reverendo Jose Gregorio
Manoel Nunes"

Página 287:
"Pardieiros
Antonio filho de
Manoel joam Lopes
e de Francisca Maria"
"Em os vinte e Sete de Maio de mil e oito Centos e quatro
batizei Solenemente a Antonio nascido em os vinte e dois do mesmo
mes Filho de Manoel joam Lopes e de Francisca Maria esta dos
Pardieiros e aquele do Inxudro mas moradores nos Pardieiros e
neto paterno de joam Lopes Nunes e de Anna Nunes esta dos
pardieiros e aquele do inxudro e ahi moradores e Materno de
Manoel Francisco e de Maria josefa esta da Moirisia Freguesia de
Pomares e aquele do Monte Frio desta Freguesia mas moradores
nos pardieiros e foram padrinhos jose quaresma e Francisca
Maria dos pardieiros E foram testemunhas Luis jose dos pardieiros
e jose do pau e para constar fis este mesmo acento que asignei dia
mes era ut Supra.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis jose jose do pau"

Página 287:
"Luadas Maria
Filha de Manoel
jose e de Luisa
Maria"
"Em os oito dias do Mes de junho da era de mil e oito Centos
e quatro batizei Solenemente a Maria nacida em o primeiro
do mesmo mes Filha de Manoel jose Antunes natural dos pardieiros
e de Luisa Maria natural das Luadas e ahi moradores neta
paterna de Manoel jose Antunes e de Maria Gomes esta do montefrio
e aquele dos pardieiros e ahi moradores e Materna de
Luis prêira e de Anna Maria das Luadas e foram padrinhos
Manoel jose dos pardieiros e Sua Molher Maria Gomes
e foram testemunhas Antonio quaresma da Bemfeita e
Manoel jose preira das Luadas e para Constar fis este acento que
asignei dia mes era ut Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel jose preira Antonio quaresma"

Página 288:
"Luadas
Maria filha de
Joaquim Manoel
e de Luisa das Neves"
"Em os des dias do mes de junho da era de mil e oito Centos
e quatro batizei Solenemente a Maria nacida em o primeiro deste
mes Filha de joaquim Manoel e de Luisa das Neves aquele do
Monte frio e ela das Luadas e ahi moradores neta paterna de Manoel
Fernandes e de Maria Lopes esta do Monte frio e aquele das
Vilas de Pelo Freguesia de Campelo da Senhora da Grasa e Materna
de Manoel joam das Neves dos Sepos e de Marianna Antunes das
Luadas e foram padrinhos Manoel GOnsalves moso e Sua Molher
Maria da Costa e foram testemunhas Manoel Afonso e Manoel jose
das Luadas para Constar fis este acento que asinei dia mes era
ut Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Afonso Manoel jose"

Página 288:
"jose filho de
jose Antonio e de
Maria Rita dos
pardieiros"
"Em os Vinte e hum dias do mes de junho da era de mil e oito Centos e
quatro pus os Santos e Supri Com os mais [???] por ter sido do Batisado
em casa a jose filho de jose Antonio e de Maria Rita dos pardieiros
neto paterno de Antonio jose e de Maria josefa da Sorguasosa
e aquele dos pardieiros e ahi moradores e Materno de jose Antunes
e de Anna da Costa esta das Luadas e aquele dos pardieiros e ahi moradores
e foram padrinhos o Reverendo jose da Crus e Maria da Crus do mesmo
luguar dos pardieiros e foram testemunhas jose quaresma da fonte
a Antonio jose e para Constar fis este acento que asinei dia mes era ut Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Antonio jose"

Página 288 e 289:
"Luis filho de
jose Lopes e de
izidora
Ribeiro deste
luguar da Bemfeita"
"Em os Vinte e Sete de junho da era de mil e oito Centos e quatro batisou
Solenemente Com minha licensa o Padre Luis Antonio a Luis filho
de jose Lopes quaresma e de izidora Maria Ribeiro ambos
deste luguar da Bemfeita neto paterno de Manoel Lopes e de Engracia
quaresma deste mesmo luguar da Bemfeita e Materno de Xavier
Marques de Fonseca e de Maria Ribeiro aquele natural do Salgueiral aquela
desta Bemfeita e ahi moradores e foram padrinhos o Reverendo Luis Antonio
Xavier da fonseca e ines quaresma deste mesmo luguar e Tios do Batisado
e foram Testemunhas o Reverendo Antonio Dias e o Reverendo jose Gregorio
e para Constar fis este acento que asinei dia mes era ut Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Dias jose Gregorio"

Página 294:
"Relva Velha
Antonio filho
jose Martins e
de Anna Nunes"
"Em os desaseis de Abril da era de mil e oito Centos e Sinco
batisou Solenemente a Antonio filho de jose Martins e de Maria
Francisco esta do pai das Donas e aquele da Relva Velha e ahi moradores
Neto paterno de Extevam Martins e de Anna Nunes esta do
Montefrio e aquele da RelvaVelha e Materno de joam quaresma
e de Maria Francisca esta do pai das Donas e aquele da Teixeira
e foram padrinhos Manoel quaresma e Maria Solteira Tia do batisado
e foram testemunhas joam Dias do Montefrio e Manoel Lopes
da Relva Velha e para Constar fis este acento que asinei no
mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Dias Manoel Lopes"

Página 294:
"Bemfeita jose
filho de joaquim
Ribeiro e de josefa
Lopes"
"Em os nove de Maio de mil e oito Centos e Sinco batisei Solenemente a
jose filho de joaquim Ribeiro e de josefa Lopes esta do luguar do Montefrio
e aquele deste luguar da Bemfeita e aqui moradores neto paterno
de Xavier Marques do luguar do Salgueiral freguesia de Coija
e de Maria Ribeiro deste luguar da Bemfeita ahi moradores
Materno de Manoel Fernandes natural de Casas Velhas Freguesia
de Campelo de Nossa Senhora do Rosario e de Maria Lopes do luguar de Monte
frio e foram padrinhos jose Lopes e Sua filha Umbelina deste
mesmo luguar da Bemfeita e foram testemunhas Luis Antonio
e Manoel joaquim e para Constar fis este acento que asinei no mesmo
dia Supra O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel joaquim Luis Antonio"

Página 295:
"Montefrio Maria
filha de Pedro
Nunes e de Luisa
Nunes"
"Em os Vinte e tres de junho de mil e oito Centos e Sinco Batisei Solenemente
a Maria Filha de Pedro Nunes e de Luisa Nunes do Luguar do Montefrio neta paterna
de joam Nunes e de Maria Fernandes esta da Deflores e aquele do Monte
Frio a ahi moradores e Materna de jose Gonsalves e de josefa Nunes aquele
Castinheira Freguesia de Feijam esta do Monte frio e ahi moradores e foram
padrinhos jose Gaspar e Sua Molher Maria Nunes tambem do Monte frio
e foram testemunhas Luis jose dos pardieiros e Manoel Nunes do
Monte frio e para Constar fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis jose Manoel Nunes"

Página 303:
"Bemfeita Rita
filha de Antonio jose
e de Catrina Maria"
"Em os nove de Agosto da era de mil e oito Centos e Sinco
batizei Solenemente a Rita filha de Antonio jose e de Catrina
Maria esta do porto Castinheiro e aquele do Montefrio mas
moradores na Bemfeita neta paterna joam Nunes e de Maria
Fernandes esta da Deflores e aquele do Montefrio e ahi moradores
e Materna de Mateus da Costa e de Maria das Neves
esta do Salgueiro e aquele do porto Castinheiro e ahi moradores
e foram padrinhos Manoel pedro e Umbelina
Rosa deste mesmo luguar da Bemfeita e foram testemunhas
Manoel Fernandes e Francisco Bras deste mesmo luguar
e para constar fis este termo que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Bras Manoel Fernandes"

Página 305:
"Pardieiros Maria
filha de jose
Antonio e de
Maria Rita"
"Em os nove de Setembro de mil e oito Centos e Sinco
batizei Solenemente a Maria filha de jose Antonio e de Maria
Rita do luguar dos Pardieiros neta paterna de Antonio
jose e de Maria josefa esta da Sorguasosa Freguesia de
Pomares e aquele dos Pardieiros e ahi moradores e Materna
de jose Antunes e de Anna da Costa esta das Luadas e
aquele dos Pardieiros e ahi moradores e foram Padrinhos
Padre jose da Crus e Sua irmam Maria da Crus e por procurasam do
padrinho [???] jose Lopes deste luguar e foram testemunhas
Antonio da Costa e Manoel quaresma deste mesmo luguar
Bemfeita e para constar fis este termo que asinei no mesmo
dia Supra.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel quaresma Antonio da Costa"

Página 306:
"Pardieiros
Maria filha de
pedro quaresma
e de Maria
Fernandes"
"Em os quinze de Setembro de mil e oito Centos e Sinco batizei
Solenemente a Maria filha de pedro quaresma e de Maria Fernandes
esta do Montefrio e aquele dos Pardieiros e ahi moradores neta
paterna de Antonio quaresma e da Agueda Francisca dos pardieiros
e Materna de Manoel Fernandes e de Maria Nunes esta do
Montefrio e aquele das Casas Velhas mas moradores no Montefrio
e foram padrinhos jose quaresma da fonte e Maria das Neves dos
pardieiros e foram testemunhas pedro quaresma Moso dos
pardieiros e Domingos joam do Montefrio e para constar fis este termo
que asinei no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro quaresma Domingos joam"

Página 306 e 307:
"Luadas Rita
filha de Manoel
jose preira
e de Maria Rita"
"Em os desanove de Setembro da era de mil e oito Centos e
Sinco batizei Solenemente a Rita filha de Manoel jose
preira e de Rita Maria esta dos pardieiros e aquele
das Luadas e ahi moradores neta paterna de Luis preira
e de Anna Maria das Luadas e Materna de de
Manoel jose e de Maria Gomes esta do Monte Frio e ele
dos pardieiros e ahi moradores e foram padrinhos Manoel
Gonsalves e Maria da Costa das Luadas e foram
testemunhas jose dias Dos pardieiros e Manoel jose
Antunes das Luadas e para Constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo
dia Supra O Cura Francisco de Abranches [???]
de Figueiredo
Manoel jose Antunes jose Dias"

Página 309:
"Montefrio
Manoel filho
de Manoel Martins
e de Anna
Maria"
"Em os vinte e quatro de novembro da era de mil e oito Centos e Sinco
batizei Solenemente a Manoel Filho de Manoel Martins e de Anna
Maria do luguar do Montefrio neto Paterno de Manoel Martins
e de Anna Lopes do mesmo luguar do Montefrio e Materno de
Francisco jose e de Maria Gomes do mesmo luguar e foram padrinhos
Manoel Francisco do dito luguar do Montefrio e Anna Nunes
do luguar da Dreia e foram testemunhas Pedro Nunes e Antonio
Martins do mesmo luguar do montefrio e para Constar fis
este acento que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia
Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Pedro Nunes Antonio Martins"

Página 310:
"Pardieiros
Luis filho de
jose Francisco e de
Maria Antunes"
"Em o primeiro de janeiro da era de mil e oito Centos e Seis batizei
Solenemente a Luis filho de jose Francisco e de Maria Antunes dos
pardieiros neto paterno de jose Francisco e de Luisa quaresma aquele
deste luguar da Bemfeita e aquela dos Pardieiros e ahi moradores
e Materno de Luis Antonio e de Maria Antunes esta do
Montefrio e aquele dos Pardieiros e ahi moradores e foram
Padrinhos o pdre Luis Antonio deste luguar e Maria da Crus dos
Pardieiros e foram testemunhas Antonio Francisco e jose quaresma
Fransa e para Constar fis este acento que asinei no mesmo dia
Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Francisco jose quaresma"

Página 310 e 311:
"Sardal josefa
filha de jose Nunes
e de Anna
Nunes"
"Em os Sinco de janeiro da era de mil e oito Centos e Seis batizei Solenemente
a josefa filha de jose Nunes e de Anna Nunes esta
do Sardal e aquele do Monte Redondo mas moradores no Sardal
neta paterna de Bartolomeu Lopes e de Luisa Nunes do Monte
Redondo e Materna de Manoel Nunes e de Maria Nunes do
do luguar do Sardal e foram padrinhos Xavier quaresma
e Maria Gomes da Dreia e foram testemunhas Antonio Nunes
e Manoel Nunes do mesmo luguar do Sardal e para Constar fis
este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Nunes Manoel Nunes"

Página 311 e 312:
"Bemfeita
jose filho de jose
pedro e de
Umbelina Xavier"
"Em os Sinco de fevreiro da era de mil e oito Centos e Seis
batizei Solenemente a jose filho de jose pedro e de Umbelina
Xavier deste luguar da Bemfeita neto paterno de Pedro
Nunes e de isabel Dominguas do luguar da Teixeira e Materno
de jose Lopes e de isidora Maria Xavier deste mesmo
Luguar da Bemfeita e foram padrinhos [???]
joaquim Medico do partido da Villa de Coija e Sua
filha [???] Maria da Maya Gama e por procurasam
desta tocou isabel Domingueas no do Batisado e foram
testemunhas pedro Nunes e Manoel jose deste mesmo
Luguar da Bemfeita e para Constar fis este acento que asinei Com
as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro Nunes Manoel jose"

Página 312:
"Sardal Antonio
filho de Antonio
Nunes e de
Maria Gomes"
"Em os desaseis de Fevreiro da era de mil e oito Centos e Seis batizei
Solenemente a Antonio filho de Antonio Nunes e de Maria Gomes
esta do Sardal e aquele do Monte Redondo mas moradores no
Sardal neto paterno de Bartolomeu Lopes e de Luisa Nunes do Monte
Redondo e Materno de Antonio Fernandes e de Anna Gomes esta
do Sardal e aquele deste luguar da Bemfeita e foram padrinhos
joam Gonsalves e Josefa Maria do Sardal e foram testemunhas
Manoel Nunes e Francisco Nunes do mesmo luguar
do Sardal e para Constar fis este acento que asinei Com o mesmo
[???] Supra e com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Nunes Manoel Nunes"

Página 313:
"Sardal Maria
filha de Manoel
Nunes e de
josefa Nunes"
"Em os desaseis de Marso da era de mil e oito Centos e Seis batizei Solenemente
a Maria filha de Manoel Nunes e de josefa Nunes esta
da Teixeira e aquele do Sardal e ahi moradores neta paterna de
Manoel Nunes e de Maria Nunes do Sardal e Materna de jose Afonso
e de isabel Nunes esta do Monte Redondo e aquele da Teixeira
e foram padrinhos joam Simoins e Rita Nunes do Sardal
e foram testemunhas Antonio Nunes e jose Antonio do Sardal e para
Constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas no
mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Nunes jose Antonio"

Página 314:
"Luadas
Luis filho de
Manoel Jose"
"Em os vinte e nove dias do mes de Março
de mil e oito Centos e Seis com [???]
Batizei eu Padre Manoel Alvares Martins de Peres a Luis
filho Legitimo de Manoel Jose natural dos Pardieiros e
de sua Mulher Luisa Maria das Luadas e [???] moradores
Neto Paterno de Manoel Jose e Maria Gomes esta natural
do Montefrio e aquelle dos Pardieiros e ahi moradores
Materno de Luis prêira e de sua molher Anna
Maria do lugar das Luadas tudo desta Freguesia da
Bemfeita o Reverendo Padre Luis Antonio e Sua [???] Maria
Rita e Anceris e para Constar fis este acento que
asinei dia mes e era Supra forão Testemunhas
Manoel Gomes Luis e Manoel Jose [???]
O Vigario Manoel Alvares Martins de Peres
Manoel Jose"

Página 315 e 316:
"Monte frio
Luisa filha de
Manoel Francisco
e de Maria Nunes"
"Em os oito de Abril de mil e oito Centos e Seis batisei
Solenemente a Luisa filha de Manoel Francisco e de Maria Nunes
do luguar do Monte frio neta paterna de Antonio Francisco e de
Pascoa Francisco esta da Relva Velha e aquele do Monte
frio e ahi moradores neta Materna de Manoel Lopes e de
Cecilia Nunes esta das Relvas e aquele do Montefrio e
foram padrinhos Domingos joam e Maria Pascoa do
Montefrio e foram testemunhas Manoel quaresma
e jose Nunes deste luguar da Bemfeita e para Constar
fis este acento que asinei dia no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel quaresma jose Nunes"

Página 317 e 318:
"Pardieiros
Maria filha
de jose Nunes
e de Luisa Maria"
"Em os nove de Agosto da era de mil e oito Centos e
Seis batisei Solenemente a Maria filha de jose Nunes e de
Luisa Maria aquele do bucado e ela dos pardieiros e ahi
moradores nêta paterna de Manoel Nunes e de Luisa Nunes
esta de Folques e aquele do Bucado e Materna de
Manoel joam e de josefa Maria aquele do Montefrio, e
esta dos pardieiros e ahi moradores e foram padrinhos
O padre Luis Antonio e Maria da Crus e foram testemunhas
jose quaresma e pedro quaresma dos pardieiros
e para Constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro quaresma jose quaresma"

Página 318:
"Montefrio jose
filho de Manoel
joaquim e de
Maria Gomes"
"Em os dezasete de Agosto da era de mil e oito Centos e
Seis batisei Solenemente a jose filho de Manoel joaquim e
de Maria Gomes esta do Monte frio e aquele da Relva velha mas
moradores no Monte frio neto paterno de Domingos Lopes e digo
de pai incognito e de Anna Maria da Relva Velha e
Materno de Domingos Lopes e de Maria Gomes do Montefrio
e foram padrinhos jose Gaspar e Sua Molher Maria
Nunes e toco por procurasem desta Maria josefa do Montefrio
e foram testemunhas jose Dias e jose Lopes do
Montefrio e para Constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra
jose Lopes O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Dias"

Página 318 e 319:
"Bemfeita Maria
filha de jose
Luis e de Gertrudes
Correia"
"Em os oito de Setembro da era de mil e oito Centos e Seis
batisei Solenemente a Maria filha de jose Luis e de Gertrudes
Correia deste luguar da Bemfeita neta Paterna de
Luis jose e de Maria Nunes aquele do Montefrio e esta deste
Luguar da Bemfeita e aqui moradores e Materna
Marcos Correia e de Lourensa da Costa esta das Luadas e aquele
deste luguar da Bemfeita e foram padrinhos Luis Antonio
e Sua irmam Maria do Rosario deste luguar da Bemfeita
e foram testemunhas joam das Neves da deflores e Manoel
quaresma deste luguar e para Constar fis este acento que asinei
Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam das Neves Manoel quaresma"

Página 320 e 321:
"Montefrio
joaquina filha
de joaquim
Manoel e de
Luisa das Neves"
"Em os Vinte e Seis de Outubro da era de mil e oito Centos
e oito batizei Solenemente a joaquina filha de joaquim Manoel
e de Luisa das Neves esta das Luadas e aquele do Monte
frio e ahi moradores neta Paterna de Manoel Fernandes e de Maria
Lopes esta do Montefrio e aquele de Casas Velhas Freguesia
de Campelo e Materna de Manoel joam das Neves
e de Marianna Antunes esta das Luadas e aquele dos Sepos
e foram padrinhos joaquim Ribeiro e Sua Molher Josefa
Maria deste Luguar da Bemfeita e foram testemunhas
Antonio Simoins e Manoel Fernandes do Monte
Frio e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra
Manoel Fernandes O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Simoins"

Página 321:
"Montefrio
Maria filha
de jose Nunes
e de Luisa Maria"
"Em os Vinte e hum de Novembro da era de mil e oito
Centos e Seis batizei Solenemente a Maria nacida em os dezaseis
do dito mes filha de jose Nunes e de Luisa Maria esta das Casarias
e aquele do Montefrio e ahi moradores neta Paterna de joam
Nunes e de Maria Fernandes esta da deflores e aquele do Montefrio
e Materna de Manoel Luis e de Paula Maria esta das
Casarias e aquele do Sardal e foram Padrinhos jose Pedro
e Sua Molher Umbelina Rosa deste luguar da Bemfeita
e foram testemunhas jose Gaspar e jose Dias
do Montefrio e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra
jose Gaspar O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Dias"

Página 324:
"Bemfeita
pedro filho
de Manoel
Gomes e de Maria
Francisca"
"Em os dezoito de fevreiro da era de mil e oito Centos e Sete
batizei Solenemente a pedro nacido em o dia dose do dito mes e
filho de Manoel Gomes e de Maria Francisca deste luguar da Bemfeita
e ahi mesmo moradores neto paterno de Manoel Gomes e de
Pascoa Quaresma esta deste Lugar da Bemfeita e aquele
do Montefrio mas moradores na Bemfeita e Materno de Manoel
Fernandes e de Maria Francisca deste Luguar da Bemfeita e foram
padrinhos pedro Nunes e da Molher isabel Domingues
deste lugar e foram testemunhas Manoel Fernandes e Joaquim
jose e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo"

Página 324:
"Pardieiros
Antonio filho de
Pedro quaresma
e de
Maria Fernandes"
"Em os quinse de Marso da era de mil e oito Centos e Sete
batizei Solenemente a Antonio filho de Pedro quaresma e
de Maria Fernandes esta do Montefrio e aquele dos pardieiros
e ahi moradores e tinha nacido em os nove do dito mes neto paterno
de Antonio quaresma e de Agueda Francisca do Luguar
dos pardieiros e Materno de Manoel Fernandes e de Maria
Lopes este do Montefrio e aquele de Casas Velhas term do pedroguam
e foram padrinhos jose quaresma e Sua Molher
isabel Nunes dos pardieiros e para constar fis este acento
que asinei de que foram testemunhas jose quaresma da fonte e
Manoel jose dos pardieiros de que fis este acento.
Manoel jose O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma"

Página 325:
"Montefrio
josefa filha
de Manoel Francisco
e de Maria
Nunes"
"Em os vinte e nove de Marso da era de mil e oito Centos
e Sete batizei Solenemente a josefa nacida em os dezanove do
dito mes e filho de Manoel Francisco e de Maria Nunes do luguar
do Montefrio neta paterna de Antonio Francisco e de
Pascoa Francisca da Relvavelha e aquele do Monte
Frio e Materna de Manoel Lopes e de Cecilia Nunes esta
das Relvas e aquele do Montefrio e ahi moradores e foram
padrinhos Domingos Nunes e Maria Pascoa do Montefrio
e foram testemunhas Manoel Lourenso da
Dreia e Francisco Martins deste luguar da Bemfeita e para
constar fis este acento que asinei Com as testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Lourenso Francisco Martins"

Página 325:
"Bemfeita
Maria filha
de Maria Solteira"
"Em os trinta e hum de Maio da era de mil e oito Centos
e Sete batizei Solenemente a Maria nacida em os Vinte e
dois do dito mes filha de Maria Solteira e de pay incerto e neta
Materna de Manoel jose e de Anna Nunes esta deste
luguar da Bemfeita e aquele do luguar do Monte
frio mas moradores neste luguar da Bemfeita e foram
Padrinhos jose Simoins e Rita Gonsalves deste mesmo
luguar e foram testemunhas Manoel jose e jose
Nunes deste mesmo luguar da Bemfeita e para constar fis
este acento que asinei Com as testemunhas
Manoel jose O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes"

Página 327:
"Bemfeita
Luis filho de
jose pedro e
de Umbelina
Lopes"
"Em os Vinte e oito de junho da era de mil e oito Centos
e Sete batizei Solenemente a Luis nacido em os Vinte do dito
mes e filho de jose pedro e de Umbelina Lopes deste Luguar
e Freguesia da Bemfeita neto paterno de Pedro Nunes e de
izabel Nunes esta da Teixeira e aquele do porto Castinheiro
mas moradores neste Luguar da Bemfeita; e Materno de jose
Lopes e de izidora Ribeiro deste mesmo luguar da Bemfeita
e foram padrinhos o padre Luis Antonio deste mesmo luguar
s Sua Sobrinha D Rita do luguar de Anceris e foram testemunhas
Antonio GOnsalves e pedro Nunes deste mesmo
luguar e para constar fis este acento que asinei no mesmo
dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo"

Página 329 e 330:
"pardieiros
joam filho de
Pedro jose e
de Maria Teresa"
"Em os Vinte de Setembro da era de mil e oito Centos
e Sete batizei Solenemente a joam nacido a des do dito mes e filho
de Pedro jose e de Maria Teresa esta do Barril e
aquele dos pardieiros e ahi moradores neto
paterno de jose Afonso e de Elena Nunes dos pardieiros
e Materno de joam Gonsalves e de izsabel Gomes
do luguar do Barril e foram padrinhos jose quaresma
da Trindade e Maria da Crus dos pardieiros e foram
testemunhas Manoel Fernandes e jose Nunes do pay das
donas e por verdade fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Fernandes jose Nunes"

Página 330:
"Monte Frio
Maria filha de
jose Nunes e de
ines Maria"
"Em os Vinte e Sinco de Novembro da era de mil e oito Centos e
Sete batizei Solenemente a Maria nacida em dezoito do dito mes e filha
de jose Nunes e de ines Maria do luguar do Monte frio neta
paterna de de jose Nunes e Anna Maria do luguar do [???]
e Materna de Manoel Nunes e de Maria josefa do luguar
do Montefrio e foram padrinhos Manoel Nunes Moso e
Sua Molher Maria Francisca do Monte frio e foram testemunhas
pedro Nunes e jose Dias do mesmo luguar do Monte
Frio e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
pedro Nunes O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Dias"

Página 332:
"Deflores
Antonio filho
de Maria Solteira"
"Em os Vinte e hum de fevreiro da era de mil e oito Centos
e oito batizei Solenemente a Antonio nacido em dose do dito mes e filho
de Maria Solteira do luguar da Deflores e de pai incerto neto Materno
de jose Francisco e de Anna Gomes esta da Deflores e aquele
do Montefrio mas moradores na Deflores e foram padrinhos
Antonio Luis e Sua Molher Maria Rita deste luguar da Bemfeita
e foram testemunhas joam da Neves da Deflores e Manoel
Nunes da Dreia e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam das Neves Manoel Nunes"

Página 333:
"Montefrio jose
filho de Jose Lopes,
e de Josefa
Maria"
"Em os Seis de Março de mil e oito Centos, e oito Batizei Solenemente a
fazendo as vezes do Reverendo Parocho a Jose nacido no primeiro deste mes, filho de Jose
Lopes e de Josefa Maria esta natural da Moirisia freguesia de Pomares, e aquelle
do Montefrio freguesia da Bemfeita moradores no ditto Lugar do Montefrio, neto Paterno
de Domingos Lopes natural, e morador no Montefrio, e de Maria Gomes
natural da Moura, e moradora no Montefrio, e Materno de Manoel
João do Lugar da Mourisia & natural, e morador, e de Maria
Lopes do Souto da Ruiva dahi natural, e moradora na Mourisia Foram
Padrinhos Jose Gaspar, e Sua Mulher Maria Nunes. Forão testemunhas
Luis Gaspar, e Manoel Joaquim ambos do Lugar
do Montefrio & para constar fis este termo que asignei
com as testemunhas, dia, mes, Era, ut Supra
O Padre Jose Gregorio da Costa
Luis Gaspar Manoel Joaquim"

Página 334:
"Bemfeita
Antonio filho
de Antonio
Martins e de
Maria da Asunsam"
"Em os Sinco de Maio da era de mil e oito Centos e oito batizei
Solenemente a Antonio nascido em os vinte e Sete de Abril e filho
de Antonio Martins e de Maria da Asunsam esta deste Luguar
da Bemfeita e aquele do Montefrio mas moradores neste Luguar
da Bemfeita neto paterno de Manoel Martins e de Anna Lopes
do Luguar do Montefrio e Materno de Antonio Quaresma e de
Maria Quaresma dos Pardieiros e aquele de Pinheiro
mas moradores nete mesmo luguar da Bemfeita e foram padrinhos
o padre Antonio Dias e ines Maria deste mesmo luguar e foram testemunhas
Manoel Quaresma e joaquim jose deste luguar
e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joaquim jose Manoel Quaresma"

Página 334 e 335:
"Monte frio
Maria filha de
Manoel Martins
e de Anna Martins"
"Em os oito de Maio da era de mil e oito Centos e oito batizei
Solenemente a Maria nacida em o primeiro do dito mes e filha de
Manoel Martins e de Anna Maria do luguar do Montefrio e neta
paterna de Manoel Martins e de Anna Lopes do mesmo luguar
do Montefrio e Materna de Francisco jose e de Maria Gomes do dito luguar
do Montefrio e foram padrinhos Manoel Nunes e Sua
Molher Maria Francisca do mesmo luguar e foram testemunhas
pedro Nunes e Luis jose do mesmo luguar do Montefrio
e para constar fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
mesmo dia Supra.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro Nunes Luis jose"

Página 335:
"Luadas jose
filho de Manoel
jose preira
e de Rita Maria"
"Em os Vinte e Seis de Maio da era de mil e oito Centos e oito
batizei Solenemente a jose nacido em os dezoito do dito mes e filho
de Manoel jose preira e de Rita Maria esta dos pardieiros
aquele das Luadas e ahi moradores neto paterno de Luis preira
e de Anna Maria do Luguar das Luadas e Materno de
Manoel jose Antunes e de Maria Gomes esta do Montefrio
e aquele dos pardieiros e ahi moradores e foram padrinhos
joam Simoes e Sua molher Maria quaresma das Luadas
e foram testemunhas jose das Neves e Manoel quaresma
deste luguar da Bemfeita e por verdade fis este acento que asinei
Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel quaresma jose das Neves"

Página 336 e 337:
"Pardieiros
Maria filha
de jose Francisco
e de Maria
Antunes"
"Em os dois de junho da era de mil e oito Centos e oito batizei
Solenemente a Maria nacida em os Vinte e Seis de Maio e
filha de jose Francisco e de Maria Antunes dos pardieiros
neta paterna de jose Francisco e de Luisa quaresma esta dos pardieiros
e aquele da Bemfeita mas moradores nos pardieiros
e Materna de Luis Antonio e de Maria Antunes esta do Montefrio
e aquele de Pardieiros e ahi mora [???] e foram padrinhos
o Padre Antonio Dias e Sua Sobrinha Maria deste lugar
da Bemfeita e foram testemunhas jose das Neves e
e jose Gomes deste Luguar da Bemfeita e para constar
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo"

Página 337 e 338:
"Sardal Rita
filha de Antonio
Nunes e de Maria
Maria Gomes"
"Em os Sete de junho da era de mil e oito Centos
e oito batizei Solenemente a Rita nacida em o primeiro
do dito mes e filha de Antonio Nunes e de Maria
Gomes esta do Sardal e aquele do Monte Redondo
mas moradores no Sardal neta paterna de Bartolomeu
Lopes e de Luisa Nunes do Monte Redondo e Materno de
Antonio Fernandes e de Anna Gomes esta do Sardal e aquele
do luguar da Bemfeita e foram padrinhos o Padre Luis Antonio
e Sua Sobrinha Dona Rita deste luguar da Bemfeita e foram
testemunhas Jose Antonio e Francisco Marques do Sardal e
para constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
Jose Antonio O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Marques"

Página 338 e 339:
"Montefrio
isabel filha
de Luis jose e
de Maria Nunes"
"Em os Vinte e Seis de junho da era de mil e oito Centos
e oito batizei Solenemente a Isabel nacida em os desanove
do dito mes e filha de Luis jose e de Maria Nunes
do luguar do Montefrio neta paterna de joam
Nunes e de Maria Fernandes esta da Deflores e aquele
do Montefrio e Materna de Antonio Dias e
de Anna Nunes esta do Montefrio e aquele deste
Luguar da Bemfeita e foram padrinhos pedro Nunes
e isabel Dominguas deste Luguar da Bemfeita
e foram testemunhas Luis Gaspar e jose Nunes do lugar
do Montefrio e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Gaspar jose Nunes"

Página 339:
"Montefrio
Antonio filho de Pedro
Nunes e de
Luisa Nunes"
"Em os Vinte e Seis de junho da era de mil e oito Centos e
oito batizei Solenemente a Antonio nacido em os Vinte
do dito mes e filho de Pedro Nunes e de Luisa Nunes do Montefrio
neto Paterno de joam Nunes e de Maria Fernandes
esta da deflores e aquele do Montefrio e Materno
jose Goncalves e de josefa Nunes esta do Monte frio
aquele da Castinheira e foraram Padrinhos jose Gaspar
e Sua Molher Maria Nunes do Montefrio e foram testemunhas
Luis Gaspar e jose Nunes do Monte frio e para constar
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas no
mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Gaspar jose Nunes"

Página 339 e 340:
"Bemfeita
Manoel filho de
Manoel Quaresma
e de izidora
Maria"
"Em os des de julho da era de mil e oito Centos e oito
batizei Solenemente a Manoel Nacido em os dois do dito
mes e filho de Manoel Quaresma e de izidora Maria aquele
da Relva Velha esta deste Lugar da Bemfeita e
ahi moradores neto Paterno de Francisco Nunes e de Maria
Quaresma esta dos pardieiros e aquele da Relva
Velha e ahi moradores e Materno de Manoel Fernandes
e de Maria Francisca deste Lugar da Bemfeita e foram
padrinhos Eu o Padre Francisco de Abranches e
jacinta Solteira da Villa de Avo e foram testemunhas
joaquim jose e jose Nunes deste Luguar
da Bemfeita e para constar fis este acento que asinei
Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joaquim jose jose Nunes"

Página 340:
"Deflores
joam filho de
joam das
Neves e de
Maria Gomes"
"Em os vinte e nove de Agosto da era de mil e oito Centos e oito
batizei Solenemente a joam nacido em os vinte e tres do dito mes
e filho de joam das Neves e de Maria Gomes esta do Luguar do Valado
da Freguesia de Avo e aquele deste luguar da Bemfeita
mas moradores no luguar da Deflores neto paterno de Sabastiam
Nunes e de Maria dos Santos aquele de Meda de Mouros
e ela deste luguar da Bemfeita e Materno de jose
Afonso e de Maria Gomes esta do Valado e aquele das
Casarias e foram Padrinhos o Padre jose Gregorio e Sua
irmam Maria Rita e foram testemunhas jose Correia
da Dreia Manoel dos Santos deste luguar e para constar fis
este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
e para constar fis este acento que asinei
Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joaquim jose jose Nunes"

Página 341 e 342:
"Pardieiros
jose filho de jose
Antonio e de Maria
Rita"
"Em os dezoito de Setembro da era de mil e oito Centos e
oito batizei Solenemente a jose nacido em o primeiro
do dito mes e filho de jose Antonio e de Maria Rita
do lugar dos Pardieiros neto paterno Antonio jose
e de Maria josefa esta da Sorgasosa e aquele dos pardieiros
e ahi moradores e Materno de jose Antunes e de
Anna da Costa esta das Luadas e aquele dos pardieiros
e ahi moradores e foram padrinhos o padre jose da
Crus e Sua irmam Maria da Crus e [???]
do Padrinho jose quaresma da fonte e foram
testemunhas jose quaresma Ruivo e joam Nunes
dos pardieiros e para constar fis este acento que asinei Com as
mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Ruivo joam Nunes"

Página 342:
"Sardal jose
filho de jose Nunes
e de Anna
Nunes"
"Em os vinte e Sinco de Setembro da era de mil e oito Centos
e oito batizei Solenemente a jose nacido em os desaseis do dito
mes e filho de jose Nunes e de Anna Nunes esta do Sardal
e aquele do Monte Redondo mas moradores no Sardal neto
paterno de Bartolomeu Lopes e de Anna Nunes do Monte Redondo
e Materno de Manoel Nunes e de Maria Nunes do
Sardal e foram padrinhos jose Lopes quaresma e Sua filha
Rita deste lugar da Bemfeita foram testemunhas jose
Francisco e joam Gonsalves do Sardal e para constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
jose Francisco O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Gonsalves"

Página 342:
"Luadas Maria
filha de
Manoel jose
e de Luisa Maria"
"Em os dois de Outubro da era de mil e oito Centos e
oito batizei Solenemente a Maria nacida em os vinte e tres de
Setembro e filha de Manoel jose e de Luisa Maria esta das
Luadas e aquele dos pardieiros mas moradores nas Luadas
neta paterna de Manoel jose e de Maria Gomes esta natural
do Montefrio e aquele dos pardieiros e ahi moradores e Materno
de Luis prêira e de Anna Maria das Luadas e foram padrinhos
Manoel Garcia e Sua filha Maria do Pay das Donas
e foram testemunhas Manoel Gonsalves das Luadas e joam das
Neves da Deflores e para constar fis este acento que asinei Com as
mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Gonsalves joam das Neves"

Página 343 e 344:
"Bemfeita
jose filho de Antonio
jose e de Caterina
Maria"
"Em os vinte e dois de Outubro da era de mil e oito Centos e
oito batizei Solenemente a jose nacida em os quatorse do dito mes e filho
de Antonio jose e de Caterina Maria esta do porto Castinheiro
e aquele do Montefrio mas moradores neste luguar da Bemfeita
neto paterno de joam Nunes e de Maria Fernandes esta
da Deflores e aquele do Montefrio e ahi moradores e Materno de
Mateus da Costa e de Maria das Neves esta do Salgueiro e aquele
do porto Castanheiro e ahi moradores e foram padrinhos
Pedro Nunes e Umbelina Rosa deste luguar da Bemfeita
e foram testemunhas Francisco Nunes e Antonio quaresma
deste mesmo lugar da Bemfeita e para constar fis este acento que
asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Nunes Antonio quaresma"

Página 344:
"Bemfeita
jose filho de
Antonio Luis e de
Maria Rita"
"Em os vinte e tres de Outubro da era de mil e oito Centos e oito batizei
Solenemente a jose Nacido em os dose do dito mes e filho de Antonio
Luis e de Maria Rita esta deste lugar da Bemfeita e aquele do Sardal
mas moradores neste lugar da Bemfeita neto paterno de jose
Nunes de de Maria Nunes esta da Dreia e aquele do Monte Redondo
mas moradores no Sardal e Materno de jose preira e de Maria Clara
esta das Luadas e aquele das Casarias mas moradores neste lugar
da Bemfeita e foram padrinhos jose Francisco e Sua Molher Maria
da Costa do Sardal e foram testemunhas jose Nunes e Manoel
Gonsalves deste Lugar e para constar fis este acento que asinei Com
as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes Manoel Gonsalves"

Página 345:
"Bemfeita
Antonio filho de
jose quaresma
Gomes
e de josefa
Nunes"
"Em os trinta de Outubro da era de mil e oito Centos
e oito batizei Solenemente a Antonio nacido em os Vinte
e quatro da dito mes e filho de jose quaresma Gomes e de josefa
Nunes deste Lugar da Bemfeita neto paterno de jose
Gomes e Anna quaresma deste mesmo lugar da Bemfeita
e Materno de Manoel quaresma digo Materno de Manoel
Nunes Bras e de Maria Nunes do quintal deste mesmo lugar
e foram padrinhos Antonio Gonsalves e Sua Molher
Maria Ribeiro e foram testemunhas Manoel quaresma
Manoel preira deste lugar e para constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel quaresma jose preira"

Página 345:
"Bemfeita
jose filho de
Luis quaresma
e de Maria
quaresma"
"Em os Sinco de Novembro da era de mil e oito Centos e oito batizei
Solenemente a jose nacido em os Vinte e Seis de Outubro e filho
de Luis quaresma e de Maria quaresma deste lugar da Bemfeita
neto paterno de Manoel quaresma e de josefa Maria
das Neves deste mesmo lugar da Bemfeita e Materno de Antonio
Lopes e de Maria quaresma esta deste mesmo lugar aquele
do lugar do Montefrio mas moradores neste da Bemfeita
e foram padrinhos o padre Antonio Dias quaresma
e Sua Sobrinha Maria tambem deste lugar e foram testemunhas
Antonio quaresma e Antonio Lopes deste mesmo
lugar da Bemfeita e para constar fis este acento que
asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Lopes Antonio quaresma"

Página 345 e 346:
"Bemfeita
Maria filha de
joaquim Ribeiro
e de josefa
Maria"
"Em os oito de Novembro da era de mil e oito Centos
e oito batizei Solenemente a Maria nacida em o primeiro
do dito mes e filha de joaquim Ribeiro
e de josefa Maria esta do Montefrio e aquele
deste lugar da Bemfeita a onde moram neta paterna
de Xavier Marques da Fonseca e de Maria Ribeiro
esta deste lugar da Bemfeita e aquele do lugar do Salgeiral
Freguesia de Coija mas moradores neste da Bemfeita e Materna
de Manoel Fernandes natural de Casas Velhas Freguesia
de Campelo de Nossa Senhora da Grasa e de Maria Lopes do lugar do Montefrio
a onde moram e foram padrinhos Paulo jose e Sua
Molher josefa Rita do lugar de Folques e por procurasam da
Madrinha [???] Rita Lopes deste mesmo lugar da Bemfeita e foram
testemunhas jose Nunes e Manoel quaresma deste mesmo Lugar e
para constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas no
mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel quaresma jose Nunes"

Página 346:
"Relvavelha
Maria
filha de jose
Martins e
de Maria
Francisco"
"Em os treze de Novembro da era de mil e oito Centos e oito
batizei Solenemente a Maria nacida em os Sinco do dito mes
e filha de jose Martins e de Maria Francisco esta do pay das donas
e aquele da Relvavelha a onde Sam moradoes neta
paterna de Extevam Martins e de Anna Nunes esta do Monte
frio e aquele da Relva Velha a onde moram e Materna de joam
quaresma e de Maria Francisca esta do pay das Donas e aquele
da Teixeira mas moradores no pai das donas e foram padrinhos
MAnoel Garcia do pay das dones e Sua filha Rita e foram
Testemunhas Manoel Lopes da Relvavelha e Antonio dos Santos
deste lugar e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra.
Antonio dos Santos O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Lopes"

Página 347:
"Sardal joaquina
filha de
Manoel Nunes
e de josefa
Nunes"
"Em os Vinte e Sete de Novembro da era de mil e oito Centos
e oito batizei Solenemente a joaquina nacida em os vinte
e dois do dito mes e filha de Manoel Nunes e de josefa Nunes esta
da Teixeira e aquele do Sardal a onde moram Neta paterna
de Manoel Nunes e de Maria Nunes do Sardal e Materno de jose
Afonso e de isabel Nunes esta do Monte Redondo e aquele da
Teixeira e foram padrinhos Manoel Afonso e Rita das Neves do
lugar das Luadas e foram testemunhas jose Antonio e
Francisco Marques Solteiro do Sardal e para constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
jose Antonio O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Marques"

Página 348:
"Bemfeita
Maria filha de
jose pedro
e de Umbelina
Rosa"
"Em os trinta e hum de Dezembro da era de mil e oito Centos e oito
batizei Solenemente a Maria nacida em os Vinte e Sinco do dito mes e filha
de jose Pedro e de Umbelina Rosa esta deste Lugar da Bemfeita
e aquele do lugar da Teixeira mas moradores neste da Bemfeita
neto Paterno de Pedro nunes e de isabel Nunes esta da
Teixeira e aquele do porto Castinheiro mas moradores neste da Bemfeita
e Materna de jose Lopes e de izidora Ribeiro deste mesmo lugar
da Bemfeita e foram padrinhos Antonio Gonsalves
e Sua Molher Maria Ribeiro e foram testemunhas Antonio
Nunes e Manoel Dias deste mesmo lugar da Bemfeita e
para constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Dias Antonio Nunes"

Página 348 e 349:
"Pardieiros
Rita filha de
Pedro quaresma
e de
Maria Fernandes"
"Em os quatro de janeiro de mil e oito Centos e nove
batizei Solenemente a Rita nacida em vinte e Sete de
Dezembro e filha de Pedro quaresma e de Maria
Fernandes esta do Monte frio e aquele dos pardieiros
a onde moram neta paterna de Antonio quaresma e
de Agueda Francisca dos pardieiros e Materna de
Manoel Fernandes e de Maria Lopes esta do Monte
Montefrio e aquele de Casas Velhas termo de
[???] e foram padrinhos jose quaresma dafonte e Sua
Molher Maria Nunes e foram testemunhas jose quaresma
moso e joam Nunes dos pardieiros e para constar
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas no
mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma moso joam Nunes"

Página 350:
"Pardieiros
Luisa filha de
jose Nunes
e de Luisa Maria"
"Em os Seis de fevreiro da era de mil e oito Centos e nove batizei Solenemente
a Luisa nacida em os vinte e oito de janeiro e filha de jose
Nunes e de Luisa Maria e aquele do Bucado e ela dos Pardieiros a onde
moram neta paterna de Manoel Nunes e de Luisa Nunes esta
de folques e aquele do Bucado e Materna de Manoel joam e de josefa
Maria aquele do Montefrio e esta dos Pardieiros e foram
padrinhos Bernardo Nunes do Bucado e Maria da Crus dos
Pardieiros e foram testemunhas jose quaresma do Santo e Manoel
joam do mesmo lugar de Pardieiros e para constar fis este
acento que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel joam jose quaresma"

Página 351 e 352:
"Bemfeita
jose filho de jose
Luis e de Gertrudes
Correia"
"Em os Vinte e tres de Abril da era de mil e oito Centos
e nove batizei Solenemente a jose nacido em os
quatorse do dito mes e filho de jose Luis e de Gertrudes
Correia deste Lugar da Bemfeita neto paterno
de Luis jose e de Maria Nunes esta deste lugar da
Bemfeita e aquele do Montefrio e Materno de
Marcos Correia e de Lourensa da Costa esta das
Luadas e aquele deste lugar da Bemfeita
a onde moram e foram Padrinhos Luis Antonio e Sua filha
Maria deste mesmo lugar da Bemfeita e foram testemunhas
jose Marques e Antonio Gomes deste lugar e para constar
fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo
dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Marques Antonio Gomes"

Página 352:
"Montefrio
Antonia filha de
Manoel joaquim
e de Maria
Gomes"
"Em os Vinte e tres de Abril da era de mil e oito Centos e nove
batizei Solenemente a Antonia nacida em os quinze do dito
mes e filha de Manoel joaquim e de Maria Gomes esta do
Montefrio e aquele da Relva Velha mas moradores no Monte
frio neta paterno de Avo incognito e de Anna Maria da Relva
Velha e Materna de Domingos Lopes e de Maria Gomes
do Montefrio e foram padrinhos jose Gaspar e Sua Molher
Maria Nunes do Montefrio e foram testemunhas joam Dias
e jose Lopes do mesmo lugar do Montefrio e para constar fis este
acento que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia
Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Dias jose Lopes"

Página 355:
"Montefrio
Antonio filho de jose
Nunes e de
Luisa Maria"
"Em os Vinte e tres de julho da era de mil e oito Centos
e nove batizei Solenemente a Antonio nacido em os quinze
do dito mes e filho de jose Nunes e de Luisa Maria esta
das Casarias e aquele do Montefrio a onde moram neto Paterno
de joam Nunes e de Maria Fernandes esta da Deflores
e aquele do Montefrio e Materno de Manoel Luis e de
Paula Maria esta das Casarias e aquele do Sardal e foram
padrinhos jose Gaspar e Sua Molher Maria Nunes
do Montefrio e foram testemunhas Pedro Nunes do
Montefrio e Antonio da Costa deste lugar da Bemfeita e
para constar fis este acento que asinei no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Pedro Nunes Antonio da Costa"

Página 358:
"Montefrio
jose filho de Luisa
Solteira"
"Em os quinze de Outubro da era de mil e oito Centos
e nove batizei Solenemente a Francisco nacido em
os Sete do dito Mes e filho de Luisa Solteira e de pay
incerto neto Materno de Francisco jose do Luguar de Monte
Frio digo do lugar da Dreia e de Maria Gomes do
Monte Frio a onde moram e foram Padrinhos jose
Gaspar e Sua Molher Maria Nunes so mesmo Lugar do
Montefrio e foram testemunhas Manoel Nunes e jose
Dias do mesmo lugar e para constar fis este termo que asinei Com
as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Dias Manoel Nunes"

Página 358:
"Dreia Manoel
filho de
Manoel Gonsalves
e de josefa
Nunes"
"Em os Vinte e hum de Outubro da era de mil e oito
Centos e nove batizei Solenemente a Manoel nacido em
os dose do dito mes e filho de Manoel Gonsalves e de josefa
Nunes esta da Dreia e aquele do Casal do Castilo mas
moradores na Dreia neto Paterno de joam Fernandes
e de josefa Gonsalves esta do Salgueiral e aquele deste
lugar da Bemfeita e Materno de jose Nunes e de Maria
de D esta da Dreia e aquele do Montefrio e foram
padrinhos Antonio Goncalves e Sua Molher Maria
Ribeiro deste mesmo lugar da Bemfeita e foram testemunhas
Paulo da Fonseca e Manoel Lourenso da
Dreia e para constar fis este acento que asinei Com as
mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Lourenso Paulo da Fonseca"

Página 358 e 359:
"Montefrio
jose filho de
Manoel Francisco
e de Maria Nunes"
"Em os Sinco Novembro da era de mil e oito
Centos e nove batisei Solenemente a jose nacido em os
vinte e oito de Outubro filho de Manoel Francisco e de Maria
Nunes do lugar do Montefrio neto paterno
de Antonio Francisco e de Pascoa Francisca esta da Relva
Velha e aquele do Montefrio e ahi moradores e
Materno de Manoel Lopes e de Cecilia Nunes esta
das Relvas e aquele do Montefrio e foram padrinhos
jose Dias e Anna Lopes do mesmo lugar do Montefrio
e foram testemunhas Domingos joam e
joam Dias do mesmo lugar e para constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Domingos joam joam Dias"

Página 360 e 361:
"Bemfeita
Antonio filho de Antonio
jose e
de Catarina
Maria"
"Em os vinte e Sinco de janeiro da era de mil e oito Centos
e des batisei Solenemente a Antonio nacido em
os desaseis do dito mes e filho de Antonio jose e de Caterina
Maria esta deste lugar da Bemfeita e aquele
do Montefrio mas moradores neste da Bemfeita
e neto paterno de joam Nunes e de Maria [???]
Fernandes esta da Deflores e aquele do Monte
frio e Materno de Matias da Costa e de Maria das
Neves esta do Salgueiro e aquele do porto Castanheiro
e foram padrinhos Antonio Solteiro e Sua irmam Maria
filhos de Manoel quaresma do patio e foram testemunhas
Manoel joam e Francisco Nunes deste mesmo
lugar da Bemfeita e para constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
Manoel joam O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Nunes"

Página 363:
"Bemfeita
ivo filho de Maria
Solteira"
"Em os vinte de Maio da era de mil e oito Centos e des
Batisei Solenemente a ivo nacido dose do dito mes e filho
de Maria Solteira deste lugar da Bemfeita e de pay incerto
neto Materno de Manoel jose e de Anna Nunes esta
deste lugar da Bemfeita e aquele do lugar do Monte
frio mas moradores neste da Bemfeita e foram padrinhos
jose Simoins e josefa Antunes deste mesmo lugar
da Bemfeita e foram testemunhas Antonio Martins
e MAnoel joam desta Bemfeita e para constar fis este
acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel joam Antonio Martins"

Página 364:
"Montefrio
Maria filha de
jose Nunes
e de Maria
josefa"
"Em os tres de junho da era de mil e oito Centos e
des batisei Solenemente a Maria nacida em os vinte e Sinco
de Maio e filha de jose Nunes e de Maria josefa esta dos
pardieiros e aquele do Montefrio a onde moram neta paterna
de jose Nunes e de Anna Maria do lugar do Valado
e Materna de Antonio jose e de Maria josefa esta da
Sorguasosa e aquele dos pardieiros e foram padrinhos
Manoel Nunes moso e Sua Molher Maria Francisca do
Montefrio e foram testemunhas jose Gaspar e pedro
Nunes do mesmo Montefrio e para constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Gaspar pedro Nunes"

Página 364:
"Bemfeita
jose filho de Antonio
Gonsalves
e de Maria
Ribeiro"
"Em os dois de Agosto da era de mil e oito Centos e des batisei
Solenemente a jose nacido em os Vinte e Sinco de julho e filho
de Antonio Gonsalves e de Maria Ribeiro esta deste lugar
da Bemfeita e aquele do Monte Redondo Freguesia de Folques
neto paterno de Manoel Gonsalves e de Maria Gonsalves
esta do Sardal e aquele do Monte Redondo e Materno
de jose Lopes e de Izidora Maria deste lugar da Bemfeita
e foram padrinhos o padre Luis Antonio e Rita Ribeiro deste
mesmo lugar da Bemfeita e foram testemunhas jose Gomes
e Luis da Fonseca deste mesmo lugar de que fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Gomes Luis da Fonseca"

Página 364 e 365:
"Montefrio
Margarida
filha de joaquim e
de Luisa das
Neves"
"Em os Vinte e Seis de Agosto da era de mil e oito Centos
e des batisei Solenemente a Margarida nacida em os
dezoito do dito mes e filha de joaquim Manoel e de Luisa
das Neves esta das Luadas e aquele do Montefrio
a ahi moradores neta paterna de Manoel Fernandes e de
Maria Lopes esta do Montefrio e aquele de Casas Velhas Freguesia
de Campelo e Materna de Manoel joam das Neves e de
Maria Antunes esta das Luadas e aquele dos Cepos e foram padrinhos
Manoel Solteiro e Sua irmam Maria tambem Solteira e filhos de Antonio Somoins
e foram testemunhas Manoel Fernandes e jose Nunes e todos do
Montefrio e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes Manoel Fernandes"

Página 365:
"Relva Velha
Francisco filho de
jose Lopes e de
josefa Maria"
"Em os Vinte e quatro de Setembro da era de mil e oito Centos
e des batisei Solenemente a Francisco nacido em os quinze do
dito mes e filho de jose Lopes e de josefa Maria esta do Sardal
e aquele da Relva Velha donde Sam moradores neto
paterno de Manoel Lopes e de e de josefa Gonsalves esta
das Luadas e aquele da Relva Velha e Materno de Francisco
Marques e de Luisa Maria esta do Sardal e aquele deste
lugar da Bemfeita e foram padrinhos Francisco Marques
do Sardal e Maria Solteira da Relva Velha e tios do
Batisado e foram testemunhas Manoel dos Santos e Manoel
quaresma deste lugar da Bemfeita e para constar
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel quaresma Manoel dos Santos"

Página 368:
"Bemfeita
jose filho de
jose pedro e
de Umbelina
Rosa"
"Em os nove de junho da era de mil e oito Centos e honse pus os
Santos oleos a jose que tinha sido batizado em casa por estar
mortal e Supri as mais serimonias e nacido em os dois do dito mes
e filho de jose pedro e de Umbelina Rosa esta deste lugar da Bemfeita
e aquele do de Teixeira mas moradores neste da Bemfeita neto
paterno de pedro Nunes e de isabel Nunes esta da Teixeira e aquele
do porto Castanheiro e Materno de jose Lopes e de izidora
Ribeiro deste lugar da Bemfeita e foram padrinhos jose
Lopes e Sua filha Rita deste mesmo lugar e foram testemunhas
pedro Nunes e jose dos Santos deste mesmo
Lugar da bemfeita e por verdade fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro Nunes jose dos Santos"

Página 369:
"pardieiros Rita
filha de jose Francisco
e de Maria Antunes"
"Em os vinte e quatro de junho da era de mil e oito Centos e honse batisei
Solene a Rita nacida em os desazeis do dito mes e filha de jose Francisco de
Maria Antunes dos pardieiros neta paterna de jose Francisco e de Luisa
quaresma esta dos pardieiros e aquele da Bemfeita mas moradores nos
pardieiros e Materna de Luis Antonio e de Maria Antunes esta do
Montefrio e aquele dos pardieiros a onde Moram e foram padrinhos
jose Lopes e Sua filha Rita desta lugar da Bemfeita e foram
testemunhas jose quaresma dos pardieiros e Manoel Nunes do
Sardal e para constar fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Manoel Nunes"

Página 369 e 370:
"Bemfeita
Albino filho de joaquim
Ribeiro e de
josefa Maria"
"Em os vinte e Sete de junho da era de mil e oito Centos e honse da
era de mil oito Centos e honse batisei Solenemente a Albino nacido
em os dezanove do mesmo mes e filho de joaquim Ribeiro e de josefa
Maria esta do Montefrio e aquele da Bemfeita e ahi moradores
neto paterno de Xavier Marques e de Maria Ribeiro
esta do lugar da Bemfeita e aquele do lugar do Salgueiral e Materno
de Manoel Fernandes ntural de Casas Velhas Freguesia
de Campelo de Nossa Senhora da Grasa e de Maria Lopes do lugar do
Montefrio e foram padrinhos Albino filho de jose Lopes
e Sua irmam Maria Lopes deste mesmo lugar da Bemfeita e foram testemunhas
Luis Antonio e jose quaresma deste mesmo lugar de
que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Antonio jose quaresma"

Página 371 e 372:
"Bemfeita Gertrudes
filha de
jose Luis e de Gertudes
Correia"
"Em os vinte e dois de Dezembro da era de mil e oito Centos e honse batisei
Solenemente a Gertrudes nacida em os quatorze do dito mes
e filha de jose Luis e de Gertrudes Correia deste Lugar da Bemfeita
neta paterna de Jose Luis e de Maria Nunes aquele do Montefrio
e ela deste lugar da Bemfeita e Materna de Marcos Correia e de
Lourensa da Costa esta das Luadas e aquele deste lugar da Bemfeita
e foram padrinhos jose Francisco e Su molher Maria da Costa do Sardal
e foram testemunhas Antonio Gonsalves e jose Marques deste
mesmo lugar da Bemfeita e para constar fis este termo que
asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Gonsalves jose Marques"

Página 372:
"pardieiros
Maria filha de
Bernardo Nunes
e de Luisa
Maria"
"Em os vinte e nove de Dezembro da era de mil e oito Centos
e honse batisei Solenemente a Maria nacida em os vinte e hum do dito mes e
filha de Bernardo Nunes e de Luisa Maria esta dos pardieiros e aquele
do Bucado freguesia de Folques mas moradores nos pardieiros neta
paterna de Manoel Nunes e de Luisa Nunes esta de Folques e aquele
do Bucado ahi moradores e Materna de Antonio jose e de Maria
josefa esta da Sorgasosa e ahi dos pardieiros a onde moram e foram
padrinhos o padre jose da Crus e Sua sobrinha Maria do Rozario dos
pardieiros e foram padrinhos digo testemunhas Antonio jose e jose Nunes
dos pardieiros e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio jose jose Nunes"

Página 372 e 373:
"Bemfeita Maria
filha de Antonio
Gonsalves e de
Maria Ribeiro"
"Em os trinta e hum de Dezembro da era de mil e oito Centos
e honse batisei Solenemente a Maria filha de Antonio Gonsalves
e de Maria Ribeiro esta deste lugar da Bemfeita e aquele
do Monte Redondo Freguesia de Folques mas moradores no
Lugar da Bemfeita neta paterna de Manoel Gonsalves e de
Maria Gonsalves esta do Sardal e aquele do Monte Redondo e Materna
de jose Lopes e de izidora Maria deste lugar da Bemfeita e foram
padrinhos Albino e Rita Solteiros e tios da batisada e foram
testemunhas Francisco Nunes e Manoel quaresma dete mesmo Lugar da
Bemfeita e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Nunes Manoel quaresma"

Página 373:
"Luadas Manoel
filho de jose
Francisco e de
Rita Lopes"
"Em o primeiro de janeiro de mil e oito Centos e dose batisei Solenemente
a Manoel nacido em os Vinte e Seis de Dezembro do
Anno de mil e oito Centos e honse e filho de jose Francisco e de Rita
Lopes esta do Montefrio e aquele das Luadas a onde moram neto
paterno de Manoel quaresma digo de Francisco Martins e de
Maria Marques quaresma digo de Francisco Martins e de
Maria Marques das Luadas e Materno de Manoel Martins
e de Anna Lopes esta do Montefrio e aquele da Relva Velha mas
moradores no Montefrio e foram padrinhos Manoel e Sua irma
e Maria Fernandes das Luadas e foram testemunhas Francisco
jose e Antonio Fernandes coelho das Luadas e para constar fis este
termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco jose e Antonio Fernandes"

Página 374:
"Montefrio
Maria filha de
jose Luis e de
Antonia joaquina"
"Em os Vinte e tres de Fevreiro da era de mil e oito Centos e dose
batisei Solenemente a Maria nacida em os desaseis do dito mes e filha de
jose Luis e de Antonia joaquina esta do lugar da Moira e aquele do
Montefrio e onde moram neta paterna de Luis Gaspar e de Pascoa
Nunes esta dos pardieiros e aquele da Moira Freguesia de Avo e Materna
de digo do Monte Frio e Materna de Manoel Nunes e de Francisca
Luisa esta do Valado e aquele da Moira a onde Moram e foram padrinhos
o Reverendo padre jose da Crus e Sua irmam Maria da Crus do lugar
dos pardieiros e foram testemunhas jose Gaspar e Antonio Simoins
do lugar do Montefrio e para constar fis este acento que asinei Com as
mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Gaspar Antonio Simoins"

Página 376:
"Montefrio
jose filho de
Manoel Martins
e de Anna Maria"
"Em os Vinte e nove de Marso da era de mil e oito Centos e dose
batisei Solenemente a jose nacido em os Vinte e hum do dito mes e filho
de Manoel Martins e de Anna Maria do Lugar do Montefrio neto paterno
de Manoel Martins e de Anna Lopes do mesmo Lugar do montefrio
e Materno de Francisco jose e de Maria Gomes do mesmo lugar
do Montefrio e foram padrinhos Manoel Nunes e Sua Molher
do mesmo lugar e foram testemunhas Manoel quaresma e Francisco
Nunes deste lugar da Bemfeita e para constar fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel quaresma Francisco Nunes"

Página 377:
"Deflores Maria
filha de Maria
Solteira"
"Em os dois de Maio da era de mil e oito Centos e dose batisei
Solenemente a Maria nacida em os Vinte e Seis de Abril e filha de
Maria Solteira do lugar da Deflores e de pay incerto neta Materna
de jose Francisco e de Anna Gomes esta da Deflores e aquele do
Montefrio mas moradores na Deflores e foram padrinhos o padre
jose da Crus e Su irmam Maria da Crus do lugar da pardieiros
e foram testemunhas jose Nunes e Manoel quaresma deste lugar
da Bemfeita de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes Manoel quaresma"

Página 378:
"Deflores Manoel
filha de Antonio
Gonsalves e de
Rita Nunes"
"Em os vinte e dois de julho da era de mil e oito Centos e dose da era
de mil e oitocentos e dose batisei Solenemente a Manoel nacido em
os quinse do dito mes e filho de Antonio Gonsalves e de Rita Nunes esta
da Deflores e aquele deste lugar da Bemfeita neto paterno de joam
Fernandes e de Josefa Gonsalves esta do Salgueiral e aquele deste
lugar da Bemfeita e Materno de Manoel Francisco e de Anna Nunes esta
do lugar dos pardieiros e aquele da deflores a onde sam moradores
os pais do batisado e foram padrinhos joam das Neves e Maria Gomes
do mesmo lugar da Deflores e foram testemunhas jose quaresma
deste lugar da Deflores e foram testemunhas jose quaresma
deste lugar da Bemfeita e jose Garcia do lugar do pai
das Donas de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma jose Garcia"

Página 380:
"Monte frio Manoel
filha de joaquim
Manoel
e de Luisa das
Neves"
"Em os Vinte e Sete de Setembro da era de mil e oito Centos e dose
batizei Solenemente a Manoel nacido em os Vinte do dito mes e filho de
joaquim Manoel e de Luisa das Neves esta das Luadas e aquele
do Montefrio a onde sam moradores neto paterno de de Manoel
Fernandes e de Maria Lopes esta do Montefrio e aquele de Cazas
Velhas Freguesia de Campelo, e Materno de Manoel joam das Neves,
e de Marianna Antunes esta esta das Luadas e aquele dos Cepos
e foram padrinhos Antonio Simoins e Sua filha Maria do lugar
do Montefrio e foram testemunhas Manoel Fernandes e jose dias
do mesmo lugar de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Fernandes jose dias"

Página 380 e 381:
"pardieiros
Anna filha de
jose Nunes e de
Luisa Maria"
"Em os desoito de Outubro da era de mil e oito Centos e
dose batizei Solenemente a Anna nacida em os tre do dito mes e filha de
jose Nunes e de Luisa Maria aquele do Bucado esta dos pardieiros
a onde Moram neta paterna de Manoel Nunes e de Luisa Nunes
esta de Folques e aquele do Bucado e Materna de Manoel joam e de
josefa Maria aquele do Montefrio e esta dos pardieiros e foram
padrinhos Bernardo Nunes e Maria da Crus
dos pardieiros e foram testemunhas jose das Neves
deste lugar da Bemfeita e jose quaresma dos pardieiros
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma jose das Neves"

Página 382:
"Bemfeita
Antonio filho de
Luis quaresma e de
Maria quaresma"
"Em os Sete de Novembro da era de mil e oito Centos e dose
batizei Solenemente a Antonio Nacido em o primeiro do dito
mes e filho de Luis quaresma e de Maria quaresma deste
Lugar da Bemfeita neto paterno de Manoel quaresma e josefa
Maria das Neves deste mesmo Lugar e Materno de Antonio Lopes e de
Maria quaresma esta deste lugar da Bemfeita e aquele do lugar
do Montefrio mas moradores beste lugar da Bemfeita e foram
padrinhos o Reverendo Antonio Dias quaresma e Sua Sobrinha Maria
tambem deste lugar e foram testemunhas Manoel dos Santos e
Antonio quaresma deste lugar e para constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio quaresma Manoel dos Santos"

Página 382:
"Relvavelha
joaquina filha
de jose Martins
e de Maria Francisca"
"Em os oito de Novembro da era de mil e oito Centos e dose batizei
Solenemente a joa joaquina nacida em os dois do dito mes filha de jose Martins
e de Maria Francisco esta do pay da donas e aquele da RelvaVelha a onde moram
neta paterna de Extevam Martins e de Anna Nunes esta do Monte
Redondo e aquele da Relva Velha e Materna de joam quaresma e de Ma
Maria Francisca esta do pay das dones e aquele da Teixeira mas moradores
no pai das donas e foram padrinhos Manoel quaresma e Sua Molher
Maria quaresma das Luadas e foram testemunhas jose Nunes
e Manoel dos Santos deste lugar da Bemfeita de que fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel dos Santos jose Nunes"

Página 382:
"Montefrio pedro
filho de jose
Nunes e de
Luisa Maria"
"Em os oito de Dezembro da era de mil e oito Centos e dose
batizei Solenemente a pedro Nacido em os dois do dito mes e filho de jose
Nunes e de Luisa Maria esta das Casarias e aquele do Montefrio a onde
Moram neto paterno de de joam Nunes e de Maria Fernandes
esta da Deflores e aquele do Montefrio e Materno de Manoel Luis e
de paula Maria esta das Casarias e aquele do Sardal e foram padrinhos
jose Gaspar e Sua Molher Maria Nunes do Montefrio
e foram testemunhas Manoel quaresma e jose Nunes deste
Lugar da Bemfeita de que fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra

O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel quaresma jose Nunes"

Página 384 e 385:
"Montefrio jose
filho de jose
Luis e de Antonia
joaquina"
"Em os Vinte e quatro de Fevreiro da era de mil e oito Centos
e dose batizei Solenemente a jose nacido em os dezaseis do dito
mes e filho de jose Luis e de Antonia joaquina esta do lugar
da Moira e aquele do Montefrio neto Paterno de Luis Gaspar
e de Pascoa Nunes esta dos pardieiros e aquele do Montefrio
a onde moram e Materno de Manoel Nunes e de Francisca Luisa esta
do Valado e aquele da Moira a onde moram e foram padrinhos
o Reverendo jose da Crus do lugar dos pardieiros e Sua irmam
Maria da Crus e foram testemunhas Manoel Nunes e jose Gaspar
do Montefrio e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Nunes jose Gaspar"

Página 386:
"Luadas Antonio
filho de Manoel
jose preira
Rita Maria"
"Em os oito de Maio da era de mil e oito Centos e dose
batizei Solenemente a Antonio nacido em os dois do dito mes e filho de
Manoel jose preira e de Rita Maria esta dos pardieiros e aquele das
Luadas a onde moram neto paterno de Luis preira e de Anna Maria das
Luadas e Materno de Manoel jose e de Maria Gomes esta do Monte
frio e aquele dos pardieiros e foram padrinhos jose Marques
e Sua Molher Maria joaquina do lugar das Luadas e foram testemunhas
Manoel Gonsalves das Luadas e Luis Antonio deste lugar da Bemfeita
e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Antonio Manoel Gonsalves"

Página 386 e 387:
"pardieiros
Anna filha de
jose Antonio e de
Maria Rita"
"Em os trinta de Maio da era de mil e oito Centos e trese pus
os Santos oleos a Supri o mais a Anna que tinha Sido batizada
em casa e filha de jose Antonio e de Maria Rita do Lugar
dos pardieiros neta paterna de Antonio jose e de Maria josefa
esta da Sorguasosa e aquele dos pardieiros e Materna de
jose Antunes e de Anna da Costa e esta das Luadas e aquele dos
pardieiros e foram padrinhos e jose da Crus e Sua May
Maria da Crus do mesmo Lugar dos pardieiros e foram
testemunhas jose quaresma e Manoel Nunes dos pardieiros
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Manoel Nunes"

Página 387:
"Sardal josefa
filha de
Manoel Nunes e
de josefa Nunes"
"Em os Vinte e Sinco de julho da era de mil e oito Centos e
trese batisei Solenemente a josefa nacida em os desoito do dia
mes e filha de Manoel Nunes e de josefa Nunes esta da Teixeira
e aquele do sardal e ahi moradores neto paterno de Manoel Nunes e de
Maria Nunes do Sardal e materna de jose Afonso e de isabel Nunes
esta do Monte Redondo e aquele da Teixeira Foram padrinhos joam
Gonsalves e Sua filha Maria do mesmo lugar do Sardal e foram testemunhas
jose Antonio e Francisco Marques tambem do Sardal
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Marques jose Antonio"

Página 388:
"Bemfeita jose
filho de Antonio
Gonsalves e de
Maria Ribeiro"
"Em os quatorse de Agosto da era de mil e oito Centos
e trese batisei Solenemente a jose nacido em os oito do dito mes
e filho de Antonio Gonsalves e de Maria Ribeiro esta deste lugar da
Bemfeita e aquele do Monte Redondo mas moradores neste de Bemfeita
neto paterno de Manoel Gonsalves e de Maria Gonsalves esta do Sardal
e aquele do Monte Redondo e Materno de jose Lopes e de izidora Maria
deste lugar da Bemfeita e foram padrinhos o Padre Luis Antonio
e Rita Lopes deste mesmo Lugar e foram testemunhas Antonio Luis
e Manoel Dias deste dito Lugar de que fis este termo que asinei Com
as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Dias Antonio Luis"

Página 390:
"Luadas Maria
filha de jose Francisco
e de Rita Lopes"
"Em os quatorse de Novembro da era de mil e oito Centos e trese batisei Solenemente
a Maria nacida em os Sete do fito mes e filho de jose Francisco e de Rita
Lopes esta do Montefrio e aquele das Luadas a onde moram neta paterna
de Francisco Martins e de Maria Marques das Luadas e Materna de Manoel
Martins e de Anna Lopes esta do Montefrio e aquele da Relva Velha mas moradores
no Monte Frio e foram padrinhos Manoel Antunes e Maria filha
de Antonio fernandes Coelho e foram testemunhas o mesmo Antonio Fernandes
Coelho e Manoel quaresma todos das Luadas e para constar fis este acento
asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Fernandes Manoel quaresma"

Página 390 e 391:
"Dreia Maria
filha de Manoel
Francisco e de Maria
Teresa"
"Em os dezaseis de Dezembro da era de mil e oito Centos e trese
batisei Solenemente a Maria nacida em os Seis do dito mes e filha de
Manoel Francisco e de Maria Teresa esta da Cerdeira e aquele do Monte
Frio mas moradores na Dreia neta paterna de Francisco
jose e de Maria Gomes esta do Monte Frio e aquele da Dreia
e Materna de Manoel Francisco e de Maria Teresa esta da Cerdeira
e foram padrinhos pedro jose do Monte Frio e Antonia
Solteira Tios da Batisada e foram testemunhas
Manoel Francisco da Cerdeira e jose Correia [???] deste lugar
da Bemfeita e para constar fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Francisco jose Correia"

Página 391:
"pardieiros
jose filho de Bernardo
Nunes e de
Luisa Maria"
"Em os Vinte e Sinco de Dezembro da era de mil e oito Centos e trese batisei
Solenemente a jose nacido em os desoito do dito mes e filho de Bernardo
Nunes e de Luisa Maria esta dos pardieiros e aquele do Bucado Freguesia
de Folques mas moradores nos pardieiros neto paterna de Manoel Nunes
e de Luisa Nunes esta de Folques e aquele do Bucado e ahi moradores e Materno
de Antonio jose e de Maria josefa esta da Sorguasosa e aquele dos
pardieiros e foram Maria da Crus e Luisa jose da Crus do mesmo lugar
de pardieiros e foram testemunhas jose Gregorio do pai das donas e
jose Nunes dos pardieiros de que fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes jose Gregorio"

Página 391:
"Sardal Manoel
filho de jose Lopes
e de josefa Maria"
"Em o primeiro de janeiro da era de mil e oito Centos e quatorse
batisei Solenemente a Manoel nacido em Vinte e tres de Desembro de mil
e oito Centos e trese e filho de jose Lopes e de josefa Maria esta do Sardal
e aquele da Relva Velha e agora moradora no Sardal neto paterno
de Manoel Lopes e josefa Gonsalves esta das Luadas e aquele da
Relvavelha e Materno de Francisco Marques e de Luisa Maria esta do
Sardal e aquele deste lugar da Bemfeita e foram padrinhos Manoel
Solteiro e Maria tambem Solteira tios do batisado e naturais do Sardal
e foram testemunhas Manoel Nunes e Antonio filho de jose Antonio
do Sardal e para constar fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Nunes e Antonio Solteiro"

Página 392:
"Dreia pedro
filho de pedro
jose e de Cecilia
Maria"
"Em os desaseis de janeiro da era de mil e oito Centos e quatorse
pus os Santos oleos a pedro que tinha sido batisado em casa
por estar mortal e nacido em o sete do dito mes e filho de pedro jose
e de Cecilia Maria esta da RelvaVelha e aquele do Montefrio
mas moradores na Drea neto paterno de Francisco jose e de Maria
Gomes esta do Monte Frio e aquele da Dreia e Materno
de Francisco Nunes e de Maria quaresma esta dos pardieiros
e aquele da Relva Velha e foram padrinhos jose Correia
e Maria Correia da Dreia e foram testemunhas Manoel Francisco
e Manoel Lourenso da Dreia e para constar fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Francisco Manoel Lourenso"

Página 392:
"Deflores Manoel
filho de jose
Francisco e de Bernarda
Gonsalves"
"Em os dois de Fevreiro da era de mil e oito Centos e quatorse batisei
Solenemente a Manoel nacido em os Vinte e Sinco de janeiro e filho
de jose Francisco e de Bernarda Gonsalves esta do Casal do Castelo
e aquele da deflores a onde moram neto paterno de joam
Fernandes e de josefa Gonsalves esta do lugar do Salgueiral e aquele
deste lugar da bemfeita mas moradores no Casal do Castelo; e Materno
de jose Francisco e de Anna gomes esta da Dreia e aquele da Dreia
e ela do Montefrio e foram padrinhos Manoel Afonso e Maria Rita
dete lugar da Bemfeita e foram testemunhas Manoel Lourenso
e joam fernandes do Castelo de que fis este termo que asinei Com as mesmas
testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Lourenso joam fernandes"

Página 393:
"pardieiros
Maria filha de jose
Rodrigues e
de Maria Gonsalves"
"Em os vinte e dois de Fevreiro da era de mil e oito Centos e quatorse
batisei Solenemente a Maria nacida em os dose do sito mes e filha de
jose Rodrigues e de Maria Gonsalves esta da Relva Velha e aquele dos
pardieiros a onde moram neto paterno de Manoel Rodrigues e de
Dominguas Nunes dos pardieiros e Materna de Manoel Lopes e de
josefa Gonsalves esta das Luadas e aquele da Relva Velha e foram
padrinhos o padre jose da Crus e Sua irmam Maria da Crus do lugar
dos pardieiros e foram testemunhas joaquim Lopes da Relva
Velha e Manoel quaresma deste lugar da Bemfeita de que fis
este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joaquim Lopes Manoel quaresma"

Página 394:
"Dreia Maria
filha de Manoel
Simam e de Luisa
Gomes"
"Em os vinte e Sete de Marso da era de mil e oito Centos e quatorse batisei
Solenemente a Maria nacida em os dezanove do dito mes e filha de
Manoel Simam e de Luisa Gomes esta da Deflores e aquele do Sobral
de Casegas Bispado da Guarda mas moradores no lugar da Deflores desta
Freguesia neta paterna de Manoel Simam Giraldes e de Maria Gonsalves
do Sobral e Materna de jose Francisco e da Anna Gomes esta do Monte
Frio e aquele do lugar da Dreia e foram padrinhos Manoel Lourenso
e Sua filha Maria do Lugar da Dreia e foram testemunhas Luisa
Gonsalves da Dreia e jose Francisco da Deflores e para constar fis este
termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luisa Gonsalves jose Francisco"

Página 395:
"Montefrio Anna
filha de jose
Nunes e de Maria
josefa"
"Em os desasete de Abril da era de mil e oito Centos e quatorse batisei
Solenemente a Anna nacida em os des do sito mes e filho de jose Nunes e
Maria josefa esta dos pardieiros e aquele do Montefrio a onde moram
neta paterna de jose Nunes e de Anna Maria do Lugar do Valado e Materna
de Antonio jose e de Maria josefa esta da Sorguasosa e aquele
dos pardieiros a onde moram e foram padrinhos jose Gaspar Sua
Molher Maria Nunes do mesmo lugar do montefrio e foram testemunhas
joaquim Manoel e joam Dias do montefrio de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Dias joaquim Manoel"

Página 395 e 396:
"Pardieiros
Anna filha de
jose Francisco e de
Maria Antunes"
"Em os quinze de Maio da era de mil e oito Centos e quatorse batisei
Solenemente a Anna nacida em os oito do dito mes e filha de jose Francisco
e de Maria Antunes dos pardieiros e neta paterna de jose
Francisco e de Luisa Quaresma esta dos pardieiros e aquele
da Bemfeita e Materna de Luis Antonio e de Maria Antunes esta
do Montefrio e aquele dos pardieiros a onde moram e foram padrinhos
O padre Antonio Dias e Sua Sobrinha Maria deste lugar da Bemfeita
e foram testemunhas Manoel Nunes e jose quaresma dos pardieiros
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Manoel Nunes"

Página 396:
"Montefrio
Anna filha de
jose Luis e de
Antonia joaquina"
"Em os trinta de Maio da era de mil e oito Centos e quatorse batisei
Solenemente a Anna filha de jose Luis e de Antonia joaquina que tinha
nacido em os vinte e dois do dito mes e neta paterna de Luis Gaspar e de Pascoa
Nunes esta dos pardieiros e aquele do Montefrio e Materna de Manoel
Nunes e de Francisca Luisa esta do Valado e aquele da Moira e foram padrinhos
jose da Crus e Sua May Maria da Crus dos Pardieiros e de Clara quaresma o pai do batisado
he do Montefrio e a Mai da moira e ali naceu no Montefrio e foram
testemunhas jose quaresma dos pardieiros e joaquim jose do Montefrio
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma joaquim jose"

Página 396 e 397:
"Bemfeita
Manoel filho
de jose Luis e de
Gertrudes das
Correia"
"Em os trinta de Maio da era de mil e oito Centos e quatorse batisei
Solenemente a Manoel nacido em os vinte e tres do dito mes e filha de jose
Luis e de Gertrudes Correia ambos deste lugar da Bemfeita e
neto paterno de jose Luis e de Maria Nunes aquele do Montefrio
e esta deste lugar da Bemfeita e Materno de Marcos Correia e de Lourensa
da Costa esta das Luadas e aquele deste lugar da Bemfeita e foram padrinhos
jose Francisco e Sua Molher Maria da Costa do Sardal e foram testemunhas
jose Nunes e Luis Antunes deste lugar da Bemfeita de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes Luis Antunes"

Página 399:
"Pardieiros
jose filho de jose
e de
Maria Rita"
"Em os dezoito de Setembro da era de mil e oito Centos e quatorze
batizei Solenemente a jose nacido em des do dito mes e filho de Antonio
jose e de Maria Rita esta do inxudro e aquele dos pardieiros
a onde moram neto paterno de Antonio jose e de Maria josefa
esta da Sorguasoza e aquele dos pardieiros e ali moradores e Materno
de Alexandre Nunes e de Rita Maria do inxudro e foram padrinhos jose
quaresma Nunes e Sua Molher Luisa Maria dos pardieiros e foram testemunhas
Luis jose e Manoel joam do mesmo lugar de pardieiros de que
fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis jose e Manoel joam"

Página 401:
"Pardieiros
Maria filha de
Luis jose e de Maria
do Carmo"
"Em os Vinte e Sinco de Dezembro da era de mil e oito Centos e quatorse
batizei Solenemente a Maria nacida em os Vinte do dito mes e filha
de Luis jose e de Maria do Carmo do lugar dos pardieiros neta paterna
de Manoel joam e de josefa Maria esta dos pardieiros e aquele
do Montefrio e Materna de Manoel Francisco e de Anna quaresma
esta do Caratam aquele dos pardieiros e foram padrinhos
jose quaresma Nunes e Sua molher Luisa Maria do mesmo
lugar dos pardieiros e foram testemunhas jose Nunes e Manoel
joam tambem dos pardieiros de que fis este termo que asinei
Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes e Manoel joam"

Página 401:
"Montefrio Anna
filha de Manoel
Martins e de
Anna Maria"
"Em o primeiro de Janeiro da era de mil e oito Centos e quinze batizei
Solenemente a Anna nacida em o Vinte e Sinco de Dezembro do
pasado Anno e filha de Manoel Martins e de Anna Maria do lugar
do Montefrio neta paterna de Manoel Martins e de Anna Lopes tambem
do Montefrio e Materna de Francisco jose e de Maria Gomes
esta da Dreia e aquele do Monte Frio e foram padrinhos Manoel
Nunes Cazeiro e Sua Molher Maria Francisca do mesmo Lugar do
Montefrio e foram testemunhas Antonio jose e jose Antonio dos
Pardieiros de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo"

Página 401:
"Pardieiros
Manoel filho de
Manoel Antonio
e de Maria Francisca"
"Em o primeiro de janeiro da era de mil e oito Centos e quinze
batizei Solenemente a Manoel nacido em os Vinte e hum de Dezembro
do prosimo e filho de Manoel Antonio e de Maria Francisca do logar
dos pardieiros neto paterno de Antonio jose e de maria josefa
esta da Sorguasoza e aquele dos pardieiros a onde moram
e Materno de Manoel joam e de Francisca Maria esta dos pardieiros
e aquele do inxudro e foram padrinhos Manoel joam dos
pardieiros e Teresa filha de Manoel Nunes de Folques foram
testemunhas Manoel Martins e Manoel Nunes do Montefrio
de que fis este termo que asinei
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Martins Manoel Nunes"

Página 402:
"Relvavelha
Manoel filho de
Antonio Luis e
de Anna Nunes"
"Em os dois de Fevreiro da era de mil e oito Centos e quinze batizei Solenemente
Com minha licensa o padre jose Fregorio a Manoel nascido
em os vinte e sete de janeiro e filho de Antonio Luis e de Anna Nunes esta
da Relva velha e aquele do montefrio mas moradores na Relvavelha
filho digo neto paterno de Luis gaspar e de pascoa Nunes esta dos pardieiros
e aquele do montefrio e materno de Manoel Luis e de Anna Nunes
esta do Valado e aquele do Sardal mas moradores na RelvaVelha e foram
padrinhos jose Solteiro e Sua may maria da Crus do lugar dos pardieiros
e foram testemunhas jose gaspar do Montefrio e Manoel Nunes
do Sardal de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Nunes jose gaspar"

Página 403:
"Bemfeita Maria
filha de Luis
quaresma e
de maria quaresma"
"Em os Seis de Marso da era de mil e oito Centos e quinze batizei
Solenemente a Maria nacida em os Vinte e Sete do pasado fevreiro
e filha de Luis quaresma e de Maria quaresma deste lugar da
Bemfeita neta paterna de Manoel quaresma Ribeiro e de josefa
quaresma esta da Villa de gois e quele deste lugar da Bemfeita
a onde moram e Materna de Antonio Lopes e de Maria quaresma
esta deste lugar da Bemfeita e aquele do Montefrio e foram padrinhos
Antonio Solteiro e Sua irmam Maria filhos de Manoel quaresma
e foram testemunhas Antonio quaresma e Manoel Antonio
tambem deste lugar da Bemfeita de que fis este termo que asinei Com
as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio quaresma Manoel Antonio"

Página 403 e 404:
"Relvavelha
Manoel filho de joaquim
lopes e de
Maria Rita"
"Em os dose de Marso da era de mil e oito Centos e quinze batizei
Solenemente a Manoel nacido em os Sinco do dito mes e filho de joaquim
Lopes e de Maria Rita esta dos pardieiros e aquele da Relva Velha a onde
moram neto paterno de Manoel Lopes e de josefa Gonsalves do
mesmo lugar da Relva velha e Materno de pedro joam e Rita Maria
do lugar dos pardieiros e foram padrinhos Manoel quaresma
e Sua Molher josefa da Fonceca do lugar dos Barros e foram
testemunhas Manoel Luis e jose quaresma da Relva
Velha de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia era Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Luis jose quaresma"

Página 405 e 406:
"Luadas Antonio filho
de jose Francisco
e de Rita Lopes"
"Em os trese de junho da era de mil e oito Centos e quinze batizei
Solenemente a Antonio nacido em os Sinco do dito mes e filho
de jose Francisco e de Rita Lopes esta do Monte frio e aquele
das Luadas a onde moram neto paterno de Francisco Martins e
Anna Lopes digo Maria Marques das Luadas e materno de
Manoel Martins e de Anna Lopes este do Montefrio e aquele da Relvavelha
mas moradores no Montefrio e foram padrinhos Manoel
Antunes e Sua Molher Maria Rita do lugar das Luadas e foram testemunhas
Manoel quaresma e jose Marques do mesmo lugar de
que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia era Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Marques Manoel quaresma"

Página 406 e 407:
"Deflores Maria
filha de Antonio
Gonsalves e de
Rita Nunes"
"Em os trese de Agosto da era de mil e oito Centos e quinze batizei
Solenemente a Maria nacida em os Sete do dito mes e filha
de Antonio Gonsalves e de Rita Nunes esta da Deflores e aquele
deste lugar da Bemfeita mas moradores na Deflores neta paterna
de joam Fernandes e de josefa Gonsalves esta do Salgueiral
e aquele deste lugar da Bemfeita e Materna de Anna Nunes
Nunes e Manoel Francisco este da Deflores e aquela dos pardieiros
e foram padrinhos Antonio Gonsalves e Sua molher Maria
Ribeiro deste lugar da Bemfeita e foram testemunhas Manoel Nunes
e jose Francisco da Deflores de que fis este termo que asinei Com as mesmas
testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Francisco Manoel Nunes"

Página 408:
"Relvavelha
Anna filha de
MAnoel lopes
e de Anna Domingas"
"Em os nove de Novembro da era de mil e oito Centos e quinze batizei
Solenemente a Anna nacida em o primeiro do dito mes e filha de Manoel
Lopes e de Anna Domingas esta da Teixeira e aquele da Relvavelha a
onde moram neta paterna de Manoel Lopes e de josefa Gonsalves esta
do Sardal e aquele da Relva velha e Materna de Diogo Lopes e de Maria
Domingos esta da Teixeira e aquele do Salgueiro e foram padrinhos
joaquim Gonsalves e Sua Molher do Cazal do toijo e foram
testemunhas jose quaresma e luis Antunes deste lugar da Bemfeita
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia era Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Antunes jose quaresma"

Página 408 e 409:
"Relvavelha
Cecilia filha de
jose Martins
e de maria Francisca"
"Em os Vinte e dois de Novembro da era de mil e oito Centos e
quinze batizei Solenemente a Cecilia que tinha nacido em os quatorze
do dito mes e filha de jose Martins e de Maria Francisca esta do Pai
das Donas e aquele da Relva Velha a onde Moram neta paterna de
Estevam Martins e de Anna Nunes esta do Montefrio e aquele
da Relva Velha e Materno de joam quaresma e de Maria Francisca
esta do pai das Donas e aquele da Teixeira e foram padrinhos
Francisco Antonio e Maria quaresma da Relva Velha e foram
testemunhas Manoel Luis a jose quaresma do mesmo
lugar da Relvavelha de que fis este termo que asinei Com
as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Luis jose quaresma"

Página 410:
"Pardieiros
Anna filha de Bernardo
Nunes
e Luisa Maria"
"Em os Vinte e hoito de janeiro da era de mil e oito Centos e
desaseis batizei Solenemente a Anna nacida em os Vinte e hum
do dito mes e filha de Bernardo Nunes e de Luisa Maria esta dos
Pardieiros e aquele do Bucado mas moradores nos Pardieiros
neta paterna de Manoel Nunes e de Luisa Nunes esta de Folques
e aquele do Bucado e materna de Antonio jose e de Maria
josefa esta da Sorguasoza e aquele dos pardieiros a onde moram
e foram padrinhos Maria da Crus e Seu filho jose dos pardieiros
e foram testemunhas jose quaresma e Luis jose dos pardieiros
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma e Luis jose"

Página 411:
"Pardieiros
Luisa
filha de Luis jose
e de Maria do
Carmo"
"Em os desoito de Fevereiro da era de mil e oito Centos e desaseis
batizei Solenemente a Luisa nacida em os des do dito mes e filha
de Luis jose e de Maria do Carmo do lugar dos Pardieiros neta paterna
de Manoel joam e de josefa Maria e esta dos pardieiros e aquele
do Montefrio e Materno de Manoel Francisco e de Anna quaresma
esta do Caratam e aquele dos pardieiros e foram padrinhos
jose quaresma Nunes e Sua Molher Luisa Maria do
mesmo lugar dos pardieiros e foram testemunhas pedro jose
e Luis Ramalheiro do mesmo logar de que fis este termo que asinei
Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Ramalheiro pedro jose"

Página 412:
"RelvaVelha
jose filho
de Antonio Luis
e de Anna Nunes"
"Em os tres de Marso da era de mil e oito Centos e desaseis batizei
Solenemente a jose Nacida em os vinte e Seis de Fevreiro e filho de Antonio
Luis e de Anna Nunes esta da Relva Velha e aquele do Monte Frio mas
moradores na Relva Velha neto paterno de Luis Gaspar e de Pascoa
Nunes esta dos pardieiros e aquele do Monte frio a onde moram
e Materno de Manoel Luis e de Anna nunes esta esta do Valado
e aquele do Sardal mas moradores na Relva Velha e foram
padrinhos jose da Crus e Sua may Maria da Crus so lugar de Pardieiros
e foram testemunhas Manoel Nunes do Sardal
e pedro jose dos pardieiros de que fis este termo que asinei Com
as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro jose Manoel Nunes"

Página 412:
"Bemfeita
Francisco filho de
jose pedro e
de umbelina
Rosa"
"Em os honse de Marso da era de mil e oito Centos e desaseis batizei Solenemente
a Francisco nacido em os tres do dito mes e filho de jose pedro e de Umbelina
Rosa esta deste lugar da Bemfeita e aquele da Teixeira neto paterno de
Pedro Nunes e de Isabel Nunes esta da Teixeira e aquele do porto Castinheiro
e Materno de jose Lopes quaresma e de izidora Ribeiro deste Lugar
da Bemfeita e foram padrinhos jose Lopes e Sua filha Anna deste
mesmo lugar da Bemfeita e foram testemunhas Antonio Nunes e Manoel
Antonio deste mesmo lugar de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Nunes Manoel Antonio"

Página 413:
"Montefrio joaquim
filho de
jose Nunes e
de Luisa Maria"
"Em os Vinte e dois de Marso da era de mil e oito Centos e desaseis
pus os Santos oleos e Supri as mais Serimonia a joaquim nacido
em os quinze do dito mes que tinha sido batizado em casa e filho de jose
Nunes e de Luisa Maria esta das Casarias e aquele do Montefrio a
onde moram neto paterno de joam Nunes e de Maria Fernandes esta
da Deflores e aquele do Montefrio e Materno de Manoel Luis e de paula
Maria esta das Casarias e aquele do Sardal e foram padrinhos jose
Gaspar e Sua Molher Maria Nunes e foram testemunhas
Luis jose e pedro Nunes do Montefrio de que fis este acento que asinei
Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis jose pedro Nunes"

Página 414:
"pardieiros
Niculau filho de
jose Antonio e de
Maria Rita"
"Em os Vinte e oito de Abril da era de mil e oito Centos e desaseis
batisei Solenemente a Niculau nacido em os Vinte e hum do dito Mes e
filho de jose Antonio e de Maria Rita do Lugar dos pardieiros neto paterno
de Antonio jose e de Maria josefa esta da Sorguasoza e aquele dos
pardieiros a onde Moram e Materno de jose Antunes e de Anna da Costa esta
das Luadas e aquele dos Pardieiros e foram padrinhos jose da Crus
Solteiro e Maria da Crus do lugar de pardieiros e foram testemunhas Manoel
dos Santos deste lugar da Bemfeita e Manoel Luis da Relva Velha de que
fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoeldos Santos Manoel Luis"

Página 414 e 415:
"Montefrio
Rosaria filha de
Manoel joaquim
e de Maria Gomes"
"Em os desanove de Maio da era de mil e oito Centos e desaseis
batisei Solenemente a Rosaria nacida e os nove do dito Mes filha
de Manoel joaquim e de Maria Gomes esta do Montefrio
e aquele da Relva Velha neta paterna de Avo incognito e de Anna
quaresma da Relva Velha e Materna de Domingos Lopes e de Clara
Gomes esta da Moira e aquele do Monte Frio e foram padrinhos jose
Gaspar e Sua Molher Maria Nunes do Montefrio e foram testemunhas
jose Lopes e pedro Nunes do mesmo Montefrio de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Lopes pedro Nunes"

Página 415:
"Montefrio
Mafalda filha de
Luisa Solteira"
"Em os tres de junho da era de mil e oito Centos e desaseis batisei
Solenemente a Mafalda nacida em os Vinte e Sinco de Maio filha
de Luisa Solteira e de pai incerto neta Materna de Francisco jose
do lugar da Dreia e de Maria Gomes do lugar do Montefrio a onde moram
e foram padrinhos pedro jose da Dreia e Maria Gomes Solteira
do lugar da Deflores e foram testemunhas jose Gaspar e
jose Dias do Montefrio de que fis este termo que asinei Com as mesmas
testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Gaspar jose Dias"

Página 416:
"Bemfeita
Antonio filho de Antonio
joaquim e de
josefa Maria"
"Em os dose de Setembro da era de mil e oito Centos e desaseis batisei
Solenemente a Antonio nacido em os Seis do dito mes e filho de
Antonio joaquim e de josefa Maria esta do lugar do Montefrio e aquele
do lugar da Cerdeira mas moradores neste lugar da Bemfeita
neto paterno de joaquim Lopes e de Maria Correia esta deste lugar
da Bemfeita e aquele de lugar da Cerdeira e Materno de
Manoel Fernandes e de Maria Fernandes do Montefrio e foram
padrinhos o Padre jose Gregorio e Maria Rita deste lugar da
da Bemfeita e foram testemunhas jose Nunes e Manoel
quaresma deste Lugar da Bemfeita de que fis este termo que asinei
Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes Manoel quaresma"

Página 417:
"Dreia Maria
filha de Manoel
Francisco e de Maria
Theresa"
"Em os Seis de outubro da era de mil e oito Centos e desaseis
batisei Solenemente a Maria nacido nacida em vinte e nove de
Setembro e filha de Manoel Francisco e de Maria Theresa esta
da Cerdeira e aquele do Montefrio mas moradores na Dreia neta Paterna
de Francisco jose e de Maria Gomes esta do Montefrio e aquele
da Dreia e Materna de Manoel Francisco e de Maria Theresa
esta da Cerdeira e aquele dos Chans do Sobral mas moradores na
Cerdeira e foram padrinhos Manoel Lourenso e Cecilia Solteira
do lugar da Dreia e foram testemunhas jose Correia e Luis
Rodrigues do mesmo lugar de que fis este termo que asinei Com
as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Correia e Luis Rodrigues"

Página 417 e 418:
"Luadas joaquim
filho de Manoel
jose pereira e de Rita
Maria"
"Em os honse de outubro da era de mil e oito Centos e desaseis
batisei Solenemente a joaquim nacido e os dois do dito
mes e filho de Manoel jose preira e de Rita Maria esta dos
pardieiros e aquele das Luadas a onde moram neto paterno
de Luis preira e de Anna Maria das Luadas e Materno
de Manoel jose e de Maria Gomes esta do Monte
frio e aquele dos pardieiros e foram padrinhos jose
Marques e Sua Molher Maria joaquina dos Luadas e foram
testemunhas Manoel Bernardo jose Solteiro e deste lugar e para constar
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches
jose Solteiro Manoel Bernardo"

Página 419:
"Pardieiros
Maria filha de Antonio
jose e de Maria
Rita"
"Em os Vinte e quatro de Novembro da era de mil e oito Centos
e desaseis batisei Solenemente a Maria nacida em os trese do
dito mes e filha de Antonio jose e de Maria Rita esta do inxudro
e aquele dos pardieiros a onde moram neto paterno de Antonio
jose e de Maria josefa esta da Sorguasosa e aquele dos pardieiros
a onde moram e Materna de Alexandre Nunes e de Rita
Nunes esta do inxudro e aquele do Sardal e foram padrinhos
Manoel Nunes e Sua irmam Rita e tios do batisado e foram
testemunhas jose Francisco do Sardal e jose Antonio dos pardieiros
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Francisco jose Antonio"

Página 419 e 420:
"Pardieiros
Maria filha de
jose Nunes e de
Luisa Maria"
"Em os trinta de Novembro da era de mil e oito Centos
e dezaseis batizei Solenemente a Maria nacida em os
Vinte e tres do dito Mes e filha de jose Nunes e de Luisa Maria
esta dos pardieiros e aquele do Bucado mas moradores em os
pardieiros neta paterna de Manoel Nunes e de Luisa
Nunes esta de Folques e aquele do Bucado e Materna de
Manoel joam e de josefa Maria e aquele do Montefrio e esta
dos pardieiros e foram padrinhos jose quaresma Nunes
s Sua Molher Luisa Nunes dos pardieiros e foram testemunhas
pedro jose e Luis quaresma dos pardieiros de que
fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis quaresma pedro jose"

Página 420:
"Montefrio Manoel
filho de jose
Luis e de Antonia
joaquina"
"Em o primeiro de Dezembro da era de mil e oito Centos e dezaseis
batizei Solenemente a Manoel nacido em os Vinte e dois de Novembro
e filho de jose Luis e de Antonia joaquina esta do lugar
da Moira e aquele do Montefrio a onde moram neto paterno
de de Luis Gaspar e de Pascoa Nunes esta dos pardieiros
a aquele do Montefrio e Materno de Manoel Nunes e de Francisca
Luisa esta do Valado e aquele da Moira e foram padrinhos jose
da Crus e Maria da Crus dos pardieiros e foram Testemunhas
jose Gaspar e pedro Nunes dos pardieiros de que fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Gaspar pedro Nunes"

Página 420:
"Bemfeita Antonio
filho de jose
Luis e de Gertrudes
Correia"
"Em o primeiro de Dezembro da era de mil e oito Centos e dezaseis
batizei Solenemente a Antonio nacido em os vinte e dois
de Novembro e filho de jose Luis e de Gertrudes Correia
deste lugar da Bemfeita neto paterno de jose Luis e de Maria
Nunes esta deste lugar da Bemfeita e aquele do Montefrio e Materno
de Marcos Correia e de Lourensa da Costa deste lugar da Bemfeita
e Foram padrinhos Manoel Francisco e Sua irmam Maria do lugar
do Sardal e foram testemunhas jose quaresma e Antonio Nunes
deste lugar da Bemfeita de que fis este termo que asinei Com as
mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma e Antonio Nunes"

Página 421:
"Bemfeita Libania
filha de Antonio
Gonsalves e de
Maria Ribeiro"
"Em os nove de Marso da era de mil e oito Centos e dezasete batizei Solenemente
a Libania nacida em os seis do dito mes e filha de Antonio Gonsalves
e de Maria Ribeiro esta deste lugar da Bemfeita e aquele do lugar do Monte
Redondo mas moradores neste lugar da Bemfeita neta paterna de
Manoel Gonsalves e de Maria Gonsalves esta do Sardal e aquele do
Monte Redondo e Materna de jose Lopes e de isidora Maria deste lugar
da Bemfeita e foram padrinhos Albino Lopes e Anna Solteira
tios da batisada e foram testemunhas jose dos Santos e Silvina
Gomes todos deste mesmo lugar da Bemfeita de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose dos Santos Silvina Gomes"

Página 422:
"Pardieiros
Luisa filha de jose
Francisco e de Maria
Antunes"
"Em os Vinte e Sete de Abril da era de mil e oito Centos e dezasete
batizei Solenemente a Luisa nacida em os dezoito do dito mes e filha de
jose Francisco e de Maria Antunes dos pardieiros neta paterna de jose
Francisco e de Luisa quaresma esta dos pardieiros e aquele da Bemfeita e Materna
de Luis Antonio e Maria Antunes esta do Montefrio e aquele dos pardieiros
e foram padrinhos jose quaresma Nunes e Sua Molher Luisa Maria
do mesmo Lugar dos pardieiros e foram testemunhas pedro jose
dos pardieiros e Manoel Fernandes do pay das donas de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro jose Manoel Fernandes"

Página 423 e 424:
"Pardieiros
Maria filha de Antonio
Francisco e de Maria
Gomes"
"Em os oito de junho da era de mil e oito Centos e dezasete
batizei Solenemente a Maria digo pus os Santos oleos por [???] tinha
Sido batisada em Caza e por iso Supri o mais que tinha nacido
em os trinta e hum de Maio filha de Antonio Francisco
e de Maria Gomes dos pardieiros neta paterna de jose
Francisco e de Luisa quaresma esta dos pardieiros e aquele deste Lugar
da Bemfeita e Materna de Manoel jose e de Maria Gomes esta
do Montefrio e aquele dos pardieiros e foram padrinhos jose da
Crus e Maria da Crus do mesmo lugar dos pardieiros e foram testemunhas
Manoel jose e jose Francisco do mesmo lugar de que fis
termo que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel jose jose Francisco"

Página 423 e 424:
"Relvavelha
Maria filha de
joaquim Lopes
e de Maria Rita"
"Em os Sete de julho da era de mil e oito Centos e dezasete batizei Solenemente
a Maria nacida em os Vinte e Sete de junho e filha de joaquim
Lopes e de Maria Rita esta dos pardieiros e aquele da Relva Velha
a onde moram neta paterna de Manoel Lopes josefa Gonsalves
esta do Sardal e aquele da Relva Velha e Materna de pedro
joam e de Rita Maria esta dos pardieiros e aquele do Montefrio e foram
padrinhos jose de Abrantes e josefa Rita dos Barros e foram
testemunhas Antonio dos Santos e Manoel Domingos deste Lugar da Bemfeita
de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio dos Santos Manoel Domingos"

Página 426:
"Luadas Rita
filha de jose Francisco
e de Rita Lopes"
"Em os Sinco de Outubro da era de mil e oito Centos e dezasete
batizei Solenemente a Rita nacida em os Vinte e Sinco de Setembro e
filha de jose Francisco e de Rita Lopes esta do Montefrio e aquele das Luadas
a onde moram neta paterna de Francisco Martins e de Maria Marques das
Luadas e Materno de Manoel Martins e de Anna Lopes esta do Montefrio
e aquele da Relva velha mas moradores no Montefrio e foram padrinhos
Francisco jose e Sua Molher Luisa Maria do mesmo Lugar das Luadas
e foram testemunhas jose Marques e jose Nunes do mesmo Lugar
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Marques jose Nunes"

Página 428:
"Dreia Manoel
filho de Manoel
Francisco e de Maria
Teresa"
"Em os Seis de Novembro da era de mil e oito Centos e dezasete batizei
Solenemente a Manoel nacido em o primeiro do dito mes e filho de Manoel
Francisco e de Maria Theresa esta da Cerdeira e aquele do Montefrio mas moradores
na Dreia neto paterno de Francisco jose e de Maria Gomes esta do Monte
frio e aquele da Dreia e materno de Manoel Francisco e de Maria Theresa esta
da Cerdeira e aquele dos Chans Sobral mas moradores na Cerdeira e foram
padrinhos Manoel Lourenso e Sua filha Cecilia do Lugar da Dreia e foram
testemunhas Luis Rodrigues e pedro jose do mesmo Lugar de que fis
este termo que asinei no mes dia Supra.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Rodrigues e pedro jose"

Página 428:
"Montefrio
Antonio filho de Manoel
Martins e
de Anna Maria"
"Em os quinze de Novembro da era de mil e oito Centos e dezasete
batizei Solenemente a Antonio filho de Manoel Martins e de Anna Maria
do lugar do Montefrio neto paterno de Manoel Martins e de Anna Lopes do mesmo
lugar do Montefrio e Materno de Francisco jose e de Anna Gomes esta da
Dreia e aquele do Montefrio e foram padrinhos Antonio Martins e Sua Molher
Maria quaresma deste lugar da Bemfeita e foram testemunhas
Manoel quaresma e Antonio Nunes deste mesmo lugar de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Nunes Manoel quaresma"

Página 429:
"Bemfeita Manoel
filho de Luis quaresma
e de Maria
quaresma"
"Em os Vinte de Novembro da era de mil e oito Centos e dezasete
batizei Solenemente a Manoel Nacido em quatorze do dito mes e filho
de Luis quaresma e de Maria quaresma deste lugar da Bemfeita neto
paterno de Manoel quaresma e de josefa Maria esta da Villa de
Gois e aquele deste lugar da Bemfeita e Materno de Antonio Lopes
e de Maria Quaresma esta deste Lugar da Bemfeita e aquele do
Monte frio e Foram padrinhos Antonio Dias e Maria Rita deste
mesma lugar da Bemfeita e foram testemunhas Manoel Antonio
e Francisco Serdeira de que fis este termo que asinei Com as mesmas
testemunhas no mes dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Antonio Francisco Serdeira"

Página 431:
"pardieiros jose
filho de Manoel joam
Lopes e de
Rosaria Maria"
"Em os dois de Fevereiro da era de mil e oito Centos e dezoito batizei
Solenemente a jose nacido em os trinta de janeiro e filho de Manoel joam
Lopes e de Rosaria Maria esta do Lugar do Montefrio e aquele dos pardieiros
a onde moram neto paterno de outro Manoel joam e de Francisca Maria
esta das pardieiros e aquele do Inxudro e materno de Manoel Nunes e de
Maria josefa do Montefrio e foram padrinhos jose da Crus Solteiro
e Sua May Maria da Crus dos pardieiros e foram testemunhas Manoel
Antonio dos pardieiros e jose Nunes do Montefrio de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes Manoel Antonio"

Página 437:
"Relvavelha
Antonio filho de Antonio
Luis e de Anna
Nunes"
"Em os Vinte e Sinco de Outubro da era de mil e oito Centos e dezoito
batizei pus os Santos oleos e Supri o mais na forma do ritual Antonio que
tinha sido batisado em casa por [???] e nacido em os quinse do dito
mes e filho de Antonio Luis e de Anna Nunes esta da Relva velha e aquele
do Montefrio a onde agora moram neto paterno de Luis Gaspar
e de Pascoa Nunes esta dos pardieiros e aquele do montefrio a onde moram
e Materno de Manoel Luis e de Anna Nunes esta do Valado e aquele
do Sardal mas moradores na Relvavelha e foram padrinhos
Manoel Nunes e Sua Molher Maria Francisca do lugar do monte
frio e foram testemunhas pedro Nunes e Luis jose do mesmo lugar
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro Nunes Luis jose"

Página 437:
"pardieiros Maria
filho de Luis jose e
de maria do carmo"
"Em os Vinte e dois de Novembro da era de mil e oito Centos e dezoito
batizei Solenemente a Maria nacida em os dose do dito mes e filha de Luis
jose e de Maria do Carmo do lugar dos pardieiros neta paterna e de manoel
joam e de josefa Maria e Materna digo todos dos pardieiros e aquele do montefrio
Materna de Manoel Francisco de Anna Quaresma esta do Caratam e
aquele dos pardieiros e foram padrinhos jose quaresma e Sua molher
Luisa Maria dos pardieiros e foram testemunhas pedro jose
e Manoel Nunes dos pardieiros de que fis este termo que asinei Com
as mesmas testemunhas no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro jose Manoel Nunes"

Página 439:
"Pardieiros
jose filho de jose
Rodrigues e de
Maria Gonsalves"
"Em os trinte e hum de janeiro da era de mil e oito Centos e dezanove
batizei Solenemente a jose nacido em os Vinte e tres do dito mes filho
de jose Rodrigues e de Maria Gonsalves esta da Relva Velha e aquele
dos pardieiros a onde moram neto paterno de Manoel Rodrigues e de
Domingas Nunes dos pardieiros e Materno de Manoel Lopes e de josefa
Gonsalves esta das Luadas e aquele da Relva Velha e foram
padrinhos jose da Crus e Sua May Maria da Crus do mesmo lugar
dos pardieiros e foram testemunhas joam Rodrigues e Bernardo
Nunes do mesmo lugar de que fis este termo que asinei Com as mesmas
testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Rodrigues Bernardo Nunes"

Página 440:
"Montefrio Anna filha de jose Luis e de Antonia joaquina"
"Em os Vinte e Sinco de julho da era de mil e oito Centos e
dezanove batizei Solenemente a Anna nacida em os dezasete do dito
e filha de jose Luis e de Antonia joaquina esta do lugar da
Moira e aquele do Monte frio a onde Moram neta paterna de Luis Gaspar
e de Pascoa Nunes esta dos Pardieiros e aquele do Montefrio
e Materna de Manoel Nunes e de Francisca Luisa esta do Valado e aquele
da Moira e foram padrinhos jose [???] e Sua Molher Maria
Rita da Costa dos pardieiros e foram testemunhas jose Francisco e Antonio Simoins
do Montefrio de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Simoins jose Francisco"

Página 441:
"Pardieiros
joam e Anna
filhos de jose
Antonio e de Maria
Rita"
"Em o primeiro de Agosto da era de mil e oito Centos e dezanove
pus os Santos oleos e Supri o mais no formato Ritual a joam
e Anna que tinham Sido batisados em Caza para virem a morar ambos
nacidos de hum parto e filhos de jose Antonio e de Maria Rita
do lugar de Pardieiros netos Paternos de Antonio jose e de Maria josefa
esta do Sorgasoza e aquele dos Pardieiros e Materna
de jose Antunes e de Anna da Costa esta das Luadas e aquele de
Pardieiros e foram padrinhos joam pedro e Maria das [???]
deste lugar da Bemfeita e foram testemunhas Bernardo
Nunes e Antonio jose dos pardieiros de que fis este termo que
asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio jose Bernardo Nunes"

Página 443 e 444:
"Relvavelha
josefa filha de
Manoel Lopes
e de Anna Domingos"
"Em os Vinte de Outubro da era de mil e oito Centos e dezanove
batisei Solenemente a josefa nacida em os dose do dito mes e filha
de Manoel Lopes e de Anna Domingos esta esta da Teixeira
e aquele da Relva Velha aonde Sam Moradores neta
Paterna de outro Manoel Lopes e de josefa Gonsalves esta
do Sardal e aquele da Relva Velha e Materna de Diogo Lopes
e de Maria Domingues esta da Teixeira e aquele do Salgueiro
e foram padrinhos pedro Nunes e Sua Molher Maria
Nunes deste Lugar da Bemfeita e foram testemunhas joaquim Lopes
da Relva Velha e Antonio joaquim deste Lugar de que fis este termo que asinei
Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joaquim Lopes Antonio joaquim"

Página 445 e 446:
"Sardal Manoel
filho de Antonio
jose e de Maria
Gomes."
"Em os nove de janeiro da era de mil e oito Centos e vinte batisei
Solenemente a Manoel nacido em o primeiro do dito mes e filho de Antonio
jose de Maria Gomes esta do Sardal e aquele do porto castinheiro
neto paterno de Manoel jose e de Domingas Nunes
do mesmo lugar do porto castinheiro e materno de Antonio
Nunes e de Maria Gomes esta do Sardal e aquele de Monte
Redondo e foram padrinhos jose Francisco e Maria Costa
do Sardal e foram testemunhas pedro jose e Antonio
Nunes do Sardal de que fis este acento que asinei com as mesmas
testemunhas no mesmo dia Supra.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Nunes pedro jose"

Página 447:
"Sardal Francisco
filho Francisco filho
de Francisco Antonio
e de Luisa Nunes"
"Em os vinte e Sete de fevreiro da era de mil e oito Centos e
Vinte batisei Solenemente a Francisco nacido em os vinte e Seis
do dito mes e filho de Francisco Antonio e de Luisa Nunes esta de porto castinheiro
Freguesia da Teixeira e aquele do Sardal a onde moram neto paterno
de Antonio Nunes e de Maria Gomes esta do Sardal e aquele do Monte
Redondo e materno de Manoel jose e de Domingas Nunes do Porto
Castinheiro e foram padrinhos pedro jose Sua Molher Maria
Luisa do lugar do Sardal e foram testemunhas joam Nunes
do pay das Donas e pedro jose dos pardieiros de que fis este acento
que asinei com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro jose joam Nunes"

Página 448 e 449:
"Bemfeita
Maria filha de Luis
quaresma e de
maria quaresma"
"Em os desoito de Marso da era de mil e oito Centos e Vinte
batisei Solenemente a Maria nacida em os honse do dito Mes
e filha de Luis quaresma e de Maria quaresma deste Lugar
da Bemfeita neta paterna de Manoel quaresma Ribeiro
e de josefa quaresma esta de Gois e aquele deste Logar
da Bemfeita e Materna de Antonio Lopes e de Maria quaresma
esta deste Lugar da Bemfeita e aquele do Montefrio
e foram padrinhos Abilio quaresma e Maria Rita tambem
deste Lugar da Bemfeita e foram testemunhas jose dos
dos Santos e Manoel Gaspar deste mesmo Lugar de
que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Gaspar jose dos Santos"

Página 449 e 450:
"pardieiros jose
filho de jose Francisco
e de Maria
Antunes"
"Em os quatorse de Maio da era de mil e oito Centos e Vinte
batisei Solenemente a jose nacida em os quatro do dito mes
e filho de jose Francisco e de Maria Antunes dos pardieiros neto
paterno de jose Francisco e de Luisa quaresma dos pardieiros e aquele
da Bemfeita e Materno de Luis Antonio e de Maria Antunes esta
do Monte Redondo e aquele dos pardieiros e foram padrinhos jose quaresma
Nunes e Sua molher Luisa Maria do mesmo Lugar dos pardieiros
e foram testemunhas jose da Crus e Antonio jose dos mesmos pardieiros
de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas no mesmo
dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio jose jose da Crus"

Página 449 e 450:
"Relvavelha
Anna filha
de joaquim
Luis e Maria
Rita"
"Em os Seis de junho da era de mil e oito Centos e Vinte batisei
Solenemente a Anna nacida em o primeiro do dito mes e filha de joaquim
Lopes e de Maria Rita esta dos pardieiros e aquele da Relva
Velha neta paterna de Manoel Lopes e de josefa Gonsalves esta
do Sardal e aquele da Relva Velha e Materna de pedro joam e
de Rita Maria esta dos pardieiros e aquele do Montefrio e foram
padrinhos Manoel Lopes e Sua molher Anna Domingos e foram testemunhas
Francisco Martins e Manoel Gonsalves deste Lugar da Bemfeita
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Martins Manoel Gonsalves"

Página 451:
"Montefrio joaquim
filho de Manoel
Martins e de
Anna Maria"
"Em os dezaseis de julho da era de mil e oito Centos e Vinte
batisei Solenemente a joaquim nacido em os des do dito
mes e filho de Manoel Martins e de Anna Maria do lugar do Montefrio
neto paterno de Manoel Martins e de Anna Lopes do mesmo
lugar do Montefrio e Materno de Francisco jose e de Anna Gomes
esta da Dreia a aquele do Montefrio e foram padrinhos
Antonio Martins e Sua Molher Maria quaresma dos pardieiros e foram
testemunhas jose dias e pedro Nunes do mesmo lugar do
Montefrio de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose dias pedro Nunes"

Página 452 e 453:
"Pardieiros
Maria filha de
Jose Quaresma
Nunes Duarte, e
de Maria Ritta
da Costa"
"Em os quatorse dias do mes de Agosto da Era de mil e oito
Centos e Vinte annos Baptisei Solenemente nesta Igreja
da Bemfeita a Maria filha Legitima de Jose Quaresma
Quaresma Nunes Duarte de Sua mulher Maria
Ritta da Costa do Lugar dos Pardieiros; que tenha
nascido a oito do ditto Mez. Netta Paterna de Antonio
Gonsalves, e de Maria Josepha da Cruz, esta do ditto Lugar dos
Pardieiros, e aquelle do Lugar do Sardal, e Materna de Jose Francisco,
e de Maria da Costa, esta do Lugar da Esculca freguesia
de Coja, e aquelle do ditto Lugar do Sardal: forão Padrinhos
o Reverendo Doutor Manoel Lopes [???] Prior da Igreja de
Villa Cova de Sub Avô, e D. Anna Maxima de Almeida Coelho
Brandão, da ditta Villa Cova: e por elles tocou o Reverendo
Jose da Cruz Quaresma dos Pardieiros: forão testemunhas
Jose Rodrigues do mesmo Lugar dos Pardieiros e Luis jose da [???]
do Lugar da Cerdeira, e Manoel Lourenço do Lugar a Drea
E para constar mandei fazer este assento hoje dia, mez, e Era
ut Supra.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Lourenso jose Rodrigues"

Página 453 e 454:
"Luadas jacinto
filho de Manoel
jose pereira e de
Rita Maria"
"Em os Vinte e Sete de Agosto da Era de mil e oito Centos
e Vinte annos baptisei Solenemente a jacinto nacido em os
dezanove do dito mes e filho de Manoel jose pereira e de
Rita Maria esta dos pardieiros e aquele das Luadas
a onde moram neto paterno de Luis pereira e
de Anna Maria das Luadas e Materno de Manoel jose
e de Maria Gomes esta do montefrio e aquele dos pardieiros
e foram padrinhos jose Solteiro e filho de Manoel Bernardo
e Maria tambem Solteira e irmam do batizado e foram testemunhas
Manoel Bernardo e jose Nunes dos Luadas de que fis
este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes Manoel Bernardo"

Página 454 e 455:
"Deflores Antonia
filha de Antonio Gonsalves
e de Rita Nunes"
"Em o primeiro de outubro da Era de mil e oitoCentos, e
Vinte baptisei Solenemente a Antonio em os vite e quatro de
Setembro e filha de Antonio Gonsalves e de Rita Nunes esta
da Deflores e aquele do Casal do Castelo mas moradores
na Deflores neta paterna de joam Fernandes e de Josefa
Gonsalves esta do Salgueiro e aquele deste lugar da Bemfeita
e Materna de Manoel Francisco e de Anna Nunes esta
dos pardieiros e aquele da Deflores e foram padrinhos
Antonio Gonsalves e Sua molher Maria Ribeiro das
lugar do Bemfeita e foram testemunhas Manoel Jo
Gaspar e Manoel quaresma deste mesmo lugar
da Bemfeita de que fis este termo que asinei Com as
mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Gaspar Manoel quaresma"

Página 455:
"Pardieiros
Manoel filho
de Manoel joam
Lopes e de
Rosaria Maria"
"Em os Vinte e nove de Outubro da era de mil e oito Centos
e Vinte baptisei Solenemente a Manoel nacido em os
Vinte de dito mes e filho de Manoel joam Lopes e de Rosaria
Maria esta do Montefrio e aquele dos pardieiros
a onde moram neto paterno de Manoel joam Lopes e de
Francisca maria esta dos pardieiros e aquele do inxudro
e Materno de Manoel Nunes e de Maria josefa
do Montefrio e foram Padrinhos jose quaresma
e Su filha Anna dos mesmo pardieiros e foram testemunhas
jose quaresma da fonte e Antonio Ferreira do mesmo
Lugar de que fis este termo que asinei
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Antonio Ferreira"

Página 458:
"Montefrio
Maria filha de
Antonio Luis e de
Anna Nunes"
"Em os dezasete de Dezembro da era de mil e oito Centos
e Vinte batisei Solenemente a Maria nacida em os nove do dito
mes e filha de Antonio Luis e de Anna Nunes esta da Relva Velha
e aquele do montefrio a onde moram neta paterna de Luis
Gaspar e de Pascoa Nunes esta dos Pardieiros e aquele do
Montefrio e Materna de Manoel Luis e de Anna Nunes esta
do Valado e aquele do Sardal mas moradores na Relva Velha
e foram padrinhos Manoel Nunes e Sua Molher Maria
Francisca do mesmo lugar do Montefrio e foram testemunhas jose
Francisco e jose Luis so mesmo Lugar de que fis este termo que asinei
com as testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Francisco jose Luis "

Página 459:
"Pardieiros jose
filho de Luis jose
e de Maria do Carmo"
"Em os quatorse de janeiro da era de mil e oito Centos
e Vinte e hum batizei Solenemente a jose nacido em oito
do dito mes e filho de Luis jose e de Maria do Carmo do Lugar
dos Pardieiros neto paterno de Manoel joam e de
josefa Maria esta dos Pardieiros e aquele do Monte
frio e Materno de Manoel Francisco e de Ana Fernandes
esta do Caratam e aquele dos Pardieiros e foram
padrinhos jose Solteiro e Sua [???] Maria [???]
de jose quaresma e foram testemunhas pedro jose e jose quaresma
do mesmo Lugar dos Pardieiros e para constar fis este
termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma pedro jose"

Página 460:
"Bemfeita
Clara filha de
Antonio Gonsalves
e de Maria
Ribeiro"
"Em os trinta e hum de janeiro da era de mil e oito Centos
e Vinte e hum batizei Solenemente a Clara nacida em os
Vinte e quatro do dito Mes e filha de Antonio Gonsalves e de Maria
Ribeiro esta deste lugar da Bemfeita e aquele do Monte
Redondo neta Paterna de Manoel Gonsalves e de Maria Gonsalves
esta do Sardal e aquele do Monte Redondo e Materna
de jose Lopes e de izidora Maria deste mesmo Lugar da Bemfeita
e foram padrinhos o Padre jose gregorio e Maria Rita
tambem deste lugar e foram testemunhas Manoel Dias
e jose Antunes tambem daqui de que fis este acento que asinei
Com as mesmas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Antunes Manoel Dias"

Página 461 e 462:
"Montefrio jose
filho de jose Nunes
e de Maria josefa"
"Em os quatro de Marso da era de mil e oito Centos e Vinte
e hum batizei Solenemente a jose nacido em os Vinte e Seis
do pasado fevreiro e filho de jose Nunes e de
Maria josefa esta dos pardieiros e aquele do
Montefrio a onde moram neto paterno de Manoel
Nunes e de Maria josefa do Montefrio e Materno de Antonio
jose e de Maria josefa esta da Sorgasoza e aquele dos Pardieiros
aonde moram e foram padrinhos Manoel Nunes cazeiro e Sua
Molher Maria Nunes do mesmo Lugar do Montefrio e foram testemunhas
pedro Nunes e jose Nunes do mesmo lugar de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro Nunes jose Nunes"

Página 463:
"Sardal Maria
filha de Francisco
Antonio e de Luisa
Maria"
"Em os oito de Abril pus os Santos olios e Supri os mais
na forma do Ritual a Maria que tinha Sido batisada em Casa
filha de Francisco Antonio e de Luisa Maria Nunes esta do porto
Castinheiro e aquele do Sardal neta paterna de Antonio Nunes
e de Maria Gomes esta do Sardal e aquele do Monte Redondo
e materno de Manoel jose e de Domingas Nunes do porto castinheiro
e foram padrinhos pedro jose e Maria Nunes do Sardal
e foram testemunhas Antonio Nunes e Francisco Marques do
Sardal de que fis este termo que asinei no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Nunes Francisco Marques"

Página 463:
"Sardal jose
filho de pedro jose
e de Maria
Luisa"
"Em os oito de Abril da era de mil e oito Centos e vinte
e hum batisei Solenemente a jose nacido em o primeiro do dito
mes filho de pedro jose e de Maria Luisa do Sardal neto
paterno de Antonio Nunes e de Maria Gomes esta do Sardal
e aquele do Monte Redondo e Materno de Francisco Marques e de
Luisa Maria do Sardal e foram padrinhos jose pedro e humbelina
Rosa deste lugar da Bemfeita e foram testemunhas
Francisco Antonio e Antonio Nunes do Sardal de que fis este termo que
asinei no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Nunes Francisco Antonio"

Página 467:
"Montefrio
jose de jose
Luis e de Antonia
joaquina"
"Em os trinta de Setembro da era de mil e oito Centos
e Vinte e hum batizei Solenemente a jose nacido
em os Vinte e dois do dito Mes e filho de jose Luis e de Antonia
joaquina esta do Lugar da Moira e aquele do Montefrio
neto paterno de Luis Gaspar e de Pascoa
de Pascoa Nunes esta dos Pardieiros e aquele do Montefrio
e Materno de Manoel Nunes e de Francisca Luisa
esta do Valado e aquele da Moira e foram padrinhos
jose da Crus e Maria Solteira do lugar dos Pardieiros
e foram testemunhas Pedro jose e jose quaresma do mesmo logar
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Pedro jose"

Página 470:
"Relvavelha
Luisa filha de joaquim
Lopes
e de Maria Rita"
"Em os quinse de Marso da era de mil e oito Centos e Vinte e dois batizei
Solenemente a Luisa nacida em os Sete do dito mes filho de joaquim Lopes
e de Maria Rita esta dos pardieiros e aquele da Relvavelha a onde
moram neta paterna de Manoel Lopes e de josefa Gonsalves
esta do Sardal e aquele da Relvavelha e Materna de pedro joam
e de Rita Maria esta dos pardieiros e aquele do Montefrio e foram
padrinhos jose quaresma e Rita Maria da Relvavelha e foram
testemunhas pedro joam dos pardieiros e joam Correia da
Bemfeita de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro joam joam Correia"

Página 471:
"Pardieiros
maria filha de
joam Rodrigues
e de Cecilia
Maria"
"Em os trinta e hum de Marso da era de mil e oito Centos e Vinte
e dois batizei Solenemente a Maria nacida em os dezaseis do dito
mes e filha de joam Rodrigues e de Cecilia Maria dos Pardieiros
neta paterna de Manoel Rodrigues e de Domingas Nunes do mesmo
Lugar dos pardieiros e Materna de Avo incognito e de Maria
Fernandes do Montefrio e foram padrinhos jose quaresma Duarte
e sua molher Maria Costa dos pardieiros e foram testemunhas
jose Rodrigues dos pardieiros e joam Simoins das Luadas
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Simoins jose Rodrigues"

Página 471:
"Bemfeita
Antonio filho de Antonio
Gonsalves
e de Maria Ribeiro"
"Em os Seis de Abril da era de mil e oito Centos e Vinte e dois
batizei Solenemente a Antonio nacido em os Vinte e oito de Fevreiro
e filho de Antonio Gonsalves e de Maria Ribeiro esta deste
Lugar da Bemfeita e aquele do Lugar do Monte Redondo neto Paterno
de Manoel GOnsalves e de Maria Gonsalves esta do
Sardal e aquele do Monte Redondo e Materno de jose Lopes e
Izidora Maria deste Lugar da Bemfeita e foram padrinhos
o Padre jose Gregorio e Sua irmam Maria Rita tambem deste Lugar
da Bemfeita e foram testemunhas jose Francisco do Sardal
e joam pedro deste Lugar da Bemfeita de que fis este asento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Francisco joam pedro"

Página 473:
"Montefrio Maria
filha de Antonio
Ribeiro e de josefa
Maria"
"Em os Sinco de Maio da era de mil e oito Centos e Vinte e dois
batizei Solenemente a Maria nacida em os Vinte e Sete de Abril e filha
de Antonio Ribeiro e de josefa Maria esta do Montefrio e aquele
do Lugar de Cebola neta paterna de Domingos Ribeiro
e de Elena Maria do mesmo Lugar e Materna de Manoel
Martins e de Anna Lopes esta do Lugar da Bemfeita e aquele
do Montefrio e foram padrinhos Manoel Fernandes e Sua Molher
Maria Bernarda do Lugar do Montefrio e foram
testemunhas jose Dias e jose Luis do mesmo Lugar de que
fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Dias jose Luis"

Página 473 e 474:
"Sardal Antonio
filho de Antonio
jose e de Maria
Gomes"
"Em os dose de Maio da era de mil e oito Centos e Vinte e dois
batizei Solenemente a Antonio nacido em os dois do dito mes e filho
de Antonio jose e de maria Gomes esta do Sardal e aquele do
porto castinheiro neto paterno de Manoel jose e de Domingas
Nunes do porto Castinheiro e Materno de Antonio Nunes
e de Maria Gomes, esta do Sardal e aquele do monte Redondo
e foram padrinhos jose Francisco e Sua Molher Maria da
Costa do Sardal e foram testemunhas pedro jose do Sardal
e jose Marques das Luadas de que fis este acento
asento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro jose jose Marques"

Página 475:
"Bemfeita Rita
filha de Luis quaresma
e de Maria quaresma"
"Em os Vinte e Seis de Maio da era de mil e oito Centos e Vinte
e dois batizei Solenemente a Rita nacida em os vinte do dito mes e filha
de Luis quaresma e de Maria quaresma deste Lugar da Bemfeita e
neta paterna de Manoel quaresma e de josefa quaresma de Gois e aquele
deste Lugar da Bemfeita e Materna Antonio Lopes e de Maria
quaresma esta deste lugar da Bemfeita e aquele do Montefrio e foram
padrinhos Abilio quaresma e Maria Rita e foram testemunhas Bernardo
Antonio e joam quaresma todos deste mesmo Lugar da Bemfeita de
que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Bernardo Antonio joam quaresma"

Página 476:
"pardieiros
Maria filha de
jose de Abrantes
e de josefa Maria"
"Em os Vinte e hum de julho da era de mil e oito Centos e
Vinte e hum (provavelmente "hum" está errado e queria dizer "dois") batizei Solenemente a Maria filha de jose de Abrantes
e de josefa Maria esta de pardieiros e aquela de Varzielas Freguesia
de Taboa neta paterna de joam de Abrantes e de Maria
josefa do mes lugar de Varzielas e Materna de pedro joam e
de Rita da Costa esta dos pardieiros e aquele do Monte Frio e foram
padrinhos jose quaresma da fonte e Sua Molher Rita Maria
dos pardieiros e doram testemunhas pedro joam e Seu filho joam
Solteiro do mesmo Lugar dos pardieiros de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro joam joam Solteiro"

Página 477:
"pardieiros
Anna filha de jose
da Crus
Duarte e de
Maria Rita da
Costa"
"Em os tres de Agosto da era de mil e oito Centos e Vinte e dois batizou
Com minha Licensa o Padre jose da Crus a Anna nacida em os vinte
e Sinco de julho e filha de jose da Crus Duarte e de Maria Rita da
Costa esta do lugar do Sardal e aquele do lugar dos pardieiros e onde moram
neta paterna de Antonio Gonsalves e de Maria josefa da Crus
esta dos pardieiros e aquele do Sardal e Materna de jose Francisco e de Maria
da Costa esta da Esculca e aquele do Sardal e foram padrinhos
o Dr. Antonio de Figueiredo [???] em Villa Cova e D. joaquina
Maxima de Oliveira da mesma Villa Cova e por procurasam destes
tocaram o Reverendo jose da Crus e Maria da Crus do dito Lugar dos
pardieiros e foram testemunhas jose quaresma e Antonio jose do mesmo
Lugar dos pardieiros de que fis este termo
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Antonio jose"

Página 477:
"Deflores Maria
filha de jose
Francisco e de Maria
Gonsalves"
"Em os quatro de Agosto da era de mil e oito Centos e Vinte e dois batizei
Solenemente a Maria nacida em os vinte e oito de julho e filho de
jose Francisco e de Maria Gonsalves esta do Casal do Castelo e aquele da Deflores
aonde Moram neta paterna de Manoel Francisco e de Anna Nunes
esta dos pardieiros e aquele da Deflores e Materna de joam Fernandes
e de Josefa Gonsalves esta do Salgueiral e aquele deste lugar da Bemfeita
e foram padrinhos jose quaresma Nunes e Sua Molher Luisa Nunes dos pardieiros
foram Testemunhas jose Francisco da Deflores e joam Fernandes do Casal
do Castelo de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Francisco joam Fernandes"

Página 477 e 478:
"Luadas jacinta
filha de jose Francisco
e de Rita
Lopes"
"Em os honse de Agosto da era de mil e oito Centos e Vinte
e dois batizei Solenemente a jacinta nacida em os tres do dito mes e
filha de jose Francisco e de Rita Lopes esta do Montefrio e aquele
das Luadas a onde moram neta paterna de Francisco Martins e
de Maria Marques das Luadas e Materna de Manoel Martins e
de Anna Lopes esta do Montefrio e aquele da Relva Velha e
foram padrinhos Manoel Solteiro filho de Francisco jose das
Luadas e Luisa Maria e foram testemunhas Manoel
Francisco a Luis da Costa do mesmo Lugar das Luadas de
que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
No mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Francisco Luis da Costa"

Página 478:
"Bemfeita
jose filho de Albino
Xavier e
de Maria jose"
"Em os trese de Setembro da era de mil e oito Centos e
Vinte e dois batizei Solenemente a jose nacido em os Sete do
dito mes e filho de Albino Xavier e de Maria jose esta do Lugar
de Feijam e aquele deste Lugar da Bemfeita neto
paterno de jose Lopes quaresma e de izidora Maria deste
lugar da Bemfeita e Materno de Antonio de Almeida
e de Anna de jesus esta da Teixeira e aquele de Feijam
e foram padrinhos Luis Solteiro e Sua filha Anna tambem
Solteira e Tios do Batizado e foram testemunhas Antonio
Luis e Manoel quaresma todos deste mesmo lugar da Bemfeita
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Luis Manoel quaresma "

Página 479:
"Montefrio
maria filha de
jose Nunes e de
Rosaria Maria"
"Em os trese de Outubro da era de mil e oito Centos e Vinte e
dois batizei Solenemente a Maria nacida em os Seis do
dito mes e filha de jose Nunes e de Rosaria Maria esta do
Montefrio e aquele da Sarguasoza neta paterna de outro
jose Nunes e de Anna Maria da Sarguasosa e Materna
de Manoel Lopes e de Anjelica da Silva este da Villa
de Avo e aquele do Lugar do Montefrio e foram padrinhos
Manoel Nunes Cazeiro e Sua Molher Maria Francisca
do Montefrio e foram testemunhas jose Lopes
e jose Francisco do mesmo Montefrio de que fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo"

Página 480:
"Pardieiros
Anna filha de
Luis jose e de
Maria do Carmo"
"Em os trese de Outubro da era de mil e oito Centos
e Vinte e dois batizei Solenemente a Anna nacida
em os Sinco do dito mes e filha de Luis jose e de Maria do Carmo
do Lugar dos pardieiros neta paterna de Manoel joam e de
josefa Maria esta dos pardieiros e aquele do Montefrio e Materna
de Manoel Francisco de Anna Fernandes esta do caratam e aquele do
Montefrio e foram padrinhos Manoel joam e Sua [???] Maria Nunes
de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas que foram
Manoel Lopes e jose quaresma
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Lopes jose quaresma"

Página 480:
"Montefrio
jose
filho de Amtonio
Luis e de Anna
Nunes"
"Em os dezasete de Novembro da era de mil e oito Centos e Vinte
e dois batizei Solenemente a jose filho de Antonio Luis e de
Anna Nunes esta da Relvavelha e aquele do Montefrio
neto paterno de Luis Gaspar e de Pascoa Nunes e Materno
de Maria digo esta dos Pardieiros e aquele do Montefrio e Materno
de Manoel Luis e de Anna Nunes esta do Valado e aquele
do Sardal mas moradores na Relvavelha e foram padrinhos
Manoel Nunes e Sua Molher Maria Francisca do mesmo
Lugar do Montefrio e foram testemunas Manoel
Gaspar deste Lugar da Bemfeita e Manoel Fernandes
do Lugar do Montefrio de que fis este termo que asinei Com
as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Fernandes Manoel Gaspar"

Página 481:
"Pardieiros
Francisco filho de
jose Francisco e de
Maria Antunes"
"Em os Vinte e quatro de Novembro da era de mil e oito Centos
e Vinte e dois batizei Solenemente a Francisco nacido em os
Dezaseis do dito mes e filho de jose Francisco e de Maria Antunes dos Pardieiros
neto paterno de jose Francisco e de Luisa quaresma esta dos Pardieiros
e aquele da Bemfeita e Materno de Luis Antonio e de
Maria Antunes esta do Monte Redondo e aquele dos Pardieiros
e foram padrinhos Manoel Francisco e Sua Molher Maria
Rita [???] em Lourosa de que fis que termo que asinei com as
testemunhas jose quaresma e Antonio Francisco dos Pardieiros
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma Antonio Francisco"

Página 486:
"Deflores
Maria filha de
Antonio Gonsalves
e de
Rita Nunes"
"Em os vinte e nove de Maio da era de mil e oito Centos e Vinte e tres
batizei Solenemente a Maria nacida em os vinte do dito mes e filha de Antonio
Gonsalves e de Rita Nunes esta de Deflores e aquele do Casal do Castelo mas
moradores na Deflores neta paterna de joam Fernandes e de josefa Gonsalves
esta do Salgueiro e aquele deste lugar da Bemfeita e Materna
de Manoel Francisco e de Anna Nunes esta dos pardieiros e aquele da
Deflores e foram padrinhos Antonio Gonsalves e Sua Molher Maria
Ribeiro deste lugar da Bemfeita e foram testemunhas Manoel
Lourenso do lugar da Freia e Antonio Nunes deste lugar da Bemfeita
de que fis que acento que asinei com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Nunes Manoel Lourenso"

Página 486 e 487:
"Montefrio
Manoel filho
de Manoel
Martins e de
Anna Maria"
"Em os tres de Agosto da era de mil e oito Centos e Vinte e tres
batizei Solenemente a Manoel nacido em os Vinte e Seis de
Julho de mesmo Anno e filho de Manoel Martins e de Anna Maria
do Lugar do Montefrio neto paterno de Manoel Martins
e de Anna Lopes do mesmo Lugar e Materno de Francisco jose e
de Anna Gomes esta esta da Dreia e aquele do Montefrio
e foram padrinhos Antonio Martins e Sua Molher Maria
quaresma e foram testemunhas jose Lopes e Manoel Nunes
do Montefrio de que fis este termo que asinei
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo"

Página 487:
"Pardieiros
Maria filha de
Manoel Lopes
e de Maria Luisa"
"Em os quatorse de Agosto da era de mil e oito Centos e Vinte
e tres batizei Solenemente a Maria nacida em os Seis do 2º mes e filha
de Manoel Lopes e de Maria Luisa esta dos Pardieiros e aquele do
Montefrio neta paterna de Manoel Lopes e de Anjelica da Silva
esta da villa de Avo e aquele do Montefrio e Materna de jose
quaresma Nunes e de Luisa Maria esta da Deflores e aquele dos
Pardieiros e foram padrinhos jose quaresma e Sua Molher dos
Pardieiros e foram testemunhas pedro joam e jose Nunes do
mesmo Lugar dos Pardieiros de que fis este termo que asinei Com
as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro joam jose Nunes"

Página 488:
"Montefrio
Maria filha de
MAnoel Mendes e de Maria
Anjelica"
"Em os Vinte e oito de Agosto da era de mil e oito Centos
e Vinte e tres batizei Solenemente a Maria nacida em os
Vinte do dito mes e filha de Manoel Mendes e de Maria Anjelica esta
do Montefrio e aquele das Casarias Neta Paterna de joaquim
Lopes e de isabel Lopes esta do piodam e aquele do Soito da
Ruiva e Materna de Manoel Lopes e de Anjelica da Silva esta da
Villa de Avo e aquele do Montefrio e foram padrinhos joam Francisco
e Cecilia Gonsalves da Villa de Coija e foram testemunhas
jose Francisco e pedro Nunes do Montefrio de que fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro Nunes jose Francisco"

Página 488:
"Bemfeita
maria filha de jose
Gomes e de Antonia
quaresma"
"Em os dezoito de Setembro da era de mil e oito Centos e Vinte
e tres batizei Solenemente a Maria nacida em os des do dito mes e filha
de jose Gomes e de Antonia quaresma deste lugar da Bemfeita neta
paterna de Antonio Gomes e de Maria Nunes esta deste Lugar
da Bemfeita e aquela da Villa de Coija e Materna de Antonio
Lopes e de Maria quaresma esta deste mesmo Lugar e aquele do Monte
Frio. Foram padrinhos jose Bernardo e Sua Mulher Anna
Gonsalves desta Bemfeita e foram testemunhas Francisco Simões
e Bento Dias deste mesmo lugar de que fis este acento que asinei
Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Simões Bento Dias"

Página 493:
"Bemfeita Anna
filha de Margarida
Solteira"
"Em os vinte e quatro de Abril da era de mil e oito Centos e Vinte e
quatro batizei Solenemente a Anna nacida em os quinze do dito mes
e filha de Margarida Solteira deste Lugar da Bemfeita e neta paterna
de Avo incognito e Materna de joaquim Ribeiro e de josefa
Maria esta do Montefrio e aquele deste lugar da Bemfeita foram
padrinhos Luis Solteiro e Sua irmam Anna tambem
Solteira filhos de jose Lopes e foram testemunhas jose Correia
e Luis jose deste Lugar da Bemfeita de que fis este acento que
asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Correia Luis jose"

Página 494:
"Deflores Maria
filha de joam
Gonsalves
e de Anna Nunes"
"Em os dois de Maio da era de mil e oito Centos e Vinte e quatro
batizei Solenemente a Maria nacida em os vinte e Seis de Abril e filha
de joam Gonsalves e de Anna Nunes esta do lugar da Deflores
e aquele do Casal do Castelo mas moradores na Deflores neta
paterna de joam Fernandes e de josefa Gomes esta do Salgueiral
e aquele deste lugar da Bemfeita e Materna de Manoel
Francisco e de Anna Nunes esta dos pardieiros e aquele da
Deflores e foram padrinhos Antonio Gonsalves, Maria Ribeiro
deste mesmo lugar da Bemfeita e foram testemunhas
joam Fernandes do Castelo e Antonio da Costa deste lugar de
que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
joam Fernandes"

Página 495:
"Pardieiros Antonia
filha de jose
quaresma Nunes
Duarte e de Maria
Rita"
"Em os quatro de junho da era de mil e oito Centos e Vinte e quatro batizei
Solenemente a Antonia nacido em os Vinte e oito de Maio
e filha de jose se quaresma Nunes Duarte e de Maria Rita da Costa
esta do Sardal e aquele dos Pardieiros e onde moram neta
paterna de Antonio Gonsalves e de Maria josefa da Crus esta
dos Pardieiros e aquele do Sardal e Materna de jose Francisco e
Maria da Costa esta da Exculca e aquele do Sardal e foram
padrinhos O Roverendo Manoel Luis Garcia e Sua irmam Maria josefa
Delfina do Lugar de Gramados e foram testemunhas
jose quaresma Nunes e jose Antonio dos Pardieiros de que fis este acento
que asinei Com as testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma jose Antonio"

Página 495:
"Montefrio Francisco
filho de Antonio
Luis e de Anna
Nunes"
"Em os trese de junho da era de mil e oito Centos e Vinte e quatro
batizou Solenemente o padre Alexandre Nunes [???] Com minha licensa
a Francisco nacido em os dois do dito mes e filho de Antonio
Luis e de Antonio Luis e de Anna Nunes esta do Monte Digo
da RelvaVelha e aquele do Montefrio e onde Moram neto paterno
de Luis Gaspar e de Pascoa Nunes esta dos pardieiros
e aquele do Montefrio e Materno de Manoel Luis e de Anna
Nunes esta do Valado e aquele do Sardal mas moradores na Relva
Velha e foram padrinhos jose da Crus Duarte e Maria da Crus
dos Pardiiros e foram testemunhas Pedro Nunes e jose Dias
do Monte Frio de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Pedro Nunes jose Dias"

Página 496:
"Montefrio
Manoel filho de
jose Dias e de
Beatris Maria"
"Em os Vinte e Sete de junho da era de mil e oito Centos
e Vinte e quatro batizou Solenemente a Manoel nacido em os vinte
e tres do dito Mes e filho de jose Dias e de Maria Nunes esta do Montefrio
e aquele do Barrigueiro neto paterno de joam Dias e de Beatris
Maria do Barrigueiro e Materno de Luis jose e de Maria Nunes do
Montefrio e foram padrinhos Francisco Nunes e Rita Solteira do lugar da
Sorgasosa e foram testemunhas pedro Nunes e Manoel jose do
Montefrio de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
no mesmo dia Supra
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel jose pedro Nunes"

Página 496:
"Pardieiros
Anna filha de
jose quaresma e de Maria
das Neves"
"Em os Seis de julho da era de mil e oito Centos e Vinte e quatro
batizou Solenemente a Anna nacida em o primeiro do dito mes e filha de jose
quaresma e de Maria das Neves esta deste lugar da Bemfeita e aquele
dos pardieiros a onde moram neta paterna de jose quaresma e de [???]
da Maria esta da Sorgasoza e aquele dos Pardieiros e Materna
de Antonio jose e de Caterina Maria esta deste lugar da Bemfeita
e aquele do Monte frio e foram padrinhos joam
pedro e Sua molher Maria das Neves deste lugar da Bemfeita
e foram testemunhas jose Antonio e Manoel jose dos Pardieiros
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel jose jose Antonio"

Página 499:
"Pardieiros
Anna filha de
jose de Abrantes
e de josefa Maria"
"Em os dezanove de Setembro da era de mil e oito Centos
e Vinte e quatro batizei Solenemente a Anna nacida em os
des do dito mes e filha de jose de Abrantes e de josefa Maria
esta dos Pardieiros e aquele de Varzielas Freguesia
de Taboa neta paterna de joam de Abrantes e de Maria
josefa de Varzielas e Materna de pedro joam e de Rita
quaresma esta dos pardieiros e aquele do Montefrio e foram
padrinhos jose quaresma Duarte e Sua Maria [???] e foram
testemunhas Francisco Marques e Manoel quaresma do Sardal
de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel quaresma Francisco Marques"

Página 500 e 501:
"Montefrio Maria
filha de Antonio
Ribeiro e de josefa
Maria"
"Em os dezanove de Setembro da era de mil e oito Centos
e Vinte e quatro batizei Solenemente a Maria nacida em os
honse do dito mes e filho de Antonio Ribeiro e de josefa Maria
esta do Montefrio e aquele do Lugar de Cebola neta
paterna de Domingos Ribeiro e de Elena Maria do
mesmo lugar de Cebola e Materna de Manoel Martins
e de Anna Lopes esta do lugar da Bemfeita e aquele
do Montefrio e foram padrinhos Antonio Martins e Maria
quaresma da Bemfeita e foram testemunhas Francisco Marques
e Pedro jose do Sardal de que fis este acento que asinei Com as
mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Francisco Marques Pedro jose"

Página 501:
"Pardieiros
Luisa filha de Luis
jose e de Maria do
Carmo"
"Em os Vinte e Seis de Setembro da era de mil e oito Centos e
Vinte e quatro batizei Solenemente a Luisa nacida em os dezanove
do dito mes e filha de Luis jose e de Maria do Carmo do Lugar de
pardieiros neta paterna de Manoel joam e de josefa Maria esta dos
pardieiros e aquele do Montefrio e Materna de Manoel Francisco e de
Anna Fernandes esta esta do Caratam e aquele e aquele do Monte
Frio e foram Padrinhos Manoel joam e Sua Sobrinha Luisa e foram
testemunhas jose quaresma e Antonio Ferreia do lugar dos
pardieiros de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Ferreia jose quaresma"

Página 502:
"Pardieiros
jose filho de
joam Rodrigues
e de Cecilia
Maria"
"Em os des de Outubro da era de mil e oito Centos e Vinte e quatro
batizei Solenemente a jose nacido em os dois do 9º mes e filho de
Joam Rodrigues e de Cecilia Maria do Lugar dos pardieiros
neto paterno de Manoel Rodrigues e de Domingas Nunes do mesmo
Lugar dos pardieiros e Materna de Avo incognito e de e de Maria
Fernandes do Lugar do Montefrio e foram padrinhos jose
quaresma Duarte e Sua molher Maria Rita da Costa do dito Lugar
dos pardieiros e foram testemunhas jose Rodrigues e Manoel
jose do mesmo Lugar de que fis este termo que asinei Com as mesmas
testemunhas O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Rodrigues e Manoel jose"

Página 502:
"Montefrio Maria
filha de jose
Lopes e de Mariana
Nunes"
"Em os quatorze de Outubro da era de mil e oito Centos e
Vinte e quatro batizei Solenemente a Maria nacida em os sete
do dito mes e filha de jose Lopes e de Mariana Nunes do Montefrio neta
paterna de Manoel Lopes e de Anjelica da Silva esta da villa de
Avo e aquele do Montefrio e Materna de Manoel Francisco e de Maria
Nunes do Montefrio e foram padrinhos Domingos joam e
Maria Francisca do Montefrio e foram testemunhas jose Luis e pedro
Nunes do mesmo Lugar do Montefrio de que fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro Nunes jose Luis"

Página 503:
"Montefrio maria
filha de Manoel
Antonio e de Ana
maria" (provavelmente o Avô paterno está errado, seria Manoel Antonio)
"Em o primeiros de Novembro da era de mil e oito Centos e
Vinte e quatro batizei Solenemente a Maria nacida em os vinte
e dois do pasado mes e filha de Manoel Antonio e de Anna Maria
Esta do Montefrio e aquele do Barrigueiro neta paterna de
joam Dias e Biatris Maria esta da Surguasosa e aqele da
Moira e Materna de joam Dias e de Excolastica Maria esta
das Cazarias e aquele do Montefrio e foram padrinhos Manoel
Francisco do Lugar da Moira e Antonia Maria do Cazal
dos polis e Foram testemunhas pedro Nunes e joze Nunes do
Montefrio de que fis este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro Nunes e joze Nunes"

Página 503:
"Montefrio
Manoel de Manoel
Mendes
e de Maria Anjelica"
"Em os quatorze de Novembro da era de mil e oito Centos
e Vinte e quatro batizei Solenemente a Manoel nacido em os sete
do dito mes e filho de Manoel Mendes, e de Maria Anjelica esta
do Montefrio e aquele das Cazarias neto paterno de joaquim
Lopes e de isabel Lopes esta do piodam e aquele do Soito
da Ruiva e Materno de Manoel Lopes e de Anjelica da Silva
esta da villa de Avo e aquele do Montefrio e foram padrinhos
joam Francisco e Sua Molher Cecilia Gonsalves da Villa de
Coija e foram testemunhas Antonio Luis e jose Dias do
Montefrio e de que fis este acento que asinei com as
mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Luis jose Dias"

Página 504:
"Montefrio
jose de
Manoel jose
e de jenoveva
maria"
"Em os quatorze de Novembro da era de mil e oito Centos
e Vinte e quatro batizei Solenemente a jose nacido em os sinco
de dito Mes e filha de Manoel jose e de jenoveva Maria esta do Alqueve
e aquele do Montefrio neto paterno de Luis jose e de Maria
Nunes do mesmo Montefrio e Materno de Manoel pinto e de
Bernarda da Costa esta do Alqueve e aquele da Exculca e Foram
testemunhas jose Francisco e jose Nunes do mesmo Lugar do Monte
frio de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Francisco e jose Nunes"

Página 504:
"Bemfeita
Manoel filha de
Luis Quaresma e de
Maria Quaresma"
"Em os vinte e Sinco de Dezembro da era de mil e oito Centos e Vinte
e quatro batizei Solenemente a Manoel filho de Luis Quaresma e de Maria
quaresma deste Lugar da Bemfeita neto Paterno de de
Manoel quaresma e de josefa quaresma esta de Gois e aquele
deste Lugar da Bemfeita e Materno de Antonio Lopes e de Maria
quaresma esta deste Lugar da Bemfeita e aquele do Montefrio
e foram padrinhos Manoel Solteiro e filho de Maria Nunes e
Rosaria Tia do batizado e foram testemunhas Antonio Luis
e Antonio Nunes todos deste Lugar da Bemfeita de que fis
este acento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Nunes Antonio Luis"

Página 505:
"Deflores Maria
filha de jose Francisco
e de Maria Gonsalves"
"Em os desaSeis de janeiro da era de mil e oito Centos e Vinte e Sinco
batizei Solenemente a Maria nacida em os oito do dito mes e filha de jose
Francisco e de Maria Gonsalves esta do Casal do Castelo e aquele da Deflores
a onde moram neta paterna de Manoel Francisco e de Anna Nunes
esta dos pardieiros e aquele da Deflores e Materna de joam
Fernandes e de josefa Gonsalves esta do Salgueiral e aquele do
Casal do Castelo e foram padrinhos Antonio Luis e Sua molher
maria Rita e foram testemunhas Manoel Gaspar e Antonio
Nunes todos deste lugar da Bemfeita de que fis este acento que asinei
Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Gaspar Antonio Nunes"

Página 505 e 506:
"Relvavelha
Anna filha de
joaquim Lopes
e de Maria Rita"
"Em os vinte e tres de Janeiro da era de mil e oito Centos e
Vinte e Sinco batizei Solenemente a Anna nacida em os quatorse
do dito mes e filha de joaquim Lopes e de Maria Rita
esta dos pardieiros e aquele da Relvavelha a onde
moram neta paterna de Manoel Lopes e de jozefa Gonsalves
esta do Sardal e aquele da Relvavelha e Materno de
pedro joam e de Rita Maria esta dos pardieiros e aquele do
Montefrio e foram padrinhos Manoel Luis da Relvavelha
e josefa Rita dos pardieiros e foram testemunhas Antonio
Alexandre do pai das e Luis jose da barroca de que fis este
acento que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis jose Antonio Alexandre "

Página 507:
"Montefrio joaquim
filho de Manoel
Nunes Castelhano
e de Maria Lopes"
"Em os trese de Marso da era de mil e oito Centos e Vinte e
Sinco batizei Solenemente a joaquim nacido em os Sinco do dito mes
e filho de Manoel Nunes Castelhano e de Maria Lopes esta do
Montefrio e aquele da Sarguasoca neto paterno de Manoel
Nunes Castelhano e de Maria Luis do Lugar das Cazarias e Materno
de jose Lopes e de josefa Maria esta da Moirisia e aquele do
Montefrio e foram padrinhos joaquim jose e Sua molher
Maria Rita do lugar da morizia e foram testemunhas Manoel
joaquim e jose Lopes do Montefrio de que fis este acento que
asini Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Lopes Manoel joaquim"

Página 507:
"Montefrio joaquim
filho de jose
Luis e de Antonia
joaquina"
"Em os dezoito de Marso da era de mil e oito Centos e
Vinte e Sinco batizei Solenemente a joaquim nacido em
os dose do 2º mes e filho de jose Luis e Antonia joaquina
esta do lugar da Moira e aquele do Montefrio neta paterna
de Luis Gaspar e de Pascoa Nunes esta dos Pardieiros
e aquele do Montefrio e Materno de Manoel Nunes
e de Francisca Maria esta do Valado e aquele da Moira e foram
padrinhos jose Fernandes e Maria Francisca do Valado
e foram testemunhas joaquim Simoins e jose Lopes
do Montefrio de que fis este termo que asinei Com as testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Lopes joaquim Simoins"

Página 507 e 508:
"Luadas jose filho
de jose Francisco
e Rita Lopes"
"Em os Vinte e quatro de Marso da era de mil e oito Centos
e Vinte e Sinco batizei Solenemente a jose
nacido em os dezaseis do dito mes e filho de jose Francisco
e de Rita Lopes esta do Montefrio aquele das Luadas neto
paterno de Francisco Martins e de Maria Marques das Luadas e
Materno de Manoel Martins e de Anna Lopes esta do Montefrio
e aquele da Relva velha e foram padrinhos Francisco jose e Sua molher
Luisa Maria das Luadas e foram testemunhas jose Nunes e joam Simoins
e das Luadas de que fis este asento que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Nunes e joam Simoins"

Página 508 e 509:
"Sardal joaquim
filho de pedro
jose e de Maria
Luisa"
"Em os oito de Maio da era de mil e oito Centos e Vinte e Sinco batizei
Solenemente a joaquim nacido em os dois do dito mes e filho de pedro
jose e de Maria Luisa do lugar do Sardal e neto paterno de Antonio
Nunes e de Maria Gomes esta do Sardal e aquele do Monte Redondo
e Materno de Francisco Marques e de Luisa Maria do Sardal foram
padrinhos o Dr. joaquim jose Dias e Sua Molher D. Rita deste
lugar da Bemfeita e foram testemunhas Manoel Antonio
Manoel Nunes do lugar do Sardal de que fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Antonio Manoel Nunes"

Página 509 e 510:
"Montefrio
Gervazio filho
de josefa Solteira"
"Em os dezanove de junho da era de mil e oito Centos e Vinte e Sinco
pus os Santos oleos a Gervazio que tinha nacido em os des do
dito mes e filho de josefa Solteira do lugar do Montefrio e de Pai
incognito e de Avos tambem incognitos e neto Materno de
Manoel joaquim e de Maria Gomes esta do Montefrio e aquele
da Relvavelha e foram padrinhos jose gaspar
e Maria Solteira e Tia do Batisado e foram testemunhas
jose Dias Antonio Simoins de que fis este termo que asinei Com as
mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Dias Antonio Simoins"

Página 512:
"Pardieiros joaquina
filha de Manoel
joam Lopes
e de Rosaria
Maria"
"Em os dois de Outubro da era de mil e oito Centos e Vinte e
Sinco baptisei Solenemente a joaquina nacida a [???] Sinco
de Setembro do mesmo Anno filha de Manoel joam Lopes e Rosaria
Maria esta do montefrio e aquele dos pardieiros a onde
moram e neta paterna de outro Manoel joam Lopes e de Francisca
Maria esta dos pardieiros e aquele do Montefrio e materno de Manoel
Nunes e de Maria josefa do Montefrio e Foram padrinhos jose
Agostinho e joaquina Solteira e foram testemunhas jose quaresma
e Antonio Francisco dos Pardieiros de que fis este acento que asinei
Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Antonio Francisco jose quaresma"

Página 513:
"Montefrio
Margarida filha
de jose Nunes
e de Rosaria Maria"
"Em os nove de Outubro da era de mil e oito Centos e Vinte
e Sinco baptisei Solenemente a Margarida nacida em os dois do dito
mes e filha de jose Nunes e de Rosaria Maria esta do Montefrio
e aquele da Sorguasoca neta paterna de outro jose Nunes e de Anna
Maria da Sorgasosa e Materna de Manoel Lopes e Anjelica
da Silva esta da villa de Avo e aquele do Montefrio e foram
padrinhos jose Marques e Sua molher isidora Maria do mesmo
lugar do Montefrio e foram testemunhas jose Lopes do Montefrio
e Manoel pereira dos pardieiros de que fis este acento
que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel pereira jose Lopes"

Página 519:
"Relvavelha
jose filho de joaquim
Lopes e
Maria Rita"
"Em os quatro de Maio da era de mil e oito Centos e vinte e
Seis baptisei Solenemente a jose nacido em o vinte e Seis de Abril
e filho de joaquim Lopes e de Maria Rita esta dos pardieiros
aquele da Relvavelha aonde moram e neto paterno de Manoel Lopes
e de josefa Gonsalves esta esta do Sardal e aquele da Relvavelha
e Materna de pedro joam e de Rita Maria esta dos pardieiros e aquela
do montefrio e foram padrinhos jose Agostinho e Sua molher
maria pereira do mesmo lugar dos pardieiros e foram testemunhas
Manoel Luis e jose quaresma da Relva velha de que fis
este acento que asinei Com as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Luis jose quaresma"

Página 521:
"Deflores Anna filha de
Antonio Gonsalves
e de Rita Nunes"
"Em os desaSeis de julho da era de mil e oito Centos e vinte
e Seis baptisei Solenemente a Anna nacida em os desoito do dito mes
e filha de Antonio Gonsalves e de Rita Nunes esta da Deflores e aquele
do Casal do Castelo neto paterno de joam Fernandes e de
josefa Gonsalves esta do Salgueiro e aquele deste lugar da Bemfeita
Materna de Manoel Francisco e de Anna Nunes esta dos pardieiros e aquele
da Deflores foram padrinhos Antonio Gonsalves e Sua filha
Maria deste lugar da Bemfeita e foram testemunhas jose Francisco e jose
Bras deste mesmo lugar de que fis este acento que asinei Com as mesmas
testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Bras jose Francisco"

Página 521:
"Montefrio jose
filho de jose Lopes
Anjelico e de
Marianna Nunes"
"Em os vinte oito de julho da era de mil e oito Centos e vinte
e Seis baptisei Solenemente a jose nacido em os vinte do dito mes e
filho de jose Lopes Angelico e de Mariana Nunes do Lugar do Montefrio
e neto paterno de Manoel Lopes de Angelica da Silva esta
villa de Avô aquele do montefrio e Materna de Manoel Francisco e de
Maria Nunes do montefrio e foram padrinhos Domingos joam
e maria pascoa do mesmo lugar do Montefrio e foram testemunhas
Manoel Nunes e jose Ribeiro [???] lugar da Bemfeita de que
fis este acento que asinei com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Nunes e jose Ribeiro"

Página 523:
"pardieiros Antoia
de Luis jose
e de maria do Carmo"
"Em os dose de Novembro da era de Mil e oito Centos e vinte e Seis
baptisei Solenemente a Antoia filha de Luis jose e de Maria do Carmo
neto paterno de Manoel joam e de Josefa Maria esta dos pardieiros e aquele
do montefrio e materno de manoel Francisco e de Anna Fernandes
esta do Caratam e aquele do Monte frio e foram padrinhos Maniel joam
e Maria Solteira filha de jose Nunes e Foram testemunhas jose Francisco
e jose quaresma todos dos pardieiros de que fis este acento que asinei Com
as mesmas testemunhas.
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose quaresma jose Francisco"

Página 524 e 525:
"pardieiros
jose filho de jose
quaresma Duarte
e de Maria
Rita"
"Em os quatorze de janeiro da era de mil e oito Centos e vinte e Sete baptisei Solenemente
a jose nacido Sete do dito Mes e filho de jose quaresma Duarte do Lugar dos
pardieiros e de Maria Rita do Lugar do Sardal mas moradores nos pardieiros
neto paterno de Antonio Gonsalves e de Maria da Crus esta dos pardieiros
e aquele do Sardal e Materno de jose Francisco e de Maria da Costa esta da Esculca
e aquele dos pardieiros e foram padrinhos o Padre jose da Crus e Maria
Solteira irmam do batizado e foram testemunhas jose Antonio e jose quaresma
todos dos pardieiros de que fis este acento que asinei com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
jose Antonio e jose quaresma"

Página 526:
"Sardal Maria
filha de Manoel
Fernandes
de Rita Nunes"
"Em os dezoito de Marso da era de Mil e oito Centos e vinte e Sete
baptisei Solenemente a Maria nascida e os Sete do 2º mes e filha de
Manoel Fernandes e de Rita Nunes esta do Sardal e aquele do inxudro
a onde moram neta paterna de Francisco Fernandes e de Rita Gomes
esta do Salgueiro e aquele do inxudro e materna de Manoel Nunes
e de Josefa Nunes esta da Teixeira e aquele do sardal e foram padrinhos
Manoel Simões e Sua mulher Maria Nunes e foram testemunhas
Luis Nunes e Manoel Nunes e todos dos pardieiros de que fis este
[???] que asinei com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Nunes Manoel Nunes"

Página 526:
"Montefrio
Luis filho de Antonio
Luis e
de Anna
Nunes"
"Em os dezoito de Marso da era de Mil e oito Centos e vinte e
Sete baptisei Solenemente a Luis nacido em des do dito mes filho de
Antonio Luis e de Anna Nunes esta da Relva Velha e aquele do
Montefrio aonde moram neto paterno de Luis Gaspar e de Pascoa
Nunes esta dos pardieiros e aquele do montefrio e materno de
Manoel Luis e de Anna Nunes esta do Valado e aquele do Sardal e
moradores na Relva velha e foram padrinhos jose quaresma
[???] maria da Crus dos pardieiros e Foram testemunhas
Luis Nunes e Manoel do Sardal de que fis este termo que asinei
Com as mesmas testemunhas O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Luis Nunes Manoel Nunes"

Página 527:
"Montefrio
Rita filha de
Manoel Antonio
e de Anna Maria"
"Em os vinte e Sinco de Marso da era de Mil e oito Centos e vinte e sete
baptisei Solenemente a Maria nascido a dezanove do ditto mes e filha de Manoel
Antonio e de Anna Maria esta do Montefrio e aquele do Barrigueiro neto
paterno de Antonio Dias e de Beatris Maria esta do Barrigueiro,
aquele da Moira e Materna de Joam Dias e de Escolastica Maria esta
das Cazarias e aquele do Montefrio e foram padrinhos Jose Francisco e
Mari [???] do Montefrio e foram testemunhas Jose Fernandes e Manoel
Nunes do Inxudro de que fis este acento que asinei com as
mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Nunes Jose Fernandes"

Página 527:
"Relvavelha
Manoel filho de Antonio Jose
e de Rita
Gonsalves"
"Em os dezasete de Abril da era de mil e oito Centos e vinte e Sete
baptisei Solenemente a Manoel nascido des do dito mes e filho de Antonio
jose de Rita Gonsalves esta da Relva Velha e aquele do porto Castanheiro
e neto paterno de jose Manoel e de isabel Domingos esta da Teixeira
aquele do porto castanheiro e Materno de Manoel Lopes e de Maria Gonsalves
da Relva Velha e foram padrinhos Manoel jose e Maria
Luisa do porto Castanheiro e forão Padrinhos jose Manoel do porto
Castanheiro e jose Francisco de Loureiro de que fis este [???] que asinei com
as testemunhas O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
Manoel Jose jose Francisco"

Página 528:
"Pardieiros
josefa filha
de jose de Abrantes
e de josefa
Maria"
"Em os trese de Maio da era de mil e oito Centos e vinte e
Sete baptisei Solenemente a josefa nascida a Seis do dito mes e filho de jose
de Abrantes e de josefa Maria esta dos pardieiros e aquele do
Varzielas Freguesia de Taboa neta paterna de joam de Abrantes
e de Maria josefa de Varzielas e Materna de pedro joam e de Rita
quaresma esta dos pardieiros e aquele do Montefrio e foram
padrinhos jose quaresma Duarte e sua filha maria e foram testemunhas
pedro joam e Manoel quaresma todos dos pardieiros
de que fis este termo que asinei Com as mesmas testemunhas
O Cura Francisco de Abranches [???] de Figueiredo
pedro joam Manoel quaresma"

Página 532:
"Montefrio
Jose filho
de Manoel Mendes
e Maria Angelica"
"Aos quinze de Setembro de mil e oitocentos e vinte e sete Baptisei Solenemente Jose
que tinha nascido aos des mes digo aos seis do dito mes filho Legitimo de Manoel
Mendes, e de Maria Angelica esta do Montefrio aquele das Cazarias freguesia de Pomares
Neto Paterno de Joaquim Lopes, e de Isabel Lopes esta do Piodam aquele do Soito da
Ruiva, e Materno de Manoel Lopes e Angelica da Silva esta da villa de Avô
aquele do Montefrio Padrinhos Maria [???] das Casarias, e João Francisco de
Coja
O Cura João Antunes Leitão"

Página 532:
"Montefrio
Manoel filho de
Manoel Nunes
e Maria Lopes"
"Aos trinta dias do mes de Setembro de mil e oito centos e vinte e sete Baptisei Solenemente Manoel filho de
Manoel Nunes, e Maria Lopes aquele da Sorgasoza esta do Monte Frio que tinha nascido no dia vinte
e hum do dito mes Neto Paterno de Manoel Nunes e Maria Nunes das Cazarias, e Materno de Jose Lopes
e Josefa Maria aquele do Montefrio esta da Mourisia; forão Padrinhos Jose Lopes e Maria
Gomes do dito Lugar do Montefrio
O Cura João Antunes Leitão"

Página 532:
"Montefrio
Jose filho de
Manoel Francisco,
e Maria
Bernarda"
"Aos nove do mes de dias de Outubro de mil e oitocentos e vinte e sete Baptisei Solenemente Jose que
tinha nascido a vinte e sete do Setembro filho Legitimo de Manoel Francisco do Montefrio e Maria Bernarda
de Pardieiros Neto Paterno de Manoel Francisco e Maria Lopes aquele da freguesia de Campelo esta do Montefrio
Neta Materna de Jose Quaresma e Bernarda Maria aquele de Pardieiros esta da Sorgasosa
e forão Padrinhos [???] Jose e sua irmam [???] ambos do Lugar da
Relvas freguesia da Teixeira O Cura João Antunes Leitão"

Página 533:
"Sardal
Pedro filho de
Pedro jose, e
Maria Luisa"
"Aos trese de Janeiro de mil e oito centos e vinte e oito Baptisei Solenemente a Pedro que tinha
nascido no dia cinco do dito mes filho legitimo de Pedro Jose e Maria Luisa do lugar do Sardal Neto Paterno
de Antonio Nunes e Maria Gomes esta do Sardal aquele do Monte Redondo e Materno de Francisco Marques
e Maria Luisa do Sardal Padrinhos Jose João quaresma Dias e [???] Maria Rita deste lugar
O Cura João Antunes Leitão"

Página 533:
"Pardieiros
Maria filha
de José Francisco
e Maria Antunes"
"Aos nove de Março de mil e oito centos e vinte e oito Baptisei Solenemente a
Maria filha Legitima de Jose Francisco, e Maria Antunes de Lugar de Pardieiros Neta
Paterna de Jose Francisco, e Luisa Quaresma do mesmo Lugar Neta Materna de Luis Antonio e
Maria Antunes do dito Lugar e tinha nascido no dia primeiro do mes Padrinhos
Rita Gomes do [???]
O Cura João Antunes Leitão"

Página 537:
"Deflores
Jose Filho
de João Gonsalves,
e Anna Maria"
"Aos quatorse dias do mes de Setembro de mil, e oito centos,
e vinte, e oito Baptisei Solenemente a Jose nascido a
Sette do dito mes e anno; filho legitimo de João Gonsalves
natural da Bemfeita, e Anna Maria natural
da Deflores aonde são moradores. Nepta paterna de João
Fernandes da Bemfeita, e de Josefa Gonsalves do Salgueiral
freguesia de Coja, e Materna de Manoel Francisco da
Deflores, e Anna Gomes dos Pardieiros ambos desta freguesia.
Foram Padrinhos Antonio Gonsalves, e Maria filha
do dito ambos da Bemfeita. Foram testemunhas Antonio Gonsalves
da Deflores, e Antonio Martins moço de que fis este assento
que asignei com as testemunhas, dia, mes, er,a ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Antonio Gonsalves Antonio Martins"

Página 538:
"Pardieiros
Maria filha
de Manoel
João, e Rosaria
Maria"
"Aos vinte, e oito dias do mes de outubro de mil, e oito centos,
e vinte, e oito Baptisou com minha Licença,
Solenemente o Parocho Jose da Crus dos Pardieiros a
Maria nascida a dezoito do ditto mes, e anno, filha Legitima
de Manoel João Lopes natural dos Pardieiros, e Rosaria Maria
natural do Monte frio ambos desta freguesia da
Bemfeita. Nepta Paterna de Manoel João Lopes
Natural do Inxudro, e de Francisca Maria natural dos
Pardieiros da ditta freguesia, e materna de Manoel Nunes
e Maria Josefa ambos do Monte frio da mesma freguesia Forão
Padrinhos o mesmo Baptisante Jose da Crus Quaresma, e Maria
da Lus do ditto Lugar. Foram testemunhas Manoel Antonio
de Pardieiros e Manoel Alexandre do Inxudro, e para constar
fis este assento que asignei com as testemunhas, dia, mes,
era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Manoel Antonio Manoel Alexandre"

Página 539:
"Luadas
Joaquina
filha de Jose
Francisco, e Anna
Maria"
"Aos nove dias de Novembro de mil, e oito centos, e vinte, e oito
Baptisei Solenemente a Joaquina nascida a trinta,
e hum de oitubro do ditto anno filha Legitima de
Jose Francisco natural das Luadas, e Rita Maria natural
do Montefrio ambos desta freguesia e moradores nas
Luadas Nepta Paterna de Francisco Martins, e de Maria
Marques ambos naturais das Luadas desta freguesia e Materna,
de Manoel Martins, e de Anna Lopes esta do Montefrio,
e aquelle da Relvavelha todos desta freguesia.
Foram padrinhos Manoel Solteiro, e Rita Solteiro
filhos de Francisco Jose da Luadas de que fis este termo
da mesma era ut Supra que asignei com as testemunhas
O Cura Jose Gregorio da Costa
Joaquim Solteiro Francisco Jose"

Página 542 e 543:
"Montefrio
Maria filha
de Jose
Lopes e
Maria Nunes"
"Aos dose dias de Março de mil, e oito centos, e vinte, e nove
Baptisei a Maria nascida digo Baptisei Solenemente
a Maria nascida a cinco do mesmo mes, e anno filho legitima
de Jose Lopes do Montefrio e Mariana Nunes do mesmo
Lugar. Nepta Paterna de Manoel Lopes do mesmo Lugar
do Montefrio, e Angelica da Silva da villa de Avô, e Materna
e Materna de Manoel Francisco e Maria Nunes esta das Relvas,
e aquelle do Montefrio digo das Relvas freguesia da
Teixeira, e aquelle do Montefrio desta freguesia da Bemfeita
Foram Padrinhos Domingos Joam e a mulher desta
[???] Procuração, e Teresa a fonte Baptismal
a Maria Solteira. Foram testemunhas Jose Solteiro
do mesmo Lugar e Antonio dias da Bemfeita digo fis este assento
que asigno com as testemunhas dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Antonio Dias Jose Solteiro"

Página 543 e 544:
"Pardieiros
Maria filha
de Antonio
Pedro e Maria
Nunes"
"Aos vinte, e cinco de Março de mil, e oito
centos, e vinte, e nove Baptisei Solenemente
a Maria nascida a dezanove dias do ditto mes
e anno; filha Legitima de Antonio Pedro, e Maria Nunes ambos
Lugar dos Pardieiros; Nepta Paterna de Pedro Quaresma do ditto logar,
e Maria Fernandes do Montefrio, e Materna de Pay incognito,
e Maria Nunes Solteira do mesmo Lugar dos Pardieiros,
todos desta freguesia da Bemfeita. Foram Padrinhos
Jose Rodrigues, Maria Gonsalves tios da Baptisada
Foram testemunhas Joam Rodrigues dos Pardieiros e Antonio Lopes
da Relvavelha, e para constar fis este assento que assigno
[???] com esta dia, mes e era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
João Rodrigues Antonio Lopes"

Página 547:
"Pardieiros
Rita filha de
Luis Jose, e
Maria do Carmo"
"Aos tres dias de Mayo de mil, e oito centos, e vinte, e nove
Baptisei Solenemente a Rita nascida a vinte, e Seis do ditto
mes, e anno, filha Legitima de Luis Jose, e Maria do Carmo
ambos do Lugar dos Pardieiros. Nepta Paterna de Manoel
João do Lugar do Montefrio, e Josefa Maria dos Pardieiros; e Materna
de Manoel Francisco dos Pardieiros, e Anna Fernandes do
Lugar do Caratam freguesia da Teixeira: Foram Padrinhos Antonio
Francisco [???], e Sua mulher Luisa Maria. Foram testemunhas
Jose Agostinho de S. Paio do Colaço e Manoel João dos Pardieiros
de que fis este assento que asignei com as testemunhas; dia, mes, era
ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Manoel João Jose Agostinho"

Página 547:
"Pardieiros
Maria filha
de José Quaresma
Nunes doArte
e Maria Rita"
"Aos Seis dias de Mayo de mil, e oito centos, e vinte
e nove Baptisei Solenemente a Maria Jose da Crus
Quaresma dos Pardieiros com [???] Luis da nascida digo Maria
nascida a vinte, e oito de Abril da mesma era filha
Legitima de José Quaresma Nunes Doarte dos Pardieiros,
e Maria Rita da Costa do Sardal. Nepta Paterna
de Antonio Gonsalves do dito Sardal, e Maria da Crus do
mesmo Pardieiros e Materna de Jose Francisco do referido logar
do Sardal e Maria da Costa do Lugar da Esculca
freguesia de Coja Foram Padrinhos o Reverendo Baptisante Jose
da Crus E [???] Maria da Gloria Fernanda Baptisada
Foram testemunha Jose [???] tenho de S. Payo do [???],
e Joam Pedro da Bemfeita, e para constar fis este
asento que asignei com as testemunhas dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Joam Pedro"

Página 549:
"Montefrio
Anna
filha de
Jose Nunes
e Rosaria
Maria"
"Aos vinte, e oito dias de Junho de mil, e oito centos, e
vinte, e nove Baptisei Solenemente a Anna nascida
a vinte do ditto mes e era filha Legitima de Jose Nunes
e Rosaria Maria esta do Montefrio, e aquelle da
Surgaçosa freguesia de Pomares. Nepta Paterna de Jose Nunes,
e Anna Maria do ditto Lugar da Surgaçosa
freguesia de Pomares, e Materna de Manoel Lopes do Monte
frio e Angelica da Silva da villa de Avó, e freguesia. Foram
Padrinhos Jose Marques e Izidora Maria do referido
Lugar do Montefrio. Foram testemunhas Manoel
Nunes caseiro, e Jose Lopes ambos do mesmo Lugar do Montefrio
e para constar fis este assento que asignei com as testemunhas,
dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Manoel Nunes Jose Lopes"

Página 549:
"Montefrio
Antonio
filho de Manoel
Mendes
e Maria Angelica"
"Aos Seis dias de Julho de mil, e oito centos, e vinte, e nove
Baptisei Solenemente a Antonio nascido a vinte
e cinco de Junho da ditta era filho Legitimo de Manoel
Mendes das Casarias freguesia de Pomares, e Maria Angelica
do Montefrio. Nepto Paterno de Joaquim Lopes do Soito da Ruiva,
e Isabel Lopes do Lugar, e freguesia do Piodam e Materno de
Manoel Lopes do mesmo Lugar do Montefrio e Angelica da Silva
da villa, e freguesia de Avô Foram Padrinhos Joam Francisco
de Coja e Maria Isabel do Montefrio digo de Casarias
Foram testemunhas Manoel Joaquim e Antonio Dias da Bemfeita,
de que fis este assento que asignei dia, mes, era, ut
Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Antonio Dias"

Página 552:
"Relvavelha
Maria filha
de Antonio
Jose e Rita
Gonsalves"
"Aos onse dias de Novembro de mil, e oito centos, e vinte, e nove
Baptisei Solenemente a Maria nascida a cinco do ditto mes
e anno filha Legitima de Antonio Jose do Lugar do Porto
castanheiro freguesia da Teixeira; e Rita Gonsalves da Relva
velha desta freguesia da Bemfeita Nepta Paterna de Jose Manoel
natural do ditto Porto Castanheiro, e Isabel Domingues
do Lugar e freguesia da Teixeira e Materna de Manoel
Lopes do ditto Lugar da Relva velha e Josefa Gonsalves do
Lugar do Sardal todos desta freguesia da Bemfeita Foram
Padrinhos Antonio Gonsalves, e Maria Ribeiro da Bemfeita.
Foram Testemunhas Manoel Lopes da Relvavelha,
e Jose Manoel do Porto Castanheiro de que fis este assento que asigno com as testemunhas dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Manoel Lopes Jose Manoel"

Página 556:
"Pardieiros
Rita filha
de Jose de
Abrantes e Rita"
"Aos Sette dias de Fevereiro de mil, e oito centos, e trinta
Baptisei Solenemente a Rita nascida a trinta de Janeiro
do ditto anno filho de Jose d'Abrantes de Vargella freguesia de
Taboa e Josefa Maria do Lugar dos Pardieiros freguesia da Bemfeita
Nepta Paterna de Joam de Abrantes de Varziella, e Josefa
Maria do mesmo Lugar, e freguesia de Taboa, Nepta Materna
de Pedro Joam de Monte frio e Rita Maria da Lugar dos
Pardieiros Foram Padrinhos Jose Quaresma Duarte, e Sua
mulher Maria Rita. Foram testemunhas Francisco Jose
Quaresma da Bemfeita, e Pedro Joam dos Pardieiros e para constar
fis este assento que asignei com as testemunhas, dia, mes, era,
ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Pedro Joam"

Página 556:
"Montefrio
Maria filha
de Joaquim Lopes,
e Maria Lopes"
"Aos vinte, e Sette de Fevereiro de mil, e oito centos, e
trinta Baptisei Solenemente a Maria nascida a vinte
do dito mes, e anno filha de Joaquim Lopes do Lugar, e
freguesia da Moura e Maria Lopes do Lugar do Monte frio freguesia
da Bemfeita Nepta Paterna de Joam Lopes do logar
e freguesia do Piodam e Mariana Rita do Lugar, e [???]
da Moura, e em oitro tempo de Avó, e Materna
de Manoel Martins e Anna Maria ambos do mesmo lugar
do Monte frio e freguesia da Bemfeita Foram Padrinhos
Joam Nunes e Maria Lopes do Lugar da Moura Forão
testemunhas Manoel Martins do Monte frio, e Jose
Jose Luis do casal do Seixo da Bemfeita e para constar fis este
assento que asigno com as testemunhas dia mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Manoel Martins"

Página 557 e 558:
"Relvavelha
Rita filha de
Maria Rita
e de Pay incognito"
"Aos vinte e cinco de Marco de mil, e oito centos, e trinta Baptisei
Solenemente a Rita nascida a dezoito do ditto anno, e era filha
de Maria Rita e de pai incognito aquella natural dos
Pardieiros desta freguesia Nepta Paterna do Avó incognito,
e Materna de Pedro João e Rita da Costa esta dos Pardieiros
e aquele do Montefrio desta freguesia da Bemfeita Foram Padrinhos
Padrinhos Francisco Antonio, e Maria quaresma da Relva velha Foram
testemunhas Jose Quaresma Nunes da Drea e Luis Nunes do Pai das
Donas e para constar fis este assento que asignei com as testemunhas
dia mes era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Jose Quaresma Nunes Luis Nunes"

Página 558:
"Pardieiros
Anna filha
de Jose Nunes e
Luisa Maria"
"Aos trinta, e hum de Março de mil, e oito centos, e trinta Baptisei
Solenemente a Anna nascida a vinte, e quatro
do ditto mes e anno filha de Jose Nunes natural do Bocado
Freguesia de Folques, Luisa Maria do Lugar dos Pardieiros,
Nepta Paterna de Manoel Nunes do Bocado, freguesia de
Folques, e Luisa Maria do mesmo Lugar de Folques, e Freguesia
e Materna de Manoel Joam Alfaiate do Montefrio, e Luisa
Maria dos Pardieiros desta freguesia Foram Padrinhos Francisco
Nunes Solteiro, e trocou por elle com procuração Seu Fernão
Manoel Nunes, e Maria da Lus filha de Joaquim Maria Solteira
Foram testemunhas Manoel Joam e Jose Bernardo ambos
dos Pardieiros digo Padrinhos do Bocado, e a Madrinha
dos Pardieiros, e para constar fis este assento que asignei com as tes
testemunhas dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Manoel Joam Jose Bernardo"

Página 560:
"Montefrio
Josefa filha
Legitima de
Manoel Nunes Castelhano,
e Maria
Lopes"
"Aos vinte, e Sette de Mayo de mil, e oito centos, e trinta Baptisei
Solenemente a Josefa nascida a vinte do ditto mes e era filha
Legitima de Manoel Nunes Castelhano das Casarias freguesia de
Pomares e Maria Lopes do Montefrio desta freguesia da Bemfeita. Nepta
Paterna de Manoel Nunes de Maria Luisa ambos do dito Lugar
das Casarias, e freguesia de Pomares, e Materno de Jose Lopes de Monte
frio, e Josefa Maria da Mourisia da referida freguesia de Pomares. Forão
Padrinhos Manoel Joaquim Solteiro, e Josefa Maria Solteira filhos
de Manoel Joaquim todos do Montefrio. Foram testemunhas
Jose Lopes do Montefrio, e Luis Jose das Barrocas, de que fis este
Assento que asignei dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Jose Lopes Luis Jose"

Página 563:
"Pardieiros
Luis filho
de Jose Antonio
e Maria Rita"
"Aos vinte, e cinco dias de Julho de mil, e oitocentos, e trinta
Baptisei Solenemente a Luis nascido a nove do dito
mes, e era filho Legitimo de Jose Antonio e Maria Rita ambos
do Lugar dos Pardieiros. Nepta Paterna de Antonio Jose do
mesmo Logar dos Pardieiros, e Maria Josefa do Lugar da Surgaçosa
freguesia de Pomares, e Materna de Jose Antunes do referido Lugar
dos Pardieiros, e Anna da Costa do Lugar das Luadas todos desta
freguesia da Bemfeita Foram Padrinhos Luis Quaresma, e Rita
Margarida dos Pardieiros Foram testemunhas Manoel Alexandre
do Inxudro, e Antonio Jose dos Pardieiros e para constar
fis este termo que assignei dia, mes, era, ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Manoel Alexandre Antonio Jose"

Página 564:
"Luadas
Joam filho
de Jose Francisco
Rita Maria"
"Aos vinte, e dois de Agosto de mil, e oitocentos, e trinta
Baptisei Solenemente a João nascido a quinze do dito
mes, e anno filho Legitimo de Jose Francisco das Luadas e Rita
Maria do Lugar do Montefrio desta freguesia Nepta
Paterna de Francisco Martins, e Maria Marques ambos das Luadas
e Materna de Manoel Martins da Relvavelha e de Anna Lopes
do Monte frio todos desta freguesia da Bemfeita. Foram
Padrinhos Antonio Martins, e sua mulher Manoel quaresma do
Pai das Donas, e Manoel Antunes das Luadas, e para constar fis este
assento que assignei dia mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Manoel quaresma Manoel Antunes"

Página 564 e 565:
"Montefrio
Joaquim filho
de Manoel Antonio
e Anna Maria"
"Aos vinte, e nove dias de Agosto de mil, e oitocentos, e trinta
Baptisei Solenemente a Joaquim nascido a dezanove do dito
mes, e era; filho Legitimo de Manoel Antonio do Barrigueiro freguesia
de Pomares e de Anna Maria do Montefrio desta freguesia Nepta
Paterna de Antonio Dias do ditto Lugar do Barrigueiro e freguesia de
Pomares, e de Beatris Maria da Sorgaçosa da mesma freguesia. E materna
E Materna de Escolastica Maria digo de Joam Dias do Monte
Frio, e de Escolastica Maria das Casarias da referida freguesia de Pomares
Foram Padrinhos joaquim Lopes, e Maria Lopes do mesmo Lugar do Monte
frio Foram testemunhas Pedro Nunes do Montefrio, e Jose Pedro dos
pardieiros, e para constar fis este assento que assigno dia mes, era
ut Supra O Cura Jose Gregorio da Costa
Pedro Nunes Jose Pedro"

Página 565:
"Pardieiros
Josefa filha
de Jose Pedro, e
Maria Ritta"
"Aos vinte, e nove dias de Agosto de mil oito centos, e
trinta Baptisei Solenemente a Josefa nascida a vinte, e
tres do ditto, mes, e era filha Legitima de Jose Pedro da Castanheira
freguesia de Fajam, e Maria Rita das Luadas desta freguesia
e moradores nos Pardieiros. Nepta Paterna de Manoel Dias da ditta
Castanheira, e Luisa Maria das Means freguesia de senhor o
velho, e Materna de Manoel Jose Pereira das Luadas, e Ritta Gomes
dos Pardieiros ambos desta freguesia Foram Padrinhos Manoel Simões
Pedro Nunes do Montefrio, e Jose [???] dos Pardieiros: e para
constar fis este assento que assignei dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa
Pedro Nunes Jose Pereira"

Janeiro 2011 - Livro misto de 1830 a 1859 do Arquivo da Universidade de Coimbra da Paróquia da Benfeita:
Página 5:
"Deflores
Maria filha
de Antonio Gonsalves,
e Rita
Nunes"
"Aos vinte, e cinco de Março de mil, oitocentos, e trinta,
e hum Baptisei Solenemente a Maria nascida a des
do ditto, e mes, e anno filha legitima de Antonio Gonsalves
da Bemfeita e Rita Nunes da Deflores Nepta
Paterna de João Fernandes da Bemfeita, e Josefa Gonsalves do Salgueiral
freguesia de Coja, e Materna de Manoel Francisco da
Deflores, e Anna Nunes dos Pardieiros desta freguesia. Forão
Padrinhos João das Neves e Maria Rita ambos da Deflores,
e para constar fis este assento, que asignei dia mes
era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 9:
"Montefrio
Antonia
filha de
Jose Lopes
e Maria
Nunes"
"Aos dezanove dias de Junho de mil, oitocentos, e trinta,
e hum Baptisei Solenemente a Antonia nascida a
treze do ditto mes, e anno, filha de Jose Lopes, e Maria
Nunes ambos do lugar do Montefrio Nepta Paterna
de Manoel Lopes do ditto Lugar do Montefrio, e de
Angelica da Silva da Villa, Freguesia d'Avô, Materna
de Manoel Francisco, e Maria Nunes ambos do referido
Lugar do Montefrio. Foram Padrinhos, Domingos
Joam, e sua mulher Maria Francisca do mesmo Monte
frio; e para constar fis este assento, que asignei dia
mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 11:
"Pardieiros
Joaquim
filho
de Jose Francisco
e Maria
Antunes"
"Aos sette dias de Agosto de mil, oitocentos, e trinta,
e hum pus os Santos Oleos [???] morador [???]
Joaquim [???] baptisado [???]
[???] do dito nascido a vinte, e nove de Julho do
ditto anno filho de Jose Francisco, e Maria Antunes ambos
do lugar dos Pardieiros desta freguesia da Bemfeita Nepto
Paterno de Jose Francisco deste Lugar da Bemfeita, e Luisa
Quaresma do ditto Lugar dos Pardieiros e Materno
de Luis Antonio dos Pardieiros e Maria Antunes do Monte
frio todos desta Freguesia da Bemfeita. Foram Padrinhos
o [???] Jose da Crus, e sua sobrinha Maria
da Gloria casados do referido do Lugar dos Pardieiros
E para constar fis este assento que asignei dia
mes, era ut supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 14 e 15:
"Montefrio
Manoel
filho de Joaquim
Lopes
e Maria Lopes"
"Aos vinte, e hum de Dezembro de mil, oitocentos,
e trinta, e hum baptisei Solenemente
a Manoel nascido a doze do ditto mes
anno, filho de Joaquim Lopes da Moura e de Maria
Lopes do Montefrio desta Freguesia da Bemfeita Nepto
Paterno de João Lopes do Lugar e Freguesia do
Piodão, e de Mariana Rita do ditto Lugar da
Moura, e Materno de Manoel Martins, e Anna
Maria ambos do mesmo Lugar do Montefrio Freguesia
da Bemfeita. Foram Padrinhos Joam [???] e
Maria Lopes do referido Lugar da Moura. E para
Constar fis este assento que asignei Dia
mes, era, ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 17 e 18:
"Pardieiros
Jose
filho de Antonio
Pedro, e de
Maria Domingos"
"Aos vinte, e quatro dias de Abril de mil, e
oitocentos, e trinta, e dois baptisei Solenemente
a Jose nascido a oito do ditto mes e anno filho
de Antonio Pedro, e Maria Domingos ambos dos
Pardieiros. Nepto Paterno de Pedro Quaresma dos Pardieiros
e de Maria Fernandes do Montefrio, e Materno de Avô incognito e
Maria Domingos do mesmo Lugar dos Pardieiros. Foram Padrinhos Jose
Quaresma Nunes do [???], e Sua filha Maria da Gloria
ambos dos Pardieiros. E para Constar fis este que assigno
dia mes era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 20:
"Deflores
Maria
filha de Joam
das Neves
e Maria Gonsalves"
"Aos dose dias de Julho de mil, e oitocentos, e trinta e
dois Baptisei Solenemente a Maria nascida a quatro do
ditto mes, e anno filha de Joam das Neves da Deflores, e Maria
Gonsalves da Bemfeita, Nepta Paterna de Joam das Neves do ditto Lugar
da Deflores, e Maria Gomes do Vallado da Freguesia da Moura, e Materno
de Antonio Gonsalves do Monte Redondo Freguesia de Folques, e Maria
Ribeiro do Lugar, e Freguesia da Bemfeita Foram Padrinhos Jose
GOnsalves Solteiro da Bemfeita, e Maria Rita da Deflores. E
para Constar fis este que assignei dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 21:
"Relva Velha
Carlos
filho de
Antonio Jose
e Rita Gonsalves"
"Aos quatro dias de Novembro de mil, e oitocentos e trinta,
e dois Baptisei Solenemente a Carlos nascido a
vinte e oito de Setembro do ditto anno filho de Antonio Jose do
Porto Castanheiro Freguesia da Teixeira e de Rita Gonsalves da Relva
Velha desta Freguesia Nepta Paterna de Jose Manoel
do ditto Lugar do Porto Castanheiro, e de Isabel Domingos
do Lugar e Freguesia da Teixeira, e Materno de
Manoel Lopes da Relva Velha e Maria Gonsalves das Luadas
desta Freguesia da Bemfeita Foram Padrinhos Joam
Antonio e Maria Nunes do Porto Castanheiro E para constar
fis este que asignei dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 23:
"Pardieiros
Antonia
filha de Jose
de Abrantes
e Josefa Maria"
"Aos dois dias de Dezembro de mil oitocentos, e
trinta, e dois Baptisei Solenemente a Antonia
nascida dia vinte e cinco do Novembro do ditto anno filha de
Jose de Abrantes de Varziel Freguesia de Taboa e Josefa Maria
de Pardieiros. Nepta Paterna de Joam d'Abrantes e
de Josefa Maria ambos do Varziel Freguesia de Taboa E Materna
de Pedro Joam do Montefrio, e de Rita da Costa
dos Pardieiros. Foram Padrinhos Joam Quaresma e Antonio de Peres
da Bemfeita. E para constar fis este que asignei dia, mes era
ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 24:
"Deflores
Josefa filha
de Manoel Francisco
Maria Theresa"
"Declaro que foi
Baptisada em
casa e Só lhe pus
os Santos oleos, [???]
mais que manda o ritual"
"Aos dezasette dias de Fevereiro de mil, oitocentos,
e trinta, e tres Baptisei Solenemente
a Josefa nascida no primeiro dia do ditto mes, e anno
filha de Manoel Francisco da Deflores, e Maria Theresa do
mesmo Lugar. Nepta Paterna de Francisco Jose da Drea
e Maria Gomes do Montefrio, e Materna de Manoel Francisco
do casal da [???] e Maria ambos da Freguesia de Cerdeira
Forão Padrinhos João das Neves e Manoel Gonsalves
E para constar fis este que asignei dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 27:
"Montefrio
Bernardina
filha de
Manoel Antonio,
e Anna
Maria"
"Aos trinta, e hum dias de Março de mil, e oitocentos
e trinta e tres Baptisei Solenemente a Bernardina
nascida a vinte, e cinco do ditto, mes, e anno
filha de Manoel Antonio do Barrigueiro Freguesia
de Pomares e de Anna Maria do Montefrio. Nepta
Paterna de Manoel Antonio Dias da Moura Freguesia de
Avô, e de Beatriz do Barrigueiro da Freguesia
de Pomares e Materna de Joam Dias do Montefrio
e de Escolastica Bernarda das Casarias da Freguesia de
Pomares Forão Padrinhos Agostinho Joaquim
Jose Dias e Sua [???] D. Luisa Delfina de
Govea Pinto. De que fis este asento que asignei
dia, mes, era, ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 33:
"Deflores
Joam filho
de Joam Gonsalves
e Anna
Maria"
"Aos Seis de Outubro de mil, oitocentos, e trinta
e tres pus os Santos olios, e mais que manda o Ritual
Romano a Joam nascido digo Baptisado em casa
nascido a vinte, e hum de Settembro filho de Joam
Gonsalves do Casal do Castello desta Freguesia, e de
Anna Maria da Deflores. Nepto paterno de Joam
Fernandes do dito Casal do Castello e de Josefa
Gonsalves do Salgueiral Freguesia de Coja e Materno
de Manoel Francisco da Deflores, e de Anna Nunes
dos Pardieiros. Foram Padrinhos o Reverendo Joaquim
Florindo, e Maria das Dores da Drea; E para constar
fis este assento que asignei dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 34:
"Montefrio
Jose filho
de Manoel
Nunes e de
Manoel Lopes"
"No primeiro de Dezembro de mil, oitocentos, e trinta, e tres
Baptisei Solenemente a Jose nascido a vinte e quatro
de Novembro do ditto anno filho de Manoel Nunes Castelhano,
das Casarias, Freguesia de Pomares, e Maria Lopes do Montefrio ali
moradores Nepto Paterno de Manoel Nunes, e Maria Luisa do
ditto Lugar das Casarias, Freguesia de Pomares, e Materno de
Jose Lopes velho do Montefrio, e Josefa Maria da Mourisia
Freguesia de Pomares. Foram Padrinhos Manoel Joam do capillo
e Luisa Maria dos Pardieiros. E para constar fis este assento
que asignei dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 36:
"Deflores
Jose filho
de Joam
das Neves,
e Maria
Gonsalves"
"Aos vinte de Janeiro de mil, e oitocentos
trinta, e quatro Baptisei Solenemente
a Jose nascido a quatorse do ditto mes, e anno
filho de Joam das Neves da Deflores, e de
Maria Gonsalves da Bemfeita Nepta Paterna
de Joam das Neves do ditto Lugar da Deflores
e de Maria Gomes do Vallado Freguesia da
Moura filial d'Avô e Materno de Antonio
Gonsalves do Monte Redondo Freguesia de
Folques e de Maria Ribeiro do Lugar e
Freguesia da Bemfeita. Foram Padrinhos
Jose Gonsalves Solteiro da Bemfeita, e Maria
Rita da Deflores. E para constar
fis este assento que asignei dia mes, era
ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 37:
"Montefrio
Joam filho
de Joaquim
Lopes e de
Maria Lopes"
"Aos vinte e nove de Janeiro de mil, e oitocentos, e trinta,
e quatro Baptisei Solenemente Joam nascido a
vinte, e hum do ditto mes e anno filho de Joaquim
Lopes da Moura, e Maria Lopes do Montefrio ali moradores.
Nepto Paterno de Joam Lopes do Lugar, e Freguesia
do Piodão, e de Maria Rita do ditto Lugar da Moura, e
materno de Manoel Martins, e Anna Maria ambos
do Montefrio desta Freguesia. Foram Padrinhos Joam Nunes
e Maria Lopes da Moura. E para constar fis este que asignei
dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 41:
"Montefrio
Anna filha
de Jose Lopes
e de Mariana
Nunes"
"Aos vinte d'Abril de mil, oitocentos, e trinta
e quatro Baptisei Solenemente a Anna nascida
a dose do ditto, mes, e anno filha de Jose Lopes
e Mariana Nunes ambos do Montefrio Nepta Paterna
de Manoel Lopes do mesmo Lugar do Montefrio
e de Angelica da Silva da Villa de Avô, e Materna
de Manoel Francisco, e Maria Nunes do referido
Montefrio. Foram Padrinhos Domingos Joam,
e maria Francisca do Montefrio. E para constar fis
este assento que asignei dia, mes, era ut Supra
O Cura Jose Gregorio da Costa"

Página 45:
"Relvavelha
Antonio filho de
Antonio Jose e
Rita Gonsalves"
"Aos catorse dias do mes de Setembro de mil oitocentos e trinta e
coatro Baptisei solenemente Antonio que tinha nascido ás oito
do dito mes filho legitimo de Antonio Jose e Rita Gonsalves do Lugar
da Relvavelha desta Freguesia Neto Paterno de Jose Manoel
e Isabel Domingos do Porto Castanheiro Freguesia da Teixeira
Materno de Manoel Lopes, e Josefa Gonsalves Lugar da
Relvavelha forão Padrinhos Antonio Gonsalves e Maria Rita
deste Lugar Bemfeita dia mes, e era ut supra
O Cura João Antunes Leitão"

Página 46:
"Montefrio
Maria filha
de Pedro Nunes,
e Maria
Josefa"
"Aos desoito dias do mes de Janeiro de mil oitocentos e trinta e cinco Baptisei
solenemente Maria que tinha nascido a des do dito mes
filha legitima de Pedro Nunes, e Maria Josefa do Lugar do Montefrio.
Neto Paterno de Pedro Nunes, e Luisa Gomes do dito Lugar materno
de Jose Nunes, e Maria Josefa aquele do Valado freguesia da
Moura esta dos Pardieiros desta freguesia Forão Padrinhos Jose Marques,
e [???] Maria do Montefrio. Bemfeita dia mes, era ut
Supra. O Cura João Antunes Leitão"

Página 48:
"Inxudro
Antonio filho
de Antonio Nunes, e
Maria Nunes"
"A vinte e um do mes de Junho de mil oitocentos e trinta e cinco
Baptisei solenemente Antonio que tinha nascido a trese do dito mes e anno filho de
Antonio Nunes, e Maria Nunes aquelle do Porto Castanheiro esta do Lugar do Inxudro
desta Freguesia. Neto Paterno de João Nunes, e Maria de Almeida do
Lugar do Porto Castanheiro da Freguesia da Teixeira Materno de Manoel Nunes
e Josefa Nunes do dito Lugar do Inxudro. Forão Padrinhos Luis Nunes e Joaquina
Nunes do dito Lugar. Bemfeita dia mes, era ut supra.
O Cura João Antunes Leitão"

Página 50:
"Pardieiros
Joaquina
filha de Jose
d'Abrantes e
Josefa
Maria"
"Aos trinta d'Agosto do mil oitocentos e trinta e
cinco baptisei solenemente Joaquina filha de Jose de Abrantes
e Josefa Maria, aquelle de Vargella Freguesia de Taboa esta
dos Pardieiros, e tinha nascido a vinte do dito mes. Neto Paterno
de João de Abrantes e Josefa Maria de Vargella Materno
de Pedro João de Montefrio, e Rita da Costa do Pardieiros.
padrinhos Jose Rodrigues, e Anna Costa do Lugar
dos Pardieiros Freguesia de Mouronho. Dia mes e era
ut supra.
Bemfeita O Cura João Antunes Leitão"

Página 51:
"Pardieiros
Anna
filha de Antonio
Pedro e
Maria Domingos"
"Aos vinte dois do mes de Setembro de mil oitocentos trinta e
cinco Baptisei solenemente Anna que tinha nascido aos
desoito do dito mes e Anno filha legitima de Antonio Pedro e
de Maria Domingos do Lugar de Pardieiros; Neta Paterna
de Pedro Quaresma do dito Lugar, e Maria Fernandes do Montefrio, e Materno
de Avo incognito, e Maria Domingos de Pardieiros.
Padrinhos Jose Quaresma e sua filha Antonia dos Pardieiros
Dia mes era ut supra.
O Cura João Antunes Leitão"

Página 54:
"Deflores
Maria
filha de João
das Neves,
Maria Gonsalves"
"Aos vinte sete de Desembro de mil oitocentos e trinta
cinco Baptisei solenemente Jose digo Maria que tinha nascido
no dia catorse do dito mes e Anno filha legitima de João das
Neves Pimenta, e Maria Gonsalves do Lugar da Deflores Neta
Paterna de João das Neves do dito Lugar, e Maria Gomes
do Lugar do Valado freguesia de Avô. Materna de Antonio Gonsalves
do Monteredondo Freguesia de Folques, e Maria Ribeiro deste
Lugar Padrinhos [???] Ribeiro deste Lugar
Bemfeita dia mes era ut supra.
O Cura João Antunes Leitão"

Página 54:
"Montefrio
Maria filha
Pedro Nunes
e Maria Josefa"
"Aos desoito dias de Desembro de mil oitocentos e trinta e cinco Baptisei
solenemente Maria que Tinha nascido a nove
do dito mes filha de Pedro Nunes, e Maria Josefa do Montefrio
Neta Paterna de Pedro Nunes e Luisa Maria digo
Gomes do dito Lugar. Materna de Jose Nunes e Maria Josefa
aquele do Valado Freguesia d'Avô esta do Pai das Donas desta
Freguesia Pardieiros Jose Marques, e sua Mulher [???]nia
Maria de Montefrio. Bemfeita dia mes era ut supra
O Cura João Antunes Leitão"

Página 55:
"Montefrio
Antonio filho de
Manoel Nunes
e Maria Lopes
Morte"
"Aos tres de Julho de mil oitocentos e trinta e seis
Baptisei solenemente Antonio nascido a vinte, e sete
de Junho do dito anno filho de Manoel Nunes, e Maria
Lopes do Lugar do Montefrio Neto Paterno de Manoel
Nunes, e Maria Nunes das casarias Freguesia de Pomares
Materno de Jose Lopes do Montefrio, e Maria Josefa
do Montefrio Freguesia de Pomares Padrinhos [???]
Antonio Leitão, e Gertrudes Emilia [???] dia mes
e era ut supra
O Cura João Antunes Leitão"

Página 55 e 56:
"Montefrio
Joaquim filho
de Manoel Joaquim
e Maria Isabel"
"Aos vinte e oito de Julho Baptisei solenemente
Joaquim nascido a desasete do dito mes filho de Manoel
Joaquim e Maria Isabel deste Logar esta da quinta
do Montefrio. Neto Paterno de Manoel Joaquim
do Montefrio e Maria Gomes. Materno de Francisco
João, e Maria Gonsalves do Lugar digo Esabel [???].
Padrinhos Joaquim Antonio e Maria Nunes do dito
Lugar. Bemfeita Dia mes, era ut supra
O Cura João Antunes Leitão"

Página 56:
"Montefrio
Manoel filho
de Antonio Nunes
e Maria Luiza"
"Aos trese de Julho de mil oitocentos e trinta e seis
Baptisei solenemente Manoel nascido a tres
do dito mes filho de Antonio Nunes, e Maria Luisa
do Montefrio Neto Paterno de Jose Nunes do Montefrio,
e Luisa Maria do Sardal. Materno de Luisa
Maria e pai incognito. Padrinhos Manoel
Luiz, e Maria Nunes do dito Lugar. Bemfeita
dia mes e era su supra.
O Cura João Antunes Leitão"

Página 56:
"Montefrio
Anna filha
de João Quaresma
Lopes e
Maria Lopes"
"Aos trese de Julho de mil oitocentos e trinta, e seis Baptisei
solenemente Anna nascida a sete do dito mes filha
de Joaquim Lopes, e Maria Lopes do Montefrio. Neto Paterno
de João Lopes do Piodam, e Mariana Rita da Moura
Materno de Manoel Martins, e Anna Maria do
Montefrio. Forão Padrinhos Manoel Luis do Montefrio,
e Maria Lopes da Moura. Bemfeita dia mes e era
ut supra
O Cura João Antunes Leitão"

Página 57:
"Montefrio
Jose filho de
Manoel
Antonio e
Anna Maria"
"Aos desaseis de Agosto de mil oitocentos, e trinta e seis Baptisei solenemente
Jose nascido a vinte coatro de Julho do dito anno filho
de Manoel Antonio do Barrigueiro, e Anna Maria do dito Montefrio
Neto Paterno de Antonio Dias, e Maria Pires do Barrigueiro e Materna
de João Dias e Escolastica Bernarda do Montefrio foram
Padrinhos Jose Antonio e Dionisio Antonio deste Lugar. Bemfeita
dia mes era ut supra
O Cura João Antunes Leitão"

Página 60:
"Montefrio
Maria
filha Manoel
Nunes, e
Anna
Maria"
"Aos des de Dezembro de mil oitocentos e trinta e sete
digo seis Baptisei solenemente Maria nascida
a quatro do dito mes filho Manoel Nunes, e Anna Maria
do Montefrio. Neta Paterna de Jose Nunes e
Luisa Maria do dito Lugar. Materno de Manoel
Martins, e Anna Maria. Padrinhos Anna Nunes,
e [???] Manoel do dito Lugar. Bemfeita
dia mes e era ut supra.
O Cura João Antunes Leitão"

Página 62 e 63:
"Inxudro
Jose filho de
Antonio Nunes
e de Maria Nunes"
"Aos tres de Abril de mil oitocentos
trinta e sete baptisei solenemente nesta
Igreja de Santa Cecilia da Bemfeita a Jose
nascido de 7 dias, filho legitimo de Antonio
Nunes e de Maria Nunes do
logar do Inxudro: neto paterno de
de João Nunes e de Maria Almeida, moradores
e naturais de Porto Castanheiro, Freguesia da Teixeira;
materno de Manoel
Nunes e de Josefa Nunes do logar do Inxudro.
Forão Padrinhos Jose Nunes e Maria Nunes do
Porto Castanheiro. Dia mes e era ut supra.
O Cura João Nunes Brandão."

Página 63 e 64:
"Monte Frio
Jose filho de Nicolao
Antonio e de
Maria Ritta
Declarei este Nicolao
Antonio em natural dos Pardieiros"
"Aos dois de Junho de mil, oitocentos e trinta
e sete baptisei solenemente a Jose nascido de
11 dias, filho de Nicolao Antonio, e de Maria
Ritta de Lugar do Montefrio desta Freguesia;
neto paterno de Jose Antonio e de Maria Ritta do lugar
dos Pardieiros; materno Jose Marques e de Isidora Maria do
lugar do Montefrio; e para constar fis este que assignei
O Cura João Nunes Brandão"

Página 64:
"Monte Frio
Jose filho de Pedro
Nunes Moço
e de Maria Josefa"
"Aos onze de junho de mil, oitocentos
trinta e sete baptisei solenemente a Jose, nascido
de onze dias, filho legitimo de Pedro Nunes
Moço e de Maria Josefa do logar do Monte
Frio desta Freguesia, neto Paterno de Pedro Nunes
e de Luisa Gomes do mesmo [???]: Materno de
Jose Nunes do Vallado, Freguesia de Avô e de
Maria Josefa dos Pardieiros e para constar fis este
Forão Padrinhos Jose Marques e Isidora
Maria do mesmo logar de Montefrio. E para
constar fis este que assigno
O Cura João Nunes Brandão."

Página 69:
"Relva Velha
Maria folha de
Antonio Jose e de
Ritta Gonçalves"
"Aos vinte dois dias do mes de outubro de mil
oitocentos e trinta e sete baptisei solenemente a Maria
nascida de sete dias, filha legitima de Antonio Jose e de Ritta
Gonçalves da Relva Velha desta Freguesia: neta paterna

de Jose Manoel e de Isabel Domingos do Porto Castanheiro
Freguesia da Teixeira: materna de Manoel Lopes e de
Josefa Gonçalves do dito lugar da Relva Velha Forão padrinhos
Jose Gonçalves e [???] Clara. E para constar fis
este que assigno
O Cura João Nunes Brandão."

Página 70:
"Monte Frio
Manoel filho
de Jose Lopes e de
Marianna Nunes"
"Aos dose de outubro de mil, oitocentos e trinta e sete baptisei
solenemente a Manoel nascido de seis dias filho legitimo de
Jose Lopes e de Marianna Nunes neto
paterno de Manoel Lopes do mesmo lugar de Montefrio, e de Angelica
da Silva da Villa de Avô: e materna de Manoel Francisco
e Maria Nunes do referido Monte Frio. Forão padrinhos do
[???] João de Monte frio e [???]
para constar fis este que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 71:
"Deflores Ritta filha de
Jose das Neves e de Maria
Gonçalves"
"Aos quatro de Março de mil, oitocentos e trinta
e oito baptisei solenemente a Ritta filha legitima
digo nascido 9 dias mês filha legitima de João das Neves
da Deflores e de Maria Gonsalves da Bemfeita: nepta
paterna de João das Neves do dito lugar da Deflores
e de Maria Gomes do Vallado Freguesia de Avô e materna
de Antonio Gonsalves do Monte Redondo,
Freguesia de Folques e de Maria Ribeiro da Bemfeita.
Forão padrinhos Jose das Neves do dito lugar da Deflores
e Maria Gomes do Vallado. E para constar fis
este que asignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 74:
"Montefrio
Manoel filho de
Manoel Nunes e
de Anna Maria"
"Aos quinze de Abril de mil oitocentos e trinta e oito
baptisei solenemente de Manoel, nascido desasete
dias, filho legitimo de Manoel Nunes do lugar
do Monte Frio, e de Anna Maria do mesmo lugar do
Monte Frio: neto paterno de Jose Nunes do sobre
dito lugar e de Luisa Maria do Sardal; e materno
de Manoel Martins do mesmo lugar do Monte
Frio e de Anna Maria do mesmo Monte Frio. Forão
padrinhos Manoel Luis e Anna Nunes.
E para constar fis este que assignei
O Cura João Nunes
Brandão."

Página 74:
"Inxudro
Jose filho de
Luis Nunes e de
Joaquina Nunes"
"Aos vinte de Maio de mil, oitocentos e trinta
e oito baptisei solenemente a Jose nascido de
nove dias filho legitimo de Luis Nunes do logar
do Porto Castanheiro, Freguesia da Teixeira: e de
Joaquina Nunes do Sardal desta Freguesia: neto
paterno de João Nunes do mesmo Porto Castanheiro
e de Maria de Almeida da Relvas Freguesia da
Teixeira materno de Manoel Nunes do Sardal
e de Josefa Nunes da Teixeira. Forão Padrinhos
[???] Teixeira da [???] e Josefa Maria
[???] E para constar fis este assento que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 75:
"Montefrio
Anna filha
de Manoel
Antonio e de
Anna Maria"
"Aos vinte cinco de Abril de mil, oitocentos, e trinta
e oito baptisei solenemente Anna nascida de
oito dias filha de Manoel Antonio do lugar do
Barrigueiro Freguesia de Pomares; e de Anna Maria
do Monte Frio: neto paterno de Antonio Dias
da Moira, Freguesia de Avô e de Beatris do mesmo Barrigueiro
materna de João Dias do Monte Frio e de
Escolastica Bernarda das Casarias, Freguesia
de Pomares. Forão Padrinhos Jose Pedro e
[???] Ritta do mesmo lugar da Bemfeita.
E para constar fis este assento que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 76:
"Montefrio
Jose filho de Pedro
Maria e de Maria Gonçalves"
"Aos vinte oito de junho de mil, oitocentos
trinta e oito baptisei solenemente a Jose
nascido de oito dias, filho de Pedro Nunes
do lugar do Monte Frio e de Maria Gonçalves
do lugar dos Pardieiros: neto paterno de Jose Nunes
do mesmo lugar do Monte Frio e de Luisa Maria
das Casarias, freguesia de Pomares. materno de
Pedro Jose dos Pardieiros e de Maria Theresa do logar
do Barril, Freguesia de Villa Cova.
Forão padrinhos Francisco Gonsalves e Antonio
Goncalves dos Pardieiros. E para constar fis este
que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 83:
"Montefrio
Jose filho de
Antonio Nunes
e de Maria Luisa"
"Aos vinte e um de Abril de mil, oitocentos
trinta e nove baptisei solenemente a Antonio,
nascido de seis dias, filho de Antonio Nunes
e de Maria Luisa, ambos do Monte Frio: neto paterno
de Jose Nunes de Monte Frio e de Luisa Maria
do Sardal: materno de Luisa Maria e de Avô incognito.
Forão padrinhos Manoel Nunes e
Maria Nunes do Monte Frio. E para constar
fis este que assignei O Cura João Nunes Brandão"

Página 85:
"Montefrio
Anna filha de
Manoel Nunes e
Anna Maria."
"Aos trinta de Maio de mil, oito, centos e trinta
e nove baptisei solenemente a Anna, nascida de
oito dias, filha de Manoel Nunes do Monte Frio
e de Anna Maria do mesmo lugar do Monte Frio
neta paterna de Jose Nunes do Monte Frio de
Luisa Maria do Sardal: materno de Manoel
Martins do Monte Frio e de Anna Maria do
mesmo Monte Frio. Forão padrinhos Manoel
Nunes e Anna Nunes do Monte Frio.
E para constar fis este que assignei.
O Cura João Nunes Brandão"

Página 88:
"Montefrio
Anna filha de
Pedro Nunes Moça e
de Maria Josefa"
"Aos vinte e sete de Agosto de mil, oito,
centos e trinta e nove baptisei solenemente
a Anna, nascida de seis dias, filha de
Pedro Nunes Moça e de Maria Josefa, ambos
do Monte Frio: neta paterna de Pedro
Nunes e de Maria Gomes do mesmo logar
do Monte Frio: materna de Jose Nunes
do Vallado, freguesia de Avô e de Maria
Josefa dos Pardieiros, Forão padrinhos Jose
Marques e Isidora Maria do Monte Frio
E para constar fis este que assignei.
O Cura João Nunes Brandão."

Página 90:
"Deflores
João filha de João
das Neves e de Maria
Gonçalves"
"Aos vinte e sete de Outubro de mil, oito, centos e trinta e
nove baptisei solenemente a João, nascido de sete dias,
filho de João das Neves da Deflores, e de Maria Gonçalves
da Bemfeita; neto paterno de João das Neves da Deflores,
e de Maria Gomes do Vallado, freguesia de Avô, materno
de Antonio Gonsalves do Monte Redondo, freguesia
de Folques, e de Maria Ribeiro da Bemfeita. Forão
padrinhos Jose [???], e Maria Ritta da Deflores.
E para constar fis este que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 90:
"Monte Frio
Maria filha de Pedro
Nunes e Maria
Gonçalves"
"Aos dois de Novembro de mil, oito, centos e trinta
e nove baptisei solenemente a Maria nascida
de oito dias, filha de Pedro Nunes de Monte Frio e de
Maria Gonçalves dos Pardieiros; neta paterna de Jose
Nunes do mesmo logar do Monte Frio, e de Luisa
Maria das Casarias, freguesia de Pomares: materna
de Pedro Jose dos Pardieiros e de Maria Theresa
do Barril, freguesia de Villa Cova. Forão padrinhos
Manoel Luis e Anna Nunes do Monte
Frio. E para constar fis este que assignei
O Cura João Nunes Brandão"

Página 91:
"Relva Velha
Anna filha de Antonio
Jose e Ritta Gonçalves"
"Aos vinte quatro de Novembro de mil, oito, centos, trinta e nove
baptisei solenemente a Anna, nascida de sete dias, filha de Antonio
Jose do Porto Castanheiro, freguesia da Teixeira, e de Ritta Gonçalves da
Relva Velha, neta paterna de Jose Manoel e de Isabel Domingos, do Porto
Castanheiro, freguesia da Teixeira; materna de Manoel Lopes, e de Josefa
Gonçalves, ambos da Relva Velha. Forão padrinhos Joaquim Gonçalves
mulher, Maria Goncalves, do Toijo, freguesia do Piodão. E para constar
fis este que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 92:
"Monte Frio
Jose filho de Maria
Joaquina
Declaro que era Antonia
Joaquina era
natural da Moira,
freguesia de Avô."
"Aos dois de Fevereiro de mil, oito, centos e quarenta baptisei solenemente
a Jose nascido de dose dias filho de Maria Joaquina do
Monte Frio e de pai incognito; neto paterno de avós incognitos, materno
de Jose Luis do Monte Frio e de Antonia Joaquina da
freguesia de Avô. Forão padrinhos Jose Antonio Leitão
e sua irmã Dionisia da Bemfeita. E para constar fis este
que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 93:
"Casal de Sapinho
Manoel filho de Antonio
Martins e de Maria Garcia"
"Aos vinte dois de Março de mil, oito, centos e quarenta
baptisei solenemente a Manoel, nascido a vinte
e dois de Fevereiro do supra dito anno, filho de Antonio
Martins deste lugar e de Maria Garcia do Pisão
de Ágoa de Maias desta freguesia; neto paterno de Antonio
Martins do Monte Frio e de Maria da Assumção
deste lugar da Bemfeita: materna de Manoel
dos Santos da Deflores e de Maria Garcia da Esculca
freguesia de Coja. Forão padrinhos Manoel
Affonso e Maria de Jesus da Bemfeita. E para
constar fis este que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 95:
"Monte Frio
Maria filha de
Nicolao Antonio e de
Maria Marques"
"Aos desanove de Abril de mil, oito centos e quarenta baptisei
solenemente a Maria, nascida de nove dias, filha
de Nicolao Antonio dos Pardieiros e de Maria Marques
do Monte Frio: neta paterna de Jose Antonio dos Pardieiros e
de Maria Ritta tambem dos Pardieiros, materna de Jose
Marques e de Izidora Maria, ambos do Monte Frio. Forão
padrinhos Antonio Martins e Maria Garcia, ambos do
Sapinho, desta freguesia E para constar fis este que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 96:
"Enxudro
Maria filha de
Luis Nunes e
de Joaquina Nunes."
"Aos dés de Maio de mil, oito, centos e quarenta baptisei
solenemente a Maria, nascida de sete dias, filha legitima
de Luis Nunes do Porto Castanheiro, freguesia da Teixeira,
e de Joaquina Nunes do Sardal: neta paterna de João
Nunes do mesmo Porto Castanheiro e de Maria de Almeida
das Relvas, freguesia da Teixeira: materna de Manoel
Nunes do Sardal e de Josefa Nunes da Teixeira. Forão
padrinhos Manoel Fernandes e Ritta Nunes, ambos
do Sardal. E para constar fis este que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 97:
"Monte Frio
Antonia filha de Joaquim
Lopes e de Maria
Lopes"
"Aos desoito digo aos quatorze de Junho de mil,
oito, centos e quarenta baptisei solenemente a Antonio,
nascida de sete dias, filha de Joaquim
Lopes da Moura, freguesia de Avô, e de Maria
Lopes de Monte Frio: neta paterna de João Lopes
do lugar e freguesia do Piodão e de Maria Ritta
do dito lugar da Moura: materna de Antonio
digo de Manoel Martins e de Anna Maria, ambos
do Monte Frio. Forão padrinhos Manoel Nunes e
Maria Nunes ambos do Monte Frio. E para constar
fis este que assignei
O Cura João Nunes Brandão."

Página 101:
"Pardieiros
Antonio filho de
Jose Quaresma Nunes
e de (Maria Francisca)"
"Aos vinte e nove de Novembro de mil, oito, centos
e quarenta baptisei solenemente Antonio, nascido
de nove dias, filho de Jose Quaresma Nunes dos Pardieiros e
de Maria Francisca do Vallado, freguesia de Avô: neto
paterno de Jose Quaresma Nunes dos Pardieiros e de Luisa
Maria da Deflores materno de Jose Fernandes e de
Maria Francisca ambos do [???] lugar do Vallado.
Forão padrinhos Jose Pereira e Anna Ritta, ambos da
Bemfeita. E para constar fis este que assignei
O Parocho João Nunes Brandão."

Página 102:
"Monte Frio
Antonio filha de
Manoel Nunes e Maria
Lopes"
"Aos vinte de Dezembro de mil oitocentos e quarenta
baptisei solenemente a Antonio, que tinha nascido
a oito do mesmo, filho legitimo de Manoel Nunes
e Maria Lopes do Monte Frio, neto paterno de Manoel
Nunes, e Maria Nunes das Casarias freguesia de Pomares,
materno de Jose Lopes do Monte Frio, a Maria Josefa
da Mourisia freguesia de Pomares, Forão padrinhos
Joaquim filho de Manoel Nunes, e Maria Lopes
do mesmo lugar. E para constar [???]
este que assignei, dia, mes, e era ut supra.
O Cura Jose da Costa de Moura e Gouveia"

Página 105:
"Monte Frio
Carolina filha
de Antonia
Gomes solteira"
"Aos quatro de Abril de 1841 baptisei solenemente
a Carolina, que tinha nascido a 25 de
Março, filha legitima de Antonia Gomes solteira do
lugar do Montefrio, neta materna de Manoel
Joaquim, e Maria Gomes do mesmo lugar Forão padrinhos
Luis Jose e Maria Teixeira do mesmo lugar.
e para constar mandei faser este que assignei, dias
Mes, e Era ut supra O Parocho
Jose da Costa de Moura e Gouveia"

Página 106:
"Deflores
Antonio
filho de João
das Neves
e de Maria
Gonsalves."
"Aos dois de Maio de mil oitocentos e quarenta, e um baptisei solenemente
a Antonio, que tinha nascido a 16 de Abril
filho legitimo de João das Neves, e de Maria
Gonsalves do lugar da Deflores, neto paterno de João
das Neves da Deflores, e de Maria Gomes do Valado
e Materno de Antonio Gonsalves do Monte Redondo e
Maria Ribeiro da Bemfeita, forão Padrinhos
Jose Gonsalves, e sua mulher D. Luisa da Bemfeita
e para constar mandei faser este que assignei
dia Mes e Era ut supra
O Parocho Jose da Costa de Moura e Gouveia"

Página 107:
"Relva Velha
Maria filha de
Antonio Raiz
e Anna Gonsalves"
"Aos desaseis de Maio de mil oito centos
e quarenta e um baptisei solenemente
a Maria, que tinha nascido a oito do mesmo
filha legitima de Antonio Raiz e de Anna
Gonsalves da Relvavelha, neta paterna de Jose
Raiz e Maria Nunes da Teixeira, e materna
de Joaquim Jose, e Anna Gonsalves do Tojo. Forão
padrinhos Jose Pedro Junior da Bemfeita
e Maria Gonsalves do Tojo. E para constar mandei
faser este que assignei dia mes e Era
ut supra O Parocho Jose da Costa de Moura e Gouveia"

Página 107 e 108:
"Monte frio Anna filha de
Jose Lopes, e Maria
Lopes"
"Aos vinte e tres de Maio de mil oito centos
e quarenta e um baptisei solenemente
A Anna, que tinha nascido a desasete
do mesmo filha legitima de Jose Lopes
e Maria Nunes da Monte frio neta paterna
de Manoel Lopes e Angelica da
Silva, materna de Manoel Francisco
e Maria Relvas todos do mesmo lugar Forão
Padrinhos Jose Marques e Isidora Maria
do mesmo lugar O Paroco
Jose da Costa de Moura e Gouveia"

Página 111:
"Pardieiros
Jose filho de
Jose Gonsalves e
Maria da Gloria"
"Aos dose dias de Setembro de mil Oitocentos quarenta
e um baptisei solenemente a Jose, que nasceo no
primeiro do mesmo filho legitimo de Jose Gonsalves
e Maria da Gloria dos Pardieiros, neto paterno de
Manoel Gonsalves e Leonor Maria da Sorguiosa e
materno de Jose Duarte e Maria Rita da Costa
dos Pardieiros. Forão Padrinhos Jose Duarte e
Maria Nathario dos Pardieiros. De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 112:
"Pardieiros
Albino filho de Jose
Gonsalves e Maria da Gloria"
"Aos dose dias de Setembro de mil oitocentos quarenta
e um baptisei solenemente a Albino, que nasceo no primeiro
do mesmo filho legitimo de Jose Gonsalves e Maria da Gloria dos
Pardieiros, neto paterno de Manoel Gonsalves e Leonor Maria da Sorguaçosa e
materno de Jose Duarte e Maria Rita da Costa. Forão Padrinhos Albino
Fernandes e Anna Costa dos Pardieiros. De que fis este termo que
assignei O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 114:
"Monte frio
Anna filha de
Pedro Nunes e
Maria Theresa"
"Aos vinte e um de Novembro de mil oito centos e quarenta e
um baptisei solenemente a Anna que nasceo a sete do mesmo filha
legitima de Pedro Nunes e Maria Theresa do Monte frio: neta
paterna de Jose Nunes e Luisa Maria do Montefrio e materno de
Pedro Jose e Maria Theresa dos Pardieiros. forão parinhos Manoel
Luis e Maria Nunes Solteiros do Montefrio. De que dis este termo que
assignei O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 115:
"Montefrio
Maria filha de
Antonio Nunes e Maria
Luiza"
"Aos nove dias de Desembro baptisei solenemente a Maria que
nasceo a tres do mesmo filha legitima de Antonio Nunes e Maria
Luiza Neta paterna de Jose Nunes e Luisa Maria e materna
de Luisa Maria solteira: forão padrinhos Luiz Jose Maria
Nunes todos do Montefrio De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 115:
"Montefrio
Jose filho de
Manoel Antonio
e Anna Maria"
"Aos nove dias de Desembro de mil oito centos quarenta e um baptisei solenemente
a Jose que nasceo a vinte e sete de Novembro filho
legitimo de Manoel Antonio e Anna Maria do Montefrio neto
paterno de Antonio Dias e Beatris do Barrigueiro: materno de
João Dias e Escolastica Bernarda forão Padrinhos Antonio Luis
e Josefa Maria todos do Montefrio. De que fiz este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 117:
"Montefrio
Manoel filha de Manoel
Nunes e Anna Maria"
"Aos Seis dias de Marso de mil oitocentos quarenta e um baptisei solenemente
a Manoel que nasceo a vinte e cinco de Fevereiro filho
de Manoel Nunes e Anna Maria do Montefrio, neta paterno de Jose
Nunes e Luisa Maria e Materno de Manoel Martins e Anna Maria. Forão
Padrinhos Manoel Luiz e Anna Nunes: todos de Montefrio. De que
fis este termo que assigno
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 117:
"Enxudro
Anna filha de
Luis Nunes e Joaquina Nunes"
"Aos vinte e oito de Marco de mil oitocentos quarenta e dois
baptisei Solenemente a Anna que nasceo a Seis do dito
filha legitima de Luis Nunes, e Joaquina Nunes do
Enxudro, neta paterna de João Nunes e Maria d'Almeida
do Porto Castanheiro. materna de Manoel Nunes
e Josefa Nunes do Enxudro: forao Padrinhos Luis
Nunes e Maria Thiadora do Sardal De que fis este
termo. O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 118:
"Montefrio
Maria filha de Joaquim
Martins e
Maria Isabel
Declaro que foi
na era de 1840 e
quarenta e dois
Pimenta"
"No primeiro dia de Maio baptisei solemente a Maria que
nasceo a vinte e quatro d'Abril filha de Joaquim Martins e Maria
Isabel do Monte Frio; neta paterna de Manoel Martins e Anna Maria
do dito Lugar, e materna de João Nunes e Maria Isabel da freguesia
e Lugar da Moura Foram Padrinhos Manoel Xavier
e Maria Rita da Moura De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 120:
"Montefrio
Emilia filha
de Antonio Martins
e Antonia Maria"
"Aos vinte e quatro de Maio de mil oitocentos e quarenta e dois
baptisei solenemente a Emilia que nasceo a oito
do mesmo filha de Antonio Martins e Antonia Maria do Monte
frio; neta paterna de Manoel Martins e Anna Maria, e materno
de Manoel Joaquim e Maria Gomes: foram Padrinhos Luis
Jose e Maria Nunes Teixeira, todos do Monte frio De que fis
este termo O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 122:
"Relva Velha
Emilia filha de
Antonio Jose e Rita
Gonsalves"
"Aos onse dias de Setembro de mil oitocentos quarenta e dois baptisei Solenemente
Emilia que nasceo a quatro de mesmo filha de Antonio
Jose e Rita Goncalves da Relva Velha neta paterna de Jose Manoel
e Isabel Domingos do Porto Castanheiro e materno de Manoel Lopes
e Josefa Gonsalves da Relva Velha Foram Padrinhos Manoel Jose
e sua [???] Maria Gomes do Sardal De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 123:
"Montefrio
Manoel filho de Pedro
Nunes Moço e Maria
Josefa"
"Aos desaseis dias de Outubro de mil oitocentos quarenta e dois baptisei
solenemente a Manoel que nasceo as nove do mesmo filho legitimo
de Pedro Nunes Moço e Maria Josefa neto paterno de Pedro Nunes
e Luisa Gomes e materno de Jose Nunes e Maria Josefa: foram
Padrinhos Jose Marques e Isidora Maria: todos do Montefrio
De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 124:
"Montefrio
Maria filha de
Jose Francisco, e de
Antonia Luisa"
"Aos quatro dias do Mes de Desembro de mil e oitocentos e
quarenta e dois baptisei [???] do Parocho, que [???]
[???], digo baptisei Solenemente a Maria que
tinha nascido aos trinta dias do Novembro proximo
pasado, filha Legitima de Jose Francisco, e de Antonia
Luisa esta natural de freguesia e Lugar da Teixeira
e aquelle do Montefrio desta freguesia neta paterna
de avô incognito, e de Luisa Maria do mesmo Lugar
de Montefrio e materna de Antonio Luis e de Maria
João esta de Cavaleiros freguesia de Fajão e aquelle
do Sobre dito Lugar da Teixeira forão padrinhos Antonio
Elias e Josefa Nunes que deu Procuração a
sua [???] Maria Nunes deste mesmo Lugar e para
que conste faes este termo que assigno [???] dia Mes
e Era ut Supra
O Parocho da Cerdeira Luis Antonio Xavier"

Página 128:
"Deflores
Maria da Conceição
filha de João das Neves
Pimenta e Maria
Gonsalves"
"Aos cinco de Marco de mil oitocentos quarenta e tres baptisei solenemente
a Maria da Conceição que nasceo a vinte dias do mes
passado filha legitima de João das Neves Pimenta e Maria Gonsalves
da Deflores; neta paterna de João das Neves Pimenta, e Maria Gomes
do mesmo lugar, e materna de Antonio Gonsalves e Maria Ribeiro
da Bemfeita: forão Padrinhos Manuel do Rosario e Clara Delfina
Thias da Baptismada De que fis este termo que assigno
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 131:
"Montefrio
Jose filho de Joaquim
Lopes e de Maria Lopes"
"Aos seis dias de Agosto de mil oitocentos quarenta e tres baptisei solenemente
a Jose que nasceo a vinte e quatro de Julho filho de
Joaquim Lopes e Maria Lopes de Montefrio; neto paterno de
João Lopes da Moura e de Marianna sua mulher e materna
de Manoel Martins e Anna Maria do Monte Frio: forão Padrinhos
Manoel Luis Nunes e Joanna da Conceição do Montefrio de que
fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 134:
"Montefrio
Maria da Gloria
filha de Pedro Nunes
Maria Gonsalves"
"Aos desoito dias de Fevereiro de mil oitocentos quarenta e quatro baptisei
solenemente a Maria da Gloria, que nasceo a sete do mesmo filha
de Pedro Nunes do fundo, e Maria Gonsalves do Montefrio. neta paterna
de Jose Nunes e Luisa Maria do Montefrio. materna de Pedro
Jose e Maria Theresa - forão Padrinhos Manoel Luis e Joanna da
Conceição do mesmo lugar De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 136:
"Montefrio
Maria filha de Jose
Luis e Joanna Maria"
"Aos dose de Maio de mil oitocentos quarenta e quatro baptisei solenemente
a Maria que nasceo a vinte e nove de Abril filha de Jose Luis e
Joanna Maria do Montefrio neta paterna de Jose Luis e Antonia Joaquina
do Montefrio - materna de Jose Pedro e Theresa Maria do
Sobralgordo forão Padrinhos Manoel Luis Nunes e Joanna da Conceição
do Montefrio - De que fis este termo que assigno
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 137:
"Enxudro
Anna filha de Antonio
Nunes e Maria Nunes"
"Aos sete dias de Julho de mil oitocentos e quarenta e quatro baptisei
solenemente a Anna que nasceo a vinte e oito do passado
filha de Antonio Nunes e Maria Nunes do Inxudro, neta
paterna de João Nunes e Maria de Almeida do Porto Castanheiro-
-e materna de Manoel Nunes e Josefa Nunes do
Inxudro - forão padrinhos Jose Gonsalves e Maria Nunes
solteiros do Sardal - De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 139:
"Montefrio
Manoel filho de Joaquim
Martins e Maria Isabel"
"Aos vinte de Novembro de mil oitocentos e quarenta e quatro baptisei
Solenemente a Manoel que nasceo a vinte e quatro Outubro filha de
Joaquim Martins e Maria Isabel do Montefrio - neto paterno de Manoel
Martins e Anna Maria do Montefrio e materno de João Nunes e
Maria Isabel da Moura de Avô - Forão Padrinhos Mnoel Martins
e Maria Rita da Moura De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 139:
"Inxudro
Manoel filho de
Luis Nunes e Joaquina
Nunes"
"Aos vinte e dois de Novembro de mil oitocentos e quarenta e quatro baptisei
Solenemente a Manoel que nasceo aos dose do mesmo filho de
Luis Nunes e Joaquina Nunes do Inxudro. neto paterno de João Nunes
e Maria d'Almeida do Porto Castanheiro da Teixeira- e materno
de Manoel Nunes e Josefa Nunes do Inxudro - Forão Padrinhos
Jose Francisco e Anna Nunes do Inxudro - De que fis
este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 139:
"Montefrio
Antonio filho de
Manoel Nunes da Peneda
e Anna Maria - obit
em 1/64"
"Aos vinte de Novembro de mil oitocentos e quarenta e quatro baptisei
solenemente a Antonio que nasceo a desasete filho de Manoel
Nunes da Peneda e Anna Maria do Montefrio neto paterno
de Jose Nunes da Peneda e Luisa Maria materno de Manoel
Martins e Anna Maria - Forão Padrinhas Manoel Nunes e
Joanna da Conceição todos do Monte Frio - De fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 140:
"Montefrio
Antonio filho de
Antonio Nunes e Maria
Luisa"
"Aos quinse de Dezembro de mil oitocentos e quarenta e quatro baptisei
solenemente a Antonio que nasceo a trinta de Setembro filho de
Antonio Nunes e Maria Luisa do Montefrio neto paterno de Jose
Nunes e Luisa Maria - materna de Luisa Maria solteira
Forão Padrinhos Manoel Luis e Joanna da Conceição todos do Montefrio-
- De que fis este termo
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 142:
"Deflores
Maria da Conceição
filha de João das Neves
e Maria Goncalves"
"Aos nove dias de Marco de mil oitocentos e quarenta e cinco baptisei solenemente
a Maria da Conceição, que nasceo a vinte e sete da
Fevereiro filha de João das Neves Pimenta e Maria Gonsalves da
Deflores neta paterna de João das Neves e Maria Gomes do mesmo
lugar, e materna de Antonio Gonsalves e Maria Ribeiro da Bemfeita =
forão Padrinhos sues tios Antonio Ellias Gonsalves e Josefa Nunes
da Bemfeita De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 142:
"Montefrio
Maria filha de João
Ribeiro e Maria Josefa"
"Aos vinte e tres de Marco de mil oitocentos e quarenta e cinco baptisei solenemente
a Maria que nasceo a cinco do mesmo, filha de João Ribeiro
e Maria Josefa do Montefrio, neta paterna de Antonio Ribeiro e Josefa
Maria do Montefrio, e materna de Manoel Pinto e Josefa Nunes do
Salgueiro de Folques: forão Padrinhos Jose Pinto e Maria Josefa aquelle
do Salgueiro e neta do Montefrio - De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 144:
"Montefrio
Anna filha de
Jose Francisco Carpinteiro
e Antonia Luiza"
"Aos vinte d'Abril de mil oitocentos e quarenta e cinco baptisei solenemente
Anna que nasceo a nove do mesmo filha de Jose Francisco Carpinteiro
e Antonia Luiza do Montefrio, neta paterna de Luisa Maria
solteira de Montefrio, e materna de Antonio Luis e Maria João da
Teixeira forão Padrinhos Jose Luis solteiro do Montefrio, e Maria
Nunes solteira da Teixeira De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 145:
"Montefrio
Agostinho filha
de Manoel Nunes Castelhano
e Maria Lopes"
"Aos vinte e cinco de Maio de mil oitocentos e quarenta e cinco baptisei
solenemente a Agostinho, que nasceo a desoito do mesmo, filho
de Manoel Nunes Castelhano e Maria Lopes do Monte frio
neto paterno de Manoel Nunes e Maria Nunes das Casarias, e materno
de Jose Lopes Velho e Josefa Maria do Montefrio-Forão
Padrinhos Jose Pedro de Moura e Maria Margarida da Bemfeita -
De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 145:
"Relva Velha
Jose filho de
Antonio Raiz e Anna
Gonsalves"
"Aos vinte e nove de Junho de mil oitocentos e quarenta e cinco baptisei
Solenemente a Jose que nasceo a vinte e dois do mesmo, filho de
Antonio Raiz e Anna Gonsalves da Relva Velha, neto paterno de
Jose Raiz e Maria Nunes de Teixeira, materna de Joaquim Jose
e Anna Gonsalves do Tojo-Forão Padrinhos Manoel Nunes
Agostinho e Anna Nunes da Relva Velha. Dis que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 145:
"Montefrio
Jose filho de Jose
Luis e Joanna
Maria"
"Aos seis de Julho de mil oitocentos quarenta e cinco baptisei Solenemente
a Jose que nasceo a vinte e tres do passado mes filho de Jose
Luis e Joanna Maria do Montefrio-neto paterno de Jose Luis e
Antonio Joaquina do mesmo e materno de Jose Pedro e Theresa
Maria do Sobral Gordo de Pomares-Forão Padrinhos
Manoel Luis e Joanna da Conceição do Montefrio - De que
fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 145:
"Montefrio
Maria filha de
Maria Antonia Solteira"
"Aos seis de Julho de mil oitocentos quarenta e cinco baptisei Solenemente
a Maria que nasceo a tres do mesmo filha
de Maria Antonia Solteira, neta materna de Jose
Luis e Antonia Joaquina Forão Padrinhos Manoel
Luis e Joanna da Conceição, todos do Monte frio
De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 149:
"Montefrio
Delfina filha de
Manoel Antonio e Anna
Maria"
"Aos trinta de Novembro, de mil oitocentos quarenta e cinco
baptisei Solenemente a Delfina que nasce em vinte
e cinco do mesmo filha de Manoel Antonio e Anna
Maria do Montefrio neta paterna de Antonio Dias
e Beatriz do Barrigueiro de Pomares, e materna
de João Dias, e Escolastica Bernarda do Montefrio-forão
Padrinhos Jose Pedro de Moura e Maria Margarida
da Bemfeita - De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 150:
"Montefrio
Jose filho de
João Ribeiro e
Maria Pinta"
"Aos desanove de Março de mil oitocentos quarenta e seis baptisei
Solenemente a Jose que nasceo a sete, filho de João
Ribeiro e Maria Pinto do Montefrio, neto paterno de Antonio Ribeiro
e Josefa Maria do mesmo lugar, e materno de Manoel Pinto, e
Josefa Nunes do Salgueiro de Folques. forão Padrinhos Jose
Marques e Isidora Maria do Montefrio. De que fis
este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 151:
"Pardieiros
Jose filho de Albino
Fernandes e Anna
Rita"
"Aos cinco d'Abril de mil oitocentos quarenta e seis baptisei
Solenemente a Jose, que nasceo a vinte e sete de marco
filho de Albino Fernandes e Anna Rita de Pardieiros neto
paterno de Marcos Fernandes e Leonarda Maria da Sorgacosa
e materna de Jose Duarte e Maria Rita da Costa
forão Padrinhos Jose Francisco e maria do Rosario, todos
de Pardieiros - De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 153:
"Sardal
Maria filha de Jose
Quaresma Duarte, e
Maria Nunes"
"Aos vinte e hum de Junho de mil oitocentos quarenta e seis
baptisei Solenemente a Maria que nasceo aos onse
do ditto, filho de Jose Quaresma Duarte e de Maria
Nunes do Sardal, neto paterno de Jose Quaresma Nunes Duarte
e Maria Ritta da Costa de Pardieiros, e materno de Jose
Gonsalves e de Maria Nunes - forão Padrinhos Jose Gonsalves
e Cecilia Nunes todos do Sardal-Deque fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 154:
"Montefrio
Maria filha de Antonio
Martins e Rita
Maria"
"Aos des de Setembro de mil oitocentos quarenta e seis baptisei
Solenemente a Maria filha de Antonio Martins e Rita Maria
do Montefrio neta paterna de Manoel Martins e Anna Maria
do mesmo Lugar, e materna de Antonio Nunes e Engracia Maria
do Monte Redondo: forão Padrinhos Jose Nunes e
Maria do Monte Redondo Declaro que nasceo a vinte e oito
de Agosto De que fis este termo.
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 155:
"Montefrio
Maria das Necessidades filha
de Joaquim Lopes e Maria
Lopes"
"Aos trese dias de Setembro de mil oitocentos quarenta e seis
baptisei Solenemente a Maria das Necessidades que nasceo
no primeiro dias do mes, filha de Joaquim Lopes e
Maria Lopes do Montefrio neta, paterna de Joaquim Lopes e
Marianna Rita da Moura e materno de Manoel Martins
e Anna Maria Maria do Montefrio-forão Padrinhos Manoel
Luis e sua mulher Joanna da Conceição do mesmo lugar
De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 156:
"Pardieiros
Jose filho de
Jose Francisco e
Maria Rosario"
"Aos trese de Desembro de mil oitocentos quarenta e seis baptisei Solenemente,
a Jose que nasceo trinta de Novembro filho de Jose Francisco
Junior, e Maria do Rosario, neto paterno de Jose Francisco e
Maria Antunes e materno de Jose Duarte e Maria Rita da
Costa de Pardieiros-forão Padrinho Albino Fernandes e Anna Rita
todos de Pardieiros-De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 158:
"Montefrio
Albino filho de Jose
Luis e Joanna Maria"
"Aos quatorse de Fevereiro de mil oitocentos quarenta e sete
baptisei Solenemente, a Albino que nasceo a sete do mes
filho de Jose Luis a Joanna Maria, neto paterno de Jose Luis
e de Antonia Joaquina todos do Montefrio, materno de Jose Pedro
e sua mulher Theresa do Sobralgordo-forão Padrinhos Antonio
Martins e Maria Gomes do Sapinho - De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 158:
"Deflores
Maria de Jesus filha
João das Neves Pimenta
e Maria Gomes"
"Aos quatorse de Fevereiro de mil oitocentos quarenta e sete baptisei
Solenemente a Maria de Jesus que nasceo a dois do mesmo filha de
João Pimenta e Maria Goncalves da Deflores, neta paterna
de João das Neves Pimenta e Maria Gomes do mesmo lugar e
materna de Antonio Gonsalves e Maria Ribeiro da Bemfeita
forão Padrinhos Manoel do Rosario e Maria Delfina da Bemfeita
De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 159:
"Montefrio
Jose filho de
Joaquim Martins e Maria Isabel
obit em 21 de agosto
de 1849 folha
49 Livro dos obitos"
"Aos desoito de Abril de mil oitocentos quarenta e sete
baptisei Solenemente a Jose que nasceo a vinte e seis
de Marco, filho de Joaquim Martins e Maria Isabel, neto
paterno de Manoel Martins e Anna Maria, todos do Montefrio,
materno de João Lopes e Maria Isabel-forão Padrinhos
Manoel Martins do Montefrio e Maria Rita da
Moura - De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 160:
"Montefrio
Albino filho de Antonio
Nunes e Maria Luisa"
"Aos trese de Junho de mil oitocentos quarenta e sete
baptisei Solenemente Albino, que nasceo a trinta e
um de Maio, filho de Antonio Nunes e Maria Luisa
neto paterno de Jose Nunes e Luisa Maria, e materno de
Luisa Maria Solteira-forão Pedrinhos Manoel Luis
Nunes e Joanna da Conceição-todos do Montefrio
De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 162:
"Enxudro
Antonio filho de Luis
Nunes e Joaquina Nunes"
"Aos vinte e dois de Agosto de mil oitocentos quarenta e sete
baptisei Solenemente a Antonio que nasceo a oito de
supra filho de Luis Nunes e Joaquina Nunes do Enxudro
neto paterno de João Nunes e Maria d'Almeida
do Porto Castanheiro, materno de Manoel Nunes e Josefa
Nunes forão Padrinhos Jose Francisco Solteiro e Maria
Nunes todos do Enxudro De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 163:
"Montefrio
Maria Rita filha de
Niculao Antonio e
Maria Rita"
"Aos cinco de Setembro de mil oitocentos quarenta e sete baptisei Solenemente
a Maria Rita que nasceo a vinte e oito de Agosto
filha de Niculao Antonio e Maria Rita do Montefrio neta
paterna de Jose Antonio e Maria Rita [???] materna
de Manoel Nunes de [???] e Maria Lopes do Montefrio
forão padrinhos Jose Luis e Joanna Maria do mesmo
lugar De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 163:
"Montefrio
Antonia filha de Manoel
Nunes das Penedas e
Anna Maria"
"Aos nove dias de outubro de mil oitocentos quarenta e sete
baptisei Solenemente a Antonia que nasceo a vinte
de Setembro filha de Manoel Nunes das Penedas e de Anna
Maria neta paterna de Jose Nunes e Luisa Maria, e
materna de Manoel Marthins e Anna Maria-forão
Padrinhos Manoel Luis e Joanna da Conceição todos
do Montefrio - De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 165:
"Montefrio
Beatris filha de
Jose Francisco e Antonia
Maria"
"Aos quatorse dias de Novembro de mil oitocentos quarenta
e sete baptisei Solenemente a Beatris que nasceo no primeiro
do mesmo filha de Jose Francisco e Antonia Maria neta paterna
de Luisa Maria da [???] todos do Montefrio, e materna
de Antonio Luis e Maria João, forão Padrinhos Jose
Nunes e Maria Nunes todos da Teixeira - De que [???]
[???] Parocho mandei fazer este termo
que assigno Joaquim Florindo Correa"

Página 165:
"Montefrio
Manoel filho de João
Ribeiro e Josefa (Maria)
obit em [???]
de 1849 Livro dos
obitos folhas 45 e [???]"
"Aos oito de Dezembro de mil oitocentos quarenta e sete baptisei
Solenemente a Manoel que nasceo a vinte e oito de
Novembro filho de João Ribeiro e de Maria Josefa, neto
paterno de Antonio Ribeiro e Josefa Maria do Monte
Frio, e materno de Manoel Pinto e Josefa Nunes do
Salgueiro de Folques-forão Padrinhos Jose Pinto e Maria
Rosaria do Montefrio- De que no impedimento
do Rev Parocho mandei fazer este termo que assigno
- Joaquim Florindo Correa"

Página 166:
"Montefrio
Jose filho de Manoel Luis
Luisa da Crus"
"Aos desaseis de Janeiro de mil oitocentos quarenta e oito baptisei
Solenemente a Jose que nasceo a vinte e oito de Janeiro
filho de Manoel Luis e Luisa da Crus, neto paterno
de Jose Luis e Antonia Joaquina todos do Montefrio, e
materno de Jose da Crus e Luisa de Paiva das Torrozelas
forão Padrinhos Jose Luis e Joanna Maria do Montefrio
De que no impedimento do dito Parocho mandei faser este
termo que assigno Joaquim Florindo Correa"

Página 168:
"Relva Velha
maria filha de Manoel
Nunes e Maria
Nunes"
"Aos vinte e seis de Marco de mil oitocentos quarenta e oito baptisei
Solenemente a Maria que nasceo a dose do dito filha de Manoel
Nunes e Maria Nunes da Relva Velha-neta paterna de
Jose Nunes e Josefa Nunes do Tojo e materno de Antonio Luis
e Anna Nunes do Montefrio-Forão Padrinhos Jose Antonio
Nunes e Joanna da Conceição thios do baptisando do
Montefrio De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 169:
"Montefrio
Maria filha de Jose
Nunes do Patheo e
Maria Nunes"
"Aos vinte e oito de Maio de mil oitocentos quarenta e
oito baptisei Solenemente a Maria que nasceo a
vinte e um filha de Jose Nunes do Patheo e Maria
Nunes-neta paterna d'Outro e Maria Josefa do
Montefrio e materna de Antonio Francisco e Anna
Nunes do Covão d'Arganil-Forão Padrinhos
Manoel Luis e Joanna da Conceição
do Montefrio-De que fis este termo
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 173:
"Montefrio
Jose filho de Manoel
Martins e Anna Isabel"
"Aos trese de Agosto de mil oitocentos quarenta e oito baptisei
Solenemente a Jose que nasceo a quatro do mesmo
filho de Manoel Martins e Anna Isabel do Montefrio
neto paterno de Manoel Martins e Anna
Maria do mesmo lugar e materno de Francisco Simões
e Isabel Nunes - forão Padrinhos Jose Nunes Casado e
Maria Neves viuva todos da Bemfeita-De que
fis este termo O Parocho
Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 173 e 174:
"Pardieiros
Antonio filho de
Jose Francisco e Maria Antunes"
"Em [???] do Senhor do [???] Sr. Dr. [???]
deste Bispado no Autos de Santo ficarão de
[???] Antonio filho de Jose Francisco e
Maria Antunes do lugar de Pardieiros desta
freguesia, que [???]
[???] digo [???]
[???]
[???] provou em filho dos Pais
e neto dos Avós na mesma Justificação [???]
[???]: assim como tambem provou o dia mes
e anno em que nasceo. Pelo que Julgo a Justificação,
[???], [???]
[???]
[???] de Coimbra 24 de
Agosto de 840 neto - Antonio Francisco Coelho de
Moraes=faço Assento que se segue=
Aos quatorse dias de Agosto de mil oitocentos,
vinte e cinco nasceo e oito dias depois foi baptisado nesta freguesia da Bemfeita
pelo Cura [???] Francisco d'Abranches
Freire de Figueiredo, Antonio filho de
Jose Francisco e Maria Antunes, neto paterno
de Jose Francisco e Luisa Quaresma e
materno de Luis Antonio e Maria Antunes-
todos dos Pardieiros-forão Padrinhos Jose
Quaresma Duarte e Maria Rita da
Costa do mesmo lugar De que fis este termo
que assigno-[???] da Bemfeita 26
de Agosto de 1840 e oito
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 176:
"Montefrio
Maria Cecilia filha de
Jose Luis Nunes e Joanna
Maria"
"Aos vinte e dois de Novembro de mil oitocentos quarenta e oito
baptisei Solenemente a Maria Cecilia, que nasceo a vinte e
seis de Setembro, filha de Jose Luis Nunes e Joanna Maria neta paterna
de Jose Luis e Antonia Joaquina todos do Montefrio, e
materna de Jose Pedro e Theresa Maria do Sobral Gordo-forão
Padrinhos Antonio Martins e Maria Garcia do Sapinho-De que
fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 176:
"Pardieiros
Jose filho de Jose
Francisco e Maria do Rosario"
"Aos desasete dias de Novembro de mil oitocentos quarenta e oito
baptisei Solenemente a Jose que nasceo a sete do mesmo, filho
de Jose Francisco e Maria do Rosario, neto paterno de Jose Francisco
e Maria Antunes e materno de Jose Duarte e Maria Rita
da Costa-forão Padrinhos Albino Francisco e Anna Rita Thios
do Baptisando todos de Pardieiros-De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 177:
"Montefrio
Jose filho de Pedro
Nunes do Fundo e Maria
Goncalves obit em
11 de Setembro de 1849
Livro dos obitos folhas 75
e verço"
"Aos vinte e um de Janeiro de mil oitocentos quarenta, e
nove baptisei Solenemente a Jose que nasceo a cinco
do ditto, filho de Pedro Nunes do Fundo e Maria Goncalves-
neto paterno de Jose Nunes das Penedas e Luisa
Maria todos do Monte frio e materno de Pedro Jose
e Maria Theresa de Pardieiros-forão Padrinhos
Jose Antonio Nunes e Maria Nunes do
Montefrio-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 178:
"Montefrio
Maria Jose filha de
Antonio Martins e Rita
Maria"
"Aos vinte e oito de Janeiro de mil oitocentos quarenta e nove
baptisei Solenemente a Maria Jose, que nasceo a cinco do
mesmo, filha de Antonio Martins e Rita Maria, neta
paterna de Manoel Martins, e Anna Maria todos do Monte
Frio-materna de Antonio Nunes Xarata e Engracia
Maria-forão Padrinhos Manoel Francisco e Angela Maria-
todos do Montefrio-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 178:
"Sardal
Jose filho de Jose
Duarte Quaresma e Maria
Nunes"
"Aos quatro de Fevereiro de mil oitocentos quarenta e nove
baptisei Solenemente a Jose que nasceo a vinte e tres de
Janeiro, filho de Jose Duarte Quaresma e Maria Nunes-
neto paterno de Jose Quaresma Duarte e Maria Rita
da Costa e materno de Jose Goncalves e Maria Nunes, aqueles
de Pardieiros, e estes do Sardal-forão Padrinhos Jose
Goncalves Nunes e Cecilia Nunes Thios do Baptisando do
Sardal-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 179:
"Montefrio
Manoel filho de Manoel
Luis e Luisa da Crus"
"Aos onse de Fevereiro de mil oitocentos quarenta e nove
baptisei Solenemente a Manoel que nasceo a quatro
do mesmo filho de Manoel Luis e Luisa da Crus
do Montefrio neto paterno de Jose Luis e Antonia
Joaquina do mesmo lugar, e materno de Jose da
Crus e Luisa da Crus das Torrosellas d'Arganil
forao Padrinhos Antonio MArtins e Maria Garcia
do Sapinho - De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 179:
"Montefrio
Jose filho de Jose
Nunes Relvas, e Rita
Maria"
"Aos onse de Marco de mil oitocentos quarenta e nove baptisei
Solenemente a Jose que nasceo a quatro, filho
de Jose Nunes Relvas e Rita Maria-neto paterno
de Manoel Francisco e Maria Nunes Relvas, do
Montefrio-materno de Manoel Antonio e Josefa
Maria do Casal do Demieiro-forão Padrinhos os
Thios Luis Nunes e Josefa da Costa da Bemfeita
De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 180:
"Pardieiros
Anna filha de Albino
Francisco e Anna
Rita"
"Ao primeiro de Abril de mil oitocentos quarenta e nove
baptisei Solenemente a Anna filha legitima
de Albino Fernandes e Anna Rita de Pardieiros neta paterna
de Marcos Fernandes e Leonarda Maria da Sorgacosa
e materna de Jose Quaresma Duarte e Maria Rita
da Costa-forão Padrinhos Jose Francisco e Maria do
[???] de Pardieiros-De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 180:
"Montefrio
Antonio filho de João
Ribeiro e Maria Josefa"
"Aos quinse d'Abril de mil oitocentos quarenta e nove baptisei
Solenemente a Antonio que nasceo a vinte
de Marco, filho de João Ribeiro e Maria Josefa do Monte
frio-neto paterno de Antonio Ribeiro e Josefa Maria do
mesmo logar e materno de Manoel Pinto e Josefa
Nunes do Salgueiro-forão Padrinhos, Jose Pinto e Maria
Rosaria do Montefrio-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 181:
"Montefrio
Antonio filho de Joaquim
Lopes e Maria Lopes
Obit em 21 de
agosto de 1849
Livro dos obitos folhas
45"
"Aos seis d'Maio de mil oitocentos quarenta e nove baptisei
Solenemente a Antonio que nasceo a vinte e Sete
d'Abril, filho de Joaquim Lopes e Maria Lopes do
Montefrio-neto paterno de João Lopes e Marianna Rita
da Moura, e materno de Manoel Martins e Anna Maria
do Montefrio-forão Padrinhos Manoel Luis e
Joanna Maria do mesmo Lugar-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 183:
"Deflores
Delfina filha de
João das Neves Pimenta
e Maria Goncalves"
"Aos desanove dias de Agosto de mil oitocentos quarenta
e nove baptisei Solenemente a Delfina
que nasceo a seis de Agosto filha de João das
Neves Pimenta e Maria Goncalves da Deflores
neta paterna de João das Neves Pimenta e Maria Gomes
da Deflores e materna de Antonio Goncalves e Maria
Ribeiro da Bemfeita-forão Padrinhos [???]
[???], e Maria [???]-De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 184:
"Montefrio
Ludovina filha
de Antonia Solteira filha
de Manoel Pailino"
"Ao primeiro de Setembro de mil oitocentos quarenta e nove baptisei
Solenemente a Ludovina que nasceo a dose de Julho
filha de Antonia Solteira filha de Manoel Pinheiro e Maria
Gomes do Montefrio Avos Maternos-De que fis este
assento O Parocho Antonio das digo Maternos, forão
Padrinhos Manoel Joaquim Pinheiro e Maria Domingues
da Bemfeita-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 184:
"Pardieiros
Anna filha de
Jose Pereira e Anna
Maria"
"Aos quatorse dias de Outubro de mil oitocentos quarenta e nove baptisei
Solenemente a Anna que nasceo a trinta de Setembro filha
de Jose Pereira e Anna Maria neta paterna de Manoel Jose Pereira
e Rita Gomes e materna de Jose de Abrantes e Josefa Maria-
forão Padrinhos Joaquim Jose Pereira e Maria
Domingues, Thios paternos da Baptisada todos de Pardieiros-
De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 186:
"Montefrio
Antonio filho de Jose
Pinto e Maria Rosaria"
"Aos onse de Novembro de mil oitocentos quarenta e nove
baptisei Solenemente a Antonio que nasceo a
vinte de Agosto filho de Jose Pinto e Maria
Rosaria do Montefrio neto paterno de Manoel Pinto
e Josefa Nunes do Salgueiro de Folques, e materno de Jose
Nunes e Rosalia Maria do Montefrio forão Padrinhos
Antonio Nunes Paulo e Anna [???] do Salgueiro De que
fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 187:
"Montefrio
Maria de Nasareth
filha de Jose Luis e
Joanna Maria"
"Aos vinte e tres de Dezembro de mil oitocentos quarenta
e nove baptisei Solenemente a Maria
de Nasareth que nasceo a dose do mesmo filha de
Jose Luis e Joanna Maria do Montefrio, neta
paterna de Jose Luis e Antonia Joaquina do mesmo
logar, e materna de Jose Pedro [???]
Theresa Maria do Sobral gordo-forão Padrinhos
Antonio Martins e Maria Garcia so Sapinho De
que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 187:
"Montefrio
Maria do Nascimento
filha de Niculao
Antonio e Maria Rita"
"Aos vinte e cinco de Dezembro de mil oitocentos
e quarenta e nove baptisei Solenemente a Maria
do Nascimento que nasceo a desasseis filha
de Niculao Antonio e Maria Rita do Montefrio, neta
paterna de Jose Antonio e Maria Rita d'Avelheira,
e materna de Manoel Nunes Castelhano e Maria
Lopes do Montefrio-forão Padrinhos Antonio
Marthins e Maria Garcia do Sapinho-De
que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 187:
"Montefrio
Antonio filho de
Manoel Martins e
Anna Isabel
obit em 29 d'agosto
de 1851 Livro dos
obitos [???]
e verso"
"Aos tres dias de Fevereiro de mil oitocentos e cincoenta baptisei
Solenemente a Antonio que nasceo a nove de
Janeiro, filho de Manoel Martins e Anna Isabel do Montefrio
neto paterno de Manoel Martins e Anna Maria do
mesmo lugar, e materno de Francisco Simões, e Isabel
Nunes da Bemfeita Fui eu o Padrinho, e Maria Nunes
a Madrinha. De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 187:
"Pardieiros
Jose filho de Antonio
Francisco Antunes e Anna
Maria"
"Aos des de Fevereiro de mil oitocentos e cincoenta baptisei
Solenemente a Jose que nasceo a cinco do mesmo filho
de Antonio Francisco Antunes e Anna Maria-neto paterno
de Jose Francisco e Maria Antunes e materno de Manoel Antunes
e Maria Francisca-Forão Padrinhos Luis Francisco Antunes [???]
[???] Avó paterna - todos de Pardieiros De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 187:
"Montefrio
Anna filha de
Jose Nunes do Patheo
e Maria Nunes"
"Aos tres de Marco de mil oitocentos e cincoenta baptisei Solenemente
a Anna que nasceo a desoito de Fevereiro filha de Jose Nunes do
Patheo e Maria Nunes neta paterna de Jose Nunes do Patheo e
Maria Josefa já Defuntos do Montefrio e materno de Antonio
Francisco e Anna Bras do Covão de Arganil - Forão Padrinhos
Manoel Nunes e Joanna da Conceição do Montefrio De que fis
este assento O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 188:
"Montefrio
Jose filho de
Joaquim Martins
e Maria Isabel
obit em 1º de Maio
de 1850 Livro dos obitos"
"Aos sete de Abril de mil oitocentos e cincoenta baptisei Solenemente
a Jose que nasceo a sete de Marco filho de Joaquim Martins e Maria
Isabel-neto paterno de Manoel Martins e Anna Maria todos
do Montefrio-e materno de João Nunes Lopes e Maria Rita da
Moura-Forão Padrinhos Antonio Luis Nunes Solteiro do Montefrio
e Maria Rita da Moura. De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 190:
"Montefrio
Maria d'Assumpção
filha de Manoel Luis Nunes
e Luisa da Crus"
"Aos nove de Maio de mil oitocentos e cincoenta baptisei Solenemente
a Maria de Assumpção nasceo a vinte e oito de
Abril, filha de Manoel Luis Nunes e Luisa da Crus, neta paterna
de Jose Luiz e Antonia Joaquina todos do Montefrio,
e materna de Jose da Crus e Luisa de Paiva das
Torroselas de Arganil Forão Padrinhos Jose Luiz Nunes
e [???] Maria do Montefrio-De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 192:
"Montefrio
Jose filho de Francisco
Pinto e Margarida
Rosalia"
"Aos onse de Agosto de mil oitocentos e cincoenta baptisei
Solenemente a Jose que nasceo de vinte e tres de Julho
filho de Francisco Pinto e Margarida Rosalia do Montefrio-
neto paterno de Manoel Pinto e Josefa Nunes do
Salgueiro e materno de Jose Nunes e Rosalia Maria. forão
padrinhos Jose Pinto e Maria Rosalia todos do
Montefrio-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 196:
"Montefrio
Jose filho de
Manoel Nunes das Penedas
e Anna Maria"
"Aos vinte e dois de Dezembro de mil oitocentos e cincoenta baptisei
Solenemente a Jose que nasceo a desanove
filho de Manoel Nunes das Penedas e Anna Maria, neto
paterno de Jose Nunes e Anna Maria e materno
de Manoel Martins e Anna Maria-forão Padrinhos
Manoel Luis Nunes e Joanna da Conceição todos
da Bemfeita digo todos do Montefrio-De que fis este
assento O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 196:
"Montefrio
Anna filha de
Antonio Nunes e Maria
Luiza"
"Aos vinte e seis de Dezembro de mil oitocentos e cincoenta
baptisei Solenemente a Anna que nasceo a
onse filha de Antonio Nunes e Maria Luisa neta
paterna de Jose Nunes e Luisa Maria e materna
de Luisa Maria Solteira-forão Padrinhos Manoel
Luis Nunes e Joanna da Conceição todos do
Montefrio-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 198:
"Montefrio
Jose filho de Pedro Nunes
Peralta e Luisa Maria
obit em 26 de
Julho de 1851
Livro dos obitos folhas
50"
"Aos nove de Fevereiro de mil oitocentos e cincoenta e um
baptisei Solenemente a Jose que nasceo a trinta e um de
Dezembro filho de Pedro Nunes Peralta, e Maria Theresa
neto paterno de Manoel Nunes Peralta e Luisa Maria
do Montefrio-e materno de Pedro Jose e Maria
Theresa-Forão Pasrinhos João Raiz Moça e Anna
de Jesus-todos de Pardieiros-De que fis este assento-
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 198:
"Montefrio
Anna filha de João
Ribeiro e Josefa Maria"
"Aos vinte e tres de Fevereiro de mil oitocentos e cincoenta e um baptisei
Solenemente a Anna que nasceo a dose do mesmo filha
de João Ribeiro e Maria Josefa Pinto neta paterna de
Antonio Ribeiro e Josefa Maria do mesmo lugar, e materna
de Manoel Pinto e Josefa Nunes do Salgueiro de Folques Forão
padrinhos jose Pinto e Maria do Rosario do Montefrio
De que fis este assento O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 198:
"Pardieiros
Antonio filho de Jose
Francisco Antunes e Maria
do Rosario"
"Aos seis de Marco de mil oitocentos e cincoenta e um baptisei Solenemente
a Antonio que nasceo a quinse de Fevereiro filho
de Jose Francisco Antunes e Maria do Rosario, neto paterno
de Jose Francisco e Maria Antunes, e materno de
Jose Quaresma Duarte e Maria Rita da Costa-Forão
Padrinhos Albino Fernandes e Anna Rita Reis
dos Pardieiros De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 200:
"Sardal
Antonio filho de Jose Duarte
e Maria Nunes
obit em 10 de março
de 1851 Livro dos
obitos folhas 51 e
verso"
"Aos vinte e cinco de Marco de mil oitocentos
e cincoenta e um baptisei Solenemente a
Antonio que tinha nascido a desaseis do referido
filho de Jose Duarte e Maria Nunes do Sardal
neto paterno de Jose Duarte e Maria Rita da
Costa de Pardieiros e materno de Jose Gonsalves e
Maria Nunes do Sardal forão Padrinhos Jose Goncalves e Maria Goncalves do [???] Sardal tios do
[???] - De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 200:
"Montefrio
Anna filha de Joaquim
Martins e Maria
Isabel"
"Aos desasseis de Junho de mil oitocentos e cincoenta e
um baptisei Solenemente a Anna que nasceo
a vinte e nove de Marco filha de Joaquim Martins
e Maria Isabel, neta paterna de Manoel Marthins
e Anna Maria todos do Montefrio, e materna
de João Nunes Lopes e Maria Rita da Moura
forão Padrinhos Antonio Luis Nunes e Maria
Rita da Moura De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 201:
"Pardieiros
Maria da Gloria, filha de
Jose Quaresma Nunes e Maria
da Nasareth"
"Aos des d'Agosto de mil oitocentos e cincoenta e um baptisei
Solenemente a Maria da Gloria que nasceo a vinte e cinco
de Julho, filha de Jose Quaresma Nunes e Maria de
Nasareth, de Pardieiros neta paterna de Jose Quaresma
da Fonte e Isabel Nunes de Pardieiros, materna
de Jose Garcia e Maria do Rosario. Forão
Padrinhos os Thios [???] Antonio Soares, e Avó materna
todos da Dreia-De que para constar fis este
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 202:
"Montefrio
Maria filha de Jose
Francisco e Rita Maria
[???] Jose filho de Jose Quaresma
vai o assento no
livro de 1875 com o Nº"
"Aos desanove dias de Agosto de mil oitocentos e cincoenta e um
baptisei Solenemente a Maria que nasceo
a seis do mesmo filha de Jose Francisco e Rita Maria
neta paterna de Manoel Francisco e Maria Nunes Relvas
todos do Montefrio e materna de Manoel Antonio e Josefa
Maria do Demieiro - Forão Padrinhos Luiz Neves
e Maria de Jesus Thios maternos De que para constar
fis este
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 203:
"Montefrio
Jose filho de
Manoel Luis e Luisa
da Crus"
"Aos cinco de dias de Setembro de mil oitocentos e cincoenta um baptisei
Solenemente a Jose que nasceo a desoito de Julho
filho de Manoel Luis das Penedas e Luisa da Crus,
neto paterno de Jose Luis e Antonia Joaquina do Montefrio -
materno de Jose da Crus e Luisa de Paiva
das Torroselas Forão Padrinhos Jose Luis Thio
Maria Garcia do Sapinho da Bemfeita De que para
constar fis este
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 204:
"Pardieiros
Maria do Patrocinio
filha de Antonio Nunes
e Joaquina Maria"
"A dose d'Outubro de mil oitocentos e cincoenta
e um baptisei Solenemente a Maria do Patrocinio que
nasceo a vinte a sete d'Agosto, filha de Antonio Nunes do
Fundo e Joaquina Maria de Pardieiros-neto paterna de
Manoel Nunes e Emilia Maria todos do Pardieiros, e materna
de João Nunes e Maria Theodora de Pai das donas-
Forão Padrinhos de Manoel Simoes e Maria
Isabel de Pardieiros De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 204:
"Montefrio
Rita filha de Jose
Francisco e Antonio Maria"
"Aos dose de Setembro de mil oitocentos e cincoenta e um baptisei
Solenemente a Rita que nasceo a vinte e nove de Julho
filha de Jose Francisco Carpinteiro, e Antonia Maria neta paterna
de Luisa Maria Solteira do Montefrio e materna de Antonio
Luis e Maria João da Teixeira-Forão Padrinhos Manoel Luis
Nunes e Joanna da Conceição do Montefrio-De que para constar
fis este
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 204:
"Montefrio
Manoel filho de
Manoel Luis Nunes
e Joanna da Conceição
obit no 1º de Maio
de 1852 Livro dos obitos
folhas 460"
"Aos vinte e seis de Setembro de mil oitocentos e cincoenta e um baptisei
Solenemente a Manoel que nasceo a desaseis, filho de Manoel
Luis Nunes e Joanna da Conceição e neto paterna de Antonio Luis
e Anna Nunes, todos do Montefrio materno de João
Nunes e Joanna Goncalves das Corgas de Pomares-Forão Padrinhos
o Thio Francisco Maria e a Avó Anna Nunes do
Montefrio-De que pa constar fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 204:
"Montefrio
Antonio filho de Jose
Luis e Joanna Maria"
"Aos vinte e seis de Setembro de mil oitocentos e cincoenta e um
baptisei Solenemente a Antonio que nasceo a oito filho
de Jose Luis e Joanna Maria, neto paterno de Jose Luis
e Antonia Joaquina todos do Montefrio e materno de Jose Pedro e Maria
Theresa do Sobral gordo de Pomares Forão Padrinhos
Antonio Martins do Sapinho e Maria Garcia - De que pa
constar fis este
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 207:
"Pardieiros
Jose filho de
Jose Pereira e Anna
Maria"
"Aos vinte e tres de Novembro de mil oitocentos e cincoenta e um baptisei
Solenemente a Jose que nasceo a oito filho de Jose
Pereira e Anna Maria-neto paterno de Manoel
Jose Pereira e Rita Gomes, e materno de Jose de Abrantes e
Josefa Maria-forão Padrinhos Jose Pedro e Josefa Maria
todos de Pardieiros-De que para constar fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 207:
"Montefrio
Angela filha de
Antonio Martins e
Rita Maria"
"Aos vinte de Desembro de mil oitocentos e cincoenta e um baptisei
Solenemente a Angela que nasceo de vinte e nove de Novembro
filha de Antonio Martins e Rita Maria, neta paterna de
Manoel Martins e Anna Maria do Montefrio e materna
de Antonio Nunes e Engracia Maria do Montefrio. Forão
Padrinhos Manoel Fernandes e Angela Maria do Monte
Redondo - De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 210:
"Montefrio
Jose filho de Jose Antonio
Nunes e Maria Nunes"
"Aos vinte e oito de Marco de mil oitocentos e cincoenta
e dois baptisei Solenemente a Jose
que nasceo a vinte e dois, filho de Jose Antonio
Nunes e Maria Nunes neta paterno de Antonio
Luis e Anna Nunes do Montefrio, e materno
de Manoel Lopes e Maria Nunes de Pardieiros Forão
Padrinhos Antonio Luis Nunes e Joaquina
Maria Thios paternos do Montefrio De que
para constar fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 211:
"Pardieiros
Antonio filho de Albino
Fernandes e Anna
Rita obit"
"Aos desasseis de Maio de mil oitocentos e cincoenta e
dois baptisei Solenemente a Antonio que nasceo
a cinco, filho de Albino Fernandes e Anna
Rita de Pardieiros-neto paterno de Marcos Fernandes
e de Leonor Maria da Sorgaçosa e materno de
Jose Quaresma Duarte e Maria Rita da Costa
de Pardieiros-Forão padrinhos Jose Francisco
da Costa e Rita de Jesus do Enxudro, Thios do
Baptisando - De que para constar fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 214:
"Deflores
Maria da Conceição filha
de João das Neves
e Maria Goncalves"
"Aos vinte e nove de Junho de mil oitocentos e cincoenta e dois
baptisei Solenemente a Maria da Conceição que
nasceo a desasseis filha de João das Neves Pimenta
e Maria Goncalves da Deflores-neta paterna de
João das Neves e Maria Gomes da Deflores e materna
de Antonio Gonsalves e Maria Ribeiro da Bemfeita-
Forão Padrinhos João Rita [???] do Baptisando-
De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 216:
"Montefrio
Maria do Rosario
de Jose Pinto e Maria
Rosaria"
"Aos vinte e nove d'Agosto de mil oitocentos
e cincoenta e dois baptisei Solenemente a
Maria do Rosario que nasceo a desanove
do mesmo filha de Jose Pinto e Maria Rosaria
do Montefrio neta paterna de Manoel Pinto e
Josefa Nunes do Salgueiro de Folques e materna de
Jose Nunes e Rosaria Maria Forão Padrinhos Francisco
Pinto e Margarida do Rosario-todos do Monte
frio-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 217:
"Montefrio
Antonio filho de
Rosaria Maria Solteira"
"Aos tres de Outubro de mil oitocentos e cincoenta e
dois baptisei Solenemente a Antonio que nascido havia a oito
dias filho de Rosaria Maria Solteira-neto de
Manoel Joaquim Pinheiro e Maria Gomes do Montefrio-
Forão Padrinhos Jose Joaquim Paulino e Maria
Nunes, Thios maternos do Montefrio De
que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 217:
"Montefrio
Antonio filho de Niculao
Antonio e Maria Rita"
"Aos tres de Outubro de mil oitocentos e cincoenta e dois
pus os Santos Oleos [???] Antonio
que nascido havia a tres [???] filha de
Niculao Antonio e Maria Rita do Montefrio
neto paterno de Jose Antonio e Maria Rita de
Pardieiros e materno de Manoel Nunes Castelhano
e Maria Lopes do Montefrio Forão Padrinhos
Antonio Luis Nunes e Joaquina Maria
do mesmo lugar De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 217:
"Montefrio
Maria da Gloria filha
de Jose Nunes do Patheo
e Maria Nunes"
"Aos trinta e um de Outubro de mil oitocentos e cincoenta
e dois baptisei Solenemente a Maria da Gloria que
nasceo a vinte e um do mesmo filha de Jose
Nunes do Patheo e Maria Nunes, neta paterna
de Jose Nunes e Maria Josefa todos do Montefrio
e materna de Antonio Francisco e Anna
Bras do Covão de Arganil Forão Padrinhos
Manoel Luis Nunes e Joanna da Conceição do
Montefrio De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 219:
"Pardieiros
Maria filha de Antonio
Francisco Antunes
e Anna Maria"
"Aos desanove de Desembro de mil oitocentos e cincoenta
e dois baptisei Solenemente a Maria que nasceo
ao primeiro do mes filha de Antonio Francisco
Antunes e Anna Maria neta paterna de Jose
Francisco e Maria Antunes e materna de Manoel
Antonio e Maria Francisca Forão Padrinhos
Joaquim Antonio e Josefa Maria Thios maternos
todos da Bemfeita-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 220:
"Montefrio
Joaquina filho de
João Ribeiro e
Maria Pinto"
"Aos nove de Janeiro de mil oitocentos e cincoenta
e tres baptisei Solenemente a Joaquina
que nasceo a vinte e oito de Desembro filha
de João Ribeiro e Maria Pinto e neta paterna
de Antonio Ribeiro e Josefa Maria do Montefrio
e materna de Manoel Pinto e Josefa Nunes do
Salgueiro - Forão PadrinhosManoel Martins e Anna
Nunes do Montefrio-De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 221:
"Montefrio
Maria filha de Manoel
Maria e Anna
Nunes"
"Aos trese de Marco de mil oitocentos e cincoenta e tres
baptisei Solenemente a Maria que nasceo a trese
de Fevereiro filha de Manoel Martins e Anna Nunes
do Montefrio neta paterna de Manoel Martins e
Anna Maria do mesmo Lugar e materna de
Manoel Pinto e Anna Nunes do Salgueiro - Fui
eu Padrinho e Maria Nunes viuva da Bemfeita
Madrinha De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 222:
"Montefrio
Antonio filho de Francisco
Pinto e Margarida Rosaria"
"Aos vinte e quatro de Abril de mil oitocentos e cincoenta
e tres baptisei Solenemente a Antonio que
nasceo a seis filho de Francisco Pinto e Maria
Garcia do Rosario do Montefrio neto paterno de
Manoel Pinto e Josefa Nunes do Salgueiro de Folques
e materno de Jose Nunes e Rosaria Maria do Montefrio-
Forão Padrinhos Jose Pinto e Maria Rosario
seus Thios do Montefrio-De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 223:
"Montefrio
Anna filha de
Manoel Luis das Penedas
e Luisa da Crus"
"Ao primeiro de Maio de mil oitocentos e cincoenta
e tres baptisei Solenemente a Anna que nasceo
a vinte e sete d'Abril filha da Manoel
Luis das Penedas e Luisa da Crus neta paterna
de Jose Luis e Antonia Joaquina todos do Montefrio
e materna de Jose da Crus e Luisa da Crus
das Torroselas d'Arganil-Forão Padrinhos Antonio
Martins e sua mulher Maria Garcia do Sapinho
De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 226:
"Pardieiros
Maria filha de Joaquim
Antonio e Josefa
Maria"
"Aos quatro de Setembro de mil oitocentos
e cincoenta e tres pôs os Santos Oleos a [???]
[???] Maria que nasceo a trese de
Agosto filha de Joaquim Antonio e Josefa
Maria neta paterna de Manoel Antonio
e Maria Francisca materna de Jose de
Abrantes e Josefa Maria todos de Pardieiros
Forão Padrinhos Antonio Francisco e
Maria Gomes de Pardieiros De que fis este
assento O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 226:
"Montefrio
Jose filho de Manoel
Luis Nunes e Joanna
da Conceição"
"Aos vinte de Novembro de mil oitocentos e cincoenta
e tres baptisei Solenemente a Jose que
nasceo de nove filho de Manoel Luis Nunes e
Joanna da Conceição, neto paterno de Antonio
Luis e Anna Nunes todos do Montefrio
e materno de João Nunes, e Joanna Goncalves
das Corgas de Pomares-Forão Padrinhos Francisco
Solteiro Thio Paterno e a Avó Paterna De que
fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 228:
"Montefrio
Joaquim filho de
Antonio Nunes e Maria
Luisa"
"Aos vinte e seis de Desembro de mil oitocentos e cincoenta
e tres baptisei Solenemente a Joaquim
que nasceo a des do mesmo filho legitimo
de Antonio Nunes e Maria Luisa-neto paterno
de Jose Nunes e Luisa Maria e materna
de Luisa Maria Solteira-Forão Padrinhos Joaquim
Nunes e Maria martins Solteiros-todos do
Montefrio De que fis este assento
O Vigario Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 229:
"Relva Velha
Francisco filho de Manoel
Nunes e maria Nunes"
"No primeiro de Janeiro de mil oitocentos e cincoenta
e quatro baptisei Solenemente a Francisco que nascei
a vinte e sete de Desembro filho de Manoel Nunes
e Maria Nunes da Relva Velha neto paterno de
Jose Nunes e Josefa Nunes do Tojo e materno de Antonio
Luis e Anna Nunes-Forão Padrinhos Jose
Antonio Nunes e Maria todos do Montefrio De
que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 230:
"Montefrio
Anna filha de
Jose Francisco Relvas
e Rita Maria"
"Aos quinse de Fevereiro de mil oitocentos e cincoenta
e quatro baptisei Solenemente a Anna
que nasceo a vinte e sete de Janeiro filha
de Jose Francisco Relvas e Rita Maria neta
paterna de Manoel Francisco e Maria Nunes
Relvas todos do Montefrio e materno de
Manoel Antonio e Josefa Maria Forão Padrinhos
Luis Nunes e Josefa da Costa thios
maternos todos estes da Bemfeita De que
fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 231:
"Montefrio
Maria filha de Antonio
Luis Nunes e Joaquina
Gomes"
"Aos vinte e seis de Fevereiro de mil oitocentos e cincoenta
e quatro baptisei Solenemente a Maria
que nasceo a desasseis do mesmo filha
de Antonio Luis Nunes e Joaquina Gonsalves
do Montefrio neta paterna de Antonio Luis
e Anna Nunes do mesmo logar e materna
de Joaquim Jose e Anna Gonsalves da Relva
Velha Forão Padrinhos Francisco Nunes
thio materno e sua Avó materna Anna Gonsalves
De que fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 232:
"Montefrio
Jose filho legitimo
de Joaquim Martins
e Maria Isabel"
"Aos vinte e quatro d'Abril de mil oitocentos e cincoenta
e quatro baptisei Solenemente a Jose que nasceo a vinte
e oito de Março e filho de Joaquim Martins e Maria
Isabel, neto paterno de Manoel Martins e Anna Maria
todos do Montefrio, e materno de João Nunes e Maria
Rita da Moura d'Avô - Forão Padrinhos
Antonio Luis Nunes e Joaquina Goncalves do Montefrio
De que para constar fis este assento
O Parocho Antonio das Neves Sousa Pimenta"

Página 234 e 235:
"Pardieiros
Maria filha
de Jose Francisco
Antunes
obit"
"Aos vinte e oito do mes de Maio de mil oitocentos
e cincoenta, e quatro baptisei Solenemente a Maria que
tinha nascido a trese do dito mes e anno filha legitima de
Jose Francisco Antunes e de Maria do Rosario ambos dos Pardieiros
Neta Paterna de Jose Francisco e Maria Antunes ambos do
dito Lugar dos Pardieiros: Materna neta de Jose Duarte
Duarte e Maria Rita da Costa elle dos Pardieiros
e ella do Sardal. Padrinhos Thio Joaquim Quaresma, e
Maria filha de Joaquim Quaresma ambos da Sorgaçosa: para constar
fis este e [???] era ut supra O Parocho Interino
Manoel Duarte dos Santos"

Página 236:
"Monte Frio
Anna filha
de Jose Luis
e Joanna Maria"
"Aos vinte e nove dias do mes de Junho de mil oitocentos
e cincoenta e quatro baptisei Solenemente a Anna que
tinha nascido a vinte e dois do dito mes, anno filha
legitima de Jose Luis e de Joanna Maria. Neta Paterna
de Jose Luis, e Antonia Joaquina todos do Monte frio. Materna Neta de
Jose Pedro e de sua mulher Theresa de Sobral gordo de Pomares
Padrinho Antonio Martins Maria Garcia [???]
e para constar fis este assento era ut
supra O Parocho
Manoel Duarte dos Santos"

Página 237:
"Monte Frio
Joaquim
filho de
Manoel
Nunes"
"Aos vinte e nove dias do mes de Junho de mil oitocentos
cincoenta e quatro baptisei Solenemente a
Joaquim que tinha nascido a vinte do
dito mes e anno filho legitimo de Manoel Nunes e de
Anna Maria ambos do Montefrio neto Paterno de Jose
Nunes peneda e Luisa Maria esta das Casarias aquelle do
Montefrio: Materno Neto de Manoel Martins Anna Maria
ambos do Montefrio. Padrinhos Antonio Martins e Maria
Garcia da Lomba Aguela para constar fis este assento
era ut supra O Parocho Manoel Duarte dos"

Página 239:
"Monte
Frio
Maria filha
de Jose
Antonio"
"Aos vinte e quatro dias do mes de Setembro de mil oitocentos
cincoenta e quatro baptisei Solenemente [???]
[???] baptisada em casa a Maria que tinha
nascido a dose do dito mes e anno filha de Jose
Antonio Nunes e de Maria Nunes elle do monte frio
ella dos Pardieiros. Neta Paterna de Antonio Luis e de
Anna Nunes elle do monte frio e ella da Relva velha
Materna Neta de Manoel Lopes e Maria Gonsalves
elle do Montefrio ella dos Pardieiros: padrinhos
Antonio Luis Joaquina Gonsalves ambos do Monte frio
e para constar fis este assento era ut supra O Parocho Manoel Duarte"

Página 242 e 243:
"Monte
Frio
Antonio
filho de
Manoel
Luis
Luisa da Crus obit"
"Aos sete dias do mes de Janeiro de mil oitocentos cincoenta
e cinco baptisei Solenemente a que tinha nascido
a vinte oito do mes de Desembro de mil oitocentos
e coatro filho de Manoel Luis e de Luisa
da Crus elle do monte frio, ella de [???]
Torrosellas freguesia de Arganil Neto Paterno
de Jose Luis do Monte frio ella da Moura.
freguesia d'Avô Materno Neto de Jose da Crus
e de Luisa da Crus das Torrosellas freguesia de
Arganil. Padrinhos Jose Luis e Joana [???]
ambos de Monte frio e para constar fis este assento
era ut supra Manoel Duarte dos Santos"

Página 243:
"Monte
Frio
Ajuto"
"Aos Sete dias do mes de Janeiro de mil oitocentos
cincoenta e cinco baptisei
Solenemente a Ajuto que tinha
nascido a trinta e hum de Desembro proximo passado
filho Legitimo de Nicolau Antonio e Maria
Rita elle dos Pardieiros ella nascida
na Sorgaçosa e residente no Monte frio: Neto
Materno de Jose Antonio e Maria Rita ambos
dos Pardieiros: Neto Materno de Manoel
Nunes e Maria Lopes ambos do Montefrio
Padrinhos: Jose João Leitão Maria Bernardo
ambos da Bemfeita para constar fis este assento
era ut supra e Manoel Duarte dos Santos"

Página 243:
"Monte
Frio
Antonia
filha de
João Ribeiro"
"Aos Vinte e hum dias de Janeiro de mil
oitocentos cincoenta e cinco baptisei Solenemente
a Antonia que tinha nascida
a oito de Janeiro filha de João Ribeiro e de
Maria Josefa Pinto elle de Monte frio ella
do Salgueiro freguesia de Folques Neta
Paterna de Antonio Ribeiro e de Josefa Maria
elle de Sebolla ella do Monte frio. Materna Manoel
Pinto e Josefa ambos de Salgueiro. Padrinhos Manoel
Mattias e Anna Nunes ambos de Monte frio e para
constar fis este assento era ut supra
Manoel Duarte"

Página 246:
"Pardieiros
Maria filha
de Antonio
Francisco"
"Aos oito dias do mes de Abril de mil oitocentos
cincoenta e cinco baptisei Solenemente a Maria
que tinha nascido a trinta de Março do mesmo anno
filha de Antonio Francisco e de Anna Maria
ambos dos Pardieiros Neta Paterna de Jose Francisco
e de Maria Antunes ambos dos Pardieiros
Neta Materna Manoel Antonio de Maria
Francisca ambos dos Pardieiros. Padrinhos
Luis Antunes e Maria Antunes Avó ambos
dos Pardieiros e para constar fis este assento era
ut Supra Manoel Duarte dos Santos"

Página 246:
"Pardieiros
Manoel
filho de
Jose Pereira (e Anna Maria)"
"Aos oito dias do mes de Abril de mil oitocentos
cincoenta e sinco baptisei Solenemente a
Manoel que tinha nascido a nove de Marco
do dito anno, filho Legitimo de Jose Pereira e de
Anna Maria ambos dos Pardieiros: Neto Paterno de
Manoel Jose Pereira Rita Gomes ambos dos Pardieiros:
Materno de Jose de Abrantes e de Josefa
Maria ambos dos Pardieiros: Padrinhos João Paulo e
Rita Solteira ambos dos Pardieiros e para constar
fis este assento era ut supra O Parocho
Manoel Duarte dos Santos"

Página 248:
"1855
Pardieiros
Anna filha
de Joaquim
Antonio e
Josefa
Maria"
"Aos vinte e dois dias do mez de Abril de mil
oitocentos cincoenta e sinco annos Nesta
Parochial Egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
baptisei Solenemente e pus os Santos Oleos
a Anna que nasceo a dez de Abril do mesmo
anno filha legitima de Joaquim Antonio do logar
dos Pardieiros, e de Josefa Maria ambos
naturaes desta freguesia Neta Paterna de
Manoel Antonio e de Maria Francisca
do logar de Pardieiros e naturaes desta freguesia
e Materna de José de Abrantes natural da
freguesia de Tabua, e de Josefa Maria
natural desta freguesia da Bemfeita. Forão
Padrinhos Jose Nunes Quaresma da Fonte
e sua mulher Maria de Nasareth ambos
naturaes desta freguesia da Bemfeita e para
a todo tempo constar fiz este assento, que assigno
dia mez era ut supra.
O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 248 e 249:
"1855
Enxudro
Maria
dos Prazeres
filha
Legitima
de Jose Francisco
da Costa e
Rita de Jesus"
"Aos vinte e dois dias do mez de Abril de mil oitocentos
e cincoenta e sinco annos Nesta Parochial Egreja de
Santa Cecilia da Bemfeita baptisei Solenemente e pus
os Santos Oleos Maria dos Prazeres que nasceo a dezasete
de Fevereiro do mesmo anno filha legitima
de Jose Francisco da Costa, e de Rita de Jesus ambos
naturaes desta freguesia Neta Paterna de Jose Francisco,
e Maria Nunes ambos naturaes desta freguesia
e Materna de Jose Doarte, e Maria Rita da Costa
ambos naturaes desta freguesia da Bemfeita. Forão
Padrinhos o Reverendo Vigario da Egreja Antonio
das Neves e Sousa Pimenta natural da Villa de
Coja e Maria Nunes desta freguesia, e para
a todo tempo constar fis este assento, que assignei
dia mez era ut supra
O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 252:
"1855
Pardieiros
Maria da
Conceição filha
legitima de
Albino Fernandes
e de
Anna Rita"
"Aos sete dias do mez de Junho de mil oitocentos e sincoenta e
sinco Nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia da Bemfeita
baptisei Solenemente e pus os Santos Oleos Maria
da Conceição, que nasceo a dezoito de Maio do mesmo anno
filha legitima de Albino Fernandes, e Anna Rita
esta dos Pardieiros e aquelle da Sorgaçosa freguesia de
Santa Luzia de Pomares Neta Paterna de Marcos Fernandes
do lugar do Monteredondo freguesia de Folques
e Lionarda Maria da Sorgaçosa freguesia de Pomares
e Materna de Jose DoArte e Maria Rita da Costa esta do
Sardal e aquelle dos Pardieiros. Forão Padrinhos José Francisco
da Costa e sua mulher Rita dos [???] ambos desta
freguesia da Bemfeita e para a todo tempo constar fiz
este assento que assigno dia mez era ut supra
O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 252:
"1855
Montefrio
Manoel filho legitimo
de Manoel Martins
e de Anna
Nunes"
"Ao primeiro dia do mez de Julho de mil oitocentos e
sincoenta e sinco Nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita baptisei Solenemente a Manoel que
nasceo a treze de Junho do mesmo anno filho legitimo de
Manoel Martins, e de Anna Nunes do lugar do Salgueiro
freguesia de Folques, e elle do Montefrio Neto Paterno
de Manoel Martins, e Anna Maria ambos do Montefrio
e Materno de Manoel Pinto e Josefa Nunes do lugar do Salgueiro
freguesia de Folques. Forão Padrinhos Jose Pinto
e Maria Rosaria sua mulher ambos do Montefrio. E para
a todo tempo constar fis este assento, que assignei dia
mez, era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 252:
"1855
Montefrio
Antonia
filha legitima de
Jose Francisco e
de Antonia Luisa"
"Aos dezanove dias do mez de Agosto de mil oitocentos e sincoenta
e sinco annos Nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita baptisei Solenemente a Antonia
que nasceo a quatro deste mez e anno filha legitima de
Joze Francisco de Montefrio, e de Antonia Luiza do lugar
e freguesia da Teixeira. Neta Paterna de Luisa Maria
do Montefrio, e Materna de Antonio Luis, e de Maria
João esta dos Cavaleiros freguesia de Fajão, e aquelle da Teixeira.
Forão padrinhos Jose Luiz do Montefrio e
Madrinha Joanna do Sobral Gordo freguesia de Pomares, e para
a todo tempo constar fiz este assento que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio Soares
Corrêa"

Página 254:
"1855
Montefrio
Angelica
filha natural de Rita
Dias"
"Aos nove dias do mez de Setembro de mil oitocentos
e sincoenta e sinco annos Nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita baptisei solenemente a Angelica
filha natural de Rita Dias Solteira do Montefrio e Neta
Materna de Manoel Dias do lugar do Barrigueiro freguesia
de Santa Luzia de Pomares, e de Anna Maria do Montefrio.
Forão Padrinhos Jose Antonio Nunes e sua mulher
Maria Nunes de Montefrio e para a todo tempo constar fiz este
assento, que assigno dia mez era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 255:
"1855
Montefrio
Manoel filha legitima
de Antonio Martins
e Rita Maria"
"Aos quatorze dias do mez de Outubro de mil oitocentos e sincoenta
e sinco annos Nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita baptisei solenemente a Manoel que
nasceo a quattro do dito mez, e anno filho legitimo de Antonio
Martins, e Rita Maria do Montefrio. Neto Paterno de Manoel
Martins, e Anna Maria do mesmo lugar do Montefrio
e Materna d'Antonio Nunes, e Engracia Maria do MonteRedondo
freguezia de Folques. Forão Padrinhos Manoel Martins,
e Maria Lopes Solteira do Montefrio, e para a todo o tempo
constar fis este assento que assigno dia mez era ut supra.
O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 257:
"1855
Pardieiros
Maria filho
de Jose Francisco
e Maria do Rosario"
"Aos seis dias do mez de Dezembro de mil oitocentos
e sincoenta e sinco annos Nesta Parochial Egreja de
Santa Cecilia da Bemfeita baptisei solenemente a Maria
que nasceu a onze de Outubro filha legitima de Jose
Francisco Antunes e Maria do Rosario dos Pardieiros
Neta Paterna de Jose Francisco e Maria Antunes dos
Pardieiros, e Materna de José Doarte, de Pardieiros, e
Maria da Costa de Sardal. Padrinhos Joaquim
Quaresma e sua mulher Antonia do Carmo da Sorgaçoza
freguesia de Pomares, e para constar fiz este assento
que assigno dia mez era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 258:
"1855
Montefrio
Jose filho de
José Nunes e Maria
Josefa"
"Aos dezaseis dias do mez de Dezembro de mil oitocentos
e sincoenta e sinco annos Nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da Bemfeita baptisei solenemente a José que nasceo
dia trinta de Novembro do mesmo anno filho legitimo de José
Nunes e Maria Nunes do Montefrio e Neto Paterno de José
Nunes do Patio e Maria Josefa do Montefrio e Materno de
Antonio Francisco do cazal do Cuvão freguesia de Arganil, e Anna
Bras do mesmo casal do Cuvão. Padrinhos Manoel Luiz
sua mulher Joana da Conceição do Montefrio e para constar
fis este assento, que assigno dia mez, era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 259:
"1856
Montefrio
Antonio filho de
Antonio Luiz Nunes,
e Joaquina
Gonsalves
obit a 22 de
Julho de 1856.
Folhas 415."
"Ao primeiro de Janeiro de mil oitocentos e sincoenta
e seis Annos Nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da Bemfeita baptisei solenemente a Antonio
que nasceo a dezanove de Dezembro de mil oitocentos, e
sicoenta, e sinco filho legitimo de Antonio Luiz Nunes, e
Joaquina Gonsalves do Montefrio Neto Paterno d'Antonio
Luiz, e Anna Nunes do mesmo lugar, e Materno de
Joaquim José, e Anna Gonsalves da Relva Velha Forão
Padrinhos Francisco Nunes tio Paterno, e sua Avó materna
Anna Gonsalves, e para em todo o tempo constar
fiz este assento que assigno dia mez era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 260:
"1856
Deflores
Manoel filho
de João das Neves
Pimenta e Maria
Goncalves
obiit"
"Aos vinte e sinco dias do mez de Março de mil oitocentos
e sincoenta, e seis annos baptisei solenemente a Manoel
que nasceo no dia nove de Março do dito anno
filho legitimo de João das Neves Pimenta ja Defunto e de
Maria Goncalves da Deflores e Neto Paterno de João das Neves
Pimenta, e Maria Gomes da Deflores e materno de Antonio
Gonsalves, e Maria Ribeiro da Bemfeita. Forão Padrinhos
Manoel do Rosario, e sua mulher Clara Delfina de [???] da Bemfeita,
e para constar fis este assento que assigno dia mes e era ut
supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 261:
"1856
Montefrio
Anna filha José
Pinto, e Maria Rosario"
"Aos vinte e sete dias do mez d'Abril de mil oitocentos, e sincoenta
e seis annos baptisei solenemente a Anna, que nasceio a doze de Abril
do mesmo anno filha legitima de José Pinto, e Maria Rosario
do lugar do Montefrio: neta Paterna de Manoel Pinto do lugar
do Salgueiro e de Josefa Nunes do mesmo lugar e da Freguesia de
Folques. e materna de José Nunes e Rosaria Maria, esta do
Montefrio, e aquelle do lugar da Surgaçosa freguesia de Santa Luzia
de Pomares. Forão Padrinhos Manoel Martins, e sua mulher
a Anna Nunes do Montefrio. E para em todo o tempo constar fis
este que assigno dia mez era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 262:
"1856
Montefrio
Maria de Nasareth
filha de Manoel Luis e
Luisa da Cruz"
"Aos seis dias do mez de Julho de mil oitocentos, e sincoenta
e seis annos baptisei solenemente a Maria de Nasareth filha
de Manoel Luiz e Luisa da Crus do Montefrio, neta
paterna de José Luiz do Montefrio e de Antonia Joaquina
da Moura freguesia de Avô e materna de José da Cruz, e
Luisa Paiva ambos das Torrosellas freguesia de Arganil
Padrinhos jose Luiz, e sua mulher Joana Maria tios da
baptisada do lugar do Montefrio E para em todo o
tempo constar fis este assento que assigno dia mez, era
ut supra. O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 262 e 263:
"1856
Enxudro
Antonio filho de
Jose Francisco da Costa
e Rita de Jesus
A Emenda
que [???]
Teixeira"
"Aos nove dias do mez de Julho de mil oitocentos, e
sincoenta e seis annos baptisei de baixo de [???]
a Antonio que nasceo a seis de Junho do dito
anno filho legitimo de Jose Francisco da Costa
e de Rita de Jesus do Enxudro: neto paterno
de Jose Francisco do Sardal e Maria Nunes do
Enxudro, e materno de Jose Doarte, e Ma
Maria Rita da Costa do Sardal, ella, e ella dos
Pardieiros-Padrinhos O Reverendo Vigario da
Ega, e natural da Villa de Coja, e para este tocou
por procuração Manoel Francisco e sua mulher
Maria Rita tios do baptizado do lugar
do Porto Castanheiro freguesia da Teixeira
E para em todo o tempo constar fiz, este assento
que assigno dia mez era ut supra O
Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 263:
"1856
Deflores
João filho de Jose
Francisco e Maria
Josefa"
"Aos vinte dias do mez de Julho de mil oitocentos, e
sincoenta e seis annos Nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da Bemfeita baptisei solenemente, mas
de baixo de [???] por ter sido baptisado em casa
a João que nasceo a vinte e quatro do mez de Junho
do dito anno filho legitimo de Jose Francisco e Maria
Josefa da Deflores neto paterno de Manoel Francisco
do Montefrio e Maria Teresa da Cerdeira; e materna de
Manoel Joaquim da freguesia da Cerdeira e Josefa Maria
do cazal da Barreira [???] desta freguesia da Bemfeita
Forão Padrinhos Joaquim Antonio e sua mulher Maria
Teresa tios do baptizado do mesmo lugar da Deflores
E para em todo o tempo constar fis este assento que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio
Soares Corrêa"

Página 264:
"1856
Montefrio
Antonio filho
de Manoel Luiz
Nunes e Joana
da Assumpsão"
"Aos dez dias do mez de Agosto de mil oitocentos, e
sincoenta e seis annos baptisei solenemente a Antonio
que nasceo a vinte e seis de Julho do referido anno
filho legitimo de Manoel Luis Nunes e de Joana
da Assumpsão do Montefrio neto Paterno de
Antonio Luiz do Montefrio e Anna Nunes
da Relva Velha e materno de João Francisco do
lugar das Corgas e de Joana do Sobral gordo freguesia
de Pomares Forão Padrinhos Antonio Luis
e sua mulher Joaquina tios do baptisado E para
em todo o tempo constar fiz este assento que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio Soares
Corrêa"

Página 268:
"1856
Montefrio
Thereza de
Jesus filha de
Antonio Nunes e Maria
Luiza"
"Aos vinte e oito dias do mez de Dezembro
de mil oitocentos, e sincoenta e seis annos baptisei
solenemente a Thereza de Jesus filha legitima
de Antonio Nunes, e Maria Luiza do Montefrio:
neta paterna de José Nunes do Montefrio e Luiza
Maria do Sardal, e materna de Luiza Maria
do Montefrio Forão Padrinhos eu Antonio
Soares Corrêa Parocho actual desta freguesia e della
natural, e minha irmam Maria de Nazareth e os Pardieiros
E para constar fiz este assento que assigno dia
mez era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 270:
"1857
Montefrio
Boaventura
filha
de Maria Isabel"
"Aos oito dias do mez de Fevereiro de mil oitocentos e sincoenta
e sete annos baptisei solenemente a Boaventura, que nasceo
a um de Fevereiro do dito anno filho natural de Maria
Isabel [???] do Montefrio, neto paterno de João Lopes, e Maria
Isabel da Moura freguesia d'Avô. Forão Padrinhos
Manoel Luiz Nunes, e sua mulher e Joana da Conceição
de Montefrio. E para a todo o tempo constar fis este
que assigno dia mez era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 271:
"1857
Montefrio
Manoel filha
Manoel Martins
e Maria Rita"
"Aos nove dias do mez de Fevereiro de mil oitocentos e
sincoenta e sete baptisei solenemente a Manoel que
nasceo a dois do dito mez filho legitimo de Manoel Martins
e Maria Rita do Montefrio neto paterno de
de Joaquim Lopes da Moura freguesia de Avô e Maria
Lopes do Montefrio, e materno de Domingos Marques
do Sobral Magro, e Anna Rita do Barrigueiro ambos da
freguesia de Pomares Forão Padrinhos Jose Marques e
sua mulher Isidora Maria do Montefrio. E para a
todo tempo constar fis este que assigno dia mes
era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 274:
"1857
Montefrio
Rita filha Jose
Francisco e Rita Maria"
"Aos vinte e nove dias do mez de Março
de mil oitocentos e sincoenta e sete baptisei
solenemente a Rita que nasceo a vinte e dois do
dito mez e anno filha legitima de Jose Francisco
Relvas, e Rita Maria aquelle do Montefrio
e esta do Casal do Demieiro[???]: neta
paterna de Manoel Francisco e Maria Nunes
Relvas do Montefrio materno de Manoel Antonio
e Josefa Maria esta da Deflores, aquelle
da Bemfeita Padrinhos Luiz Nunes e sua
mulher Josefa da Costa da Bemfeita tios do maternos da
baptisada E para a todo o tempo constar fis este que assigno
dia mes era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 274:
"1857
Montefrio
Manoel filho
de Gerindo
Gonsalves e Maria
Martins"
"Aos vinte e nove dias do mez de Março de mil oitocentos
e sincoenta e sete baptisei solenemente a Manoel
que nasceo a vinte e quatro do dito mez e anno filho legitimo
de Gerindo Gonsalves, e Maria Martins do Montefrio
neto paterno de Josefa Maria de Montefrio, e
materno de João Lopes digo de Joaquim Lopes, e Maria
Lopes Costa do Montefrio aquelle da Moura freguesia
d'Avô Padrinhos [???]
[???]
[???] E para a todo o tempo constar
fis este que assigno dia mes era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 275 e 276:
"1857
Montefrio
João filho de Niculao
Antonio
Maria Rita"
"Aos vinte e seis de Abril de mil oitocentos e sincoenta
e sete baptisei solenemente a João, que nasceo
a desoito do dito mez e anno filho legitimo de Nicolao
Antonio e Maria Rita do Montefrio: neto paterno
de Jose Antonio e Maria Rita dos Pardieiros e materno
de Manoel Lopes Castelhano e Maria Lopes aquelle
da Sorgaçosa freguesia de Pomares, e aquella
do Montefrio. Padrinhos José Antunes
Leitão e sua mulher Maria Bernarda da Bemfeita
E para em todo o tempo constar fis este assento,
que assigno dia mes era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 277:
"1857
Pardieiros
Maria Antonia
filha de
José Francisco Antunes
e Maria
do Rosario"
"Aos quatorse dias do mez de Junho de mil oitocentos
e sincoenta e quatro digo e sete annos baptisei solenemente
a Maria Antonia que nasceo no primeiro
dia deste mez filho legitimo de José Francisco
Antunes e Maria Rosario de Pardieiros: neta paterna
de José Francisco e Maria Antunes dos Pardieiros
e materno de José Duarte de Pardieiros, e Maria da
Costa do Sardal. Forão Padrinhos Joaquim Quaresma
e Antonio da Cruz da Sorgaçosa freguesia
de Pomares E para constar fis este que assigno dia
mez era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 278:
"1857
Montefrio
Anna filha
d'Antonio Luiz
Nunes e Joaquim
Gonsalves"
"Aos dois dias do mez do Agosto de mil oitocentos
e sincoenta e sete annos Nesta Parochial Egreja
de Santa Cecilia da Bemfeita baptisei solenemente
a Anna que nasceo a vinte e dois de Julho, do dito
anno filha legitima d'Antonio Luiz Nunes e Joaquina
Gonsalves do Montefrio neta paterna de
Antonio Luiz e Anna Nunes do lugar do Montefrio
e materna de Joaquim José, e Anna Gonsalves
da Relva Velha, e aquelle do Tojo freguesia do Piodam.
Padrinho Francisco Luiz Nunes este Solteiro
e Maria Nunes esta casada tios do baptisado, e do Monte
frio E para em todo o tempo constar fis este que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio
Soares Corrêa"

Página 279 e 280:
"1857
Pardieiros
Duarte filho
natural de Maria
Rosaria [???]"
"Aos onze dias do mez de Outubro de mil oitocentos e
sincoenta e sete annos baptisei solenemente a Duarte,
que nasceo no primeiro deste mez e anno filho
natural de Maria Rosaria de Pardieiros, solteira: neto materno
de digo materno de Manoel João Lopes, Antonia Maria
esta do Montefrio, e aquelle de Pardieiros Padrinhos
José Antonio Solteiro, e sua irmam Maria Luzia tambem
solteira de Pardieiros E para constar fis este que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 281:
"1857
Montefrio
Dionyzio filho
de Manoel Luiz
e Luiz da Cruz"
"Aos vinte e dois dias do mez de Novembro de mil oitocentos
e sincoenta, e sete annos baptisei solenemente a Dionizio
que nasceo a quatro deste mez de Novembro filho
legitimo de Manoel Luiz e Luiza da Cruz do
Montefrio: neto paterno de Jose Luiz do Montefrio e
e Antonia Joaquina da Moura freguesia d'Avô, e materno
de José da Cruz das Torrosellas freguesia d'Arganil e Luiza
de Paiva do mesmo lugar e freguesia. Forão Padrinhos
José Luiz e sua mulher Joana Maria tios paternos do baptizado
e do Montefrio E para constar fiz este que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio Soares
Corrêa"

Página 283:
"1858
Pardieiros
Maria filha
de Joaquim
Antonio, e Josefa
Maria"
"Aos catorze dias do mez de Fevereiro de mil oitocentos,
e sincoenta e oito annos baptisei solenemente
a Maria, que nasceo a vinte e sete de Janeiro
do referido anno filha legitima de Joaquim Antonio
e Josefa Maria de Pardieiros: neta paterna de Manoel
Antonio, e Maria Francisca de Pardieiros, e materna
de José d'Abrantes e Josefa Maria de Pardieiros
Forão Padrinhos Luiz Antonio e sua
mulher Maria Gomes do mesmo lugar E para em
todo o tempo constar fiz que assigno dia mez era ut
supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 283:
"1858
Pardieiros
Antonio filho
de Antonio Francisco
Antunes, e Anna
Maria"
"Aos quatorse dias do mez de Março de mil oitocentos
e sincoenta e oito annos baptisei solenemente a Antonio
que nasceo a quatro deste mez de Março do mesmo anno
filho legitimo de Antonio Francisco Antunes e Anna Maria
dos Pardieiros neto paterno de José Francisco, e Maria Antunes
do mesmo logar, e materno de Manoel Antonio
e Maria Francisca tambem do mesmo logar Forão
Padrinhos Luiz Antunes Solteiro tio paterno do baptisado
e Maria Antunes avô paterna do baptisado
E para em todo o tempo constar fiz este que
assigno dia mez era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 285:
"1858
Monte
frio
Maria
filha de Joaquim
Luiz
e Antonia da
Silva"
"Aos trese dias do mez de Maio de mil oitocentos e sincoenta,
e oito annos baptisei solenemente a Maria
que nasceo a trinta d'Abril do dito anno filha legitima
de Joaquim Luiz e Antonia da Silva do Montefrio:
neto paterno de Jose Luiz do Montefrio e
Antonia Joaquina da Moura freguesia d'Avô: materna
de José Lopes e Mariana Nunes do Monte
frio. Forão padrinhos José Luis e sua mulher Anna
Maria do Montefrio tios paternos da Baptisada
E para constar fiz este que assigno dia mez era
ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 285:
"1858
Montefrio
Maria filha
de Francisco
Pinto e Margarida
Rosaria"
"Aos desaseis dias do mez de Maio de mil oitocentos
e sincoenta e oito baptisei solenemente a Maria
que nasceo a quatro do dito mez, filha legitima
de Francisco Pinto e Margarida Rosaria do Monte
frio: neta paterna de Manoel Pinto do Alqueve
freguesia de Folques e Josefa Nunes do Salgueiro
de Folques: e materna de José Nunes da Sorgaçosa
freguesia de Pomares e Rosalia Maria do Montefrio
Padrinhos José Pinto e Maria Rosalia tios da baptisada
e do Montefrio E para constar fiz este que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio Soares
Corrêa"

Página 286:
"1858
Enxudro
José filho
de José da Costa
e Rita de Jesus"
"Aos quatro dias do mez de Julho de mil oitocentos
e sincoenta e oito annos baptisei solenemente
a José que nasceo a onze do mez de
Junho do dito anno filho de José Francisco
da Costa e Rita de Jesus do Enxudro: neto
paterno de José Francisco do Sardal, e Maria
Nunes do Enxudro: materno de José Duarte
e Maria Rita da Costa esta do Sardal, e
aquelle dos Pardieiros. Forão Padrinhos o
Reverendo Antonio das Neves e Souza Vigario
da Ega e por elle tocou, por procuração
Manoel Francisco e madrinha Maria Rita
do Porto Castanheiro freguesia da Teixeira.
E para constar fiz este que assigno dia mez era
ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 287:
"1858
Montefrio
Maria filha
de Joaquim
Nunes e Rita
Maria"
"Aos onze dias do mez de Julho de mil oitocentos,
e sincoenta, e oito annos baptisei solenemente
a Maria, que nasceo a vinte e seis do mez
de Junho do dito anno filha legitima de Joaquim
Nunes, e Rita Maria do Montefrio: neta
paterna de José Nunes do Montefrio e Luiza
Maria das Casarias freguesia de Pomares e
materna de Manoel Antonio do Barrigueiro
freguesia de Pomares, e Anna Maria do
Montefrio Forão Padrinhos José Antonio e sua
molher Maria Nunes do Montefrio. E para
constar fiz este que assigno dia mez era ut
supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 287:
"1858
Montefrio
Antonio
filho de Manoel
Martins e
Anna Nunes"
"Aos des dias do mez de Agosto de mil oitocentos,
e sincoenta, e oito annos baptisei solenemente
a Antonio, que nasceo a trinta e um de Julho
do dito anno filho legitimo de Manoel Martins
e Anna Nunes do Montefrio: neto paterno
de Manoel Martins do Montefrio, e Anna Maria
da Drêa: materno de Manoel Pinto do
Alqueve, e Josefa Nunes do Salgueiro freguesia de
Folques Forão Padrinhos José Pinto, e sua mulher
Maria Rosaria do Montefrio E para em todo o
tempo constar fiz este que assigno era ut supra O
Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 287:
"1858
Montefrio
Anna filha de
Antonio Martins
e Rita Maria"
"Aos onze dias do mez de Agosto de mil oitocentos e sincoenta,
e oito annos baptisei solenemente a Anna, que nasceo
a oito de Julho do dito anno filha legitima de Antonio Martins
e Rita Maria do Montefrio: neta paterna de Manoel
Martins e Anna Maria esta Drêa aquelle do
Montefrio: e materna d'Antonio Nunes e Engracia
Maria do Monte Redondo freguesia de Folques. Forão
Padrinhos, João Nunes e sua ermam Maria Morgada
ambos solteiros e do mesmo lugar do Monte Redondo
E para constar para o [???] fiz este, que assigno dia mez
era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 289:
"1858
Montefrio
Eugenia filha
natural de Bernardina Maria Solteira"
"Aos tres dias do mez de Outubro de mil oitocentos e sincoenta,
e oito annos Baptisei solenemente, e de baixo de
condição a Eugenia, que nasceo a oito de Setembro do dito
anno filha natural de Bernardina Maria Solteira do Montefrio
neta materna de Manoel Antonio do Barrigueiro
freguesia de Pomares e Anna Maria do Montefrio
Padrinhos Joaquim Antonio e Anna Maria Solteiros tios
da Baptizada e do Montefrio E para constar para o [???]
fiz este, que assigno dia mez era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 292 e 293:
"1859
Deflores
Antonio filha
de Jose Francisco
e Maria Josefa"
"Aos nove dias do mez de Janeiro de mil oitocentos
e sincoenta e oito annos digo e nove annos Baptisei solenemente
a Antonio que nasceo a vinte, e sinco de Desembro
de mil oito centos e sincoenta e oito filho de Jose Francisco
e Maria Josefa da Deflores: neto paterno de Manoel Francisco
do Montefrio e Maria Theresa da Cerdeira: materno de Manoel
Joaquim da Cerdeira, e Josefa Maria da [???] desta freguesia
Padrinhos Joaquim Antonio e sua mulher Maria
Theresa tios paterno do Baptisado, e do Vallado freguesia
d'Avô E para em todo o tempo constar fiz este que
assigno dia mez era ut supra O Parocho Antonio
Soares Corrêa"

Página 292 e 293:
"1859
Montefrio
José filho de
MAnoel Martins,
e Maria Rita"
"Aos vinte, e sinco dias do mez de Janeiro de mil oitocentos e sincoenta
e nove annos baptisei solenemente a José que nasceo
a desoito do dito mez e anno filho de Manoel Martins, e
Maria Rita, esta do Sobral Magro freguesia de Pomares e
aquelle do Montefrio: neto paterno de Joaquim Lopes
e Maria Lopes do Montefrio e materno de Domingos
Marques e Anna Rita ambos do Barrigueiro freguesia
de Pomares. Padrinhos José Marques e [???]
Maria do Montefrio E para constar fiz este que assigno
O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 294:
"1859
Pardieiros
Maria filha
de José Pereira
e Anna
Maria"
"Aos seis dias do mez de Março de mil oitocentos e
sincoenta, e nove annos baptisei solenemente a
Maria, que nasceo a vinte e um de Fevereiro do dito
anno filha legitima de José Pereira, e Anna Maria
dos Pardieiros: neto paterno de Manoel José Pereira
das Luadas, e Rita Gomes dos Pardieiros: e materna de
José d'Abrantes de Vargellas freguesia de Tabua e
Josefa Maria dos Pardieiros Forão Padrinhos Luis
Nunes, e sua mulher Maria Rita dos Pardieiros E
para em todo o tempo constar fiz este que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio Soares
Corrêa"

Página 295:
"1859
Montefrio
Francisco filho
de Jose Pinto e
Maria Rosaria
obit em 22
abril de
1862 Livro dos
obitos"
"Aos vinte, e sete dias do mez de Março de mil oitocentos e sincoenta,
e nove annos baptisei solenemente a Francisco que nasceo a sete deste
mes, e anno, filho legitimo de Jose Pinto e Maria Rosaria do
Montefrio. neto paterno de Manoel Pinto de Alqueve e Josefa Nunes
do Salgueiro ambos da freguesia de Folques e materno de Jose Nunes
da Surgaçosa freguesia de Pomares e Rosalia Maria do
Montefrio Parinhos Francisco Pinto e Margarida Rosaria
do Montefrio E para em todo o tempo constar fiz este que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 297:
"1859
Montefrio
Maria
dos Prazeres
filha de
Manoel Luiz
e Luiza da Cruz"
"No primeiro dia do mez de Maio de mil oitocentos, e sincoenta e
e nove annos baptisei solenemente, a Maria dos Prazeres que
nasceo a vinte, e tres de Abril do dito anno filha legitima de Manoel
Luiz e Luisa da Crus do Montefrio neta paterna de
José Luiz do Montefrio e Antonia Joaquina da Moura freguesia
de Avô, e materno de José da Cruz e Luiza da
Cruz das Torrozellas freguesia de Arganil Padrinhos
José Luiz e sua mulher Isaura Maria tios paternos
da baptisada e do Montefrio E para em todo o tempo constar
fiz este, que assigno dia mez era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 297:
"1859
Montefrio
José filho de
Antonio Luiz
Nunes e Joaquina
Gonçalves"
"Aos vinte e dois dias do mez de Maio de mil oitocentos, e sincoenta,
e nove annos baptisei solenemente, a José, que nasceo
a sinco deste mez e anno filho legitimo de Antonio Luiz Nunes
e Joaquina Gonçalves do Montefrio: neto paterno de Antonio Luiz
e Anna Nunes do Montefrio e materna de Joaquim José do Tojo
freguesia do Piodam, e Anna Gonçalves da Relva Velha e hoje [???]
residentes, Forão Padrinhos José Joaquim Solteiro e sua mãe Anna
Gonçalves Aquelle tio materno do baptisado e este avô E para em
todo o tempo constar fiz este, que assigno dia mez era ut supra
O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 298:
"1859
Pardieiros
Maria da Ressureição
filha de
Joaquim José
e Maria da Assumpção"
"Aos nove dias do mez de Junho de mil oitocentos e
sincoenta, e nove annos baptisei solenemente a
Maria da Assumpção digo da Ressureição filho legitima
de Joaquim José e Maria da Assumpção dos Pardieiros:
neta paterna de Joaquim José do Tojo freguesia do
Piodam, e Anna Gonçalves da Relva Velha: e materna
de Luiz Antonio do Sardal e Maria Gomes dos Pardieiros
a qual nasceo a tres do dito mez, e anno. Forão tio [???]
digo Padrinhos Manoel Luiz, e sua mulher e Maria Luisa
tios maternos da baptisada E para em todo o tempo
constar fiz este, que assigno dia mez, era ut supra
O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 298:
"1859
Montefrio
Firmino
filho de Nicolau
Antonio e Maria
Rita"
"Aos dose dias do mez de Junho de mil oitocentos, sincoenta, e nove
annos baptisei solenemente a Firmino, que nasceo a quinze
de Maio do dito anno filho legitimo de Niculao Antonio e
Maria Rita do Montefrio: neto paterno de Jose Antonio
e Maria Rita dos Pardieiros e materno de Manoel Nunes
das Casarias freguesia de Pomares, e Maria Lopes do
Montefrio. Forão Padrinhos Jose Antunes Leitão, e
sua mulher Maria Bernarda da Bemfeita. E para
em todo o tempo constar fiz este, que assigno dia mez era
ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 299:
"1859
Montefrio
Antonia filha
de José Nunes do
patio e Maria Nunes"
"Aos dés dias do mez de Julho de mil oitocentos, sincoenta, e
nove annos baptisei solenemente a Antonia, que nasceo a vinte,
e tres do mez de Junho do dito anno filho legitimo de José Nunes
do Patio e Maria Nunes do Montefrio: neta paterna de José
Nunes do Montefrio e Maria Josefa de Pardieiros, e materna de
Antonio Francisco do Casal do Covão freguesia de Arganil, e
Anna Nunes do logar do Salgueiro freguesia de Folques Forão
Padrinhos José Pedro e sua irmam Maria Josefa ambos solteiros
e de Montefrio E para constar fiz este, que assigno dia
mez era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 301:
"1859
Pardieiros
Rosalina filha
de Manoel João
Junior, e Maria
da Costa"
"Aos vinte, e oito dias do mez d'Agosto de mil oitocentos,
sincoenta, e nove annos [???]do os Santos Oleos, e[???]
mais cerimonias, que manda o Ritual em Rosalina,
que nasceo em doze do mez de Julho filha legitima de
Manoel João Junior, e Maria da Costa dos Pardieiros:
neta paterna de Manoel João Lopes e Rosalia Maria
esta do Montefrio, e aquelle dos Pardieiros: materna de
Manoel Dias, e Anna da Costa ambos da Balbona freguesia
d'Arganil. Padrinhos José Gonçalves da Fonseca Ribeiro
e sua mulher D Luiza Delfina de Jesus da Bemfeita E para
em todo o tempo constar fiz este, que assigno Era ut
supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 302:
"Relvavelha
Luis filho de
Manoel Nunes e Maria
Nunes
obiito a 19
de Fevereiro de 1867
Livro dos
obitos"
"Aos vinte e tres do mês d'Outubro de mil oitocentos
cincoenta e nove baptisei solenemente,
e pus os Santos Oleos, a Luis filho Legitimo de
Manoel Nunes e Maria Nunes, residentes no Logar
da Relvavelha desta freguesia de [???]
da Bemfeita, aquelle natural do Tojo, freguesia do
Piodam, e esta do Montefrio da mesma freguesia de Bemfeita:
neto paterno de Jose Nunes do Logar do Tojo, e
Josefa Nunes, natural do Porto Castanheiro freguesia
da Teixeira; e materno de Antonio Luis do Montefrio,
e Anna Nunes da Relvavelha Forão Padrinhos
Manoel Luis e Joanna Maria do Lugar do Montefrio.
Declaro que o baptisado tinha nascido no
dia cinco do corrente Outubro E para constar fis o
presente, [???] do Parocho Antonio Soares
Correa. O Presbitero Antonio Pedro Nunes [???]
Bemfeita dia mês e anno ut supra
antonio Pedro Nunes Teixeira"

Página 302 e 303:
"1859
Montefrio
José filho de
Joaquim Nunes
e de Rita
Nunes"
"Aos quatro dias do mez de Dezembro de mil oitocentos
cincoenta, e nove annos baptisei solenemente, e pus
os Santos Oleos a José que nasceo a vinte de Novembro
do dito anno filho legitimo de Joaquim Nunes e Rita
Maria do Montefrio neto paterno de José Nunes do Montefrio
e Anna Maria das Casarias freguesia de Pomares materno
de Manoel Dias do Barrigueiro freguesia de Pomares, e Anna
Maria do Montefrio Padrinhos José dos Santos e sua
mulher Maria Nunes do Montefrio E para constar
fiz este que assigno dia mez era ut supra O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 303:
"1859
Montefrio
Antonio filho
de José Francisco
Relvas e Ritta
Maria
obit em 29
de Agosto de 1863
Livro dos obitos"
"Aos oito dias do mez de Dezembro de mil oitocentos, e sincoenta,
e nove annos baptisei solenemente, e pus os Santos
Oleos a Antonio, que nasceo a vinte e oito de Novembro do
dito anno filho legitimo de José Francisco Relvas e Rita Maria
do Montefrio: neto paterno de Manoel Francisco do
Montefrio e Maria Nunes do mesmo logar: materno de Manoel
Antonio do Sardal e Josefa Maria de Deflores. Padrinhos
Luiz Nunes e sua mulher Josefa da Costa da Bemfeita
tios maternos do baptisado E para em todo o tempo
constar fiz este, que assigno dia mez era ut supra
O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 303:
"1859
Montefrio
Jose filho de
Francisco Luiz
e Maria Martins"
"Aos oito dias do mez de Dezembro de mil oitocentos e sincoenta,
e nove annos baptisei de baixo de condição a José
que nasceo a vinte, e tres de Novembro do dito anno filho legitimo
de Francisco Luiz e Maria Martins do Montefrio
neto paterno de Antonio Luiz do Montefrio e Anna Nunes
da Relva Velha, e materno de Jose Martins do Montefrio e
Anna Bernarda da Teixeira Padrinhos Antonio Luiz
Nunes e sua mulher Joaquina Gonçalves do Montefrio E para
em todo o tempo constar fiz este, que assigno dia mez era ut supra
O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 303:
"1859
Montefrio
Anna filha
de Joaquim Luiz
e Antónia da
Silva"
"Aos dezoito dias do mez de Dezembro de mil oitocentos e sincoenta,
e nove annos baptisei solenemente, e pus os Santos Oleos
a Anna, que nasceo a tres deste mez e anno filha legitima
de Joaquim Luiz e Antónia da Silva do Montefrio neta
paterna de José Luis do Montefrio e Antonia Joaquina
da Moura freguesia d'Avô e materna de Jose Lopes e Mariana
Nunes do Montefrio. Forão Padrinhos José Luiz e
sua mulher Joana Maria do Montefrio todos maternos da
baptisada E para em todo o tempo constar fiz este, que assigno
dia mez era ut supra O Parocho Antonio Soares Corrêa"

Página 304 e 305:
"1859
Pardieiros
Joaquim
filho legitimo
de Jose
Francisco Antunes
e Maria
do Rosario"
"Aos trinta e um dias do mez de Dezembro de mil oitocentos
sincoenta, e nove annos baptisei solenemente, e pus os Santos
Oleos em Joaquim, que nasceo a oito do dito mez
de Dezembro filho legitimo de José Francisco Antunes
e Maria do Rosario de Pardieiros neto paterno de
José Francisco; e Maria Antunes dos Pardieiros e materno de
José Duarte dos Pardieiros, e Maria Rita da Costa do
do Sardal. Forão Padrinhos Joaquim Quaresma, e
sua mulher Antonia da Cruz da Sorgacoza freguesia
de Santa Luzia de Pomares E para em todo o
tempo constar fiz assento, que assigno O Parocho
Antonio Soares Corrêa"

Página 322:
"Deflores
Huma
menor filha
de João das
Neves e Maria
Gonsalves"
"Aos oito dias de Setembro de mil, e oito centos e trinta
e hum, faleceo da vida presente huma menor
filha de Joam das Neves, e Maria Gonsalves da
Deflores desta Freguesia da Bemfeita, e foi Sepultada
no dia Seguinte nesta Igreja de Santa Cecilia
da Bemfeita. E para constar fis este assento
que assignei dia, mes, era ut Supra
O Cura Joze Gregorio da Costa"

Página 323:
"Pardieiros
Maria Gomes
viuva
Fis 3 [???]"
"Aos doze dias de Setembro de mil, e oito centos
e trinta, e hum fallaceo Maria Gomes do Lugar
dos Pardieiros desta Freguesia da Bemfeita
com todos os Sacramento que manda a Igraja para
bem morrar, e foi Sepultada no dia Seguinte
nesta Igreja de Santa Cecilia da Bemfeita, fes
Testamento, e deixou a Antonio Francisco do mesmo Lugar
por Seu herdeiro, e Testamentos; E para constar fis este
assento que assignei dia mes, era ut Supra
O Cura Joze Gregorio da Costa"

Página 332:
"Pardieiros
Hum menor
filho de
Jose d'Abrantes
e Josefa Maria"
"Aos vinte, e Sette dias de novembro de mil, e
oito centos, e trinta, e dois faleceo
"

Dezembro 2010 - Livro dos baptizados de 1860 a 1869 do Arquivo da Universidade de Coimbra da Paróquia da Benfeita:
Página 2:
"Termo de abertura
"No dia primeiro de Janeiro de mil oitocentos
de sessenta, por com missão [???]
e subsico este livro para [???] aos assentos
dos Baptismos, e de Nascimentos da Freguesia
de Bemfeita do Arcipnes tudo es Arganil segundo
o Decreto novissimo de que fis
este termo.-----
O Arcipreste Dom Luis Caetano Lobo"

Página 3:
"Nº 1
Dia 15
Mez 1
Anno 1960
Bemfeita
Anna filha de
Antonio Martins
e de Maria Rita"

Página 3:
"Nº 2
Dia 26
Mez 2
Anno 1960
Bemfeita jose
filho de Manoel
Gomes e de
Maria das Dores"
"Aos vinte, e seis dias do mez de Fevereiro do anno de mil oitocentos,
e secenta pelas dés horas da manham na Egreja
Parochial de Santa Cecilia da Bemfeita Concelho e Distrito
[???] de Arganil Diocese de Coimbra Eu o Presbytero
Antonio Soares Corrêa Vigario Encomendado da mesma freguesia,
baptisei solenemente, e pus os Santos Oleos a uma criança
do sexo masculino, a que dei o nome de Jose que nasceo as onze horas
da noite do dia Desanove do mesmo mez e anno filho legitimo de
Manoel Gomes trabalhador e de Maria das Dores recebidos nesta freguesia
e della Parochianos moradores no lugar da Bemfeita: neto
paterno de Joaquim Gomes da freguesia de Santa [???] e Josefa
Rosa do lugar do Sardal nesta freguesia: e materno de Manoel
Joaquim Pinheiro do lugar do Monte Frio desta mesma Freguesia
e Maria Domingues da Bemfeita. Padrinhos José Francisco
Solteiro trabalhador e Madrinha Maria de Jesus Viuva ambos
deste lugar da Bemfeita aos que todos conheço serem os proprios
E para constar lavrei em duplicado perante os padrinhos, comigo os
signarão Era ut supra
Os Padrinhos Jose Francisco, e Maria de Jesus
O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 4:
"Nº 3
Dia 26
Mez 2
Anno 1960
Drea
Lucia filha
Jose Maria da
Gama e de
Maria Maxima
do Rosario"

Página 32 e 33:
"Nº 10
Dia=7
Mez=4
Anno=1961
Monte
Frio Maria
filha de Manoel
Luiz Nunes
Joanna
da Concpção"
"Aos sete dias do mez de Abril do anno de mil oitocentos e secenta,
e um pelas sete horas da manham na Egreja Parochial
de Santa Cecilia da Bemfeita Concelho e Distrito Eclesiastico
de Arganil, Diocese de Coimbra Eu o Presbytero
Antonio Soares Corrêa Vigario Encomendado da mesma
freguesia, baptisei solenemente, e pus os Santos Oleos
a uma criança do sexo femenino a que dei o nome de Maria,
que nasceo ás onze horas e meia do dia de trinta e um
de Março do referido anno, filho legitimo primeiro [???]
nome de Manoel Luiz Nunes Proprietario, e de Joanna da
Concpção, recebidos na Freguesia de Santa Lusia de
Pomares, donde ella é natural e elle natural desta Freguesia,
e Parochianos desta, moradores no logar do Monte Frio
neta paterna d'Antonio Luiz, e Anna Nunes moradores
no logar do Monte Frio e materno de João Francisco
e Joanna Gonçalves moradores no logar das Corgas, Freguesia
de Pomares. Padrinho Francisco Luiz Proprietario, e
sua mulher digo o madrinha sua mulher Maria Martins,
moradores no mesmo logar do Monte Frio, aos quais
todos conheço serem os proprios. E para constar lavrei
em duplicado o presente assento de baptismo que
depois de ser lido e conferido perante os padrinhos
comigo assignarão. Era ut supra Os Padrinhos
Francisco Luiz [???] da Madrinha
por não saber escrever. Albino Fernandes
O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 34:
"Nº 11
Dia=9
Mez=5
Anno 1961
Monte Frio
Manoel filho
José Pinto,
Maria Rosaria"
"Aos nove dias do mez de Maio do anno de mil oitocentos e secenta,
e um pelas oito horas da manham na Egreja Parochial
de Santa Cecilia da Bemfeita Concelho e Distrito Eclesiastico
d'Arganil, Diocese de Coimbra Eu o Presbytero Antonio
Soares Corrêa Vigario Encomendado da mesma Freguesia
baptisei solenemente, e pus os Santos Oleos a uma criança
do sexo masculino, a que dei o nome de Manoel, que nasceo a uma
hora da noite do dia desanove do mez d'Abril do referido
anno, filho legitimo primeiro deste nome José Pinto, trabalhador,
e de Maria Rosaria, recebidos nesta Freguesia, elle natural
da Freguesia de Folques, e ella natural desta Freguesia e
desta mesma Parochianos moradores no logar do Monte Frio: neto
paterno de Manoel Pinto, e Josefa Nunes moradores no logar do
Salgueiro: e materno de Jose Nunes e Rosalia Maria, moradores no
logar do Monte Frio Padrinho Antonio Nunes Pinto, trabalhador,
e Madrinha sua mulher Anna Rosaria, moradores no logar do Salgueiro
Freguesia de Folques, aos quais todos conheço, e dou fe serem
os proprios. E para constar lavrei em duplicado o presente assento
de baptismo, que depois de ser lido, e conferido perante os
Padrinhos comigo assignarão. Era ut supra Os Padrinhos
Abtonio Nunes Pinto [???] da Madrinha por não saber escrever
Manoel [???] O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 34 e 35:
"Nº 12
Dia=9
Mez=5
Anno 1961
Monte Frio
Josefa
filha Antonio Luiz
Nunes Joaquina
Gonçalves"
"Aos nove dias do mez de Maio do anno de mil oitocentos e secenta,
e um pelas des horas da manham na Egreja Parochial de Santa
Cecilia da Bemfeita; Concelho e Distrito Eclesiastico d'Arganil,
Diocese de Coimbra. Eu o Presbytero Antonio Soares Corrêa
Vigario Encomendado da mesma Freguesia, baptisei solenemente,
e pus os Santos Oleos a uma criança do sexo femenino,
a que dei o nome de Josefa, que nasceo ás seis horas da manha
do dia vinte e tres do mez d'Abril do referido anno, filha legitima
primeira deste nome d'Antonio Luiz Nunes, Proprietario, e de Joaquina
Gonçalves, recebidos neste Freguesia, della naturaes, e Parochianos,
moradores no lugar do Monte Frio: neta paterna d'Antonio Luiz
e d'Anna Nunes moradores no logar do Monte Frio, e materno de Joaquim
José, e Anna Gonçalves moradores no lugar da Relva Velha
Padrinho Manoel Joaquim. Proprietario, solteiro, e Madrinha Anna Gonçalves,
casada, moradores no lugar da Relva Velha: aos quaes todos conheço
serem os proprios. E para constar lavrei em duplicado o
presente assento de baptismo, que depois de ser lido e conferido, perante
os Padrinhos comigo assignarão Era ut supra Os Padrinhos
Manoel Joaquim [???] da Madrinha por não saber escrever
Manoel Rosario O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 35 e 36:
"Nº 13
Dia=30
Mez=5
Anno 1961
Monte
Frio
Antonia
filha
Manoel Luis
e Luiza
da Crus"
"Aos trinta dias do mez de Maio do anno de mil oitocentos
e secenta, e um pelas sete horas da manham na Egreja
Parochial de Santa Cecilia da Bemfeita; Concelho e Distrito
Eclesiastico d'Arganil, Diocese de Coimbra Eu o Presbytero
Antonio Soares Corrêa Vigario Encomendado da mesma
Freguesia, baptisei solenemente, e pus os Santos
Oleos a uma criança do sexo femenino a que dei o nome
d'Antonia, que nasceo ás sete horas da manham do
dia quatorse deste mez, e anno filha legitima primeira
deste nome de Manoel Luiz Trabalhador, e de Luiza
da Crus, recebidos na Freguesia d'Arganil, ella natural
da Freguesia d'Arganil, e elle natural desta Freguesia,
e Parochianos desta mesma, moradores no logar do Monte
Frio; neta paterna de José Luiz, e de Antonia Joaquina
moradores no lugar do Monte Frio, e materna de Luzia
de Paiva e de José da Cruz, moradores no lugar das Torozellas
Freguesia d'Arganil Padrinho Jose Luiz Proprietario,
e Madrinha sua mulher Joana Maria moradores
no lugar do Monte Frio; os quais todos conheço serem
os proprios. E para constar lavrei em duplicado
o presente assento de baptismo, que depois de ser lido, e conferido
perante os padrinhos comigo assignarão Era ut supra
Os Padrinhos José Luiz [???] da Madrinha por
não saber escrever Manoel d'Antonio de Almeida O Presbytero
Antonio Soares Corrêa"

Página 36 e 37:
"Nº=15
Dia=9
Mez=6
Anno=1961
Monte Frio
Joaquim filho
Manoel Marins
Anna Nunes"
"Aos nove dias do mez de junho do anno de mil oitocentos, e secenta,
e um pelas oito horas da manham na Igreja Parochial de Santa
Cecilia da Bemfeita, Concelho e Distrito Eclesiastico d'Arganil,
Diocese de Coimbra. Eu o Presbytero Antonio Soares Corrêa
Vigario Encomendado da mesma Freguesia, baptisei solenemente
e pus os Santos Oleos a uma criança do sexo masculino,
a que dei o nome de Joaquim, que nasceo ás seis horas da manham
do dia vinte e quatro do mez de Maio do referido anno, filho legitimo
primeiro deste nome de Manoel Martins, trabalhador, e de Anna da
Nunes, recebidos nesta Freguesia, ella natural da Freguesia de
Folques, e elle natural desta, e Parochianos desta mesma Freguesia
moradores no lugar do Monte Frio: neto paterno de Manoel Martins,
e de Anna Maria, moradores no lugar do Monte Frio: e materna
de Manoel Pinto; e de Josefa Nunes moradores no lugar do
Salgueiro Freguesia de Folques. Padrinho José Martins, Pedreiro.
casado, e Madrinha sua filha Anna Martins, solteira, moradores
no lugar do Monte Frio; aos quais todos conheço serem os proprios.
E para constar lavrei em duplicado o presente assento de baptismo,
que depois de ser lido e conferido perante os Padrinhos comigo assignarão
Era ut supra Os Padrinhos José Martins [???] da
Madrinha por não saber escrever Manoel Antonio d'Almeida,
O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 37:
"Nº 16
Dia 16
Mez 6
Anno 1961
Monte Frio
José filho de José
Francisco [???]
[???] e
Antonia
Luisa
obiito 26
de Março de
1871"
"Aos desaseis dias do mez de junho do anno de mil oitocentos, e secenta e um
pelas nove horas da manham na Igreja Parochial de Santa Cecilia da
Bemfeita, Concelho, e Distrito Eclesiastico d'Arganil, Diocese de Coimbra
Eu o Presbytero Antonio Soares Corrêa Vigario Encomendado da mesma
Freguesia, baptisei solenemente, e pus os Santos Oleos a uma criança
do sexo femenino digo masculino, a que dei o nome de José, que
nasceo ás dés horas da noite do dia seis deste mez, e anno filho legitimo
primeiro deste nome de José Francisco, Carpinteiro, e de Antonia
Luisa recebidos na Freguesia da Teixeira donde ella é natural,
e elle natural desta, e Parochianos moradores no lugar do Monte Frio.
neto paterno d'Avô incognito, e de Luisa Maria, solteira, moradora
no lugar do Monte Frio: e neto materno de Antonio Luiz, e de Maria
João moradores no lugar e Freguesia da Teixeira Padrinho José Luiz
Proprietario e Madrinha sua mulher Joana Maria, moradores
no lugar do Monte Frio, nos quais todos conheço serem os proprios
E para constar lavrei em duplicado o presente assento de baptismo, que
depois de ser, lido e conferido perante os padrinhos comigo assignarão
Era ut supra Os Padrinhos José Luiz [???] da Madrinha
por não saber escrever Luis Antonio O Presbytero Antonio
Soares Corrêa"

Página 42 e 43:
"Nº=24
Dia=6
Mez-8
Anno-1961
Monte
Frio
Maria
de Jesus
Gervasio
Gonsalves (e Maria Martins)."
"Aos seis dias do mez de Agosto, do anno de mil oitocentos e secenta,
e um pelas seis horas da manham na Igreja Parochial de
Santa Cecilia da Bemfeita, Concelho, e Distrito Eclesiastico
d'Arganil Diocese de Coimbra. Eu o Presbytero Antonio Soares
Corrêa Vigario Encomendado da mesma Freguesia, baptisei
solenemente, e pus os Santos Oleos, a uma criança do sexo
femenino, a que dei o nome de Maria de Jesus, que nasceo ás
nove horas da noite do dia desanove do mez de Julho, do referido
anno, filha legitima primeira deste nome de Gervasio Gonsalves,
trabalhador, de Maria Martins, recebidos nesta Freguesia
donde são naturais, e Parochianos, moradores no lugar do
Monte Frio: neto paterno d'avõ incognito, e de Josefa Maria
moradora no lugar do Monte Frio, e materno de Joaquim Lopes
e de Maria Lopes moradores no mesmo lugar do Monte Frio
Padrinho Francisco Luiz, trabalhador, e Madrinha sua mulher
Maria Martins moradores no lugar do Monte Frio: os
quais todos conheço serem os proprios. E para constar lavrei
em duplicado o presente assento de baptismo, que depois de
ser lido e conferido para os padrinhos comigo assignarão
Era ut supra Os Padrinhos Francisco Luiz [???] da Madrinha
por não saber escrever Jose Antonio Leitão
O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 43:
"Nº=25
Dia=6
Mez-8
Anno-1961
Monte
Frio Jose
de Jesus
filho Niculao
Antonio e
Maria Rita"
"Aos seis dias do mez d'Agosto, do anno de mil oitocentos e secenta,
e um pelas seis horas da manham na Igreja Parochial de
Santa Cecilia da Bemfeita, Concelho, e Distrito Eclesiastico
d'Arganil, Diocese de Coimbra. Eu o Presbytero Antonio
Soares Corrêa Vigario Encomendado da mesma Freguesia,
baptisei solenemente, e pus os Santos Oleos, a uma criança
do sexo masculino, a que dei o nome de José de Jesus, que nasceo
ás cinco horas da tarde do dia vinte do mez de Julho, e
do referido anno, filho legitimo primeiro deste nome de Niculao
Antonio trabalhador, e de Maria Rita recebidos nesta
Freguesia donde são naturaes, e Parochianos moradores no lugar
do Monte Frio, neto paterno de José Antonio, e de Maria
Rita moradores no lugar de Pardieiros; e materno de
Manoel Nunes, e de Maria Lopes moradores no lugar do
Monte Fio. Padrinho José Antunes Leitão, Proprietario
e Madrinha sua mulher Maria Bernarda, moradores
neste lugar da Bemfeita; aos quais todos conheço serem
os proprios. E para constar lavrei em duplicado o presente
assento de baptismo, que depois de ser lido, e conferido
perante os padrinhos comigo assignarão Era
ut supra Os Padrinhos Jose Antunes Leitão [???]
da Madrinha por não saber escrever Antonio Dias
Gonçalves O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 49 e 50:
"Nº=36
Dia=24
Mez=11
Anno 1961
Monte
Frio Maria
filha Manoel
Martins
e Maria Rita"
"Aos vinte e quatro dias do mez de Novembro do anno de mil oitocentos,
e secenta, e um pelas oito horas da manham na Igreja
Parochial de Santa Cecilia da Bemfeita Concelho, e Distrito Eclesiastico
d'Arganil, Diocese de Coimbra Eu o Presbytero Antonio
Soares Corrêa Vigario Encomendado da mesma freguesia
baptisei solenemente, e pus os Santos Oleos a uma criança
do sexo femenino, a que dei o nome de Maria, que
nasceo ás des horas da noite de trese deste mez e anno filha
legitima primeira deste nome de Manoel Martins e de Maria
Rita recebidos nesta freguesia e della Parochianos moradores no
lugar do Monte Frio: neta paterna de Joaquim Lopes, e Maria Lopes
moradores no mesmo lugar e materna de Domingos Marques, e
Anna Rita moradores no Sobral Magro, freguesia de Pomares. Padrinho
Manoel Martins do [???], trabalhador e madrinha sua mulher
Anna Rita moradores no lugar do Monte Frio, os quais conheço serem
os proprios. Declaro que o par e a baptizada, e trabalhador. E para
constar lavrei em duplicado o presente assento de baptismo, que
depois de ser lido, e conferido perante os Padrinhos comigo assignarão Era
ut supra Os Padrinhos Manoel Martins do [???] [???] da
Madrinha por não saber escrever o[???] Antonio
Dias Gonçalves O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 56:
"Nº 1
Dia 5
Mez 1
Anno 1962
Monte
Frio
Manoel filho
Joaquim
Nunes
Rita
Maria"
"Aos cinco dias do mez de Janeiro do anno de mil oitocentos e
secenta e does pelas des horas da manham na Igreja Parochial de
Santa Cecilia da Bemfeita, Concelho, e Distrito Eclesiastico
d'Arganil, Diocese de Coimbra Eu o Presbytero Antonio Soares
Corrêa Vigario Encomendado da mesma freguesia baptisei
solenemente, e pus os Santos Oleos a uma criança do
sexo masculino, a que dei o nome de Manoel que nasceo as oito
horas da noite de vinte e tres do mez de Dezembro do anno de
mil oitocentos, e secenta, e um filho legitimo primeiro deste nome de
Joaquim Nunes, trabalhador e Rita Maria recebidos nesta freguesia
donde são naturaes, Parochianos, moradores no lugar do
Monte Frio; neto paterno de José Nunes, e Luiza Maria moradores
no dito lugar, e materno de Manoel Antonio, e Anna
Maria moradores no sobredito lugar. Padrinho José Luiz,
proprietario, e madrinha sua mulher Joana Maria moradores
no lugar do Monte Frio, aos todos conheço serem os
proprios. E para constar lavrei em duplicado o presente
assento de baptismo, que depois de ser lido, e conferido
perante os padrinhos comigo assignarão Era ut supra.
Declaro a linha dezaseis falta a palavra quaes Os
Padrinhos José Luiz [???] da madrinha por não
saber escrever O Presbytero Antonio Dias Gonçalves
O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 69:
"Monte Frio
Nº 30
Dia 11
Mez 8
Anno 1962
Maria filha de
Francisco Luiz
Maria Martins"
"Aos dés dias do mez d'Agosto do anno de mil oitocentos e secenta e
does n'esta Igreja Parochial de Santa Cecilia da Bemfeita, Concelho
s'Arganil Diocese de Coimbra baptisei solenemente um
individuo do sexo femenino, a que dei o nome de Maria, e que
nasceo ás cinco horas da manham do dia seis deste mez e anno filha
legitima primeira deste nome de Francisco Luiz, proprietario, e
Maria Martins estes naturais do lugar do Monte Frio, desta
freguezia, recebidos nesta freguezia e della Parochianos moradores
no lugar do Monte Frio neta paterna de Antonio Luiz e Anna
Nunes esta natural da Relva Velha, e aquelle do lugar
do Monte Frio moradores desta freguezia, e materno de Jose
Martins do lugar do Monte Frio natural, e Anna Bernarda esta natural
do lugar e freguezia da Teixeira e [???] no Monte
Frio Foi Padrinho Antonio Luiz Nunes Proprietario e madrinha
sua mulher Joaquina Gonsalves; os quaes conheço
serem os proprios E para constar lavrei em duplicado este
assento que depois de ser lido perante os padrinhos comigo
não assignarão por não saberem escrever Era ut supra
O Presbytero Antonio Soares Corrêa"

Página 78:
"Nº 49
Monte Frio
Manoel filho
José Francisco
Relvas e Maria Rita
Mez 11
Dia 30
(Anno 1962)"
"Aos trinta dias do mez de Novembro do anno de mil oitocentos, e secenta, e does n'esta Igreja
Parochial de Santa Cecilia da Bemfeita, Concelho d'Arganil, Diocese de Coimbra baptisei solenemente
um individuo do sexo masculino a que dei o nome de Manoel, que nasceo no logar
do Monte Frio desta freguesia ás duas horas da manham do dia vinte e seis do referido mez e anno filho
legitimo primeiro deste nome de José Francisco Relvas, trabalhador, natural do sobredito lugar do
Monte Frio, e de Maria Rita, trabalhadora, natural do lugar do Demieiro desta freguesia recebidos nesta freguezia
e della Parochianos moradores no mesmo lugar do Monte Frio neto paterno de Manoel Francisco,
e Maria Nunes Relvas ambos trabalhadores, e moradores no mesmo logar do Monte Frio e materno de
Manoel Antonio e Josefa Maria, trabalhadores moradores no Casal do Demieiro desta freguesia
Foi padrinho Manoel Corrêa, e madrinha sua mulher Maria de Jesus ambos trabalhadores e moradores
neste lugar da Benfeita: aos quaes todos conheço serem os proprios, Declaro que a mãe do baptizado
é Rita Maria E para constar lavrei em duplicado este assento, que depois de ser lido, e conferido perante
os padrinhos comigo não assignarão por não saberem escrever Era ut supra O Presbytero Antonio
Soares Corrêa"

Página 91:
"Nº 13
Monte Frio
Maria filha de Manoel
Henriques, e Anna
Martins
Dia 19
Mez 3
Anno 1963"
"Aos desanove dias do mez de março do anno de mil oitocentos, e secenta, e tres n'esta
Igreja Parochial de Santa Cecilia da Bemfeita, Concelho d'Arganil
Diocese de Coimbra baptisei solenemente um individuo do sexo femenino,
a quem dei o nome de Maria, e que nasceo no logar do Monte Frio desta
freguesia ás tres horas da tarde do dia nove deste mez e anno filha
legitima primeira deste nome de Manoel Henriques natural do lugar do Tojo freguesia
de Piodam deste mesmo Concelho e de Anna Martins natural do mesmo
lugar do Monte Frio, ambos trabalhadores recebidos na mesma freguezia
do Piodam, e desta Parochianos moradores no sobredito lugar do
Monte Frio neta paterna de Manoel Henriques e Maria Antunes ambos trabalhadores
moradores no sobredito lugar do Tojo: e materna de Jose Martins
pedreiro, e de Anna Bernarda trabalhadora moradores no já mencionado lugar
do Tojo Padrinho Francisco Luiz e madrinha sua mulher Maria
Martins trabalhadores, e moradores no mesmo lugar do Monte Frio: os quaes
todos conheço serem os proprios E para constar lavrei em duplicado este assento,
que depois de ser lido, e conferido perante os Padrinhos comigo não assignarão
os padrinhos por não saberem escrever Era ut supra O Presbytero
Antonio Soares Corrêa"

Página 92 e 93:
"Nº 16
Monte Frio
Maria dos Anjos
filha de José António
Joaquina Maria
Dia 26
Mez 4
Anno 1963"
"Aos vinte e seis dias do mez d'Abril do anno de mil oitocentos, e secenta, e tres n'esta
Igreja Parochial de Santa Cecilia da Bemfeita, Concelho d'Arganil, Diocese
de Coimbra baptisei solenemente um individuo do sexo femenino, a quem
dei o nome de Maria dos Anjos, e que nasceo no logar do Monte Frio ás sete
horas da noite do dia onze deste mez, e anno filha legitima primeira deste
nome de José Antonio natural do mesmo lugar do Monte Frio desta freguezia,
e de Joaquina Maria natural do lugar de Pardieiros desta mesma
freguezia ambos trabalhadores recebidos nesta freguezia e desta Parochianos moradores
no lugar do Monte Frio neta paterna de Antonio Luiz, e Anna Nunes proprietarios
moradores no sobredito lugar do Monte Frio, e materna de José de Abrantes,
e Josefa Maria trabalhadores moradores no sobredito lugar de Pardieiros Foi
padrinho Antonio Luiz Nunes, e madrinha sua mulher Joaquina Gonçalves
proprietarios moradores no sobredito lugar do Monte Frio aos quaes todos
conheço serem os proprios E para constar lavrei em duplicado este assento,
que depois de ser lido, e conferido perante os padrinhos comigo não assignarão
por não saberem escrever Era ut supra O Parocho Antonio Soares
Corrêa"

Página 97 e 98:
"Nº 26
Monte Frio
José filho de Joaquim
Luiz e de Antonia
da Silva
Dia 9
Mez 8
Anno 1963"
"Aos nove dias do mez d'Agosto do anno de mil oitocentos secenta, e tres
n'esta Igreja Parochial de Santa Cecilia da Bemfeita Concelho d'Arganil
Diocese de Coimbra baptisei solenemente um individuo do sexo masculino,
a que dei o nome de José, que nasceo no lugar do Monte Frio ás nove
horas da noite do dia trinta, e um do mez de Junho do referido anno filho
legitimo primeiro deste nome de Joaquim Luiz, e d'Antonia da Silva ambos
trabalhadores, e naturaes do sobredito lugar do Monte Frio desta freguezia
recebidos n'esta mesma freguezia, e della Parochianos moradores no mesmo lugar
do Monte Frio: neto Paterno de José Luiz, e Antonia Joaquina moradores
no lugar do Monte Frio trabalhadores; e materno de de José Lopes e Mariana
da Silva ambos trabalhadores, e moradores no já mencionado lugar Foi padrinho
José Marques e madrinha sua mulher Maria Rita e moradores
no mesmo lugar do Monte Frio primos maternos do baptizado; aos quaes todos
conheço serem os proprios E para constar lavrei em duplicado este assento, que depois
de ser lido, e conferido perante os padrinhos comigo não assignarão
por não saberem escrever Era ut supra O Parocho Antonio Soares
Corrêa"

Página 102:
"Nº 27
Monte Frio
Antonio Maria
filho de Jose
Nunes do [???]
e Maria Nunes
Dia 8
Mez 9
Anno 1963"
"Aos oito dias do mez de Setembro do anno de mil oitocentos
secenta e tres n'esta Igreja Parochial de Santa Cecilia da Bemfeita,
Concelho d'Arganil, Diocese de Coimbra baptisei solenemente
um individuo do sexo masculino, a que dei o nome
d'Antonio Maria que nasceo no lugar do Monte Frio desta
freguezia ás dés horas da noite do dia dezasete do mez d'Agosto
do mesmo anno, filho legitimo primeiro deste nome de Jose Nunes
do Patio trabalhador natural do mesmo lugar do Monte
Frio, e de Maria Nunes trabalhadora natural dos Covones
freguezia d'Arganil recebidos na mesma freguezia d'Arganil
Parochianos desta freguezia da Bemfeita, e moradores
no sobredito lugar de Monte Frio; neto paterno de José
Nunes e Maria Josefa trabalhadores moradores, no mesmo
lugar do Monte Frio. e materno de Antonio Francisco, e Anna
Nunes trabalhadores, moradores nos Covones freguezia
d'Arganil. Foi padrinho José Pedro, e Maria
Josefa, aquelle cardador, e esta trabalhadora ambos solteiros,
e moradores no mesmo lugar do Monte Frio; aos quaes
todos conheço serem os proprios. E para constar lavrei
em duplicado este assento, que depois de ser lido, e conferido
perante os padrinhos comigo não assignarão por não saberem
escrever Era ut supra O Parocho Antonio
Soares Corrêa"

Página 120:
"Nº 4
Monte Frio
Antonio filho
de Joaquim Nunes
e Rita
Maria
Dia 8
Mez 2
Anno 1964"

Página 122 e 123:
"Nº 8
Monte Frio
Anna da Ressureição
(filha de Manoel Martins Lopes e Maria Rita)
(Dia 27)
(Mes 3)
(Anno 1864)"

Página 125:
"Nº 11
Monte Frio
Diamantino filho
natural de
Bernardina
Maria
Dia 3
Mes 4
Anno 1864 obito 5 de julho
de 1874 livro de
obitos folha 35"

Página 126 e 127:
"Nº 13
Monte Frio
Manoel filho
de Antonio Luiz
Joaquina
Gonçalves
Dia 10
Mez 4
Anno 1864 obito 10 de abril
de 1865"

Página 127:
"Nº 14
Monte Frio
Antonia filha
de José Pinto
e Maria Rosario
Dia 13
mez 4
anno 1864"

Página 136 e 137:
"Nº 29
Dia 21
Agosto
1864
Monte Frio
Maria filha
de Manoel
Martins e
Anna Nunes"

Página 138 e 139:
"Nº 32
Dia 31
Agosto
1864
Monte Frio
Adjuto filho de
Nicolao Antonio
Maria Rita"

Página 141:
"Nº 37
Dia 2
Outubro
1864
Monte Frio
Jose filho de Jose
Marques e Maria
Joaquina."

Página 161 e 162:
"Nº 12
Dia 19
Marco
1865
Monte Frio
Maria da Trindade
filha de Jose
Pereira e Maria
Nunes."
"Aos desanove dias do mes de Marco de mil oitocentos
secenta e cinco, nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente e pus os Santos
Oleos a hum individuo do sexo femenino, a que dei
o nome de Maria da Trindade, que nasceo as seis horas da
Manhãa do dia oito do mes de Marco de mil oitocentos
e secenta e cinco, filha legitima / primeira do
nome na ordem de filiação / de Jose Pereira, trabalhador,
e de Maria Nunes, naturaes do logar do Monte
Frio recebidos nesta freguesia da Bemfeita, parochianos
desta mesma freguesia, e moradores no logar
do Monte Frio; neta paterna de Maria Nunes
solteira, e Avou incognito, e materna de Jose Lopes
Relvas e Maria Nunes Relvas, Padrinho Joaquim Luis
casado, trabalhador, e madrinha Antonia da Silva, casada
moradores ambos no logar do Monte Frio desta mesma
freguesia, E para digo os quaes sei serem os proprios
E para constar lavrei em duplicado este assento, que depois
de ser lido e conferido perante os padrinhos, que não assignam
por não saber, eu o assgnei Era ut supra
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 162:
"Nº 13
Dia 19
Marco
1865
Pardieiros
Adelino filho
Jose Francisco
Antunes e Maria
do Rosario."
"Aos desanove dias do mes de Marco do anno de mil oitocentos
e secenta e cinco, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente,
e pus os Santos Oleos, a hum individuo do sexo
masculino a que dei o nome de Adelino, que nasceo
as sete horas da noite do dia quatro do mes de Marco
de mil oitocentos e secenta e cinco, filho legitimo
/ primeiro do nome na ordem da filiação / de Jose Francisco
Antunes, trabalhador, e de Maria do Rosario, naturais
do logar de Pardieiros recebidos nesta freguesia
da Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia,
e moradores no logar dos Pardieiros, neto paterno
de Jose Francisco e Maria Antunes, e materno
de Jose Duarte, e Maria Rita da Costa Padrinho
Joaquim Quaresma, casado, proprietario, e madrinha
Maria Antonia solteira, moradores ambos
no logar da Sorgaçosa freguesia de Pomares, os quais sei
serem os proprios E para constar lavrei em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os
Padrinhos, que não assignaram por não saber. Eu
o assignei. Era ut supra
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 162 e 163:
"Nº 14
Dia 25
Marco
1865
Monte Frio
Jose filho de
Jose Lopes e
Maria Antonia."
"Aos vinte e cinco do mes de Marco do anno de mil oitocentos
e secenta e cinco, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
e pus os Santos Oleos a hum individuo do sexo masculino
a que dei o nome de Jose, que nasceo as sete horas
da manhãa do dia desanove do mes de Marco do anno
de mil oitocentos e secenta e cinco, filho legitimo / primeiro
do nome na ordem da filiação / de Jose Lopes, trabalhador
e de Maria Antonia naturaes do logar do Monte Frio
recebidos nesta freguesia da Bemfeita, parochianos
desta mesma freguesia, e moradores no logar do Monte
Frio, neto paterno de Jose Lopes e Maria Nunes, e
materno de Maria Antonia, solteira, padrinho Joaquim
Luiz, trabalhador, casado, e madrinha Antonia
Nunes casada, moradores ambos no logar do Monte
Frio desta freguesia, os quais sei serem os proprios. E
para constar lavrei em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 169:
"Nº 24
Dia 21
Maio
1865
Monte Frio
Antonio filho
de Jose Antonio
Nunes, e Joaquina
Maria.
obito a 24 de julho
de 1874 Correa"
"Aos vinte e hum do mes de Maio do anno de mil oitocentos
e secenta e cinco nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente e pus os Santos Oleos
a hum individuo do sexo masculino a que dei o nome de
Antonio que nasceo as seis horas da noite do dia quatro
do mes de Maio do anno de mil oitocentos e secenta
e cinco, filho legitimo / primeiro do nome na ordem
da filiação / de Jose Antonio Nunes, trabalhador, natural
do logar do Monte Frio, e de Joaquina Maria
natural do logar dos Pardieiros, recebidos nesta freguesia
da Bemfeita, e parochianos desta mesma freguesia,
moradores no logar do Monte Frio, neto paterno de
Antonio Luiz, e Anna Nunes, e materno de Jose de
Abrantes, e Josefa Maria padrinho Jose Joaquim de
Moura Correa, barbeiro, casado, e madrinha Rosa
Maria da Conceição casada moradores ambos no logar
e freguesia da Bemfeita, os quais sei serem os proprios.
E para constar lavrei em duplicado este assento
que depois de lido e conferido perante os padrinhos
eu com o padrinho o assignei a madrinha não assignou
por não saber. Era ut supra.
Jose Joaquim de Moura Corrêa
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 169 e 170:
"Nº 25
Dia 25
Maio
1865
Monte Frio
Jose filho de
Manoel Henriques,
e Anna
Martins.
obito 29 de
Julho de 1874
Correa"
"Aos vinte e cinco do mes de Maio do anno de mil oitocentos
e secenta e cinco, nesta Parochial Egreja de
Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente,
e pus os Santos Oleos, a hum individuo do sexo
masculino a que dei o nome de Jose, que nasceo as honse
horas da noite do dia desoito do mes de Maio do anno
de mil oitocentos e secenta e cinco, filho legitimo
/ primeiro do nome na ordem da filiação / de Manoel
Henriques, trabalhador, natural do logar do Tojo freguesia
do Piodão, e de Anna Martins, natural natural do
logar e freguesia da Teixeira, recebidos na freguesia
do Piodão, e parochianos desta freguesia da Bemfeita,
moradores no logar do Monte Frio, neto paterno
de Manoel Antunes e Maria Henriques, e materno
de Jose Martins e Anna Bernarda, padrinho
Francisco Luis, casado, trabalhador, e madrinha Maria
Martins, casada, moradores ambos no logar do Monte
Frio desta freguesia da Bemfeita, os quais sei serem
os proprios, e para constar lavrei em duplicado este
assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
que não assignaram por não saber. eu o assignei
Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 173:
"Nº 30
Dia 23
Julho
1865
Monte Frio
Delfina filha
de Antonio da
Silva, e Emilia
da Conceição."
"Aos vinte e tres do mes de Julho do anno de mil
oitocentos e secenta e cinco, nesta Parochial Egreja
de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente,
e pus os Santos Oleos, a hum individuo
do sexo femenino, a que dei o nome de Delfina,
que nasceo as dez horas da noite do dia quatro do
mes de Julho do anno de mil oitocentos e secenta e cinco
filha legitima / primeira do nome na ordem da filiação /
de Antonio da Silva, canastreiro, natural do
logar e freguesia da Boubadella, e da Emilia da Conceição,
natural do Monte Frio desta freguesia da Bemfeita,
governadeira de casa, recebidos nesta freguesia da Bemfeita,
parochianos desta mesma freguesia, e moradores
no logar do Monte Frio, neta paterna de Luiz da Silva
e Maria da Silva, e materna de Antonia Maria
solteira, padrinho Manoel do Rosario, proprietario,
casado, e madrinha Delfina de Jesus, solteira,
moradores ambos no logar e freguesia da Bemfeita
os quais sei serem os proprios, E para constar lavrei
em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, eu com o padrinho assignei
e madrinha não assignou por não saber. Era
ut supra. Manoel do Rozario
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 174 e 175:
"Nº 32
Dia 6
Agosto
1865
Monte Frio
Adelino filho
de Manoel
Crus e Luisa
da Crus"
"Aos seis dias do mes de Agosto do anno de mil oitocentos
e secenta e cinco, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente,
e pus os Santos Oleos, a hum individuo do sexo
masculino, a que dei o nome de Adelino, que nasceo
as oito horas da manhãa do dia vinte e cinco do
mes de Julho do anno de mil oitocentos e secenta e
cinco filho legitimo / primeiro do nome na ordem
da filiação / Manoel Luiz, trabalhador, natural
do logar do Monte Frio, e de Luisa da Crus governadeira
de casa, natural do logar das Torroselas, freguesia
de Arganil, recebidos na freguesia de Arganil
parochianos desta freguesia da Bemfeita e moradores
no logar do Monte Frio, neto paterno de Jose Luis [folha dobrada para dentro]
e Antonia Joaquina, e materna de Jose da Crus e
Luisa da Crus, padrinho Doutor Luiz Antonio de
Figueiredo Juiz de Direito da primeira vara da Comarca
de Luanda, solteiro, e madrinha Maria Maxima
de Figueiredo, costureira, solteira, moradores
ambos neste logar e freguesia da Bemfeita, os
quaes sei serem os proprios. E para constar lavrei em
duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, os quaes comigo o que assignaram.
Era ut supra. Manoel do Rozario
Luis Antonio de Figueiredo Maria Maxima
de Figueiredo
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 176 e 177:
"Nº 35
Dia 20
Agosto
1865
Monte Frio
Maria filha
de Antonio
Luis e Joaquina
Gonsalves"
"Aos vinte e does do mes de Agosto do anno de mil
oitocentos e secenta cinco, nesta Parochial Egreja de
Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
e pus os Santos Oleos, a hum individuo do sexo
femenino, a que dei o nome de Maria
que nasceo as cinco horas da manhãa do dia
seis do mes de Agosto do anno de mil oitocentos
e secenta e cinco, filha legitima / segunda do nome
na ordem da filiação / de Antonio Luis, proprietario,
natural do logar do Monte Frio, e de Joaquina Gonsalves
natural do logar do Tojo freguesia do Piodam, recebidos
nesta freguesia da Bemfeita, parochianos desta
mesma freguesia, e moradores no logar do Monte Frio,
neta paterna de Antonio Luiz, Anna Nunes; e materna
de Joaquim Jose, e Anna Gonsalves; padrinho Manoel
Joaquim, casado, morador no logar do Sardal, e madrinha
Maria Rita casada moradora no mesmo logar do
Sardal todos desta freguesia da Bemfeita, os quaes sei serem
os proprios. E para constar lavrei em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os
padrinhos, que não assignaram por não saber, eu
o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 178:
"Nº 37
Dia 8
Setembro
1865
Monte Frio
Maria filha
de Manoel
Lopes e Josefa
Nunes"
"Aos oito dias do mes de Setembro do anno de mil oitocentos
e secenta cinco nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a
hum individuo do sexo femenino a que dei o nome
de Maria, que nasceo as honse da manhaa
do dia trinta e hum do mes de Agosto do anno de
mil oitocentos e secenta e cinco, filha legitima / primeira
do nome na ordem da filiação / de Manoel
Lopes, trabalhador, natural do logar do Monte Frio, e de
Josefa Nunes, dona de casa, natural do logar da Relva
Velha tudo desta freguesia, recebidos nesta freguesia
da Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia,
e moradores no logar do Monte Frio, neta paterna
de Jose Lopes e Mariana Nunes, e Materna de
Manoel Nunes, e Anna Nunes, padrinho Manoel
Nunes, Solteiro, trabalhador, e Madrinha Maria
Nunes, solteira, proprietaria, moradores ambos no
logar da Relva Velha, tudo desta freguesia; E para
constar lavrei em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não
assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut
supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 179 e 180:
"Nº 39
Dia 17
Setembro
1865
Monte Frio
José filho de
Maria Martins;
e pai incognito."
"Aos desacete dias do mes de Setembro do anno de mil
oitocentos e secenta e cinco, nesta Parochial Egreja de
Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente e pus
os Santos Oleos a hum individuo do sexo masculino, a
que dei o nome de Jose, que nasceo as cinco horas da manhãa
do dia vinte e sete do mes de Agosto do anno de
mil oitocentos e secenta e cinco, filho / primeiro do nome
na ordem da filiação / de Maria Martins, viuva, governadeira
de casa, natural do logar do Monte Frio, e pai incognito,
parochiana desta freguesia da Bemfeita, e morador
no logar do Monte Frio, neta paterna de digo materno
Joaquim Lopes e Maria Lopes, padrinho Francisco Luis
casado, trabalhador, e madrinha Maria Theresa, solteira
pastora, moradores ambos no logar do Monte Frio da
freguesia da Bemfeita, os quaes sei serem os proprios; E para
constar lavrei em duplicado este assento, que depois de
lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 180 e 181:
"Nº 41
Dia 15
Outubro
1865
Monte Frio
Maria filha
de Joaquina
Nunes, e Rita
Maria."
"Aos quinse dias do mes de Outubro do anno de mil
oitocentos e secenta e cinco, nesta Parochial Egreja
de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente,
e pus os Santos Oleos, a hum individuo do sexo
femenino, a que dei o nome de Maria, que nasceo
as honse horas da noite do dia vinte e cinco do mes de
Setembro do anno de mil oitocentos e secenta e cinco
filha legitima / segunda do nome na ordem da filiação /
de Joaquim Nunes, trabalhador, natural do
logar do Monte Frio, e de Rita Maria, governadeira
de casa, natural do Monte Frio, recebidos nesta freguesia
da Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia,
e moradores no logar do Monte Frio; neta paterna
de Jose Nunes e Luisa Maria, e materna de
Manoel Antonio e Anna Maria, padrinho Agostinho
Luiz, trabalhador, casado, e madrinha Maria
Isabel, casado, governadeira de casa moradores ambos
no logar das Casarias freguesia de Pomares
os quaes sei serem os proprios. E para constar lavrei
em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos; que não assignaram por
não saber eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 188:
"Nº 51
Dia 10
Dezembro
1865
Monte Frio
Maria filha
de Joaquim
Luis e Antonia
Silva."
"Aos des dias do mes de Dezembro do anno de mil oitocentos e
secenta e cinco, nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente e pus os Santos Oleos
a hum individuo do sexo femenino, a que dei o nome de
Maria, que nasceo as seis horas da tarde do dia primeiro
do mes de Desembro do anno de mil oitocentos
e secenta e cinco, filha legitima / segunda do nome na
ordem da filiação / de Joaquim Luiz, trabalhador, e de Antonia
da Silva, naturaes ambos do logar do Monte Frio
esta governadeira de casa, recebidos nesta freguesia da
Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia, e moradores
no logar do Monte Frio, neta paterna de Jose Luiz
e Antonia Joaquina, e materna de Jose Lopes, e Maria
Nunes, Padrinho Albino Fernandes, solteiro, trabalhador,
e madrinha Maria Joanna, governadeira de casa
casada, moradores ambos no logar do Monte Frio, os quaes
sei serem os proprios. E para constar lavrei em duplicado
este assento que depois de lido e conferido perante
os padrinhos que não assignaram por não saber, eu
o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 201 e 202:
"Nº 8
Dia 4
Marco
1866
Monte Frio
Anna filha
de Francisco
Luiz, Maria
Martins"
"Aos quatro do mes de Marco do anno de mil oitocentos
e secenta e seis, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente e pus os Santos
Oleos a hum individuo do sexo femenino, a que dei
o nome de Anna, que nasceo a huma hora da noite
do dia vinte e hum do mes de Fevereiro do anno de mil
oitocentos e secenta e seis, filha legitima / primeira do nome
na ordem da filiação / de Francisco Luiz, trabalhador, natural
do Monte Frio, e de Maria Martins, governadeira
de casa natural do mesmo logar, recebidos nesta freguesia
da Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia
e moradores no logar do Monte Frio, neta paterna
de Antonio Luis e Anna Marques, e materna de Jose
Martins, e Anna Bernarda, forão padrinhos Manoel
Henriques, casado, trabalhadores, e Anna Martins
casada, governadeira de casa, moradores ambos no logar
do Monte Frio desta mesma freguesia, os quaes sei
serem os proprios. E para constar lavrei em duplicado
este assento, que assigno digo, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram por
não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 208 e 209:
"Nº 17
Dia 10
Junho
1866
Monte Frio
Jose filho
de Jose da
Silva, e Maria
Isabel"
"Aos dez dias do mes de Junho do anno de mil oitocentos
e secenta e seis, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
e pus os Santos Oleos a hum individuo do sexo
masculino, a que dei o nome de Jose, que nasceo no logar
do Monte Frio as duas horas da noite do dia dez
do mes de Maio do anno de mil oitocentos e secenta
e seis, filho legitimo / primeiro do nome na ordem
da filiação / de Jose da Silva, canastreiro, natural
do logar e freguesia da Boubadela, e de Maria
Isabel governadeira de casa, natural do logar da
Moura freguesia de Avou, recebido nesta freguesia
digo nesta visinha freguesia, parochianos desta freguesia
da Bemfeita, e moradores no logar do Monte
Frio, neto paterno de Luiz da Silva, e Maria da
Silva, e materno de João Nunes e Isabel Maria,
padrinho Jose Joaquim, casado, trabalhador, e madrinha
Anna Luisa, casada, governadeira de casa, moradores
ambos no logar da Relva Velha desta freguesia
da Bemfeita, os ques sei serem os proprios. E
para constar lavrei em duplicado este assento que
depois de lido e conferido perante os padrinhos, que
não assignaram por não saber. Eu o assignei. Era ut
supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 221:
"Nº 34
Dia 30
Setembro
1866
Monte Frio
Joaquim
filha de Jose
Pereira, e Maria
Nunes."
"Aos trinta dias do mes de Setembro do anno de mil oitocentos
e secenta e seis, nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente, e pus os Santos Oleos a
hum individuo do sexo masculino, a que dei o nome de Joaquim,
que no logar do monte frio nasceo as honse horas
da noite do dia desaseis do mes de Setembro do anno de
mil oitocentos e secenta e seis, filho legitimo / primeiro
do nome na ordem da filiação / de Jose Pereira, trabalhador,
e de Maria Nunes, governadeira de casa, naturaes
ambos, do logar do monte frio, recebidos nesta freguesia
da Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia, e moradores
no logar do monte frio, neto paterno de Maria
Antonia e Avou incognito, e materno de Jose Lopes, e
Maria Nunes, governadeira de casa, casada
moradores ambos no logar do Montefrio, os quaes
sei serem os proprios. E para constar lavrei em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignarão por não
saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 240 e 241:
"Nº 8
Dia 3
Marco
1867
Monte Frio
Antonio filho
de Luis Nunes
Anna da Costa."
"Aos tres dias do mes de marco do anno de mil oitocentos
e secenta e sete, nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente e
pus os Santos Oleos a hum individuo do sexo masculino
a que dei o nome de Antonia, que no logar do
Montefrio nasceo as sete horas da manha do dia vinte
do mes de Fevereiro do anno de mil oitocentos e secenta
e sete, filho legitimo / primeiro do nome na ordem
da filiação / de Luis Antunes, trabalhador, natural do
logar do Monte Frio, e de Anna da Costa, governadeira
de casa, natural do logar e freguesia da Teixeira, recebidos
na freguesia da Teixeira, parochianos nesta
freguesia da Bemfeita, e moradores no logar do Monte
Frio, neto paterno de Antonio Luis, e Anna Nunes,
e materno de Jose João, e Maria da Costa; padrinhos
Antonio Luiz, casado, trabalhador, e madrinha Joaquina
Gonsalves, governadeira de casa, casada, moradores ambos no logar do Montefrio, os quaes sei serem os proprios.
E para constar lavrei em duplicado este assento, que
depois de lido e conferido perante os padrinhos, que
não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 243:
"Nº 12
Dia 25
Marco
1867
Monte Frio
Maria filha de
Jose Antonio Nunes
e Joaquina
Maria"
"Aos vinte e cinco dias do mes de Marco do anno de mil
oitocentos e secenta e sete, nesta Parochial Egreja de
Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
e pus os Santos Oleos, a hum individuo do sexo femenino
a que dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio
nasceo as des horas da noite do dia dez do mes de Marco
do anno de mil oitocentos e secenta e sete, filha
legitima / terceira do nome na ordem da filiação / de Jose Antonio
Nunes, trabalhador, natural do Monte Frio, e de Joaquina
Maria, governadeira de casa, natural do logar dos
Pardieiros, recebidos nesta freguesia da Bemfeita, parochianos
desta mesma freguesia e moradore no logar do Montefrio,
neta paterna de Antonio Luis, e Anna Nunes, e materna
de Jose de Abrantes, e Josefa Maria, padrinhos Jose Joaquim
de Moura Correa, barbeiro, casado, e Dona Rosa Maria
da Conceição casada, governadeira de casa, moradores ambos
neste logar e freguesia da Bemfeita, os quaes sei serem os
proprios, e para constar lavrei em duplicado este assento, que
depois de lido e conferido perante os padrinhos, eu com elle
o assignei Era ut supra.
Jose Joaquim de Moura Corrêa
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 249 e 250:
"Nº 23
Dia 30
Maio
1867
Monte Frio
Maria filha
de Antonio da
Silva, e Emilia
da Conceição."
"Aos trinta dias do mes de Maio do anno de mil oitocentos
e secenta e sete, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente e pus os
Santos Oleos, a hum individuo do sexo femenino a que
dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio, nasceo
as oito horas da noite do dia trese do mes de Maio do anno
de mil oitocentos e secenta e sete, filha legitima
/ primeira do nome na ordem da filiação / de Antonio
da Silva, canastreiro natural do logar e freguesia da
Boubadela desta Diocese, e de Emilia da Conceição, governadeira
de casa, natural do logar do Monte Frio, recebidos
nesta freguesia da Bemfeita, parochianos desta mesma
freguesia, moradores no logar do Monte Frio,
neta paterna de Luis da Silva, e Maria da Silva, e
materna de Antonia Maria Pinheiro, e avou incognito,
esta moradora no logar do Montefrio, e aqueles
moradores no Boubadela, padrinho João Marques, sapatereiro,
casado, e Maria do Nascimento, governadeira de casa,
casada, moradores no logar do Montefrio, os quaes sei
serem os proprios. E para constar lavrei em duplicado este
assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
que não assignaram por não saber, eu o assignei.
Era ut supra
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 253:
"Nº 29
Dia 4
Agosto
1867
Monte Frio
Maria filha
de Manoel Martins
e Anna Nunes."
"Aos quatro dias do mes de Agosto do anno de mil oitocentos
e secenta e sete nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia da
freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente e pus os Santos Oleos
a hum indevido do sexo femenino a que dei o nome de
Maria, que no logar do Montefrio, nasceo as duas horas
da tarde do dia vinte e seis do mes de Junho do anno
de mil oitocentos e secenta e sete, filha legitima / primeira
digo segunda do nome na ordem da filiação / de Manoel
Martins, trabalhador, natural do logar do Monte Frio, e
de Anna Nunes, governadeira de casa natural do logar
do Salgueiro freguesia de Folques, recebidos nesta freguesia
da Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia
e moradores no logar do Monte Frio, neta paterna de
Manoel Martins e Anna Maria, e materna de Manoel
Pinto e Josefa Nunes, Padrinho Jose dos Santos casada, trabalhadores,
e madrinha Maria Nunes governadeira de casa,
moradores ambos no logar do Montefrio, os quaes sei
serem os proprios, e para constar lavrei em duplicado este
assento que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era
ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 255:
"Nº 32
Dia 15
Agosto
1867
Monte Frio
Antonio filho
de Manoel Luis
e Luisa da
Crus."
"Aos quinse dias do mes de Agosto do anno de
mil oitocentos e secenta e sete, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra
baptisei solenemente, e pus os Santos Oleos
a hum indevido do sexo masculino, a que dei
o nome de Antonio que no logar do Montefrio
nasceo a huma hora da tarde do dia desaseis do mes
de Julho do anno de mil oitocentos e secenta e sete,
filho legitimo / segundo do nome na ordem
da filiação / de Manoel Luis, trabalhador
natural do Montefrio, e de Luisa da Crus
governadeira de casa natural das Torroselas
freguesia de Arganil, recebidos em Arganil,
e moradores no logar do Montefrio
neto paterno de Jose Luis e Antonia Joaquina
e materna de Jose de Paiva, e Luisa de
Paiva, padrinho Antonio Anastasio de
Figueiredo, Professor solteiro, e madrinha
Maria Maxima de Figueiredo, solteira, governadeira
de casa moradores ambos neste
logar e freguesia da Bemfeita os quaes
sei serem os proprios E para constar lavrei
em duplicado este assento que com os
padrinhos o assignei Era ut supra
Antonio Anastacio de Figueiredo
Maria Maxima de figueiredo
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 257:
"Nº 35
Dia 4
Setembro
1867
Monte Frio
Maria filha
de Niculao
Antonio e
Maria Rita"
"Aos quatro dias do mes de Setembro do anno de mil oitocentos
e secenta e sete, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente e pus
os Santos Oleos a hum indevido do sexo femenino a
que dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio
nasceo as oito horas da tarde do dia quinse do
mes de Agosto do anno de mil oitocentos e secenta e sete,
filha legitima / segunda do nome na ordem da filiação /
de Niculao Antonio, trabalhador, natural do logar
dos Pardieiros, e de Maria Rita, governadeira de casa,
natural do logar da Sorgasosa freguesia de
Pomares, recebidos nesta freguesia da Bemfeita,
parochianos desta mesma freguesia, e moradores
no logar do Montefrio, neta paterna de
Jose Antonio, e Maria Rita, e materna de Manoel
Nunes Castelhano, e Maria Lopes, padrinho João
Marques, sapateiro, casado, e madrinha Maria do Nascimento,
governadeira de casa, casada, moradores ambos
no logar do Montefrio desta mesma freguesia
os quaes sei serem os proprios. E para constar lavrei
em duplicado este assento que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram por
não saber eu o assignei. Era ut supra
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 259:
"Nº 38
Dia 27
Outubro
1867
Monte Frio
Antonio filho
de Manoel
Martins da do Portal,
e Maria
Rita."
"Aos vinte e sete dias do mes de Outubro do anno de mil
oitocentos e secenta e sete, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente, e
pus os Santos Oleos a hum indevido do sexo masculino,
a que dei o nome de Antonio, que no logar do Montefrio
nasceo as cinco horas da manhaã do dia vinte
e hum do mes de Outubro do anno de mil oitocentos
e secenta e sete, filho legitimo / primeiro do nome na
ordem da filiação / de Manoel Martins do Portal
trabalhador natural do Montefrio, e de Maria Rita
governadeira de casa, natural do logar do Barrigueiro
freguesia de Pomares, recebidos nesta freguesia da
Bemfeita neto paterno de Joaquim Lopes e Maria Lopes,
materno de Domingos Marques e Anna Rita,
padrinho João Marques casado, sapateiro, e madrinha
Maria Joaquina, solteira, filha familia, em
moradores no logar do Montefrio, os pais são taõbem
moradores do mesmo logar do Montefrio desta freguesia da
Bemfeita E para constar lavrei em duplicado este
assento que depois de lido e conferido perante os
padrinhos, que não assignaram por não saber, eu
o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."
"1-Casou com Maria da Conceição, de 20 anos natural da freguesia da Benfeita, concelho de Arganil, filha de António Marques e de Maria de Jesus na Igreja paroquial da freguesia da benfeita, no dia 29 de Fevereiro de 1892. Assento nº 6 de dia 29 de Fevereiro de 1892. Em quinze de abril de mil novecentos e sessenta e cinco. [???]"
"2-Faleceu na dita freguesia de Benfeita, pelas 3 horas do dia 12 de Maio de 1914. assento nº 167 do dia 13 de Maio de 1914. Em quinze de abril de mil novecentos e sessenta e cinco. [???]"

Página 263:
"Nº 44
Dia 8
Dezembro
1867
Monte Frio
Antonio filho
de Joaquim
Nunes e Luisa
Maria."
"Aos oito dias do mes de Dezembro do anno de mil oitocentos
e secenta e sete, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente, e pus
os Santos Oleos a hum indevido do sexo masculino, a
que dei o nome de Antonio, que no logar do Montefrio
nasceo as cinco horas da tarde do dia vinte do
mes de Novembro do anno de mil oitocentos e secenta
e sete, filho legitimo / primeiro do nome na ordem
da filiação / de Joaquim Nunes trabalhador, e de
Luisa Maria, governadeira de casa, naturaes do logar
do Montefrio, recebidos nesta freguesia da Bemfeita,
parochianos desta mesma freguesia, e moradores
no logar do Montefrio, neto paterno de Jose Nunes
e Luisa Maria, e materna de Manoel Dias e Anna
Maria, foram padrinhos Manoel Nunes solteiro,
e Maria Luisa, solteira, moradores no logar
do Montefrio, os quaes sei serem os proprios. E para
constar lavrei em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber eu o assignei. Era ut supra
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 263 e 264:
"Nº 45
Dia 8
Dezembro
1867
Monte Frio
Antonio filho
de Jose Marques,
e Maria
Joaquina"
"Aos oito dias do mes de Dezembro do anno de mil oitocentos
e secenta e sete, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente, e
pus os Santos Oleos a hum indevido do sexo masculino,
a que dei o nome de Antonio, que no logar do
Montefrio nasceo as oito horas da manhaa do
dia quinse do mes de Novembro do anno de mil
oitocentos e secenta e sete, filho legitimo / primeiro do
nome na ordem da filiação / de Jose Marques trabalhador,
e de Maria Joaquina, governadeira de casa,
naturaes do logar do Montefrio, recebidos nesta
freguesia da Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia,
e moradores no logar do Montefrio, neto paterno
de Niculao Antonio e Maria Marques, e materno
de Jose Luis e Joanna Maria, padrinhos,
Jose Luis Solteiro, morador no logar do Montefrio, e
Dona Rosa, casada, moradora neste logar e freguesia
da Bemfeita, os quaes sei serem os proprios. E para
constar lavrei em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber. Eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 266 e 267:
"Nº 50
Dia 29
Dezembro
1867
Monte Frio
Maria filha
de Jose Fernandes
e Maria da
Gloria."
"Aos vinte e nove dias do mes de Dezembro do anno
de mil oitocentos e secenta e sete, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente, e pus os Santos Oleos a hum indevido
do sexo femenino, a que dei o nome de Maria,
que no logar do Montefrio nasceo as quatro
horas da manhaã do dia honse do mes de Desembro
do anno de mil oitocentos e secenta e sete, filha
legitima / primeira do nome na ordem da filiação. /
de Jose Fernandes, trabalhador, e de Maria
da Gloria, governadeira de casa, naturaes do logar
do Montefrio, recebidos nesta freguesia da
Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia
e moradores no logar do Montefrio, neta paterna
de Manoel Fernandes, e Maria Bernarda, e
materna de Pedro Nunes e Maria Gonsalves, forão
Padrinhos Jose Martins solteiro, e Maria
Theresa, solteira, moradores no mesmo logar do Montefrio,
os quaes sei serem os proprios. E para constar
lavrei em duplicado este assento, que depois de
lido e conferido perante os padrinhos, que não
assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 281 e 282:
"Nº 6
Dia 9
Fevereiro
1868
Monte Frio
Antonio filho
de Manoel
Henriques e
Anna Martins.
obito 7 de
agosto de 1874
Correa."
"Aos nove dias do mes de Fevereiro do anno de mil oitocentos
e secenta e oito, nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente e pus os Santos
Oleos a hum indevido do sexo masculino, a que
dei o nome de Antonio, que no logar do Montefrio
nasceo a huma hora da tarde do dia vinte e quatro
do mes de Janeiro do anno de mil oitocentos e secenta
e oito, filho legitimo / primeiro do nome na ordem
da filiação / de Manoel Henriques, trabalhador, natural
do Tojo freguesia do Piodão, e de Anna Martins governadeira
de casa natural do logar do Montefrio, recebidos
nesta freguesia da Bemfeita, parochianos desta
mesma freguesia, e moradores no logar do Montefrio,
neto paterno de Manoel Antunes, e Maria
Henriques, e materno de Jose Martins e Anna Bernarda,
forão padrinhos Antonio Simões novo, solteiro,
e Maria Gonsalves casada, moradores ambos neste
logar e freguesia da Bemfeita, os quaes sei serem
os proprios. E para constar lavrei em duplicado este
assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
eu com o padrinho o assignei, a madrinha não assignou
por não saber. Era ut supra.
Antonio Simões
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 282 e 283:
"Nº 7
Dia 16
Fevereiro
1867 (1868)
Monte Frio
Maria filha
de Jose Martins,
e Maria
Luisa"
"Aos desaseis dias do mes de Fevereiro do anno de mil oitocentos
e secenta e oito, nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente e pus os Santos
Oleos a hum indevido do sexo femenino, a que dei o nome
de Maria, que no logar do Montefrio nasceo as
honse horas da manhaã do dia seis do mes de Fevereiro
do anno de mil oitocentos e secenta e oito, filha legitima
/ primeira do nome na ordem da filiação / de Jose Martins,
trabalhador, e de Maria Luisa, governadeira de casa,
e naturaes do logar do Montefrio, recebidos nesta freguesia
da Bemfeita, parochianos desta mesma freguesia
e moradores no logar do Montefrio, neta paterna
de Joaquim Lopes e Maria Lopes, e materna de Manoel
Luis das Penedas, e Luisa da Crus, forão padrinhos
Jose Joaquim de Moura Correa, casado, e Dona [???riscado???] Maria
da Conceição casada, moradores ambos neste logar e
freguesia da Bemfeita, os quaes sei serem os proprios.
E para constar lavrei em duplicado este assento que
depois de lido e conferido perante os padrinhos, eu com
o padrinho o assignei, a madrinha não assignou por não saber
Era ut supra Jose Joaquim de Moura Corrêa
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 284 e 285:
"Nº 10
Dia 22
Marco
1868
Monte Frio
Antonio filho
de Jose Lopes
e Maria
Antonia."
"Aos vinte e dois dias do mes de Marco de mil oitocentos
e secenta e oito, nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente e pus os
Santos Oleos a hum indevido do sexo masculino a
que dei o nome de Antonio, que no logar do Montefrio,
nasceo as seis horas da tarde do dia douse do mes
de Marco do anno de mil oitocentos e secenta e oito, filho
legitimo / primeiro do nome na ordem da filiação / de
Jose Lopes, trabalhador, e de Maria Antonia, governadeira
de casa, naturaes do mesmo logar do Montefrio,
recebidos nesta freguesia da Bemfeita, parochianos
desta mesma freguesia e moradores no logar do
Montefrio, neto paterno de Jose Lopes e Maria Nunes,
e materno de Maria digo de Jose Lopes e Maria
Nunes, e materno de Maria Antonia, e avou incognito,
forão padrinhos Joaquim Luis, casado, e Antonia
da Silva, casada, moradores no mesmo logar do
Montefrio, os quaes sei serem os proprios. E para
constar lavrei em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não
assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 298 e 299:
"Nº 25
Dia 10
Maio
1868
Monte Frio
Antonio filho
de João Marques
e Maria do Nascimento"
"Aos des dias do mes de Maio de mil oitocentos
e secenta e oito, nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente e pus os
Santos Oleos a hum indevido do sexo masculino
a que dei o nome de Antonio, que no logar do Montefrio
nasceo as nove horas da noute do dia vinte e quatro do mes
de Abril do anno de mil oitocentos e secenta e
oito, filho legitimo / primeiro do nome na ordem da filiação /
de João Marques, sapateiro, natural do Sobral
gordo freguesia de Pomares, e de Maria do Nascimento, governadeira
de casa, natural do logar do Montefrio, recebidos
na freguesia de Pomares, parochianos desta
freguesia da Bemfeita, e moradores no logar do Monte
Frio, neto paterno de Domingos Marques e Anna
Rita, e materno de Niculao Antonio, e Maria Rita,
forão padrinhos Antonio Marques solteiro, morador
no dito Sobral gordo, e Anna do Carmo, viuva, morada
no logar e freguesia de Pomares, os quaes sei serem
os proprios. E para constar lavrei em duplicado este
assento que depois de lido e conferido perante os
padrinhos, que não assignaram por não saber, eu
o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 301 e 302:
"Nº 28
Dia 7
Junho
1868
Monte Frio
Maria filha
de Jose dos Santos
e Maria Nunes."
"Aos sete dias do mes de Junho do anno de mil oitocentos
e secenta e oito, nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente e pus
os Santos Oleos a hum indevido do sexo femenino a
que dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio
nasceo as tres horas da manhaa do dia vinte
e cinco do mes de Maio do anno de mil oitocentos
e secenta e oito, filha legitima / primeira do nome na
ordem da filiação / de Jose dos Santos, trabalhador
natural do casal do Condam freguesia da Condeixa, e de
Maria Nunes, governadeira de casa natural do logar
do Montefrio, recebidos nesta freguesia da Bemfeita,
parochianos desta mesma freguesia, e moradores
no logar do Montefrio, neta paterna de Jose dos Santos,
e Cerqueira Maria, e materna de Manoel Nunes, e
Anna Maria, forão padrinhos Jose Nunes solteiro, e
Anna Maria solteira, moradores no mesmo Montefrio, os
quaes sei serem os proprios, e para constar lavrei em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era
ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 302:
"Nº 29
Dia 7
Junho
1868
Monte Frio
Lourenso
filho de Anna
Maria, e
Pai incognito."
"Aos sete dias do mes de Junho do anno de mil oitocentos
e secenta e oito nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia
da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente e pus os Santos Oleos a hum
indevido do sexo masculino, a que dei o nome de Lourenso
que no lugar do Montefrio nasceo as hose horas da
noute do dia vinte e oito do mes de Maio do anno de mil
oitocentos e secenta e oito, filho natural / primeiro do nome
na ordem da filiação / de Anna Maria, solteira, filha familia,
natural do logar do Montefrio, Parochiana desta freguesia
da Bemfeita, e moradora no lugar do Montefrio, neto
materno de Joaquim Lopes, e Maria Lopes; forão padrinhos
Jose Luis solteiro, e Joanna da Conceição casados
moradores no mesmo logar do Montefrio, os quaes sei serem
os proprios. E para constar lavrei em duplicado este
assento que depois de lido e conferido perante os padrinhos
que não assignaram por não saber eu o assignei,
Era ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 314:
"Nº 47
Dia 4
Outubro
1868
Monte Frio
Antonio filho
Antonio Luis,
e Joaquina
Gonsalves"
"Aos quatro de Outubro de mil oitocentos e secenta e oito, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente, a hum indevido do sexo masculino,
a que dei o nome de Antonio, que no logar do Montefrio, onde mora e
seus paes, nasceo as sete horas da manhãa de quinse de Setembro proximo
passado, filho legitimo / segundo do nome na ordem da filiação / de
Antonio Luis, trabalhador, natural do dito Montefrio, e de Joaquina
Gonsalves, governadeira de casa, natural do Tojo freguesia do Piodam
recebidos e parochianos nesta freguesia da Bemfeita, neto paterno
de Antonio Luis, e Anna Nunes, e materno de Joaquim Jose, e Anna
Gonsalves, padrinhos Francisco Luis trabalhador, e Maria Martins
casados moradores no Montefrio, os quaes sei serem os proprios, e para
constar lavrei em duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"Casou com [???] natural de Coja [???]"
"Faleceu na freguesia de Benfeita deste concelho pelas [???] horas do dia 09 de [???] de mil novecentos e [???] de mil novecentos e sessenta e tres [???]"

Página 317:
"Nº 52
Dia 29
Novembro
1868
Monte Frio
Serafim filho
de Manoel Luis da
Antonia, Luisa
da Crus."
"Aos vinte e nove de Novembro de mil oitocentos e secenta e oito, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indevido do sexo
masculino, a que dei o nome de Serafim, que no Montefrio, onde mora
seus paes, nasceo as nove horas da noute de quatorse do corrente, filho
de Manoel Luis da Antonia, trabalhador, natural do Montefrio, e de Luisa
da Crus fiadeira, natural das Toroselas freguesia de Arganil, ambos
na freguesia de Arganil, e parochianos da freguesia da Bemfeita, neto
paterno de Jose Luis, e Antonia Joaquina, e materno de Jose da Crus
Luisa de Paiva; padrinhos Dionisio [???] da Crus casado, [???]dor, e Maria
do Carmo Baeta, casada moradores nos ditos Torroselas, os quaes
sei serem os proprios, de tudo fis este assento em duplicado, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram por não saber,
eu o assignei. Era ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 318:
"Nº 54
Dia 13
Novembro
1868
Monte Frio
Antonino filho
de Manoel
Lopes, e Josefa
Nunes."
"A trese de Desembro de mil oitocentos e secenta e oito, nesta Parochial Egreja
de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indevido do sexo masculino
a que dei o nome de Antonino, que no logar do Montefrio, onde mora
e seus paes, nasceo as nove do dia trinta de Novembro proximo passado,
filho legitimo de Manoel Lopes, trabalhador, natural do Montefrio,
e de Josefa Nunes, fiadeira natural da Relva Velha desta freguesia [???]
do, recebidos e parochianos, nesta freguesia, neto paterno de Jose Lopes
e Mariana Nunes, e materno de Manoel Nunes, e Anna Nunes padrinhos,
Manoel Nunes Agostinho, e Delfina Nunes, elle trabalhador, solteiros,
moradores no logar da Relva Velha, os quaes sei serem os proprios, de
que fis este assento em duplicado, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 320 e 321:
"Nº 2
Dia 3
Janeiro
1869
Monte Frio
Anna filha de
Jose Antonio
e Joaquina Maria"
"A tres de Janeiro de mil oitocentos e secenta e nove nesta Parochial Egreja de Santa
Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indevido do sexo femenino, a que dei o nome de Anna
que no logar do Montefrio onde mora, seus paes nasceo as duas da tarde de desoito
de Desembro proximo passado, filha legitima de Jose Antonio, trabalhador,
natural do Montefrio, e de Joaquina Maria fiadeira natural dos Pardieiros
recebidos, e parochianos nesta freguesia da Bemfeita, neta paterna de Antonio
Luis e Anna Nunes, e materna de Jose de Abrantes, e Josefa Maria padrinhos
Jose Joaquim de Moura Correa barbeiro, casado, e Dona Rosa Maria da Conceição casada,
moradores neste logar da Bemfeita, os quaes sei serem os proprios, de que
fis este assento em duplicado, que depois de lido e conferido, perante os padrinhos,
eu com o padrinho o assignei, a madrinha não por não saber. Era ut supra. O Vigario
Joaquim Florindo Correa. Jose Joaquim de Moura Corrêa"

Página 327:
"Nº 16
Dia 2
Maio
1869
Monte Frio
Maria filho
de Jose da
Silva, e Maria
Isabel."
"A dois de Maio de mil oitocentos e secenta e nove nesta
Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum indevido do sexo femenino a que dei o nome
de Maria, que no logar do Montefrio, onde mora e seus paes
nasceo a huma hora da manhaã de dia vinte de Abril
do anno corrente, filha legitima / segunda do nome na ordem
da filiação / de Jose da Silva, canastreiro, natural do
logar e freguesia da Boubadela, e de Maria Isabel, fiadeira
natural da Moura freguesia de Avou, recebidos e parochianos
nesta freguesia da Bemfeita, neta paterna de Luis
da Silva e Maria Silva, e materna de Jose Lopes e Maria
Isabel; forão padrinhos Jose Joaquim, casado, trabalhador
e Anna Luisa, casada, moradores no logar da Relva Velha freguesia
da Bemfeita, tudo desda Diocese, os quaes sei serem os
proprios; de tudo fis em duplicado este assento, que depois de
lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram por
não saber, eu o assignei. Era ut supra
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 327 e 328:
"Nº 17
Dia 6
Maio
1869
Monte Frio
Jose filho de
Jose Ribeiro
e Maria Pinto."
"A seis de Maio de mil oitocentos e secenta e nove nesta Parochial Egreja
de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indevido do sexo
masculino, a quem dei o nome de Jose, que no logar do Montefrio
onde mora, e seus paes, nasceo as honse horas da noute de dois
de Abril proximo passado, filho legitimo de Jose Ribeiro, trabalhador,
natural do logar e freguesia de Sebola, Diocese da Guarda, e de Maria
Pinto, fiadeira, natural do supra dito Montefrio, recebidos, nesta
freguesia da Bemfeita, e nella parochianos, neto paterno de
Maria Josefa, e avou incognito, e materno de João Ribeiro, e Maria
Pinto, padrinhos Jose João solteiro, trabalhador do Montefrio
e Maria Rosaria solteira do logar de Salgueiro, os quaes sei serem os proprios;
de tudo fis em duplicado este assento que depois de lido e conferido
perante os padrinhos que não assignaram por não saber, eu o assignei
Era ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 331 e 332:
"Nº 26
Dia 3
Agosto
1869
Monte Frio
Maria filha
de Jose Martins
Xarata, e Anna
Nunes."
"A tres de Agosto de mil oitocentos e secenta e nove, nesta Parochial Egreja
de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indevido do sexo femenino,
a que dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio onde
mora e seus paes nasceo as quatro horas da manhaã do dia vinte
e cinco de Julho proximo passado, filha legitima de Jose Martins
Xarata, trabalhador, e de Anna Nunes, fiadeira naturaes do dito
Montefrio, parochianos e recebidos nesta freguesia da Bemfeita, neta
paterna de Antonio Martins e Rita Maria, e materna de Pedro Nunes
do Fundo e Maria Josefa, forão padrinhos Manoel Pedro trabalhador
casado, e Maria Josefa solteira, moradores no dito Montefrio, os quaes
sei serem os proprios; de tudo fis em duplicado este assento, que depois de
lido e conferido perante os padrinhos que não assignaram por
não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 332 e 333:
"Nº 28
Dia 22
Agosto
1869
Monte Frio
Jose filho
Luis Nunes
e Anna da Costa.
Obito a 17 de
Abril de 1871.
Folhas 9
Correa."
"A vinte e dois de Agosto de mil oitocentos e secenta e nove, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a
hum indevido do sexo masculino, a que dei o nome de Jose
que no logar do Montefrio, onde mora e seus paes nasceo as
honse horas da manhaã do mes, e anno supra, filho legitimo
de Luis Nunes, trabalhador, natural do dito Montefrio, e de Anna
da Costa fiadeira, natural do logar e freguesia da Teixeira desta
Diocese e concelho, recebidos na dita freguesia da Teixeira, parochianos
desta freguesia da Bemfeita, neto paterno de Antonio
Gaspar e Anna Nunes, e materno de Jose João e
Maria da Costa, padrinhos Antonio Simões, proprietario
casado, e Maria Gonsalves casada, moradores nestte logar e
freguesia da Bemfeita, os quaes sei serem os proprios, de tudo
fis em duplicado este assento que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram por não saber, eu o
assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 333:
"Nº 29
Dia 22
Agosto
1869
Monte Frio
Germano filho
de Maria
Augusta e
pai incognito.
obiit a 27 de Desembro
de 1870"
"A vinte e dois de Agosto de mil oitocentos e secenta e nove, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indevido do sexo
masculino, a que dei o nome de Germano, que no logar do Montefrio,
onde mora e seus paes nasceo as douse horas do dia honse
do mes e anno supra dito, filho de Maria Augusta solteira, fiadeira,
natural do mesmo Montefrio, e de pae incognito, parochiana desta
mesma freguesia, neto paterno digo materno de Jose Francisco, e
Antonia João, padrinhos Jose Maria, trabalhador, solteiro, e
Maria Barbosa, solteira, moradores no logar da Drea desta mesma
freguesia, os quaes sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento que depois, de lido, e conferido perante os padrinhos
que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 335 e 336:
"Nº 34
Dia 1
Novembro
1869
Monte Frio
Jose filho de
João Marques
e Maria do
Nascimento."
"No primeiro de Novembro de mil oitocentos e secenta e nove, nesta
Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita
Concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum indevido do sexo masculino, a que dei o nome de Jose
que no logar do Montefrio onde mora e seus paes nasceo as seis
horas da manhaã de desaseis de Outubro do anno corrente; filho
legitimo de João Marques, sapateiro, natural do Sobral magro
freguesia de Pomares, e de Maria do Nascimento, fiadeira, natural
do dito Montefrio, recebidos na freguesia de Pomares, e parochianos
desta freguesia da Bemfeita, neto paterno de Domingos Marques
e Anna Rita, e materno de Niculao Antonio, e Maria
Rita, Padrinhos Antonio Domingues do Sobral Gordo e Anna
do Carmo de Pomares ambos desta freguesia de Pomares aquelle trabalhador,
e esta fiadeira, de tudo fis em duplicado este assento que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram por não
saber eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."
"1-Casou com Maria do Rosário, de 26 anos, natural da freguesia de Pomares, concelho de Arganil, filha de Francisco Quaresma e de Ana Antonia, na igreja paroquial da freguesia da Bemfeita, deste concelho no dia 19 de Fevereiro de 1898. assento nº5 do dia 19 de Fevereiro de 1898. Em desasete de Dezembro de mil novecentos e sessenta [???]"
"2-Faleceu em Lisboa, freguesia de São Sebastião da Pedreira, pelas 22 horas do dia [???]5 de Outubro de 1946. Assento nº 627. Maço nº5. Em desassete de Dezembro de mil novecentos e sessenta. [???]"

Página 337 e 338:
"Nº 38
Dia 10
Dezembro
1869
Monte Frio
Maria filha
de Antonio Nunes
Charata, e Anna
Maria"
"A dez de Desembro de mil oitocentos e secenta e nove, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente, a hum indevido
do sexo femenino a que dei o nome de Maria, que no logar
do Montefrio onde Mora e seus paes, nasceo as quatro horas da
tarde do dia cinco do corrente mes, filha legitima de Antonio
Nunes Charata trabalhador, natural do logar do Salgueiro freguesia
de Folques, e de Anna Maria, fiadeira, natural do Monte Frio, recebidos
nesta freguesia da Bemfeita, e della parochianos, neta paterna
de Francisco Nunes Charata, e Maria Isabel, e materna de
Jose Lopes, e Maria Anna, padrinhos Jose Marques, carpinteiro,
casado, e Maria Isabel, fiadeira, casada, moradores no Salgueiro, freguesia
de Folques, tudo desta Diocese, os quaes sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que assigno, os padrinhos
não por não saberem. Era ut supra
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"1-Casou com Antonio Luis, [???] da Bemfeita [???] filho de Antonio Luis e de Joaquina Gonsalves nesta igreja paroquial da Bemfeita. [???] mil novecentos e [???] e nove. Assento [???]"
"2-[???]"
"3-[???]"
"4-Faleceu na freguesia da Bemfeita deste concelho [???]"

Página 339:
"Nº 41
Dia 26
Dezembro
1869
Monte Frio
Jose filho de
Jose Martins
e Maria Theresa.
obiito 25 de
Fevereiro de 1870.
Correa."
"A vinte e seis de Desembro de mil oitocentos e secenta e nove
nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum indevido do sexo masculino a que dei o
nome de Jose que no logar do Montefrio, onde Mora e seus
paes nasceo, as cinco horas da manhaã do dia tres do mes
e anno supra, filho legitimo de Jose Martins, trabalhador,
e Maria Theresa, fideira, naturaes do dito logar do
Montefrio, recebidos, e parochianos nesta freguesia, neto
paterno de Joaquim Lopes, e Maria Lopes, e materno de
Manoel Luis da Antonia, e Luisa da Crus, forão padrinhos
Jose da Crus, trabalhador, e Maria do Patrocinio
fiadeira, solteira, os quaes sei serem os proprios, moradores
no logar das Torroselas freguesia de Arganil, da dita
Diocese, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Dezembro 2010 - Livro dos baptizados de 1864 do Arquivo da Universidade de Coimbra da Paróquia da Benfeita:
Página 2:
"Termo da Abertura
"Aos vinte e [???] de mil oitocentos
e sessenta e tres
[???]
[???]
a baptismos da freguesia de Bemfeita [???]
[???]
O Arc D. Luis Caetano Lobo

Página 2:
"Nº 1
Luadas
Antonio filho
de José Dias
da Costa, e
Anna Rita
Dia 10
Mes 1
Anno 1864"

Página 3:
"Nº 2
Pardieiros
Maria da
Ressureição
filha de Jose
Fernandes e Maria
do Rosario
Dia 10
Mes 1
Anno 1864"

Página 3 e 4:
"Nº 3
Enxudro
Luiz (Nunes) filho
legitimo de
Luiz Quaresma e
Maria Nunes
Dia 10
Mes 1
Anno 1864"

Página 4 e 5:
"Nº 4
Monte Frio
Antonio filho
de Joaquim Nunes
e Rita Maria
Dia 8
Mes 2
Anno 1864"
"Aos oito dias do mez de Fevereiro do anno de mil oitocentos
sessenta e quatro nesta Egreja Parochial de Santa Cecilia da
Benfeita Concelho d'Arganil Diocese de Coimbra baptizei
solenemente a um individuo do sexo masculino a que
dei o nome de Antonio, que nasceo no logar do Monte Frio ás 6
horas da tarde do dia seis do mez de Janeiro deste mesmo anno filho
legitimo de Joaquim Nunes trabalhador, e de Rita Maria governadeira
de sua casa, naturaes do mesmo logar do Monte Frio, recebidos
nesta freguesia, e desta Parochiana moradores no
mesmo lugar do Monte Frio neto paterno de Jose Nunes trabalhador natural
do lugar do Monte Frio, e Luiza Maria natural
do logar das Casarias freguesia de Pomares deste mesmo
Concelho esta governadeira de sua casa moradores no referido
logar do Monte Frio, e materno de Manoel Antonio trabalhador
natural do Barrigueiro freguesia de Pomares deste mesmo
Concelho, e de Anna Maria governadeira de sua casa
natural do logar do Monte Frio, deste mesmo Concelho moradores
no referido logar do Monte Frio. Foi padrinhos José
dos Santos trabalhador e madrinha sua milher Maria
Nunes governadeira de sua casa moradores no mesmo logar
do Monte Frio, os quais sei serem os proprios E para
constar lavrei em duplicado este assento, que assigno
digo que depois de ser lido e conferido perante os padrinhos,
que comigo não assignarao por não saberem escrever
Era ut supra O Parocho Antonio Soares Correa"

Página 5 e 6:
"Nº 5
Pardieiros
Cezar filho de
Antonio Bernardo,
e Thereza
de Jesus
Dia 14
Mes 2
Anno 1864"
Página 6 e 7:
"Nº 6
Enxudro
Adjuto filho
legitimo de
José Quaresma
e Maria Rita
Dia 6
Mes 3
Anno 1864"
Página 7 e 8:
"Nº 7
Pardieiros
Cazemira
da Concepção
filha de
José Ferreira
e Maria Antonio
Dia 27
Mes 3
Anno 1864"
Página 8:
"Nº 8
Monte Frio
Anna da
Ressureição
filha de
Manoel Martins
Lopes
e Maria Rita
Dia 27
Mes 3
Anno 1864"
"Aos vinte e sete dias do mez de Março do anno de mil oitocentos
sessenta e quatro n'esta Egreja Parochial de Santa
Cecilia da Benfeita Concelho d'Arganil Diocese de
Coimbra baptizei solenemente a um individuo do sexo
femenino a que dei o nome d'Anna da Ressureição,
que nasceo no logar do Monte Frio ás quatro horas da tarde
do dia tres deste mez e anno filha legitima primeira deste
nome de Manoel Martins Lopes trabalhador natural
do referido logar do Monte Frio desta freguesia da Benfeita,
e de Rita digo e de Maria Rita natural do Cazal do
Espinho, freguesia de Pomares esta governadeira de sua casa
recebidos nesta freguesia, e della Parochianos moradores no
logar do referido Monte Frio, neta paterna de Joaquim Lopes,
e Maria Lopes, aquelle natural da Moira freguesia de
Avô Concelho de Oliveira do Hospital, e esta natural do referido
logar do Monte Frio, aquelle trabalhador, e esta governadeira
de sua casa moraadores no mesmo logar do Monte Frio, e materna
de Domingos Marques natural do referido logar do Espinho
freguesia de Pomares deste mesmo Concelho este
trabalhador, e de Anna Rita natural do logar do Barrigueiro
da referida freguesia de Pomares esta governadora de
uma casa moradores no dito logar do Espinho. Foi padrinho
Manoel Martino trabalhador cazado e madrinha
Anna Lopes solteira filha de Joaquim Lopes moradores
do dito logar do Monte Frio, os quais sei serem
os proprios E para constar lavrei em duplicado este assento,
que depois de ser lido, e conferido para os padrinhos
comigo não assignarão por não saberem escrever Era ut
supra O Parocho Antonio Soares Correa"

Página 9:
"Nº 9
Luadas
Emilia da
Ressureição
filha de Jose da
Costa Santos
Florinda
Maria
Dia 27
Mes 3
Anno 1864"

Página 9 e 10:
"Nº 10
Luadas
Augusto Cezar
filho de
Manoel Gonçalves
Bento (Antonia de Jesus)
Dia 27
Mes 3
Anno 1864"
"Aos vinte e sete dias do mez de Março do anno de
mil oitocentos sessenta e quatro n'esta Egreja Parochial
de Santa Cecilia da Benfeita Concelho d'Arganil
Diocese de Coimbra baptizei solenemente a um individuo
do sexo masculino a que dei o nome d'Augusto
Cezar que nasceo no logar das Luadas ás duas horas
da madrugada do dia quatro do mes de março do corrente
anno, filho legitimo primeiro deste nome de Manoel
Gonçalves Bento, trabalhador, e d'Antonia de Jesus governadeira
de sua casa ambos natures do dito logar das
Luadas desta freguezia recebidos nesta freguesia, e della
Parochianos moradores no mesmo logar das Luadas,
neto paterno de José Francisco Bento proprietario, e Engracia
Maria governadeira de sua casa, ambos naturaes do
referido logar das Luadas, e materno de José Francisco trabalhador,
natural do mesmo logar das Luadas, e de Rita
Maria, governadeira de sua casa natural do logar do Monte
Frio desta mesma freguesia moradores no referido logar
das Luadas. Foi padrinho Jose Pedro proprietario, madrinha
sua mulher Maria Engracia governadeira de sua
casa moradores no logar do Sardal desta mesma freguesia
aos quais todos conheço serem os proprios. Declaro que
avó paterna é Engracia Gonçalves & para constar lavrei em
duplicado este assento, que depois de ser lido, e conferido perante
os padrinhos comigo não assignarão por não saberem
escrever Era ut supra. O Parocho Antonio Soares Correa"

Página 10 e 11:
"Nº 11
Monte Frio
Diamantino
filho natural
de
Bernardina
Maria
Dia 3
Mes 4
Anno 1864"
"Aos tres dias do mez de Abril do anno de mil
oitocentos sessenta, e quatro n'esta Igreja Parochial
de Santa Cecilia da Benfeita Concelho d'Arganil
Diocese de Coimbra baptizei solenemente
a um individuo do sexo masculino, a que dei o nome
de Diamantino, que nasceo no logar do Monte Frio
ás sete horas da manha do dia vinte e um de março
do presente anno, filho natural primeiro deste
nome de Bernardina Maria solteira, e que em
casa de sua mãe natural do referido logar do Monte
Frio desta freguesia Parochiana desta freguezia, e moradora
no mesmo logar do Monte Frio, neto materno de
Manoel Antonio trabalhador, e de Anna Maria
governadeira de sua casa, aquelle natural do Barrigueiro
freguesia de Pomares deste mesmo Concelho, e esta natural
do mesmo logar do Monte Frio, onde morão os
padrinhos José Luiz, solteiro filho de José Luiz e
madrinha Maria Thereza solteira filha de Pedro Nunes
[???] todos do mesmo logar do Monte Frio, os quais
conheço serem os proprios E para constar lavrei
em duplicado este assento que depois de ser lido, e
conferido perante os padrinhos comigo não assignarão
por não saberem escrever Era ut supra
O Parocho Antonio Soares Correa"

Página 11 e 12:
"Nº 12
Drea
Furtunata
filha natural
de Feverona
Maria solteira
Dia 3
mez 4
anno 1864"

Página 12:
"Nº 13
Monte Frio
Manoel filho
de Antonio Luiz
Nunes e Joaquina
Gonçalves
Dia 10
mez 4
anno 1864"
"Aos des dias do mez de Abril do anno de mil oitocentos
sessenta, e quatro n'esta Egreja Parochial de Santa Cecilia
da Benfeita, Concelho d'Arganil, Diocese de Coimbra,
baptizei solenemente a um individuo do sexo
femenino, a que dei o nome de Manoel, que nasceo no
logar do Monte Frio ás duas horas da madrugada do
dia vinte e quatro do mez de março deste anno filho
legitimo primeiro deste nome d'Antonio Luiz Nunes,
trabalhador natural do mesmo logar do Monte Frio desta
freguesia, e de Joaquina Gonçalves natural do logar
do Tojo freguesia do Piodam deste mesmo Concelho
esta governadeira de sua casa, recebidos nesta freguesia,
e della Parochianos moradores no logar do Monte Frio; neto
paterno de Antonio Luiz, natural do mesmo logar do
Monte Frio este trabalhador, e d'Anna Nunes natural
do logar da Relva Velha desta freguesia, esta governadeira
de sua casa moradores no referido logar do Monte
Frio, e materno de Joaquim José trabalhador natural
do logar do Tojo, freguesia do Piodam deste mesmo Concelho,
e d'Anna Gonçalves natural do mesmo logar da
Relva Velha, esta governadeira de sua casa moradores
no referido logar da Relva Velha. Foi padrinho Manoel
Joaquim, trabalhador, e madrinha sua mulher Maria
Rita governadeira de sua casa moradores no logar
do Sardal desta mesma freguesia, os quais todos conheço
serem os proprios E para constar lavrei em duplicado
este assento, que assigno digo que depois de ser lido,
e conferido perante os padrinhos comigo não assignarão
por saberem escrever Era ut supra. O Parocho
Antonio Soares Correa Declaro que a madrinha é Cecilia filha de
Antonio Costa do Sardal solteira [???]

Página 13:
"Nº 14
Monte Frio
Antonia filha
de José Pinto
e Maria do
Rosario.
Dia 13
mez 4
anno 1864"
"Aos treze dias do mez de Abril do anno de mil oitocentos
sessenta, e quatro n'esta Egreja Parochial de Santa
Cecilia da Benfeita Concelho d'Arganil, Diocese
de Coimbra, baptizei solenemente a um individuo
do sexo femenino, a que dei o nome de d'Antonia, que nasceo
no logar do Monte Frio desta freguesia ás dés horas noite
do dia vinte, e quatro do mez de março deste anno filha
legitima primeiro deste nome de José Pinto trabalhador natural
do logar do Salgueiro freguesia de Folques deste mesmo Concelho,
e de Maria Rozaria natural do mesmo logar do Monte Frio,
esta governadeira de sua casa recebidos nesta freguesia, e della
Parochianos moradores no mesmo logar do Monte Frio, neta paterna
de Manoel Pinto trabalhador natural do Alqueve da mesma
freguesia de Folques, e de Josefa Nunes natural do logar do Salgueiro
da sobre dita freguesia de Folques moradores no logar do
referido Salgueiro e materna de José Nunez trabalhador natural
do logar da Surgaçosa freguesia de Pomares deste mesmo
Concelho, e de Rosalia Maria natural do mesmo logar do
Monte Frio, esta governadeira de sua casa moradores no mencionado
logar do Monte Frio Foi padrinho Antonio Nunes
Pinto trabalhador, e madrinha sua mulher Anna Rosaria
moradora de sua casa moradores no sobre dito logar
do Salgueiro, os quais sei serem os proprios E
para constar lavrei em duplicado este assento, que depois de
ser lido e conferido perante os padrinhos comigo não assignarão
por não saberem escrever Era ut supra. O
Parocho Antonio Soares Correa

Página 13 e 14:
"Nº 15
Pardieiros
Eduardo
filho natural de
Anna Gonçalves"
Dia 17
mez 4
anno 1864"

Página 14 e 15:
"Nº 16
Bemfeita
Maria de Jesus
filha de Manoel Corrêa
e Maria de Jesus"
Dia 24
mez 4
anno 1864"

Página 15 e 16:
"Nº 17
Bemfeita
Delphina
de Jesus filha de
Manoel Rosa,
Maria das
Dores"
Dia 24
mez 4
Anno 1864"

Página 16:
"Nº 18
(Bemfeita)
Maria dos
Anjos filha
de Jacinto
Quaresma
e Maria de
Jesus"
Dia 24
mez 4
Anno 1864"

Página 16 e 17:
"Nº 19
Dia 8
Maio
1864
Deflores
Francisco filho
de Jose Francisco,
e Maria
Luisa."

Página 17 e 18:
"Nº 20
Dia 8
Maio
1864
Degalega
Maria filha
de Jose Quaresma,
e Josefa
do Rosario"

Página 18 e 19:
"Nº 21
Dia 22
Maio
1864
Deflores
Jose filho
de Jose das
Neves Pimenta
e
Maria
Francisca"

Página 19:
"Nº 22
Dia 29
Maio
1864
Conceição filha
de Jose Pedro
e Maria Engracia.
Sardal"

Página 19 e 20:
"Nº 23
Dia 29
Maio
1864
Bemfeita
Abilio filho
de Antonio
Pedro Nunes,
e Maria
de Jesus."

Página 20 e 21:
"Nº 24
Dia 24
Julho
1864
Sardal
Antonio filho
de Manoel
Marques, e Maria
Rita"

Página 21:
"Nº 25
Dia 7
Agosto
1864
Antonio filho
de Maria Rosaria
solteira
e pai incognito
Pardieiros"

Página 21 e 22:
"Nº 26
Dia 14
Agosto
1864
Maria da Natevidade
filha de
Jose Francisco e
Maria Gonsalves
Luadas."

Página 22 e 23:
"Nº 27
Dia 15
Agosto
1864
Bemfeita
Maria filha
de João Gonsalves
e Joaquina
dos
Santos."

Página 23 e 24:
"Nº 28
Dia 17
Agosto
1864
Bemfeita
Maria filha
de Antonio
Simões (e de Maria Gonsalves)"

Página 24:
"Nº 29
Dia 21
Agosto
1864
Monte Frio
Maria filha
de Manoel
Martins
e Anna Nunes"
"Aos vinte e hum dias do mes de Agosto do anno de mil
oitocentos sessenta e quatro nesta Parochial Egreja de
Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho d'Arganil,
Diocese de Coimbra, baptizei solenemente, e por
os Santos Oleos, a hum individuo do sexo femenino, a que
dei o nome de Maria, que nasceo ás tres horas da manhaã
do dia douse do mes de Agosto do anno de mil oitocentos
e sesenta e quatro, filha legitima / segundo do nome
na ordem da filiação / de Manoel Martins, trabalhador,
natural do logar do Monte Frio, e de Anna Nunes, natural
do logar do Salgueiro freguesia de Folques, recebidos
nesta freguesia da Bemfeita, parochianos desta mesma
freguesia, e moradores no logar do Monte Frio, neta paterna
de Manoel Martins e Anna Maria, e materna de Manoel
Pinto e Josefa Nunes, padrinho Francisco Martins
casado, trabalhador, morador no logar do Salgueiro, e Madrinha
Maria Isabel Moradora no logar do Salgueiro
casada. E para constar lavrei em duplicado este assento
que depois de lido e conferido perante os padrinhos que
não assignaram por não saber. Eu o assignei Era ut supra
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 24 e 25:
"Nº 30
Dia 28
Agosto
1864
Pai das Donas
Jose filho de
Francisco Antunes,
e Rita
Maria"

Página 25 e 26:
"Nº 31
Dia 28
Agosto
1864
Maria da [???]
filha
de Vitorino
dos Santos e
Maria dos
Praseres."

Página 26:
"Nº 32
Dia 11
Setembro
1864
Monte Frio
Adjuto filho
de Nicolao
Antonio
e Maria Rita"
"Aos honse dias do mes de Agosto do anno de mil oitocentos e sessenta
e quatro, nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia da
freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptizei solenemente, e por os Santos Oleos, a hum individuo
do sexo masculino, a que dei o nome de Adjuto, que
nasceo as duas horas da tarde do dia quinse do mes de Agosto
do anno de mil oitocentos e sesenta e quatro, filho legitimo
/ primeiro [???] da filiação / de Nicolao
Antonio, natural do logar dos Pardieiros, e de Maria Rita
natural do logar do Monte Frio, recebidos nesta freguesia
da Bemfeita, e parochianos desta mesma freguesia,
moradores no logar do Monte Frio, neto paterno de Jose Antonio
e Maria Rita, e Materno de Manoel Lopes e Maria
Nunes; padrinho Jose Antonio Coimbra, casados, e Maria
Pereira, casada moradores no logar dos Pardieiros desta freguesia
da Bemfeita, os quais sei serem os proprios, declaro
que este baptismo foi feito no dia honse do mes de Setembro
do anno de mil oitocentos e sessenta e quatro. E para constar
lavrei em duplicado este assento, que depois de lido
e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber. Eu assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 26 e 27:
"Nº 33
Dia 12
Setembro
1864
Bemfeita
Adelino
filho de
Francisco
Antunes e
Maria
Rosa"

Página 27 e 28:
"Nº 34
Dia 25
Setembro
1864
Pardieiros
Anna filha
de Antonio
Francisco e
Anna Maria"

Página 28:
"Nº 35
Dia 25
Setembro
1864
Enxudro
Delfina
filha de
Jose Simões,
e Maria
Garcia."

Página 28 e 29:
"Nº 36
Dia 2
Outubro
1864
Pardieiros
Urbana
filha de
Jose João
Maria (Joaquina)"

Página 29:
"Nº 37
Dia 2
Outubro
1864
Monte Frio
Jose filho
de Jose Marques,
e Maria
Joaquina."

"Aos dois dias de Outubro de mil oitocentos e sessenta e quatro, nesta parochial Egreja
de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, Concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptizei solenemente, e pus os Santos Oleos, a hum individuo do sexo masculino,
a que dei o nome de Jose, que nasceo a huma hora da tarde do dia seis de Setembro
de mil oitocentos e secenta e quatro, filho legitimo / primeiro do nome na ordem da
filiação / de Jose Marques, proprietario, e de Maria Joaquina, naturaes do Monte
Frio, recebidos nesta freguesia da Bemfeita, e moradores no logar do Monte Frio, parochianos
desta mesma freguesia neto paterno de Niculao Antonio, e Maria Marques,
e materno de Jose Luiz, e Joanna Maria, padrinhos Jose Joaquim de
Moura Correa, barbeiro, e Maria do Rosario viuva, ambos moradores no logar e freguesia
da Bemfeita, os quais sei serem os proprios E para constar lavrei em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos, eu com o padrinho
o assignei a madrinha não assignou por não saber Era ut supra.
O Padrinho
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 30:
"Nº 38
Dia 9
Outubro
1864
Enxudro
Albino filho
de Antonio
Lixandre,
e Cecilia
Nunes"

Página 30 e 31:
"Nº 39
Dia 9
Outubro
1864
Luadas
Manoel filho
de Manoel
Nunes e Rita
Gonsalves."

Página 31 e 32:
"Nº 40
Dia 16
Outubro
1864
Deflores
Anna filha
de Jose dos
Santos, e Josefa
de Jesus."

Página 32:
"Nº 41
Dia 16
Outubro
1864
Pardieiros
Maria filha
de Jose Francisco,
e Maria
Luisa"

Página 32 e 33:
"Nº 42
Dia 21
Outubro
1864
Luadas
Maria Delfina
filha
de Manoel
Simões Rita
de Jesus"

Página 33:
"Nº 43
Dia 29
Outubro
1864
Pardieiros
Antonio filho
de Joaquim Antonio
e Josefa
Maria"

Página 34:
"Nº 44
Dia 1
Novembro
1864
Pardieiros
Maria filha
de Manoel Borges
e Anna
Candida"

Página 34 e 35:
"Nº 45
Dia 13
Novembro
1864
Bemfeita
Evaristo filho
de Jose Joaquim
e Maria Correa,
e de Rosa
Maria da
Conceição."

Página 35:
"Nº 46
Dia 21
Novembro
1864
(Casal do) Seixo
Rita filha de
Jose Luis e
Maria do Carmo."

Página 36:
"Nº 47
Dia 24
Novembro
1864
Bemfeita
Adelino filho
de Antonio Almas
e Maria Gomes Araujo"

Página 36 e 37:
"Nº 48
Dia 27
Novembro
1864
Sardal
Maria filha
de Luis Quaresma
e Rita Maria"

Página 37:
"Nº 49
Dia 11
Dezembro
1864
Pai das Donas
Guilhermina
filha de João
Francisco, e Rita
Maria"

Novembro 2010 - Livro dos baptizados de 1870 a 1877 do Arquivo da Universidade de Coimbra da Paróquia da Benfeita:
Página 3:
"Nº 3
Dia 16
Janeiro
1870
Monte Frio
Anna filha
de Antonio da
Silva, e Emilia
da Conceição."
"A desaseis de Janeiro de mil oitocentos e secenta e nove, digo setenta,
nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum indevido do sexo femenino, a que dei o nome de Anna,
que no logar do Montefrio onde mora e seus paes, nasceo
as duas horas da manhaã do dia honse do mes e anno corrente,
filha legitima de Antonio da Silva, canastreiro, natural
do logar e freguesia da Boubadela desta Diocese, e de Emilia
da Conceição fiadeira, natural do logar do Montefrio, recebidos
e parochianos nesta freguesia da Bemfeita, neto paterno
de Luis da Silva, e Maria da Silva, e materno de Antonia
Maria, e avou incognito, forão padrinhos Luis Nunes, trabalhador,
casado, e Anna da Costa, fiadeira, casada moradores no
dito Montefrio, os quaes sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os
padrinhos, que não assignaram por não saber, eu o assignei.
Era ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 7 e 8:
"Nº 15
Dia 17
Abril
1870
Enxudro
Maria da Conceição
filha de
Antonio Jose
e Anna
Nunes."
"A desasete de Abril de mil oitocentos e setenta, nesta
Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indevido do sexo femenino
a que dei o nome de Maria da Conceição, que no logar
do Enxudro onde mora e seus paes, nasceo honse
horas do dia trese de Marso do anno corrente, filha
legitima de Antonio Jose, trabalhador, natural da
Relva Velha, e de Anna Nunes, fiadeira natural do
dito enxudro, recebidos e parochianos nesta freguesia
da Bemfeita, neta paterna de Antonio Jose, e Rita Gonsalves,
e materna de Luis Nunes, e Joaquina Nunes, forão padrinhos
Manoel Rodrigues, solteiro, trabalhadores, e Maria Gonsalves, solteira,
moradores na Relva Velha desta freguesia, os quaes sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois de
lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 8 e 9:
"Nº 17
Dia 24
Abril
1870
Monte Frio
Jose filho de
Jose Fernandes
Maria Gloria"
"A vinte e quatro de Abril de mil oitocentos e setenta, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum indevido do sexo masculino, a que dei o nome de Jose
que no logar do Montefrio onde mora e seus paes, nasceo as
nove horas da manhaã do dia sete do mes e anno corrente,
filho legitimo de Jose Fernandes, cordador, e de Maria da
Gloria, fiadeira, naturaes do logar do Montefrio, recebidos e
parochianos nesta freguesia, neto paterno de Manoel Fernandes
e Maria Bernarda, e materno de Pedro Nunes, e
Maria Gonsalves, forão padrinhos Jose Antonio Nunes
trabalhador, casado, e Joaquina Maria, casada moradores no
dito logar do Montefrio, os quaes sei serem os proprios, de
tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram por não saber,
eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 9:
"Nº 18
Dia 24
Abril
1870
Monte Frio
Francisco filho
de Manoel
Martins, e Anna
Nunes.
obiito 24 de
Julho de 1874
Correa"
"A vinte e quatro de Abril de mil oitocentos e setenta, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente, a hum
indevido do sexo masculino, a que dei o nome de Francisco, que
no logar do Montefrio, onde mora e seus paes nasceo as nove
horas da noute do dia honse do mes e anno corrente, filho
legitimo de Manoel Martins, trabalhador, natural do dito
Montefrio, e de Anna Nunes, fiadeira, natural do logar do
Salgueiro, freguesia de Folques, recebidos e parochianos
nesta freguesia da Bemfeita, neto paterno de Manoel
Martins, e Anna Maria, e materno de Manoel Pinto e
Josefa Nunes, padrinhos Antonio Pinto, trabalhador
e Maria Rosaria, solteiros, moradores no dito logar do
Montefrio, os quaes sei serem os proprios, de tudo fis em
duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram por não saber, eu o assignei.
Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 15 e 16:
"Nº 29
Dia 2
Agosto
1870
Monte Frio
Jose filho de
Jose Pedro
e Maria Rita."
"A dois de Agosto de mil oitocentos e setenta, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita, concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente,
a hum indevido do sexo masculino, a que dei o nome
de Jose, que no logar do Montefrio onde mora e seus
paes, nasceo as sete horas da manhaã de desasete de Maio
proximo passado, filho legitimo de Jose Pedro, cordador,
e de Maria Rita, tecedeira, naturaes do logar do Montefrio,
recebidos, e parochianos nesta mesma freguesia,
neto paterno de Pedro Nunes, e Maria Josefa, e materno
de Antonio Martins, e Rita Maria; forão
padrinhos Manoel Pedro, cordador, e Angela Maria
fiadeira, solteiros, moradores no dito logar do Montefrio,
os quaes sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
que não assignaram por não saber eu o assignei. Era
ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 25:
"Monte Frio
Adriano
Exposto
1870
[???]
touse"
"O Exposto Adriano Nº 321 dado [???] a Maria Augusta
Solteira do Monte Frio, entrou na roda de Coimbra, em
nove de Julho de mil oitocentos e setenta apresentouse
na residencia da freguesia da Bemfeita a quatorse do mes
e anno supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

"Monte Frio
Maria Clementina.
Exposto
1870"
"A Exposta Maria Clementina Nº 372 dada [???] a
Maria Antonia do logar do Montefrio, entrou na roda
de Coimbra em desasete de Agosto de mil oitocentos e setenta,
e apresentouse na residencia da freguesia da Bemfeita
a vinte e hum do dito mes e anno, de que fis este assento
que assigno
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

"Monte Frio
Candido
Exposto
1870
obiito 10 de Julho
de 1874"
"O Exposto Candido Nº 493 dado [???] a Anna da Costa do logar
do Montefrio, entrou na roda de Coimbra a sete de Novembro
de mil oitocentos e setenta, e apresentouse nesta residencia da
Bemfeita, a douse do mes e anno supra, de que fis este assento,
que assigno.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 27 e 28:
"Nº 4
Dia 15
Janeiro
1871
Monte Frio
Antonio filho
de Francisco
Luis e Maria
Martins."
"A quinse de Janeiro de mil oitocentos e setenta e hum, nesta
Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente, a hum indevido do sexo masculino, a que dei
o nome de Antonio, que no logar do Montefrio onde mora
e seus paes, nasceo as seis horas da manhaã do dia quinse
de desembro do anno proximo passado, filho legitimo de
Francisco Luis, trabalhador, natural do dito Montefrio, e de
Maria Martins, fiadeira natural do mesmo logar, recebidos
e parochianos nesta mesma freguesia, neto paterno de Antonio Luis
Anna Nunes, e materno de Jose Martins, e Anna Bernarda
forão padrinhos Antonio Simões Dias, proprietario, casado,
e Maria Gonsalves, fiadeira, moradores no logar e freguesia
da Bemfeita, os quaes sei serem os proprios, de tudo fis
em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram por não saber,
eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."
"Faleceu no lugar do [???] no mes de Janeiro do ano corrente. Registo [???] nº6, desta Conservatória Arganil 5 Janeiro 1954 O Conservador [???]"

Página 28:
"Nº 5
Dia 15
Janeiro
1871
Monte Frio
Manoel filho
de Manoel
Henriques e
Anna Martins"
"A quinze de Janeiro de mil oitocentos e setenta e hum, nesta
Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum indeviduo do sexo masculino a quem dei o nome de
Manoel, que no lugar do Monte Frio onde moram seus pais
nasceo as honze horas da tarde do dia des de Dezembro do anno
proximo passado, filho legitimo de Manoel Henriques,
trabalhador, natural do Tojo, freguesia de Peodam, e de Anna
Martins, fiadeira, natural da Teixeira deste concelho e Diocese,
tudo neto digo recebidos, e parochianos, nesta freguesia
da Bemfeita, neto paterno de Manoel Antunes e Maria
Henriques, materno de Jose Martins, e Anna Bernarda,
forão padrinhos Antonio Simões Dias, proprietario, casado,
e Maria Gonçalves, fiadeira, moradores do lugar e freguesia
da Bemfeita, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em
duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram por nao saberem, eu
o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 30 e 31:
"Nº 9
Dia 29
Janeiro
1871
Monte Frio
Maria filha
de Jose Marques,
e Maria
Joanna."
"A vinte e nove de Janeiro de mil oitocentos e setenta e hum
nesta Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da
Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indeviduo do sexo femenino, a que dei
o nome de Maria, que no logar do Monte Frio, onde mora, e
seus pais, nasceo as quatro horas da tarde de vinte e hum
de Desembro, do anno proximo passado, filha legitima de
Jose Marques, trabalhador, e de Maria Joanna; fiadeira,
naturaes do mesmo Montefrio, recebidos, e parochianos, nesta
freguesia, neta paterna de Niculao Antonio, e Maria
Marques, e materna de Jose Luis, e Joanna Maria,
forão padrinhos Jose joaquim de Moura Correa, barbeiro,
e Dona Rosa Maria da Conceição, casados, moradores no
logar, e freguesia da Bemfeita, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e
conferido perante os padrinhos, eu com o padrinho o
assignei, a madrinha não assignou. Era ut supra.
Jose Joaquim de Moura Corrêa
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 37:
"Nº 21
Dia 3
Maio
1871
Bemfeita
Manoel da Crus filho de
jose Luis e
Maria do Carmo.
obiit a 25 de junho
de 1874."
"A tres de Maio de mil oitocentos e setenta e hum, nesta Parochial
Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente,
a hum indeviduo do sexo masculino, a
que dei o nome de Manoel da Crus, que no logar da
Bemfeita, onde mora e seus pais, nasceo as tres horas
da manhaã de quinse de Fevereiro do anno corrente,
filho legitimo de Jose Luis, mendigo, natural da
Bemfeita, e de Maria do Carmo, fiadeira, natural do
logar da Esculca, freguesia de Coja, recebidos na freguesia
da Bemfeita, e dela parochianos, neto paterno
de Jose Luis, e Gertrudes Correa, e materno de Manoel
Joaquim, e Josefa de Jesus, forão padrinhos
Manoel Correa, trabalhador, e Maria de Jesus, fiadeira,
casados, moradores no logar e freguesia da Bemfeita,
os quais sei serem os proprios, tudo deste concelho,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de
lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 38:
"Nº 23
Dia 14
Maio
1871
Monte Frio
Jose filho de
Jose Pereira
e Maria Nunes."
"A quatorse de Maio de mil oitocentos e setenta e hum, nesta
Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum indeviduo do sexo masculino a que dei o nome de
Jose, que no logar do Montefrio onde mora e seus pais
nasceo as sete horas da manhaã do dia tres do mes, e anno
corrente, filho legitimo de Jose Pereira, trabalhador, e de
Maria Nunes, fiadeira, naturaes do mesmo Montefrio,
parochianos desta freguesia, nella recebidos, neto paterno
de Maria Antonia, e avou incognito, e materno de Jose
Lopes, e Mariana Nunes, forão padrinhos Joaquim Luis
trabalhador, e Antonia da Silva, fiadeira, casados moradores
no dito Montefrio, os quais sei serem os proprios, de
tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram, por
não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."
"1 Casou com Maria do Espírito Santo, de 33 anos, filha de Manuel Rosa e de Maria Domingues, natural da freguesia de Benfeita, concelho de Arganil, na igreja paroquial da Benfeita no dia 11 de novembro de 1895 Assento nº 13 do dia 11 de Novembro de 1895. [???] de Maio de mil novecentos e sessenta e um [???] (cancelado em 20-6-61) [???] transcrição nº 62 do ano 1961"

Página 44 e 45:
"Nº 35
Dia 24
Setembro
1871
Monte Frio
Maria dos Anjos
filha de Jose Antonio
Nunes e
Joaquina Maria."
"A vinte e quatro de setembro de mil oitocentos e setenta e hum, nesta
Parochial Egreja de Santa Cecilia da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum indeviduo do sexo femenino, a que dei o nome
de Maria dos Anjos, que no logar do Montefrio desta freguesia
onde mora e seus pais, nasceo as tres horas da tarde de nove do
corrente mes, e anno, filha legitima / segunda do nome na ordem
da filiação / de Jose Antonio Nunes, trabalhador, natural
do dito Montefrio, e de Joaquina Maria, fiadeira natural dos
Pardieiros, parochianos, e recebidos nesta freguesia, neta
paterna de Antonio Luis, e Anna Marques, e materna de
Jose de Abrantes, e Josefa Maria, forão padrinhos Antonio
Simões Dias, proprietario, e Maria Gonsalves, casados, do logar
e freguesia da Bemfeita, os quais sei serem os proprios, de tudo
fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram por não saber, eu
o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 52:
"[???]
Exposto
Montefrio
obiito 4 de agosto
de 1874."
"O Exposto [???], Nº 118 dado [???] de Maria Augusta do
Montefrio, entrou na roda de Coimbra, a vinte e does de Marco de mil e
oitocentos, e setenta e hum, e apresentouse na residencia da freguesia da
Bemfeita, a vinte e seis do mes e anno supra, de que fis este asssento, que assigno.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

"Montefrio
Maria digo
Albano
Exposto
obiito 12 de Julho
de 1874."
"O Exposto Albano, Nº 336 dado [???] de Maria da Gloria do Monte
Frio, entrou na roda de Coimbra, a oito de Julho de mil oitocentos e setenta
e hum, e apresentouse na residencia desta freguesia da Bemfeita, a 15 do
2º mes e anno. O Vigario Joaquim Florindo Correa"

"Montefrio
Federico
Exposto
obiito 14
de [???] de 73
Correa"
"O Exposto Federico, Nº 453 dado [???] a Maria Rita mulher de Jose Pedro
do Montefrio entrou na roda de Coimbra a cinco de Outubro de mil oitocentos
e setenta e hum, e apresentouse na residencia da freguesia da Bemfeita
a 11 do mes e anno. O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 54:
"Nº 3
Dia 14
Janeiro
1872
Monte Frio
Maria filha
de Jose Francisco,
e Maria Pinto"
"A quatorse de Janeiro de mil oitocentos e setenta e dois, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
femenino, a que dei o nome de Maria, que no logar do
Montefrio onde Mora e seus pais, nasceo as quatro horas da
tarde do dia des de Desembro do anno proximo passado, filha
legitima de Jose Francisco, trabalhador, natural do logar e freguesia
de Sebola, concelho do Fundão, Diocese da Guarda, e de Maria
Pinto, fiadeira, natural do Montefrio, recebidos, e parochianos
nesta freguesia, da Bemfeita, neta paterna de Maria
Josefa, e avou incognito, e materna de João Ribeiro, e Maria
Josefa Pinto, forão padrinhos Jose Francisco Proximo, trabalhador,
e Maria Rita fiadeira casados moradores no logar
das Luadas desta freguesia, os quais sei serem os proprios, de
tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram por não saber,
eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 57:
"Nº 9
Dia 11
Fevereiro
1872
Montefrio
Antonio filho
de Jose João
e Joaquina Maria.
Obiito 23 de
fevereiro corrente
Correa"
"A honse de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e dois, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo
do sexo masculino, a que dei o nome de Antonio, que no
logar do Montefrio onde mora e seus pais nasceo as des horas
da tarde de trinta e hum de Janeiro deste anno, filho legitimo
de Jose João, trabalhador, natural do Montefrio, e de
Joaquina Maria, fiadeira, natural do Montefrio, tudo
desta freguesia, recebidos, e parochianos nesta freguesia,
neto paterno de João Sebola e Maria Pinto, e materno de
Manoel Luis, e Rita Antunes; forão padrinhos, Antonio
Pinto, trabalhador, e Anna Pinto, fiadeira solteiros,
os quais sei serem os proprios moradores no dito logar do
Montefrio, tudo desta freguesia de tudo fis em duplicado este
assento que depois de lido e conferido perante os padrinhos
que não assignaram por não saber eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 58 e 59:
"Nº 11
Dia 25
Fevereiro
1872
Montefrio
Maria dos
Anjos filha
de Antonio
da Silva, e
Emilia da
Conceição."
"A vinte e cinco de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e dois, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
femenino a que dei o nome de Maria dos Anjos, que no logar
do Montefrio, onde mora e seus pais nasceo as cinco horas
da manhaã de douse de Janeiro deste anno, filha legitima
de Antonio da Silva, canastreiro, natural do logar e freguesia
da Boubadela, concelho de Oliveira do hospital, e de Emilia
da Conceição, fiadeira, natural do dito Montefrio, recebidos,
e parochianos nesta freguesia da Bemfeita, neta paterna de
Luis da Silva, e Maria Silva, e materno de Antonia Maria Pinheiro,
e avou incognito, forão padrinhos Jose Antonio Nunes, trabalhador,
e Joaquina Maria fiadeira, moradores no Montefrio desta
freguesia, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos
que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 59:
"Nº 12
Dia 27
Fevereiro
1872
Montefrio
Maria da Piedade
filha de
João Marques e
Maria do Nascimento"
"A vinte e sete de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e dois, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo femenino, a que
dei o nome de Maria da Piedade, que no logar do Montefrio onde mora
e seus pais nasceo as cinco horas da manhaã de cinco do mes e anno
supra, filha legitima de João Marques, sapateiro natural do Sobral
magro freguesia de Pomares do mesmo concelho, e Diocese, e de
Maria do Nascimento, fiadeira, natural do montefrio, recebido
na freguesia de Pomares, e parochianos desta freguesia da Bemfeita,
neta paterna de Domingos Marques, e Anna Rita, e materna
de Niculao Antonio, e Maria Rita; forão padrinhos Antonio
Marques, trabalhador, e Maria de Jesus, fiadeira, casados moradores
no dito logar do Montefrio desta freguesia, os quais sei
serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento que depois
de lido e conferido perante os padrinhos que não assignaram por
não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 64 e 65:
"Nº 23
Dia 5
Maio
1872
Montefrio
Maria filha
de Luis Nunes,
e Anna
da Costa."
"A cinco de Maio de mil oitocentos e setenta e dois na Parochial Egreja
desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
femenino, a que dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio
desta freguesia, nasceo as seis horas da tarde de quatorse
de Abril deste anno, filha legitima de Luis Nunes, trabalhador,
natural do dito Montefrio, e de Anna da Costa, fiadeira
natural do logar e freguesia da Teixeira deste concelho, e diocese,
onde forão recebidos, parochianos desta freguesia da Bemfeita,
neta paterna de Antonio Luis, e Anna Nunes, e materna
de Jose João, e Maria da Costa; forão padrinhos Antonio
Simões Dias, proprietario, e Maria Gonsalves, governadeira de
casa, casados, moradores no logar e freguesia da Bemfeita, os
quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento,
que depois de lido e conferido perante os padrinhos
que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 68:
"Nº 30
Dia 24
Junho
1872
Montefrio
Albino filho
de Manoel Martins
do Portal, e
Maria Rita
obiito a 5 de Julho
de 1874"
"A vinte e quatro de Junho de mil oitocentos e setenta e dois, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo masculino, a que
dei o nome de Albino, que no logar do Montefrio desta freguesia, onde
mora, e seus pais, nasceo as seis horas da tarde de vinte e quatro de
Maio ultimo, filho legitimo de Manoel Martins do Portal, trabalhador,
natural do dito Montefrio, e de Maria Rita, fiadeira
natural do Espinho freguesia de Pomares, do mesmo concelho, e
Diocese, recebidos, e parochianos nesta freguesia da Bemfeita,
neto paterno de Joaquim Lopes, e Maria Lopes, e materno de Domingos
Marques, e Anna Rita; forão padrinhos, Albino Simões
Dias Clerigo de Subdiocese, e Maria Gonsalves, governadeira
de casa, casada, moradores no logar e freguesia da Bemfeita, os quais
sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento que
depois de lido e conferido perante os padrinhos, eu com o padrinho
o assignei, a madrinha não sabia. Era ut supra.
Albino Simões Dias
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 69:
"Nº 32
Dia 28
Julho
1872
Montefrio
Manoel filho
de Jose Lopes
e Maria Antonia."
"A vinte e oito de Julho de mil oitocentos e setenta e dois, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo masculino, a
que dei o nome de Manoel, que no logar do Montefrio, onde mora
e seus pais nasceo as duas horas da manhaa de desoito do mes e anno
supra dito, filho legitimo de Jose Lopes, trabalhador, e de Maria
Antonia, fiadeira, naturaes do mesmo logar do Montefrio, recebidos
e parochianos nesta freguesia da Bemfeita, neto paterno de Jose
Lopes, e Mariana Nunes Relvas, e materno de Maria Antonia, e
avou incognito; forão padrinhos Joaquim Luis, trabalhador, e
Antonia da Silva, fiadeira, casados, moradores no dito logar de Montefrio,
os quais sei serem os proprios de tudo fis em duplicado este
assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos que
não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 71:
"Nº 36
Dia 6
Agosto
1872
Montefrio
Manoel filho
de Jose Martins
Charata, Anna
Nunes."
"A seis de Agosto de mil oitocentos e setenta e dois, na Parochial Egreja da
freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indeviduo do sexo masculino, a que dei o nome de
Manoel, que no logar do Montefrio desta freguesia, nasceo as duas horas
da manhaa de vinte e seis de Julho ultimo, filho legitimo de Jose Martins
Charata, trabalhador, e de Anna Nunes, fiadeira, naturaes do mesmo
logar do Montefrio onde morão todos, recebidos, e parochianos nesta freguesia,
neto paterno de Antonio Martins, e Rita Maria, e materno de
Pedro Nunes, e Maria Josefa; forão padrinhos, Manoel de Paiva Alho,
[???]deiro, solteiro, morador no logar e freguesia da Bemfeita, e Argera
Maria, solteira, moradora no logar do Montefrio, os quais sei serem os
proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, eu com o padrinho o assignei a madrinha
não sabia. Era ut supra Manoel Paiva Alho
O Vigario Joaquim Florindo Correa."
"Nº1-Casou com Natividade Rita, no Posto do Registo Civil da freguesia da Benfeita, concelho de Arganil, no dia 31 de Julho de 1920. assento nº 99 do mesmo dia. Em onze de Outubro de mil novecentos e sessenta e sete [???]"
"Nº2-Faleceu na freguesia da Benfeita deste concelho, no dia 11 de Março de 1933 assento nº70 do dia 15 de Março de 1933. Em onze de Outubro de mil novecentos e sessenta e sete. [???]"

Página 71 e 72:
"Nº 37
Dia 6
Agosto
1872
Montefrio
Jose filho de
Jose Martins
Lopes, e Maria da
Gloria."
"A seis de Agosto de mil oitocentos e setenta e dois, na Parochial Egreja da
freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indeviduo do sexo masculino, a que dei o nome
de Jose, que no logar do Montefrio desta freguesia, onde mora e seus
paes nasceo as cinco horas da tarde de desanove de Maio ultimo,
filho legitimo / segundo do nome na ordem da filiação / de Jose
Martins Lopes, trabalhador, natural do dito Montefrio, e de Maria da
Gloria, fiadeira, natural das Torroselas freguesia de Arganil, deste
concelho, e Diocese, recebidos, e parochianos na freguesia da Bemfeita,
neto paterno Joaquim Lopes, e Maria Lopes, e materno de Manoel Luis,
e Luisa da Crus, forão padrinhos Jose Luis, trabalhador
e Maria Candida, fiadeira, solteiros, moradores esta nas Torroselas,
e aquelle no Montefrio, os quais sei serem os proprios, de tudo
fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram por não saber, eu o assignei.
Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."
"1-Casou com Maria Guilhermina em 5 de Agosto de 1908. Assento nº11 do mes digo, 1902, na igreja da Benfeita, Arganil. Assento nº 11, do mesmo dia. Faleceu na dita freguesia de Benfeita em 1 de Dezembro de 1935. Assento nº 126 de 4 de Dezembro de 1935. Em 16 de Fevereiro de 1971. O Conservador [???]"

Página 73 e 74:
"Nº 41
Dia 22
Setembro
1872
Montefrio
Anna filha
de Manoel
Martins, e Anna
Nunes."
"A vinte e dois de Setembro de mil oitocentos e setenta e dois, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
femenino, a que dei o nome de Anna, que no logar do
Montefrio desta freguesia, onde mora e seus pais, nasceo as quatro
horas da tarde de vinte e dois de Agosto ultimo, filha legitima
de Manoel Martins, trabalhador, natural do dito Montefrio,
e de Anna Nunes, fiadeira, natural do logar do Salgueiro,
freguesia de Folques do mesmo Concelho, e Diocese, recebidos
e parochianos nesta freguesia da Bemfeita, neta paterna
de Manoel Martins, e Anna Maria, e materna de Manoel Pinto, e
Josefa Nunes, forão padrinhos Jose Martins trabalhador, e Maria
Rosa, fiadeira, solteiros, moradores no dito Montefrio, os quais
sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos que não assignaram por
não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 76:
"Nº 46
Dia 25
Desembro
1872
Montefrio
Maria do Nascimento
filha
de Manoel Lopes,
e Josefa
Nunes."
"A vinte e cinco de Desembro de mil oitocentos e setenta e dois,
na Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a
hum indeviduo do sexo femenino a que dei o nome de
Maria do Nascimento, que no logar do Montefrio onde
mora e seus paes nasceo as cinco horas da manha de
vinte do corrente mes, e anno, filha legitima / segunda
do nome na ordem da filiação / de Manoel Lopes, trabalhador,
natural do dito Montefrio desta freguesia, e de
Josefa Nunes, fiadeira, natural da Relvavelha desta freguesia,
onde forão recebidos, e são parochianos, neta
paterna de Jose Lopes, e Marianna Nunes, e materna
de Manoel Nunes, e Anna Nunes, forão padrinhos
Manoel Nunes, trabalhador, e Antonia Nunes, fiadeira
solteiros ambos, moradores no logar da Relvavelha, os
quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este
assento que assigno, depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram por não saber. Era
ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"1 Casou com Anocencio Gonsalves, de 25 anos, natural da freguesia de Benfeita, concelho de Arganil, filho de Jose Fernandes e de Maria da Gloria na igreja Paroquial da freguesia da Bemfeita, no dia 31 de Maio de 1900 Assento nº6 do dia 31 de Maio de 1900. Em vinte e seis de Janeiro de mil novecentos e sessenta e [???]. [???]"
"2 Faleceu na freguesia da Benfeita, pelas 2 horas [???] de 12 de Maio de 1911 assento nº 172 do dia 13 de Maio de 1911. Em vinte e seis de Janeiro de mil novecentos e sessenta e tres [???]"

Página 79:
"Nº 3
Dia 2
Fevereiro
1873
Montefrio
Maria da Ressureição
filha
de Jose Martins
e Maria Joaquina"
"A dois de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e tres na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente hum
indeviduo do sexo femenino, a que dei o nome de Maria da
Ressureição, que no logar do Montefrio, onde mora e
seus paes, nasceo as nove horas da manhaã de vinte e
dois de Desembro ultimo, filha legitima de Jose Martins,
trabalhador, e de Maria Joaquina fiadeira,
naturais do mesmo logar do Montefrio desta freguesia,
recebidos e parochianos nesta freguesia, neta paterna
de Jose Martins, e Anna Bernarda, e materna
de Antonio Luis, e Joaquina Gonsalves, forão padrinhos
Antonio Luis, trabalhador, e Joaquina Gonsalves
fiadeira, casados moradores no dito Montefrio, os quais
sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento,
que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
que não assignaram por não saber, eu o assignei.
Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 79 e 80:
"Nº 4
Dia 2
Fevereiro
1873
Montefrio
Maria da Assumpção
filha de
Jose João e
Joaquina
Maria"
"A dois de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e tres na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo
do sexo femenino a que dei o nome de Maria da
Assumpção, que no logar do Montefrio, onde mora e seus paes, nasceo
as des horas da tarde de vinte e does de Novembro ultimo,
filha legitima de Jose João trabalhador, natural do dito
Montefrio desta freguesia e de Joaquina Maria, fiadeira
natural dos Pardieiros desta freguesia, recebidos e parochianos nesta
freguesia, neta paterna de João Ribeiro, e Maria Pinto,
e materna de Manoel Luis e Anna Nunes, forão padrinhos
Antonio Nunes, trabalhador, solteiro, morador no dito Montefrio
e Anna Antunes viuva, moradora no logar dos Pardieiros desta
freguesia tudo, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os
padrinhos, que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era
ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 81 e 82:
"Nº 7
Dia 9
Fevereiro
1873
Montefrio
Maria filha
de Jose Fernandes,
e Maria
da Gloria"
"A nove de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e tres na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo femenino,
a que dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio
onde mora, e seus paes, nasceo as nove horas da tarde do primeiro
de Janeiro do anno corrente, filha legitima de Jose Fernandes
cordador, e de Maria da Gloria, fiadeira naturaes do dito Montefrio
desta freguesia, onde forão recebidos, e são parochianos,
neta paterna de Manoel Fernandes, e Maria Bernarda, e
materna de Pedro Nunes, e Maria Theresa Gonsalves, forão
padrinhos Jose João, trabalhador, casado, e Joaquina Maria, fiadeira
casada, morador no dito logar do Montefrio, os quais sei serem os
proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido
e conferido perante os padrinhos, que não assignaram por não saber
eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 91 e 92:
"Nº 26
Dia 5
Agosto
1873
Montefrio
Maria Trindade
filha de Antonio
Nunes
Xarata, e Anna
Maria."
"A cinco de Agosto de mil oitocentos e setenta e tres na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo
do sexo femenino, a que dei o nome de Maria Trindade
que no logar do Montefrio, onde mora e seus paes nasceo
as duas horas da tarde de desasete de Julho ultimo, filha
legitima de Antonio Nunes Xarata, trabalhador, natural
do Salgueiro freguesia de Folques, deste concelho, e Diocese, e
de Anna Maria, fiadeira, natural do Montefrio freguesia
da Bemfeita, onde forão recebidos, e são parochianos,
neta paterna de Francisco Nunes Xarata, e Isabel Martins,
e materna de Jose Lopes e Mariana Maria; forão padrinhos
Jose Marques, trabalhador, e Maria Isabel, casados
moradores no dito logar do Salgueiro, João, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 95 e 96:
"Nº 34
Dia 25
Setembro
1873
Montefrio
Antonio filho
de Jose Pedro
e Maria Rita"
"A vinte e cinco de Setembro de mil oitocentos e setenta e tres
na Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra baptisei solenemente a
hum indeviduo do sexo masculino a que dei o nome de
Antonio, que no logar do Montefrio desta freguesia, onde
mora e seus paes nasceo as cinco horas da tarde de vinte
e sete de Agosto, ultimo, filho legitimo de Jose Pedro, cordador,
e de Maria Rita, fiadeira, naturaes do mesmo Montefrio,
recebidos, e parochianos nesta freguesia, neto paterno
de Pedro Nunes, e Maria Josefa, e Materno de Antonio
Martins, e Rita Maria, forão padrinhos João Marques,
sapateiro, e Maria do Nascimento, fiadeira, casados, moradores
no dito logar do Montefrio, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido
e conferido perante os padrinhos, que não assignaram por
não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 99:
"Nº 40
Dia 25
Desembro
1873
Montefrio
Anna filha
de Antonio Marques,
e Maria
Rita."
"A vinte e cinco de Desembro de mil oitocentos e setenta e tres na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do
sexo femenino, a que dei o nome de Anna, que no logar do
Montefrio desta freguesia, onde mora e seus paes nasceo
as des horas da tarde de quatorse do mes e anno corrente,
filha legitima de Antonio Marques, trabalhador, natural
do Sobral magro, freguesia de Pomares, e de Maria Rita, fiadeira,
natural do logar do Montefrio, recebidos na freguesia
de Pomares deste concelho, e Diocese, parochianos desta freguesia
da Bemfeita, neta paterna de Domingos Marques, e
Anna Rita, e materna de Jose Francisco Relvas, e Maria Rita,
forão padrinhos Joaquim Domingos Marques, trabalhador,
solteiro, e Anna Rita, fiadeira, solteira, moradores no dito
logar do Montefrio, os quais sei serem os proprios, de tudo fis
em duplicado este assento que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, eu o assignei, os padrinhos não assignaram,
por não saber. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 103:
"Nº 5
Dia 8
Fevereiro
1874
Pardieiros
Maria da Conceição
filha de Manoel Luis Gomes
e Maria Luisa"
"A oito de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e tres digo quatro, na
Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do
sexo femenino, a que dei o nome de Maria da Conceição, que no logar
de Pardieiros, desta freguesia, onde mora e seus paes, nasceo as
duas horas da tarde de vinte e oito de Janeiro ultimo, filha legitima
de Manoel Luis Gomes, trabalhador, e de Maria Luisa, fiadeira
naturaes dos Pardieiros, recebidos, e parochianos nesta freguesia, neta
paterna de Luis Antonio, e Maria Gomes e materno de Jose Quaresma Teheresa,
e Maria Francisca, forão padrinhos Antonio Francisco, trabalhador,
solteiro, e Maria Gomes, viuva, moradores no logar dos
Pardieiros, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento que depois de lido e conferido perante os padrinhos
que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 104:
"Nº 10
Dia 15
Fevereiro
1874
Montefrio
Maria da Conceição
filha de
Maria Augusta,
e pai incognito."
"A quinse de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo femenino,
a que dei o nome de Maria da Conceição, que no logar do
Montefrio desta freguesia, onde mora e sua mai, nasceo
as duas horas da manhãa de trinta e hum de Janeiro ultimo
filha de Maria Augusta, fiadeira, natural do mesmo Montefrio,
e parochianos desta freguesia, e de pai incognito,
neta materna de Jose Francisco, e Maria Luisa, forão
padrinhos Jose Francisco, trabalhador, solteiro, e Maria
Margarida fiadeira, solteira, moradores no dito
logar do Montefrio, os quais sei serem os proprios, de
tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram por
não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 106 e 107:
"Nº 14
Dia 19
Marco
1874
Montefrio
Maria filha
de Manoel Henriques,
e Anna
Martins."
"A desanove de Marco de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do
sexo femenino a que dei o nome de Maria, que no logar do
Montefrio desta freguesia, onde mora e seus pais, nasceo as
quatro horas da tarde de seis do corrente mes e anno, filha
legitima de Manoel Henriques trabalhador, natural do
logar do Tojo, freguesia do Piodam deste concelho, e Diocese
e de Anna Martins, fiadeira, natural do Montefrio, recebidos
no dito logar do Tojo, e parochianos desta freguesia da
Bemfeita, neta paterna de Manoel Antunes, e Maria
Henriques, e materna de Jose Martins, e Anna Bernarda,
e foram padrinhos Jose Martins, trabalhador, e Maria
Joaquina, fiadeira, casados, moradores, no logar do Montefrio,
os quais sei serem os proprios de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos que
não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 109:
"Nº 19
Dia 19
Abril
1874
Montefrio
Maria filha
de Jose Luis, e
Rita Maria."
"A desanove de Abril de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
femenino, a que dei o nome de Maria que no logar do Montefrio
desta freguesia, onde mora e seus pais, nasceo as tres horas da manhaã
de tres de Abril corrente, no logar do Montefrio desta
freguesia, onde mora e seus paes, filha legitima de Jose Luis
trabalhador; natural do Montefrio, e de Rita Maria, fiadeira,
natural do logar das Corgas freguesia de Pomares, deste concelho,
e Diocese, recebidos na freguesia de Pomares, neta paterna de
Manoel Luis dos Santos, e Joanna da Conceição; forão digo e materna
de Jose Ferreira; Maria Paula; forão padrinhos forão
padrinhos Manoel Luis dos Santos, trabalhador, e Joanna da
Conceição, casados moradores no dito logar do Montefrio, os
quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento
que depois de lido e conferido perante os padrinhos, que
não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra. Parochianos
desta freguesia O Vigario Joaquim Florindo Correa."
"Faleceu na freguesia da Benfeita em um do corrente do Registo de óbito número setenta e dois desta Conservatória. Arganil três de Maio de mil novecentos e cinquenta e tres. O Conservador [???]"

Página 114:
"Nº 40
Dia 10
Agosto
1874
Montefrio
Maria filha
de Jose Francisco
e Maria Pinto"
"A des de agosto de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial Egreja da
freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indeviduo do sexo femenino, a que dei o nome de Maria,
que no logar do Montefrio desta freguesia, onde mora e seus pais
nasceo as des horas da manhaã do primeiro do mes e anno supra, filha
legitima / segunda do nome na ordem da filiação / de Jose Francisco, trabalhador,
natural do logar, e freguesia de Sebola, concelho da Covilhaã, Diocese
da Guarda, e de Maria Pinto, fiadeira, natural do logar do Montefrio, recebidos,
e parochianos nesta freguesia da Bemfeita, neta paterna de Jose
Francisco, e Maria Josefa, e materna de João Ribeiro e Maria Pinto, forão
padrinhos Jose Duarte, trabalhador, e Maria Morgado, fiadeira, casados,
moradores, no logar e freguesia de Sebola, os quais sei serem os proprios
de tudo fis em duplicado este assento que assigno depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram por não saber. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 115:
"Nº 41
Dia 30
Agosto
1874
Montefrio
Maria filha
de João Marques,
e Maria
do Nascimento"
"A trinta de Agosto de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo femenino,
a que dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio desta freguesia
onde mora e seus pais, nasceo as sete horas da tarde, de vinte e tres
de Julho ultimo, filha legitima / segunda do nome na ordem da filiação /
de João Marques, sapateiro, natural do logar do Espinho
freguesia de Pomares, deste concelho, e Diocese, e de Maria do Nascimento
fiadeira, natural do dito Montefrio, recebidos na freguesia de
Pomares, parochianos desta freguesia da Bemfeita, neta paterna
de Domingos Marques, e Anna Rita, materna de Niculao
Antonio, e Maria Rita, forão padrinhos Joaquim Domingos Marques,
trabalhador, solteiro, morador no dito logar do Espinho, e Maria Josefa
solteira, proprietaria, moradora no dito logar da Moura, freguesia de Avou
concelho de Oliveira do Hospital, os quais sei serem os proprios, de tudo
fis em duplicado este assento, que depois de lido, e conferido perante os
padrinhos, que não assignaram, não sabiao, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 115 e 116:
"Nº 42
Dia 8
Setembro
1874
Montefrio
Antonio filho
de Jose Antonio
Nunes, e Joaquina
Maria"
"A oito de setembro de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo masculino,
a que dei o nome de Antonio, que no logar do Montefrio
desta freguesia, onde mora e seus paes, nasceo as nove horas da
manhãa de vinte e seis de agosto ultimo, filho legitimo de
Jose Antonio Nunes, trabalhador, natural do Montefrio, e de
Joaquina Maria, fiadeira, natural do logar de Pardieiros desta
freguesia, onde foram recebidos, e são parochianos, neto
paterno de Antonio Luis, e Anna Nunes, e materno de Jose
de Abrantes, e Josefa Maria, forão padrinhos Antonio
Simões Dias, casado, e Maria Gonsalves casada proprietarios
moradores no logar, e freguesia da Bemfeita, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois de
lido, e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 119 e 120:
"Nº 51
Dia 27
Setembro
1874
Montefrio
Albino filho
de Jose Marques
e Maria Joaquina"
"A vinte e oito de setembro de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do
sexo masculino a que dei o nome de Albino, que no logar do
Montefrio desta freguesia, onde mora e seus paes, nasceo as oito
horas da tarde, de sete do mes, e anno corrente, filho legitimo
de Jose Marques, trabalhador, e de Maria Joanna, fiadeira, moradores
do montefrio, recebidos, e parochianos, nesta freguesia, neto
paterno de Niculao Antonio, e Maria Marques, e materno de
Jose Luis, e Joanna Maria, forão padrinhos Antonio Luis
solteiro, trabalhador, e Anna Joanna, fiadeira, solteira, moradores
no dito logar do Montefrio, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido
e conferido perante os padrinhos, que não assignaram por não
saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 120:
"Nº 52
Dia 27
Setembro
1874
Montefrio
Christiano filho
de Jose Martins
Lopes, e Maria
Luisa."
"A vinte e sete de setembro de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente, a hum indeviduo do sexo masculino
a que dei o nome de Christiano, que no logar do Montefrio desta
freguesia onde mora e seus paes, nasceo as quatro horas da
manhaã de sete do mes, e anno corrente, filho legitimo de Jose
Martins Lopes, trabalhador, e Maria Luisa, fiadeira, moradores
do Montefrio, recebidos, e parochianos, nesta freguesia, neto
paterno de Joaquim Lopes, e Maria Lopes, e materno de
Manoel Luis, e Luisa da Crus, foram padrinhos Jose
Luis, trabalhador, viuvo, e Anna da Crus, fiadeira, solteira,
moradores, no dito Montefrio, os quais sei serem os proprios, de
tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram por não saber eu o assignei.
Era ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 120 e 121:
"Nº 53
Dia 27
Setembro
1874
Montefrio
Maria filha
de Jose Martins
e Maria Joaquina."
"A vinte e sete de setembro de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo femenino,
a que dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio desta
freguesia onde mora, e seus paes, nasceo a huma hora da manhaã
de dois do mes, e anno corrente, filha legitima / segunda do nome
na ordem da filiação / de Jose Martins, trabalhador, e Maria
Joaquina, fiadeira, neta paterna de Jose Martins, e Anna
Bernarda, e materna de Antonio Luis, e Joaquina Gonsalves; foram
padrinhos Jose Luis Nunes, trabalhador, e Anna Joaquina fiadeira
solteiros, moradores no dito Montefrio, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram por não saber, eu o assignei. Era
ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 127:
"Nº 67
Dia 27 Desembro
1874
Montefrio
Inocencio
filho de Jose
Fernandes, e
Maria da Gloria"
"A vinte e sete de desembro de mil oitocentos e setenta e quatro, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo masculino, a que
dei o nome de Inocencio, que no logar do Montefrio desta freguesia
onde mora e seus paes nasceo as quatro horas da manhaã de honse
do mes e anno supra filho legitimo de Jose Fernandes trabalhador
e de Maria da Gloria fiadeira, naturaes do Montefrio, recebidos
e parochianos nesta freguesia, neto paterno de Manoel Fernandes,
e Maria Bernarda, e materno de Pedro Nunes, e Maria Gonsalves,
foram padrinhos Manoel da Costa Paiva, negociante, e Maria
Rita fiadeira, casados, moradores no logar da Bemfeita, os quais
sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois de
lido, e conferido perante os padrinhos, eu com o padrinho, o assignei
a madrinha não sabia. Era ut supra
Manoel da Costa Paiva
O Vigario Joaquim Florindo Correa."
"1. Casou com Maria do Nascimento, de 27 anos, natural da freguesia da Benfeita, concelho de Arganil, filha de Manuel Lopes e de Josega Nunes, na egreja Paroquial da freguesia de Benfeita no dia 31 de Maio de 1900. assento nº 6 do dia 3 de Maio de 1900. Casamento este já dissolvido por óbito do conjuge Maria do Nascimento falecida na freguesia da Benfeita no dia 12 de Maio de 1912. assento nº 172 do dia 12 de Maio de 1912. Em vinte e seis de Janeiro de mil novecentos e sessenta e tres. [???]"
"2 Casou com Maria José de 20 anos natural da freguesia da Benfeita concelho de Arganil filha de [???] Nunes e de Maria Rita, no Posto de Registo Civil na Benfeita no dia 3 de Maio de 1920 Registo nº 191 do dia 3 de Maio de 1920. Em vinte e seis de Junho de mil novecentos e sessenta e tres. [???]"
"3. Faleceu na freguesia de Pomares, pelas 22 horas do dia 14 de Dezembro de 1945 assento nº 327 do dia 21 de Dezembro de 1945. Em vinte e seis de Janeiro de mil novecentos e sessenta e tres [???]"

Página 128:
"Nº 2
Dia 6
Janeiro
1875
Montefrio
Jose filho de
Antonio da Silva,
e Emilia da
Conceição
obiit a 2 de
9.1878."
"A seis de Janeiro de mil oitocentos e setenta e cinco, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indeviduo do sexo masculino a que dei o nome
de Jose, que no logar do Montefrio desta freguesia onde mora e seus paes
nasceo as cinco horas da tarde de quatro de desembro ultimo filho
legitimo de Antonio da Silva, canastreiro, natural do logar e freguesia
da Boubadela, concelho de Oliveira do Hospital, desta Diocese, e de Emilia
da Conceição fiadeira, natural do Montefrio, recebidos e parochianos, nesta
freguesia da Bemfeita, neto paterno de Luis da Silva e Maria Silva, e materno
de Antonia Maria, e avou incognito, foram padrinhos Jose Francisco
Relvas, trabalhador, e Delfina de Jesus, fiadeira, casados e moradores no
dito Montefrio, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento
que depois de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram por
não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 132:
"Nº 11
Dia 29 Marco
1875
Montefrio
Jose filho de
Jose João, e
Joaquina
Maria."
"A vinte e nove de Marco de mil oitocentos e setenta e cinco, na Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indeviduo do sexo masculino, a que dei o nome de
Jose, que no logar do Montefrio desta freguesia onde mora e seus paes
nasceo as seis horas da manhaã de quatorse de Desembro ultimo, filho
legitimo de Jose João, trabalhador, natural do Montefrio, e de Joaquina
Maria, fiadeira, natural de Pardieiros desta freguesia, onde foram recebidos
e sao parochianos, neto paterno de João Ribeiro, e Maria Pinto
e materno de Manoel Luis e Rita Maria; foram padrinhos Jose
Ribeiro, trabalhador, e Maria Pinto, fiadeira, casados moradores no
Montefrio, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este
assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos, que
não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 134 e 135:
"Nº 16
Dia 2 Maio
1875
Montefrio
Maria filha
de Francisco da
Costa Quaresma,
e Anna Antonia."
"A dois de Maio de mil oitocentos e setenta e cinco, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indeviduo do sexo femenino, a que dei o nome de
Maria, que no logar do Montefrio, desta freguesia, onde mora e seus
paes, nasceo as duas horas da manhaã de dez de abril, ultimo, filha
legitima / segunda do nome na ordem da filiação / de Francisco da
Costa Quaresma, trabalhador, natural do logar das Casarias freguesia
de Pomares deste concelho, e Diocese, e de Anna Antonia, fiadeira
natural do dito Montefrio, recebidos na freguesia de Pomares, e parochianos
da freguesia da Bemfeita, neta paterna de Joaquim
Quaresma, e Maria Rosa, e materna de Jose Francisco, e Antonia João,
foram padrinhos Joaquim Quaresma junior, padeiro solteiro
morador na Villa da Povoa de Varsim, e Maria Augusta fiadeira
solteira, moradora no dito logar do Montefrio, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido
e conferido perante os padrinhos, que não assignaram por
não saber eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 135:
"Nº 17
Dia 6
Maio
1875
Montefrio
Alberto filho de
Jose Martins Xarata,
e Anna Nunes"
"A seis Maio de mil oitocentos e setenta e cinco, na Parochial Egreja da
freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indeviduo do sexo masculino, a que dei o nome
de Alberto, que no logar do Montefrio, desta freguesia, onde mora e seus
paes, nasceo as des horas da manhaã de vinte de Abril ultimo, filho legitimo
de Jose Martins Xarata, trabalhador, e de Anna Nunes, fiadeira,
naturaes do dito Montefrio, recebidos, e parochianos nesta freguesia,
neto paterno de Antonio Martins, e Rita Maria, e materno de
Pedro Nunes, e Maria Josefa, foram padrinhos Manoel da Costa Paiva,
negociante, e Maria Rita, fiadeira, casados, moradores no logar e freguesia
da Bemfeita, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido, e conferido perante os padrinhos,
eu com o padrinho o assignei, a madrinha não sabia. Era ut supra.
Manoel da Costa Paiva
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 140:
"Nº 29
Dia 22
Agosto
1875
Montefrio
Maria filha
de Manoel
Paiva, e Maria
Rosario"
"A vinte e dois de agosto de mil oitocentos e setenta e cinco, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum indeviduo do sexo femenino, a que dei o nome
de Maria, que no logar do Montefrio desta freguesia, onde mora, e seus
paes, nasceo as tres horas da manhaã, de seis do corrente, filha legitima
de Manoel Pedro, trabalhador, e de Maria do Rosario, fiadeira, naturaes
do Montefrio, recebidos, parochianos nesta freguesia, neta paterna
de Pedro Nunes do Fundo, e Maria Josefa, e materna de Jose
Pinto, e Maria Rosario, foram padrinhos Manoel Martins, trabalhador, e
Anna do Rosario, fiadeira solteiros, moradores no Montefrio, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 150 e 151:
"Nº 6
Dia 2
Fevereiro
1876
Montefrio
Antonio filho
de Antonio
Marques, e
Maria de Jesus"
"A dois de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e seis, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do
sexo masculino, a que dei o nome de Antonio, que no logar
do Montefrio desta freguesia onde mora e seus paes, nasceo
as tres horas da tarde de vinte e tres de Janeiro ultimo, filho
legitimo de Antonio Marques, trabalhador, e natural do Sobral
magro freguesia de Pomares, deste concelho, e Diocese
e de Maria de Jesus, fiadeira, natural do Montefrio, recebidos
na freguesia de Pomares, e parochianos da freguesia da
Bemfeita, neto paterno de Domingos Marques, e Anna
Rita, e materno de Jose Francisco, e Rita Maria, foram padrinhos
Joaquim Domingos Marques, trabalhador, solteiro,
morador no Sobral magro, e parochiano da freguesia correspondente,
e Anna Rita, fiadeira, solteira, mradores no Montefrio
parochiano desta freguesia os quais sei serem os proprios, de
tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram, eu o assignei. Era ut
supra O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 152:
"Nº 7
Dia 13
Fevereiro
1876
Montefrio
Maria dos Anjos
filha de
Jose Francisco
Relva e Delfina
de Jesus."
"A trese de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e seis, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo femenino,
a que dei o nome de Maria dos Anjos, que no logar do Montefrio
desta freguesia, onde mora e seus paes nasceo as des horas da
tarde de dez de Desembro ultimo, filha legitima de Jose Francisco
Relvas, trabalhador, natural do Montefrio, e de Delfina de Jesus fiadeira
natural da Bemfeita, recebidos e parochianos nesta freguesia, neta
paterna de Jose Nunes Relvas, e Rita Maria, e materna de Antonio
Xavier de Almeida, e Maria Rita, foram padrinhos Joaquim
Domingos Marques, trabalhador, do logar do Sobralmagro, freguesia
de Pomares deste concelho, e Diocese, e dela parochiano, e Anna Rita fiadeira
morador no Montefrio desta freguesia parochiana, solteiros,
os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento
que depois de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram,
eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 153:
"Nº 11
Dia 27
Fevereiro
1876
Montefrio
Joaquim filho
de Jose Pedro e
Maria Rita"
"A vinte e sete de fevereiro de mil oitocentos e setenta e seis, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
masculino, a que dei o nome de Joaquim, que no logar da
Relvas digo do Montefrio desta freguesia onde mora, e seus
paes, nasceo as tres horas da manhaã de vinte e seis de Janeiro
ultimo, filho legitimo de Jose Pedro, trabalhador e de
Maria Rita, fiadeira, naturaes do Montefrio, recebidos, e
parochianos nesta freguesia, neto paterno de Pedro Nunes
e Maria Josefa, e materna de Antonio Martins, e Rita Maria,
foram padrinhos Joaquim Domingos Marques, trabalhador,
morador na Mourisia freguesia de Pomares deste
concelho, e Diocese, e ali parochiano, solteiro, e Angera Rita
fiadeira, solteira, moradora no Montefrio, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido, e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 157 e 158:
"Nº 20
Dia 16
Abril
1876
Montefrio
Anna filha
de Maria Augusta,
e pai incognito"
"A desaseis de abril de mil oitocentos e setenta e seis, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil
Diocese de Coimbra, baptisei, solenemente a hum indeviduo
do sexo femenino, a que dei o nome de Anna, que no logar do Montefrio
desta freguesia, onde mora e sua mai nasceo a huma hora da manhaã
de vinte e dois de marco ultimo, filha de Maria Augusta
solteira, fiadeira, natural do Montefrio, e parochiana desta freguesia,
e de pai incognito, neta materna de Jose Francisco, e Antonia
João; foram padrinhos Albino Gonsalves, colhereiro, e Anna
da Conceição fiadeira, casados, moradores no logar de Pardieiros
desta freguesia onde são parochianos, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido, e
conferido perante os padrinhos, que não assignaram por não saber,
eu o assignei, Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 159:
"Nº 23
Dia 30
Abril
1876
Montefrio
Jose filho de
Antonio Nunes
Xarata e Anna
Maria.
obiito 27 de
Desembro de
1877"
"A trinta de abril de mil oitocentos e setenta e seis, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
masculino, a que dei o nome de Jose, que no logar do
Montefrio desta freguesia, onde mora e seus paes nasceo
as seis horas da tarde de des do corrente mes, e anno filho legitimo
de Antonio Nunes Xarata, trabalhador, natural
do logar do Salgueiro freguesia de Folques deste Concelho, e Diocese,
e de Anna Maria, fiadeira, natural do Montefrio, recebidos,
e parochianos, nesta freguesia, neto paterno de
Francisco Nunes Xarata; Isabel Martins, e materna de
Jose Lopes, e Mariana Nunes, foram padrinhos Jose
Martins, trabalhador, solteiro, Maria isabel, fiadeiram casada,
moradores no logar do Salgueiro, parochianos da freguesia
de Folques, os quais sei serem os proprios de tudo
fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignaram, por não saber
eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 160 e 161:
"Nº 26
Dia 7
Maio
1876
Montefrio
Jose filho de
Delfina Dias
e pai incognito"
"A vinte e seis digo a sete Maio de mil oitocentos e setenta e seis
na Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
masculino, a que dei o nome de Jose, que no logar do Montefrio
desta freguesia, onde mora e sua mai, nasceo as tres horas da
manhaã de vinte e quatro de Marco ultimo, filho de Delfina
Dias, fiadeira, natural do Montefrio, parochiana desta
freguesia, e de pai incognito, neto materno de Manoel Dias
e de Joaquina Maria, foram padrinhos Jose Antonio da Costa
trabalhador, e Anna dos Anjos, fiadeira, casados, moradores
no dito Montefrio, parochianos desta freguesia, de tudo fis em
duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante os
padrinhos, que sei serem os proprios, e que não assignaram por
não saber, eu o assignei Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 164:
"Nº 33
Dia 15
Junho
1876
Montefrio
Maria filha
de Manoel
Lopes, e Josefa
Nunes"
"A quinse de Junho de mil oitocentos e setenta e seis, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo femenino, a que
dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio desta freguesia
onde mora e seus paes, nasceo as seis horas da tarde de tres do mes
e anno supra, filha legitima de Jose Lopes, trabalhador, natural
do Montefrio, e de Josefa Nunes, fiadeira, natural da Relvavelha
desta freguesia, onde são parochianos, e foram recebidos, neta
paterna de Jose Lopes, e Mariana Nunes, e materna de
Manoel Nunes, e Anna Nunes, foram padrinhos Manoel
Nunes trabalhadores, e Antonia Nunes fiadeira, solteiros, moradores
na Relvavelha desta freguesia parochianos, os quais sei
serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido, e conferido perante os padrinhos, que não assignaram por
não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 172:
"Nº 47
Dia 5
Novembro
1876
Montefrio
Joaquim filho
de Jose Lopes, e
Anna Nunes"
"A cinco de Novembro de mil oitocentos e setenta e seis, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum
indeviduo do sexo masculino, a que dei o nome de Joaquim
que no logar do Montefrio, desta freguesia, onde mora
e seus paes nasceo as tres horas da tarde de vinte e tres de
Outubro ultimo, filho legitimo de Jose Lopes, trabalhador
e de Anna Nunes, fiadeira, naturaes do Montefrio, recebidos,
e parochianos nesta freguesia, neto paterno de Jose
Lopes, e Mariana Nunes, e materno de Manoel Nunes das
Penedas, e Anna Nunes, foram padrinhos Joaquim Nunes,
trabalhador e Maria Antonia, fiadeira, solteiros, moradores
no Montefrio, parochianos desta freguesia, os quais sei
serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento,
que depois de lido e conferido perante os proprios digo
perante os padrinhos, que não assignaram por não saber,
eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 173:
"Nº 49
Dia 3
Desembro
1876
Montefrio
Antonio filho
de Jose Francisco
e Maria Pinto"
"A tres de Desembro de mil oitocentos e setenta e seis, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo
do sexo masculino, a quem dei o nome de Antonio
que no logar do Montefrio, desta freguesia, onde mora e
seus paes, nasceo as des horas da manhaa de desaseis do
mes de novembro ultimo, filho legitimo de Jose Francisco
trabalhador natural do logar e freguesia de Sebola,
concelho do Fundão, Diocese da Guarda, e de Maria
Pinto, fiadeira, natural do Montefrio, recebidos e parochianos
na freguesia da Bemfeita, neto paterno de Jose
Ribeiro, e Maria Josefa, e materno de João Ribeiro, e Maria
Pinto; foram padrinhos Antonio Abrantes, trabalhador
e Anna Pinto fiadeira, casados, moradores no Montefrio,
parochianos desta freguesia, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de
lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"1-Casou com Maria da Piedade natural da freguesia de Avô concelho de Oliveira do Hospital filha de Antonio Gonçalves e [???] na egreja paroquial de Avô no dia quatro de Fevereiro de mil novecentos e dois. [???] número setecentos e quarenta e nove [???]"
"2-Faleceu na freguesia da Benfeita deste concelho pela vinte e quatro horas do dia tres de abril de mil novecentos e trinta e nove. Assento número cento e de [???] em vinte e um de Novembro de mil novecentos e sessenta e tres. [???]"

Página 175:
"Nº 2
Dia 11
Fevereiro
1877
Montefrio
Anna filha de
Jose Martins,
e Maria Joaquina"
"A onse de fevereiro de mil oitocentos e setenta e sete, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo femenino
a que dei o nome de Anna, que no logar do Montefrio desta freguesia,
onde mora e seus paes, nasceo as nove horas da tarde de
vinte e oito de Janeiro ultimo, filha legitima de Jose Martins
novo, trabalhador, e de Maria Joaquina, fiadeira, naturaes do
Montefrio, recebidos, e parochianos nesta freguesia, neta paterna
de Jose Martins e Anna Bernarda, e materna de Antonio
Luis, e Joaquina Gonsalves, foram padrinhos Jose Luis, trabalhadores,
e Anna Joaquina, os quais sei serem os proprios, de tudo
fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignaram, eu o assignei. Era ut
supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa."
"Enviuvou do conjuge Francisco Augusto Peres falecido em 12 do corrente no monte Frio. Registo de obito 266. Arganil, 15-12-1955. O ajudante [???]"
"2-Casou com Francisco Augusto Peres de 24 anos, natural da freguesia da Benfeita, concelho de Arganil filho de José da Silva e de Maria da Gloria, no lugar do Monte Frio freguesia da Benfeita no dia 16 de novembro de 1914. [???]"
"3-Faleceu na freguesia da Benfeita pelas 3 horas do dia 5. assento nº 12 do dia 7. Em sete de Julho de mil novecentos e sessenta e seis. [???]"

Página 179:
"Nº 9
Dia 18
Marco
1877
Montefrio
Jose filho de
Manoel Henriques
e Anna
Teixeira.
obiit 19 de junho
1889"
"A desoito de marco de mil oitocentos e setenta e sete, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, faleceo digo baptisei solenemente
a hum indeviduo do sexo masculino, a
que dei o nome de Jose, que no logar do Montefrio desta
freguesia, onde mora e seus paes, nasceo as onse horas
da tarde de tres do mes e anno corrente, filho legitimo
/ segundo do nome na ordem da filiação / de Manoel
Henriques, trabalhador natural do logar do Tojo
freguesia do Piodam, e de Anna Teixeira, fiadeira, natural
do logar e freguesia da Teixeira, tudo deste concelho, e
Diocese, neto paterno de Manoel Antunes, e
Maria Henriques, e materno de Jose Martins e Anna Bernarda,
foram padrinhos Jose Francisco trabalhador,
solteiro, e Maria Martins, [???] casada, moradores no
Montefrio, parochianos desta freguesia, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 183:
"Nº 15
Dia 13
Maio
1877
Montefrio
Maria filha
de Jose Antonia
e Anna
Theresa."
"A trese de Maio de mil oitocentos e setenta e sete, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
femenino, a que dei o nome de Maria, que no logar do Montefrio,
desta freguesia, onde mora e seus paes, nasceo as tres horas,
da manhaã de dois do mes, e anno corrente, filha legitima de
Jose Antonio trabalhador, e de Anna Theresa fiadeira,
naturaes do Montefrio, recebidos e parochianos nesta freguesia,
neta paterna de Jose Antonio e Maria Nunes, e materna
de Jose Luis e Joanna Theresa, foram padrinhos Manoel
Francisco do [???], trabalhador, e Antonia Maria, fiadeira
casados, moradores no Montefrio, parochianos desta freguesia, os
quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento,
que depois de lido e conferido perante os padrinhos, que
não assignaram por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 183 e 184:
"Nº 16
Dia 13
Maio
1877
Montefrio
Antonio filho de
Jose Martins
Lopes e Theresa
e Maria Luisa"
"A trese de maio de mil oitocentos e setenta e sete, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo
masculino, a que dei o nome de Antonio, que no logar do
Montefrio, desta freguesia, onde mora e seus paes nasceo as
seis horas manhaã de sete de fevereiro ultimo, filho legitimo
de Jose Martins Lopes, trabalhador, e Maria Luisa, fiadeira,
naturaes do Montefrio, recebidos, e parochianos, nesta freguesia,
neto paterno de Joaquim Lopes, e Maria Lopes, e materno
de Manoel Luis das Penedas, e Luisa da Crus, foram padrinhos
Jose Luis novo, e Maria Rita, casados, esta fiadeira, e aquele
trabalhador, moradores no Montefrio, e parochianos deste freguesia
os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os
padrinhos que não assignaram por não saber, eu o assignei
Era ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 190 e 191:
"Nº 32
Dia 18
Novembro
1877
Montefrio
Jose filho de
Antonio de Abrantes (e Anna Pinto)"
"A desoito de novembro de mil oitocentos e setenta e sete, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente, a hum indeviduo do sexo
masculino, a que dei o nome de Jose, que no logar do Montefrio
desta freguesia, onde mora e seus paes nasceo as trese horas da
manhaã de quatro de Outubro ultimo, filho legitimo
Antonio de Abrantes, trabalhador e natural do logar dos Poisadouros,
freguesia de Mouronho, concelho de Tabua, desta Diocese, e de Anna
Pinto fiadeira, natural do logar do Montefrio, recebidos, e parochianos
na freguesia da Bemfeita, neto paterno do Jose de Abrantes,
e Maria da Lus, e materno de João Ribeiro, e Maria Josefa
Pinto, foram padrinhos Jose Francisco, trabalhador, e Maria
Pinto fiadeira, casados, moradores no dito logar do Montefrio,
parochianos desta freguesia, os quais sei serem os
proprios de tudo fis em duplicado este assento, que depois de
lido, e conferido perante os padrinhos que não assignaram
por não saber eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 191:
"Nº 33
Dia 25
Novembro
1877
Montefrio
Alvaro filho
de João Marques,
e Maria
do Nascimento"
"A vinte e cinco de novembro de mil oitocentos e setenta e sete, na
Parochial Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum
indeviduo do sexo masculino, a que dei o nome de Alvaro,
que no logar do Montefrio, desta freguesia, onde mora e seus
paes, nasceo as quatro horas da manhaã de des de agosto
ultimo, filho legitimo de João Marques, sapateiro, natural
do logar de Sobral magro freguesia de Pomares, deste concelho,
e Diocese, e de Maria do Nascimento fiadeira, natural do
Montefrio, recebidos na freguesia de Pomares, e parochianos
desta freguesia da Bemfeita, neto paterno de Domingos Marques
e Anna Rita, e materno de Niculao Antonio, e Maria Rita,
foram padrinhos Joaquim Domingos, barbeiro, solteiro morador
no Sobral magro, parochiano de Pomares, e Maria Margarida,
solteiro, fiadeira, moradora no Montefrio, os quais sei
serem os proprios de tudo fis em duplicado este assento que depois
de lido, e conferido perante os padrinhos, que não assignaram, eu
o assignei. Era ut supra. O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"Faleceu em Monte Frio a 30/8/954. Registo de obito N88 desta Conservatoria. Arganil. 1/4/954. O Conservador [???]"

Página 191 e 192:
"Nº 34
Dia 25
Novembro
1877
Montefrio
Manoel filho
de Jose Marques
e Maria Joanna"
"A vinte e cinco de Novembro de mil oitocentos e setenta e sete, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo do sexo masculino,
a que dei o nome de Manoel, que no logar do Montefrio
desta freguesia, onde mora e seus paes, nasceo as cinco horas da manhaã
de primeiro de novembro corrente, filho legitimo de Jose
Marques trabalhador, e de Maria Joanna, fiadeira, naturaes do
Montefrio, recebidos, e parochianos nesta freguesia, neto
paterno de Niculao Antonio, e Maria Marques, e materno de
Jose Luis, e Joanna Maria, foram padrinhos desta freguesia, os quaes
sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que
depois de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignaram
por não saber, eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"Nº1-Casou com Maria dos Anjos, na igreja paroquial de Benfeita, em 31 de Agosto de 1905. Assento nº9 da mesma Acta. Faleceu na freguesia da Benfeita, Concelho de Arganil, em 24 de Setembro de 1949. Assento nº 249 da mesma data. Em 10 de Março de 1975 [???]"

Novembro 2010 - Livro dos baptizados de 1878 a 1889 do Arquivo da Universidade de Coimbra da Paróquia da Benfeita:
Página 4:
"Têrmo da Abertura
[???] este livro [???] os assentos dos baptismoa
da freguesia da Bemfeita deste ano i [???] para
annos proximos seguintes de que foi este termo. Arganil
31 de Dezembro de 1877 e sete
O [???] D. Luis Caetano Lobo"
"Nº 1
Dia 10
Janeiro
1878
Pai das Donas
Jose filho de
Antonio Nunes
e Maria Theresa"

Página 4 e 5:
"Nº 2
Dia 27
Janeiro
1878
Monte Frio
Maria filha
de Jose Antonio
da Costa, e Anna
dos Anjos.
"A vinte e sete de Janeiro de mil oitocentos e setenta e oito, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum indeviduo
do sexo femenino, a quem dei o nome de Maria, que no
lugar do Monte Frio, desta freguesia onde moram seus pais
nasceo as hum hora da tarde de dezoito de Dezembro ultimo
filha legitima de Jose Antonio da Costa, trabalhador, natural
do lugar da Moura freguesia de Avou, concelho de Oliveira
do hospital, desta Diocese, e de Anna dos Anjos fiadeira
natural do dito Monte Frio, recebidos e parochianos nesta freguesia da
Bemfeita, neta paterna de Antonio da Costa, e Maria
Nunes e materna de Joaquim Martins e Maria Isabel, foram padrinhos Antonio Nunes, trabalhador, Anna
Nunes, fiadeira, solteiros, moradores no lugar do Monte
Frio parochianos desta freguesia, os quais sei serem os
proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos que nam assigam
por nao saberem assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 5:
"Nº 3
Dia 3
Fevereiro
1878
Monte Frio
Casimira filha
de Manoel
Pedro e Maria
do Rosario
"A tres de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e oito na
Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do
sexo feminino, a que dei o nome de Casimira, que no lugar
do Monte Frio, desta freguesia onde moram seus pais, nasceo
as oito horas da tarde de dez de novembro ultimo, filha
legitima de Manoel Pedro, trabalhador, e de Maria do Rosario
fiadeira, naturais do dito Monte Frio, recebidos e parochianos
nesta freguesia, neta paterna de Pedro Nunes, do fundo, e Maria
Josefa e materna de Jose Pinto e Maria Rosario, foram
padrinhos Manoel Martins, canastreiro, e Anna Rosaria
fiadeira, solteira, moradores no Monte Frio, parochianos desta
freguesia, os quais sei serem os proprios, de tudo fis
em duplicado este assento que depois de lido e conferido perante
os padrinhos que não assignam por não saberem
assignar, Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 5 e 6:
"Nº 4
Dia 10
Fevereiro
1878
Pai das Donas
Albino filho
de Jose
Francisco Rita
Maria"

Página 6:
"Nº 5
Dia 17
Fevereiro
1878
Luadas
Maria filha
de Manoel Bernardo
e Maria
Delfina"

Página 6 e 7:
"Nº 6
Dia 17
Fevereiro
1878
Drea
Maria filha
de João Quaresma
Maria
Augusta"

Página 7:
"Nº 7
Dia 24
Fevereiro
1878
Bemfeita
Jose filho de
Antonio Pedro
Nunes e Maria
de Jesus"

Página 7 e 8:
"Nº 8
Dia 28
Fevereiro
1878
Bemfeita
Jose filho de
Luis Antonio
Gonçalves e Maria
do Rosario"

Página 8:
"Nº 9
Dia 3
Março
1878
Sardal
Adelino filho
Manoel
Joaquim e
Maria Rita"

Página 8 e 9:
"Nº 10
Dia 3
Março
1878
Pardieiros
Maria filha de
Jose Fernandes
e Maria do Rosario"

Página 9:
"Nº 11
Dia 3
Março
1878
Monte Frio
Maria filha
de Jose Luis da
Cruz e Maria
Rosa
"A tres de Março de mil oitocentos e setenta e oito na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum
individuo do sexo feminino, a que dei o nome de Maria, que no lugar do Monte Frio desta freguesia onde moram seus
pais, nasceo as huma horas da tarde de vinte e nove de Dezembro ultimo, filha legitima de Jose Luis da Cruz, trabalhador, e de Maria Rosa, fiadeira, naturais do lugar do Monte
Frio, recebidos e parochianos nesta freguesia, neta paterna
de Manoel Luis e Luisa da Cruz e materna de Manoel
Martins e Anna Nunes, foram padrinhos Manoel Luis
da Cruz, trabalhador e Anna da Cruz, solteira, moradores
no Monte Frio, parochianos desta freguesia, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento que
depois de lido e conferido perante os padrinhos que não assignam por não saberem assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
[???]
[???]
[???]

Página 9 e 10:
"Nº 12
Dia 10
Março
1878
Monte Frio
Jose filho de
Antonio Marques
e Maria
de Jesus
"A dez de Março de mil oitocentos e setenta e oito na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum individuo do sexo masculino, a que dei o nome de Jose, que no lugar do Monte Frio desta freguesia, onde moram seus pais, nasceo as seis horas da tarde de desanove de Fevereiro
ultimo, filho legitimo de Antonio Marques, trabalhador, natural do lugar do Sobral Magro, freguesia de Pomares deste concelho,
e Diocese, e de Maria de Jesus, fiadeira, natural de Monte Frio,
recebidos na freguesia de Pomares, e parochianos da freguesia da
Bemfeita, neto paterno de Domingos Marques e Anna Rita
e materno de Jose Francisco, Rita Maria, fiadora padrinhos Joaquim Domingos, [???] e Rita Francisca, solteira,
moradores no Monte Frio, parochianos desta freguesia, os quais
sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento que
depois de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignam
por não saberem assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"1. Casou com Maria [???] na Egreja Paroquialde Vila de Arganil em 22 de Outubro de 1908. Assento nº9 da mesma data. Faleceu na freguesia da Vila Cova do Alva Arganil em 17. Assento nº 1611 de legal. Em 20 de Outubro de 1973. CPaiva."

Página 10:
"Nº 13
Dia 24
Março
1878
Monte Frio
Jose filho de
Jose Francisco
Relvas, e Delfina
de Jesus
"A vinte e quatro de Março de mil oitocentos e setenta e oito na
Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo
do sexo masculino, a que dei o nome de Jose, que no lugar do
Monte Frio desta freguesia, onde moram seus pais, nasceo
as oito horas da tarde de quatro do mes e anno supra, filho legitimo de Jose Francisco Relvas, trabalhador, natural
do Monte Frio. e de Delfina de Jesus, fiadeira, natural do lugar
da Bemfeita recebidos, e parochianos nesta freguesia, neto paterno
de Jose Francisco Relvas e Rita Maria e materno de Antonio
de Almeida, e Maria Rita, foram padrinhos Jose Francisco, trabalhador, solteiro, morador no lugar e freguesia
da Bemfeita, onde ambos são parochianos, os quais sei
serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que
depois de lido e conferido perante os padrinhos, que não
assignam por não saberem assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
Página 11:
"Nº 14
Dia 21
Abril
1878
Deflores
Jose filho de
Albano [???]
e Maria da
Assumpção"

Página 11 e 12:
"Nº 15
Dia 21
Abril
1878
Sardal
Jose filho de
Jose Simões e
Anna da Conceição"

Página 12:
"Nº 16
Dia 21
Abril
1878
Monte Frio
Antonio filho
de Jose Fernandes
e Maria
da Gloria
"A vinte e hum de Abril de mil oitocentos e setenta e oito na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do sexo masculino,
a que dei o nome de Antonio, que no lugar do Monte Frio desta
freguesia, onde mora seus pais nasceo as des horas da tarde de
quinse de Dezembro ultimo, filho legitimo de Jose Fernandes, [???],
e de Maria da Gloria, fiadeira, naturais do Monte Frio, recebidos, e parochianos nesta freguesia, neto paterno de Manoel Fernandes
, e Maria B[???], e materno de [???] Nunes e Maria Gonsalves,
foram padrinhos Manoel da Costa Paiva, trabalhador, e Maria
Rita, fiadeira, casados, moradores, e parochianos nesta freguesia
da Bemfeita, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em
duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante os
padrinhos, que não assignam por não saberem assignar.
Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 12 e 13:
"Nº 17
Dia 21
Abril
1878
Pardieiros
Augusto filho
de Jose Antonio
e Maria da Ressureição"

Página 13:
"Nº 18
Dia 22
Abril
1878
Jose filho de
Anna Claudina
e pai incognito
Pai das Donas"

Página 13 e 14:
"Nº 19
Dia 22
Abril
1878
Sardal
Jose filho de
Jose Nunes e
Maria da
Conceição"

Página 14:
"Nº 20
Dia 28
Abril
1878
Bemfeita
Maria filha
de Maria
Joaquina e
pai incognito"

Página 14:
"Nº 21
Dia 28
Abril
1878
Monte Frio
Maria filha
de Jose Pedro e
Maria Rita
"A vinte e oito de Abril de mil oitocentos e setenta e oito na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do
sexo femenino, a que dei o nome de Maria, que no lugar
do Monte Frio, desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo
as quatro horas da tarde de des do mes e anno corrente, filha
legitima de Jose Pedro, trabalhador, e de Maria Rita, fiadeira,
naturais do Monte Frio, recebidos e parochianos nesta freguesia,
neta paterna de Pedro Nunes e Maria Josefa, materna
de Antonio Martins e Rita Maria, foram padrinhos
Manuel Francisco, trabalhador, [???] morador no lugar
da Bemfeita, e Anna Rita, solteira moradora no lugar do
Monte Frio, parochianos nesta freguesia, os quais sei serem os
proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignam
por não saberem assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 15:
"Nº 22
Dia 23
Junho
1878
Monte Frio
Maria filha
de Maria Nunes,
e pai incognito"
"A vinte e tres de Junho de mil oitocentos e setenta e oito na
Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a
hum individuo do sexo femenino, a que dei o nome de Maria, que no lugar do Monte Frio, desta freguesia, onde mora sua
mãe, nasceo as duas horas da tarde do primeiro do mes e anno
corrente, filha de Maria Nunes, fiadeira, natural do Monte
Frio, parochiana desta freguesia, casada e de pai incognito
neta materna de Manuel Nunes e Anna de [???das],
foram padrinhos Manuel da Cruz, trabalhador e Maria da Conceição, fiadeira, solteiros, moradores no lugar do Monte
Frio, parochianos desta freguesia, os quais sei serem os
proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignam
por não saberem assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
[???]
[???]

Página 15 e 16:
"Nº 23
Dia 24
Junho
1878
Bemfeita
Maria filha de
Antonio Martins
e Maria Rita"

Página 16:
"Nº 24
Dia 14
Julho
1878
Pardieiros
Antonio filho
de Antonio Francisco,
e Maria
dos Praseres"

Página 16 e 17:
"Nº 25
Dia 14
Julho
1878
Bemfeita
Antonio filho
de Jose joaquim
e Rosaria Martins"

Página 17:
"Nº 26
Dia 14
Julho
1878
Drea
Maria filha
de Luis Simões
e Maria Rosario"

Página 17 e 18:
"Nº 27
Dia 14
Julho
1878
Deflores
Maria filha
de Jose Gomes
e Maria Rita"

Página 18:
"Nº 28
Dia 21
Julho
1878
Bemfeita
Adelaide filha
de Nuna
Quaresma e pai incognito"

Página 18 e 19:
"Nº 29
Dia 15
Agosto
1878
Bemfeita
Jose filho de
Jose Maria
da Fonseca e
Maria dos
Praseres"

Página 19 e 20:
"Nº 30
Dia 15
Agosto
1878
Bemfeita
Antonio filho
de Jose Quaresma
das Neves
e Antonia
Nunes."

Página 20:
"Nº 31
Dia 1
Setembro
1878
Sardal
Maria filha de
Jose Elias Gonsalves
e Maria
Nunes"

Página 20 e 21:
"Nº 32
Dia 8
Setembro
1878
Bemfeita
Joaquim filho
de Joaquim da
Costa Prata e Maria Marques"

Página 21:
"Nº 33
Dia 15
Setembro
1878
Bemfeita
Maria filha de
Antonio Gonsalves
e Anna Rita"

Página 21 e 22:
"Nº 34
Dia 15
Setembro
1878
Bemfeita
Jose filho de
Antonio João
Antunes e
Anna do Nascimento
Gama"

Página 22:
"Nº 35
Dia 22
Setembro
1878
Bemfeita
Maria da Assumpção
filha de João
Correa Gonçalves
e Maria Justina"

Página 23:
"Nº 36
Dia 22
Setembro
1878
Pai das Donas
Maria filha
de Jose Pedro
Quaresma e
Maria do Patrocineo"

Página 23 e 24:
"Nº 37
Dia 22
Setembro
1878
Enxudro
Maria filha
de Jose Nunes
e Maria da Assumpção"

Página 24:
"Nº 38
Dia 22
Setembro
1878
Pai das Donas
Maria filha
de João da
Cruz Dinis
e Anna Delfina"

Página 24 e 25:
"Nº 39
Dia 29
Setembro
1878
Sardal
Jose filho de
Antonio Francisco
e Anna
Rita"

Página 25 e 26:
"Nº 40
Dia 27
outubro
1878
Deflores
Maria de Nasareth
filha de
Jose Gonsalves
das Neves e Maria
das Dores"

Página 26:
"Nº 41
Dia 3
Novembro
1878
Pardieiros
Maria filha
de Bernardina
Emilia e pai
incognito."

Página 26 e 27:
"Nº 42
Dia 17
Novembro
1878
Luadas
Manoel filho
de Jose Agostinho
e Rita
Maria Gonsalves."

Página 27:
"Nº 43
Dia 24
Novembro
1878
Luadas
Jose filho de
Jose Quaresma
e Maria do
Rosario."

Página 27 e 28:
"Nº 44
Dia 4
Dezembro
1878
Pardieiros
Albertina
filha de [???] Marques
e de Maria da
Gloria."

Página 28:
"Nº 45
Dia 4
Dezembro
1878
Pardieiros
Maria filha
de Albino Gonsalves
e Anna
da Conceição."
"A quatro de Dezembro de mil oitocentos e setenta e oito na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente, a hum individuo
do sexo femenino, a que dei o nome de Maria, que no lugar
dos Pardieiros, desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo
as nove horas da manhã de nove de Setembro ultimo,
filho legitimo de Albino Gonsalves, colhereiro, natural
do lugar dos Pardieiros e de Anna da Conceição, fiadeira, natural
do lugar do Monte Frio, desta freguesia, no qual
foram recebidos e são parochianos, neta paterna de Paulino
Gonsalves e Maria da Lus, materna de Antonio
Nunes e Maria Luisa, foram padrinhos Manuel
Nunes, trabalhador e Maria Luisa, fiadeira, solteira,
moradores no lugar do Monte Frio, e parochianos desta
freguesia, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em
duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignam por não saberem
o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 29:
"Nº 46
Dia 4
Dezembro
1878
Pardieiros
Rosalina filha
de Manuel Soares
e Maria do
Rosario."

Página 29 e 30:
"Nº 47
Dia 8
Dezembro
1878
Drea
Antonio filho
de Manoel
Loureiro, e
Maria Barbosa."BR>
Página 30:
"Nº 48
Dia 15
Dezembro
1878
Monte Frio
Maria filha
Francisco
Quaresma e
Anna Antonia"
"A quinze de Dezembro de mil oitocentos e setenta e oito na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente, a hum
individuo do sexo femenino, a que dei o nome de Maria que no lugar do Monte Frio, desta freguesia, onde mora
seus pais nasceo a huma hora da manhã de sete de Agosto ultimo, filha legitima / segundo do nome na [???]
da filiação / de Francisco Quaresma, trabalhador, natural
do lugar das Casarias freguesia de Pomares, deste concelho e
Diocese e de Anna Antonia fiadeira, natural do Monte Frio, recebidos na freguesia de Pomares e parochianos desta freguesia da Bemfeita, neta paterna de Joaquim Quaresma e Maria Rosa, e materna de Jose Francisco, e Antonia
João, foram padrinhos Joaquim Gaspar, trabalhador e
Maria Gaspar, [???], solteiros, moradores no
lugar das Casarias e parochianos da freguesia de Pomares, os
quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este
assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
que não assignam por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 30 e 31:
"Nº 49
Dia 22
Dezembro
1878
Bemfeita
Adelino filho
de Manoel
Martins e
Maria da Gloria"

Página 31:
"Nº 50
Dia 22
Dezembro
1878
Pardieiros
Jose filho de
Antonio Bernardo
e Maria
Rosaria"

Página 31 e 32:
"Nº 51
Dia 24
Dezembro
1878
Relva Velha
Anna filha de
Jose Lopes e de Anna
da Conceição"

Página 32 e 33:
"Nº 52
Dia 25
Dezembro
1878
Bemfeita
Maria da
Natividade
filha de Antonio
Nunes Sátão
e Maria da Nasareth"

Página 33:
"Nº 53
Dia 29
Dezembro
1878
Relva Velha
Maria filha
de Jose Rodrigues,
e Anna
Lusia"

"Vistos e examinados estes assentos s suas replicados
não achei defeitos pelo que os approvo.
O Arqº D. Luis Caetano Lobo"

Página 33 e 34:
"Nº 1
Dia 19
Janeiro
1879
Bemfeita
Jose filho de
Maria Delfina
e pai incognito"

Página 34:
"Nº 2
Dia 19
Janeiro
1879
Pardieiros
Guilhermina
filha de Anna
do Carmo, solteira
e pai incognito"

Página 34 e 35:
"Nº 3
Dia 19
Janeiro
1879
Monte Frio
Maria filha
de Jose João
Joaquina
Maria"

"A desanove de Janeiro de mil oitocentos e setenta e nove na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do sexo
femenino, a que dei o nome de Maria, que no lugar do Monte
Frio, desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo as dez
horas da manhã de tres do mes e anno corrente, filha legitima
de Jose João, trabalhador natural do Monte Frio, e de Joaquina Maria fiadeira, natural do lugar de Pardieiros desta freguesia
onde foram recebidos, e são parochianos, neta paterna de João
Sebola e Maria Pinto, e materna de Manuel Luis, e Rita Antunes,
foram padrinhos Jose João, trabalhador, solteiro e Anna Maria,
viuva, moradores no lugar de Pardieiros, parochianos desta
freguesia, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
que não assignam por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"Faleceu no lugar do nascimento em 19 do corrente. Registo de obito 1189 desta Conservatória. Arganil 21/-4-11550. O ajudante [???]"

Página 35:
"Nº 4
Dia 26
Janeiro
1879
Pardieiros
Adelino filho
de Anna Gonsalves,
e pai incognito"

Página 35 e 36:
"Nº 5
Dia 26
Janeiro
1879
Monte Frio
Florentina filha
de Antonio da Silva
e Emilia da Conceição"
"A vinte e seis de Janeiro de mil oitocentos e setenta e nove, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra
baptisei solenemente a hum individuo do sexo femenino, a que
dei o nome de Florentina, que no lugar do Monte Frio, desta freguesia,
onde mora seus pais, nasceo as nove horas da tarde de vinte
e cinco de Agosto ultimo, filha legitima de Antonio da Silva, canastreiro,
natural do lugar e freguesia da Boubadela, concelho de
Oliveira do hospital desta Diocese, e Emilia da Conceição, fiadeira
natural do Monte Frio, recebidos, e parochianos nesta freguesia
neta paterna de Luis da Silva, e Maria Silva, e materna de Antonia Maria Pinheiro, e pai incognito, foram padrinhos Jose
Francisco Relvas, [???], e Delfina de Jesus, fiadeira, casados, e moradores
no dito Monte Frio, parochianos desta freguesia, os quais sei serem os
proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e
conferido perante os padrinhos,
que não assignam por não saberem
o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 36:
"Nº 6
Dia 2
Fevereiro
1879
Monte Frio
Jose filho de
Jose Martins
e Maria
Joaquina"

"A dois de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e nove, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do sexo
masculino, a que dei o nome de Jose, que no lugar de Monte Frio
desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo as seis horas da manhã
de honze de Janeiro ultimo, filho legitimo de Jose Martins, trabalhador e de Maria Joaquina, fiadeira naturaes do Monte Frio
recebidos e parochianos nesta freguesia, neto paterno de Jose Martins
e Anna Bernarda, e materno de Antonio Luis, e Joaquina
Gonsalves, foram padrinhos Jose Luis, trabalhador, e Anna
Joaquina, solteiros, moradores no Monte Frio, parochianos
desta freguesia, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em
duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante os
padrinhos, que não assignam por não saberem o assignar.
Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 36 e 37:
"Nº 7
Dia 2
Fevereiro
1879
Pai das Donas
João filho de
Jose Nunes e
Maria Rita"

Página 37:
"Nº 8
Dia 2
Fevereiro
1879
Monte Frio
Maria filha de
Jose Luis e
Maria Rita"
"A dois de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e nove, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do sexo femenino,
a que dei o nome de Maria, que no lugar do Monte Frio, desta
freguesia, onde mora seus pais, nasceo as uma horas da manhã
de quatorze de Janeiro ultimo, filha legitima de Jose Luis
trabalhador e natural do Monte Frio, e de Maria Rita, fiadeira
natural do lugar do Tojo freguesia do Piodam deste concelho, e Diocese
onde foram recebidos, e parochianos desta freguesia da Benfeita,
neta paterna de Manoel Luis Nunes dos Santos, e Joanna Gonsalves,
e materna de Antonio Joaquim, e Maria Nunes, foram
padrinhos Antonio Luis, trabalhador, solteiro, e Anna Joaquina
solteira, moradores no Monte Frio, parochianos desta freguesia
os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento,
que depois de lido e conferido perante os padrinhos que
não assignam por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 37 e 38:
"Nº 9
Dia 16
Fevereiro
1879
Sardal
Manuel filho
de Jose Duarte
e Cecilia da
Costa"
"A desaseis de Fevereiro de mil oitocentos e setenta e nove, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei
solenemente a hum individuo do sexo masculino, a que dei o nome
de Manuel, que no lugar do Sardal, desta freguesia, onde mora seus
pais, nasceo as seis horas da manhã de vinte e cinco de Janeiro ultimo,
filho legitimo de Jose Duarte, trabalhador, e Cecilia da Costa
fiadeira, naturaes do lugar do Sardal, recebidos, e parochianos
nesta freguesia, neto paterno, de Jose Duarte e Maria Nunes, e
materno de Antonio Francisco da Costa, e Maria Antonia, foram
padrinhos Manoel Joaquim, trabalhador, solteiro, e Maria Rita, casada, moradores no lugar do Sardal, parochianos nesta freguesia, os
quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento
que depois de lido e conferido perante os padrinhos, que não
assignam por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"1-Casou com Urbana Antunes, de 22 anos, natural da freguesia de Bemfeita, concelho de Arganil filha de António Nunes e de Ana Nunes, da parochial da freguesia Bemfeita, no dia 25 de Setembro de 1902. assento nº [???} 25 de Setembro de [???] dose de Dezembro de [???]"
"2-Faleceu na dita freguesia da Bemfeita pelas 22 horas [???]. assento nº 269 do dia 12 de Dezembro [???] de mil novecentos [???]"

Página 38:
"Nº 10
Dia 11
Fevereiro
1879
Pardieiros
Antonio filho de
Jose Rodrigues
Quaresma e
Rita Maria
Delfina"

Página 38 e 39:
"Nº 11
Dia 25
Março
1879
Sardal
Anna filha
de Antonio Jose
e Rita Nunes"

Página 39:
"Nº 12
Dia 13
Abril
1879
Pai das Donas
Jose filho
de Albino
Francisco e Maria
Luisa."

Página 39 e 40:
"Nº 13
Dia 14
Abril
1879
Relva Velha
Maria filha
de Jose Joaquim
Gonsalves e
Maria Rita"
"A quatorze de Abril de mil oitocentos e setenta e nove, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do sexo femenino,
a que dei o nome de Maria, que no lugar da Relva Velha,
desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo as cinco horas da
manhã de trese de Março ultimo, filha legitima de Jose
Joaquim Gonsalves, trabalhador, natural do lugar do Tojo
freguesia do Piodam deste concelho, e Diocese e de Maria Rita
fiadeira, natural da Mourisia freguesia de Pomares,
tudo deste concelho, e Diocese, neta paterna de Joaquim Jose e Anna
Gonsalves, e materna de Joaquim Fernandes e Maria Rita,
foram padrinhos Jose Luis dos Santos, trabalhador, e Maria
Rita fiadeira, casado aquelle esta solteira, moradores no
lugar do Monte Frio deta freguesia, onde são Parochianos, os quais sei
serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento,
que depois de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignam por não saberem
o assignar. Era ut supra. Opções do baptisado recebidos em Pomares e parochianos
da Bemfeita. O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 40:
"Nº 14
Dia 14
Abril
1879
Drea Maria
filha de Antonio
Gonsalves
e Maria do Rosario"

Página 40 e 41:
"Nº 15
Dia 20
Abril 1879
Bemfeita Avelino
filho de
Jose Joaquim e
Maria Isabel."

Página 41:
"Nº 16
Dia 10 Abril
1879 Pai das
Donas e Maria
filha de Jose
Francisco Quaresma,
Maria das Dores"

Página 41 e 42:
"Nº 17 Dia 27
Abril 1879
Luadas
Faustino filho
de Antonio
da Costa e Maria
da Conceição"

Página 42:
"Nº 18 Dia 5
Maio 1879
Luadas
Elisio filho
de Jose da Costa
Marques, e
Guilhermina
Simões Dias"

Página 42 e 43:
"Nº 19 Dia 11
Maio 1879
Monte Frio
Jose filho de
Jose Martins da Costa, e Anna
Nunes"

"A honze de Maio de mil oitocentos e setenta e nove, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de Coimbra,
baptisei solenemente a hum individuo do sexo masculino
a que dei o nome de Jose, que no lugar de Monte Frio, desta freguesia,
onde moram seus pais, nasceo as quatro horas da tarde de
vinte e tres de Abril ultimo, filho legitimo de Jose Martins
da Costa, trabalhador e de Ana Nunes, fiadeira, naturaes do
lugar do Monte Frio, recebidos e parochianos nesta freguesia
neto paterno de Antonio Martins, e Rita Maria, e materno de
Pedro Nunes e Maria Josefa, foram padrinhos Manoel
Pedro, trabalhador, e Maria Rosaria casados, moradores no
lugar do Monte Frio, os quais sei serem os proprios de tudo
fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignam por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"Faleceu em Alcobaça em vinte e nove de Janeiro findo. Registo de obito nº 79 da Conservatória de Alcobaça. Arganil 9 de Fevereiro de 1950. O ajudante [???]"

Página 43:
"Nº 20
Dia 25 Maio
1879
Bemfeita
Anna filha de
Jose Nunes e Anna
Sibonia"

Página 43 e 44:
"Nº 21 Dia 5
Junho 1879
Bemfeita
Antonia filha
de Joaquim da
Costa e Maria
Delfina"

Página 44:
"Nº 22 Dia 12 Junho
1879 Pisão de
Agua de Maias
Jose filho de
João dos Santos
e Antonia Cotovia"

Página 44 e 45:
"Nº 23
Dia 12 Junho
1879
sardal
Maria da [???]dade
filha de Jose Francisco
e Cecilia
Nunes"

Página 45:
"Nº 24
Dia 3
Agosto
1879
Pardieiros
Maria da Conceição
filha de Jose
Paulino, e Cecilia
da Ressureição"

Página 46:
"Nº 25
Dia 17
Agosto
1879
Loios
Perpetua
filha de Maria
Florinda
e pai incognito"

Página 46 e 47:
"Nº 26
Dia 21
Setembro
1879
Pai das Donas
Maria Rosa filha
de Manoel
Gonsalves, e
Maria Gomes"

Página 47:
"Nº 27
Dia 25
Setembro
1879
Bemfeita
Antonio filho
de Antonio Joaquim
Correa, e
Josefina de Jesus."

Página 47 e 48:
"Nº 28
Dia 28
Setembro
1879
Bemfeita
Diolinda da
Assumpção filha
de Jose Simões
e Jacinta Theresa"

Página 48:
"Nº 29
Dia 28
Setembro
1879
Pardieiros
Augusto filho
de Jose Joaquim
Pereira, e Maria
Joaquina"

Página 48 e 49:
"Nº 30
Dia 28
Setembro
1879
Bemfeita
Jose filho de
Jose Castanheira
Feteira e
Delfina de Jesus"

Página 49:
"Nº 31
Dia 5
Outubro
1879
Drea
Guilhermina
filha de Jose
Nunes, e Antonia
de Jesus"

Página 49 e 50:
"Nº 32
Dia 2
Novembro
1879
Luadas
Casimira
filha de Manuel
Francisco
Bento e
Rita Caterina"

Página 50:
"Nº 33
Dia 9
Novembro
1879
Luadas
Maria filha
de Jose
Francisco [???]
e Maria Rita"

Página 50 e 51:
"Nº 34
Dia 9
Novembro
1879
Monte Frio
Anna filha
de Jose Martins
Lopes e Maria Pereira"
"A nove de Novembro de mil oitocentos e setenta e nove, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo de
sexo femenino, a que dei o nome de Anna, que no lugar do Monte
Frio, desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo as nove horas
da manhã de douse de Agosto ultimo, filha legitima
de Jose Martins Lopes, trabalhador, e de Maria Luisa, fiadeira moradores do dito Monte Frio, recebidos, e parochianos nesta
freguesia, neta paterna de Joaquim Lopes, e Maria
Lopes, e materna de Manoel Luis, e Luisa da Cruz, foram
padrinhos Manoel da Cruz, trabalhador, e Anna da Cruz
solteiros, moradores no Monte Frio, parochianos desta freguesia,
os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos,
que não assignam por não saberem o assignar.
Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 51:
"Nº 35
Dia 16
Novembro
1879
Bemfeita
Maria filha
de Manoel Francisco
e Augusta
Maria"

Página 52:
"Nº 36
Dia 19
Novembro
1879
Bemfeita
Jose filho
de Antonio
Francisco e
Marcelina
de Jesus"

Página 52:
"Nº 37
Dia 23
Novembro
1879
Deflores
Jose filho
de Maria
Aida, e pai
incognito"

Página 53:
"Nº 38
Dia 7
Dezembro
1879
Sardal
Maria filha
de Manoel
Gonsalves e
Maria de Nasareth"

Página 53 e 54:
"Nº 39 Dia 24
Agosto 1851
[???] Jose
filho de Jose
Quaresma e Maria
Rita
"Em virtude da sentença de Dom Manoel Correa de Bastos Lima Bispo de
Coimbra, Concelho de Arganil, com data de vinte e sete de Dezembro de mil oitocentos e setenta e nove, e no posto de Santo Procurador deste Bispo de
um justificação de baptismo de Jose filho de Jose Quaresma e Maria Rita Prova-se que no dia vinte e quatro do mes de Agosto de mil oitocentos
e cincoenta e hum na Egreja Parochial da freguesia da Bemfeita,
concelho de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisou-se solenemente
e pelo curador Antonio das Neves e [???], que então
no Parocho daquella freguesia, hum individuo do sexo masculino,
a quem deu o nome de Jose, o qual havia nascido no lugar
do Enxudro daquella freguesia no dia desaseis da [???] mes
e anno, filho legitimo de Jose Quaresma, e de Maria Rita, ambos
trabalhadores, elle natural do lugar de Pardieiros, ella do lugar
do Sardal, e moradores no Enxudro, recebidos na freguesia da
Bemfeita, neto paterno de Jose Quaresma, e Maria Rita, proprietarios, do dito lugar dos Pardieiros, e materno de Manoel Fernandes
e Rita Nunes, trabalhadores, do dito lugar do Sardal, [???] da freguesia
da Bemfeita. Foram padrinhos Antonio Nunes, e sua mulher
Maria Nunes, naturaes do dito lugar do Enxudro, proprietários.
O promotor [???] de tudo fiz em duplicado este assento que assigno
depois de conferido [???] da Bemfeita
vinte e nove de Dezembro de mil oitocentos e setenta e nove. O Vigario Joaquim Florindo Correa."

Página 54:
"Vistos e examinados estes assentos e um duplicado
- não achei outros deffeitos - de que al
não cumprir a que por tantas veses hei recomendado
vocalmente esperando de balde que cumprissi-e é que nas colunnas marginaes vegou
ainda a Lei antiga e não a ultima que manda
pôr nesta colunna apenas o numero da
ordem e dos ascendentes, se houverem, e o nome
de baptisado - porque reserva esta colunna
para apos [???] que possam haver, - não
se devam pois estas colunnas serem ocupadas
com outros diseres, que são impertinentes para serem contrarias a Lei vigente - Não consta tambem
do ultimo assento, que é o Nº 39 - refer a nota
no respectivo livro onde elle devia estar em [???]
[???] a observação da Lei Approvo estes assentos -
Arganil 10 el Junho 1880 oitenta
O Arci Dom Luis Caetano Lobo"
"Addindo em tempo digo que achando o Livro dos
duplicados destes escriptos de um [???] inconveniente
como nelle não [???], não approvo estes
assentos, mas sujeito ao [???] julgamento
de V. Sa. para mandar o que for junto. Era ut supra
O Arci Dom Luis Caetano Lobo"

Página 56:
"Nº 1
Dia 4
Janeiro
1880
Sardal
Antonio filho
de Jose Simões
e Anna da Conceição"

Página 56:
"Nº 2
Dia 7
Janeiro
1880
Bemfeita
Maria dos Anjos
filha de
Antonio dos
Reis e Maria
da Ressureição"

Página 56 e 57:
"Nº 3
Dia 11
Janeiro
1880
Bemfeita
Jose filho de
Jose do Rosario
e Maria
Delfina"

Página 57:
"Nº 4
Dia 18
Janeiro
1880
Bemfeita
Manoel filho
diz Manoel
Simões e Delfina
de Jesus."

Página 58:
"Nº 5
Dia 25
Janeiro
1880
Pai das Donas
Maria da Assumpção
filha
de Jose do Rosario (e de Cecilia de Jesus)"

Página 58 e 59:
"Nº 6
Dia 1
Fevereiro
1880
Monte Frio
Jose filho de
Manoel de Abrantes e
Joaquina
Maria"
"No primeiro de Fevereiro de mil oitocentos e oitenta, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do sexo
masculino a que dei o nome de Jose, que no lugar do Monte Frio,
desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo as des horas da tarde
de trese de Janeiro ultimo, filho legitimo de Manoel de Abrantes,
trabalhador, natural do lugar dos Poisadouros, freguesia de
Mouronho, Concelho de Tábua desta diocese, e de Joaquina Maria,
fiadeira, natural do lugar de Pardieiros, freguesia da Bemfeita,
recebidos, e parochianos nesta freguesia, neto paterno de
Jose de Abrantes, e Maria da Lus, e materna de Jose de Abrantes, e
Josefa Maria,
foram padrinhos Antonio Simões Dias, [???],
e Maria Gonsalves, casados, moradores, e parochianos
no lugar e freguesia da Bemfeita, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido, e
conferido perante os padrinhos, que não assignam por
não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 59:
"Nº 7
Dia 8
Fevereiro
1880
Bemfeita
Maria filha
de Luis Alves
e Maria Gonsalves"

Página 59 e 60:
"Nº 8
Dia 8
Fevereiro
1880
Deflores
Maria filha
de Jose Gonsalves
Antunes
e Maria de Jesus"

Página 60:
"Nº 9
Dia 15
Fevereiro
1880
Quinta do Pao
Maria filha
de Jose Antonio (e de Rita maria)"

Página 60 e 61:
"Nº 10
Dia 7
Março
1880
Pardieiros
Maria de Nasareth
filha de Antonio
Bernardo e
Maria Rosario"

Página 61:
"Nº 11
Dia 7
Março
1880
Pardieiros
Jose filho de
Maria da
Ressureição e
pai incognito"

Página 61 e 62:
"Nº 12
Dia 25
Março
1880
Pai das Donas
Anna filha de
Antonio Nunes e
Maria Mafalda"
"A vinte e oito de Março de mil oitocentos e oitenta, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo, do sexo femenino,
a que dei o nome de Anna, que no lugar dos Pai das Donas,
desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo as cinco horas
da tarde de vinte e tres de Fevereiro ultimo, filha legitima de Antonio Nunes, trabalhador, natural do Monte Frio, desta freguesia,
e de Maria Nunes, fiadeira natural do Pai das Donas, recebidos e parochianos nesta freguesia, neta paterna de Antonio Nunes, e
Maria Mafalda, e materna de Antonio Nunes, e Maria de
Jesus, foram padrinhos Albino Nunes, trabalhador, e Anna Gonsalves,
solteiros esta moradora no Pai das Donas, e aquelle no Monte Frio,
parochianos desta freguesia, os quais sei serem os proprios de
tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignam por não saberem o assignar.
Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 62:
"Nº 13
Dia 25
Março
1880
Pardieiros
Maria filha
de Antonio Francisco
Gomes e
Maria dos Praseres"

Página 62 e 63:
"Nº 14
Dia 29
Março
1880
Monte Frio
Maria filha
de Jose Francisco
Ribeiro e Maria
Josefa Pinto"
"A vinte e nove de Março de mil oitocentos e oitenta, na Parochial Egreja
da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do sexo femenino,
a que dei o nome de Maria, que no lugar do Monte Frio,
desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo a huma hora da
tarde de vinte e cinco de Fevereiro ultimo, filha legitima / segundo
do nome / de Jose Francisco Ribeiro, trabalhador, natural do lugar,
e freguesia de Sebola, concelho do Fundão, diocese da Guarda,
e de Maria Josefa Pinto, fiadeira, natural do lugar do Monte Frio
recebidos, e parochianos nesta freguesia da Bemfeita, neta paterna
de Maria Josefa, e avou incognito, e materna de João Ribeiro e
Maria Pinto, foram padrinhos Jose Francisco Duarte, trabalhador,
e Maria da Conceição solteira, moradores no lugar de Pardieiros
desta freguesia onde são parochianos, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido e conferido perante os padrinhos, que não assignam
por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"[???] de Albino Marques, falecido na Cova de Piedade [???] em desanove do corrente Registo de óbito quatrocentos e trinta [???] Arganil vinte e quatro de novembro mil novecentos [???]"
"Cancelado em 31/5/1961 - Ver transcrição nº 61/1961"

Página 63:
"Nº 15
Dia 29
Março
1880
Monte Frio
Adelino filho
de Jose Francisco
Ribeiro e Maria
Josefa Pinto"
"A vinte e nove de Março de mil oitocentos e oitenta, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo
do sexo masculino, a que dei o nome de Adelino, que
no lugar do Monte Frio, desta freguesia, onde mora seus
pais, nasceo a huma hora da tarde de vinte e cinco de Fevereiro
ultimo, filho legitimo de Jose Francisco Ribeiro,
trabalhador, natural do lugar e freguesia de Sebola, concelho
do Fundão, Diocese da Guarda, e de Maria Josefa Pinto
fiadeira, natural do lugar do Monte Frio, recebidos, e parochianos
nesta freguesia da Bemfeita, neto paterno de Maria
Josefa, e avou incognito, e materno de João Ribeiro e Maria
Pinto, foram padrinhos Antonio da Cruz de Moura, trabalhador,
e Maria da Natividade, solteiros, moradores no
lugar de Mancelavisa freguesia de Folques, onde são parochianos, tudo deste concelho, e Diocese, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido, e conferido perante os padrinhos, que não assignam
eu o assignei. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"obito 19 de agosto de 1881"

Página 63 e 64:
"Nº 16
Dia 29
Março
1880
Pai das Donas
Maria filha
de Antonio Francisco Duarte
e Maria da
Ressureição"

Página 64:
"Nº 17
Dia 29
Março
1880
Enxudro
Jose filho de
Antonio Jose
e Anna Nunes."

Página 64 e 65:
"Nº 18
Dia 4
Abril
1880
Pardieiros
Maria filha
de Jose Antonio
e Maria da
Ressureição"

Página 65:
"Nº 19
Dia 18
Abril
1880
Bemfeita
Maria dos Anjos
filha de Manoel
Rosa e
Maria das Dores"

Página 65 e 66:
"Nº 20
Dia 24
Abril
1880
Sardal
Guilhermina
filha de
Manoel Nunes
e Maria
Trindade"

Página 66:
"Nº 21
Dia 2
Maio
1880
Pai das Donas
Maria Palmira
filha de
Jose Teixeira
Gonsalves, e Rita
Maria."

Página 66 e 67:
"Nº 22
Dia 9
Maio
1880
Bemfeita
Maria dos Anjos
filha de João
Correa Gonsalves
e Maria Justina."

Página 67:
"Nº 23
Dia 20
Junho
1880
Pisão de Água de Maias
Maria
dos Anjos
filha de Antonino
dos Santos
e Maria dos
Praseres."

Página 68:
"Nº 24 Dia 27
Junho 1880
Bemfeita
Augusto filho
de Maria
dos Praseres e
pai incognito."

Página 68 e 69:
"Nº 25
Dia 4
Julho
1880
Bemfeita
Maria filha
de Jose Quaresma
Gonsalves
e Maria de Jesus."

Página 69:
"Nº 26
(Dia 20)
(Julho)
(1880)
(Pardieiros)
Maria
filha de Albino
Luiz Gomes
e Delfina
de Jesus"

Página 69 e 70:
"Nº 27
(Dia 1)
(Agosto)
(1880)
(Relva Velha)
Maria filha de
Jose Pereira, Anna
Gonsalves"

Página 70:
"Nº 28
(Dia 2)
(Agosto)
(1880)
Urbana
filha de Antonio Nunes
e Anna Rita
Sardal"

Página 70 e 71:
"Nº 29
(Dia 11)
(Agosto)
(1880)
Antonio
filho de Manoel Pedro
e Maria Rosario
Monte Frio"
"A honse de Agosto de mil oitocentos e oitenta, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo
do sexo masculino, a que dei o nome de Antonio, que no
lugar do Monte Frio, desta freguesia, onde mora seus
pais, nasceo as sete horas da manhã de vinte e tres de
Julho ultimo, filho legitimo de Manoel Pedro, trabalhador,
e de Maria Rosario, fiadeira, naturaes do dito
Monte Frio, recebidos, e parochianos nesta freguesia,
neto paterno de Pedro Nunes, e Maria Josefa, e materno
de Jose Pinto, e Maria Rosaria, foram padrinhos
Antonio Pinto, trabalhador, e Anna Rosaria solteiros
moradores no dito lugar do Monte Frio, parochianos desta
freguesia, os quais sei serem
os proprios, de tudo fis
em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignam por não saberem
o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 71:
"Nº 30
(Dia 11)
(Agosto)
(1880)
Urbana
filha de Antonio Marques
e Maria
Rita
Monte Frio"
"A honse de Agosto de mil oitocentos e oitenta, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a
hum individuo do sexo femenino, a que dei o nome
de Urbana, que no logar do Monte Frio, desta freguesia,
onde mora seus pais, nasceo as cinco horas
da manhã de quinse de Julho ultimo, filha legitima
de Antonio Marques, trabalhador, natural
do Casal de Espinho, freguesia de Pomares, deste conselho
e Diocese, e de Maria Rita, fiadeira, natural do
Monte Frio, recebidos na freguesia de Pomares e parochianos
desta freguesia da Bemfeita, neta paterna
de Domingos Marques, e Anna Rita, e materno
de Jose Francisco Relvas, e Rita Maria, foram
padrinhos Antonio Nunes, trabalhador, e Anna
Rita, casados, moradores no Monte Frio e parochianos
desta freguesia, os quais sei serem os proprios
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido
e conferido perante os padrinhos, que não assignam
por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 71 e 72:
"Nº 31
(Dia 11)
(Agosto)
(1878)
Maria filha
de Jose Lopes e Anna
Nunes
Monte Frio"
"A honse de Agosto de mil oitocentos e setenta e oito
na Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum individuo do sexo femenino, a que dei o nome
de Maria que no logar do Monte Frio, desta
freguesia, onde mora seus pais, nasceo as douse
horas da manhã de quatro do mes, e anno corrente, filha
legitima de Jose Lopes, trabalhador, e Anna Nunes, fiadeira
naturaes do lugar do Monte Frio, recebidos e parochianos
nesta freguesia, neta paterna de Jose Lopes e Mariana Relvas, e materna de Manoel Nunes e Anna Nunes
foram padrinhos Antonio Nunes, trabalhador, e Anna
Maria, casados, moradores no dito Monte Frio,
parochianos desta freguesia, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido, e conferido perante os padrinhos, que não assignam
por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 72:
"Nº 32
(Dia 1)
(Setembro)
(1880)
Jose filho
de João Quaresma
e Maria Augusta
Drea"

Página 73:
"Nº 33
(Dia 19)
(Setembro)
(1880)
Maria dos Anjos filha
de Jose
Dias, e Maria Augusta
Luadas"

Página 73 e 74:
"Nº 34
(Dia 30)
(Setembro)
(1880)
Albertina do
Sacramento
filha de Jose Maria
da Fonseca e Maria
dos Praseres
Bemfeita"

Página 74:
"Nº 35
(Dia 10)
(Outubro)
(1880)
Albino filho
de João Marques
e Maria do Nascimento
Monte Frio"
"A des de Outubro de mil oitocentos e oitenta, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do
sexo masculino, a que dei o nome de Albino, que no lugar
do Monte Frio, desta freguesia, onde mora seus pais nasceo
as nove horas da tarde do dia vinte e nove de Agosto ultimo,
filho legitimo de João Marques, sapateiro, natural do lugar
do Espinho, freguesia de Pomares, deste concelho, e Diocese, e de
Maria do Nascimento, fiadeira, natural do Monte Frio,
recebidos na freguesia de Pomares, e parochianos desta freguesia da Bemfeita, neto paterno de Domingos Marques,
e Anna Rita, e materno de Nicolao Antonio e Maria,
Rita, foram padrinhos Jose da Costa, trabalhador, e Maria
da Assumpção, solteiros, moradores no lugar de Monte
Frio, parochianos, desta freguesia, os quais sei serem os
proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois
de lido, e conferido perante os padrinhos, que não assignam
por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"Faleceu na freguesia da Benfeita, digo, na freguesia de Cova da Piedade concelho de Almada em desanove do corrente Registo de óbito quatrocentos e trinta um digo cinquenta um da Conservatória de Almada Arganil vinte e quatro de Novembro de mil novecentos e cinquenta seis. O conservador [???]"

Página 74 e 75:
"Nº 36
(Dia 10)
(Outubro)
(1880)
Jose filho de
Jose Nunes e
Isabel Nunes
Relva Velha"

Página 75:
"Nº 37
(Dia 17)
(Outubro)
(1880)
Maria Sibona
filha de Jose Fernandes
e Maria
da Gloria"
"A desasete de Outubro de mil oitocentos e oitenta, na Parochial
Egreja desta freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil, Diocese
de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do sexo
femenino, a que dei o nome de Maria Sibona, que no
lugar do Monte Frio, desta freguesia, onde mora seus pais
nasceo as cinco horas da manhã de vinte e nove de Setembro
ultimo, filha legitima de Jose Fernandes, trabalhador, natural
do Monte Frio, e de Maria da Gloria fiadeira, natural do
Monte Frio, recebidos e parochianos nesta freguesia, neta paterna de Manoel Fernandes e Maria Bernarda, e materna de Pedro Nunes, e Maria Theresa, foram padrinhos
Albino Nunes, trabalhador, solteiro, morador em Monte
Frio, e Maria Rita viuva moradora, e parochianos ambos
do logar e freguesia da Bemfeita, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido, e
conferido perante os padrinhos, que não assignam por
não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 76:
"Nº 38
(Dia 17)
(Outubro)
(1880)
Sardal
Augusto filho
de Manoel Joaquim
e Maria
Rita"

Página 76 e 77:
"Nº 39
(Dia 28)
(Outubro)
(1880)
Luadas Joaquim
filho de Jose Quaresma
Júnior e Maria
do Rosario"

Página 77:
"Nº 40
(Dia 15)
(Novembro)
(1880)
Bemfeita
Maria filha de
Maria Delfina
e pai incognito"

Página 77 e 78:
"Nº 41
(Dia 21)
(Novembro)
(1880)
Relva Velha
Maria filha de
Jose da Costa e
Anna Nunes"

Página 78:
"Nº 42
(Dia 24)
(Novembro)
(1880)
Pai das Donas
Salvador filho
de Jose Costa e
Anna Rita"

Página 78 e 79:
"Nº 43
(Dia 24)
(Novembro)
(1880)
Pai das Donas
Delfina filha
de Albino Francisco
e Maria
Luisa"

Página 79 e 80:
"Nº 44
(Dia 24)
(Novembro)
(1880)
Pai das Donas
Antonio filho
de Jose Quaresma
e Maria da Conceição"

Página 80:
"Nº 45
(Dia 28)
(Novembro)
(1880)
Maria filha
de Antonio Nunes
e Maria
Nunes
Relva Velha"

Página 80 e 81:
"Nº 46
(Dia 28)
(Novembro)
(1880)
Delfina filha
Antonio Rodrigues
e Maria
Antonia
Pardieiros"

Página 81:
"Nº 47
(Dia 19)
(Dezembro)
(1880)
Pai das Donas
Maria Augusta
filha de João
da Cruz Dinis e
Anna Delfina"

Página 81 e 82:
"Nº 48
(Dia 26)
(Dezembro)
(1880)
Monte Frio
Antonio filho de
Jose Francisco Relvas
e Delfina"
"A vinte seis de Dezembro de mil oitocentos e oitenta, na
Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de
Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a
hum individuo do sexo masculino, a que dei o nome
de Antonio, que no logar do Monte Frio, desta freguesia, onde mora seus pais nasceo as des horas da
tarde de vinte e dois de Setembro ultimo, filho legitimo de Jose Francisco
Relvas, trabalhador, natural do Monte Frio, e de Delfina
de Jesus, fiadeira, natural da Bemfeita, recebidos e parochianos, nesta freguesia, neto paterno de Jose Francisco
Relvas, e de Rita Maria, e materno de Antonio Xavier
de Almeida, e Maria Rita, foram padrinhos Antonio Marques,
trabalhador, e Maria de Jesus, casados, moradores no
Monte Frio, parochianos desta freguesia, os quais sei
serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento
que depois de lido, e conferido perante os padrinhos, que
não assignam por não saberem o assignar. Era
ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 82:
"Nº 49
(Dia 26)
(Dezembro)
(1880)
Bemfeita
Jose filho de
Maria do Nascimento,
e pai
incognito"

Página 82 e 83:
"Nº 50
(Dia 31)
(Dezembro)
(1880)
Bemfeita
Jose filho de
Manoel Francisco
e Augusta
Maria"

Página 83:
"Copia
Vistos e examinados estes assentos e seus
duplicados, achei-os regulares, justo [???]
os approvo Arganil 10 de Junho 1881
O Arci[???] Dom Luis Caetano Lobo
[???]
Joaquim de Paulla"

Página 84:
"Nº 1
(Dia 2)
(Janeiro)
(1881)
Deflores
Antonio Augusto Benedito
filho
Jose Gomes e
Maria Rita"

Página 84 e 85:
"Nº 2
(Dia 20)
(Janeiro)
(1881)
Drea
Maria filha
Augusto Pinto
da Gama, e
Maria da
Conceição"

Página 85:
"Nº 3
(Dia 20)
(Fevereiro)
(1881)
Bemfeita
Jose filho de
Manoel Jose, e
Maria Candida"

Página 85 e 86:
"Nº 4
(Dia 20)
(Fevereiro)
(1881)
Pai das Donas
Maria da Assumpção
filha de
Antonio Francisco
Branco, e Maria
Rita"

Página 86:
"Nº 5
(Dia 20)
(Fevereiro)
(1881)
Bemfeita
Antonino
filho de Luiz
Gonsalves e
Maria do Rosario"

Página 86 e 87:
"Nº 6
(Dia 24)
(Fevereiro)
(1881)
Monte Frio
Maria dos Anjos
filha de Jose Marques
e Maria Joanna"
"A vinte e quatro de Fevereiro de mil oitocentos e oitenta e hum, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de
Arganil, Diocese de
Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo do sexo femenino, a
que dei o nome de Maria dos Anjos, que no logar do Monte Frio, desta
freguesia, onde mora seus pais, nasceo as sete horas da manhã de vinte
e tres de Janeiro ultimo, filha legitima de Jose Marques, trabalhador,
e de Maria Joanna, fiadeira, natural do Monte Frio, recebidos e parochianos
nesta freguesia, neta paterna de Nicolao Antonio e Maria
Marques, e materna de Jose Luis, e Joanna Maria, foram padrinhos Antonio Dias da Silva, trabalhador,
e Miquelina Dias,
solteira, moradores e parochianos no logar, e freguesia de Coregas,
Concelho da Covilhã, Diocese da Guarda, os quais sei serem os proprios,
de tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignam por não saberem o
assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"[???] Albino Marques. Registo de óbito nº 88 desta Conservatória Arganil 1 de Abril 1944 O Conservador [???]"

Página 87:
"Nº 7
(Dia 1)
(Março)
(1881)
Bemfeita
Maria Amelia
filha de Jose Joaquim e
Maria Isabel."

Página 87 e 88:
"Nº 8
(Dia 9)
(Março)
(1881)
Bemfeita Jose
filho de Maria
Sipolinda"

Página 88:
"Nº 9
(Dia 13)
(Março)
(1881)
Bemfeita
Maria Jose filha
de Antonio
João Antunes
Anna do Nascimento"

Página 88 e 89:
"Nº 10
(Dia 19)
(Março)
(1881)
Drea
Avelino filho de
Luis Simões e
Maria do Rosario"

Página 89 e 90:
"Nº 11
(Dia 17)
(Abril)
(1881)
Bemfeita
Francisco filho
de Jose Castanheira,
e Delfina
de Jesus"

Página 90:
"Nº 12
(Dia 17)
(Abril)
(1881)
Luadas
Maria filha de
Manoel Bernardo
e Maria Delfina
digo Delfina
Maria"

Página 90 e 91:
"Nº 13
(Dia 18)
(Abril)
(1881)
Monte Frio
Antonio filho de
Antonio Nunes e
Anna Rita"
"A desoito de Abril de mil oitocentos e oitenta e hum, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a hum individuo
do sexo masculino, a que dei o nome de Antonio, que no
logar do Monte Frio, desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo as quatro horas da tarde do dia quatro de Março
ultimo, filho legitimo de Antonio Nunes, trabalhador, natural
do Monte Frio, e de Anna Rita, fiadeira, natural do
logar da Mourisia, freguesia de Pomares, onde foram recebidos,
e parochianos desta freguesia da Bemfeita, tudo deste concelho,
e Diocese, neto paterno de Antonio Nunes, e Joanna To[???]ivo
e materno de Jose Francisco Relvas e Rita Maria, foram
padrinhos Antonio Marques, trabalhador, e Maria de Jesus
casados, moradores no logar do Monte Frio, parochianos desta
freguesia, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante os padrinhos
que não assignam por não saberem o assignar. Era
ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"
"Faleceu no lugar [???] Janeiro do ano corrente registo de assento nº32 desta conservatória Arganil 31 Janeiro 1954 O Conservador [???]"

Página 91:
"Nº 14
(Dia 24)
(Abril)
(1881)
Luadas
Maria da
Piedade filha
de Maria da
Luz solteira (e de pai incognito)"

Página 91 e 92:
"Nº 15
(Dia 24)
(Abril)
(1881)
Manoel filho
Antonio
Francisco e
Maria Rita
Sardal"

Página 92 e 93:
"Nº 16
(Dia 24)
(Abril)
(1881)
Pardieiros
Jose filho de
Maria Candida
solteira (e de pai incognito)"

Página 93:
"Nº 17
(Dia 24)
(Abril)
(1881)
Pardieiros
Maria de Nasareth
filha de Antonia
do Carmo solteira (e de pai incognito)"

Página 93 e 94:
"Nº 18
(Dia 8)
(Maio)
(1881)
Enxudro
Jose filho de
Antonio Maria
e Maria Umbelina"

Página 94:
"Nº 19
(Dia 26)
(Maio)
(1881)
Monte Frio
Maria da Assumpção
filha de
Jose Martins
e Maria Joaquina"
"A vinte e seis de Maio de mil oitocentos e oitenta e hum, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum individuo do sexo femenino, a que dei o nome de
Maria da Assumpção, que no logar do Monte Frio, desta
freguesia, onde mora seus pais, nasceo as dez horas da manhã de dez de Abril ultimo, filha legitima de Jose Martins, trabalhador, e de Maria Joaquina, fiadeira, naturaes
do Monte Frio, recebidos, e parochianos nesta freguesia neta
paterna de Jose Martins, e Anna Bernarda e materna
de Antonio Luis e Joaquina Gonsalves, foram padrinhos
Jose Francisco Duarte, trabalhador, e Anna Joaquina, casados, moradores no lugar do Monte Frio, parochianos
desta freguesia, os quais sei serem os proprios, de tudo fis em
duplicado este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignam por não saberem o
assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 94 e 95:
"Nº 20
(Dia 12)
(Junho)
(1881)
Pardieiros
Jose filho de
Albino Gonsalves
e Anna
da Conceição"
"A douze de Junho de mil oitocentos e oitenta e hum, na
Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum individuo do sexo masculino, a que dei o nome
de Jose, que no logar de Pardieiros, desta freguesia,
onde mora seus pais, nasceo as des horas da
tarde de tres de Maio ultimo, filho legitimo de
Albino Gonsalves, colhereiro, natural do logar de
Pardieiros, e de Anna da Conceição, fiadeira, natural
do logar do Monte Frio desta freguesia, na qual
foram recebidos e são parochianos, neto paterno de
Paulino Gonsalves, e Maria da Lus, e materna de
Antonio Nunes, e Maria Luisa, foram padrinhos
Albino Nunes, trabalhador, e Antonia da Crus, fiadeira, casados, moradores em Monte Frio parochianos
desta freguesia, os quais sei serem os proprios, de
tudo fis em duplicado este assento, que depois de lido
e conferido perante os padrinhos, que não assignam
por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 95:
"Nº 21
(Dia 12)
(Junho)
(1881)
Luadas
Jose filho de
Maria Joaquina,
e pai incognito"

Página 95 e 96:
"Nº 22
(Dia 24)
(Julho)
(1881)
Luadas
Maria da Conceição
filha de Jose
Francisco Proximo
e Maria
Rita"

Página 96 e 97:
"Nº 23
(Dia 28)
(Agosto)
(1881)
Luadas
Virginia filha
de Cecilia
Maria, e pai incognito"

Página 97:
"Nº 24
(Dia 28)
(Agosto)
(1881)
Sardal
Antonio filho
de Jose Francisco
e Cecilia Nunes"

Página 97 e 98:
"Nº 25
(Dia 4)
(Setembro)
(1881)
Deflores
Maria filha
de Maria da
P[???], e pai
incognito."

Página 98:
"Nº 26
(Dia 18)
(Setembro)
(1881)
Drea
Maria filha
de Anna Gonsalves, e pai
incognito."

Página 98 e 99:
"Nº 27
(Dia 22)
(Setembro)
(1881)
Luadas
Serafim filho
de Manoel
Pereira, e Anna
Rita"

Página 99 e 100:
"Nº 28
(Dia 9)
(Outubro)
(1881)
(Quinta do) Pao
Joaquim filho
de Jose Antonio e
Rita Clara"

Página 100:
"Nº 29
(Dia 6)
(Novembro)
(1881)
Monte Frio
Francisco
Condenado"
"A seis de Outubro de mil oitocentos e oitenta e hum, na Parochial
Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de Arganil,
Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum individuo do sexo masculino, a que dei o nome
de Francisco, que no logar do Monte Frio, desta
freguesia, à porta de João Marques, sapateiro
apareceo Condenado, em [???], no dia trinta e hum de
Outubro ultimo, as tres horas da manhã, por isso ignorace a filiação, e dia de nascimento, [???]
[???] dois dias, foram padrinhos Dionisio Antonio
Correa, proprietario, e Maria da Lus solteira todos
moradores no logar da Drea, desta freguesia, onde
são parochianos, de tudo fis em duplicado este assento,
que depois lido e conferido perante os padrinhos,
que conhesso serem os proprios, eu com o padrinho
o assignei, a madrinha não sabia. Era ut supra.
foi baptisado a seis de Novembro do anno corrente Dionisio
Antonio Correa O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 100 e 101:
"Nº 30
(Dia 13)
(Novembro)
(1881)
Mata da Margaraça
Jose filho de
Manoel Soares
Maria do Rosario"

Página 101:
"Nº 31
(Dia 20)
(Novembro)
(1881)
Relva Velha
Maria Albertina
filha de
Jose Quaresma das
Neves e Antonia
Nunes."

Página 102:
"Nº 32
(Dia 20)
(Novembro)
(1881)
Monte Frio
Antonio filho
Manoel Henriques
e Anna Martins."
"A vinte de Novembro de mil oitocentos e oitenta e hum, na
Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum individuo do sexo masculino, a que
dei o nome de Antonio, que no logar do Monte Frio,
desta freguesia, onde mora seus pais, nasceo as
oito horas da manhã de oito de outubro ultimo, filho legitimo / segundo do nome / de Manoel Henriques,
trabalhador, natural do lugar do Tojo, freguesia
do Piodam deste concelho e Diocese, e de Anna
Martins, fiadeira, natural do Monte Frio, recebidos,
e parochianos nesta freguesia, neto paterno
de digo Anna Martins natural do logar e freguesia da
Teixeira deste concelho, e Diocese, recebidos e parochianos
nesta freguesia da Bemfeita, neto paterno de Manoel
Antunes, e Maria Henriques, e materno de Jose Martins
e Anna Bernarda, foram padrinhos Antonio Luis
trabalhador, casado, e Maria Francisca solteira, moradores
no logar do Monte Frio, parochianos desta
freguesia, os quais sei serem os proprios, de tudo
fis em duplicado este assento, que depois de lido e conferido
perante os padrinhos, que não assignam
por não saberem o assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 102 e 103:
"Nº 33
(Dia 6)
(Dezembro)
(1881)
Pardieiros
Joaquina filha
José Fernandes
Maria do
Rosário”

Página 103 e 104:
"Nº 34
(Dia 6)
(Dezembro)
(1881)
Pardieiros
Urbana filha
de José Felipe
(e Maria Luísa)”

Página 104:
"Nº 35
(Dia 11)
(Dezembro)
(1881)
Pardieiros
Joaquim filho
Albino Fernandes
da Guelha e
Rita Maria”

Página 104 e 105:
"Nº 36
(Dia 27)
(Dezembro)
(1881)
Bemfeita
Maria dos Anjos
filha de Manoel Martins
e Maria da
Conceição”

Página 105:
"Copia
Vistos estes assentos e seus duplicados, achei que
assiguinte un folhas assiguintes [???]em lugar
Num.º 13, [???] neste livro, um huma [???]
mas lançadas, [???]
N 13. [???] são [???]
estes [???]. O Assignante Doutor Luís Caetano
Lobo. Está conforme o [???] António
Joaquim de Paulla”

Página 106:
"Nº 1
(Dia 1)
(Janeiro)
(1882)
Drea
Maria dos
Anjos filha de
Maria Gomes
solteira
e pai incognito”

Página 106 e 107:
"Nº 2
(Dia 3)
(Janeiro)
(1882)
Sardal
Maria da Piedade
filha de
José Elias Gonsalves,
e Maria
Nunes”

Página 107 e 108:
"Nº 3
(Dia 8)
(Janeiro)
(1882)
Drea
António Nunes
filho de José
Bento e Maria
da Gloria.”

Página 108:
"Nº 4
(Dia 8)
(Janeiro)
(1882)
Delfina
filha de Antonio
Pedro
(e de Maria de Jesus)”

Página 108 e 109:
"Nº 5
(Dia 15)
(Janeiro)
(1882)
António filho
José Pedro Quaresma,
e Maria
Patrocínio”

Página 109:
"Nº 6
(Dia 15)
(Janeiro)
(1882)
Deflores
Jose filho de
Jose Gonsalves
das Neves, e Maria
das Dores"

Página 109 e 110:
"Nº 7
(Dia 15)
(Janeiro)
(1882)
Sardal
Guilhermina
filha de
(Manoel Nunes e Maria [???]dade"

Página 110 e 111:
"Nº 8
(Dia 19)
(Fevereiro)
(1882)
Bemfeita
Antonio filho
de Antonio
Francisco e
Marcelina (de Jesus)"

Página 111:
"Nº 9
(Dia 19)
(Fevereiro)
(1882)
Enxudro
Manoel filho
de Antonio Jose
e Anna Nunes"

Página 111 e 112:
"Nº 10
(Dia 19)
(Fevereiro)
(1882)
Enxudro
Rita filha de
Antonio jose e
Anna Nunes"

Página 112:
"Nº 11
(Dia 19)
(Fevereiro)
(1882)
Monte Frio
Maria Candida
filha de Antonio
Luis e Maria
Henriques"
"A desanove de Fevereiro de mil oitocentos e oitenta e dois
na Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho de
Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente a
hum individuo do sexo femenino, a que dei o nome de
Maria Candida, que no logar do Monte Frio, desta freguesia,
onde mora seus pais, nasceo as sete horas da
manhã de des do mes e anno supra, filha legitima
de Antonio Luis, trabalhador, e de Maria Henriques
fiadeira, naturaes do Monte Frio, recebidos, e parochianos
nesta freguesia, neta paterna de Jose Luiz e
Joanna Maria, e materna de Manoel Henriques
e Anna Martins, foram padrinhos Jose Luis, trabalhador,
e Micaelina Dias da Conceição, casados
moradores, e parochianos no logar e freguesia de
Corgas, Concelho do Fundam, Diocese da Guarda, os
quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado
este assento, que depois de lido e conferido perante
os padrinhos, que não assignam por não saberem o
assignar. Era ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 112 e 113:
"Nº 12
(Dia 19)
(Fevereiro)
(1882)
Maria Augusta
filha de
Manoel Simões
(Maria Delfina)"

Página 113:
"Nº 13
(Dia 20)
(Fevereiro)
(1882)
Bemfeita
Jose filho de
Maria Joaquina,
e Pai incognito."

Página 113 e 114:
"Nº 14
(Dia 20)
(Fevereiro)
(1882)
Bemfeita
Antonio filho
de Manoel do
Rosario, e Maria
da Assumpção
Rosaria."

Página 114 e 115:
"Nº 15
(Dia 9)
(Abril)
(1882)
Pai das Donas
Antonio filho
de Antonio
Gonsalves
e Maria do
Carmo."

Página 115:
"Nº 16
(Dia 9)
(Abril)
(1882)
Luadas
Albino filho
de Jose Joaquim
Felipe
Maria Delfina"

Página 115 e 116:
"Nº 17
(Dia 10)
(Abril)
(1882)
Maria da Ressureição
filha de
Manoel Gonsalves,
e Maria Gomes."

Página 116:
"Nº 18
(Dia 16)
(Abril)
(1882)
Sardal
Anna filha
Jose Nunes
Maria da Conceição"

Página 117:
"Nº 19
(Dia 16)
(Abril)
(1882)
Relva Velha
Maria de Nasareth
filha de
Jose Pereira e
Anna Gonsalves"

Página 117 e 118:
"Nº 20
(Dia 23)
(Abril)
(1882)
Jose filho de
João da Costa e
Maria da Assumpção.
óbiito 6 de junho
de 1884"
"A vinte e tres de Abril de mil oitocentos e oitenta e dois na
Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum individuo do sexo masculino, a que dei o nome
de Jose, que no logar do Monte Frio, desta freguesia,
onde mora seus pais, nasceo as huma horas da tarde
de quatro do mes e anno supra, filho legitimo de
João da Costa, ferrieiro, e de Maria da Assumpção, fiadeira,
naturaes do Monte Frio, recebidos, e parochianos
nesta freguesia, neto paterno de Nicolao Antonio,
e de Maria Rita, e materno de Joaquim Luis e
Antonia da Silva, foram padrinhos Jose Luis,
trabalhador, e Anna da Silva, solteiros, moradores no
logar do Monte Frio, parochianos desta freguesia, os
quais sei serem os proprios, de tudo fis em duplicado este assento,
que depois de lido e conferido perante os padrinhos
que não assignam por não saberem o assignar. Era
ut supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 118:
"Nº 21
(Dia 30)
(Abril)
(1882)
Pisao de Água de
Maias Maria
Delfina, filha
João dos Santos,
e Antonia (Rita)"

Página 118 e 119:
"Nº 22
(Dia 7)
(Maio)
(1882)
Luadas
Jose filho de
António Duarte
e de Maria da
Ressureição"
Página 119:
"Nº 23
(Dia 7)
(Maio)
(1882)
Monte Frio
Jose filho de
Francisco da
Costa e Anna
Rita."
"A sete de Maio de mil oitocentos e oitenta e dois na
Parochial Egreja da freguesia da Bemfeita, concelho
de Arganil, Diocese de Coimbra, baptisei solenemente
a hum individuo do sexo masculino, a que dei o nome
de Jose, que no logar do Monte Frio, desta freguesia, onde
mora seus pais, nasceo as sete horas da tarde, de vinte
de Abril ultimo, filho legitimo de Francisco da Costa, trabalhador,
e Anna Rita, fiadeira, naturaes do Monte Frio, recebidos,
e parochianos nesta freguesia, neto paterno de Nicolao
Antonio, e Maria Rita, e materno de Antonio Martins,
Rita Maria, foram padrinhos Jose da Costa, trabalhador
e Maria da Assumpção, solteiros, moradores no Monte
Frio, parochianos desta freguesia, os quais sei serem os
proprios, de tudo fis em duplicado este assento, que depois de
lido, conferido perante os padrinhos que não assignam
por não saberem o assignar. Era ut
supra.
O Vigario Joaquim Florindo Correa"

Página 120:
"Nº 24
(Dia 7)
(Maio)
(1882)
Luadas
Antonio filho
Manoel Francisco
Bento, e Rita
Maria"

Página 120 e 121:
"Nº 25
(Dia 21)
(Maio)
(1882)
Pardieiros
Jose filho de
Joaquim Nunes
e Maria da
Ressureição
Obito 18 de
Julho de 1882"

Página 121:
"Nº 26
(Dia 4)
(Junho)
(1882)
Monte Frio
Manoel filho
Jose Martins
Lopes, e Maria
Luisa da Crus."
"A quatro de Junho de mil oitocentos e oitenta e dois na Parochial
Egreja d